उपदेश

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 8-4] Vamos Confessar a Verdadeira Fé para Deus (Marcos 8:27-38)

Vamos Confessar a Verdadeira Fé para Deus(Marcos 8:27-38)
“Jesus e seus discípulos partiram para as aldeias de Cesaréia de Filipe. No caminho perguntou-lhes: ‘Quem dizem os homens que eu sou?’ Responderam eles: ‘João Batista; outros: Elias; e ainda outros: Um dos profetas’. Então lhes perguntou: ‘Mas vós quem dizeis que eu sou?’ Respondendo Pedro, lhe disse: ‘Tu és o Cristo’. Advertiu-os Jesus de que a ninguém dissessem tal coisa a respeito dele. Então começou a ensinar-lhes que importava que o Filho do homem sofresse muitas coisas, fosse rejeitado pelos anciãos, pelos principais sacerdotes e pelos escribas, fosse morto e que depois de três dias ressurgisse. Ele dizia abertamente estas palavras. E Pedro, chamando-o à parte, começou a repreendê-lo. Jesus, porém, voltou-se e, olhando para os discípulos, repreendeu a Pedro, e disse: Para trás de mim, Satanás! Não pensas nas coisas de Deus, mas, sim, nas dos homens. Então, chamando a si a multidão e juntamente os seus discípulos, lhes disse: Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz, e siga-me. Pois quem quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, mas quem perder a sua vida por causa de mim e do evangelho, esse a salvará. Que aproveitaria ao homem ganhar o mundo todo, e perder a sua alma? Ou que daria o homem em troca da sua alma? Qualquer que, nesta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos.’”
 
 
Há quanto tempo não os vejo! O dia do Senhor já passou e já é quarta-feira. Parece que já faz muito tempo desde que vi vocês pela última vez. Parece que a segunda, terça e quarta-feira demoraram tanto para passar.
Há um trabalho que ainda não conseguimos concluir, embora parecesse que ele acabaria rápido, é a publicação do terceiro livro da nossa série de literatura cristã. Os nossos editores nos informaram que estão preparando a impressão hoje. E depois disso será feita a montagem inicial do livro. Nós temos que revisar a montagem desde o começo para que a publicação saia perfeita, mas o problema é que vai levar muito tempo se formos fazer isso, e ela vai acabar ficando pior em alguns aspectos. É por isso que estamos pensando em terminá-la mesmo que ela não esteja do jeito que queremos.
Existem muitos santos que possuem vários tipos de talentos na nossa igreja, e percebo que muitos deles não são arrogantes por causa disso, pelo contrário, são humildes. Os irmãos parecem bastante corajosos e as irmãs parecem bem humildes. Assim eles realizam muito bem todo o trabalho que pedimos embora às vezes digam que não conseguem fazê-lo, e eu sou muito grato a eles por isso. Muitos obreiros e santos têm trabalhado duro para publicar o terceiro volume da série da nossa missão. Eu acho que esse livro está sendo publicado com o amor de muitos obreiros. Alguns santos e obreiros têm se envolvido diretamente nesse trabalho e outros têm servido com coisas materiais. Todos nós temos sido voluntários para servir a esse ministério de literatura. Também foi muito difícil para mim publicar esse terceiro volume da série de livros da nossa missão. De qualquer forma, todos nós trabalhamos duro. Mas eu não quero que nossos esforços terminem por aqui, pelo contrário, eu quero que a evangelização do evangelho de Deus continue. Eu acho que temos pregado o evangelho da água e do Espírito mais rapidamente porque o mundo está mais sombrio nesses dias.
 
 

