דרשות

Assunto 14: A Primeira Epístola de JOÃO

[Capítulo 5-1] Qual é a Verdade que Nos Liberta de Todos os Nossos Pecados? (1 João 5:1-4)

Qual é a Verdade que Nos Liberta de Todos os Nossos Pecados?
(1 João 5:1-4)
“Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus, e todo aquele que ama o que o gerou também ama ao que dele é nascido. Nisto conhecemos que amamos os filhos de Deus, se amamos a Deus e guardamos os seus mandamentos. Este é o amor de Deus, que guardemos os seus mandamentos. E os seus mandamentos não são penosos, pois todo que é nascido de Deus vence o mundo. Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé.”
 
 
Vamos Refletir Sobre Noé
 
As palavras em Gênesis 6:1-8 dizem o seguinte: “Como os homens começaram a multiplicar-se sobre a terra, e lhes nasceram filhas, viram os filhos de Deus que as filhas dos homens eram formosas, e tomaram para si mulheres de todas que escolheram. Então disse o Senhor: não permanecerá o meu Espírito para sempre com o homem, pois este é mortal; os seus dias serão cento e vinte anos. Havia naqueles dias gigantes na terra, e também depois, quando os filhos de Deus conheceram as filhas dos homens, as quais lhes deram filhos. Estes foram valentes, os homens de renome que houve na antiguidade. Viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra, e que toda a imaginação dos seus pensamentos era má continuamente. Então arrependeu-se o Senhor de ter feito o homem sobre a terra, e isso lhe pesou no coração. Disse o Senhor: destruirei de sobre a face da terra o homem que criei, tanto o homem como o animal, os répteis e as aves do céu; pois me arrependo de os haver feito. Noé, porém, achou graça aos olhos de Deus.”
Essa passagem das Escrituras explica porque Deus teve que julgar as pessoas que viviam nos tempos de Noé. Deus teve que julgar as pessoas daquele tempo porque os filhos de Deus se uniram às filhas dos homens, depois de ter visto a sua beleza. Deus deu uma explicação clara e simples sobre o julgamento das pessoas, que até mesmo um aluno do ensino fundamental poderia entender sem dúvida nenhuma.
Veja que história engraçada. Hoje em dia, mesmo as crianças do jardim de infância têm que fazer algumas tarefas. Antes, até que os alunos chegassem ao primário nenhum trabalho era pedido a eles. Entre as nossas crianças da escola dominical, foi pedido a Ha-min, um aluno do primeiro grau, que fizesse um trabalho. O trabalho era escrever um resumo do conto “A Pequena Vendedora de Fósforos” de Hans Christian Andersen. O menino terminou o trabalho rapidinho, com certa facilidade, e correu para brincar com as outras crianças.
O curioso é que o pai do menino leu o resumo do seu filho. A criança escreveu: “A pequena vendedora de fósforos morreu sem ter conseguido vender nem um fósforo.” Certamente, aquela criança escreveu o resumo correto da história muito conscientemente. Depois de ouvir essa história, eu pensei na simplicidade da mente de uma criança. O resumo simples mas conciso daquela criança parecia engraçado para os adultos.
Se eu mencionar o tempo de Nóe, nós reconheceremos facilmente que esse foi o tempo em que Deus julgou o mundo através do dilúvio e permitiu que apenas Noé e os oito membros da sua família sobrevivessem. A Bíblia diz que o juízo foi trazido a este mundo porque os filhos de Deus tomaram como esposas as filhas dos homens e habitaram com elas.
Naquele tempo, romperam-se todas as fontes do grande abismo, e as janelas dos céus se abriram derramando uma chuva torrencial. Como resultado, as águas prevaleceram excessivamente sobre a terra, e todos os montes, que havia debaixo do céu, foram cobertos (Gênesis 7:11, 19). As pessoas explicam a dilúvio de Noé usando a lei da conservação da física como se segue. A quantidade de água do tempo do dilúvio e de agora é exatamente o mesmo, mas água congelada no Pólo Sul e no Pólo Norte tornou possível que houvesse terra seca. Diferentemente dessa explicação complicada, a verdade de Deus é clara e simples como o resumo do menino que dizia: “A pequena vendedora de fósforos morreu sem ter conseguido vender nem um fósforo.” Deus não teve outra opção a não ser julgar este mundo porque os filhos de Deus tomaram as filhas dos homens para viver com elas, depois de ver a sua beleza.
Durante os dias de Noé, o Senhor Deus viu que a maldade dos homens se multiplicara sobre a terra, e que toda a imaginação dos pensamentos do seu coração era má continuamente (Gênesis 6:5). Seus planos eram maus assim como seus atos. Embora as pessoas sejam más por natureza, sua maldade prevalecia tanto naquele tempo que não havia ninguém que buscasse a Deus, e muito menos alguém que cria em Deus. Tendo visto tudo isso, Deus decidiu varrer a humanidade da face da terra. Deus planejou então o juízo e o executou. Contudo, a Bíblia relata que Noé achou graça aos olhos de Deus (Gênesis 6:8).
