Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 5-4] (João 5:30-44) A Vida Espiritual Aprovada por Deus

(João 5:30-44)
“Eu não posso fazer nada de mim mesmo; como ouço, assim julgo, e o meu juízo é justo, pois não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou. Se eu testifico a respeito de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro. Há outro que testifica a meu respeito, e eu sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro. Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade. Eu não recebo testemunho de homem; mas digo isto para que sejais salvos. João era a lâmpada que ardia e iluminava, e vós escolhestes alegrar-vos por algum tempo com a sua luz. Eu tenho maior testemunho do que o de João. Pois as próprias obras que o Pai me deu para realizar, essas que eu faço, testificam de que o Pai me enviou. E o Pai que me enviou, ele mesmo testificou de mim. Vós nunca ouvistes a sua voz, nem vistes a sua forma, nem a sua palavra permanece em vós, pois não credes naquele que ele enviou. Examinais as Escrituras, porque pensais ter nelas a vida eterna. São estas mesmas Escrituras que testificam de mim, contudo não quereis vir a mim para terdes vida. Eu não aceito glória dos homens, mas vos conheço. Sei que não tendes o amor de Deus em vosso coração. Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; mas se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis. Como podeis crer, recebendo glória uns dos outros, mas não vos esforçando por obter a glória que vem do único Deus?”
 
 
Como vão todos vocês? Eu tenho certeza que muitas coisas têm acontecido com vocês nos últimos dias, como têm acontecido comigo. Nós temos muitos compromissos em nossa vida e sempre enfrentamos lutas. Contudo, se nós recebemos a remissão de pecados, temos que entender então o que Deus está nos dizendo, permanecer firmes na Palavra e seguir o Senhor com fé. Eu creio que o que temos a fazer é viver cada dia tendo fé na justiça do Senhor, ao invés de ficarmos deprimidos por causa das lutas que passamos e nos lamentando por causa do fardo pesado que tanto nos oprime quando fazemos a obra.
O Senhor nos concedeu Sua graça em todas as coisas para cumprirmos todas as tarefas da nossa vida quando nos deu a graça da salvação. Quando passamos a entender o Senhor mais profundamente depois que temos um encontro com Ele, nós podemos ver que Ele de fato nos deu uma graça maravilhosa a fim de que caminhemos com Ele todos os dias da nossa vida. E como já sabemos, há pessoas com quem podemos ter um bom relacionamento a vida inteira e aquelas que não podemos. O Senhor é alguém que quer se relacionar conosco a vida inteira, na verdade, por toda eternidade. Isso porque Ele é o Deus do amor, o Deus que existe por si mesmo cheio de glória. Aqueles que têm um longo relacionamento com o Senhor podem ter uma vida linda e abençoada. Como disse o apóstolo Paulo: “Regozijai-vos sempre; orai sem cessar; em tudo dai graças”, temos que entender a vontade de Deus em todas as coisas e viver dando graças a Ele.
Obviamente, nós passamos por momentos difíceis mesmo depois que encontramos o Senhor da verdade e somos fiéis na nossa vida de fé. Mas por que Deus permite que isso aconteça? Porque Ele quer nos ensinar algo por meio das dificuldades. É por isso que temos que enfrentar nossas lutas pela fé. E, além disso, temos que entender o que o Senhor está nos dizendo em meio a essas lutas. Mesmo que não tenhamos problema algum ou as dificuldades estejam vindo de todos os lados, o Senhor está no guiando de uma forma perfeita.
O mesmo acontece quando Satanás nos ataca. Todavia, o Senhor sabe como o diabo nos ataca e de que maneira ele tenta nos destruir. É por isso que sabemos muito bem como Deus nos guia, o que Ele nos ensina, como Ele age para nos proteger e como Ele nos abençoa, além de conhecermos a Palavra que Ele nos deu para que conhecêssemos todas as coisas.
Eu também tenho tido experiências maravilhosas depois que tive um encontro com o Senhor. Havia algumas passagens bíblicas que eu não entendia antes, mas embora a verdade fosse difícil, eu a entendi naturalmente depois que tive um encontro com o Senhor e passei a levar uma vida espiritual junto a Ele. Diferentemente dos livros do mundo, nós não aprendemos a Bíblia somente lendo-a ou decorando-a. Quando provamos a Palavra de Deus em nossa vida e na nossa caminhada diária e confessamos: “Essa é a verdade que Deus falou”, é que temos a verdadeira compreensão e discernimento das Escrituras. Assim como eu, todos precisam entender o que “Deus quer dizer neste contexto” quando meditamos sobre nossa vida à luz da Palavra. É a obra do Senhor que nos ensina a Palavra da verdade nos guiando pessoalmente. Nós podermos levar uma vida de fé correta porque Deus guia cada um dos nossos passos em nossa vida. Isso significa que podemos seguir o Senhor confiando na justiça de Deus, buscando Sua graça e confirmando Seu amor e Sua verdade a cada dia.
