Sermões

Assunto 22: O Evangelho segundo LUCAS

[Capítulo 14-4] (Lucas 14:31-35) Ao Invés de Confiar em Si Mesmo, Confie na Palavra de Deus

(Lucas 14:31-35)
“Ou qual é o rei que, indo para combater outro rei, não se assenta primeiro para calcular se com dez mil homens poderá enfrentar o que vem contra ele com vinte mil? Caso contrário, estando o outro ainda longe, envia-lhe uma embaixada, pedindo condições de paz. Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo. O sal é certamente bom; caso, porém, se torne insípido, como restaurar-lhe o sabor? Nem presta para a terra, nem mesmo para o monturo; lançam-no fora. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.”
 
 
Tenha Paz com o Senhor Antes de Tudo
 
A Palavra do Senhor acima é uma metáfora sobre um rei que tinha que ver se conseguiria combater um exército invasor de vinte mil soldados com apenas dez mil. O Senhor nos diz que se o rei visse que seria impossível vencer, ele deveria então procurar a paz o quanto antes. Enquanto o inimigo estivesse longe, o rei deveria buscar a paz com ele para que seu reino não fosse conquistado. Usando esta metáfora, o Senhor nos diz: “Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo.” Nela o Senhor nos diz também que devemos fazer para sermos seus discípulos.
Às vezes quando alguém tenta fazer alguma coisa, há situações onde parece que a obra não está indo para frente, como se algo estivesse amarrado, levando a pessoa a se cansar muito. Mas isso acontece quando alguém procura fazer a obra com suas próprias forças ao invés de pedir ajuda ao Senhor. Então, é mais importante nos esvaziarmos totalmente do que termos a certeza que conseguiremos fazer algo sozinhos. Ao invés de pensarmos que ‘nós mesmos poderemos fazer tudo’, temos que nos esvaziar e levar uma vida de fé confiando em Deus. Eu sempre mergulho de cabeça quando faço a obra. Mas nem sempre tudo sai como eu quero. E isso me deixa cansado. Quando a obra não vai bem, meu coração fica apertado e eu não paro de pensar nisso até que tudo acabe bem.
 
