Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 3-9] Por que Deus Enviou Seu Filho a Este Mundo? (João 3:16-21)

Por que Deus Enviou Seu Filho a Este Mundo?
(João 3:16-21)
“Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que condenasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus. A condenação é esta: A luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz porque as obras deles eram más. Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz, a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.”
 
 
O que significa para nós crer no amor Deus? Na passagem bíblica acima, o Senhor fala especificamente sobre isso. Ele fala que Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. Então, que tipo de fé você acha que crê na Verdade de que Deus Pai e Seu Filho Jesus nos salvaram dos pecados do mundo? Deus disse que enviaria Seu Filho a este mundo não para condená-lo, mas para que ele pudesse ser salvo por Ele. Preste bem atenção no que Deus quis realizar ao enviar Seu Filho a este mundo não para julgá-lo por causa dos seus pecados, mas para que ele recebesse a salvação do pecado e a vida eterna pela fé.
Nós podemos dizer com toda certeza que somos um povo que não tem pecado porque cremos no evangelho da água e do Espírito que Jesus nos deu. Isso significa que fomos libertos de todos os pecados do mundo, recebemos a salvação e também escapamos da condenação eterna por crermos no evangelho da água e do Espírito. Todos nós nascemos com o pecado original e pecamos a vida inteira, mas podemos ser salvos de todos os nossos pecados e das nossas transgressões crendo no evangelho da salvação, no evangelho da água e do Espírito que o Filho de Deus, Jesus Cristo, nos deu. Como somos gratos por as pessoas crerem neste evangelho e viverem para sempre como justos! Mas aqueles que têm pecado no coração serão condenados e amaldiçoados eternamente por causa do pecado, independente se eles crêem em Jesus como seu Salvador ou não. No entanto, nós entendemos que aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito de coração escaparão do eterno juízo de Deus porque não têm pecado no coração.
 
 

Por que Somos Condenados pelo Pecado?

 
Está escrito: “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus.” Então, a condenação de alguém vai depender de ele crer ou não no Filho único de Deus que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Deus perguntou isso em pessoa e nos dá a resposta na passagem bíblica deste capítulo. Aqueles que confessam que Jesus Cristo, o Filho de Deus, é o seu Salvador recebem a remissão de todos os seus pecados e, por isso, não são condenados. Mas quem não crê no evangelho da água e do Espírito conseqüentemente será condenado por causa de todos os pecados que há em seu coração. Portanto, crer no evangelho da água e do Espírito é algo fundamental que determina a salvação que é um dom de Deus. O que eu quero é que você se lembre é que aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu podem se tornar filhos de Deus crendo na justa Verdade da salvação.
Na verdade, quem dentre aqueles que freqüentam a igreja não crêem em Jesus como Salvador? Todos eles não dizem que crêem em Jesus como seu Salvador? Porém, o maior problema é que eles não vêem que Jesus veio pela Verdade do evangelho da água e do Espírito para salvar todos os pecadores.
Nós celebramos o Natal alguns dias atrás. Nós cantamos: “Que o mundo celebre, o Senhor chegou! Que a terra receba o Seu Rei!” E as pessoas no mundo todo adoram a Jesus, o Filho de Deus, como seu verdadeiro Salvador que veio a este mundo para nos salvar do pecado. Mas é triste ver como há muitos que não sabem que Jesus Cristo salvou a nós, que antes éramos pecadores, com o evangelho da água e do Espírito.
A passagem bíblica deste capítulo diz: “Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado, porque não crê no nome do unigênito Filho de Deus” (João 3:18). E já que Deus falou sério, Ele julga aqueles que têm pecado neste mundo porque seu pecado é não conhecer Jesus Cristo que veio pelo evangelho da água e do Espírito, não porque Ele gosta de fazer isso. Depois de nascerem e morrerem neste mundo, todos terão que comparecer diante de Deus para receberem Seu justo juízo. Isso quer dizer então que quem tem pecado receberá a condenação eterna por causa dos pecados do seu coração? Sim, é isso mesmo. É por isso que as pessoas receberão a salvação e desfrutarão da vida eterna no paraíso com o Senhor ou serão lançadas na fornalha de fogo e condenadas por causa do pecado para sempre dependendo se elas crêem ou não em Jesus Cristo, que veio pelo evangelho da água e do Espírito. Estes são o amor, a justiça, a bênção e o juízo de Deus. Portanto, você não pode esquecer que somos purificados do pecado ou não, que recebemos a salvação ou somos condenados dependendo se nós cremos ou não no evangelho da água e do Espírito.
 
