Sermões

Assunto 22: O Evangelho segundo LUCAS

[Capítulo 4-1] (Lucas 4:1-15) Sirva Somente ao Senhor

(Lucas 4:1-15)
“E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto. E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e, naqueles dias, não comeu coisa alguma, e, terminados eles, teve fome. E disse-lhe o diabo: Se tu és o Filho de Deus, dize a esta pedra que se transforme em pão. E Jesus lhe respondeu, dizendo: Escrito está que nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra de Deus. E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe, num momento de tempo, todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória, porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Adorarás o Senhor, teu Deus, e só a ele servirás. Levou-o também a Jerusalém, e pô-lo sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te daqui abaixo, porque está escrito: Mandará aos seus anjos, acerca de ti, que te guardem e que te sustenham nas mãos, para que nunca tropeces com o teu pé em alguma pedra. E Jesus, respondendo, disse-lhe: Dito está: Não tentarás ao Senhor, teu Deus. E, acabando o diabo toda a tentação, ausentou-se dele por algum tempo. Então, pela virtude do Espírito, voltou Jesus para a Galiléia, e a sua fama correu por todas as terras em derredor. E ensinava nas suas sinagogas e por todos era louvado”.
 
 
Depois de Jesus ser batizado no rio Jordão para tirar os pecados do homem, ele foi tentado por Satanás antes de começar seu ministério da pregação da verdade. Satanás tentou-o perguntando-lhe se ele era realmente o Salvador da humanidade e o Filho de Deus, e se ele cria mesmo em Deus. Através desse acontecimento, Jesus Cristo nos ensina sobre as tentações que podem aparecer em nosso caminho, ou seja, ele nos ensina como resistir as tentações de Satanás mostrando-nos como ele mesmo foi tentado por Satanás e resistiu a isso.
Em Lucas capítulo quatro do versículo um em diante conta como Jesus foi tentado por Satanás. Em outras palavras, esse texto nos ensina de que forma somos tentados. Está escrito: “E Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi levado pelo Espírito ao deserto. E quarenta dias foi tentado pelo diabo, e, naqueles dias, não comeu coisa alguma, e, terminados eles, teve fome.” Como dito aqui, as condições eram perfeitas para Jesus ser tentado por Satanás. Levado pelo espírito até o deserto, ele não comia nada há quarenta dias e estava com fome, e foi nesta condição que o diabo apareceu e tentou Jesus. Como Satanás o tentou? Satanás tentou Jesus quando seu corpo estava tomado pela vontade de comer, pois não comia há quarenta dias.
 
 
Quais São as Tentações que Nós Cristãos Podemos Enfrentar?
 
As tentações que podemos enfrentar podem vir em forma de crises. Por exemplo, aqueles que são muito pobres acham que tudo ficará bem se tiverem dinheiro. Por outro lado, os que são ricos gostariam de ser famosos. Os que têm falta do básico para viver gostariam de ter seu problema de moradia, vestimenta e comida resolvidos. Do mesmo modo, somos tentados quando achamos que algo nos falta. Mas a maioria dos nossos problemas são causados pelo nosso desejo carnal.
Em tempos assim, Satanás aparece e diz: “Eu resolverei esse seu problema se você aceitar minha oferta. Se você me obedecer, eu cuidarei do seu problema”. O texto bíblico de hoje nos mostra como o diabo nos tentará. Todavia o problema, é que a maioria das pessoas cai nessas tentações de Satanás. A maioria delas é tentada por Satanás quando há condições ideais para elas caírem nessas tentações, é porque em momentos assim é que elas estão mais vulneráveis. Porém, não é da vontade de Deus que nenhum cristão se afaste dele por ter sido derrotado pelo ataque de Satanás.
