Sermões

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 1-1] (Gênesis 1:1-2) A Bíblia é a Palavra da Salvação, Não um Livro de Ciências

(Gênesis 1:1-2)
“No princípio criou Deus os céus e a terra. A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”.
 
 
“No princípio criou Deus os céus e a terra”. Esse é o primeiro versículo que encontramos quando abrimos a Bíblia. Deus disse: “No princípio criou Deus os céus e a terra. A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”. Quando nós lemos aqui que “a terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo”, isso descreve a condição do coração daqueles que ainda não nasceram de novo.
A Bíblia não é um livro de ciências. A Bíblia é a Palavra da Verdade que salva a todos do pecado. É a Palavra que traz a remissão de pecados ao homem. A Palavra nas Escrituras é a abençoada Palavra da salvação que Deus falou e cumpriu junto à humanidade. Como está escrito: “Examinais as Escrituras, porque pensais ter nelas a vida eterna. São estas mesmas Escrituras que testificam de mim” (João 5:39). A Bíblia é a Palavra que leva o homem a ser salvo do pecado e receber a vida eterna. Sendo assim, para que alguém seja salvo dos seus pecados, antes de tudo ele tem que entender qual é a situação do seu coração mediante a Palavra nas Escrituras.
Quando Deus diz aqui que “a terra estava sem forma”, Ele está descrevendo a situação do coração de todos. A Palavra de Deus está dizendo que o coração de todos é sem forma e que sua natureza é essencialmente pecaminosa. O coração de todos está da seguinte forma: disforme, vazio e em trevas. Em outras palavras, essa deformidade, o vazio e o pecado estão alojados no fundo do coração das pessoas, nos seus pensamentos e na sua mente. O fato de os pensamentos do homem estarem “sem forma” se refere aos que não conhecem a Palavra da Verdade de Deus e, conseqüentemente, não tiveram um encontro com Jesus Cristo. A palavra “vazia” se refere à insatisfação que há no coração dos pecadores. O fato de as trevas estarem alojadas no fundo do coração do homem, da mesma forma, significa que os seus pecados estão ocultos dentro do seu coração.
O coração dos que verdadeiramente não encontraram o evangelho da água e do Espírito dado a nós pelo Senhor está sem forma. Em outras palavras, eles não sabem o que é a Verdade de Deus – ou seja, eles não sabem o que é o evangelho da água e do Espírito – e por isso eles vivem de um lado para o outro presos em seus próprios pensamentos. A razão pela qual as pessoas do mundo estão perdidas é que sua mente está toda confusa. Sua mente confusa faz com que seja impossível eles resolverem sozinhos seus problemas.
O motivo pelo qual o coração de todos está sem forma e vazio é a falta da Palavra de Jesus em seu coração. Em outras palavras, sua mente está vazia porque eles não conseguem guardar a Palavra da Verdade de Deus. O vazio continua no seu coração justamente porque o Deus que lhe deu a remissão dos seus pecados não pode habitar nele.
Na passagem bíblica deste capítulo, as “trevas” se referem ao pecado do homem. Elas se referem à situação de alguém que continua sem ter seus pecados purificados, à sua total falta de entendimento da Verdade do evangelho da água e do Espírito. As pessoas ainda têm pecado justamente porque não crêem no evangelho da água e do Espírito. Portanto, todos têm que crer que, pela vontade de Deus, a Palavra do evangelho da água e do Espírito é a Verdade. Entretanto, já que muitos ainda não crêem no evangelho da água e do Espírito, o pecado continua no seu coração até hoje. Isso porque eles não entendem que Deus é o Senhor que criou os céus e a terra, e que Jesus apagou todos os seus pecados. Até hoje muitas pessoas só reconhecem seus próprios atos, e não o evangelho da água e do Espírito. A Bíblia diz que elas procuram estabelecer a sua própria justiça e não se sujeitam à que vem de Deus (Romanos 10:2-3).
O que acontece ao coração desses pecadores então? Já que seu coração continua em pecado, eles vivem em confusão, sem saber qual é a Verdade da salvação de Deus. Todo aquele que não aceita a Palavra de Deus exatamente como ela é, tem que estudar e entender corretamente o que é a Palavra da água e do Espírito. Todo aquele que não conhece o evangelho da água e do Espírito revelado na Palavra de Deus está cativo à confusão de seus próprios pensamentos. Estes é que são pecadores diante de Deus.
Como foi dito antes na passagem bíblica deste capítulo, a “terra” se refere ao coração do homem. O fato de a terra (que é o coração de alguém) estar sem forma e vazio significa que os nossos pecados nos impedem de ter um encontro com o Senhor e, como resultado, nosso coração se torna confuso e vazio. Em outras palavras, a mente do homem ficou confusa quando ele se desviou de Deus e rejeitou a Palavra da água, do sangue e do Espírito, não crendo na verdadeira Palavra da salvação de Deus. Amados irmãos, se alguém não crê em Deus como o seu Salvador que criou os céus e a terra, ele não pode conhecer a grande Verdade. E é por não conhecer a Verdade de Deus que as pessoas ficam confusas. Elas não sabem quem criou este mundo e quem é Deus. Muitas delas nem sabem se Deus é uma pedra, o sol, a lua, uma grande árvore ou um elefante. Por isso que Deus, ao se referir à situação do coração dos pecadores, diz que “a terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo”.
Quando as pessoas não reconhecem a Palavra de Deus de coração, elas ficam confusas. Já que as pessoas não entendem realmente que o Deus que criou todas as coisas não foi nenhum outro senão Jesus Cristo, que Jesus veio a essa terra encarnado como um homem, que Ele levou todos os pecados do homem de uma vez por todas através do batismo que recebeu de João Batista, que Ele derramou Seu precioso sangue na Cruz; e que Ele ressuscitou dos mortos e foi assunto aos Céus, todas elas estão fadadas a viver sua vida toda cativas pela confusão, pelo vazio e pelas trevas.
Amados irmãos, Jesus Cristo criou este universo junto com Deus Pai e o Espírito Santo. Isso é verdade ou não? Claro que é. Isso quer dizer que Jesus Cristo é o Senhor do universo. O pecado do homem nada mais é do que se afastar do Deus da Verdade, não crer em Jesus Cristo como Salvador e não crer de coração Neste que veio pelo evangelho da água e do Espírito (João 16:9). Não é um pecado o homem não crer Naquele que o criou como seu Senhor e ainda não reconhecer Sua absoluta soberania? Claro que é. Em outras palavras, é pecado quando alguém não crê em Jesus Cristo como seu Salvador e não crê que Ele apagou seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. O fato de alguém rejeitar a Jesus Cristo é o próprio pecado que o leva à destruição. Este é o caminho que leva o homem à confusão. Aqueles que rejeitam a Deus e não crêem Nele estão perdidos, pois não crêem na Palavra da Verdade.
 