 
Temos que Pensar no que Devemos Fazer para Ser Discípulos do Senhor
 
Nós temos que entender, e rápido, que ‘não podemos fazer tudo sozinhos’. E ao invés de pensar que ‘podemos fazer isso ou aquilo’, temos que nos esvaziar, sabendo que Deus cuidará de tudo, e confiar no que ele irá fazer. Isso é o mais importante. Nós temos que ser os santos que têm o coração esclarecido. Se quisermos fazer algo por nossa própria conta, nosso coração estará nesta obra e nos empenharemos para fazê-la. E nós não pensaremos em mais nada até que ela acabe. Mas a verdadeira vida de fé não é assim. Esvaziar nosso coração e confiar no Senhor é mais importante do que fazer algo por nós mesmos. Há um limite para fazer a obra com nossas próprias forças. Apesar de desejarmos ardentemente levar uma vida de fé, nem tudo sai com queremos. Isso significa que há um limite. Nossos pensamentos, decisões e habilidades certamente têm um limite, e as coisas nem sempre saem como planejamos e desejamos. Não seria maravilhoso se tudo saísse como queremos?
Só que nós somos falhos. Nós seres humanos somos imperfeitos. Por isso somos falhos. Então, se quisermos mesmo seguir o Senhor, temos que nos esvaziar primeiro. Temos que entender que somente quando nos esvaziarmos totalmente é que poderemos seguir o Senhor e ser seus discípulos. Quando nos esvaziamos podemos orar assim: “Por favor, Senhor, faça isso por mim”. Nossa fé nos leva a crer que o Senhor cuidará de tudo para nós. A verdadeira fé de que o Senhor fará tudo por nós nascerá em nosso coração. Pode até parecer que conseguiremos fazer tudo com nossas próprias forças se tentarmos, mas não dará certo. Amados irmãos, levar uma vida de fé e ser discípulo do Senhor é justamente o contrário disso. Se a medida das nossas habilidades for de dez mil, o Senhor quer vinte mil. Então o que temos a fazer é jogar fora nossas habilidades e pensamentos. Podemos ter o mesmo poder do Senhor? Claro que não podemos ter o seu poder. Não podemos seguir o Senhor confiando em nossas habilidades pessoais.
Como podemos segui-lo então? Nos esvaziando por completo. “Meu Senhor, eu não posso fazer nada. Eu creio que tu me salvaste e que tu és o Deus que me guia”. Isso é crer no Senhor Jesus, que tem poder de vinte mil. Ser discípulo do Senhor é crer no Deus onipotente e segui-lo. É, melhor dizendo, se esvaziar totalmente e crer assim no Senhor de coração. Nós temos que nos esvaziar, confiar tudo ao Senhor, orar e esperar. Se nos esvaziarmos totalmente e crermos no Senhor, nós poderemos ser seus discípulos, fazer as mesmas coisas que ele faz e segui-lo. Nós podemos ser discípulos do Senhor quando esvaziamos nosso coração. Temos que crer que o Senhor fará tudo por nós quando o seguirmos. Nós só podemos seguir o Senhor porque cremos que ele nos salvou e continuará a nos proteger e ajudar. Nós somos discípulos do Senhor.
Se fizermos a nossa própria vontade e não seguirmos o Senhor pela fé, nosso poder será muito limitado, e por causa disso, nada do que fizermos dará certo. O Senhor diz no texto bíblico deste capítulo: “Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo.” ‘Renuncia a tudo quanto tem’ aqui não significa se desfazer de todos os seus bens. Embora seja muito mais fácil deixar tudo que temos do que esvaziar nosso coração. Isso é muito simples. É bem mais fácil esvaziarmos nosso coração, confiando por completo no Senhor e dizendo: “Por favor, faça isso por mim, Senhor”, e crer nele deixando tudo que temos e dizendo: “Eu vou fazer isso com certeza”. Então, nós que somos discípulos do Senhor precisamos crer que ele está trabalhando por nós e segui-lo pela fé. Temos que fazer tudo pela fé. E só quando fizermos isso é que poderemos ser verdadeiros discípulos do Senhor. Quando nos esvaziamos é que nos tornamos discípulos do Senhor. Nós só conseguimos ser seus discípulos quando o seguimos reconhecendo que somos falhos, que na verdade não somos nada.
Há um hino no nosso hinário que diz assim: “♬Este meu corpo falho erra tanto sem o Senhor. ♩Ele navega como um barco sem velas sem o Senhor. ♪Jesus, Oh, Jesus.” Estes versos nos mostram como é errada a fé que nos leva a fazer tudo sem o Senhor. Antes de embarcarmos em algo, ou seja, antes de pensarmos que podemos fazer tudo sozinhos, nós temos que reconhecer que somos seres que não conseguem fazer nada sem o Senhor. Nós só poderemos seguir o Senhor realmente e ser seus discípulos quando reconhecermos que não podemos fazer nada sem ele, segui-lo pela fé crendo que ele nos ajudará e fará tudo que queremos.
Eu só quero reiterar uma coisa no sermão de hoje. Meus amados irmãos, nós não podemos viver sem o Senhor. Temos um corpo que não tem valor algum e só comete erros. Eu quero que vocês pensem no que realmente podem fazer, ou seja, no que vocês podem fazer sozinhos. Eu quero que vocês pensem se podem mesmo seguir o Senhor com sua fé volitiva, ou seja, a fé de crer em si mesmos e não no Senhor. Não poderemos ser discípulos do Senhor se vivermos pela nossa própria vontade. Só poderemos ser seus discípulos se o seguirmos pela fé e o obedecermos, renunciando a tudo que temos, a fé volitiva do ‘eu posso tudo’, e nosso próprio eu. É isso que a Bíblia nos diz.
Amados irmãos, ninguém terá lutas em sua vida se não se preocupar com as coisas do mundo. É assim que devemos lidar com as coisas do mundo. Não temos que nos preocupar com nada, nem mover um dedo. Podemos até fazer a obra material com dedicação e esforço movidos pela nossa vontade. Mas no que diz respeito a seguir o Senhor, ou seja, ser seu discípulo, nossas forças assim como a nossa vontade não têm valor algum. As coisas que fazemos pela nossa vontade são as que mais nos atrapalham quando queremos ser discípulos do Senhor. Nossas próprias forças e nossa vontade nos impedem de ser discípulos do Senhor.
 