As pessoas no tempo de Noé eram todas más aos olhos de Deus. Até mesmo todo o povo de Deus era mal, porque eles faziam coisas que Ele odiava. Por isso, Deus não teve outra escolha a não ser julgar o mundo. Só uma pessoa, Noé, que era uma pessoa justa no seu tempo, recebeu a graça da salvação de Deus. Deus deu a família de Noé a graça da Sua salvação e fez de Noé o ancestral da humanidade no segundo mundo. Deus ainda é o mesmo daquela época.
A passagem de Noé e a passagem das Escrituras que vimos aqui estão intimamente relacionadas. As pessoas no tempo de Noé eram tão más que foram intoleráveis aos olhos de Deus. Seus pensamentos, seus planos, seu coração, e seus atos eram todos maus, sem exceção. E como era esse o caso, Deus não tinha outra opção a não ser julgar a humanidade.
Essa não é uma história que está limitada ao tempo de Noé. As pessoas de hoje têm pensamentos, planos, coração, e atos malignos e cheios de pecado. Essa geração não está caminhando menos em direção ao juízo de Deus do que as pessoas do tempo de Noé.
Nos dias de Noé, a corrupção dos filhos de Deus trouxe o juízo ao mundo. Como os filhos de Deus se sairiam hoje em dia? As pessoas hoje cometem os mesmos pecados que as pessoas nos dias de Noé cometiam. Não. Nossos pecados podem até parecer piores mas nunca menores. No entanto, a passagem aqui diz: “pois todo que é nascido de Deus vence o mundo. Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (1 João 5:4). O Apóstolo João está falando da fé que vence o mundo. A passagem das Escrituras que vimos aqui nos ensina como podemos receber nossa salvação através da remissão de pecados e como podemos vencer o mundo.
Nós freqüentemente ouvimos que o mundo está ficando maligno demais, sendo mais e mais tolerante com a maldade que há nele. Vemos muitas histórias bizarras nos noticiários que nos fazem pensar quando essa maldade terá fim. Entre as pessoas que gostam da troca de casais, há muitos profissionais como médicos, advogados, e até pastores. Essas pessoas são educadas num status social relativamente alto. Elas são a elite mas possuem uma certa preocupação financeira. Essas pessoas, que deveriam ter uma grande consideração pela moral, estão organizando clubes para a troca de casais.
A Bíblia relata que as pessoas de Sodoma e Gomorra nos tempos de Abraão cometiam o mesmo pecado com aqueles que passavam pelas suas cidades, não importa se eles fossem homens ou mulheres. Vendo essa atual troca de casais ou o pecado do homossexualismo descrito em Romanos 1:26-27, nós podemos ver que os pecados deste mundo não mudaram muito desde o passado.
Nestes dias, alunos do ensino médio estão admirando os homossexuais. Como se tornou de conhecimento de todos que um ator muito famoso era homossexual, muitos jovens foram infectados com a doença da admiração do homossexualismo. Na verdade, o homossexualismo esteve presente ao longo de toda a história. Nós só não falaremos abertamente sobre isso agora. Hoje em dia, o homossexualismo tem surgido à tona diariamente, chamando nossa atenção, simplesmente porque o mundo se tornou mais tolerante ao pecado do que antes. Eu ouvi dizer que alguns estados dos EUA passaram a permitir o casamento legal entre homossexuais. Uma vez, eu também li um artigo sobre o casamento entre dois homossexuais. Todavia, o grande problema é que não é um pequeno grupo seleto de pessoas, mas a maioria das pessoas que está sendo influenciada hoje pelo pecado que tem dominado a sociedade.
Eu acho que deve haver alguns poucos irmãos nossos no mundo inteiro, que receberam a remissão dos seus pecados através da nossa literatura cristã, que têm essa prática pecaminosa em suas vidas. Algumas pessoas são simplesmente gays ou lésbicas. Mas elas podem mudar seus próprios hábitos? É claro, se uma pessoa se dedicar à obra de Deus fazendo parte da Igreja de Deus depois de receber a remissão de pecados através da fé no evangelho da água e do Espírito, o Espírito Santo controlará seu coração, e então, como resultado, ela poderá vencer todos os pecados, como o homossexualismo. Basicamente, a única maneira de vencer esses pecados é crer no evangelho da água e do Espírito e participar do ministério de Deus.
Numa palavra, porque todos nasceram em pecado, ninguém pode mudar seus hábitos pecaminosos. Não importa qual seja o pecado, se uma pessoa tem o hábito de cometer um pecado em particular, é difícil escapar desse pecado. Além disso, a mudança de hormônios desde o nascimento não é algo que possamos controlar. Contudo, a Bíblia afirma que só existe uma maneira de vencer esses pecados.
 