Mensagem de um Leitor de Nossos Livros

 
Hoje, pouco antes de vir pregar na nossa igreja eu recebi um e-mail de fora. Esse é o e-mail enviado a nós por “Maria Chejib” que é a secretária do Presidente da Universidade Vista na África do Sul. Todas as cartas e e-mails enviados ao presidente vão para a secretária, e ela viu o e-mail relativo aos nossos livros gratuitos do evangelho da água e do Espírito que mandamos para esse presidente. Essa secretária disse que ela leu dois de nossos livros e pediu mais deles. Essa mulher chamada Maria está casada há 32 anos e disse que também tem se dedicado muito a fazer missões. O conteúdo traduzido de seu e-mail é o seguinte:
“Eu não sabia o quanto era importante saber o porquê de Jesus ter sido batizado por João Batista. Porém, esses livros me fizeram compreender segundo a bíblia o que significa nascer de novo da água e do Espírito. Eu finalmente compreendi o evangelho da água e do Espírito, o qual não conhecia, embora estivesse na igreja há muito tempo. Eu gostaria de compartilhar desses livros com outras pessoas que ainda não ouviram sobre ele. E compreendi que devo falar com meus vários amigos cristãos sobre esse evangelho para que eles também possam nascer de novo da água e do Espírito como eu. Agora eu sei com certeza que recebi a minha salvação. Eu tenho a chave da salvação. Eu nasci de novo pelo batismo de Jesus e Sua morte na cruz. Meu Salvador está vivo”.
Ela me enviou um e-mail com esse assunto. Amados santos, vocês ouviram o que eu acabei de ler para vocês? Eu não sei muito sobre os países da África, mas algumas regiões de lá estão em um estado miserável. Dizem que algumas regiões são extremamente perigosas por causa da epidemia de AIDS e dos crimes desenfreados. Dizem que 30% da população do Zimbabue está infectada com AIDS e muitos morrem dessa doença a cada dia. Já que esse é um país miserável, eu quero que o evangelho da água e do Espírito vá para aquele país o mais rápido possível e salve muitas almas ali.
 
 

Quem Você Diz que é Jesus Cristo?