 
O Vazio e o Pecado no Coração do Homem
 
Não existe ninguém a não ser Jesus Cristo que pode trazer satisfação ao coração do homem. Contudo, muitos não aceitam o que nosso Salvador Jesus fez quando veio a essa terra, e por isso Cristo não pode entrar e habitar em seu coração e só há um vazio dentro dele.
As pessoas têm que aceitar em seu coração a Palavra de Jesus para que ele venha a ser cheio, porque ela contém todas as verdades. Para conseguirmos isso, nós temos que crer de coração em tudo que Jesus fez quando veio a essa terra. Nós temos que aceitar em nosso coração que Jesus foi batizado para levar todos os nossos pecados, que Ele derramou Seu sangue e morreu na Cruz, e que Ele ressuscitou dentre os mortos. Se você realmente reconhecer isso em seu coração e aceitar o que Jesus fez por você, o vazio que há no seu coração certamente desaparecerá então.
O coração do homem está todo tomado pelas trevas. E já que a Bíblia diz que “havia trevas sobre a face do abismo”, isso significa que o pecado de todos está alojado tão profundamente no seu coração que ele mesmo não consegue ver isso. Isso quer dizer também que durante sua vida o ser humano tenta ocultar seus pecados. Amados irmãos, se alguém ocultar seus pecados e se recusar a reconhecer que é pecador, ele continuará vivendo cativo às trevas. E ele não nascerá de novo como alguém que agrada a Deus. Se alguém não entende e não reconhece como ele é mau e fraco, ele jamais poderá reconhecer a misericórdia de Deus e no fim não terá um encontro com o Deus da salvação por meio da Palavra.
A não ser que ele reconheça a Palavra de Deus, ele jamais entenderá a si mesmo; e já que ele não entende a si mesmo, ele acabará rejeitando a Deus. Muitas pessoas não reconhecem a Deus e por isso buscam ocultar seus pecados, se mostrar justas e proteger a si mesmas. É isso que acontece quando alguém não reconhece a Palavra da Verdade de Deus.
Isso, amados irmãos, é pecado. Todos que rejeitam a Deus e não crêem na Sua Palavra são pecadores. Desde o inicio, Deus está falando com os pecadores, dizendo a eles que seu coração está sem forma e vazio, e que há trevas sobre a face do abismo.
 
