Sermões

Assunto 22: O Evangelho segundo LUCAS

[Capítulo 16-1] (Lucas 16:1-13) Nossa Esperança é o Reino Eterno

(Lucas 16:1-13)
“E dizia também aos seus discípulos: ‘Havia um certo homem rico, o qual tinha um mordomo; e este foi acusado perante ele de dissipar os seus bens. E ele, chamando-o, disse-lhe: ‘Que é isso que ouço de ti? Presta contas da tua mordomia, porque já não poderás ser mais meu mordomo.’ E o mordomo disse consigo: ‘Que farei, pois que o meu senhor me tira a mordomia? Cavar não posso; de mendigar tenho vergonha. Eu sei o que hei de fazer, para que, quando for desapossado da mordomia, me recebam em suas casas.’ E, chamando a si cada um dos devedores do seu senhor, disse ao primeiro: ‘Quanto deves ao meu senhor?’ E ele respondeu: ‘Cem medidas de azeite.’ E disse-lhe: ‘Toma a tua conta e, assentando-te já, escreve cinqüenta.’ Disse depois a outro: ‘E tu quanto deves?’ E ele respondeu: ‘Cem alqueires de trigo.’ E disse-lhe: ‘Toma a tua conta e escreve oitenta. E louvou aquele senhor o injusto mordomo por haver procedido prudentemente, porque os filhos deste mundo são mais prudentes na sua geração do que os filhos da luz. E eu vos digo: granjeai amigos com as riquezas da injustiça, para que, quando estas vos faltarem, vos recebam eles nos tabernáculos eternos. Quem é fiel no mínimo também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo também é injusto no muito. Pois, se nas riquezas injustas não fostes fiéis, quem vos confiará as verdadeiras? E, se no alheio não fostes fiéis, quem vos dará o que é vosso? Nenhum servo pode servir a dois senhores, porque ou há de aborrecer a um e amar ao outro ou se há de chegar a um e desprezar ao outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.’”
 
 
Que Tipo de Reino Deus Nos Deu?
 
Está escrito no evangelho de Mateus capítulo 6 versículo 33: “Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.” Nós buscamos a autoridade e a justiça do reino de Deus em nossa vida espiritual. O Senhor nos disse para buscarmos primeiro seu reino e a sua justiça. Mas onde está o reino de Deus? O reino de Deus é onde aqueles que receberam a remissão de pecados se reúnem. O reino de Deus é o lugar onde os justos se reúnem para adorar o Senhor.
Nós temos que difundir o reino de Deus por meio da sua Igreja e buscar sua justiça em nossa vida. O que é justiça de Deus? É a retidão de Deus. É o amor de Deus que nos salvou dos pecados do mundo com o evangelho da água e do Espírito. Deus nos disse que devemos nos alegrar com a salvação que nos livrou dos pecados do mundo.
Nós vivemos pela fé na justiça de Deus para praticarmos dois tipos de justiça. Uma delas é buscar a expansão do reino de Deus, e a outra é a nossa própria busca por essa justiça. Nossa justiça deve procurar exaltar a justiça de Deus, sua bondade, verdade e retidão mais do que tudo. Nós só podemos viver pela fé por causa da justiça de Deus.
Você e eu temos que crer em Deus entendendo qual é o propósito da nossa vida de fé. Temos que viver para edificar o reino de Deus, para exaltar e honrar sua justiça. Então, de certa forma, nós que cremos na justiça de Deus temos uma vida muito diferente comparada à das pessoas deste mundo. E nós estamos empenhando todo o nosso esforço juntos para expandir o reino de Deus, ao invés de nos apegarmos às coisas deste mundo. Nós justos fazemos de tudo para edificar o reino de Deus, não o reino deste mundo. Nós vivemos em muitos países neste mundo. E é por isso que às vezes ficamos num estado de total confusão neste mundo. Mas é nessa confusão que às vezes entendemos o propósito da nossa vida, por que temos que levar uma vida espiritual no futuro, e para que devemos viver. E também percebemos que a maneira que vivemos neste mundo é diferente e muito estranha também.
A Palavra que lemos no evangelho de Lucas aqui fala sobre isso. Ela fala de um mordomo, um mordomo que estava preocupado se o Senhor voltasse e pedisse conta de todos os seus bens e os achasse em falta. Se isso acontecesse, ele com toda certeza seria mandado embora. O mordomo então anotou a dívida de todos que deviam ao seu senhor para ter um lugar quando fosse mandado embora por ele.
Mas o que o Senhor disse deste mordomo? Nosso Senhor disse: “Os que vivem como este mordomo são mais sábios do que os filhos da luz.” E ele disse dos filhos da luz: “O que vocês deveriam fazer é ser fiéis ao reino de Deus para onde irão e viverão no futuro ao invés de ser fiéis a este mundo enquanto estão vivendo aqui.”
 
