Termos Bíblicos

Breves Explicações de Alguns Termos Bíblicos
- Associados ao Evangelho da água e do Espírito


  • Expiação Bíblica
  • A. No Antigo Testamento, a expiação era feita geralmente por meio do sacrifício de um animal (Êxodo 3:10, Levítico 1:4, 4:20-21).

    B. No Novo Testamento, foi mantido o mesmo conceito do sacrifício da expiação do Antigo Testamento, mas a redenção do homem só pôde se realizada quando o corpo de Jesus, o filho de Deus, foi oferecido na Cruz. O apóstolo Paulo disse que Jesus Cristo morreu pelos nossos pecados (1 Coríntios 15:3).

    A palavra expiação foi usada não somente para se referir à morte de Cristo para expiar o pecado original, e sim para tirar todos os pecados do homem. Após o batismo, pelo qual os pecados do homem foram transferidos para Jesus (Mateus 3:15), Ele salvou o homem derramando Seu sangue na Cruz (Levítico 1:1-5, João 19:30).

    O Apóstolo Paulo explica em 2 Coríntios 5:14 que “um morreu por todos,” no versículo 21 então, ele diz “por nós’, e em Gálatas 3:13 ele diz novamente: ‘Fazendo-se ele próprio maldição em nosso lugar’. Somente alguns versículos do Novo Testamento se referem a Jesus como sacrifício (Efésios 5:2), João 1:29, 36 (‘Cordeiro’ – João Batista) e 1 Coríntios 5:7 (‘Nosso Cordeiro pascal’ – o apóstolo Paulo).

    Contudo, Paulo especificou que o batismo de Jesus no rio Jordão foi a expiação por todos os pecados do mundo. Ele explica no capítulo 6 de Romanos que todos os pecados do homem foram transferidos para Jesus por meio do batismo que Ele recebeu de João Batista.

    Ele continua explicando que a crucificação de Jesus foi o julgamento e a compensação pelo pecado, e que o sacrifício da expiação foi oferecido pela alma do homem.

    A morte de Jesus foi o cumprimento do plano de Deus de acordo com o sacrifício da expiação do Antigo Testamento. A imposição de mãos no Antigo Testamento e o batismo de Jesus no Novo Testamento estão de acordo com a Lei de Deus (Isaías 53:10, Mateus 3:13-17, Hebreus 7:1-10, 18, 1 Pedro 3:21).

    O Novo Testamento não termina com o batismo e com a morte de Jesus, mas continua nos dizendo que o cumprimento da salvação consiste em sermos batizados em Cristo e nosso velho homem morrer com Ele (Romanos 6:3-7, Gálatas 2:19-20).

    Isso nos mostra que Jesus Cristo foi batizado por João Batista para tirar todos os pecados do mundo e que Ele foi crucificado como resultado disso. Por meio do Seu batismo e do Seu sangue, Jesus Cristo tirou não somente os pecados do mundo, mas também nos salvou do poder de Satanás e nos deu novamente o poder de Deus, aceitando o castigo e sofrendo no lugar do homem.

    Por essa razão, a redenção de Jesus resolveu o problema do pecado que impedia o homem de se aproximar de Deus. Este evento restaurou a paz e a harmonia entre o homem e Deus, também trouxe salvação e reconciliação (Romanos 5:11), vida (Romanos 5:17-18) e redenção (Mateus 3:15, João 1:29, Hebreus 10:1-20, Efésios 1:7, Colossenses 1:14).

    Voltar para a Lista