 

Você Tem Pecado no Coração?

 
Há aqueles que continuam pecadores e serão condenados diante de Deus por causa dos seus pecados e, por outro lado, há aqueles que não serão condenados pelo pecado. O Senhor fala sobre isso na passagem bíblica deste capítulo que se encontra no evangelho de João capítulo 3, versículos 16 a 21.
Nosso Senhor diz em João capítulo 3 versículo 19: “A condenação é esta.” A “condenação” aqui significa “o fato de ser condenado.” Então, condenação significa “o fato de se ter pecado”, e quem tem pecado diante de Deus será condenado por causa dos seus pecados, como está escrito: “A condenação é esta: A luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz porque as obras deles eram más” (João 3:19). Está escrito que os pecados das pessoas permanecem no seu coração porque elas não crêem no evangelho da água e do Espírito. Jesus Cristo, que é a luz da nossa vida, veio ao mundo pelo evangelho da água e do Espírito, mas o coração de muitos está aprisionado pelo pecado porque eles não O compreendem nem O aceitam em seu coração. Jesus é nitidamente o Salvador, mas as pessoas continuam sendo pecadoras e não conseguem receber a remissão de pecados porque amam mais as trevas do que a luz, pois suas obras são más.
Resumindo, muitos continuam vivendo como pecadores porque não crêem no evangelho da água e do Espírito, a luz da Verdade, e porque não crêem que Deus já apagou todos os seus pecados. Embora Jesus tenha apagado todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, ao morrer na cruz e ressuscitar dos mortos, as pessoas continuam vivendo em pecado porque suas obras más ocultam a Verdade do evangelho da água e do Espírito.
Aqueles que rejeitam o evangelho da água e do Espírito acabam confessando que estão mais nas trevas do que na luz, que não crêem mesmo no evangelho do amor de Deus, que se recusam a aceitar Jesus como seu Salvador porque é melhor continuar pecando do que reconhecer que Ele já tirou todos os seus pecados. Eles acham que é normal serem pecadores e não justos, mas quem tem uma fé assim é prisioneiro dos seus pecados. Sempre há pecado no seu coração, e é por isso que Deus diz que são esses pecadores que merecem Seu juízo. Não é Ele que faz com que eles continuem com pecado no coração, mas são eles mesmos que insistem em viver como pecadores porque não crêem em Jesus Cristo como o Senhor que veio por meio do evangelho da água e do Espírito.
Está escrito: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito”, para que todo aquele que cresse na Sua justiça e no Seu amor recebesse a salvação de todos os seus pecados. A Palavra em João 3:16 testifica que o Senhor salvou a todos neste mundo dos seus pecados porque Ele os amou de tal maneira.
Mas tem pessoas que dizem: “Eu prefiro estar em pecado a viver sem ele. Eu gosto de viver no pecado com minha vida envolvida pelas trevas do pecado a viver sem ser envergonhado diante de Deus.” O problema de muitos é este: eles não crêem no evangelho da água e do Espírito que o Senhor deu a eles de graça, porque eles gostam mais de viver em pecado do que ter o grande amor que os salvou dele. Eles gostam de Satanás, que é trevas, mais do que a Deus, que é luz. O que Deus tem que fazer então? Aqueles que amam mais o pecado do que a Deus têm que ser condenados porque são pecadores por sua própria vontade; e eles mesmos trouxeram sobre si a condenação por causa do pecado.
Na verdade, depende da escolha do nosso coração crermos e entendermos corretamente Jesus Cristo, que veio através do evangelho da água e do Espírito. Nós temos que escolher com cuidado se creremos no evangelho da água e do Espírito ou no evangelho do sangue da cruz somente. Há alguns cristãos que crêem no evangelho da água e do Espírito, mas ainda há muitos que crêem somente no sangue da cruz para a salvação.
A escolha do evangelho que você vai crer depende só de você agora. Tanto entrar no Reino dos Céus quanto receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito é algo que depende da fé que você vai ter. E a escolha entre os dois evangelhos citados acima depende unicamente de você também. Portanto, você tem que escolher muito bem em que evangelho vai crer.
 