Depois de Jesus Cristo jejuar por quarenta dias, ele foi tentado por Satanás. O diabo disse a ele: “Se você é mesmo o Filho de Deus, tome essa pedra, transforme-a em pão e coma-a. Você não é o criador que fez os céus e a terra?” Jesus Cristo o Filho de Deus Pai é o criador que fez o universo. Então o diabo sabendo disso, tentou Jesus dizendo: “Se você é o Filho de Deus, pegue esta pedra, transforme-a em pão e coma-a. Faça isso. Você não pode fazer isso? Você criou tudo do nada e certamente isso é algo que facilmente você pode fazer. É mais do que possível. Não há porque não poder fazer isso. Porque você está com tanta fome, passando pelo que meras criaturas passam quando você é o criador? Tudo que você tem que fazer é pegar esta pedra, torná-la em pão e comê-la. Simples assim”.
Essas são as tentações que cada justo enfrenta. As tentações que nós cristãos passamos são essas. Os alunos descobrem se estudaram ou não quando são testados na escola. Da mesma forma, Satanás testa você em questões cruciais: como se você honra a justiça de Deus, se você crê e segue a ele, se você recebeu a remissão dos pecados por crer na palavra da água e do espírito e a segue, se vive pela fé, e se seguirá o Senhor pela fé até o fim. Se tivéssemos passado pela mesma tentação que Jesus passou, teríamos caído nela. Se você e eu tivéssemos o poder sobrenatural de transformar uma pedra em pão, então provavelmente não estaríamos nem fazendo a obra de Deus. Abandonando a justa obra, desfrutaríamos do nosso poder, transformando pedras em diamantes e pão em todo lugar. Sem consideração alguma por Deus, nos colocaríamos contra sua justiça, achando que ninguém seria maior do que nós.
Então temos que pensar nisso e descobrir como solucionar esses problemas, quais as tentações que enfrentaremos, e como Satanás está nos tentando agora mesmo. E mesmo se cedermos a essas tentações, já sabendo disso, devemos permanecer firmes pela fé. Assim como a bíblia diz que mesmo que nosso homem exterior seja fraco, nosso homem interior se renova a cada dia, devemos ficar firmes em nossa fé. Devemos vencer nossa batalha espiritual dando lugar à nossa fé no Senhor. Mas o diabo mira nessas fraquezas e as torna o seu ponto de ataque.
Como Jesus jejuou por quarenta dias, o diabo tentou-o dizendo: “Se você é mesmo o Filho de Deus, transforme essas pedras em pão e as coma”. Mesmo hoje em dia, Satanás procura cada oportunidade de nos tentar através de nossas fraquezas. Ele faz isso com você e comigo também. Portanto os que caem nessa tentação, tentam descobrir outro modo de resolver seus problemas ao invés de confiarem em Deus pensando: “Se eu tivesse o poder de transformar essa pedra em pão quando estava com fome, eu já teria feito isso. Por que tenho que passar fome e sofrer assim? Eu posso cuidar dos meus próprios problemas. Embora eu não tenha o poder de transformar nenhuma pedra em pão, eu ainda tenho meios de cuidar dos meus próprios problemas”. Satanás tenta nos fazer desviar da nossa fé em Deus e confiar em nossas próprias forças como, por exemplo, procurar um emprego que nos paga mais usando nossas próprias habilidades. Ou seja, o diabo nos tenta a resolver nossos problemas usando nossos próprios meios. Mas ele não tenta somente nos fazer resolver nossos problemas por nós mesmos, mas ao fazer isso ele tenta nos fazer e cair e perecer para sempre.
Portanto, amados irmãos, precisamos entender que mesmo que sejamos todos fracos e termos necessidades, devemos crer que Deus nos dá todas as bênçãos que precisamos. Vocês conseguirão ver isso quando olharem para os seus predecessores na fé. Por isso devemos resolver nossos problemas diante de Deus pela fé. E o que é mais importante: tentar resolver nossos problemas de qualquer maneira, ou crer na justiça de Deus e segui-la pela fé independente de nossa situação? Devemos decidir qual a mais importante, mesmo se nossos problemas não forem rapidamente solucionados. Buscaremos a justiça de Deus ou alguém que prometa resolver nossos problemas? Devemos tomar a melhor decisão neste caso. De vez em quando nos veremos enfrentando essa situação.
