Проповеди

Assunto 13: O Evangelho Segundo MATEUS

[Capítulo 13-6] O Reino dos Céus é Semelhante a uma Rede Lançada ao Mar, a Qual Apanha Toda Espécie de Peixes (Mateus 13:47-52)

O Reino dos Céus é Semelhante a uma Rede Lançada ao Mar, a Qual Apanha Toda Espécie de Peixes
(Mateus 13:47-52)
“Igualmente, o reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, a qual apanha toda espécie de peixes. Estando ela cheia, puxam-na para a praia e, assentando-se, escolhem os bons para os cestos; os ruins, porém, lançam fora. Assim será na consumação do século. Virão os anjos e separarão os maus dentre os justos, e os lançarão na fornalha de fogo, onde haverá pranto e ranger de dentes. Perguntou-lhes Jesus: entendestes todas estas parábolas? Responderam-lhe: sim, Senhor. Disse-lhes ele: por isso todo escriba instruído a respeito do reino dos céus é semelhante a um pai de família que tira do seu depósito coisas novas e velhas.”
 
 
Na passagem das Escrituras aqui, nosso Senhor continua falando sobre o Reino dos Céus. O Senhor disse: “Igualmente, o reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, a qual apanha toda espécie de peixes” (Mateus 13:47). Nosso Senhor diz aqui que o Reino dos Céus é como uma rede. A rede se refere à Igreja de Deus.
Por que Deus disse que Sua Igreja é como uma rede que é lançada ao mar? Ele disse isso porque é através da Igreja que o evangelho da água e do Espírito é semeado em todo o mundo, e desta maneira almas são salvas dos seus pecados. Deus semeou a semente do evangelho da água e do Espírito neste mundo por meio da Sua Igreja, para que fosse possível a toda humanidade entrar no Seu Reino. Foi por isso que Ele falou do Céu criando uma analogia entre Ele e o lançar das redes.
Nosso Senhor disse que é a Igreja de Deus que separa os peixes apanhados na rede do evangelho da água e do Espírito, colocando os bons num cesto e lançando fora os ruins. Ele também disse que enviaria Seus anjos na consumação do século e separaria os maus dentre os bons e os julgaria. É por isso que Ele disse que os peixes ruins seriam lançados fora. As almas rejeitadas por Deus irão pranter e ranger seus dentes no fogo do inferno.
O Reino de Deus é construído pelo evangelho da água e do Espírito que está sendo proclamado em todo o mundo. Nosso Senhor lançou a rede pelo bem da salvação das almas no mundo inteiro dando a elas o evangelho da água e do Espírito, e está esperando, e aqueles que forem apanhados na rede é que serão salvos por Ele. Resumindo, almas podem ser salvas dos seus pecados ao ouvir a Palavra do evangelho da água e do Espírito através da Igreja de Deus. Nosso Senhor está nos dizendo que Ele separará o joio do trigo dentre estes que estão dentro da Igreja, e que Ele enviará os bons para o Reino do Céus e lançará os maus no inferno.
 
  

O Evangelho da Água e do Espírito Semeado nos Quatro Campos do Coração do Homem

 
A passagem das Escrituras aqui vem da parábola em Mateus 13. Nosso Senhor encerrou uma série das Suas parábolas com essa passagem. Já que todas as parábolas em Mateus 13 são interligadas entre si, eu gostaria de revê-las mais uma vez a partir da parábola do semeador.
Nosso Senhor diz em Mateus 13:18-23, “escutai, pois, a parábola do semeador. Ouvindo alguém a palavra do reino, e não entendendo, vem o maligno e arrebata o que foi semeado no coração. Este é o que foi semeado à beira do caminho. Porém o que foi semeado em terreno pedregoso é o que houve a palavra, e a recebe imediatemente, com alegria. Mas não tem raiz em si mesmo, antes é de pouco duração. Chegada a angústia e a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza. O que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas, sufocam a palavra, e fica infrutífera. Mas o que foi semeado em boa terra é o que ouve a palavra e a compreende. Ele dá fruto, e produz a cem, a sessenta e a trinta por um.”
Nosso Senhor nos falou sobre quatro campos: o primeiro é o campo à beira do caminho, o segundo é o campo pedregoso, o terceiro é o campo com espinhos, e o quarto é o campo com a boa terra.
O primeiro, o campo à beira do caminho se refere àqueles que estão levando apenas vidas religiosas. Porque aqueles que escolhem crer em qualquer religião, ou aqueles que crêem no Cristianismo apenas como mais uma religião do mundo, até mesmo se a semente do evangelho da água e do Espírito que os habilita a entrar no Reino dos Céus for semeada, ouvindo-o eles não compreendem, e então Satanás vem e rouba a sua semente.