Aconteceram tantas coisas comigo na semana passada que eu nem pude estar com vocês. Depois de receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, eu tive muitas experiências em apenas uma semana. É por isso que às vezes uma semana demora a passar. Minha semana foi tão longa que seria preciso mais de um livro para descrever tudo que eu vivi nestes últimos dias. Contudo, essas coisas devem acontecer também com todo cristão que tem fé como eu. Existe uma escritora japonesa cristã chamada Miura Ayako, e nós podemos ver em seus livros como “O Ponto de Congelamento” e “O Monte das Ovelhas Submissas” que há muitas coisas que acontecem na sua vida espiritual. Até mesmo nós poderíamos escrever uma série de romances se fôssemos descrever tudo que acontece conosco numa semana.
Há tantas coisas que queremos dizer uns aos outros. Nós temos que cuidar de tantas coisas, e há mesmo muitas coisas que temos a fazer a partir de agora. Eu sou grato a Deus por nos guardar, nos proteger em meio a tantos fardos pesados que nós temos na Sua obra, e por Ele nos conceder Sua graça para O adorarmos todos juntos. Nós não poderíamos nos reunir aqui para adorar a Deus se não fosse pela Sua graça e Seu amor misericordioso. Por sermos humanos, nós podemos nos desviar e levar uma vida desregrada uma semana inteira. É por isso que precisamos buscar a graça de Deus a cada dia e confirmar o Seu amor.
No século 19, havia um homem chamado George Mueller que orava tanto que era considerado pelas pessoas “o homem da oração”. Está escrito que ele buscava todos os versículos que falavam sobre “resposta às orações” sempre que orava a Deus fervorosamente e lia a Palavra. E dizem que ele sempre alcançava resposta para suas orações. Nós que somos crentes temos que ter uma fé mais firme ainda confiando sempre na Palavra de Deus como ele, levando uma vida que busca a verdadeira justiça que está na Palavra.
  
 
Nós Temos que Dar Graças ao Senhor Novamente
 
Hoje nós vamos ler a Palavra em João 5:30-44. “Eu não posso fazer nada de mim mesmo; como ouço, assim julgo, e o meu juízo é justo, pois não busco a minha vontade, mas a vontade do Pai que me enviou”. O texto bíblico começa assim. E nós podemos ver aqui nosso Senhor falando de Satanás e das pessoas que não O seguiam, assim como O vemos falando de pessoas como nós que crêem Nele.
Você sabe que o Senhor curou muitas pessoas que estavam sofrendo de enfermidades como a lepra ou hemorragia, assim como curou muitos paralíticos, cegos e coxos. Um dia, Jesus curou um homem cego no sábado, e quando os fariseus viram aquilo, eles disseram: “Que bom que ele pode ver agora! Mas tinha que ser no sábado?” Eles prestaram atenção apenas a este detalhe insignificante e desafiaram Jesus, embora Ele tenha vindo a este mundo para curar os enfermos. Os judeus daquela época se apegavam muito à lei. Mas agora, já que Jesus Cristo veio a essa terra, a lei tem que ser usada como um meio para se cumprir a justiça de Deus. Entretanto, o abrir dos olhos de um cego no sábado era um grande pecado para os que teimavam em guardar a lei. Mas embora eles tenham dito que aquilo foi um pecado, o cego teve seus olhos abertos pela primeira vez e eles jamais fechariam novamente. Ele saiu caminhando com toda alegria com seus olhos abertos sem se importar com o que os outros iriam dizer. E embora os judeus o tenham expulsado, ele acabou encontrado Jesus depois.
