Sermões

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 6-1] (Marcos 6:1-6) Não Adore a Virgem Maria

(Marcos 6:1-6)
“Partindo dali, Jesus foi para a sua terra, e os seus discípulos o seguiram. Chegando o sábado, começou a ensinar na sinagoga, e muitos, ouvindo-o, admiravam-se, dizendo: De onde lhe vêm estas coisas? Que sabedoria é esta que lhe foi dada? Como se fazem tais maravilhas por suas mãos? Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, José, Judas e Simão? Não estão aqui conosco as suas irmãs? E escandalizavam-se nele. Jesus, porém, lhes disse: Não há profeta sem honra senão na sua terra, entre os seus parentes, e na sua casa. Ele não pôde fazer ali obras maravilhosas, somente curou alguns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos. E ele se admirou da incredulidade deles. Então percorria Jesus as aldeias circunvizinhas, ensinando.”
 
 
Graças a Deus o evangelho está sendo pregado em toda parte do mundo, mas não é muito fácil servir ao evangelho da água e do Espírito. Eu espero e oro para que todos nós sejamos fortalecidos tanto no corpo quanto no espírito. Eu também espero e oro para que todos no mundo recebam a remissão de pecados e o Espírito Santo em seu coração por crer no evangelho da água e do Espírito, a fim de que todos possam receber o Senhor com alegria quando Ele voltar. Para isso acontecer, todos devem discernir primeiro a fé real da falsa fé.
Uma vez eu ouvi alguém comparando o envelhecimento com o tempo, dizendo que a vida passa a 10km/h quando você é adolescente, 20km/h quando você tem 20 anos, 30km/h quando está nos 30, 40km/h quando está nos 40, 50 km/h quando está nos 50, e assim por diante. Essa é uma comparação muito boa. Do mesmo modo, nossa vida passa muito rápido, é por isso que quando ouvirmos a Palavra de Deus, devemos ouvi-la atentamente e crer nela de todo o coração para que possamos estar prontos para receber ao Senhor em qualquer tempo.
A passagem bíblica de hoje descreve o que aconteceu quando o Senhor foi até Sua cidade natal depois de curar a filha de Jairo em uma outra região. Ele voltou para Nazaré onde cresceu quando era criança. É claro que os Seus discípulos também O seguiram até ali. Como era sábado, Jesus ensinou na sinagoga, mas muitos que O ouviram ficaram ofendidos por Seus ensinamentos e disseram: “De onde lhe vêm estas coisas? Que sabedoria é esta que lhe foi dada? Como se fazem tais maravilhas por suas mãos? Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, José, Judas e Simão? Não estão aqui conosco as suas irmãs?” (Marcos 6:2-3). Jesus disse então: “Não há profeta sem honra senão na sua terra, entre os seus parentes, e na sua casa” (Marcos 6:4). Também está escrito na bíblia: “Ele não pôde fazer ali obras maravilhosas, somente curou alguns poucos enfermos, impondo-lhes as mãos. E ele se admirou da incredulidade deles” (Marcos 6:5-6).
Olhe novamente a Palavra de Deus com atenção. Por que foi que as pessoas ficaram admiradas? Elas ficaram assim porque conheciam Jesus como aquele que cresceu naquela cidade, e por isso disseram: “Não é este Homem o filho do carpinteiro? Nós O conhecemos muito bem. Quem são Seus irmãos? Tiago não é um deles?”
As pessoas em volta de Jesus estavam dizendo que Tiago (o que escreveu o livro de Tiago) era irmão de Jesus. Eles estavam dizendo, em outras palavras, que Jesus era somente um homem comum da casa de Judá o qual eles conheciam muito bem. Além disso, são mencionados mais três irmãos além de Tiago, e são eles José, Judas e Simão, totalizando quatro irmãos. Também é claro que Jesus tinha algumas irmãs, já que as “Suas irmãs” também são mencionadas. Então vemos aqui que a Virgem Maria teve muitos filhos além de Jesus, e também podemos ver que quando nosso Senhor ensinou a Palavra na sinagoga aos seus compatriotas, essas pessoas não creram nEle.
O Senhor então ficou entristecido por sua incredulidade, dizendo que um profeta é honrado em todo lugar menos em sua pátria. E a bíblia nos diz que por causa de sua incredulidade, Jesus não realizou muitas obras ali, partiu de sua terra e foi para outros lugares ensinar.