O que Jesus disse quando enfrentou esse tipo de tentação? Ele disse: “‘Escrito está que nem só de pão viverá o homem.’” Foi isso que Jesus disse. E já que foi isso que ele disse, nós também devemos seguir seu exemplo. Devemos pensar bem. Não importa se estamos precisando de dinheiro, companhia, fama ou algo mais indispensável, Jesus disse que o homem não vivera só de pão.
Na verdade, os cristãos devem crer na palavra de justiça de Deus, eles devem continuar ouvindo a palavra de Deus e continuar com sua justa obra. Isso significa que mesmo com nossas necessidades físicas, também devemos ter a necessidade de crer e seguir a Jesus Cristo em nossa vida. Embora Satanás tenha dito sobre uma coisa apenas, o Senhor disse que duas delas são indispensáveis. Que o homem não viverá só de pão significa que embora todos precisem comer, se você é um cristão, deve primeiro viver pela fé na palavra do Senhor. Embora Jesus tenha respondido Satanás com uma simples e única declaração, ela é a solução. Foi por isso que Satanás desistiu.
Na verdade, todos nós passamos por essas situações muitas vezes em nossa vida. Tanto eu quanto você nos encontramos envolvidos com essas situações. Embora todos precisemos de dinheiro e de coisas do mundo, e somos todos tentados por essas coisas, a pergunta é se queremos ou não a Deus, se precisamos de Deus mais do que dessas coisas, se conseguimos viver sem ele, ou seja, se podemos ou não resolver sem Deus os problemas que estão nos preocupando hoje. Estamos enfrentando esse dilema, e estamos fazendo isso agora. Jesus não estava sozinho quando enfrentou a tentação. Você e eu também estamos enfrentando esse tipo de tentação hoje em dia. É por isso que aqueles que não estão com sua fé bem firme acabam perecendo. Aqueles que não fizerem a escolha certa perecerão.
Deixe-me ilustrar isso com uma história. Havia um jovem padre que estava conduzindo uma carruagem com duas freiras sentadas uma de cada lado. Uma jovem e linda freira estava sentada à sua esquerda enquanto uma velha e gorda freira estava sentada à sua direita. A estrada que levava até seu novo posto era tão pedregosa que a carruagem ia de um lado para outro. Quando a carruagem inclinava para seu lado esquerdo, ele rezava em sua mente: “Senhor, seja feita tua vontade”. Mas quando a carruagem inclinava para seu lado direito, o jovem padre rezava: “Senhor, não me deixe cair em tentação”. Essa historia ilustra como alguns cristãos pensam por si próprios e se deixam levar pelas circunstâncias como se não tivessem escolha, ao invés de orarem ao Senhor para que sua vontade fosse feita.
É claro que quando vemos o texto bíblico de hoje, podemos pensar que Jesus poderia resolver perfeitamente todo e qualquer problema, pois não tinha nenhuma fraqueza, já que ele era o próprio Deus e era só uma questão de tempo ele superar e vencer todas as tentações. No entanto, o Senhor deixou sua tentação registrada na bíblia para nos ensinar algo. Por isso esse acontecimento foi para o nosso próprio bem. A tentação que Jesus passou é sua e minha também. Os problemas que Satanás usou são também os nossos problemas.
Você pode até dizer que não passa por esses problemas, mas isso não é verdade. Não existe ninguém que não enfrente esse tipo de tentação. Ninguém neste mundo está livre da tentação. Muitos ainda pensam que não passam por esses problemas. Até acham que são mais especiais que os outros, embora, na verdade, enfrentem mais lutas ainda.
Amados irmãos, por que nós cristãos caímos? É porque quando precisamos de algo, alguns crêem que podem consegui-lo dando ouvidos a Satanás e seguindo seu conselho. Eles fazem isso porque acham que podem ter o que precisam se fizerem um simples pacto. Então caem em tentação como se nada pudessem fazer para impedir.