 
O que Você Está Buscando Realmente?
 
Está escrito em João 3:20-21: “Todo aquele que pratica o mal aborrece a luz, e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas. Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz, a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.”
A Palavra revela dois tipos de atitude do homem: como alguns buscam o mal e outros buscam a Verdade. Primeiro, os que buscam o mal não gostam da luz da verdade e não vêm para a luz com medo de seus atos serem revelados. Eles não querem a luz da verdade porque as trevas escondem o que aprisiona seu coração. Entre Deus e o diabo então, quem eles amam mais? Eles amam mais o diabo do que a Deus. É por isso que eles não vêm para a Verdade do evangelho da água e do Espírito nem crêem nela.
Deus quis vir a este mundo como a luz da salvação do homem e salvou nossa alma de uma vez por todas por meio do evangelho da água e do Espírito. Quem aceitou o evangelho da água e do Espírito já recebeu de uma vez a remissão de todos os seus pecados, mas quem não o aceitou não a recebeu. Como conseqüência, as pessoas não conseguem crer na Verdade do evangelho da água e do Espírito porque amam mais as trevas do que a luz. Elas têm que amar mais a Deus e a Sua Verdade do que as trevas, mas não fazem isso. Isso porque seu coração ama mais as trevas do que a luz da Verdade.
Por isso, temos que controlar nosso coração corretamente e obedecer ao evangelho da água e do Espírito. Você e eu não podemos aceitar as trevas e o pecado no nosso coração. Quem vive nas trevas não pode entender a Verdade do amor de Deus porque seu coração ama as trevas. Por esse motivo, temos que nos livrar dos pensamentos injustos que surgem na nossa mente e nos apegar ao evangelho da água e do Espírito. Nós temos que rejeitar as trevas e crer com sinceridade na Verdade que é revelada no evangelho da água e do Espírito. Assim, todos ao nosso redor poderão receber a salvação do pecado, mas é mais fácil falar do que fazer isso. É por isso que há muitos que estão presos às trevas e querem viver nelas, porque têm medo de seus atos serem revelados caso venham para a luz. Mas eles têm que ver que viverão assim para sempre, como pecadores diante de Deus.
 