 

Que Tipo de Fé nos Capacita a Vencer os Nossos Próprios Pecados

 
A passagem das Escrituras que vimos aqui diz: “Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (1 João 5:4).
Então, que tipo de fé o Apóstolo João professou quando ele disse que venceria o mundo? O Apóstolo João está dizendo que nós podemos vencer as nossas fraquezas e as armadilhas de Satanás através da nossa fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito. A passagem das Escrituras que vimos aqui nos fala sobre a fé que vence os pecados do mundo. É algo natural que todos cometam pecados. Pode ser que haja homossexuais entre nós; gays ou lésbicas. Em outras palavras, pode haver entre nós aqueles cometem o pecado da homossexualidade porque suas secreções hormonais são anormais. A homossexualidade é afetada pelas mudanças hormonais. Através das mudanças anormais, alguns dos nossos irmãos podem desejar outros homens ao invés de mulheres, e também algumas das nossas irmãs podem desejar outras mulheres ao invés de homens.
Como é que alguém pode vencer até mesmo esses pecados, que são cometidos por causa de uma disfunção do organismo? Nós podemos vencer definitivamente esses pecados recebendo a remissão dos nossos pecados através da nossa fé em Jesus Cristo, que veio pelo evangelho da água e do Espírito. O que nós sabemos é que o evangelho da água e do Espírito é poderoso o bastante para vencer o mundo.
A questão inicial é: “Como podemos vencer as poderosas ondas que trazem muitos pecados deste mundo?” Eu só sei que morreremos sufocados com os pecados, incapazes de vencer todos esses pecados, a não ser que tenhamos uma fé poderosa na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Nossa carne só com sua própria vontade não pode vencer as ondas do pecado. A não ser que alguém morra para os desejos da carne, ele não poderá vencer os pecados do mundo.
Os seres humanos são pecadores que cometem o pecado da luxúria. Para vencer esses pecados, a pessoa tem que crer no evangelho da água e do Espírito e ser liberto dos desejos da carne. Na nossa fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito, nós somos capazes de nos libertar dos nossos desejos carnais. Uma vez sendo libertos dos nossos desejos carnais, nós podemos começar finalmente a viver uma vida justa.
Algumas religiões, como o Budismo, ensinam que a libertação dos desejos carnais reside na morte da própria carne. Porém, se alguém morrer na sua carne sem antes ter conhecido o evangelho da água e do Espírito, tudo isso era em vão.
Até mesmo se uma pessoa quiser escapar dos hábitos pecaminosos do seu coração, ela será incapaz de fazer isso sem o conhecimento da Verdade do evangelho da água e do Espírito. Algumas pessoas religiosas podem até dizer que conseguiram fugir dos seus desejos carnais com sucesso, mas não há uma pessoa sequer que tenha conseguido isso sem ter morrido na sua carne ou então entendido o evangelho da água e do Espírito.
Eu assisti numa rede de televisão budista uma monja que ensinava o Budismo e compartilhava o que ela entendia sobre a religião. Embora ela tenha lido muitos livros do Budismo e se encontrado com vários monges tendo um ensinamento pessoal, ela admitiu que podia viver apenas segundo seus hábitos e não segundo esses ensinamentos, porque ela os havia esquecido.
Por esse motivo, ela desejava se libertar dela mesma, e achava um inferno viver como ela mesma, porque ela não tinha como escapar da doutrina budista da transmigração. No final, ela concluiu que a única maneira de escapar dos seus desejos carnais era passando dessa vida. Até mesmo essa monja entendeu que não há como alguém escapar dos seus hábitos pecaminosos a não ser através da sua própria morte.
Entretanto, nós, os crentes na Verdade do evangelho da água e do Espírito, somos o próprio povo de Deus que pode vencer o mundo crendo que Jesus recebeu o batismo de João Batista e derramou Seu precioso sangue na Cruz.
Isso não quer dizer que não vamos cometer pecados. Ao contrário, nós continuaremos a cometer pecados. Se alguém continua pecando todos os dias, como é que ele pode vencer os pecados do mundo? Se não conhecemos bem a profundidade da Verdade do evangelho da água e do Espírito, não podemos vencer nem o mundo nem Satanás.
Como é que podemos escapar dos hábitos pecaminosos da nossa carne sozinhos? Não importa que tipo de treinamento recebamos, isso é uma tarefa impossível. Alguém fica livre dos seus pecados somente através da fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Portanto, nós temos que conhecer mais profundamente a Verdade da purificação do pecado, que está no evangelho da água e do Espírito. Nós temos que reexaminar esse evangelho novamente. E mais uma vez, nós temos que crer e meditar nesse poderoso evangelho do fundo do nosso coração.
Para nos fortalecermos na graça que há em Cristo Jesus (2 Timóteo 2:1), primeiro temos que aplicar a Lei de Deus em nós mesmos para que possamos entender quão graves são os nossos pecados. Somente depois de entendermos que somos grandes pecadores diante de Deus aplicando a Lei em nós mesmos, nós veremos a urgente necessidade da fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito.
Se nós olharmos na Bíblia, ela nos fala da Lei. Não há nada de errado com a Lei. Nós podemos até pensar que seria bom vivermos segundo a Lei. Nós podemos até imaginar que poderíamos viver segundo a Lei se nos esforçássemos bastante apenas. Porém, a realidade é que ninguém pode viver segundo a Lei, já que estamos habituados a pecar.
Alguns momentos atrás, nós ouvimos o testemunho de uma de nossas irmãs. Essa irmã disse: “Eu pensava que eu era uma boa pessoa. Mas depois que eu ouvi o evangelho da água e do Espírito, eu reconheci que eu era a pior das pecadoras. E por isso, o que há de mais precioso para mim é que eu encontrei o meu Senhor, que anulou todos os meus pecados.” É isso mesmo. Sem a Verdade do evangelho da água e do Espírito, as pessoas não podem vencer seus pecados habituais.
Vamos voltar para 1 João 5:1: “Todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus, e todo aquele que ama o que o gerou também ama ao que dele é nascido.” Esse único versículo tem dois significados.
Primeiro, ele diz todo aquele, que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus. Jesus é realmente Deus, mas Ele veio a este mundo para desempenhar três funções em particular. O nome Jesus significa o Salvador. Jesus Cristo se tornou o nosso Salvador ao completar o evangelho da água e do Espírito desempenhando as Suas três funções: a função de Sumo Sacerdote, de Profeta, e de Rei.
Jesus é o Rei dos reis. Ele é o Deus Todo Poderoso e também o Sumo Sacerdote celestial. Jesus assumiu um corpo humano temporariamente e veio a este mundo para receber o batismo de João Batista, que transferiu os pecados do mundo para o Seu corpo. Então, Ele morreu na Cruz e ressuscitou dos mortos através da Sua justiça e poder, e concedeu a nós, os crentes, a remissão de pecados de uma vez por todas. Essa é a Verdade sobre o nascer de novo através da fé no evangelho da água e do Espírito. As pessoas, que crêem nessa Verdade, já venceram todos os seus pecados.
 