O segundo campo é o pedregoso, e Jesus diz que este é aquele que ouve a Palavra e imediatamente a recebe com alegria, mas por não ter raiz em si mesmo, ele dura somente pouco tempo; quando vem a angústia ou a perseguição por causa da Palavra, ele logo se escandaliza. Ele se escadaliza porque não há terra suficiente para que ele crie raízes. Para Deus, qualquer um que houve Sua Palavra do evangelho da água e do Espírito deve entender que Sua Palavra é a Verdade essencial para a remissão de pecados, e deve aceitá-la em seu coração. Todavia, mesmo se alguém aceitar esse verdadeiro evangelho, ainda é possível que ele não tenha raízes e como resultado acabe morrendo. Isso significa que seu coração não concordava totalmente com a Palavra de Deus.
O que são as raízes aqui? Não são nada mais do que a Palavra de Deus. Para falar a nós do evangelho da água e do Espírito, Deus primeiro nos falou sobre nossos pecados. E Ele também falou sobre a condenação por causa do pecado. Ainda assim algumas pessoas não crêem totalmente nessa Palavra, quando de fato elas teriam que crer nela de todo seu coração.
Nós temos que entender que toda a Palavra falada por Deus foi dita a nós, e sempre que ouvirmos esta Palavra e o que ela nos diz, devemos nos apegar a ela pela fé e crer nela. Somente então poderemos receber a remissão de pecados em nossos corações. Mas até mesmo depois de recebermos a remissão de pecados, nossas deficiências ainda serão reveladas, e em tempos como esses, devemos pensar: “embora eu tenha essa deficiência, o Senhor me salvou de todas as minhas fraquezas e de todos os meus pecados,” e devemos ter fé na palavra de Deus - somente então nossa fé não irá perecer.
O segundo campo na passagem das Escrituras se refere àqueles cujos corações se colocam frontalmente contra Deus, e que por consequência, a Palavra de Deus não pode entrar. Eles somente ouvem a Palavra do evangelho da água e do Espírito, mas não conseguem aceitar outros ensinamentos na Palavra de Deus. Em outras palavras, eles crêem no evangelho da água e do Espírito apenas religiosamente. Por esse motivo, eles ficam relutantes em crer na Palavra de Deus, e como não conseguem crer totalmente na Palavra do evangelho da água e do Espírito, eles encontrando sua morte espiritual. Por não haver uma terra profunda, e por eles não terem nenhuma raiz, eles acabam enfrentando as consequências do pecado. No final, por eles não conhecerem o evangelho da água e do Espírito, eles acabarão morrendo, porque não entenderam nem reconheceram que seus coração eram maus.
Portanto, é crucial que reconheçamos toda a Palavra de Deus mesmos depois de conhecermos o evangelho da água e do Espírito. Toda a Palavra de Deus é como a raiz de uma planta, e apenas quando nos apegamos a Palavra de Deus e colocamos nossa fé nela e que podemos viver e não morrer. Esse tipo de fé é aquela que nos capacita a alcançar a vida.
A não ser que tenhamos tal Palavra de Deus e tal fé em nossos corações, nós prosseguiremos com nossa vida de fé apenas pela metade, e no final, acabaremos nos tornando meros religiosos e pereceremos. Tais pessoas com essa falta de fé creêm em Jesus apenas como uma questão de doutrina cristã, e eles frequentam a igreja somente como formalismo, não tendo uma fé genuína em Deus. O resultado, portanto, é que eles vão à igreja levando sua própria justiça, apenas se exaltando da sua retidão e clamando: “como eu sou maravilhoso e inteligente!”
Nós nunca poderemos ouvir esse evangelho da água e do Espírito em outro lugar a não ser somente na Igreja de Deus. Contudo, devemos lembrar de que se nós não tivermos uma fé verdadeira mesmo fazendo parte de uma igreja que prega o evangelho da água e do Espírito, nós certamente pereceremos no final. Assim sendo, devemos meditar e crer na Palavra que ouvimos através da Igreja de Deus.
A Verdade do evangelho da água e do Espírito é totalmente diferente das doutrinas enganosas do Cristianismo de hoje. Aqueles que frequentam as igrejas do mundo apenas clamam o nome do Senhor bem alto, falam em línguas, e pedem somente por bênçãos quando oram a Deus. Eles também pensam e crêem que se orarem e forem fiéis a Deus, eles serão abençoados, mas isso não passa de uma fé enganosa. Eles se tornam presbíteros e diáconos sem o evangelho da água e do Espírito. Porém sua fé é exatamente oposta à fé dos crentes no evangelho.