 
O Senhor Disse que Devemos Financiar a Edificação do Seu Reino com o Injusto Mamom
 
O Senhor disse: “Como posso confiar minha grande obra a alguém que não é fiel nas coisas materiais?” O que ele está dizendo é que Deus não dá coisas materiais a quem não é fiel ao seu reino, o lugar onde entraremos e viveremos eternamente no futuro. É por isso que nós que cremos no evangelho da água e do Espírito vivemos uma nova vida de justiça, que é diferente das pessoas deste mundo. Nós vivemos pela fé na justiça de Deus. As pessoas deste mundo vivem segundo os princípios da natureza, mas nós vivemos para edificar o reino de Deus ao invés de vivermos como os outros. Sendo assim, nós vivemos como obreiros da justiça do reino de Deus. Já que vivemos ainda neste mundo, nós sabemos o modo correto de viver. E entendemos isso na mesma hora que pensamos assim: “Qual o propósito da minha vida de fé?” No entanto, precisamos ter cuidado para não levarmos uma vida errada, não dando muita importância para a verdadeira fé.
Seria muito difícil para nós viver neste mundo sem saber que somos obreiros do reino de Deus. Deus nos salvou dos pecados do mundo com o evangelho da água e do Espírito. E exaltamos de todo o coração a justiça de Deus porque crendo nela é que fomos salvos dos pecados do mundo, porque Jesus purificou nossos pecados quando foi batizado por João Batista uniliteralmente, nos salvou da condenação do pecado, e agora está assentado à destra do trono de Deus para de lá nos ajudar. Deus nos ama mesmo. Então temos que ser gratos a cada dia por sermos obreiros que foram chamados para edificar o seu reino.
Você e eu somos obreiros do reino de Deus. Nós fomos chamados para fazer a obra de edificação do reino de Deus e para viver para sua justiça, pois somos obreiros do seu reino. As donas de casa lavam roupa e a louça enquanto seus maridos trabalham fora, ganham dinheiro, oram e têm uma vida espiritual. Tudo isso é para edificação do reino de Deus. Você e eu estamos vivendo como obreiros do reino de Deus.
O Senhor disse: “Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.” E esse texto sagrado nos diz que devemos edificar o reino de Deus, como sabemos muito bem. Nós construímos a Igreja de Deus, ganhamos almas e pregamos o evangelho para que elas recebam a remissão de pecados. Nós as trouxemos para a igreja para que elas se rendessem a Jesus Cristo, nosso Deus, o adorassem, o aplaudissem e servissem a ele. É assim que nós edificamos o reino de Deus, fazendo estas obras. Este é o propósito da nossa vida.
O evangelho de Lucas capítulo 15 nos fala sobre a obra de encontrar as almas perdidas através de três parábolas. A primeira delas é a parábola da ovelha perdida: “Que homem dentre vós, tendo cem ovelhas e perdendo uma delas, não deixa no deserto as noventa e nove e não vai após a perdida até que venha a achá-la? E, achando-a, a põe sobre seus ombros, cheio de júbilo.” A segunda é a parábola da dracma perdida: “Ou qual a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma dracma, não acende a candeia, e varre a casa, e busca com diligência até a achar? E, achando-a, convoca as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque já achei a dracma perdida.” A terceira é a parábola do filho pródigo: “O filho caçula foi embora após receber a herança do seu pai, a desperdiçou e voltou para casa. Seu pai então se alegrou, pois seu filho que estava morto retornou.”
Essas três parábolas falam sobre salvar as almas perdidas pregando o evangelho. Elas nos mandam pregar o evangelho aos perdidos e trazê-los para a Igreja de Deus para que eles adorem na igreja ao Rei Jesus Cristo que os salvou. A parábola do filho pródigo que levou uma vida dissoluta ilustra muito bem a busca da justiça de Deus na igreja. O filho pródigo é uma figura do obreiro de Deus que deixou tudo que tinha e sua própria justiça, que perdeu tudo e voltou envergonhado para seu pai. É por isso que ele nos aceita como seus obreiros. E um obreiro assim, cuja própria justiça foi totalmente descartada, só se exalta com a justiça de Deus.
 