Eu estou contando essa história e tudo que o Senhor faz na nossa vida para te mostrar o padrão correto do juízo. O Senhor disse: “Eu não posso fazer nada de mim mesmo; como ouço, assim julgo, e o meu juízo é justo” (João 5:30). Aqueles homens julgaram Jesus dizendo: “Isso está errado; é um pecado!”, quando Jesus curou o cego no sábado. Eles disseram: “Como Tu podes abrir os olhos dos cegos e curar os enfermos no sábado?” Mas nosso Senhor respondeu suas críticas assim: “Eu não posso julgar nada por mim mesmo. Eu julgo como ouço. Eu não faço o que eu quero, e sim a vontade Daquele que me enviou. É por isso que meu juízo é justo”.
O que essa Palavra quer dizer? Ela quer dizer que jamais devemos julgar segundo nossos pensamentos quando julgamos os outros diante de Deus, e também que não devemos reagir segundo nossos pensamentos quando Deus nos julga. Diz aqui que nós não devemos julgar segundo a nossa vontade, como os fariseus fizeram em relação a Jesus Cristo, e sim resolver as coisas segundo a Palavra de Deus apenas. O Senhor diz que a maneira mais perfeita e correta de se julgar algo é segundo a Palavra de Deus. Quando julgamos alguém, temos que fazer isso segundo a Palavra dita por Deus apenas. Além disso, nós temos que pensar no juízo que receberemos de Deus se não nascermos de novo. Nós seremos julgados por Deus, seja para o bem ou para o mal, e seremos julgados segundo a Palavra, a Palavra que o próprio Deus procura dizer a nós, que nascemos de novo. Nós seremos julgados por Deus segundo Sua Palavra; aqueles que não crêem não podem ser julgados.
É por isso que temos que nos perguntar sempre: “O que foi que Deus me disse e o que está escrito na Sua Palavra?”, e viver pela fé nessa Palavra. É isso que Jesus está nos dizendo no texto que vimos acima. Ele disse que nós devemos julgar segundo o que ouvimos de Deus. Em outras palavras, Ele está nos dizendo que nossa fé tem que ser aprovada segundo o que está escrito nas Escrituras e que seremos julgados segundo essa Palavra. Não há padrão moral maior neste mundo que possa nos julgar. E se há um único critério de julgamento, este é a Palavra de Deus. O próprio Jesus, que é o Salvador e o Criador, disse que não julgaria o mundo por si mesmo, mas segundo o critério que Ele recebeu do Pai.
O que nós os nascidos de novo devemos fazer diante de Deus então? Nós devemos agir segundo a Sua Palavra para que sejamos aprovados por Ele. E é assim que devemos considerar as coisas certas, certas, e as coisas erradas, erradas. Nós temos que ser julgados e aprovados apenas pela Palavra de Deus. Por essa razão, precisamos nos vestir da Sua misericórdia e graça através da Sua Palavra. Nosso Senhor está nos dizendo que este é o juízo mais correto e perfeito.
 
 
O Verdadeiro Testemunho
 
O Senhor disse no versículo seguinte: “Se eu testifico a respeito de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro. Há outro que testifica a meu respeito, e eu sei que o testemunho que ele dá de mim é verdadeiro”. Isso significa que Ele tem a Palavra de Deus como base do Seu juízo, do Seu testemunho e da própria glória de Deus. Se nós quisermos ser aprovados realmente e receber o juízo correto, em quem nós devemos buscar isso? Nós devemos buscar isso em Deus. Isso mesmo, em Deus. Mas como podemos receber a aprovação de Deus e estarmos diante Dele de uma maneira correta? A nossa vida espiritual, as coisas que cremos, o juízo, a vida eterna e as bênçãos, uma vida correta e fazer a obra de Deus—como nós podemos ter a certeza que tudo isso na nossa vida está correto ou não? O Senhor nos fala sobre isso nessa passagem. Ele diz que nós só podermos ter essa certeza na Palavra de Deus.
Está escrito que Jesus Cristo não testificou de si mesmo, mas deu testemunho segundo a Palavra do Pai. Nós também temos que ser aprovados por Deus como justos através da Sua Palavra. Isso não é tão difícil assim. Se as obras e a fé de uma pessoa são corretas segundo a Palavra de Deus, essa pessoa é correta então. Se nosso ministério da salvação é perfeito e justo mediante a Palavra de Deus, ele está correto então. Algo que é tido como certo assim jamais mudará. Esse testemunho e essa aprovação que recebemos de Deus se tornam assim a verdade imutável e eterna, caso a Palavra de Deus testifique que nosso ministério da salvação está correto e que fomos salvos do pecado através do evangelho da água e do Espírito.