Todavia, nosso Senhor ainda deseja levar salvação a essas pessoas. O Senhor da parte dEle quis apagar os nossos pecados e cumprir esta missão através do evangelho da água e do Espírito, se agradou em trazer a salvação dada por Deus a nós e nos deu o dom da fé, e já nos concedeu toda a misericórdia, bênçãos, amor, e graça. Quando passamos a crer em Jesus, nós não devemos frequentar a igreja apenas como uma questão de prática religiosa, mas devemos conhecer a Verdade sobre nossa fé na Palavra de Deus.
Enquanto fazemos parte da Igreja de Deus, o que aconteceria se nós ostentássemos nossa própria justiça, fracassássemos em nos apegar à Palavra de Deus com nossos corações, e cedêssemos à perseguição na nossa vida de fé? Até mesmo os justos, se não continuarem firmes no evangelho da água e do Espírito, seus corações se sentirão vazios. Por isso, nós devemos honrar a Palavra de Deus, gravá-la em nossos corações, nos apegar a ela com nossa fé, meditar e crer nela. Devemos realmente seguir a Deus com todo nosso coração, e buscar de todas as formas a Sua justiça e viver para o Seu evangelho.
Se algum de nós não conseguir ter comunhão de todo coração com os servos e a Igreja de Deus, sua fé está fadada a perecer. Este mundo ainda é um mundo governado por Satanás. Por esse motivo, não importa o quanto conhecemos e cremos no evangelho da água e do Espírito, se a Palavra de Deus não firmar raízes em nossos corações, nossa alma passará fome, estará fadada a pecar novamente e será aprisionada pelas falsas doutrinas, e morrerá.
Nossa fé não deve ser como o primeiro campo à beira do caminho, nem como o segundo campo pedregoso, nem como o terceiro campo com espinhos: “O que foi semeado entre espinhos é o que ouve a palavra, mas os cuidados deste mundo, e a sedução das riquezas, sufocam a palavra, e fica infrutífera.” Se alguém ouve a Palavra de Deus, mas é enganado com os cuidados deste mundo e a sedução das riquezas, é óbvio demais que ele não conseguirá dar nenhum fruto. Se o coração de alguém está totalmente nas coisas deste mundo, assim como bens materiais, fama, o sexo oposto, ou poder, ele então está condenado a se tornar joio. Receber a remissão de pecados por crer no evangelho da água e do Espírito, e portanto para ter a fé que nos habilita a entrar no Reino de Deus, não é algo trivial que pode ser deixado por causa da tentação. Dentre os quatro campos da parábola do semeador, esses três campos não podiam dar frutos.
Sendo assim, devemos pensar sobre a graça da salvação que Deus nos concedeu e agradecê-Lo por isso, é realmente justo que sirvamos ao Senhor por isso, e nos unamos a Ele por causa disso. Se, por outro lado, nós estivermos preocupados somente com as coisas materiais, interessados em saber apenas como podemos viver bem neste mundo e como podemos nos divertir, então conseqüentemente, nossa fé perecerá no fim, mesmo que nós tenhamos ouvido e crido por algum tempo na Palavra do evangelho da água e do Espírito.
Nós também estamos, é claro, muito interessados no mundo e nas coisas materiais, embora creiamos no evangelho da água e do Espírito. Mas isso não é tudo para nós. Ainda que seja verdade que nós de fato não estamos livres de qualquer interesse nos prazeres deste mundo, e que nós pertencemos a ele, temos em nossos corações Aquele que é mais precioso do que estas coisas. Ele é o nosso Senhor que nos deu o dom de todas as bênçãos: o dom da vida eterna; o dom da remissão de pecados; e o dom da fé espiritual. Ele nos faz prosperar no corpo e no espírito com essas abundantes bênçãos.
Por esse motivo, é muito correto que nós estimemos esse Deus mais ainda. Embora sejamos deficientes, o evangelho da água e do Espírito remiu todos os nossos pecados, então a coisa mais natural é que nossos corações estejam gratos a Deus. O senhor disse que se guardarmos sempre o evangelho da água e do Espírito em nosso coração, nos apegarmos a ele e crermos totalmente na Palavra de Deus também, nós seremos mais do que capazes de entrar no Reino de Deus. Ele também disse que é assim que poderemos nos tornar pessoas de fé como Abraão, da mesma maneira dar muitos frutos espirituais na terra, e nos tornarmos grandes homens e mulheres de Deus que são respeitados pelo povo de Deus na terra.