 
Você e Eu Somos Obreiros do Reino de Deus
 
Nós que estamos edificando o reino de Deus não podemos exaltar nossa própria justiça depois de virmos para a igreja. Ao contrário, sabendo que foi Deus quem nos fez obreiros do seu reino quando acabou com nossa própria justiça, temos que ser gratos por termos sido escolhidos como seus obreiros para edificarmos seu reino enquanto vivermos. Deus nos escolheu como obreiros para sermos fiéis ao seu reino. É por isso que devemos nos dedicar à edificação deste reino e exaltarmos a justiça de Deus neste mundo.
Qual é a bênção então que Deus concede àquele que busca seu reino e sua justiça? Deus lhe dará o Reino Milenial. E este é o reino de Deus que será estabelecido nessa terra. Todos que se esforçarem e se dedicarem ao seu reino no final serão recompensados materialmente. Este é o Reino Milenial. Deus estabelecerá seu reino que durará mil anos nessa terra. Ele vai estabelecer seu reino nessa terra e recompensar seus obreiros que trabalharam duro por ele e os fará desfrutar da sua fabulosa glória. Nós temos que contemplar esta glória neste mundo para que não morramos de repente de um ataque do coração de tanta emoção quando entrarmos no céu. Deus está nos dando esse tempo para nos prepararmos para vivermos no novo céu e na nova terra.
O Reino Milenial será um presente de Deus para os seus obreiros que trabalharam duro para a edificação do seu reino. Estes são os novos céus e a nova terra. Nós que nascemos de novo não vivemos para edificar o reino que pertence a este mundo. Os que foram salvos fazem a obra de edificar o reino de Deus, embora respeitem as regras e cumpram as leis da sociedade deste mundo. Foi com este propósito que eu e vocês fomos salvos, viemos para a igreja e vivemos pela graça.
Deus disse: “O mordomo injusto teve uma vida mais sábia do que a vida do Filho de Deus. E se vocês não forem fiéis com as riquezas materiais da injustiça, quem lhes confiará as verdadeiras riquezas?” O que Deus está dizendo é: “Como Deus, que é o Senhor de todos os bens materiais, pode confiá-los a alguém que não faz bom uso deles, ou seja, para edificar o reino de Deus?” E ainda usando o exemplo do mordomo injusto, o Senhor disse que todas as coisas materiais são dele, que ele as dá aos justos, e que eles devem administrá-las bem como bons e hábeis mordomos. Como poderia confiar a nós justos que recebemos a remissão de pecados as coisas materiais que acabarão perecendo se não fôssemos usá-las para a edificação do seu reino? Ele está dizendo que não nos dará recurso algum a não ser que os usemos para a edificação do seu reino.
É por isso também que ele está dizendo que os justos têm que viver para edificar seu reino e exaltar a sua justiça. Então, depois de recebermos a remissão de pecados e virmos para a Igreja de Deus, nosso alvo deve ser a edificação do seu reino. Portanto, temos que viver agora para a edificação do reino de Deus e para exaltar a sua justiça. Este deve ser o propósito da nossa vida.