 
Deus Só Trabalha em Nós Através da Palavra
 
A Bíblia diz que o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. Por meio de que Deus redime as transgressões dos pecadores? É por meio da Palavra que Ele redimi os pecados de todas as pessoas.
Na Bíblia, essa “água” diz respeito à Palavra da Verdade de Deus. A “terra” diz respeito ao coração do homem. E o “mar” diz respeito ao mundo.
Quando lemos aqui que “o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”, isso indica onde o Espírito de Deus trabalha, significa que Ele trabalha dentro daquilo que Deus falou. Se as pessoas aceitarem a Palavra de Deus e crerem nela, Deus irá trabalhar no seu coração através dela, apagará completamente os pecados que há dentro dele, e salvará todas elas. Deus criou o universo com Sua Palavra, e foi também com ela que Ele remiu todos os pecados de cada pecador.
O que a Bíblia quer dizer então, quando diz que o Espírito de Deus, que é o próprio Deus, pairava sobre a face das águas? Ela quer dizer que o santo Espírito de Deus – isto é, o Espírito Santo – não podia entrar no coração dos pecadores. Esse texto nos diz que, apesar de Deus querer entrar no nosso coração para habitar conosco, Ele não podia fazer isso porque havia pecado dentro dele.
Deus o Espírito Santo quer entrar no coração de todos, mas Ele só pode entrar no coração dos que receberam a remissão de seus pecados. É por isso que temos que crer na Palavra dita por Jesus e aceitar a remissão de pecados que veio pela água e pelo Espírito em nosso coração. Só então o Senhor poderá vir a nós.
Quem criou o universo? Foi Jesus, o próprio Deus. Para ser bem sincero, Jesus é o próprio Deus, Aquele que criou a nós e o universo. E Jesus é o Deus Salvador que veio a esta terra para salvar o homem de todos os seus pecados. Jesus é o Deus que criou toda a natureza. Como é que podemos ter um encontro com este Jesus então? É através da Palavra da Verdade de Deus que podemos encontrá-Lo. Quando nós cremos na Palavra da Verdade do evangelho da remissão de pecados, nós podemos realmente ser perdoados de todos os nossos pecados e ter um encontro com Deus. Aí então nós poderemos entender quem é Deus, que tipo de relacionamento nós temos com Ele, o que é o pecado que Ele falou, o que é a salvação – isto é, a remissão de pecados – que Ele falou também, o que é a vida eterna que Ele nos deu, e que tipo de bênçãos Ele nos deu também. Quando cremos em Jesus é que podemos crer em Deus de coração.
Deus trabalha naqueles que crêem nessa verdadeira Palavra da salvação. São os que crêem nessa Palavra que Deus salva e concede a remissão de todos os seus pecados. O Senhor deu a remissão de pecados àqueles que crêem na Palavra da salvação de Deus. Mas se alguém não ouve nem crê nela, e os pecados do seu coração continuam da mesma maneira, Deus não pode entrar nele então. É por isso que Deus está pairando sobre nós, nos dizendo que nós primeiro temos que receber a remissão de pecados que Ele oferece a todos gratuitamente. E é por isso que a Bíblia diz também que “o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”.
O que é o pecado do homem então? Primeiro, é a rejeição da Palavra da salvação de Deus que traz a verdadeira remissão de pecados, e a recusa em se crer nisso de todo coração. O fato de a humanidade não crer na Palavra da salvação de Deus é o mesmo que cometer um grande pecado contra Deus. Muitos só consideram pecado uma grande transgressão cometida por eles, mas o pecado não é só isso. O verdadeiro e principal pecado e não reconhecer a Palavra de Deus nem crer nela.
Mas apesar disso, aqueles que estão em confusão têm seu próprio conceito sobre Deus e pensam que pecado é um erro que eles cometem na imperfeição de algum ato seu. Por outro lado, quando Deus criou os céus e a terra, Ele disse ao homem que pecado é o mesmo que não crer na Sua existência e na Sua Palavra, deixando bem claro que este é o começo do pecado, na sua essência e origem.
Que tipo de pecadores são os homens que não crêem em Deus e na Sua Palavra? Deus disse a Adão e Eva: “Ordenou o Senhor Deus ao homem, dizendo: De toda a árvore do jardim comerás livremente, mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, dela não comerás, pois no dia em que dela comeres, certamente morrerás” (Gênesis 2:16-17). Apesar de Adão crer em Deus, ele não cria em toda Palavra que Ele falou. Por isso ele acabou comendo o fruto do conhecimento da árvore do bem e do mal. Foi aqui que o pecado começou.
Como Adão e Eva não creram na Palavra de Deus, quais foram as conseqüências do seu ato? O ser humano, enganado pela tentação do diabo, acabou se tornando pecador, deixando Deus, pecando perante Ele, rejeitando Sua Palavra, e, pior ainda, passando para o lado de Satanás. Por não crer na Palavra de Deus, o homem se tornou pecador e foi amaldiçoado. Todo aquele que rejeita a Deus não crendo na Sua Palavra se torna pecador diante Dele. Por isso, o homem foi amaldiçoado e condenado por Deus.
Para que um pecador seja salvo da maldição de Deus, ele tem que crer no evangelho da água e do Espírito que se tornou a justiça de Deus. Só assim o homem poderá crer nessa Palavra da Verdade e voltar para Deus. Todo ser humano tem que voltar para a verdadeira Palavra de Deus, aceitá-la e crer nela. Para que um pecador volte para Deus, ele tem que deixar sua falta de fé, sua recusa em crer na Palavra da Verdade de Deus.
No livro de Gênesis, todos nós podemos descobrir o que é o pecado, como Deus veio para os pecadores, e como Sua obra da salvação e de bênçãos foi planejada. Já que nós que somos seres humanos caímos em pecados, nosso Senhor Jesus, que é o próprio Deus, veio até nós como o Salvador dos pecadores e remiu todos os nossos pecados. Foi com Sua Palavra que Deus criou os céus e a terra. Da mesma forma, também é com Sua Palavra que Deus nos concede a remissão dos nossos pecados e o Reino dos Céus.
 