 
Na passagem bíblica de hoje Jesus perguntou a Seus discípulos: “Quem dizem os homens que eu sou?” Os discípulos responderam: “João Batista; outros: Elias; e ainda outros: Um dos profetas”. Dito isto, Jesus perguntou novamente aos discípulos: “Mas vós quem dizeis que eu sou?” Pedro confessou sua fé e disse a Ele: “Tu és o Cristo”. Então Jesus disse que foi Deus Pai que fez Pedro saber disso. Essa confissão: “Tu és o Cristo”, é curta, mas é uma confissão que mostra de forma resumida e significativa que o Senhor é o nosso Salvador.
A maioria dos israelitas que viveu no tempo de Jesus pensava que Ele era apenas um dos profetas do Antigo Testamento, mas Jesus era na verdade, o seu Salvador. Até hoje muitos judeus pensam em Jesus apenas como um dos profetas do Antigo Testamento ao invés de o Filho de Deus. Por isso é tão difícil pregar para os israelitas que Jesus Cristo é de fato o Filho de Deus e o Salvador de toda a humanidade. Eles também não reconhecem o Novo Testamento já que não reconhecem que Jesus é o Cristo. Eles continuam esperando seu Salvador achando que só existe a Palavra do Antigo Testamento, embora Jesus Cristo já tenha vindo a este mundo e salvado todos os pecadores de uma vez por todas pelo evangelho da água e do Espírito, ressuscitado dos mortos e agora está assentado no trono celestial. Mas apesar disso eles ainda estão esperando o seu Salvador.
Eles aguardam pelo Messias embora o Messias Jesus Cristo já tenha vindo e cumprido Sua justa salvação como o Filho de Deus encarnado. Portanto, a fim de pregar o evangelho para os israelitas nós temos que fazer com que eles saibam que Jesus é o Messias, Aquele pelo qual eles aguardam. Eles passarão a ter a verdadeira fé da salvação se simplesmente souberem disso como nós. Mas estou certo que em breve os israelitas aceitarão em seus corações o evangelho da água e do Espírito e também crerão nele. Mesmo hoje em dia, a cada ano no Dia da Expiação, os israelitas transferem os pecados para uma oferta de sacrifício pela imposição de mãos, oferecendo esse sacrifício de expiação cortando a garganta do animal e espargindo seu sangue. Mas se eles simplesmente aceitarem o fato de que Jesus é o Messias pelo qual eles esperavam, eles receberão a salvação dos seus pecados ao crer que Ele se tornou o Cordeiro de Deus através do batismo que recebeu de João Batista e de Sua morte na cruz.
Jesus perguntou aos discípulos: “Quem dizem os homens que eu sou?” Eles responderam: “João Batista; outros: Elias; e ainda outros: Um dos profetas”. Esses israelitas não criam que Jesus era o Messias ou que era o Filho de Deus. Quem é esse João Batista? Ele é um servo de Deus. Então, quem foi Elias? Ele também era um servo de Deus. Eles eram todos profetas ou servos de Deus, e não o Messias, como Jesus. Mesmo assim, as pessoas daquele tempo consideravam Jesus igual aos demais.
Apesar disso, Pedro confessou: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mateus 16:16). Pedro disse que Jesus é o Filho de Deus e o Cristo. Pedro sabia e cria através do Pai que Jesus é o Filho de Deus e o Cristo. Deste modo Jesus é o nosso Deus e também o sumo sacerdote do Reino dos Céus. Jesus Cristo levou de uma vez por todas todos os nossos pecados sobre Seu corpo no batismo, morreu na cruz, e ressuscitou dos mortos e Ele é o verdadeiro Salvador que nos salvou completamente. A fé na qual se baseia o evangelho da água e do Espírito está contida nessa pequena confissão de Pedro.
A palavra “Cristo” significa “o Rei ungido” (Daniel 9:26, João 1:41). No Antigo Testamento, reis, sacerdotes e profetas recebiam a unção com óleo. Em Israel eles colocavam óleo sobre a cabeça de alguém quando o ungiam como rei, profeta ou sumo sacerdote. Deus Pai chamou Seu Filho Jesus Cristo para realizar a obra de nos salvar através dEle. Portanto, nosso Senhor veio a este mundo e se tornou nosso Rei, nosso Profeta e também cumpriu a tarefa de sumo sacerdote celestial quando tomou sobre Si todos os nossos pecados ao receber o batismo. Ele veio a este mundo como o Sumo Sacerdote do Reino dos Céus e tomou todos os nossos pecados sobre Si. O Senhor salvou de uma vez por todas a nós que cremos hoje no evangelho da água e do Espírito, ao cumprir essas três tarefas como Rei, Sumo Sacerdote e Profeta. Então, Jesus é o nosso Sumo Sacerdote, nosso Mestre e o Salvador que nos salvou dos pecados do mundo pelo evangelho da água e do Espírito. Jesus foi o Profeta da verdade que nos mostrou porque nascemos nesse mundo e o que é a verdade do evangelho da água e do Espírito, o qual nos salvou de todos os nossos pecados. Nosso Senhor veio a este mundo como Sumo Sacerdote do Reino dos Céus e tomos todos os nossos pecados sobre Si. Ele levou todos os pecados deste mundo sobre Seu próprio corpo ao invés de transferi-los para um cordeiro de sacrifício ou um bode do Antigo Testamento. O Senhor se tornou a propiciação por nós ao levar os pecados do mundo sobre Si de uma vez por todas ao receber o batismo de João Batista.
Quando Jesus estava morrendo na cruz, Pilatos escreveu no alto da cruz: “JESUS DE NAZARÉ, O REI DOS JUDEUS”. Então os israelitas vendo isto, disseram: “Não escreva: ‘O Rei dos Judeus’, mas que Ele disse: ‘Eu sou o Rei dos Judeus’”. Mas Pilatos respondeu: “O que escrevi, escrevi” (João 19:21). Mas Jesus é verdadeiramente o Rei dos reis e o Mestre de todo o universo.
Aquele que conhece hoje a justiça de Jesus é alguém que crê no evangelho da água e do Espírito, o qual Ele nos deu. Para nós que cremos no evangelho da água e do Espírito, Jesus Cristo é o genuíno Sumo Sacerdote, o Criador que fez este universo, e o Juiz que há de vir. Jesus voltará a este mundo, ressuscitará a nós os santos que nasceram de novo por crer no evangelho da água e do Espírito, e nos levará ao Reino dos Céus. Nós viveremos eternamente com o nosso Salvador no Reino de Deus. Jesus é o nosso Deus e o Sumo Sacerdote que tem esse tamanho poder. Jesus é o Rei que habita em nós e nos governa justa e eternamente. Eu não sei como Jesus Cristo aparece para alguém que é descrente, mas Ele é o Rei dos reis, o Salvador da humanidade e o Juiz eterno.
A Palavra que está nas Escrituras é a Palavra sobre Jesus Cristo. No Antigo Testamento se profetizava que Jesus voltaria e nos salvaria de todos os nossos pecados, e o Novo Testamento fala sobre essa promessa do Antigo Testamento sendo cumprida. A Palavra de Deus não contém apenas isso, mas várias coisas como política, economia, cultura, ciência, futuro, presente, passado, propósito da vida, a vida humana e assim por diante. Assim, a pessoa recebe a remissão de pecados se conhecer corretamente a Palavra e reconhecer o evangelho da água e do Espírito.
Vocês e eu que vivemos hoje em dia também devemos fazer essa verdadeira confissão de fé como a de Pedro. Queridos irmãos, vocês tem essa fé genuína em seu coração? Devemos viver com essa verdadeira confissão de fé. Enquanto vivemos essa curta vida, devemos saber e crer que Jesus é o Rei dos reis, o Sumo Sacerdote e também o Profeta. Por outro lado, se não cremos na justiça de Jesus Cristo e ainda a rejeitarmos, nós seremos completamente destruídos. Eu não quero que vocês sejam como esses tolos que desrespeitam e ignoram a justiça de Deus.
 