Você tem algo do que se exaltar? Passado alguns anos depois de receber a remissão de pecados e a salvação, depois de ser tornar um justo crendo no batismo e no sangue de Jesus, você verá que não tem nada do que se exaltar. Mas Deus nos acompanha de perto a todo o momento, anula tudo que os leva a nos exaltar, e nos quebranta tanto a ponto de não termos nada mesmo com que nos exaltar. Mas assim como o filho pródigo, só os que deixam sua própria justiça é que podem servir ao Senhor e ao seu evangelho com ações de graças do fundo do seu coração.
Nós recebemos a remissão de pecados e vivemos para a justiça de Deus. Por isso, temos com que nos exaltar depois que somos salvos e recebemos a remissão de pecados, depois que nos tornamos justos crendo no batismo e no sangue de Jesus. No entanto, Deus está conosco a todo o momento, anula todas as coisas humanas que nos leva a nos exaltar e acaba com elas. E se isso ainda não for o bastante, e as reduz a pó e faz com que sejam levadas pelo vento. E naturalmente sofremos quando perdemos algo com que podemos nos exaltar. Mas como o filho mais novo que voltou, somente os que não têm nenhuma justiça própria podem servir ao Senhor e ao seu evangelho com ação de graças do fundo do seu coração.
A única coisa que temos com que nos exaltar depois de vimos para a Igreja de Deus são as obras que fazemos em prol do evangelho. Algo que nos leva de fato a nos exaltar é doar nossos bens materiais para o evangelho. E podemos nos exaltar com isso porque isso enaltece a justiça de Deus e jamais nos enfraquece, apesar de nos exaltarmos por isso. Não temos nada com que nos exaltar a não ser por isso.
No que diz respeito à edificação do reino de Deus na sua Igreja, o padrão de beleza está baseado em servir ou não ao evangelho da água e do Espírito. Isso quer dizer que todos que trabalham duro para a edificação do reino de Deus são lindos. Este é o padrão de beleza do reino de Deus. A única coisa digna de louvor e orgulho é esta penosa obra de edificação do reino de Deus.
Você e eu fomos escolhidos e chamados para edificar o reino de Deus. Foi para isso que Deus nos chamou. O propósito de vivermos neste mundo é edificar o reino de Deus. E não devemos viver para mais nada. Temos que entender isso muito bem e crer nisso. Temos que seguir o caminho que Deus escolheu para nós. Todos os nossos irmãos que já são adultos, os jovens que fazem parte do grupo de jovens, as crianças e adolescentes, os alunos da escola dominical e os obreiros de Deus são chamados para edificar o reino de Deus.
Este é o propósito da nossa vida. Por isso que precisamos das coisas materiais em nosso ministério. Por isso que oramos. Por isso que pregamos o evangelho. Qual o propósito da nossa vida? Edificar o reino de Deus. E se alguém nos perguntar: “Qual o propósito da sua vida?” devemos responder: “Eu sou um obreiro escolhido por Deus para edificar o seu reino. Sendo assim, eu sou um obreiro que vive para o reino de Deus”, além de crer nisso e viver por este propósito.
 