Não foi o próprio Jesus Cristo que testificou que era Filho de Deus, o Salvador que apagou todos os pecados do homem. Foi o Espírito Santo que disse tudo isso a João Batista, e ele, segundo a inspiração do Espírito Santo, deu testemunho de Jesus Cristo através da Palavra. Está escrito: “Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade” (João 5:33). João Batista também testificou: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” Na verdade, este é o testemunho de Deus, e o apóstolo João o deixou registrado na Bíblia. Não foi por si mesmo que Jesus revelou que era Filho de Deus, mas na Palavra de Deus do Antigo Testamento. Quando Ele viu que era vinagre que haviam dado a Ele na cruz, Ele se recusou a beber e clamou: “Está consumado!” (João 19:30). Aqui nesse versículo, nós podemos ver Seu grande desejo de realizar nossa salvação de um modo perfeito através das Escrituras.
Foi por isso que o Senhor veio a este mundo e realizou a obra da salvação, mas não segundo Sua vontade. Ele fez tudo segundo as Escrituras e cumpriu tudo assim também. Já que o Senhor, o único Deus, fez isso, o que nós que queremos levar uma vida espiritual neste mundo temos que fazer? Nós temos que fazer o mesmo que nosso Senhor fez, fazer tudo segundo as Escrituras e crer nela. Nós temos que crer no testemunho da Bíblia e nada mais. O que eu estou dizendo é que nós temos que confirmar esse testemunho na Palavra de Deus. Temos sempre que prestar atenção ao que a Palavra de Deus diz sobre nós que nascemos de novo pela fé, independente do que as pessoas que não crêem digam.
Está escrito: “Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade. Eu não recebo testemunho de homem; mas digo isto para que sejais salvos”. Nosso Senhor disse que não recebe testemunho de homem. E nós que somos santos também só temos que receber testemunho de Deus, de ninguém mais. O Senhor não pediu a ninguém para aprová-Lo quando veio a este mundo. Disseram muitas coisas sobre Ele, mas Ele não buscou o testemunho de ninguém neste mundo. A nossa fé e o nosso modo de viver têm que ser assim também
 
 
Você Tem uma Vida Espiritual diante de Deus?
 
Você vive pela fé diante de Deus ou sua vida espiritual é para agradar as pessoas? Nós que nascemos de novo através do evangelho da água e do Espírito temos que levar uma vida espiritual diante de Deus. A palavra grega para “diante de Deus” é ‘Koram Deo’. Essa palavra era muito usada antes, mas hoje em dia quase ninguém a usa. Mas como diz essa palavra, não podemos esquecer que Jesus só procurava o testemunho de Deus. Nosso testemunho se torna justo quando procuramos ter a mesma fé de Jesus. O que a Palavra diz sobre a obra que eu estou fazendo, sobre meus pensamentos e minhas obras? Nossa fé é guiada da forma mais perfeita quando nós estamos sempre atentos à Palavra de Deus. Só quando nós somos guiados assim é que podemos deixar nossos erros e receber a perfeita graça de Deus. Mas nós só podemos fazer isso quando vivemos pela Palavra.
Eu vou reiterar o que eu disse antes. Jesus não buscou testemunho do homem. Em relação a todas as coisas que os cristãos fazem então, de quem eles devem buscar testemunho? Da Palavra de Deus. De tudo que nós fazemos, algumas coisas devem ser consideradas corretas por Deus e outras não. Porém, mesmo que as coisas sejam certas ou erradas diante da Palavra de Deus, nós temos que nos apegar a ela e continuar buscando fazer o que Deus diz que é certo, rejeitando resolutamente o que Ele diz que é errado. É assim que nós que recebemos o testemunho de Deus devemos andar.
O Senhor disse: “Vós mandastes mensageiros a João, e ele deu testemunho da verdade. Eu não recebo testemunho de homem; mas digo isto para que sejais salvos”. Como diz esse versículo, aqueles que confiam em João Batista e crêem no evangelho da água e do Espírito que Deus cumpriu já foram salvos.
Nós seres humanos só encontramos um caminho que nos leva à verdade quando cometemos falhas repetidas vezes. Nós que nascemos de novo erramos muito em nossa carne, porém temos sempre a Palavra da verdade junto a nós. A verdade imutável que há este mundo nos foi dada pelo Senhor através da Palavra. E já que cremos na verdade, nós pensamos assim: “Essa parte em mim está certa, esta outra está errada”, e escolhemos o caminho correto. Pedro, o discípulo amado de Jesus, cometeu muitos erros como nós, mas ele disse depois: “Sim, Senhor. Tu sabes que eu te amo”, e recebeu o testemunho da verdade, creu nela, a seguiu, e no fim acabou se tornando um servo de Deus.