 

Você Também Deve Conhecer e Crer na Verdade do Evangelho da Água e do Espírito

 
1 João 5:20 nos diz que Jesus é o Filho de Deus e o verdadeiro Deus, que nos deu a vida eterna. Por isso, aqueles, que são incapazes de crer em Jesus como Deus, não podem conhecer a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Mas, infelizmente, há muitos cristãos que conhecem Jesus apenas como o Filho de Deus sem conhecê-Lo como o próprio Deus.
Eles não consideram Jesus como verdadeiro Deus que tem o mesmo status de Deus Pai. Assim, quando as pessoas ouvem que Jesus recebeu o batismo e morreu na Cruz, elas respondem a isso emocionalmente com simples gratidão e não conseguem apreciar a magnitude desses eventos. Se conhecemos a verdade que Jesus é o próprio Deus, nós podemos crer realmente em todos os atos de justiça (Romanos 5:18) que Ele realizou para remissão dos nossos pecados.
Porque Jesus, o verdadeiro Deus, é o Cordeiro de Deus que tirou o pecado do mundo, nós podemos crer no batismo que Ele recebeu de João Batista e no Seu sangue, que foi derramado na Cruz. O fato de Jesus ter ressuscitado dos mortos também foi possível porque Jesus, o verdadeiro Deus, levou nossos pecados sobre Si.
Nós temos que saber e crer que Jesus é realmente nosso verdadeiro Deus Salvador, que por algum tempo assumiu a forma humana. Portanto, se nós formos crer, não podemos desprezar Jesus Cristo em Sua essência. Temos que conhecer muito bem a Jesus Cristo, que é o verdadeiro Deus. Então, nós poderemos crer em tudo que Ele fez por nós. As pessoas podem crer somente naquilo que elas conhecem. Por isso, o Apóstolo Paulo disse em 1 João 5:1 que “todo aquele que crê que Jesus é o Cristo, é nascido de Deus.”
Nesse versículo, o nome Cristo quer dizer “O Príncipe Messias” que foi ungido com óleo (Daniel 9:24-26). Jesus é o Rei dos reis. Ele também é o Deus Criador de todo o universo. Além disso, Jesus Cristo é também o Sumo Sacerdote celestial, que livrou toda a humanidade dos pecados do mundo.
Jesus Cristo é o Filho de Deus e o Senhor deste mundo, que Ele criou. Porém, para nos livrar dos nossos pecados, Jesus temporariamente deixou a glória dos Céus e veio a este mundo no corpo de um homem. Ele levou nossos pecados sobre Si de uma vez por todas através do batismo de João Batista e morreu na Cruz, derramando Seu precioso sangue por nós. Jesus se tornou o absoluto Salvador dos crentes ao ressuscitar dentre os mortos. Por isso, Jesus é o Salvador de todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito.
Jesus também é o Sumo Sacerdote celestial. Um sumo sacerdote oferecia sacrifico de acordo com o sistema sacrificial para apagar todos os pecados do seu povo. No entanto, os sacrifícios dos sumo sacerdotes nunca puderam aperfeiçoar os que se chegavam ao culto (Hebreus 10:1). Todavia, nós fomos santificados de uma vez por todas por crermos no sacrifício eterno que Jesus Cristo, o Sumo Sacerdote celestial, ofereceu com Seu próprio corpo (Hebreus 10:10).
Sendo assim, Jesus Cristo é o Caminho, a Verdade, e a Vida para todos nós. Jesus Cristo nos ensinou que a única Verdade é que nos leva à vida eterna. Além disso, Jesus Cristo é o verdadeiro Filho de Deus, o Sumo Sacerdote celestial, e o Salvador, que nos mostrou o caminho para a remissão de pecados.
Jesus veio a este mundo como Deus, o Filho de Deus, nosso Salvador, Sumo Sacerdote, Profeta, e Rei dos Reis. Jesus Cristo é o verdadeiro Deus, que nos livrou de todos os nossos pecados através da água, do sangue, e do Espírito Santo (1 João 5:8). Nosso Senhor nos libertou de todos os nossos pecados de uma vez por todas através da Verdade do evangelho da água e do Espírito.
Meus amados irmãos, não é certo dizer que a Verdade do evangelho da água e do Espírito pode fazer você nascer de novo? Nós temos certeza que o batismo de Jesus, Seu sangue na Cruz, e Sua ressurreição dentre os mortos foram todos para cumprir o propósito da remissão dos nossos pecados. Todo aquele que crê nessa Verdade passa pela experiência de nascer de novo e de receber a remissão dos seus pecados. Nós recebemos a remissão dos nos nossos pecados através da nossa fé na Palavra do evangelho da água e do Espírito. Nós também recebemos o Espírito Santo como um dom, quando Deus reconhece nossa fé. Agora, nós nascemos de novo através da nossa fé no evangelho da água e do Espírito.
Aqueles entre nós que nasceram de novo crêem que Jesus é Deus e ao mesmo tempo o Filho de Deus. Deus Pai enviou Seu Filho a este mundo. Se nós dizemos que amamos a Deus Pai, também devemos amar a Jesus Cristo que é de Deus.