 
Além Disso, Vivemos uma Época de Inversão de Valores
 
Certo economista disse: “Esta é a era da incerteza.” As políticas e relações internacionais são confusas hoje em dia e a economia mundial é instável. E todos neste mundo estão indo em direção ao caos, até os nascidos de novo. Este é um tempo em que as pessoas não sabem para que viver e não buscam a Palavra de Deus.
Apesar de pecarem muito, todos neste mundo ocultam seus pecados. Uma irmã disse que tirou férias da sua vida espiritual porque estava decepcionada com ela e guardou seus pecados num depósito porque não sabia o que fazer com eles. Ela disse que seu rosto se fechou e ela ficou irada quando alguém que foi salvo um dia chegou até ela e revelou seus pecados que estavam ocultos. Mais tarde ela reconheceu que tinha pecados, aceitou o evangelho da água e do Espírito e a remissão de pecados. Portanto, todo aquele que quer ser salvo tem que reconhecer seus pecados perante a Palavra de Deus, embora as pessoas hoje em dia não queiram confessá-los nem para Deus.
Nós fomos chamados como obreiros de Deus para edificar seu reino agora. Nossa função é encontrar as ovelhas perdidas de Deus, fazê-las receber a salvação pregando o evangelho para elas, edificar o reino de Deus e reunir o povo que pertence a ele. Melhor dizendo, a obra que devemos fazer agora é procurar por estas pessoas, pregar o evangelho para elas e trazê-las de volta para Deus. Está escrito que havia cem ovelhas e uma se perdeu. Há muitas pessoas neste mundo, e entre elas há aquelas que se perderam, como a ovelha perdida. Então temos que procurar em todos os lugares as ovelhas perdidas. Temos que olhar para ver se ela está escondida debaixo do tapete, dentro da lata de lixo, na estante, dentro de um pote ou do guarda-roupa. Você e eu temos que procurar e encontrar as almas perdidas porque somos obreiros de Deus. Esta é a obra que devemos fazer em nossa vida.
É muito difícil encontrar as ovelhas perdidas porque raras são as pessoas perdidas, apesar de haver muitas pessoas neste mundo. Temos que deixar as noventa e nove ovelhas e sair à procura da ovelha perdida. Temos que procurar em toda a casa a dracma que se perdeu. Temos que entrar em todos os países através do nosso ministério de literatura. Assim é a vida dos que estão edificando o reino de Deus. Temos que procurar aquele que se perdeu. Você e eu temos que fazer esta obra.
Nossa vida já foi traçada. Nossa vida já foi definida. Tudo que eu faço, eu faço com dedicação. Eu vou escrever muitos livros e me dedicar ao máximo para achar as almas perdidas. Eu vou escolher muito bem o título dos meus livros assim como a capa de cada um deles antes de distribuí-los e proclamar o evangelho.
Mas eu não quero fazer isso sozinho. Temos que fazer isso juntos. O que eu estou dizendo é que temos que procurar as ovelhas perdidas juntos. Temos que procurá-las em todos os lugares. Só de cruzar com nossos vizinhos nosso coração deve sentir o desejo que eles sejam salvos. Assim Deus salvará a todos onde moramos. E embora isso não aconteça tão rápido, um dia eles receberão a remissão de pecados. Nós temos que sair à procura das almas perdidas. Devemos ir ao seu encontro mesmo que elas não queiram voltar para Deus. Nós temos que fazer esta obra. As ovelhas carnais não vão querer voltar se o campo for grande e verde, as pastagens. Mas sempre haverá uma ovelha perdida entre elas com dificuldades. Temos que procurar estas almas. E você e eu somos os obreiros de Deus que devem fazer esta obra.
Vamos construir juntos o reino de Deus. Vamos viver para buscar a justiça de Deus. Já que fomos chamados para fazer a obra de Deus, devemos viver só para isso. Nada mais pode nos satisfazer, nem se publicássemos dezenas e milhares de livros. Nós ficamos muito felizes quando publicamos nosso primeiro livro, mas isso agora não nos satisfaz mais tanto assim, pois já publicamos vários outros livros.