 

Você Também Deve Ter em Seu Coração a Confissão de Fé que Diz: “Jesus é o Cristo!”

 
Quando Pedro fez essa confissão genuína de fé a Jesus, Este, disse-lhe: “Dar-te-ei as chaves do reino dos céus; o que ligares na terra terá sido ligado nos céus; e o que desligares na terra terá sido desligado nos céus” (Mateus 16:19). Jesus disse que daria as chaves do Reino dos Céus para Pedro que confessou essa fé genuína.
Amados irmãos, o que são as “chaves do Reino dos Céus”? É o evangelho e a fé nele depositada que purifica o pecado das pessoas. Que tipo de evangelho faz alguém entrar no Reino dos Céus? Nenhum outro além do evangelho da água e do Espírito. Esse evangelho da água e do Espírito é o evangelho do Senhor o qual levou todos os pecados do mundo sobre Si ao receber o batismo de João Batista, e ao ser crucificado até a morte. A chave do Reino dos Céus é a fé que crê no evangelho da água e do Espírito o qual nosso Senhor cumpriu. Portanto, precisamos dessa fé que diz: “Tu és o Cristo, o Filho do Deus vivo” (Mateus 16:16). Essa verdadeira fé é a fé que crê que o Senhor é o Filho de Deus, nosso Rei e o Salvador que veio a este mundo como o Sumo Sacerdote do Reino dos Céus. Ao receber o batismo de João Batista, Jesus levou todos os nossos pecados, foi crucificado até a morte na cruz por causa dos pecados que tomou sobre Si e ressuscitou dos mortos ao terceiro dia após morrer na cruz. Crer que o Senhor nos salvou dos pecados do mundo pelo evangelho da água e do Espírito é ter a fé genuína. Jesus é o Deus que levou todos os nossos pecados sobre Si, apagou-os de uma vez por todas e nos deu uma nova vida. O Senhor sabe o princípio e o fim de todas as coisas e também controla tudo. Quando Pedro confessou essa fé, Jesus confiou-lhe a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito, que é a chave do Reino dos Céus.
Você crê que deve pregar o evangelho da água e do Espírito? O Senhor se tornou nosso Salvador e a obra que Ele cumpriu é o verdadeiro evangelho da água e do Espírito. Deste modo, nosso Salvador é Jesus Cristo. Você crê que o Senhor é o Cristo, o Filho do Deus vivo?
Nosso verdadeiro Salvador é Jesus Cristo. Temos que ter essa fé que professa o evangelho da água e do Espírito para que possamos fazer essa confissão de fé. Temos que ter em nosso coração essa fé que crê nesse evangelho da água e do Espírito. Queridos irmãos, o fato de vocês crerem em Jesus como seu Salvador não significa que vocês conhecem e têm a fé que crê no evangelho da água e do Espírito. Existem muitos que vão à igreja crendo em Deus sem saber que Jesus Cristo salvou toda a humanidade pelo evangelho da água e do Espírito. Embora alguns saibam que Cristo significa “O Ungido”, muitos dentre eles não sabem na verdade que Cristo nos salvou ao levar nossos pecados sobre Si e derramou Seu sangue pelo evangelho da água e do Espírito. Então quando eu lhes pergunto: “Qual o significado de Ungido?”, eles balbuciam respostas absurdas à minha pergunta. Podemos dizer então que somente os que creem no evangelho da água e do Espírito agora sabem o significado dessa confissão: “O Senhor é o Cristo, o Filho do Deus vivo”. Em outras palavras, a fé que crê que o Senhor levou todos os pecados desse mundo ao receber o batismo de João, que Ele morreu na cruz e ressuscitou dos mortos é a fé que pode confessar: “O Senhor é o Cristo!”
 