Há muitos versículos em 1 João que declaram que Jesus é Deus. Você reconhece e crê que Jesus é Deus? Nós cremos que Deus é o nosso Salvador. Eu espero que você tenha esse tipo de fé. Essa fé crê em Jesus como o próprio Deus. Jesus é o Deus Criador, que criou o universo e tudo que nele há. Jesus Cristo junto com Deus Pai e o Espírito Santo criou todas as coisas. Deus Pai, Deus Filho, e o Espírito Santo são todos igualmente Deus para nós. O Deus Triuno nos criou, nos livrou de todos os nossos pecados, e nos deu a vida eterna.
Você reconhece e crê que Jesus é o nosso Deus e o seu Senhor? Para seguirmos a Jesus como nosso Senhor e Salvador, nós temos que crer na Verdade imutável do evangelho da água e do Espírito e também no fato de que Jesus é Deus. Tudo que está além dessa Verdade não passa de um mero conceito de um dogma religioso.
“Jesus é Deus. Ele é ao mesmo tempo o Filho de Deus e o próprio Deus. Por ser o Criador do universo, foi Jesus Cristo que pronunciou a palavra “haja” no Gênesis. Jesus criou todo o universo junto com o Pai e com o Espírito Santo. Jesus é o nosso Deus. E Jesus é o nosso Deus Salvador.” Conhecer essa Verdade corretamente é um pré-requisito para ter a fé correta. Você não tem como não crer em todas as palavras relatadas na Bíblia, se você não crer na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Aqueles que crêem que Jesus é realmente Deus crêem também em cada palavra que Ele nos disse.
Meus amados cristãos, vocês agora crêem que Jesus é Deus? Os que dentre vocês ainda não crêem nessa verdade devem mudar a atitude do seu coração e começar a crer que Jesus é realmente Deus.
Hoje em dia, cristãos em todo o mundo reconhecem que Jesus é o Filho de Deus mas não têm o conhecimento de que Jesus é o verdadeiro Deus. Por causa dessa falta de conhecimento, eles ainda não encontraram o verdadeiro evangelho da água e do Espírito. Aquele que não consegue crer que Jesus Cristo é realmente Deus está cometendo um grande pecado contra Deus.
O Apóstolo João disse em 1 João 5:20: “Este [Jesus Cristo] é o verdadeiro Deus e a vida eterna.” Deus é luz e nEle não há trevas nenhumas. Essa Luz se refere a Jesus Cristo (João 1:9-10).
Existe alguém entre vocês que vê a Deus com seus próprios olhos? Não há ninguém assim. Apesar disso, nós podemos dizer que sabemos quem é Deus e que O vimos, porque nós vemos a Deus através de Jesus Cristo, que veio a nós pelo evangelho da água e do Espírito. Jesus é Deus. Jesus Cristo, nosso verdadeiro Deus, é um Deus incapaz de mentir. Se nós cremos que Jesus Cristo é Deus, nós passamos a crer no batismo e no sangue de Jesus na Cruz, que veio a este mundo pelo evangelho da água e do Espírito, para nossa própria salvação.
Jesus é Deus. Ele é o verdadeiro Deus e a vida eterna. Meu desejo é que não haja uma pessoa sequer entre nós que não consiga crer na Verdade do evangelho da água e do Espírito por causa da sua falta de fé no divino Jesus. Eu não sei se eu estou sendo eloqüente com vocês ou não, eu só estou reiterando essa verdade com a intenção de plantar em vocês uma fé apurada que confessa verdadeiramente a Jesus como nosso Deus e Salvador.
Quando clamamos a Jesus, nós O chamamos de nosso Senhor e Salvador. Nós O chamamos por esses títulos porque Ele é o verdadeiro Deus e o Salvador, que nos livrou de todos os nossos pecados. Eu desejo e oro em nome de Jesus que vocês tenham essa fé nitidamente em seu coração.
Eu tenho certeza que há muitos dos nossos irmãos no mundo inteiro que estão desesperados em seu coração porque em sua fraqueza pecam todos os dias. Contudo, meu desejo é que vocês se lembrem que nós temos a fé no evangelho da água e do Espírito que venceu totalmente este mundo. Nossa fé é a fé na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Se cremos no evangelho da água e do Espírito e somos, então, nascidos de Deus, nós podemos com certeza vencer este mundo.
Nós vencermos este mundo significa o mesmo que sermos livres do pecado. Ser livre do pecado não quer dizer que temos um passe livre para pecar quando quisermos. Independente de quem seja nossos adversários, se quisermos vencer a batalha contra as trevas, nós temos que nos tornar crentes na Verdade do evangelho da água e do Espírito. A verdade fé que nós temos que confessar para nossa verdadeira salvação é a fé no evangelho da água e do Espírito.
 