 
 

O Evangelho da Água e do Espírito Cobrirá o Mundo Inteiro

 
Nosso Senhor disse: “O reino dos céus é semelhante a uma rede lançada ao mar, a qual apanha toda espécie de peixes.” O Reino de Deus é como uma rede. O Reino de Deus pertence aos crentes do evangelho da água e do Espírito, e este Reino de Deus lançou uma rede no mundo inteiro. O mundo inteiro, em outras palavras, será coberto com o evangelho da água e do Espírito. E o Senhor deu condições a cada um de nós de conhecê-lo completamente. Ele tornou impossível para qualquer um escapar dessa rede, que é o evangelho da água e do Espírito.
Muitas pessoas ouviram o evangelho da água e do Espírito, mesmo de passagem, de amigos, dos pais, ou dos filhos, através de livros, ou de qualquer outro jeito. E o Senhor disse que Ele viria para ver os peixes apanhados nessa rede, e colocaria os bons em cestos e lançaria fora os ruins.
E o Senhor disse: “virão os anjos e separarão os maus dentre os justos, e os lançarão na fornalha de fogo, onde haverá pranto e ranger de dentes.” O Senhor diz aqui que o Reino de Deus pertence ao crentes no evangelho da água e do Espírito, e são esses crentes no verdadeiro evangelho que se tornarão os discípulos de Jesus Cristo e pregarão o evangelho em todo o mundo. As respostas variam no meio daqueles que ouvem esse evangelho; alguns são apanhados, enquanto outros fogem e se recusam a ouvir.
Mas no fim, haverá o trabalho de escolher aqueles que são apanhados com esse evangelho da água e do Espírito, onde o Senhor colocará os bons nos cestos e lançará fora os maus. O Senhor disse que Ele separaria os maus dos justos. Em outras palavras, mesmo entre os crentes no evangelho da água e do Espírito, existem tantos justos como maus.
Como é que pode haver justos e maus no meio do povo que aceitou o verdadeiro evangelho? Se todos os pecados podem ser apagados se as pessoas crerem no evangelho da água e do Espírito, como o Senhor pode dizer que há no meio deles justos e maus? Nós devemos prestar bastante atenção a isso para descobrir a resposta.
Todos nós da mesma forma frequentamos a igreja e vivemos nossa vida de fé, mas alguns de nós serão tidos como maus diante de Deus. Quem são eles? Quem são os maus na igreja? São aqueles cujos corações são como o terceiro campo na parábola do semeador. Eles são aqueles que, apesar de afirmarem que crêem no evangelho da água e do Espírito, ainda são gananciosos e estão mais interessados nas coisas materiais, que estão interessados apenas na riqueza carnal da vida, e que não demonstram nenhum interesse em anunciar o evangelho da água e do Espírito ao redor do mundo e obedecer assim a vontade de Deus. Embora tais pessoas tenham ouvido e crido no evangelho da água e do Espírito, elas nunca poderão dar frutos. Aos olhos do Senhor, elas são malignas, porque falharam em unir seus corações à Sua obra pela fé.
Nosso Senhor disse que Ele não olha somente para nossa aparência externa, mas para nosso coração. Você crê no Senhor com seu coração, está ligado à igreja com seu coração, e também anuncia o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo de coração? É para isso que nosso Senhor olha. Quando Jesus disse que dos peixes apanhados na rede seriam separados os bons e os maus, Ele quis dizer que dentre aqueles que frequentam a Igreja de Deus que prega o evangelho da água e do Espírito, os justos e os maus seriam separados. Estes são o joio e o trigo. Foi isso que nosso Senhor disse sobre como será no fim.
Você crê no evangelho da água e do Espírito com seu coração? Você realmente reconhece que o Senhor nunca se agrada desses três primeiros campos, e que a semente plantada nesses três campos nunca poderão dar frutos?
Basicamente, os justos não podem nunca ser como esses campos, mesmo que eles ainda sejam fracos na carne. Qual é o primeiro campo? Não é o campo à beira do caminho? Nós, os justos, não podemos crer em Jesus da mesma maneira daqueles que possuem uma fé religiosa. Nós seguimos o Cristianismo como se estivéssemos seguindo umas das religiões deste mundo como o Budismo, o Confucionismo, o Taoismo, ou o Hinduismo? Não podemos fazer isso.
Nosso Senhor é o Cristo e o Filho do Deus vivo. Jesus Cristo criou todo o universo, fez a você e a mim, e nos livrou de todos os nossos pecados. Ele veio a essa terra, foi batizado por João Batista, morreu na Cruz, e ressuscitou dos mortos. Dessa maneira, nosso Senhor nos salvou de uma vez por todas e se tornou nosso eterno Salvador.