 

Você Crê que o Evangelho da Água e do Espírito é a Genuína Verdade da Salvação?

 
Vocês creem que o evangelho da água e do Espírito é realmente o evangelho da salvação? Se acreditam nisso então vocês creem que Jesus é o Filho de Deus que criou o universo e também o Salvador que apagou todos os seus pecados de uma vez por todas pelo evangelho da água e do Espírito? A fé daqueles que tem a chave do Reino dos Céus é a fé que crê que o Senhor levou de uma vez por todas os nossos pecados e nos salvou pelo batismo que Ele recebeu de João Batista, por Seu sangue na cruz e por sua ressurreição dos mortos. Nós que somos assim recebemos a salvação dos pecados do mundo.
Para fazer isso, Jesus, através da Lei de Deus, nos fez reconhecer que pecadores abomináveis nós éramos. E Ele resolveu completamente o problema dos nossos pecados o qual não poderíamos resolver por nós mesmos, e ainda aperfeiçoou a nossa salvação. E o Senhor nos ensinou como Ele apagou todos esses pecados e pudemos nos tornar filhos de Deus ao receber a salvação de todos os nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Nós recebemos a graça da salvação de uma vez por todas ao crermos nesse genuíno evangelho o qual Jesus nos deu. Estamos prontos para entrar no Reino dos Céus por crermos no evangelho da água e do Espírito. Vocês têm a chave do Reino dos Céus se tiverem em seus corações a fé que proclama: “Senhor, Tu és o Cristo”.
Na passagem bíblica de hoje, Jesus que ouviu a confissão de fé de Pedro disse aos Seus discípulos para não contarem isso a ninguém e que Ele em breve seria entregue nas mãos do sumo sacerdote, dos anciãos e dos escribas deste mundo. E Ele disse claramente que ressuscitaria dos mortos em três dias.
Contudo, Pedro tentou impedir Jesus de fazer a Sua obra. Pedro protestou dizendo: “Tu és o Cristo. Por que de repente dizes que irá morrer? Por que serás morto por essas pessoas?” Pedro que tinha um temperamento forte tentou de tudo para impedir que Jesus morresse na cruz. Ele merecia ser honrado por sua lealdade a Jesus se olharmos para ele sob uma perspectiva humana.
Todavia Jesus repreendeu-o, dizendo: “Para trás de mim, Satanás! Não pensas nas coisas de Deus, mas, sim, nas dos homens”. Por que Jesus se referiu a Pedro como Satanás? Vocês acham que Ele disse isso porque Pedro era mesmo Satanás? Jesus disse isso porque Pedro pensava nas coisas dos homens e não nas coisas de Deus. Satanás estava tentando dissuadir Jesus Cristo de cumprir a obra de derramar Seu sangue por nós provocando esses pensamentos carnais em Pedro. Nós que cremos no evangelho da água e do Espírito também somos assim. Não devemos pensar nas coisas humanas, mas nas coisas de Deus. Se pensarmos nas coisas humanas nós também nos tornaremos escravos de Satanás. Pedro era meramente uma pessoa impaciente, alguém de temperamento sanguíneo, mas Jesus o chamou de Satanás porque ele estava tentando parar a obra que Ele estava fazendo. O Senhor deixou clara a diferença entre a obra humana e a obra de Deus e disse que a pessoa deve negar a si mesma e carregar sua própria cruz para segui-Lo. Eu sei que todos vocês entendem essa palavra.
 