 
Deus Criou os Céus e a Terra com Sua Palavra
 
Quando Deus criou tudo debaixo dos céus e da terra, Ele ordenou com Sua Palavra: “Haja luz. E houve luz”; “haja um firmamento no meio das águas, e haja separação entre águas e águas”; “produza a terra relva, ervas que dêem semente, e árvores frutíferas que dêem fruto segundo a sua espécie, cuja semente esteja nele”; “produzam as águas enxames de seres viventes, e voem as aves acima da terra, no firmamento do céu, produza a terra seres viventes conforme a sua espécie”.
Deus criou tudo com a Palavra que saiu dos Seus lábios. Assim como tudo que há no universo veio à existência pela Palavra do Senhor, a remissão de pecados também veio a nós por esta mesma Palavra. Para salvar a nós, que não cremos na verdadeira Palavra da salvação de Deus, nosso Senhor veio nos procurar mais uma vez pela Palavra da justiça de Deus. Nós temos que entender que Deus vem a nós não através dos nossos sonhos ou visões, mas pela Palavra da justiça. O Senhor não tem um encontro conosco através de experiências místicas.
Está escrito: “No princípio criou Deus os céus e a terra. A terra era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas. E disse Deus: Haja luz. E houve luz” (Gênesis 1:1-3). Essa passagem nos mostra que quando Deus criou todo o universo com Sua Palavra, Ele também veio até nós com Sua Palavra da justiça quando caímos em pecado. E isso significa também que o Senhor salvou os pecadores das suas iniqüidades e completou a remissão de pecados exatamente como Ele falou.
Para salvar todo ser humano que havia caído em pecado, Jesus veio à sua procura com a Palavra da Verdade de Deus. Como Adão e Eva caíram em pecado, todos nós nos tornamos pecadores também. Mas como foi que o Senhor veio à nossa procura? Ele veio pela Palavra da Verdade e da graça. Vamos ver Isaías 55:1-3 agora.
“Ó vós, todos os que tendes sede,
Vinde às águas,
E os que não tendes dinheiro,
Vinde, comprai, e comei!
Vinde, comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite.
Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão,
E o produto do vosso trabalho naquilo que não pode satisfazer?
Ouvi-me atentamente, e comei o que é bom,
E a vossa alma se deleite com a gordura.
Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi,
E a vossa alma viverá.
Convosco farei uma aliança perpétua,
Dando-vos as firmes beneficências prometidas a Davi”.
Quando havia confusão na mente de todo mundo, e seu coração estava vazio e em trevas sobre a face das águas, nosso Senhor veio pela verdadeira Palavra da salvação a todo pecador que havia deixado a Ele e a Sua Palavra. Está escrito: “Inclinai os vossos ouvidos, e vinde a mim; ouvi, e a vossa alma viverá. Convosco farei uma aliança perpétua, dando-vos as firmes beneficências prometidas a Davi”. Foi pela Palavra da justiça que Deus veio a nós.
 