 
Temos que Crer Realmente na Justiça do Senhor para Sermos Seus Discípulos e O Seguirmos até o Fim
 
O texto bíblico deste capítulo diz que só poderemos seguir o Senhor até o fim se formos seus discípulos, se tivermos fé nele, deixarmos tudo que temos e esvaziarmos nosso coração. Amados irmãos, podemos seguir o Senhor pela nossa própria vontade? Vocês têm certeza que jamais deixarão o Senhor, o decepcionarão, o trairão e sairão da igreja para sempre? Vocês também acham que poderão viver sem jamais sair de perto do Senhor, deixar seus irmãos e ser servos de Deus por toda a eternidade? Quando Pedro conversava com Jesus certa vez, ele disse a ele e a todos os seus discípulos: “Você me trairá e todos vocês me deixarão”. Então Pedro disse: “Eu não sei o que os outros vão fazer, mas eu não vou te trair, Senhor. Até o dia da minha morte, eu jamais vou te trair.” Mas antes que o outro dia nascesse, ele traiu Jesus. É isso que a vontade humana nos leva a fazer. Seguir o Senhor pela vontade humana–a fé errada é justamente isso. Buscar seguir o Senhor pela própria fé e capacidade também é errado. Nossas habilidades têm limite. O que eu estou dizendo é que nossas habilidades são como dez mil soldados. Ou seja, nossa vontade, nossas forças, nossa fé e nossas habilidades são insuficientes para fazermos a vontade do Senhor. Não podemos dizer pela nossa própria vontade: “Eu vou seguir o Senhor até o fim.”
O que podemos fazer então para termos essa certeza? A Bíblia diz que “devemos nos render. Temos que buscar a paz enquanto o inimigo estiver longe. Temos que fazer uso de tudo que possuímos para buscar a paz com o inimigo”. Só assim não perderemos a guerra e poderemos sobreviver. Então, se vocês querem ser verdadeiros discípulos de Jesus, é mais importante ter a fé que o Senhor nos salvou, que ele nos protegerá e abençoará do que a fé alicerçada na nossa própria vontade. Nós temos que entender o quanto antes que nossas habilidades não têm poder algum, que elas não são nada. O homem não é nada sem o Senhor. Nossa vontade e sabedoria também não são nada. E nossa fé volitiva também é inútil. O Senhor é o maior ser que existe. Nós seres humanos somos meras criaturas. Na verdade não somos nada. Se seguirmos o Senhor com nossa fé volitiva, ela com certeza fracassará. No entanto, esta é a fé que faz com que nos tornemos discípulos do Senhor e o sigamos–a fé que confia no Senhor, que nos leva a crer nele e dizer com nosso coração vazio de toda vontade própria: “Eu sou falho, mas apesar de não poder fazer nada, eu tenho fé que o Senhor que me salvou me abençoará e guiará.”
Amados irmãos, é isso que ele está nos dizendo no texto bíblico deste capítulo. Vocês creem nisso? As pessoas continuam fazendo tudo embora digam: “Eu não posso fazer nada”. E além de dizer isso sempre: “E não posso fazer nada”, elas também dizem: “Eu não posso fazer isso mesmo.” Isso nos mostra o quanto somos falhos. Nos mostra que precisarmos ter essa fé para sermos perfeitos, a fé que crê nas obras realizadas pelo Senhor e as que ele ainda fará. Se vocês crerem no Senhor assim, vocês poderão ser seus discípulos e segui-lo até o fim. Vocês poderão seguir o Senhor até o fim e desfrutar de todo o cuidado e das bênçãos que ele os dará. Mas se vocês confiarem mais em si mesmos do que no Senhor, no fim vocês cairão. Nós não podemos ter fé em nós mesmos e fazer nossa própria vontade ao longo de toda a nossa vida de fé. Eu não quero que vocês tenham pensamentos malignos e arrogantes como ‘eu posso fazer isso’, e sim a fé que crê no Senhor–a fé de que o Senhor os salvou, que ele os protegerá, os guiará sempre por verdes pastos, às águas onde vocês encontrarão descanso, e que ele pode fazer tudo o que vocês não podem fazer.
 