Eu estou preocupado que você possa julgar somente minha aparência exterior, e por isso não levar muito a sério a Palavra que eu estou pregando. É claro que às vezes eu falo com vocês em um tom informal e até conto umas piadas, mas você deve saber que quando eu falo com a bíblia aberta, eu não estou somente falando de assuntos humanos, mas estou pregando a verdadeira Palavra de Deus. Quando lemos a bíblia juntos, nós estamos compartilhando a Palavra de Deus, por isso que o que você ouve agora deve ser ouvido como sendo a Palavra de Deus. Isso significa que você não deve julgar a Palavra de Deus pela aparência exterior daquele que a está pregando, nem segundo os seus pensamentos carnais.
Por que as pessoas da cidade natal de Jesus não puderam crer em Sua Palavra, já que Ele estava pregando a Sua obra da salvação para elas? É porque eles só conheciam Jesus de um modo humano. Contudo, amados irmãos, nós temos que ser capazes de ver não somente as coisas humanas, mas também as espirituais – na verdade, as primeiras são muito mais importantes do que as últimas. Quando você analisar alguém, você tem que ver tanto seus aspectos humanos quanto espirituais.
Quando você olhar para os aspectos humanos de alguém, você poderá ver todas as suas culpas e falhas, pois tudo isso será exposto. Mas quando você olhar para os seus aspectos espirituais, o que você verá de mais importante é a sua fé. Deste modo, você poderá discernir se essa pessoa teme a Deus e O segue pela fé. E somente estes é que são dignos de ter comunhão com você, pois eles têm fé e aceitam a Palavra de Deus com sinceridade.
Está escrito na passagem bíblica de hoje que Jesus voltou para Sua cidade natal e ali pregou a Palavra. Mas as pessoas O rejeitaram dizendo: “O que Ele diz é tão profundo que não podemos entender. Afinal de contas, este não é o primogênito do carpinteiro? Ele não tem quatro irmãos, todos eles morando nesta cidade? Nós conhecemos todos eles. As suas irmãs não vivem aqui também? Se um homem de renome tivesse nos ensinado algo, nós até aceitaríamos, mas por que temos que aceitar o Seu ensinamento?” Contudo, amados irmãos, sempre que lemos ou ouvimos a Palavra de Deus, temos que aceitá-la de coração e crer nela exatamente como ela é.
Deixe-me dar um exemplo real e muito importante agora.
Eu tenho dito sempre que a Igreja Católica venera a Virgem Maria, porém ela nada mais é do que a mãe carnal de Jesus e teve muitos filhos além dEle nessa terra. Por isso, ninguém deve adorar a Maria e exaltá-la tanto assim. Muito menos fazer com que as pessoas ignorantes creiam numa idéia absurda como essa. A Igreja Católica exalta Maria como a mãe carnal de Jesus e como a esposa de Deus Pai. Os católicos a consideram a rainha dos Céus e a esposa do Pai de Jesus. É por isso que nós podemos ver porque ela é tão venerada assim.
Além disso, os católicos também alegam que Maria nasceu sem pecado e gerou Jesus sozinha, mas isso também é um grande absurdo. Quando lemos os quatro evangelhos vemos que os judeus não aceitaram Jesus e não creram nEle porque eles O conheciam de um modo humano baseados no fato de que Maria teve pelo menos sete filhos e Jesus era o mais velho entre eles. Foi por isso que eles rejeitaram Jesus.
Mas, na verdade, Jesus foi concebido pelo Espírito Santo e nasceu nessa terra através do corpo da Virgem Maria, assim como havia sido profetizado. Mas apesar disso, a maioria das pessoas só conhecia Jesus de um modo humano naquela época. Foi por isso que eles O rejeitaram, por ser apenas o filho de um humilde carpinteiro ao invés de ter nascido numa família renomada ou aristocrática. Assim como aquelas pessoas O rejeitaram, os católicos de hoje, por terem um entendimento errado de Jesus, também O rejeitam abertamente como o Salvador que veio pela água e pelo Espírito. Crer em Jesus e adorar Maria ao mesmo tempo é o mesmo que rejeitá-Lo. Quando vemos as imagens e as pinturas católicas, percebemos que Jesus quase sempre é retratado como um bebê nos braços de Maria, sua mãe humana.