 
Nós Temos que Voltar para a Palavra de Deus
 
A Palavra de Deus não é nenhuma outra senão a Bíblia que você e eu temos. A Bíblia é a própria Palavra de Deus. Nós temos que conhecer a Palavra de Deus e aceitá-la pela fé. O Filho, que é uma das três Pessoas da trindade – o Pai, o Filho e o Espírito Santo – é a própria Palavra de Deus. Essa Palavra que estamos lendo agora é o próprio Deus (João 1:1).
E já que isso é verdade, quando os que crêem no Senhor lêem Sua Palavra escrita nas Escrituras, eles crêem que ela é a própria Palavra de Deus. Por outro lado, os pecadores que não crêem no Senhor não acreditam que a Bíblia é a Palavra de Deus, nem acreditam que a Palavra é o próprio Deus.
Deus é Espírito, mas Ele também é o Logos – isto é, a própria Palavra. A verdadeira Palavra da Bíblia é a Palavra de Deus. E a Palavra é o próprio Deus. O Senhor Jesus veio ao coração dos pecadores pela Palavra da salvação, pois é o Deus do mundo. Quando veio aos pecadores com Sua Palavra, Deus disse:
“Buscai ao Senhor enquanto se pode achar,
Invocai-o enquanto está perto.
Deixe o ímpio o seu caminho,
E o homem maligno os seus pensamentos.
Converta-se ao Senhor,
Que se compadecerá dele,
E torne para o nosso Deus,
Pois grandioso é em perdoar” (Isaías 55:6-7).
Se não fosse pela Palavra que Deus falou conosco, como é que poderíamos crer no Senhor como nosso Salvador? Como é que poderíamos ter um encontro com o Senhor? Se o Senhor não tivesse nos chamado pelo nosso nome e aparecido em visões em toda a Sua glória, e dito: “Eu estou tirando todos os seus pecados”, todos nós iríamos desfalecer e morrer. Diferente de nós, Deus não tem um corpo. Ele veio a nós e falou conosco como a própria Palavra da Verdade. Ele nos disse: “Buscai ao Senhor enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos. Converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele, e torne para o nosso Deus, pois grandioso é em perdoar”.
Deus está perto de nós através da Sua Palavra. Enquanto que o Senhor está no coração dos salvos, Ele está muito perto dos não-crentes como a Palavra de Deus. O Senhor está sempre perto dos pecadores, junto deles como a Palavra. E se eles invocarem a Deus enquanto estiverem vivos, Ele certamente terá um encontro com eles através da Sua Palavra.
Os perversos primeiro têm que deixar seu caminho e os impuros rejeitar seus pensamentos para encontrar a Deus. A palavra perverso aqui diz respeito àqueles que não conhecem a Palavra da justiça de Deus. Os perversos têm que voltar atrás e conhecer a justiça de Deus. Os impuros são aqueles que pecam e não conhecem a Palavra da Verdade. Todos os perversos e os impuros são pecadores, e para que possam voltar para Deus, eles têm que buscar o evangelho crendo na justiça de Deus, independente de que tipo de pecado eles tenham cometido.
Mas para fazerem isso, eles primeiro têm que entender como foi vil a maneira que eles fracassaram em reconhecer a Palavra da justiça de Deus. Todos os pecadores só poderão ter um encontro com Deus e crer Nele se admitirem sua maldade, reconhecer que fracassaram, admitir a existência de Deus e que Ele é seu Senhor e Salvador. Todo pecador pode retornar para Deus, mas só se ele conhecer a Palavra da Verdade dada por Deus e crer nela.
Quando nós conhecemos a Palavra de Deus e cremos nela de coração é que podemos voltar para Deus. Você entende isso? Essa é a única forma do homem voltar para Deus. Um pecador só pode ser restaurado e voltar para Deus se ele reconhecer Sua soberania e a Palavra dita por Ele.
 
 
Se Você Quer Voltar para Deus, Primeiro Rejeite Seus Próprios Pensamentos
 
Ninguém pode voltar para Deus apenas invocando o nome do Senhor assim: “Senhor!” Alguns pastores clamam assim, citando o texto de Romanos que diz: “Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo” (Romanos 10:13). Todavia, ninguém pode realmente voltar para Deus dizendo apenas: “Deus, eu creio”. Isso nada mais é do que algo da sua própria mente. Somente quando alguém reconhece a Palavra de Deus é que ele pode voltar Ele e encontrá-Lo; e isso vale para todos. Os perversos só podem voltar para Deus quando negam seus pensamentos.