Então o que acontece? Eles podem mesmo conseguir o que querem? Satanás cumpre sua promessa? Embora as pessoas do mundo prometam resolver seu problema, o que eles querem em troca? Dizem que resolverão seus problemas e satisfarão suas necessidades se você apenas ouvi-los e aceitarem sua oferta, mas eles cobram algo de você – que desista de sua fé em Deus e de ser membro da igreja de Deus.
Queridos irmãos, não pensem que estão fazendo um grande favor vindo à igreja de Deus, ouvindo sua palavra e o servindo. Tudo isso é para você mesmo. É para seu próprio bem levar uma vida de fé. Satanás ainda promete saciar todos os seus desejos carnais se você simplesmente parar de crer em Deus e o seguir, mas é isso mesmo que acontece? Não, é claro que não! Daí pra frente eles terminam na miséria. Satanás usa as coisas da carne e sua mentira para tentar as pessoas, e assim que caem, ele os leva para onde quer. Ele os leva para onde quer prometendo dar-lhes todo tipo de coisas se cumprirem sua promessa. Depois disso, eles passam a vida inteira escravizados pelo diabo, comendo migalhas, passando necessidades básicas, e na busca de realizar esses desejos, acabam matando a si mesmos ou morrendo de alguma doença.
Esse é o plano de Satanás. Quando lemos como Satanás tentou Jesus, vemos que é o povo de fé que o diabo tenta e não aqueles que não crêem em Jesus. No entanto, aqueles que têm o coração em Deus pela fé estão firmes, e sabem que não podem deixar a Deus por pior que seja a sua situação, mesmo que sejam falhos, capazes ou talentosos. Assim, quando são tentados, ficam meio balançados, mas sempre retornam ao lugar certo. Então podem voltar à sua vida de fé e ficar firmes, mas aqueles cujo coração não está em Deus não fazem isso. No entanto, o problema é que o coração dos crentes ainda não está maduro o bastante; seu entendimento e fé ainda são limitados, embora creiam no evangelho da água e do espírito e conheçam esse evangelho, entendem que não tem pecado, e são gratos a Deus por isso. Em outras palavras, seu coração não está firmado o bastante para entender que suas fraquezas e vulnerabilidades estão sujeitas a serem tentadas por Satanás.
Então inúmeras pessoas estão caindo mesmo crendo no evangelho, e existem muitas outras que irão cair no futuro. E a maioria delas são pastores, evangelistas e obreiros. Podemos conhecer seu coração só de olhá-lo diante de Deus. Você pode pensar porque eu não os exorto já que existem tantos deles. Mesmo que eu pregue em meus sermões, aqueles que irão sair, ou seja, aqueles que não estão firmes e ainda continuam olhando para as circunstâncias, no fim irão embora mesmo. É muito conveniente que essas pessoas deixem mesmo a igreja de Deus.
Se nós realmente cremos e confiamos em Deus, e se o seguirmos confiando totalmente nele como Abraão, então mesmo que fiquemos um pouco abalados diante das tentações, continuaremos de pé pela fé e a nossa luz brilhará ainda mais. No entanto, com relação aos que são contrários a este evangelho, aos que ainda não estão firmados, é uma questão de tempo até sua verdadeira intenção ser revelada, pois acabarão saindo da igreja para seguir seus próprios desejos. Isso acontece porque eles não tratam de determinados assuntos diante de Deus, mas evitam falar sobre eles. O fato aqui não é se somos tentados ou não, mas onde está posto nosso coração.
Jesus é o próprio Deus que criou o universo. Então sabendo disso, Satanás disse-lhe para transformar uma pedra em pão para comer. Jesus é o criador do universo e de tudo que nele há. Foi ele que criou o sol e todas as estrelas do céu. Portanto, se tão somente o Senhor ordenasse que qualquer pedra se transformasse em pão, ela se transformaria em pão. Por exemplo, houve um tempo em que Jesus alimentou uma grande multidão simplesmente ao abençoar um único lanche que tinha dois peixes e cinco pães. E a bênção foi tão grande que deu para alimentar cinco mil homens e ainda sobraram doze cestos de comida.