 
Deus Disse para Buscarmos a Luz da Verdade
 
Vamos ler o texto de João 3:21 novamente. O texto diz: “Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz”, diz o Senhor, “a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.”
Esse versículo é muito importante. Deus disse que “quem vive de acordo com a verdade vem para a luz”, e Ele disse isso para mostrar que quem vive assim faz tudo em Deus. Mesmo que queiramos ou não pecar, nós temos pais carnais, vivemos neste mundo e sempre pecaremos por causa da nossa fraqueza. A razão disso tudo é que nascemos em pecado, pois nós somos descendentes de Adão. Mas Deus sabia de tudo isso. Todos os pecados que cometemos, nós o fazemos na presença de Deus, e por já saber que cometeríamos estes pecados, Ele veio a este mundo para nos salvar pela água e pelo sangue.
Nós agora temos que reconhecer a justiça de Deus. Temos que reconhecer o amor do Pai que nos salvou com o evangelho da água e do Espírito ao enviar Seu único Filho para apagar todos os nossos pecados. Por isso, quem crê no evangelho da água e do Espírito já está em Deus.
O que alguém precisa fazer para se tornar justo? O que alguém precisa fazer para receber a remissão de pecados? Deus já apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito e disse que quem crê na Verdade deste evangelho será salvo do pecado. Então, a responsabilidade de receber a remissão de pecados agora é toda nossa. Em outras palavras, a salvação depende unicamente de nós mesmos; depende de nós termos fé no evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu. Você ainda acha que a remissão de pecados depende de Deus? Ou depende do evangelho da água e do Espírito que nos foi dado? Eu quero que vocês entendam que isso agora depende de nós. Deus já nos salvou de todos os pecados. Portanto, Deus já cumpriu toda a Sua obra e nossa salvação depende unicamente de nós.
Houve um teólogo que disse que Deus predestinou alguns para a salvação e outros para a condenação antes da criação do mundo. Ele era um teólogo que foi muito admirado por muitos neste mundo, mas agora não é tanto. Mas se for como ele disse, eu posso dizer então que sou um escolhido, pois ele não crê em Jesus. Não demorou muito para eu ver que ele estava errado. Como está escrito em João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” Deus amou e salvou a todos.
Você e eu recebemos a salvação dependendo do nosso coração. Sua salvação depende se você crê no amor de Deus ou não, se você crê que Deus nos salvou com o evangelho da água e do Espírito ou não, se você ama Deus mais do que o diabo ou não, e se você segue a Deus ou não. Assim sendo, podemos ver que a Palavra de Deus é diferente dos conceitos que tínhamos até agora.
Então, do ponto de vista de Deus, Ele já nos salvou de todos os nossos pecados. Agora, temos que fazer a nossa parte e ter fé no Seu amor e na Sua salvação. Aqueles que crêem que o Senhor os salvou pela água e pelo sangue, e que Deus é Luz, Verdade, amor e justiça, serão transformados à imagem Dele. Mas aqueles que gostam mais do diabo e não crêem na verdade serão como ele. Portanto, você tem o privilégio de fazer essa escolha.
Deus disse a Adão para não comer do fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal, e o avisou que ele certamente morreria se fizesse isso. O livro de Gênesis diz que a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal estavam no meio do Jardim do Éden onde Adão e Eva viviam. Adão então só precisava comer o fruto da árvore da vida para viver para sempre. E era isso que Deus queria também.
Deus deu o privilégio da escolha ao homem para fazer de nós Seus verdadeiros filhos. Contudo, Adão acabou comendo o fruto que Deus lhe disse para não comer. Apesar de Satanás ter tentado Adão, a escolha foi dele. Ele mesmo fez sua escolha. Nosso destino muda dependendo das escolhas que fazemos.
E todas as coisas neste mundo são assim também. Nossa vida muda dependendo das escolhas que fazemos. Já que você e eu gostamos e não gostamos de muitas coisas, não fazemos nossas escolhas segundo o desejo do nosso coração? Portanto, tudo dará certo se fizermos coisas boas, e tudo dará errado se fizermos coisas ruins. Tudo depende da nossa escolha; depende da escolha do nosso coração, e não dos nossos atos.
É por isso que eu vejo algumas coisas como algo muito passageiro, como o ano que passou. Um ano passa tão rápido comparado à vida eterna que Deus pôs diante de nós. Depois que este ano acabar virá o outro, e assim sucessivamente. Nós só damos importância ao ano por causa da obra que temos que fazer, mas não há motivo algum para nos preocuparmos com o tempo. Nós comemos, trabalhamos, dormimos hoje, e faremos o mesmo amanhã; nossa vida se repete todos os dias e não há nada diferente nisso. O que resta da nossa vida quando o tempo passa e ela se acaba? Deus nos salvou para sempre do pecado com o evangelho da água e do Espírito. Sendo assim, receber a remissão de pecados crendo neste verdadeiro evangelho é tudo que dá sentido à nossa vida.
 
 

De Quem Depende a Nossa Salvação?