Todos nós que somos justos e fomos salvos, assim como os pecadores não-salvos, cometemos muitas falhas perante Deus. Mas apesar disso, Deus já tirou todas estas iniqüidades através da Sua justiça. Ele levou sobre Si todos os pecados que nós cometemos por causa dos nossos pensamentos enganosos, pela nossa falta de entendimento e fraquezas. Nosso Senhor levou todos os pecados que as pessoas cometem em sua fraqueza e ignorância. Você consegue entender o quanto o ser humano é ignorante diante de Deus? Quantas vezes nós pensamos de uma forma errada, entendemos tudo errado e não vemos as coisas direito, tudo porque não temos percepção de nada? É por isso que acabamos pecando neste mundo. Mas apesar disso tudo, Jesus não tirou todos estes pecados? De fato, Jesus levou sobre Si todos os nossos pecados e tirou todos eles. Jesus é o nosso Salvador.
Na passagem de Isaías citada acima está escrito:
“Deixe o ímpio o seu caminho,
E o homem maligno os seus pensamentos.
Converta-se ao Senhor,
Que se compadecerá dele,
E torne para o nosso Deus,
Pois grandioso é em perdoar.”
Deus está nos dizendo que devemos deixar nossos próprios pensamentos e voltar para Jeová. Meus amados irmãos, vocês entendem como nossos pensamentos são maus perante Deus? Nossos pensamentos em si já são malignos.
Obviamente, nosso Senhor levou todos estes pensamentos errados também, mas ainda existem muitos filósofos, eruditos e cientistas que negam a existência de Deus. São estes cujo coração foi todo endurecido por seus pensamentos. Eles dizem: “Onde está Deus? Como pode Jesus ser Deus, e como pode Deus ser o Deus da Palavra? Como foi que Ele pôde criar todo o universo e a humanidade? Tudo passou a existir a partir da evolução”. Muitas pessoas neste mundo pensam dessa forma.
Contudo, Deus está dizendo que os perversos devem deixar seus pensamentos e voltar para Jeová. Deus está dizendo que, para que os pecadores sejam remidos dos seus pecados, eles primeiro têm que deixar seus pensamentos maus e depois crer na justiça de Deus. Nós temos que entender o quanto os nossos pensamentos são maus. E temos que reconhecer perante Deus que nossa arrogância em não crer na Sua Palavra é um grande pecado.
Mesmo assim, nosso Senhor levou todos os pecados do ser humano ao ser batizado, desde os pecados que cometemos em nossas fraquezas até a maldade dos nossos atos e pensamentos. É por isso que temos que voltar para Jeová pela fé. Deus está dizendo: “Deixe o perverso os seus pensamentos e retorne para Mim”. Seus pensamentos são falhos ou não perante Deus? Seus pensamentos são retos ou imorais? Nós temos que entender que os pensamentos que temos fora da Palavra de Deus, não os que temos pela fé na Palavra dita por Deus gerados por esta fé, são maus. O pensamento do homem é basicamente enganoso. Entre nossos pensamentos e a Palavra de Deus, o que está certo? É claro que a Palavra de Deus está certa.
Friedich Nietzsche (1844-1900), um filósofo existencialista alemão, concluiu por si mesmo que Deus estava morto. Ele pensou: “Os perversos são tão poderosos neste mundo porque Deus está morto, e é por isso que eles praticam tanto o mal. É por isso que Deus está morto!” Durante uma viagem, o navio de Nietzsche naufragou e ele se salvou num bota salva-vidas. Mas as ondas eram tão altas que ele quase se afogou. E dizem que ele acabou orando a Deus assim: “Deus, por favor, salve-me”.
Deus então o salvou e ele foi parar em terra firme de novo. Depois de alguns dias, ao dar uma palestra, Nitzsche afirmou mais uma vez: “Deus não existe. Deus está morto”. Mas havia na palestra algumas pessoas que sofreram o naufrágio com ele e, ouvindo isso, elas disseram: “Este Nitzsche é um sujeito estranho. Quando ele estava no mar ele disse que Deus estava vivo, mas agora que está a salvo ele diz que Deus está morto. Seus conceitos devem ser falsos então”.
É assim que todo ser humano pensa. Ao enfrentar alguma dificuldade, eles procuram a Deus, mas quando estão seguros eles dizem que Deus está morto. Por que eles fazem isso? É porque eles não querem se render a Deus. Nenhum outro além deste é o pecado de não crer em Deus, e essas pessoas são os pecadores mais malignos que abandonaram a Deus.
 