 
Nós Temos que Saber Quantos Pecados Nós Cometemos
 
Quantos pecados nós cometemos durante as 24 horas do dia? Nós cometemos pecado a todo o momento, isto é, a cada minuto e a cada segundo. Ninguém pode dizer diante de Deus que não tem pecado. Isso é verdade, não é?
Se estamos cometendo tantos pecados contra Deus, o que acontecerá conosco no futuro? Se nós somos pecadores diante de Deus, devemos receber a punição segundo nossos pecados. Todo aquele que tem pecado em seu coração deve ser amaldiçoado e receber a condenação eterna. O estatuto de Deus declara em Romanos 6:23 que “o salário do pecado é a morte, mas do dom gratuito de Deus é a vida eterna, em Cristo Jesus nosso Senhor.”
Deus disse que o salário do pecado é a morte. Entretanto, Deus nos deu a remissão dos nossos pecados e a vida eterna através de Jesus Cristo.
Contudo, nós temos que reconhecer que nós estávamos condenados ao inferno por causa dos pecados que cometemos antes de conhecer o evangelho da água e do Espírito. Temos que admitir não somente nossos atos pecaminosos, mas os doze tipos de pecado que herdamos dos nossos pais (Marcos 7:20-23), e também temos que morrer para os nossos pecados. Nós estávamos destinados à maldição e à condenação eterna no fogo do inferno por causa desses pecados e iniqüidades. Meus amados cristãos, vocês reconhecem que esse era o destino de vocês?
Se vocês e eu tivéssemos nem que fosse uma mínima mancha de pecado, nós pereceríamos por causa desse pecado. Nós éramos pessoas que estavam destinadas ao inferno e à condenação por causa dos nossos pecados. Todavia, foi algo maravilhoso nosso Senhor nos ter concedido a remissão dos nossos pecados. É uma verdade maravilhosa que Jesus veio a este mundo e recebeu o batismo de João Batista para levar sobre Si todos os nossos pecados. Como e quando Jesus levou os pecados da humanidade sobre Si? Se eu pedisse para alguém escrever em detalhes a resposta para essa pergunta, muito poucos cristãos seriam capazes de escrever a resposta certa. Alguns deles poderiam escrever: “Nossos pecados foram apagados na Cruz.” No entanto, Jesus levou os pecados deste mundo no momento em que Ele recebeu os pecados de João Batista. Jesus, nosso Salvador, é o Sumo Sacerdote celestial que transferiu os pecados do mundo para o Seu próprio corpo.
Meus amados cristãos, muitas pessoas vivem neste mundo cometendo inúmeros pecados contra Deus. Como nós podemos então ser limpos de todos os nossos pecados e ficarmos mais alvos que a neve? Nossos cooperadores e o povo de Deus, que estão no mundo inteiro, geralmente cometem pecados apesar de todo o seu esforço para levar uma vida justa. Como então podemos vencer os nossos pecados diários, isto é, os nossos pecados pessoais?
1 João 5:4-8 nos fala sobre a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Nosso Senhor chamou a fé no evangelho da água e do Espírito de verdadeira fé – a fé que confessa que Jesus Cristo, o verdadeiro Deus, veio a este mundo, levou sobre Si os pecados deste mundo de uma vez por todas ao receber o batismo, morreu crucificado na Cruz, e ressuscitou dentre os mortos.
Nosso coração foi limpo de todos os nossos pecados, e se tornou mais leve do que um pena através da fé na Verdade que veio a nós pelo evangelho da água e do Espírito. Nós fomos libertos de todo o peso dos nossos pecados porque Jesus os levou sobre Si com o batismo que Ele recebeu. Já que nós somos livres, nós agora podemos fazer a vontade de Deus, tentando viver para Ele. Agora, nós podemos vencer o mundo, não sendo vitimas das acusações de Satanás, o diabo.