Assim sendo, frequentar a Igreja de Deus não é para nós uma prática religiosa, mas é viver uma vida de fé. É a vida de fé que o justo leva. Já que Deus é de fato nosso Salvador e Mestre, é algo simplemente natural para nós crer nEle e segui-Lo. O Senhor quer que sigamos a Ele com esse tipo de fé.
Como nós cremos no evangelho da água e do Espírito e seguimos o Senhor, algumas vezes enfrentamos tribulações e perseguições por causa da nossa fé na Palavra. Está escrito: “e na verdade todos os que desejam viver piamente em Cristo Jesus padecerão perseguições” (2 Timóteo 3:12). Portanto, nós só poderemos seguir ao Senhor quando negarmos a nós mesmos. O que significa negar a nós mesmos? É negar a concupiscência da nossa carne.
É correto que nós pensemos apenas em nós mesmos? Não. Nós não temos que ser heróis da pátria, mas devemos dedicar nossa vida à boa obra. Por que as pessoas se lembram e respeitam os heróis da pátria que já morreram a muito tempo? Porque eles cumpriram seu dever pelo bem da nação e do seu povo. Eles lutaram pelos seus países arriscando suas vidas. Eles fizeram isso pela sua nação e pelo seu povo, mesmo sabendo muito bem que eles poderiam ser presos, torturados, e levados à morte. É por isso que nos lembramos deles como os homens corajosos que fizeram a coisa certa.
Ao crer no evangelho da água e do Espírito, nós recebemos a remissão dos nossos pecados. Porque o Senhor mesmo apagou todos os nossos pecados por meio do evangelho da água e do Espírito, nós agora nos tornamos sem pecado pela fé. Um vez que o Senhor nos salvou de todos os nossos pecados, levando sobre Si os pecados do mundo, sendo condenado por eles, e ressuscitando dentre os mortos, se nós crermos neste evangelho e viermos para Sua Igreja, então servir ao Senhor e fazer a boa obra de Deus é ser um bom peixe. É claro que isso requere nosso sacrifício em cada área da nossa vida em particular. Contudo, se alguém não unir seu coração àqueles que servem a Deus e ao evangelho, mas ao invés disso voltar suas costas para eles, Deus irá rejeitá-lo, não importa quão fervorosamente ele declare crer no evangelho da água e do Espírito. Isso porque ele será considerado um peixe ruim, um homem mal.
O Senhor se tornou a propiciação por todos nós. Ao nos dar o evangelho da água e do Espírito, o Senhor nos salvou de todos os nossos pecados. Nosso Senhor nos amou, nos deu todos os Seus dons, e se sacrificou por nós para nos fazer felizes. O Senhor nos amou, e até agora nos ama, e quer que continuemos a amá-lo, e Ele deseja viver em felicidade conosco para sempre. Ele está apenas nos perguntando: “você não quer se tornar Minhas mãos, Meus olhos, e Meus pés para anunciar esse evangelho aos outros enquanto você estiver nessa terra?” Como pode você então não se unir ao Senhor?
Entretanto, há pessoas que respondem assim: “Eu não quero. Você acha que eu sou um idiota? Eu sei tudo sobre isso. Tudo bem, eu creio no evangelho da água e do Espírito. Eu não sou mais pecador agora, sou? Isso deveria ser o suficiente; por que você está me pedindo para desistir de tudo e viver somente para o evangelho? Você acha que eu sou burro? Por que você continua me aborrecendo assim? Pare com isso. Eu te agradeço por ter me dado a remissão de pecados, mas não espere algo mais de mim. Só isso!”
Meus amados irmãos, ter um coração assim e fazer tal coisa é ter o tipo de fé que se coloca contra Deus. Esta é a fé dos maus que traem Deus. Se nós verdadeiramente cremos no evangelho da água e do Espírito com nossos corações, então embora possamos viver coisas assim na nossa carne, e não querermos ser privados de aproveitar nossa vida particular, nós não podemos fazer tudo que queremos por conta da nossa teimosia. Por quê? Porque o amor que recebemos é muito mais grandioso, e porque a salvação que nosso Senhor nos concedeu é maravilhosa demais, não podemos nunca mais fazer isso. Não importa quão maus ou inúteis nós possamos ser, uma vez que conhecemos a graça de Deus, não podemos nunca mais fazer isso. Se um homem não se lembra da graça que foi concedida a ele, então é muito apropriado dizer que ele é pior do que um cão.
Meus amados irmãos, na passagem das Escrituras aqui, Jesus está nos dizendo que Ele separará os maus dos justos. Esta é a mensagem de advertência que conclui Sua série de parábolas.