 
A Palavra da Verdade de Deus é Diferente dos Pensamentos do Homem
 
Se você quer que sua alma seja salva do pecado, você tem que rejeitar seus próprios pensamentos humanos então. Pense no batismo e na Cruz de Jesus Cristo, que veio pela Palavra de Deus. Nosso pensamento enganoso nos leva a rejeitar a Palavra de Jesus. O Senhor está dizendo: “Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e eu vos aliviarei” (Mateus 11:28).
O Senhor levou sobre Si todos os nossos pecados pelo Seu batismo. Portanto, para que os pecadores encontrem Deus, eles têm que deixar seus próprios pensamentos e retornar para Jesus Cristo. A Bíblia diz que Deus então terá “misericórdia” deles. Por ter tido misericórdia dos pecadores, Jesus levou todas as suas transgressões sobre Seu corpo através do batismo que Ele recebeu de João há mais de dois mil anos.
Está escrito:
“Os meus pensamentos não são os vossos pensamentos,
Nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor.
Assim como os céus são mais altos do que a terra,
Assim são os meus caminhos
Mais altos do que os vossos caminhos,
E os meus pensamentos
Mais altos do que os vossos pensamentos” (Isaías 55:8-9).
Os pensamentos justos de Deus e os nossos pensamentos são totalmente diferentes. Eles estão num nível completamente diferente. Nós homens reclamamos em nossos pensamentos: “Em primeiro lugar, por que Deus me faz sofrer tanto assim neste mundo? Eu não entendo porque Ele fez isso comigo, por que Ele me fez nascer assim”. E os que culpam Deus também culpam seus pais. Eles pensam assim: “Eu não entendo por que meus pais não me deixaram nenhuma herança, por que eles me tiveram já que eram pobres, e por que eles me deixaram viver assim, sofrendo tanto e sendo desprezado por todo mundo”. E eles não guardam isso só na sua mente, mas dizem na cara de seus pais também.
Todavia, nosso Senhor disse que permitiu o sofrimento para que pudesse salvar do pecado todos os pecadores que deixaram a Deus e para vesti-los com Sua glória, a fim de fazer com que eles buscassem a Deus e O encontrassem. O ser humano jamais procuraria Deus se não houvesse sofrimento nessa terra e tudo estivesse bem. E se não fosse pelas imperfeições e fraquezas do homem, ele não poderia então se tornar filho de Deus crendo em Jesus. Foi por isso que Deus permitiu que o ser humano sofresse nessa terra, mas só por algum tempo. Isso porque os pensamentos do homem e os pensamentos de Deus são muito diferentes.
As pessoas dizem: “Deus devia estar entediado e então nos fez como brinquedos para entretê-Lo”. Muitos pensam assim. É por isso que alguns amaldiçoam Deus e apontam seu dedo para Ele. Porém, os pensamentos de Deus são totalmente diferentes dos nossos pensamentos.
Deus criou o ser humano para que ele se tornasse Seu filho e Seu povo, a fim de que pudéssemos viver felizes no paraíso na terra e no Reino dos Céus. Deus criou o homem para que ele pudesse desfrutar da vida eterna assim como Ele. Foi com este propósito que Deus nos criou, e para cumpriu tudo isso, Jesus recebeu o batismo, morreu na Cruz e ressuscitou dos mortos, realizando tudo isso realmente. A providência de Deus não é nada mais é do que isso.
Deus criou o homem para trazer a verdadeira felicidade e Suas bênçãos para ele. Contudo, não é assim que nossa mente humana pensa, mas, ao contrário, nós sempre culpamos a Deus dizendo essas palavras blasfemas: “Já que Deus fez o homem, Ele deve ter feito o mal e o diabo também”.
Deus fez o diabo? Não. Satanás era um anjo antes. E este anjo caiu porque tentou ser mais exaltado do que Deus. Foi por isso que este anjo se tornou Satanás. Você tem que entender que Deus fez com que o povo de Israel não O aceitasse para que fôssemos salvos dos nossos pecados crendo na Sua justiça.
Para explicar melhor a vontade de Deus, deixe-me fazer uma analogia entre a relação de uma criança de 5 anos de idade e seus pais. Quando os adultos querem fazer alguma coisa, eles preparam tudo com muito cuidado antes de começar. Mas uma criança não entende isso, por mais que tentemos explicar para ela.
Vamos supor que vamos fazer macarrão. Quando fazemos macarrão, primeiro colocamos a farinha num pote. Mas quando uma criança de 5 anos nos vê fazendo isso, ela pergunta: “Por que você está colocando farinha no pote”? Nós jogamos água no pote e ela pergunta então: “Por que você está jogando água agora?” Ela não entende por que temos que jogar água no pote, pois isso não faz o menor sentido para ela. Então, quando nós começamos a misturar a massa, a criança pergunta: “Por que você está misturando a massa? E quando começamos a esticá-la como um rolo, ela pergunta: “Por que você está esticando a massa agora?
As crianças são curiosas e têm dúvida em relação a tudo. Nós desfiamos a massa e ela pergunta: “Por que está cortando a massa?”; quando fervemos a água, ela nos pergunta: “Por que você está fervendo a água; e quando colocamos o macarrão na água fervendo, ela nos pergunta de novo: “Por que você está colocando o macarrão aqui? Por que você vai fervê-lo?”.
Nenhuma das perguntas da criança deve ser respondida totalmente, pois quando deixarmos que ela prove o macarrão, ela dirá: “Ah, é isso que é macarrão”. Mas até chegar aqui, ela já esqueceu tudo que fizemos antes para preparar o macarrão. Ela só vê o resultado, que é o macarrão que ela está provando, e tudo que ela consegue entender é isso: “Ah, Isso é macarrão. Puxa! Que delícia!”
Portanto, a criança não entende tudo que seus pais fizeram para preparar o macarrão. Do mesmo modo, por mais que nos digam com que propósito Deus criou o mundo, e por mais que nos seja explicado todo o processo pelo qual Deus nos fez Seus filhos para vivermos felizes, é muito difícil entendermos tudo isso, pois somos exatamente como aquela criança.
 
 
Nós Temos que Reconhecer a Infalibilidade da Palavra de Deus
 
Reconhecer a infalibilidade da Palavra de Deus é o mesmo que reconhecer Sua santidade. Melhor dizendo, foi para nos abençoar que Deus nos fez nascer nessa terra. Deus disse que Ele plantou excelentes vides e esperou que dessem boas uvas (Isaías 5:2). Já que Deus tinha um plano específico para plantar uvas da melhor qualidade, e Ele fez isso mesmo de certa forma, temos que aceitar tudo que Ele fez então.
Apesar disso, muitos não crêem em Deus. E é por causa da sua falta de fé que eles são jogados na lata de lixo. Se alguém não reconhecer que Deus é Deus, ele então receberá o salário do pecado e sofrerá para sempre sendo lançado no lago de fogo eterno. O fato é que os não-crentes serão lançados no inferno.
Alguns podem dizer então: “Deus não deveria ter criado o inferno. Por que Ele fez isso?” Amados irmãos, é algo errado a criatura não reconhecer seu Criador. A Bíblia faz uma analogia com o oleiro para ilustrar isso. Se nós fôssemos fazer um vaso e por acaso não gostássemos dele e o jogássemos fora, haveria algum mal nisso? Não, porque já que somos nós que estamos fazendo-o, não há nada de errado nisso. Se olharmos por este ângulo, entenderemos que tudo que podemos fazer, por sermos meras criaturas diante do nosso Deus e Criador, é crer Nele e aceitar o que Ele nos fez por nós, pois não há nada com que possamos culpá-Lo.
Nós somos o Criador? Não, nós não passamos de criaturas. É direito do Criador fazer o que quiser com a criatura. Mas já que Deus nos criou usando um bom plano e para um propósito muito bom, não aceitarmos isso é algo errado e maligno. Nada mais do que isso é a maldade do diabo. É o mesmo que desafiar a Deus. Deus age segundo a Palavra da Verdade, e temos que entender que não crer neste Deus e na Palavra que Ele falou é pecado. E nós temos que entender que o Espírito de Deus está pairando sobre a face das águas. Deus opera de acordo com a Sua própria Palavra. E quando nós reconhecemos essa Palavra, cremos nela e a seguimos, é que podemos certamente encontrar Deus.
 