Nós podemos cometer muitos erros e cair como Pedro. No entanto, o que nos diz a verdade de Deus? Ela não nos diz que estamos salvos? É por isso que podemos ver todos os nossos problemas sendo resolvidos por Deus, por mais que tenhamos cometido erros, quando ouvimos o que o Senhor está dizendo, ratificamos a Palavra do testemunho e deixamos nossos erros. Por mais que nossos filhos tenham errado, o que nós fazemos quando eles se arrependem e fazem o que é certo? Nós damos tudo a eles. Eu quero que vocês entendam que seguir o Senhor é a mesma coisa.
Embora eu não tenha estado com vocês semana passada, de certa forma eu posso imaginar o que vocês fizeram. Eu sei muito bem que Satanás tentou vocês nas áreas que vocês são fracos. Mas ninguém conhece vocês melhor do que o Senhor. É por isso que Ele nos diz: “Não procurem receber o testemunho do homem, recebam o meu testemunho!”
Quando recebemos o testemunho do que é certo ou errado na Palavra de Deus, nós podemos continuar mais firmes ainda no que é certo e consertar o que está errado. O importante aqui é que o método pelo qual consertamos os erros também vem da Palavra. Nós temos que crer na Palavra que dá testemunho da verdade, nos apegar à agradável Palavra de Deus, deixar o caminho errado e andar pelo caminho correto crendo nela. É algo inútil continuar tomando decisões carnais. Nós temos que pensar assim: “O que as Escrituras dizem sobre isso? O que elas dizem sobre minha fraqueza? O que Deus diz sobre minha vida?” Nós temos que ler a Palavra de Deus e saber o que ela diz sobre nossos problemas, além de crer nela entendendo-a de modo perfeito. Só então poderemos entender exatamente o que temos que fazer e conhecer o caminho correto pelo qual temos que seguir crendo nela.
Vamos voltar para a Bíblia agora e ler João 5:35-38: “João era a lâmpada que ardia e iluminava, e vós escolhestes alegrar-vos por algum tempo com a sua luz. Eu tenho maior testemunho do que o de João. Pois as próprias obras que o Pai me deu para realizar, essas que eu faço, testificam de que o Pai me enviou. E o Pai que me enviou, ele mesmo testificou de mim. Vós nunca ouvistes a sua voz, nem vistes a sua forma, nem a sua palavra permanece em vós, pois não credes naquele que ele enviou”.
O Senhor apontou para João Batista e disse que ele seria a lâmpada que brilharia por algum tempo. Ele disse que há um testemunho maior do que o evangelho da água e do Espírito testificado por João, como está escrito: “Eu tenho maior testemunho do que o de João. Pois as próprias obras que o Pai me deu para realizar, essas que eu faço, testificam de que o Pai me enviou”. O testemunho maior do que o de João Batista aqui significa a justa obra da salvação que Jesus Cristo realizou segundo a Palavra de Deus. É claro que o testemunho de João Batista é válido, mas o que Jesus Cristo está dizendo é que todas as obras que Ele fez no mundo é o maior testemunho de Deus. Isso significa que Deus testificou de si mesmo. Nosso Deus está dizendo aqui que o testemunho da Sua promessa, que nos faria novas criaturas, e o testemunho de que Jesus apagou mesmo os pecados da humanidade de acordo com a Palavra do Antigo Testamento, é o testemunho verdadeiro.
Você crê que Jesus veio a este mundo e apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito como dizem as Escrituras, o testemunho da salvação? Não podemos expressar isso de outra maneira senão dizendo que esse é um testemunho maravilhoso. E quando procuramos entender isso, tudo que está escrito na Bíblia sagrada se resume a nos mostrar como Jesus Cristo apagou todos os nossos pecados por toda a eternidade e como Ele realizou a obra da salvação de um modo perfeito. Quem foi que prometeu e cumpriu isso? Foi Deus quem prometeu isso e Seu Filho Jesus Cristo cumpriu.