 
A salvação depende da nossa escolha. Eu vou contar para vocês uma experiência que eu tive. Eu tinha pecado antes. Eu nasci numa família muito simples e cresci sob a influência do Budismo que meus pais criam. Um dia então eu entendi que isso estava errado, deixei de crer nessa religião e andei de um lado para o outro antes de encontrar o Cristianismo. Um dia alguém que estava evangelizando me deu um folheto, e depois eu encontrei um livreto bíblico que continha somente os quatro evangelhos. Eu sempre lia este livro quando estava entediado. Houve um tempo que eu não tinha muitos livros para ler.
Eu comecei a ler o evangelho e fiz isso muito rápido, pois ele era fácil de ler. “Livro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão... Abraão gerou...” O capítulo 1 de Mateus descreve a genealogia de Jesus. Eu entendi como Jesus nasceu e como Ele morreu para tirar os pecados de pessoas más como eu. Eu pensei assim então: “Jesus é uma grande pessoa. Ele é tão justo.”
Um dia então eu pensei que estava muito doente e quis morrer, pois eu não queria ser um peso para as outras pessoas. Mas quando eu pensei em morrer, eu lembrei que tinha muitos pecados no meu coração e isso foi um impedimento para mim, mas o desejo de receber a remissão de pecados nasceu em meu coração. Eu então fui a uma igreja que estava vazia e orei: “A Bíblia diz que tu morreste por mim. Eu creio em Ti, então, por favor, apague os pecados que eu cometi.” Assim, meu coração que estava preparado para o fim ganhou uma nova esperança. Uma esperança muito positiva nasceu no meu coração ao invés de algo negativo. Eu vi que minha doença podia ser tratada e comecei a freqüentar a igreja.
Durante os dez anos seguintes, eu continuei minha vida espiritual lendo as Escrituras e crendo em Deus, porém ainda havia pecados no meu coração. Eu achava que tinha sido salvo porque havia aceitado Jesus, mas, na verdade, eu me tornei um verdadeiro pecador porque meus pecados pessoais acumularam. Eu me tornei um verdadeiro pecador depois que aceitei Jesus, como diz a Bíblia: “Pela lei vem o conhecimento do pecado” (Romanos 3:20). Eu passei a pensar assim então: “Eu sou um pecador que adora ídolos, que mata, rouba, adultera e mente.” Por isso, meu coração sempre sofria quando eu pensava assim: “Como é que eu posso purificar este pecado?” e buscava uma resposta.
Mas o Senhor finalmente teve um encontro comigo. Ele me deu a chance de ler a Palavra no evangelho de Mateus 3:13-17, e eu encontrei a paz no meu coração quando li essa Palavra da Verdade. Jesus pôs um fim à minha dúvida sobre o batismo que Ele recebeu. Eu passei a entender a Verdade e disse: “Jesus cumpriu toda a justiça ao ser batizado por João Batista. Ele já levou todos os meus pecados quando foi batizado. A Verdade de Deus é o evangelho da água e do Espírito.” Eu entendi que eu sofria em minha vida por causa do pecado, apesar de Jesus ter vindo como o Salvador e eu crer Nele assim, porque eu não sabia que todos os meus pecados haviam sido transferidos para Ele no Seu batismo. Então eu confessei: “Jesus levou todos os meus pecados ao ser batizado por João Batista, pregado na cruz, ressuscitado ao terceiro dia depois de ter morrido nela, e ao ser tornar meu Salvador e o Salvador de toda humanidade.” Foi assim que eu pude receber a remissão de pecados no coração, crendo na Palavra do evangelho da água e do Espírito.
Nós somos aqueles que realmente querem viver segundo a vontade de Deus e ter uma vida justa. Mas é impossível termos uma vida perfeita segundo a nossa vontade. Aqueles que crêem na Palavra de Deus sabem que todos que pecam contra Ele serão amaldiçoados e irão para o inferno.