Jesus é um Deus poderoso assim. Ele é o próprio Deus que pode transformar uma pedra em pão, e do nada criou todas as coisas. Quando ele ordenou que houvesse uma grande luz, uma luz menor, e estrelas no céu, tudo veio a existir. Os cientistas dizem que até as estrelas tem um tempo de vida, surgem e desaparecem, e é Deus que faz isso. Quando clamamos por “Jesus”, estamos chamando-o de nosso salvador, e quando clamamos por “Cristo,” estamos chamando-o de nosso Deus, o Rei dos reis e o criador que fez o universo.
Passamos hoje por muitas tentações em nossa vida de fé. Eu sempre passo por isso também. Contudo, as pessoas de fé que estão firmes são fortes o bastante para não ceder, enquanto que o que não estão firmes acabam caindo ao longo do caminho e deixando a igreja de deus, pois resolveram desistir da sua vida de fé ao invés de confiar no Senhor. E por que isso acontece? Porque embora eles achem que crêem na palavra de Deus, seu acordo é com o diabo achando que está tudo bem ceder em certos casos, mas descobrem que esse não é o fim de suas exigências. Então envergonham-se de si mesmos, e como Judas, acabam se enforcando. Ter fé na justiça de Deus é totalmente indispensável.
O Senhor pôde vencer todas essas tentações porque ele é o próprio Deus, mas nós precisamos ter fé. Ter fé em Jesus Cristo é o que te salva. Portanto, sua capacidade de resolver seus próprios problemas não é o mais importante. O homem é ignorante. Em suma, o homem não tem idéia do que realmente está por trás das palavras de Satanás. É por isso que a bíblia diz que o homem é como as bestas que perecem. E é por isso que todos devem nascer de novo ao crer no evangelho da água e do espírito, e assim receber a vida eterna.
A verdade é que todos nós enfrentamos essas tentações. Você também não enfrenta essas tentações? É claro que sim. E quanto aos nossos irmãos? Eles não são tentados? Todos enfrentam essas tentações. Pegue nossos alunos como exemplo. Se eles estudarem bastante na escola, eles serão aprovados e certamente elogiados por seus pais e pelas outras pessoas. Contudo, se eles não viverem só para estudar, mas viverem como cristãos e seguidores de Deus, a sua prioridade deverá ser colocar Deus em primeiro lugar. Mas às vezes eles são tentados. Como são tentados pelas promessas do diabo, alguns deles caem em tentação e deixam a igreja. Em suma, todos nós somos tentados.
Para nós, o que importa é se cremos mesmo ou não que o nosso Senhor é o nosso salvador. O Senhor Jesus é realmente o nosso salvador? E ele é somente o nosso salvador ou também o nosso pastor? Nós cremos mesmo sem duvidar que o Senhor está conosco, nos guia e cuida de nós? Os que têm essa fé podem vencer as tentações e permanecer de pé. Mas se ainda assim, você continua sendo tentado, é porque você ainda não mudou totalmente sua maneira de pensar.
Você pode até dizer que já foi tão tentado e que não será tentado jamais, mas não existe ninguém assim. Todos são tentados. Então quando você for tentado, deve entregar a si mesmo ao Senhor, e também deve se render a Deus e pela fé ficar novamente de pé. Não existe outro modo. Em poucas palavras quero dizer que seguir fielmente ao Senhor e estar totalmente unido a ele não é o bastante, porque Satanás nos tenta o tempo todo. E sozinhos não resistiremos muito tempo de pé. É por isso que devemos, sempre que possível, examinar nosso coração e ver se ele está sendo conduzido pela fé e se realmente nos tornamos pessoas de fé. Do contrário, iremos não somente cair, mas também deixar a igreja para sempre, e é por isso que devemos examinar a nós mesmos. Não é mesmo verdade, amados irmãos?