Eu disse que todos os servos de Deus e nossos irmãos em Cristo no mundo todo podem ceder aos hábitos pecaminosos de vez em quando. Todavia, culpar a nós mesmos não resolverá o problema.
Quando caímos em pecado, nós devemos olhar não para nós mesmos mas para Jesus Cristo, “o autor e consumador da nossa fé” (Hebreus 12:2). Nosso Senhor Jesus Cristo veio a este mundo e levou sobre Si os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito. Ele purificou nossos pecados completamente. Lembrar desse fato nos ajudará a vencer nossas próprias fraquezas. Quando nós voltamos a pecar por causa das nossas fraquezas depois de termos sido libertos dos nossos pecados, nós temos que confessar nossos pecados ao nosso Senhor, e então crer no evangelho da água e do Espírito para vencermos esses pecados.
Nós devemos confessar nossa fé junto com nossa natureza pecaminosa: “Deus, embora eu tenha recebido a remissão de todos os meus pecados através da fé no evangelho da água e do Espírito, eu pequei de novo hoje. Eu pequei novamente diante da Sua justa Palavra. Eu sou um ser que não tenho como evitar de pecar todos os dias. Entretanto, eu creio em Ti, meu Senhor. Eu creio que Tu me concedeste a remissão de pecados através do evangelho da água e do Espírito.”
Nós devemos confessar os nossos pecados e confirmar a Palavra da Verdade de Deus que nosso Senhor apagou todos os nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito. Se fizermos isso, o peso do pecado em nosso coração será tirado e nós teremos uma nova esperança. Se confirmarmos que todos os pecados do nosso coração já foram transferidos a Jesus, será confirmado em nosso coração a remissão dos nossos pecados e nós poderemos fazer a vontade de Deus com toda alegria.
Eu digo a vocês que o evangelho da água e do Espírito é o único poder para vencer o mundo. A não ser que creiamos no evangelho da água e do Espírito, não há outra maneira de nós vencermos o mundo. Sem crer nesse verdadeiro evangelho, não podemos vencer nem a satanás, o diabo, nem a nós mesmos. Nosso Senhor nos libertou através do evangelho da água e do Espírito, porque éramos incapazes de vencer os costumes deste mundo e os desejos da carne. Nosso Senhor não nos recomenda vencermos o mundo por nós mesmos. Ao contrário, Ele nos diz que Ele mesmo lutou contra o mundo e o venceu, dizendo: “Eu venci o mundo” (João 16:33). O que nós temos que entender é que Deus nos falou palavras de vitória.
Nosso Senhor nos manda olhar para a Verdade do evangelho da água e do Espírito através da Verdade que Ele levou sobre Si os nossos pecados, anulou todos eles, e nos concedeu a remissão dos nossos pecados. Ele nos advertiu que ficássemos firmes na presença de Deus e fôssemos gratos a Ele com a nossa fé na Verdade.
Nós não devemos dizer: “veni, vidi, vici” – “vim, vi, e venci” – como disse Júlio César. Nós não vencemos as nossas batalhas pela nossa própria força. Nosso Senhor não nos manda fazer assim. Ele somente nos diz para crermos no Seu amor que é revelado através do evangelho da água e do Espírito. O Senhor nos diz apenas para crermos que Ele nos libertou de todos os nossos pecados, nos adotando como Seus próprios filhos, e fazendo de nós Seus obreiros. Ele sabe que somos deficientes, mas nos fez perfeitos através do evangelho da água e do Espírito.
Nós temos que confirmar as bênçãos da graça e o dom da salvação que Deus nos concedeu. A através da nossa fé, nós devemos vencer o mundo. Temos que chegar diante de Deus pela nossa fé no Seu amor. Da mesma forma, Ele nos adverte a vivermos uma vida de fé na mais brilhante das luzes, dando glória a Deus. Eu creio que o que Deus nos mandou fazer neste mundo foram as obras de justiça.
 
