Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 4-11] (João 4:46-54) A Verdadeira Fé de um Pai que Salvou Seu Filho

(João 4:46-54)
“Uma vez mais Jesus foi a Caná da Galiléia, onde transformara a água em vinho. E havia ali um oficial do rei, cujo filho estava doente em Cafarnaum. Ouvindo este homem que Jesus tinha chegado à Galiléia, foi ter com ele, e rogou-lhe que descesse e curasse o seu filho, que estava à morte. Jesus lhe disse: Se não virdes sinais miraculosos e prodígios, de modo nenhum crereis. Disse o oficial: Senhor, desce, antes que meu filho morra. Respondeu Jesus: Vai, o teu filho vive. O homem creu na palavra de Jesus, e partiu. Enquanto ele estava a caminho, saíram-lhe ao encontro os seus servos, e anunciaram que seu filho vivia. Perguntando ele a que hora seu filho se achara melhor, disseram: Ontem à sétima hora a febre o deixou. Então o pai entendeu ser essa exatamente a hora em que Jesus lhe disse: Teu filho vive. De modo que creu ele e toda a sua casa. Foi este o segundo sinal miraculoso que Jesus fez, depois de vir da Judéia para a Galiléia”.
 
 
O que há na Palavra de Deus e que devemos crer ao longo da nossa caminhada espiritual? Nós temos que viver pela fé e crer no evangelho da água e do Espírito. Nós temos que levar uma vida fé para que as almas perdidas sejam salvas de todos os seus pecados crendo na justiça de Deus, não para os nossos desejos carnais. Nós temos que levar uma vida de fé para que o Reino de Deus venha a se expandir. E também temos que viver pela fé para que outras pessoas sejam salvas, não apenas nossa alma.
A passagem bíblica deste capítulo começa assim: “Uma vez mais Jesus foi a Caná da Galiléia, onde transformara a água em vinho” (João 4:46). Caná foi a cidade em que Jesus fez Seu primeiro milagre, que foi transformar água em vinho. Havia em Cafarnaum um oficial do rei cujo filho estava doente. E ao ouvir que Jesus tinha ido da Judéia para a Galiléia, ele O procurou e lhe pediu: “Venha comigo e cure meu filho”, pois seu filho estava morrendo enfermo.
E este homem que pediu ajuda a Jesus era alguém que ocupava uma posição de muito prestígio. Ele era oficial do rei, mas ao ouvir que Jesus tinha chegado à região da Galiléia, ele O procurou para que curasse a enfermidade do seu filho. Ele procurou Jesus então e Lhe pediu que fosse com ele para curar seu filho. Entretanto, Jesus rejeitou vêementemente seu pedido dizendo a ele: “Se não virdes sinais miraculosos e prodígios, de modo nenhum crereis”. Mas o oficial lhe implorou e disse: “Senhor, desce, antes que meu filho morra”. Jesus então lhe respondeu: “Vai, o teu filho vive” (João 4:48-50). O oficial creu na palavra de Jesus e quando voltava para casa seus servos o encontraram e lhe deram a boa notícia de que seu filho havia sido curado. Seus servos lhe disseram que seu filho começou a melhorar no dia anterior por volta das 7 da manhã. O ponto central da passagem bíblica acima é o fato de o oficial e os membros de sua família terem crido em Jesus depois que Ele realizou este milagre.
A passagem bíblica deste capítulo nos fala sobre como nós devemos crer na Palavra de Deus e levar uma vida de fé. Jesus disse ao oficial do rei quando ele lhe pediu para curar seu filho: “Se não virdes sinais miraculosos e prodígios, de modo nenhum crereis”. Jesus conhecia bem o coração incrédulo das pessoas daquela época. Elas só acreditavam quando viam algo miraculoso diante dos seus olhos. O Senhor detestava isso.
É fácil cremos na Palavra de Deus e O seguirmos quando temos a prova de que nossa situação mudou, mas a Palavra de Deus nos diz que é errado levarmos uma vida de fé assim. O Senhor está nos dizendo que uma vida de fé correta é crer na Palavra de Deus e andar de acordo com ela. Melhor dizendo, embora não haja prova alguma em nossa vida, se a Palavra de Deus diz algo, temos que crer que isso se cumprirá como está escrito.