Ele disse que o Reino dos Céus é como um rede lançada ao mar. O Senhor está anunciando o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo. Eu tenho certeza que todo aquele que buscar a Verdade conseguirá encontrar o evangelho da água e do Espírito sem errar, e que inúmeras almas virão a crer nele. Porém, dentre aqueles que confessam crer no verdadeiro evangelho, muitos serão considerados maus e serão lançados no fogo porque vive sua vida de fé com um coração dividido.
O Senhor disse que Ele colocaria os bons num cesto. Ele trará os crentes autênticos, que realmente O obedecem e vivem suas vidas de fé com ações de graça, para o Reino dos Céus. O evangelho da água e do Espírito que você ouviu é a verdade que te permite receber a remissão dos seus pecados. Sua fé nessa verdade pode até ser fraca neste momento, mas se você frequentar a Igreja de Deus fielmente, não faltar aos cultos, e ouvir a Palavra de toda maneira possível, então você terá realmente uma vida cheia do Espírito, crendo verdadeiramente e seguindo a Palavra com todo seu coração. Se você não puder encontrar a Igreja de Deus na sua localidade, guarde sua fé se nutrindo do alimento espiritual provido através dos nossos livros e do nosso website. Ore a Deus para que Ele permita que você encontre uma Igreja de Deus na qual você possa compartilhar o evangelho da água e do Espírito conforme o desejo do seu coração.
Meus amados irmãos, está escrito na Bíblia: “a inclinação da carne é morte, mas a inclinação do Espírito é vida e paz.” (Romanos 8:6). Neste momento, muitos de vocês gostariam de estar descansando em casa do que estar na igreja. Não seria melhor estar asssitindo a um filme da locadora saboreando uma pizza com coca-cola? Não há ninguém que não goste desse tipo de diversão. De certo modo então, a vida de fé que exige que você sacrifique essas coisas e se dedique às questões espirituais pode parecer muito absurda para você. Se você julgar isso com base nos seus pensamentos carnais, você com certeza chegará a essa conclusão.
Porém a vida de fé é seguir a Palavra de Deus como Abraão. É seguir a Palavra escrita na Bíblia sem falhar, porque ela é a Verdade. Todas as coisas com certeza se cumprirão de acordo com a Palavra de Deus, não de acordo com a nossa esperança carnal, e por essa razão é uma escolha sábia seguir a Palavra de Deus pela fé. É pela fé que recebemos a remissão dos nossos pecados, que seguimos ao Senhor, que agradamos a Ele, que temos nossas orações respondidas pelo Senhor por crermos na Sua Palavra, que nós somos abençoados, e nos tornamos os obreiros que fazem a obra espiritual do Céu, e recebemos as bênçãos da prosperidade na terra.
Jesus disse que o Reino de Deus é como uma rede lançada ao mar e que apanha toda espécie de peixes. Ele disse que quando ela está cheia, eles a espalham na praia, se sentam na areia e separam os peixes bons para os cestos, mas lançam fora os ruins.
Quem são os ruins aqui? Como eu mencionei antes, são aqueles que seguem a concupiscência da sua própria carne. Os peixes ruins são aqueles que não crêem com sinceridade no evangelho da água e do Espírito de todo seu coração, mas crêem nele apenas com seu coração dividido para tirar o peso da sua consciência, que seguem apenas os prazeres da carne, e buscam somente as coisas carnais, e vivem suas vidas apenas com esse propósito.
No mundo inteiro, Deus lançou a rede chamada de evangelho da água e do Espírito, e está esperando que os peixes sejam apanhados nesse rede. Colocando de outra forma, Ele quer que todos recebam a remissão de pecados ouvindo e crendo no evangelho da água e do Espírito. É por esse motivo que Deus está trabalhando, porque ainda entre aqueles que declaram crer nisto, há aqueles que estão fora da verdadeira fé. Eles certamente serão julgados. Entre aqueles que declaram crer, em outras palavras, alguns serão lançados fora dessa maneira.
É verdade que nós somos incapazes, fracos, carnais, e propensos a buscar as coisas do mundo. Isto porque nós ainda estamos na carne. Mas embora isto seja verdade, ainda existem aqueles que se dedicam a boa obra de Deus. É verdade que o Senhor deu essa Palavra da Verdade para este mundo, para nós, e também é verdade que nós, tendo recebido a remissão de pecados, devemos viver nossas vidas de fé confiando na Palavra de Deus e seguindo-a. É pela fé que podemos fazer essa obra de justiça. Nós devemos viver nossa vida de fé buscando a Palavra escrita, gravando-a em nossos corações, e nos apegando a ela. “Já que Tu dissestes que irias fazer isso, eu acredito que Tu realmente farás isso sem falhar.” Ter essa fé, buscar a Palavra de Deus com fé, seguir essa Palavra e obedecê-la pela fé como Abraão – isto é a vida de fé. É com esse tipo de fé que devemos viver nossa vida de fé. Somente então nós teremos uma fé apropriada e grande crescendo no espírito e na mente, e até mesmo prosperando na carne com a ajuda de Deus.