Nós éramos filhos do diabo. Mas quando lemos Mateus 3:13-17, vemos que o batismo de Jesus foi como a imposição de mãos no Antigo Testamento, e assim, no Novo Testamento, Ele levou sobre si todos os pecados do homem ao ser batizado por João Batista, o representante da humanidade. Enfim, Jesus é o nosso verdadeiro Salvador, e isso fica bem claro para nós quando entendemos que Ele carregou os pecados do mundo até a cruz, foi pregado sobre ela e ressuscitou três dias após Sua morte. Eu finalmente recebi a remissão de pecados por crer no evangelho da água e do Espírito assim.
Depois que eu recebi a remissão de pecados, eu entendi que meu nascimento, minha vinda a este mundo, meus pecados, tudo tinha a ver com o batismo que Jesus recebeu. Deste modo, Deus e eu não éramos mais seres distantes; eu era um ser que estava em Deus, e vocês também são seres que estão em Deus. Deus já sabia que você e eu iríamos pecar. Por isso, ele apagou todos os nossos pecados com Sua justa salvação. Por causa do Seu infinito amor por nós, Ele apagou todos os nossos pecados com a água e com o sangue. Jesus levou todos os pecados deste mundo sobre si em Seu batismo e derramou Seu sangue na cruz para acabar com toda condenação. Ele nos salvou assim por ter nos amado tanto.
Até hoje, tudo que diz respeito à nossa vida está em Deus. João 3:21 diz: “Mas quem vive de acordo com a verdade vem para a luz, a fim de que se veja claramente que as suas obras são feitas em Deus.” Deus criou toda a humanidade e a enviou a este mundo. Ele fez então com que todos os nossos pecados fossem revelados, nos deu a vida eterna e nos fez Seus filhos nos levando a crer na Verdade da salvação através do Seu Filho Jesus Cristo. Ele fez isso porque muito nos amou. É por isso está escrito na Bíblia que o evangelho da água e do Espírito foi cumprido por Deus conforme Sua Palavra para Ele nos dar a verdadeira e eterna salvação.
Você e eu cometemos pecados na carne depois que nós nascemos nessa terra porque somos descendentes de Adão, mas não importa o que façamos neste mundo, nós fomos salvos por Deus. Nós estamos em Deus ou nitidamente longe Dele? Nós estamos em Deus. Até os monges budistas estão sob a graça da salvação de Deus. Mas eles não buscam a fé, mas ficam apenas batendo no poste de madeira esperando que Buda venha salvá-los.
Jesus Cristo salvou toda humanidade. Jesus é nosso único Salvador. Foi só Jesus Cristo, o Filho de Deus, que salvou você e a mim. As pessoas só podem receber a salvação crendo em Jesus Cristo, em ninguém mais. Eu nasci de novo por crer no evangelho da água e do Espírito.
Embora tenhamos muitas falhas, temos que entender que todo o problema do pecado já foi resolvido por Deus e admitir isso. Apesar de termos uma vida imperfeita, nós temos que entender que Deus já nos salvou do pecado de uma maneira perfeita. E depois de tudo que eu te disse, você ainda acha que nós estamos em Deus quando não temos pecado, mas que não estamos Nele quando pecamos? Não há nada que não esteja debaixo da salvação de Deus. Se os alienígenas que as pessoas tanto buscam encontrar existissem, eles também estariam sob a misericordiosa salvação de Deus. Mas é claro que não existem alienígenas no universo. O que eu quero dizer é que você está em Deus, e não discutir se há alienígenas ou não. Você e eu inegavelmente estamos debaixo da salvação de Deus, quer nós estejamos certos ou errados. Deus nos salvou. Não podemos escapar Dele.
Deus nos diz no evangelho de João, capítulo 3 versículo 16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna?” Deus amou o mundo de tal maneira. Ele amou você e a mim. Deus nos amou mesmo sabendo que seríamos filhos do pecado e purificou nossos pecados através da salvação da água e do Espírito.
Jesus apagou todos os nossos pecados e fez isso para que não fôssemos condenados. Ele fez isso para fazer de nós um povo sem pecado. Foi assim que Deus nos amou. É por isso que você e eu temos que crer que Deus amou o mundo de tal maneira. Nós cremos que estamos em Deus. Vocês crêem que estão em Deus também?