Por exemplo, a Bíblia diz isso sobre a oração: “Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á” (Mateus 7:7). Esse versículo nos mostra que é Deus quem nos ajuda em nossa vida diária e responde todas as nossas orações. Diz aqui que nosso Deus trabalha conosco e nos protege; Ele responde nossas orações, cuida dos nossos problemas, guarda nossa mente e nossos pensamentos, e conduz cada passo que damos por um caminho reto. Crer nisso é viver pela fé.
Seria egoísmo da nossa parte crer no Senhor e segui-Lo só porque Ele fez algo por nós. Aqueles que de fato querem viver pela fé na Palavra de Deus não vivem para sua própria carne. Eles crêem na Palavra e a seguem por terem fé em Deus. Os que seguem a justiça de Deus buscam Seu Reino e Sua justiça em primeiro lugar. Aqueles que têm Deus no centro do seu coração crêem na Sua Palavra, confiam nela e vivem pela fé.
 
 
Busquem a Justiça de Deus em Primeiro Lugar
 
O Senhor disse: “Mas buscai primeiro o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33). Está escrito aqui que o objetivo da nossa vida depois de recebermos a remissão de pecados é buscarmos em primeiro lugar a justiça de Deus. Vamos procurar cumpriu o objetivo da nossa vida então fazendo a vontade de Deus e dedicá-la a isso. O que eu estou dizendo é que devemos nos esforçar ao máximo para fazermos a vontade de Deus após recebermos a remissão de pecados por crermos em Jesus e no evangelho da água e do Espírito.
Todavia, se quisermos apenas prosperar materialmente, nossa vida de fé será carnal, e não uma vida espiritual correta. Para ser sincero, é errado dizer: “Você terá riquezas materiais se crer em Jesus, se for para a igreja e levar uma vida de fé. Você será muito feliz se for para a igreja. Os casais serão mais felizes. Você será abençoada se freqüentar a igreja”.
Quando nós pregamos o evangelho da água e do Espírito para as outras pessoas, o desejo da nossa vida espiritual é que elas recebam a mesma remissão de pecados que recebemos. Aí então, nós as ajudamos a encontrar a paz no coração e a ir para o Céu crendo no evangelho da água e do Espírito. A verdadeira vida espiritual é aceitar a compromisso de pregar o evangelho da água e do Espírito. Quando nós fizermos a obra de Deus em primeiro lugar, veremos que Ele nos fará prosperar em tudo, até materialmente. Dentre todas as coisas, servir ao evangelho deve ser nossa prioridade. Assim, nossa fé crescerá e seremos prósperos tanto física quanto espiritualmente. O que Deus quer é que o foco do nosso coração esteja na Sua obra.
Mas se na nossa vida espiritual não crermos na Palavra de Deus, nós não estaremos levando uma vida espiritual correta. Se for preciso vermos sinais miraculosos e prodígios para que nossa fé seja sustentada, o que temos então não é a verdadeira fé, mas somente uma superstição. Deus nos aprova quando nós cremos na Sua Palavra exatamente como ela é e a seguimos. É por isso que temos que saber muito bem o que devemos fazer primeiro e o que devemos fazer depois.
Nós não poderemos levar uma vida de fé se olharmos para as coisas ao nosso redor e nos deixarmos influenciar por elas. Na passagem bíblica deste capítulo, o oficial do rei esperava que Jesus curasse a enfermidade do seu filho quando ele foi procurá-Lo. Mas Jesus disse a ele: “Volte para casa e imponha as mãos sobre a cabeça do seu filho, pois assim ele ficará totalmente curado da sua enfermidade”.
O que as pessoas buscam realmente são os milagres que acontecem diante dos seus olhos. Mas como elas crêem Nele apenas quando vêem milagres, elas só estão adorando um Jesus humano e tudo que Ele disse não tem importância alguma para elas. Como é que elas poderiam crer em algo que os seus olhos não viram? Por estarem muito apegadas à sua fé emocional, é impossível para elas ter uma vida de fé correta, por mais que creiam em Jesus fervorosamente sua vida toda. É por isso que o Senhor Jesus quer que creiamos no que Ele disse e O sigamos. Jesus quer que nós recebamos a remissão de pecados crendo na Palavra de Deus.
Até hoje, Deus quer que façamos Sua obra para vermos Seus milagres crendo na Sua Palavra. Deus faz com que os que crêem na Sua Palavra recebam a graça da remissão de pecados. Além disso, Ele quer nos dar a graça de responder as orações de todos que crêem na Sua Palavra. Deus está trabalhando até hoje para que as pessoas creiam na Sua Palavra.