 

Devemos de Fato Negar a Nós Mesmos e Seguir ao Senhor Levando uma Vida Espiritual

 
Existem muitas ocasiões em que nos esforçamos para negar a nós mesmos porque nossa carne é muito forte. Isso acontece porque não podemos seguir a Jesus se não negarmos a nossa carne. Não podemos seguir o Senhor se não negarmos nossos pensamentos carnais porque estes e os pensamentos de Deus são completamente opostos. Portanto, devemos negar a nós mesmos para seguirmos ao Senhor.
E o Senhor também declara que quem dessa geração adúltera e pecadora se envergonhar de crer nEle e de Sua Palavra, Ele também se envergonhará dessa pessoa quando voltar novamente a este mundo na glória do Pai com os santos anjos. Está escrito: “Porque qualquer que, nesta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também o Filho do Homem se envergonhará dele, quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos” (Marcos 8:38). Jesus disse muita coisa a nós enquanto estava neste mundo, e passaremos a carregar nossa própria cruz, negar a nós mesmo e a segui-Lo se realmente crermos nas obras que Ele fez e em Suas palavras. E iremos entender e crer no evangelho e alcançaremos muitas coisas através da nossa fé. Contudo, se você não tiver fé, ou tiver fé e deixar propositalmente as palavras de Jesus para ir atrás de seus próprios desejos carnais, e se envergonhar de sua fé em Jesus diante das pessoas deste mundo, da mesma forma Jesus irá se envergonhar de você. Se você não tiver essa fé da salvação que diz: “O Senhor é o Cristo, o Filho do Deus vivo”, ouse se envergonhar de todas as palavras que Jesus falou que Ele também se envergonhará de você quando voltar na glória do Pai e julgar este mundo sentado no trono do julgamento.
Crer no evangelho da água e do Espírito e seguir ao Senhor tem a ver com a nossa vida. O Senhor disse no evangelho de Marcos capítulo 8:35: “Quem quiser, pois, salvar a sua vida perdê-la-á; e quem perder a vida por causa de mim e do evangelho salvá-la-á”. Você pode receber a vida eterna, a salvação e as bênçãos se crer nEle. Você terá tudo do Senhor se crer em Suas promessas. Mas o que acontecerá se você não crer em Sua Palavra, e ao invés disso rejeitá-la, se envergonhar dela ou deixá-la de lado? Você acabará perdendo a sua vida. Você será eternamente amaldiçoado. Isso acontecerá tanto nessa vida quanto na próxima também. Jesus também se envergonha dessa pessoa e não quer que ela entre em Seu Reino. Então, não seria isso a morte eterna? Sim, essa pessoa seria destruída para sempre.
O Senhor disse: “Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me” (Marcos 8:34). Nós conhecemos bem esta palavra. Todavia, se torna difícil seguirmos ao Senhor se estivermos enfrentando uma situação difícil. Nessas horas precisamos negar ainda mais a nós mesmos e seguirmos ao Senhor carregando nossa própria cruz. Não podemos seguir ao Senhor sem estarmos em uma situação difícil e sem negarmos a nós mesmos. E é impossível receber a salvação sem fazermos isso.
Em muitas partes da bíblia o Senhor fala muito sobre a fé que vencerá as lutas e dificuldades do fim dos tempos. Uma das coisas que irá acontecer no fim dos tempos é que muitas pessoas trairão a fé. Isso significa que muitos crentes deixarão a igreja e a obra de servir ao evangelho e irão após seus pensamentos carnais e dirão: “Eu estou tão cansado. Isso é muito difícil. Temos mesmo que viver assim já que tudo está tão difícil? É verdade que esse evangelho é genuíno. Mas temos mesmo que segui-lo assim?” O Senhor disse que essas coisas aconteceriam ainda mais no fim dos tempos. E essas coisas estão mesmo acontecendo hoje na igreja dos nascidos de novo.
Se há alguém entre nós que traiu a fé no evangelho da água e do Espírito e preferiu seguir outro evangelho, Deus não perdoará essa pessoa. A Igreja de Deus pode admoestar essa pessoa por algum tempo, mas não podemos fazer nada mais se ela não se arrepender e voltar para o evangelho da água e do Espírito. Quem a impedirá se ela disser que esse evangelho não é tudo que existe, e que ela só quer ganhar dinheiro e viver uma vida próspera voltada só para si mesma? Todavia, todas as necessidades básicas e de moradia são solucionadas ao servir o evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus.