 
A Palavra de Deus Trabalha no Coração do Homem
 
Se formos crer e procurar somente experiências místicas ou revelações naturais, ao invés de crermos na Palavra de Deus, nós não poderemos encontrar a Deus. Você consegue entender isso? Está escrito que “o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas”. A Bíblia não diz que o Espírito de Deus pairava sobre a face das águas porque Ele estava entediado. Deus não pode de alguma forma pairar sobre a terra? Por que Deus não andaria pela terra? Por isso mesmo Jesus Cristo veio a essa terra e andou sobre ela. Essa passagem significa que o Espírito Santo não pode habitar no coração dos pecadores.
A mensagem específica que Deus está nos enviando aqui é que os pecadores têm que voltar para a Palavra para que possam encontrar Deus. Só então aqueles que voltarem para a Palavra O encontrarão e nascerão de novo. É por isso que a Bíblia deixa bem claro estes dois pontos: “Se você quiser ser salvo do pecado, primeiro você tem que entender que você não passa de um poço de pecados; segundo, você tem que nascer de novo através da Palavra do evangelho da água e do Espírito”. Melhor dizendo, quando alguém nasce de novo pela Palavra de Deus, o Espírito Santo o marca com o selo de Deus.
Nós temos que entender o que é pecado para Deus e quem Ele é. Nós temos que entender que o coração de quem deixou a Deus está confuso e vazio, e que as trevas estão sobre a face do abismo. Não crer na Palavra de Deus; nada mais do que isso é pecado. Para que voltemos para Deus, temos que voltar para a Palavra, pois só assim poderemos encontrar Deus. A Palavra é o próprio Deus, e Deus trabalha através da Sua Palavra. Nós temos que entender isso e voltar para a Palavra então.
Nós que somos justos temos que deixar nossos próprios pensamentos. Para que nós justos sejamos abençoados, temos que nos desfazer dos nossos próprios pensamentos. É quando conhecemos a Palavra de Deus que nós podemos crer Nele. E quando conhecemos a Palavra podemos crer em Deus, voltar para Ele e receber todas as Suas bênçãos. Particularmente, os que acabaram de receber a remissão de pecados, e os que estão em dúvida e confusos, têm que voltar para a Palavra de Deus. E eles têm que ouvir a Palavra e meditar muito no que ela diz.
A mesma exortação vale para os pecadores também. Se eles não voltarem para esta Palavra, se eles não voltarem para o caminho de Deus e não conhecerem a Sua Palavra, como é que eles poderão encontrar Deus e receber de Jesus a remissão dos seus pecados? Somente quando os pecadores retornam para a Palavra é que eles podem encontrar Jesus, encontrar Deus, encontrar seu Criador, e ser salvos dos seus pecados.
É por isso que nós chamamos a Palavra nas Escrituras de Cânon, que significa “a vara de medir da salvação, o barômetro que nos leva a ter um encontro com Deus e o padrão para todo julgamento”. A Bíblia não foi escrita pelo homem. O próprio Deus a escreveu, e até hoje ela continua transformando várias vidas. Quando lemos a Bíblia nós podemos realmente entender que existe um Deus e encontrá-Lo. E quando nós cremos nessa palavra, ela entra no nosso coração e transforma nossa vida.
A Palavra entra na nossa mente para transformar nossa vida e também acaba com nossos pensamentos errados. Ela nos leva a receber a remissão dos nossos pecados e a fazer a vontade de Deus. Como a Palavra é viva e eficaz, ela trabalha no coração dos crentes poderosamente.
“No princípio criou Deus os céus e a terra”. Como é que Deus tem um encontro conosco, seres humanos que caímos em pecado? Nós encontramos na passagem bíblica deste capítulo a resposta para essa pergunta, como Deus vem a nós e trabalha em nossa vida. É pela Sua Palavra que Deus vem nos procurar e opera neste mundo. Você consegue entender isso agora?
Eu sou totalmente grato ao nosso Senhor. Nós estávamos realmente confusos e vazios, mas mesmo assim nosso Senhor veio à nossa procura e nos encontrou pela Palavra. Os que são novos na fé, que acabaram de ouvir a Palavra e recentemente receberam a remissão de seus pecados, devem ouvir com muito mais atenção a Palavra sempre que puderem.
Eu aconselho vocês a não perder o período de louvor e os cultos, mas a participar deles. Isso porque “a fé vem pelo ouvir, e ouvir a Palavra de Deus” (Romanos 10:17). Quando ouvimos a verdadeira Palavra do evangelho da água e do Espírito é que podemos conhecer a Deus e todas as nossas perguntas serem respondidas.
A Palavra de Deus não é um livro de ciências, mas ela é a Palavra da salvação.