Nós vivemos pela fé para que o Senhor responda as nossas orações na mesma hora ou seguimos ao Senhor porque cremos no que diz a Palavra de Deus? Eu já disse a vocês que temos que viver pela fé na Palavra de Deus. Ele quer que creiamos no que o Senhor diz nas Escrituras. É disso que Deus se agrada. Jesus disse àquele homem que creu nele: “Vai, o teu filho vive”. Aquele oficial creu na Palavra de Jesus e voltou para sua casa. Seu filho então foi totalmente curado da sua doença porque seu pai creu na Palavra de Deus. Deus nos falou sobre tudo em Sua Palavra. E a vida correta de fé é crer nessa Palavra exatamente como ela está escrita.
Como devemos levar nossa vida espiritual? Nós temos que pregar bem alto usando microfone e mexer com a emoção das pessoas na igreja, dizendo: “Recebam fogo, fogo, fogo”? Ou senão devemos dizer: “Eu creio que Deus irá curar todas as suas enfermidades. Satanás, eu te repreendo”, e mostrar a vocês sinais e milagres de pessoas que foram curadas e cujas pernas cresceram de uma hora para outra? O Senhor está nos dizendo que a verdadeira fé não é fazer isso na igreja, levar as pessoas a crer em Deus pelos sinais que elas vêem. O Senhor nos diz que essa não é a fé na Palavra de Deus.
Está escrito que a fé correta é crer no que diz a Palavra de Deus e segui-la. A verdadeira fé é buscar “o que Deus diz”, embora não haja nenhum sinal ou milagre diante dos nossos olhos. E crer de coração “no que Ele falou”, embora não haja nenhuma prova concreta disso diante dos nossos olhos. Você tem que entender que essa é a verdadeira fé, a fé que você deve ter. Essa é a fé que agrada a Deus. Essa é a verdadeira fé espiritual. Todos nós temos que viver pela fé espiritual.
Para seguirmos o Senhor e vivermos corretamente pela fé, temos que servir ao evangelho da água e do Espírito, e o nosso desejo deve ser pregar este evangelho cada vez mais ao invés de procurarmos ter prosperidade material. Aqueles que têm tal fé servem a Deus. Nós temos que viver pela fé para salvarmos as almas dos pecadores. E nós temos que crer nisso firmemente e seguir o Senhor com fé de que tudo se cumprirá segundo Sua Palavra porque foi isso que Ele disse, não porque Ele realizou sinais e maravilhas. Se você e eu cremos na Palavra de Deus, temos que viver pela fé e segui-la. Mas se nós não seguirmos o Senhor pela fé e crermos somente naquilo que vemos, nós não estaremos tendo uma verdadeira vida de fé. Deus disse que os que nasceram de novo da água e do Espírito têm que levar uma vida espiritual e de fé.
Deus disse que temos que servi-Lo com fé e crer na Sua Palavra. Você compreende isso? As pessoas deste mundo só seguem o Senhor quando vêem algo diante de seus olhos. Mas os nascidos de novo fazem isso embora não vejam nada diante de seus olhos. É por isso que às vezes os cristãos pecadores não entendem os nascidos de novo. No entanto, nós que nascemos de novo levamos uma vida de fé independentemente do que as pessoas digam. Se Deus nos diz algo, nós temos que crer então exatamente no que Ele disse.
Já que a Palavra de Deus em Mateus capítulo 3, versículos 13 ao 17, dizem que Jesus levou todos os pecados sobre si ao ser batizado por João Batista e assim cumpriu toda a justiça de Deus, todos nós então temos que crer nisso exatamente como está escrito. O próprio Jesus disse que Ele cumpriu toda justiça quando foi batizado por João Batista. Todos nós temos que crer que todos os nossos pecados foram passados para Jesus Cristo crendo na Palavra de Deus. Essa é a vida espiritual e de fé.
A Bíblia diz: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” (João 1:29). Foi Deus quem nos disse isso. A Palavra de Deus nos diz que Jesus levou os pecados do mundo de uma vez ao ser batizado. É por isso que cremos que nossos pecados foram transferidos para Jesus. Nós temos que admitir que Jesus levou todos os nossos pecados ao ser batizado. Nós temos que entender que nossos pecados foram transferidos para Jesus mesmo que nós não tenhamos visto isso ou que nossos sentimentos digam o contrário. Temos que entender a justiça de Deus com nossa mente e crer nela com o coração. A vida de fé correta é receber a remissão de pecados crendo na Palavra de Deus e seguir o Senhor, a quem não podemos ver com nossos próprios olhos, crendo na Sua Palavra.