Nosso Senhor nos disse em Mateus 6: “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” São os crentes no evangelho da água e do Espírito que podem fazer a boa obra que Deus nos falou. Quando nós aceitamos o evangelho que Deus nos confiou de todo nosso coração, nós acreditamos que é certo servir a este evangelho, e servi-lo de fato e segui-lo mesmo que nós sejamos incapazes, então o Senhor trará ainda mais bênçãos ao nosso espírito e ao nosso corpo para o resto de nossas vidas. Quando vivermos realmente pela fé, nós experimentaremos todas estas coisas.
Mas se tentarmos viver somente uma vida carnal, todas as bênção deste mundo também acabarão. Isso tudo requer apenas nossos próprios esforços, e não há nenhuma ajuda de Deus, nem direta nem indiretamente. Entretanto, se Deus se agrada da nossa fé, e então nos ajuda direta e indiretamente, tudo que nós fizermos então dará certo.
 “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.” O Senhor diz: “Se você realmente crer no evangelho da água e do Espírito com seu coração, pense primeiro então no crescimento do Reino de Deus em todo o mundo, ore por isso, junte-se a esse propósito e sirva a ele. Eu então ajudarei você em cada etapa até o resto da sua vida. Se você me servir, Eu te abençoarei também.”
Jesus disse: “Tudo que vós quereis que os homens vos façam, fazei-o vós também a eles, pois esta é a lei e os profetas.” Se você quer realmente ser amado e abençoado por Deus, então tudo que você tem a fazer é crer com seu coração e seguir seu coração. Se você fizer o que agrada ao Senhor com seu coração, em outras palavras, Ele cuidará de todo o restante também. Esta é a promessa de Deus. É por isso que os métodos e meios humanos são todos desnecessários diante de Deus. Como nós somos tolos de usar nosso intelecto e os planos da nossa mente, já que nosso QI não chega nem a quatro dígitos!
Para Deus, a astúcia da humanidade não é nada. Ao invés de nós tentarmos fazer tudo de acordo com a nossa mente limitada, devemos crer na Palavra de Deus e segui-la com fé. Se os servos de Deus pregarem a Palavra como ela é, temos que segui-los pela fé. Deus trabalha na nossa vida quando cremos realmente e seguimos Sua Palavra. Nós não podemos pensar que de alguma forma podemos servir a Deus com a justiça dos homens.
Você e eu precisamos ter fé em toda Palavra de Deus, e também precisamos das abundantes bênçãos de Deus todos os dias em nossa vida. Para termos supridas essas necessidades, devemos primeiro crer na Palavra de Deus e viver nossa vida para o evangelho. Se alguém se diz abençoado sem fazer isso simplesmente não é verdade. Se alguém diz que foi abençoado mesmo sem crer no Senhor, nem servi-Lo, nem segui-Lo, isso significa então que Deus não tem cuidado dele. Se alguém na Igreja de Deus tem uma mente maligna assim e não serve à Verdade do evangelho, ele também deixará a Igreja em breve e perecerá no final. Ser abençoado sem viver pela fé é realmente uma maldição em si mesmo.
Deus deseja que tenhamos comunhão com o coração na fé que crê na Sua Palavra. Esta é a comunhão espiritual. Deus sabe de tudo. Sendo assim, devemos crer, com nossos corações, na Palavra de Deus e nas palavras ditas pelos seus servos, e se for possível, nossos corações devem participar da Sua boa obra e se unir a ela em favor do evangelho. Estes corações que participam conseguem ter os ouvidos que entendem a Palavra de Deus na mesma hora. Seus olhos espirituais são abertos e sua fé cresce. A Bíblia diz: “De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus.” (Romanos 10:17). Quando os servos de Deus pregam a Sua Palavra, somente aqueles cujos olhos espirituais estão abertos é que vêem a fé, aprendem dela com os servos, e fazem dela sua fé. E quando tais pessoas têm comunhão umas com as outras, elas podem aprender com a fé de cada um também. Elas mesmas podem dar testemunho de como sua fé cresceu muito rápido. E essa é a questão realmente.