O Senhor também fala no evangelho de Mateus capítulo 18 versículos de 15 a 17: “Se teu irmão pecar {contra ti}, vai argüi-lo entre ti e ele só. Se ele te ouvir, ganhaste a teu irmão. Se, porém, não te ouvir, toma ainda contigo uma ou duas pessoas, para que, pelo depoimento de duas ou três testemunhas, toda palavra se estabeleça. E, se ele não os atender, dize-o à igreja; e, se recusar ouvir também a igreja, considera-o como gentio e publicano”. Essa passagem diz que temos que tratar essa pessoa como gentio se ele não ouvir, mesmo depois de admoestá-lo uma ou duas vezes, e também se ele nem mesmo ouvir a admoestação da igreja. Como impediremos tal pessoa de sair da igreja e ir para o mundo só porque ela não quer servir ao evangelho da água e do Espírito? Quando perguntamos: “Você não gosta disso? Você não acha mesmo que o evangelho da água e do Espírito é a verdade, certo?” E se a pessoa responder: “eu não acho que só o evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho da salvação”, então a igreja não tentará impedi-lo mais de ir. Nós o admoestaremos por um tempo, mas nem Deus poderá impedi-lo se ele disser: “O evangelho da água e do Espírito não é a verdade da salvação”. Quando seguramos essa pessoa à força, isso só traz uma situação de morte para quem confia nela. O Senhor disse: “Em verdade vos digo que tudo o que ligardes na terra terá sido ligado nos céus, e tudo o que desligardes na terra terá sido desligado nos céus” (Mateus 18:18). Se uma pessoa nega a Jesus, nega o evangelho, e também rejeita a Palavra de Deus, então até Jesus irá tratá-la assim. Eu estou dizendo isso porque está escrito na Palavra, e não porque existe alguém assim entre nós agora.
Isso também é muito difícil para mim. Eu não sei quando será o fim deste mundo. Porém, uma coisa eu posso dizer e é que não nos resta muito tempo para pregar esse evangelho da água e do Espírito. No futuro, só poderemos pregar livremente o evangelho da água e do Espírito por mais alguns anos. Será difícil pregar esse evangelho uma vez que esse período de paz acabe. É porque esse mundo se tornará ainda mais traiçoeiro. O Senhor disse: “E será pregado este evangelho do reino por todo o mundo, para testemunho a todas as nações. Então, virá o fim” (Mateus 24:14). Isso significa então que o tempo das catástrofes se abaterem sobre este mundo e o tempo da vinda do Senhor estão próximos, se nós já tivermos pregado o evangelho por todo o mundo. Eu não sei especificamente em que ano, em que mês, que dia e hora o Senhor virá a este mundo. Como eu saberia disso? Eu sou Deus? O Senhor disse que ninguém saberia disso além de Deus Pai. Mas sabemos que esse dia está perto quando o analisamos à luz da Palavra do Senhor.
Estou contando os dias para dezembro chegar logo. É como se o ano novo estivesse às portas. Estranhamente, esse ano tem sido difícil. Está difícil esperar até dezembro. Eu não sei porque esse ano tem sido tão difícil assim. Vocês se sentem assim também? Somente uma pessoa sentada lá atrás disse que sim. Parece que muitos não acham que foi um ano difícil porque ainda tem muito que acontecer. De qualquer forma, temos que trabalhar com afinco nos próximos dias. Devemos trabalhar com afinco mesmo que esteja difícil e mais ainda se não estiver difícil assim.
Devemos negar a nós mesmos, carregar a nossa cruz e seguir ao Senhor apesar de sermos fracos. Quando levamos esse tipo de vida constantemente, no devido tempo passamos a segui-Lo pelo justo caminho. Não existe ninguém que consiga negar a si mesmo de forma perfeita e de uma só vez. Deparamos com momentos em que devemos negar a nós mesmos mesmo passando por várias coisas neste mundo, e aos poucos ficamos mais e mais acostumados a fazê-lo conforme passamos por dificuldades. Negar a si mesmo é difícil, mas conseguimos fazê-lo porque temos o Espírito Santo em nossos corações. Você não pode negar a si mesmo e seguir a cruz se não tiver o Espírito Santo em seu coração.