 
Nós Amamos Nossos Irmãos que Vivem no Mundo Inteiro
 
Eu fico curioso para saber como nossos irmãos no mundo inteiro têm sido alimentados espiritualmente pelas nossas literaturas cristãs. Para serem alimentados espiritualmente, eles primeiro precisam entender o significa literal das palavras da Bíblia. Somente então eles poderão compreender o significado espiritual. Se você fala espiritualmente sobre a graça de Deus antes de conhecer realmente o que a passagem das Escrituras diz, isso não vai passar de teoria. Se nós ouvirmos a Palavra de Deus sem termos fé no evangelho da água e do Espírito, o resultado não pode ser bom.
Nossa fé deve ser aquela onde há harmonia entre nosso intelecto, emoções, e vontade. Assim então, nós entenderemos corretamente, nós sentiremos corretamente, e nós agiremos corretamente. Nós temos que entender corretamente a fim de discernir o que está certo ou errado em nossas emoções. Isso vai determinar nossa postura adequada diante de Deus. Nós precisamos da fé que é edificada com intelecto, emoção, e vontade corretos. Vocês, os crentes no evangelho da água e do Espírito em todo o mundo, devem não somente anunciar o evangelho, mas examinar a si mesmos primeiro para ver se vocês crêem nesse lindo evangelho corretamente.
Nós temos que confessar com toda a honestidade diante de Deus que nós somos seres que não têm como evitar de pecar todos os dias por causa da nossa fraqueza. E por isso, temos que transferir todos os nossos pecados a Jesus reafirmando a Palavra do evangelho da água e do Espírito. Ao fazermos isso, podemos ficar firmes novamente e continuar nossa caminhada de fé sem cessar.
Meu desejo é que a verdadeira fé possa encontrar lugar em você também. A passagem das Escrituras que vimos aqui diz: “Pois todo que é nascido de Deus vence o mundo. Esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé” (1 João 5:4).
Eu desejo ardentemente que você tenha a fé que vence este mundo. Para conseguirmos isso, temos primeiro que ouvir e aprender a Verdade sobre o evangelho. Então, a verdadeira fé estará em nós. A verdadeira fé não vem de meras emoções mas da própria Verdade. Nosso Senhor disse: “Então conhecereis a verdade e a verdade vos libertará” (João 8:32). Você tem que crer na grande Verdade para crer nessa Verdade. Como nós poderemos crer na Verdade do evangelho da água e do Espírito se não a conhecemos? Como pode a emoção surgir do nada?
Eu gostaria de concluir a mensagem de hoje dando graças mais uma vez pelo fato de que a fé para vencer o mundo está no evangelho da água e do Espírito.