Conforme eu tenho levado uma vida de fé e caminhado com o Senhor até hoje, eu sou verdadeiramente grato pelas vezes que eu senti a presença de Deus e tive comunhão com Ele. Falar disso levaria mais do que esse livro. Na verdade, volumes após volumes não seriam suficientes. Então eu estou explicando a vocês primeiro o que a Bíblia está dizendo na forma de comentário. Agora, eu quero finalizar esta pregação concluindo como nós devemos levar nossa vida de fé, o que essa Palavra atualmente nos adverte, e o que ela está nos dizendo para crermos.
O Reino dos Céus é o Reino de Deus. A rede é o evangelho da água e do Espírito que está sendo pregado pela Igreja de Deus. Os peixes são os seres humanos. Aqueles que crêem no verdadeiro evangelho com seus corações são os peixes bons, isto é, os justos. Porém aqueles, que não crêem com seus corações mas apenas por algum tempo, abandonam a Palavra de Deus, e seguem sua própria concupiscência carnal e os seus pensamentos, são os peixes ruins. Os primeiros serão aceitos e entrarão no Reino dos Céus, mas os últimos serão lançados fora.
Jesus disse que é isto que vai acontecer quando chegar o fim. Isso sem dúvidas se tornará realidade. Quando chegarmos ao fim da nossa vida individual, nós também passaremos por este julgamento. Todo aquele que viveu nessa terra estará diante do trono de Deus pelo menos uma vez. Deus disse que destruiria este mundo e construiria um mundo novo. A muito tempo atrás, ouve uma época em que os dinossauros habitavam a terra, mas um dia o mundo desapareceu de repente, e um novo mundo teve início. Dessa maneira, o Senhor criará um outro novo mundo no futuro. Através da Palavra escrita, nosso Senhor falou do Reino Milenial e do Reino de Deus que virá.
Meus amados irmãos, a Bíblia não fala apenas do evangelho da água e do Espírito. Existem muitos outros temas aos quais a Bíblia se refere. Somente porque o evangelho da água e do Espírito é a chave que abre as portas do Reino de Deus é que os pregadores devem constantemente e sem cessar pregar essa Palavra do evangelho da água e do Espírito. Há tantos temas na Palavra de Deus que nos fala sobre isso, mas se eu falar a vocês tudo de uma vez, sua fé iria brotar e crescer? É mais apropriado que eu pregue uma determinada porção da Palavra para que vocês possam alcançar um bom entendimento.
Vocês, os santos que crêem no evangelho da água e do Espírito serão perseguidos, escarneados, desprezados pelas pessoas por causa da sua fé. Mas se vocês realmente crêem, vocês devem deixar de lado aqueles que zombam de vocês e os perseguem porque eles são como cães que ladram mas não mordem, e assim as dificuldades que vocês enfrentam em favor da justiça de Deus se tornará para vocês em alegria. Se vocês não concordam, vocês não estão se apegando à Palavra de Deus então. Se alguém não se dedicar à obra da justiça, e se colocar diante da obra de Deus, e ficar com medo do que as pessoas do mundo possam pensar dele, então ele não crê na Palavra de Deus. Ao contrário, crê nas chamadas organizações “cristãs.”
Está claro que estas pessoas estarão com certeza entre os peixes que serão separados como ruins e lançados fora por Deus. Se nós crermos no evangelho da água e do Espírito de todo coração e segui-lo com todo nosso coração, e se nós buscarmos primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça apesar das nossas deficiências, então nunca seremos peixes ruins. Todavia, se nós falharmos em crer e seguir o verdadeiro evangelho com nossos corações, e ao invés disso pensarmos na vida de fé em Sua Igreja somente como um caminho para nossa vida carnal, então quando os últimos dias chegarem, Deus nos tratará como peixes ruins.
Eu fico preocupado porque você pode acabar como essas pessoas. Eu desejo que vocês, em outras palavras, tenham fé e vivam para o evangelho de Deus. Apenas a fé verdadeira é que é aprovada por Deus. Se verdadeiramente crermos com nossos corações, mais cedo ou mais tarde então nós cresceremos para sermos cristãos fiéis.
Embora nossa carne possa ser deficiente demais, eu ainda aconselho a vocês a nascer de novo crendo no evangelho da água e do Espírito no fundo dos seus corações, a seguir a Deus, e a ser guiados pelo Pastor e segui-lo em suas vidas. Quando vocês fizerem isso, a Palavra de Deus então encherá seus corações, e fará com que vocês cresçam sem mesmo entender, e vocês descobrirão que se tornaram o povo da fé como Abraão.
Eu desejo e oro que todos os servos, santos e obreiros de Deus se tornem o campo bom entre os quatros campos do seu coração. É meu desejo que vocês creiam e sigam a Palavra de Deus com seus corações. E eu desejo muito que Deus abençoe vocês que estão buscando levar esta vida espiritual, e aumente mais a sua fé.