Aqueles que creem no evangelho da remissão de pecados e na Palavra de Deus recebem o Espírito Santo em seu coração. Então, negar a nós mesmo é possível a partir do momento que conhecemos nossos pensamentos errados pelo poder do Espírito Santo e reconhecemos que estamos errados. Podemos seguir ao Senhor se nos negarmos dessa forma. E podemos realizar esse difícil trabalho e seguir devidamente o Senhor já que o Espírito Santo está em nós e o Senhor está conosco, mesmo quando enfrentamos uma situação difícil enquanto O seguimos. Passamos a segui-Lo graças a Ele mesmo. Todavia, Deus também se envergonha de nós se ficarmos contra Ele com nossa teimosia, pensamentos próprios, nossa vergonha dEle e também quando rejeitamos Sua Palavra. Então eu quero que você professe com sua fé: “Senhor, Tu és o Cristo”.
Amados irmãos, vamos orar para que a tradução do nosso livro e a tarefa de publicá-lo acabe antes do fim de dezembro. Eu também quero que vocês orem muito por isso. Se o terceiro livro da nossa série de literatura cristã for publicado antes de janeiro, poderemos alcançar dez vezes, cem vezes o número de almas que alcançamos este ano. Assim como está escrito: “Em verdade, em verdade vos digo: se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas, se morrer, produz muito fruto” (João 12:24), devemos também nos sacrificar pela pregação do evangelho.
O evangelho agora está sendo pregado ainda mais rapidamente ao redor do mundo. A pregação do evangelho está mesmo indo cem vezes mais rápida do que antes. Então, devemos ter fé e esperança que a grande comissão será cumprida mais rapidamente. Queridos irmãos, quem virá quando o evangelho for pregado até o fim do mundo? O Senhor virá. Vocês creem que o Senhor virá? Não será tremendo quando o Senhor voltar? Nossa alegria será indescritível. Todos os desejos do seu coração serão realizados quando nosso Senhor voltar. Esse dia não está muito distante.
Eu não vou citar o nome, mas um de nossos irmãos disse que ele vai comer tudo que quiser quando o Senhor voltar. Eu perguntei a ele o que ele quer fazer no Reino Milenial quando o Senhor voltar e reinar conosco, ele disse que quer comer tudo o quiser sem se preocupar com seu corpo. E também um irmão que saiu da igreja disse que ele queria muito ter um relacionamento romântico. Mas nós poderemos ter relacionamentos românticos no Reino Milenial? Que relacionamento romântico teremos, se nossa condição será igual a dos anjos e todos nós seremos do mesmo gênero? Esse relacionamento é possível enquanto nosso coração tem desejos como agora, mas eu não acho que será possível ter um relacionamento romântico lá porque nosso coração estará em estado de consagração.
Contudo, uma coisa clara é que certamente nossos desejos serão realizados. Independentemente de que desejos você tenha, todos eles serão realizados. Aquilo que é maior que nossos desejos, aquilo que é bilhões de vezes maior que nossos desejos será tudo realizado para nós. Parece com a história de um sonho ou conto de fadas, mas será tudo verdade. Vocês creem nisso? Sim, eu também creio nisso. Essa é a “esperança”. Definitivamente essa esperança se cumprirá. Ela se cumprirá quando o Senhor voltar. Portanto, devemos pregar o evangelho desejando de coração que o Senhor volte logo.
Aquele que não quer que o Senhor volte rápido é porque gosta muito deste mundo, e viverá nele mesmo após o evangelho da água e do Espírito ter sido completamente pregado e nós termos sido arrebatados para nos encontrarmos com o Senhor. Naquele dia os corpos dos homens serão destruídos porque serão expostos aos desastres naturais ou a radioatividade das guerras. Vá em frente e viva neste mundo se você gosta dele tanto assim. Eu vou seguir Jesus e ir para o Reino dos Céus.
No livro de Hebreus, capítulo 10 versículo 37 o Senhor disse: “Porque, ainda dentro de pouco tempo, aquele que vem virá e não tardará”. Então, temos que viver com esperança. Amados irmãos, é difícil viver para o evangelho hoje em dia, não é? Eu acho que isso acontece com todos. Mesmo assim, o evangelho será pregado no mundo inteiro em pouco tempo. Então o Senhor virá. Vamos ter esperança e esperar até aquele grande dia. Vamos unir nossas forças mais uma vez e viver poderosamente, confessando nossa verdadeira fé e fazendo a obra da pregação do evangelho. Fizemos muito até agora, mas existe ainda muito mais que devemos fazer.