Onde está a verdadeira satisfação? Certamente ela não está nas coisas deste mundo. Tem gente que vive para desfrutar do dinheiro que ganha, mas nunca se sentem satisfeitas, por mais que se dediquem a isso. A única coisa que pode nos realizar é trazer as almas perdidas para a igreja. Só há uma obra que nós que somos obreiros de Deus devemos fazer, e é esta obra que no fim nos fará sentir realizados.
Eu creio que devemos procurar as almas perdidas até o Reino Milenial que virá depois que essa terra for destruída, até o Senhor voltar e formos para junto dele. Esta é a obra que a Igreja de Deus tem que fazer, a obra que você e eu que fomos salvos e somos obreiros do Reino de Deus devemos fazer. Nós temos que viver só para isso.
Eu não tenho desejo de fazer nada além disso. E eu não quero que vocês, irmãos, vivam para outra coisa. Eu creio que Deus nos dará muito mais riquezas materiais e espirituais enquanto estivermos neste mundo se vivermos como seus obreiros e para salvar as almas perdidas.
Ao ler esse texto sagrado, eu vejo que ficar rico é algo bem simples. Nós não ficaremos ricos fazendo de tudo para isso. Deus confia mais àquele que é mais fiel em sua obra. Você e eu que fomos salvos temos que fazer o melhor para edificar o reino de Deus. Temos que viver para edificar o reino de Deus, para buscar a sua justiça e nos exaltar nela. Eu quero dizer novamente que devemos viver para o reino de Deus e buscar sua justiça. E eu creio que você fará isso. Nós somos falhos, mas a providência de Deus nos leva a viver para buscarmos sua justiça. Deus nos deu a sua salvação e nos levou a viver em sua igreja. E ele fez isso para nos tornar os obreiros que edificaram o reino de Deus. Muitos não vêm para a igreja depois que são salvos. E essas pessoas nunca serão ricas. Elas serão destruídas. E embora não vá ver isso, eu sei disso. O fim dos que buscam o caminho do mal é óbvio. A obra que você e eu que recebemos a remissão de pecados estamos fazendo é buscar a justiça de Deus e edificar o seu reino. Este é o alvo, o propósito principal que devemos buscar em nossa vida, nada mais.
Eu sempre prego sobre dois temas em meus sermões. Este é um deles. O Segundo tema deste sermão é: o segredo para se tornar rico é fazer parte da igreja e servir ao reino de Deus. Mesmo sem saber então você vai ficar rico. Isso foge à lógica do mundo, mas não ao princípio de Deus. A lógica do mundo é que quanto mais você serve, mais você fica pobre. Mas o princípio de Deus é que você quanto mais você serve, mais fica rico. Eu entendi isso muito bem depois que tive um encontro com o Senhor e passei a servi-lo. Deus me fez pregar o evangelho ao invés de ganhar dinheiro, mas eu fiquei mais rico quando decidi fazer a obra de Deus. Amar é servir. Nós ficamos pobres quando retemos, e ficamos ricos quando damos–este é o princípio de Deus. É algo muito estranho mesmo. Nós perdemos muito quando não investimos no reino de Deus, mas ganhamos muito mais quando investimos nele. Este é o princípio do reino de Deus.
Eu não quero roubar seus bens materiais. Ao contrário, quero que vocês vivam bem juntos edificando o reino de Deus nessa terra. Deus nos chamou como obreiros para edificar seu reino. O Senhor disse: “Mas buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas.” E Deus nos leva a viver para isso. Ele prometeu que nos faria ricos se vivêssemos para este propósito. Eu creio nesta Palavra.
Eu sou muito grato a Deus por nos levar a viver para o seu reino e buscar a sua justiça, apesar de não haver nada de bom em nós. Nós não queremos nada carnal para nos exaltar. No entanto, nosso testemunho é algo que devemos nos orgulhar, assim como buscar a justiça do reino de Deus. Portanto, temos que viver para edificar o reino de Deus e buscar sua justiça que jamais muda.