Vamos voltar para Lucas 4:5-7: “E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe, num momento de tempo, todos os reinos do mundo. E disse-lhe o diabo: Dar-te-ei a ti todo este poder e a sua glória, porque a mim me foi entregue, e dou-o a quem quero. Portanto, se tu me adorares, tudo será teu.’”
Satanás está dizendo aqui algo totalmente absurdo. Depois de mostrar o mundo todo a Jesus Satanás prometeu que daria tudo a Jesus se ele se prostrasse diante dele e o adorasse. Esse é o método de Satanás. Ainda hoje continua sendo assim, nada mudou. Satanás tenta as pessoas de fé prometendo-lhes algo em troca. Hoje em dia Satanás tenta as pessoas da mesma forma, prometendo-lhes algo que desejam se em troca o adorarem.
O diabo também fala com os que não nasceram de novo. Ele diz: “Se você se render a mim e me adorar, eu lhe darei tudo. Eu lhe darei felicidade, riqueza, fama, tudo que quiser. Eu satisfarei todos os seus desejos”. Então alguns caem em tentação e se rendem a Satanás, dizendo: “Embora eu tenha adorado a Deus até hoje, de agora em diante eu servirei a você como meu Deus”. Mas o Senhor disse no versículo 8: “Está escrito: ‘Adorarás o Senhor, teu Deus, e só a ele servirás.’” O Senhor disse para servir e adorar somente a ele.
Satanás é poderoso mesmo? Ele nos mostra todas as coisas e promete nos dar tudo se nos rendermos a ele. Que incrível e poderosa é essa oferta. Tendo toneladas de diamantes, o diabo ainda nos diz: “Eu darei tudo isso a você se se render a mim. Basta apenas se prostrar diante de mim e a mim se entregar, eu darei tudo isso a você”. Diamantes são tão preciosos que alguns lutam até a morte por eles. Se você tiver um grande diamante poderá viver bem para o resto da sua vida. O que você faria se o diabo colocasse uma pilha de diamantes em cima aqui do púlpito e prometesse dar tudo a você se você simplesmente se prostrasse e o adorasse? Você ainda diria a ele que serviria e adoraria somente a Deus? As pessoas de fé jamais se renderiam a Satanás mesmo que ele prometesse lhes dar diamantes o bastante para encher todo o planeta. E por que? Porque eles conhecem a Deus e crêem nele.
Eles dizem ao diabo: “Para ser bem franco, eu preciso desses diamantes, mas não posso negar a Deus para tê-los. Além disso, embora você diga que dará eles para mim, você nunca cumpre suas promessas”. Queridos irmãos, quando alguém se entrega a Satanás, o diabo volta atrás, dizendo: “Quando eu prometi isso? Tem algo de errado com seus ouvidos? Você ficou louco?” A pessoa então se cala. Logo depois diz: “Eu fiz o que você me pediu porque você prometeu dar o que eu pedi em troca”. A esse questionamento o diabo então responde: “Bem, aquilo foi só maneira de falar”.
Isso é o que o diabo é na verdade. É assim que ele age. Precisamos analisar a tentação que Jesus sofreu e a tentação que os cristãos sofrem hoje, então temos que meditar sobre isso e aprender com isso. Embora não consigamos pensar bem nisso agora, devemos meditar seriamente sobre isso. Precisamos analisar como nossos predecessores na fé viveram até hoje e aprender com eles. Todas as suas tentações estão descritas na passagem bíblica de hoje. Seus predecessores na fé passaram por todas essas tentações. Eu também fui tentado pelo diabo assim, quando ele me disse: “Se você parar de servir o evangelho da água e do espírito, eu te levarei para estudar fora, o colocarei em uma alta posição em sua denominação, e lhe darei toda saúde de que precisa”. Satanás sempre nos tenta assim.
Mas se você cair nessa tentação, ele vai mesmo cumprir sua promessa? Pelo contrário, você acabará pobre se der ouvidos ao diabo. E não poderá mais receber as bênçãos espirituais. Embora pareça que os que traíram a justiça de Deus e seguem ao diabo estão prosperando, logo todas as bênçãos sumirão e só ficará o sofrimento.