Nós temos que crer assim para levarmos uma vida de fé e espiritual. Temos que deixar essa fé imatura. Nós até que nos sentimos alegres quando Deus faz essas coisas quando somos novos convertidos. Contudo, depois que crescemos um pouco, temos que entender a Palavra de Deus reconhecendo que se ela diz que todas as bênçãos de Deus são nossas, nós receberemos cada uma delas, apesar de não termos nenhuma prova delas agora. Vocês compreendem isso? Nós temos que ser espirituais e levar uma vida de fé até estarmos diante do Senhor quando Ele voltar, ou seja, até o fim do mundo. Nós temos que levar uma vida espiritual e de fé crendo na Palavra. Temos que viver pela fé na Palavra não importa o que digam as pessoas. Então, com toda certeza receberemos as abundantes bênçãos de Deus.
Se você é novo convertido, você pode até achar que estará perdendo por causa das coisas que acontecerão com você daqui em diante. Nós ficamos felizes quando as coisas vão bem, mas ficamos deprimidos quando algo sai errado porque nossa fé é imatura e não está muito firme na Palavra de Deus. No entanto, as Escrituras afirmam que “a fé é a certeza das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem” (Hebreus 11:1). Esse versículo quer dizer que temos que seguir a Palavra de Deus e ter esperança porque nós cremos nela.
Nós não podemos ver Deus. Mas a passagem bíblica deste capítulo diz: “O homem creu na palavra de Jesus, e partiu. Enquanto ele estava a caminho, saíram-lhe ao encontro os seus servos, e anunciaram que seu filho vivia. Perguntando ele a que hora seu filho se achara melhor, disseram: Ontem à sétima hora a febre o deixou. Então o pai entendeu ser essa exatamente a hora em que Jesus lhe disse: Teu filho vive. De modo que creu ele e toda a sua casa. Foi este o segundo sinal miraculoso que Jesus fez, depois de vir da Judéia para a Galiléia” (João 4:50-54).
Vocês compreendem isso? Diz aqui que o oficial creu no que o Senhor disse, fez exatamente o que Ele disse e voltou para casa. Nossa esperança também será concretizada segundo a Palavra de Deus se crermos nela e vivermos de acordo com ela. Crer na Palavra de Deus e viver por ela é o mesmo que ter uma vida espiritual e de fé. Não há nada mais justo do que isso. Nós temos que levar uma vida espiritual e de fé.
Você e eu temos que analisar nossa fé novamente e ver se ela está correta ou não. Se você faz parte da Igreja porque você gosta das coisas que você vê acontecendo nela, por gostar dos outros santos e não da Palavra de Deus, por não ter outra opção a não ser levar esse tipo de vida, você então tem que deixar esta fé. Nós temos que crer na Palavra de Deus e segui-la porque tudo que ela contém é verdade. Nós seremos sábios se crermos na Palavra de Deus e a seguirmos tendo este entendimento: “É isso o que Deus diz sobre este e aquele assunto”.
Deus nos fez inúmeras promessas nos 66 livros que há no Antigo e Novo Testamentos. Tudo que Ele nos diz é que temos que crer nelas. Está escrito que todas as Suas promessas serão cumpridas na vida dos crentes. Nós temos que servir a Deus, segui-Lo, pregar o evangelho e viver o resto de nossas vidas crendo na Sua Palavra. Nós temos que viver crendo na Palavra que diz que o certo é termos uma vida espiritual e de fé.
Nós temos que entender que seguir a Palavra de Deus pela fé é o mesmo que ter uma vida espiritual e de fé. Se você levar uma vida de fé tendo uma mente carnal, em pouco tempo você acabará caindo. Todos nós temos que levar uma vida espiritual e de fé buscando a Deus e crendo na Sua Palavra. Nós também temos que levar uma vida espiritual e de fé para pregarmos o evangelho da água e do Espírito. Vamos analisar a nós mesmos novamente para vermos se estamos levando uma vida espiritual e de fé ou não. Todos nós que nascermos de novo da água e do Espírito temos que levar uma vida espiritual e de fé.