A “Ave Maria” é uma oração católica obrigatória e diz assim: “Ave Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco. Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito o fruto do vosso ventre, Jesus. Santa Maria, mãe de Deus, rogai por nós pecadores, agora e na hora da nossa morte. Amém”. Recentemente, a Igreja Católica reconheceu oficialmente a deidade de Maria. Os católicos se dobravam diante de Maria e de Jesus no passado, mas agora eles dão mais importância à Maria do que ao próprio Jesus. Maria não é mais um ser humano, mas se tornou uma deusa.
Eu estou dizendo isso a você de modo bem específico porque muitas pessoas crêem assim. E por causa dessa crença, muitas pessoas estão adorando Maria e tendo uma fé errada. A adoração a Maria é algo que existe em muitos países católicos, como a Espanha. Em todos os países onde há o Catolicismo, a adoração a Maria foi tão difundida que arruinou completamente o Cristianismo. Na Coréia, a Igreja Católica era bem fraca, mas ela tem se tornado muito influente recentemente. Logo, os católicos irão superar os protestantes em número e influência. Mas quando sua fé é mostrada à luz da Palavra de Deus vemos que ela é completamente errada. Eles adoram Maria a rainha do Céu e defendem a Doutrina da Imaculada Concepção, alegando que Maria nasceu sem pecado. Mas isso é algo totalmente falso. Já que Maria chamou a si mesma de serva do Senhor (Lucas 1:38), ela era um ser humano como todos nós, não um ser divino e também foi salva da mesma maneira que nós.
Apesar disso, há muitos católicos no mundo inteiro. Eu não certeza de quantos são, mas deve haver pelo menos um bilhão deles. Há tantos católicos que talvez seu número exceda até o de protestantes. Nas pesquisas, católicos e protestantes geralmente são considerados cristãos porque todos crêem em Deus da mesma maneira. Entretanto, o Catolicismo é muito diferente do verdadeiro Cristianismo, pois ele é a religião mais mundana de todas.
Na passagem bíblica de hoje, as pessoas de Nazaré rejeitaram Jesus porque, ironicamente, O conheciam em termos humanos. E o mesmo acontece conosco. No que diz respeito a nós, quem é que mais resiste em aceitar as nossas palavras? Quem é que mais nos rejeita? Não são os próprios membros da nossa família que mais nos rejeitam? De fato, são os membros da nossa própria família que mais resistem a nós. Isso porque os membros da nossa família nos conhecem muito bem, mas só em termos humanos. Aos seus olhos, nós não somos muito dignos de respeito e eles não nos vêem como alguém mais especial ou melhor do que eles. É por isso que eles não crêem na Palavra de Deus quando pregamos para eles.
Todavia, nós sabemos que não há nada mais certo para fazer do que crer na Palavra de Deus. As pessoas podem até discutir e argumentar sobre assuntos seculares, mas no que se refere a Palavra de Deus, nós sabemos que o mais correto é crer nela. Nosso Senhor também pregou a Palavra na Sua cidade natal, mas Ele ficou impressionado porque as pessoas ali não creram nEle. Está escrito na passagem bíblica de hoje que embora o Senhor tenha dito a verdade, as pessoas na Sua cidade natal não creram nEle. Por isso, Ele ficou impressionado com a sua falta de fé e foi ensinar em outros vilarejos.
Na verdade, nós não somos muito reconhecidos aqui na nossa cidade e nem no nosso país. Mas quando expandirmos nossa visão para o mundo, nós podemos ver que já que nossos livros estão alcançando os quatro cantos dessa terra e nosso evangelho está sendo ensinado e pregado, nós ganhamos a atenção do mundo todo. As pessoas de outros países nos reconhecem mais do que as próprias pessoas do nosso país. Muitos estrangeiros, inclusive pastores e teólogos, têm lido nossos livros e recebido a remissão de pecado como resultado; e todos eles são muito gratos a nós por isso. Na Coréia, há um legado histórico muito antigo de ceder aos poderosos, e é por isso que as pessoas tendem a seguir cegamente as crenças estrangeiras. Mas eu espero que você não ceda a isso, mas ao contrário, seja um verdadeiro crente e viva pela fé até o dia em que você verá o Senhor face a face.
Todos nós temos que viver pela fé até o dia em que veremos o Senhor. Haverá muito mais mudanças e catástrofes este ano. O clima ficará ainda pior. Este mundo ficará ainda mais confuso, pois o dia da volta do Senhor está próximo. Mas apesar de todas as dificuldades que nos esperam, eu espero que todos vocês creiam fielmente na Palavra de Deus e suportem todas as provações em sua vida confiando no evangelho da água e do Espírito.