Amados irmãos, encontramos todas as respostas na palavra de Deus. Satanás também levou Jesus ao topo do templo e disse para ele pular. Jesus então disse-lhe: “Não tentarás o Senhor teu Deus”. Depois disso, o diabo deixou Jesus até ter um tempo mais oportuno. Por que Satanás nos tenta mesmo sabendo que devemos viver como pessoas que receberam a remissão dos pecados por crer no evangelho da água e do espírito? Por que Satanás nos tenta já que ele sabe o que acontece conosco quando recebemos a remissão de pecados e vivemos para seguir a justiça de Deus? Ele faz isso porque sabe muito bem que se formos contra a vontade do Senhor, deixaremos a igreja de Deus e assim nos tornaremos inimigos do Senhor. Satanás também faz isso porque é inimigo de Deus. Deus é aquele que dá as bênçãos celestiais para aquele que é fiel, enquanto Satanás só traz maldições. Você ainda pretende passar pela tentação de Satanás para saber se acontece mesmo o que está escrito na bíblia?
Disse o Senhor: “Não tentarás ao Senhor, teu Deus.” E está escrito que o diabo se afastou dele até ter um tempo mais oportuno. Só porque a tentação acabou, não significa que passamos por ela. Ela virá novamente em um tempo mais oportuno. Seremos tentados novamente da mesma maneira. Quando enfrentarmos a tentação, devemos crer que o que o Senhor disse é a verdade. Devemos meditar nessa palavra e viver pela fé: “Não tentarás a Deus; adorarás e servirás somente a Deus; e nem só de pão viverás”. Aqueles que continuam crendo em Deus com uma firme e poderosa fé com o poder do espírito santo farão mais e melhor ainda a obra de Deus.
No entanto, os que não fizeram isso se afastarão de Deus e perecerão. Assim como o eunuco, de repente eles desaparecerão. Eu não estou implorando para que você não saia da igreja de Deus ou dizendo que vocês devem odiar os que deixaram a igreja. Para os que querem sair da igreja de Deus, eu diria: “Já que você está saindo sem dizer uma só palavra, adeus então. Você está indo porque é fraco demais, mas como já escolheu o seu caminho, mesmo sabendo qual o seu fim, você está por sua conta. Eu disse tudo que deveria ter dito a você”.
Estou pregando aqui não para os que saíram da igreja de Deus, mas para os que estão aqui agora. Esse assunto diz respeito a nós. O que você irá fazer quando as tentações surgirem? Muitos enfrentam tentações espirituais, e muitos deles caíram e seguiram seu próprio caminho. Essas tentações continuarão seguindo a você e a mim, então o que devemos fazer?
Queridos irmãos, devemos permanecer na presença de Deus, colocando nossa fé em sua justiça. Não estou falando de mais ninguém. Isso é para nós. Isso não é algo que você concorde por um tempo enquanto houve a pregação e depois esquece. Isso não é algo que você simplesmente esquece depois de ouvir. Você deve pensar seriamente nisso diante da presença de Deus, e continuar fazendo a melhor escolha, tomando a decisão certa.
Alguns pensam se devem sempre guardar a fé mesmo já tendo passado antes por essas tentações, mas é isso que o Senhor requer de nós todas as vezes, então devemos sempre guardar nossa fé. Por quê? O Senhor está nos dizendo que existem fraquezas em nosso coração e mente que são suscetíveis às tentações.
Amados irmãos, a palavra de Deus é a verdade, e não algo que você pode apenas ouvir e deixar passar. Mesmo sendo falhos, não morreremos antes viveremos, andaremos com Senhor crendo em sua justiça, fazendo a obra que agrada a Deus e então o encontraremos face a face. Todas as pessoas de fé viverão pela fé. Mas os que traírem o Senhor no meio do caminho cairão na tentação de Satanás, deixarão a igreja, se tornarão inimigos de Deus e finalmente serão destruídos.
Eu oro para que o Deus que se tornou nossa justiça cuide de nós. Aleluia!