Nós estamos longe de Deus? Não, nós estamos em Deus. Há um ditado que diz: “Uma pulga será sempre uma pulga, por mais alto que ela pule”; e nós somos como a pulga. Mesmo que uma pulga pulasse 100 vezes mais do que pesa, ela conseguiria chegar no espaço sideral? Ela nem conseguiria sair da cidade. A pulga nasce num lugar cercado de muros, jamais consegue escapar deles e morre ali dentro.
Nós temos que pensar de uma maneira geral. Deus sabe tudo sobre você e eu. E se há uma coisa que Ele espera de nós é que O amemos de todo o nosso coração. Para ser bem sincero, eu quero me livrar de um coração que não ama a Deus, de um coração que gosta das trevas e do diabo. Haverá um tempo em que teremos que escolher entre Deus e o diabo; quem iremos escolher então? Nós teremos que escolher entre um destes dois nomes e dizer: “Eu escolho este.” Eu escolho Deus. Nós temos que confessar isso com nossa própria boca.
As boas novas são que Deus realmente nos salvou. Não há mais nada a dizer. Deus amou você e a mim, isso é tudo. E nós temos que receber a remissão de pecados crendo no amor de Deus. Você crê que isso é verdade ou não?
É isso que temos que fazer neste mundo. A obra que nós temos que fazer é anunciar o evangelho pelo qual Deus apagou todos os pecados do mundo porque Ele amou o homem. Nós escolhemos fazer essa obra e não precisamos de mais nada.
O que você que escolheu a Deus e recebeu a remissão de pecados fará para resto da vida? Você vai escolher fazer a obra certa ou a obra errada? Até isso está à sua escolha. Que obra você vai escolher fazer? As pessoas não gostam muito de ouvir a verdade pura e simples, mas Deus requer que elas escolham uma das duas. Ele diz que não há meio termo. Mas é claro que nós vamos escolher a obra que agrada a Deus, não vamos?
Você deve estar se perguntado por que estou fazendo uma pergunta tão óbvia. “Que dificuldade há entre escolher uma destas duas obras? Uma está 100% certa e a outra, 100% errada. Será que precisamos pensar então? É claro que escolheremos a obra que agrada a Deus.” Obviamente, eu sei o que você vai dizer, mas eu estou enfatizando isso porque às vezes as pessoas escolhem o que agrada a sua carne. Deus nos deu a resposta e nos disse o que devemos fazer porque o ser humano é idiota. Ele fez isso porque há pessoas que não têm o melhor em sua vida.
Isso é tão maravilhoso. Eu sou grato por ser alguém que recebeu a remissão de pecados. Até hoje eu não prego outra coisa a não ser o evangelho da água e do Espírito. Não há nada mais a pregar. Outros pegadores falam de coisas literais de uma forma rebuscada, mas eu só falo do evangelho da água e do Espírito, quer viva ou morra, pois não há nada mais importante do que isso. E isso é tudo que Deus nos deu, tudo que devemos fazer. Tudo que você tem que fazer todos os dias é servir ao evangelho da água e do Espírito. Você deve tomar uma decisão firme em seu coração de fazer essa obra, quer viva ou morra.
Você quer fazer outras coisas também? Você quer ouvir os poemas provenientes deste mundo ao invés do evangelho da água e do Espírito? Então eu vou fazer um poema para você. Ele se chama “vazio.”
“O mundo é vazio;
O coração das pessoas é vazio;
Seus pensamentos, seu coração, tudo é vazio.”
E aí, gostou? Você pode usar a palavra ‘vazio’ de todas as formas e escrever um poema. Na verdade, o mundo sem Jesus é vazio.
Jesus Cristo, o Filho de Deus, apagou todos os nossos pecados com a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Sendo assim, nós temos que crer no Filho de Deus como nosso Salvador. Eu quero que vocês desfrutem da liberdade de Deus e preguem Seu amor neste mundo. Eu dou graça a Jesus Cristo por ter nos salvado com Seu amor incondicional, pois eu creio no amor de Deus.