 
Creiam na Justiça de Deus
 
Vocês terão essa fé se fizerem isso, pois esta é a fé que devemos ter em nossa vida. Nós podemos levar uma vida de fé corretamente quando temos fé no Senhor. Acima de tudo, nós temos que entender o quanto antes que não somos nada. Vocês têm que entender isso rápido. Embora pense que é muito capaz e possa fazer tudo sozinho, o homem na verdade não pode fazer nada. Sempre foi assim e sempre será. Nós não podemos controlar o tempo segundo nossas vontades e desejos, nem o hoje e muito menos o amanhã. Tanto vocês como eu não podemos fazer nada segundo a nossa vontade, nada mesmo. Tudo que precisamos fazer é crer no Senhor e confiar nele. Só podemos confiar no Senhor. Não há nada que podemos fazer pela nossa própria vontade. E temos que entender isso rápido. Amados irmãos, vocês creem que nada é mais importante do que nossa fé no Senhor? A fé no Senhor nos leva a receber a remissão de pecados. Ele nos faz felizes por nos dar a certeza que o Senhor cuida de nós. Mas vocês creem mesmo que nós continuaremos vivendo pela fé no Senhor? Amados irmãos, eu quero que vocês tenham esta fé. Eu quero que vocês creiam nisso fervorosamente.
Em Seoka-dong, um bairro da nossa cidade, há uma igreja de pessoas deficientes. Eles estão preparando um evento lá e fizeram um cartaz dizendo: “Eu consigo.” Alguém me disse que este slogan é citado em todas as pregações dos seus cultos de avivamento. Eu não me lembro quem me disse isso. Mas uma coisa é certa: o Senhor pode mesmo fazer todas as coisas. Só o Senhor pode fazer tudo, pois só ele é onipotente.
Mas há uma frase estranha hoje no Cristianismo. Mas que frase é esta? Aquela que diz: “Eu posso fazer isso.” Esta frase até que parece boa, se a vermos pelo lado bom, porém se nós a interpretarmos pelo lado espiritual, ela na verdade vem do diabo. “Ninguém pode fazer nada, só Deus pode.” Esta é a frase certa. Mas a frase “eu posso fazer isso” significa que os crentes podem orar muito bem de manhã e cem vezes à noite também.
O pastor Robert H. Schuller escreveu um livro chamado “Você Pode Ser Quem Deseja.” Na Coreia podemos ver muitos cartazes com as palavras: “Você pode fazer isso.” Mas o que o homem pode fazer realmente? O que alguém pode fazer? O quê? O homem pode mesmo fazer o que quiser? Não, não pode. Vocês acham que o mundo seria assim se pudéssemos fazer tudo que quisermos? Se tivéssemos este poder, o mundo seria realmente lindo. Nós estaríamos vivendo desse jeito se fosse assim? Nossa vida não é assim porque de fato não podemos fazer nada? E já que não podemos, a única garantia que temos de ser felizes e abençoados é crendo no Senhor e o seguindo. Isso só pode acontecer pela fé, pois o Senhor é o único que pode fazer isso. Só o Senhor de fato pode fazer isso.
Amados irmãos, acima de tudo, temos que entender o quanto antes que não há nada de bom em nós. Mas eu não estou dizendo que não somos capazes de fazer nada. “Eu não devo cozinhar já que não sei.” Não é isso que eu estou falando. O que eu estou dizendo é que não podemos fazer nada pela nossa própria vontade. Não podemos fazer nada com perfeição. Eu estou dizendo que não podemos fazer nada sem que haja um erro qualquer. É por isso que eu estou dizendo que somos falhos e temos que confiar em Deus. Não acreditem em si mesmos, ao contrário, creiam em Deus. Este é o passo para sermos discípulos do Senhor. Só aqueles que entendem rápido que são falhos é que se tornam discípulos do Senhor e o seguem. Não podemos seguir o Senhor apenas com nossas habilidades. E também não podemos ser salvos do pecado por meio delas.
Tudo é possível quando desistimos daquilo que possuímos e cremos no Senhor. É assim também que somos salvos e nos tornamos discípulos do Senhor. E Deus nos abençoa e cuida de nós quando somos seus filhos. O que eu estou dizendo é que tudo é possível no Senhor.
Amados irmãos, vocês querem ser discípulos do Senhor? Vocês precisam reconhecer que não têm nenhum valor se quiserem ser discípulos do Senhor. Ao invés de crer nas suas próprias habilidades, vocês têm que crer no Senhor e esvaziar seu coração também. Nós não falhamos muitas vezes quando tentamos fazer alguma coisa? Eu estou certo que muitas pessoas já fracassaram. Tem muita gente que não conseguiu emagrecer mesmo depois de fechar a boca e outros que pensaram que poderiam fazer tudo pelas suas próprias forças. O sermão de hoje não é uma simples doutrina. Eu estou dizendo que nós seres humanos não somos realmente nada. Estou dizendo que a única coisa perfeita é ter fé em Deus. Estou dizendo que só seremos perfeitos quando crermos no Senhor.
Vocês creem nisso, amados irmãos?