Crer nisso é o mesmo que ser salvo. A Bíblia diz: “Vós nunca ouvistes a sua voz, nem vistes a sua forma, nem a sua palavra permanece em vós, pois não credes naquele que ele enviou” (João 5:38). Por essa razão, crer na Palavra de Deus é o mesmo que crer Nele; e essa é a única forma de recebermos o testemunho de Deus. Contudo, muitos ainda deixam de lado a Palavra de Deus e dizem coisas estranhas quando pregamos a verdade pra eles. No nosso país, a Coréia, também haverá um dia em que será difícil ouvir o evangelho da água e do Espírito, que é a verdade de Deus. Alguns dizem que é difícil pregar a Bíblia de modo correto em alguns países do ocidente porque ela já foi distorcida. Mas mesmo quando nós olhamos para a história, nós vemos que a rocha mais perfeita da nossa fé é a Palavra. A Palavra contida nas Escrituras é o testemunho mais importante e perfeito.
Há muitas pessoas hoje que distorcem a Bíblia, a Palavra de Deus. Muitos que se dizem teólogos se unem para publicar novas versões da Bíblia, e muitos provavelmente estão fazendo isso hoje. Mas essas novas versões da Bíblia têm muitas coisas erradas. A Bíblia que usamos hoje foi impressa pela Sociedade Bíblica Coreana. E como deve acontecer em outros países, várias versões da Bíblia são vendidas aqui também. Será que temos que fazer uma versão da Bíblia também? Isso é possível. Mas eu quero continuar usando a versão que eu tenho agora porque há muitas versões que traduzem a Palavra de Deus incorretamente. Por enquanto, eu quero apenas me concentrar na pregação do evangelho da água e do Espírito.
 
 
Nós Estamos Vivendo para a Glória de Quem?
 
Vamos voltar para a Palavra e ler João 5:39: “Examinais as Escrituras, porque pensais ter nelas a vida eterna. São estas mesmas Escrituras que testificam de mim”. O Senhor disse: “Examinais as Escrituras, porque pensais ter nelas a vida eterna. São estas mesmas Escrituras que testificam de mim” (João 5:39). Toda palavra que há na Bíblia dá testemunho de Jesus e do próprio Deus. Jesus, que é Deus e o Criador de tudo que há no universo, prometeu nos salvar através da Palavra. E Ele veio a este mundo e cumpriu tudo que prometeu. Você crê nisso? A Bíblia não é um romance ou um livro histórico. Ela é a Palavra de Deus que busca cumprir a remissão de pecados em nossa vida através de Jesus Cristo. Este livro não tem nenhum outro propósito. O único propósito da Bíblia é salvar o homem do pecado e fazer com que recebamos de Deus a vida eterna.
O Senhor continuou dizendo: “Contudo não quereis vir a mim para terdes vida. Eu não aceito glória dos homens” e “Como podeis crer, recebendo glória uns dos outros, mas não vos esforçando por obter a glória que vem do único Deus?”
Você sabe o que mais decepciona nosso Senhor? O que mais O decepciona é quando buscamos nossa própria glória e não a Sua, porque Ele veio a este mundo e nos falou do juízo, nos deu a prova da nossa salvação, Sua Palavra e Sua glória. Foi por isso que Ele disse: “Eu não aceito glória dos homens, mas vos conheço. Sei que não tendes o amor de Deus em vosso coração. Eu vim em nome de meu Pai, e não me aceitais; mas se outro vier em seu próprio nome, a esse aceitareis. Como podeis crer, recebendo glória uns dos outros, mas não vos esforçando por obter a glória que vem do único Deus?” Nós precisamos buscar a glória de Deus de acordo com essa Palavra, receber essa glória e tê-la de uma maneira perfeita em nosso coração.
Nós temos que meditar bastante na presença do Senhor se devemos buscar ser aprovados pelas pessoas ou por Ele; se nós devemos ser amados pelas pessoas ou por Ele. Mas embora isto seja muito fácil, pois o Senhor nos falou sobre isso, temos que meditar bastante sobre isso porque nós somos seres humanos e não aceitamos tão facilmente a verdade. O Senhor disse: “Eu não aceito glória dos homens”. E nós então? Nós não somos o Criador onipotente. Nós somos criaturas que vivem perdidas e confusas. Nós somos seres muito fracos. Por isso, temos que decidir se vamos ter uma vida vitoriosa ou de fracasso. Nós não poderemos ser aprovados por Deus se recebermos glória e reconhecimento do mundo. Nós não poderemos ser aprovados por Deus se formos aprovados pelo mundo. Temos que decidir muito bem entre essas duas opções que temos. Devemos amar a Deus ou amar os outros e a nós mesmos? Aqueles que amam a Deus crêem Nele e O seguem, mas aqueles que não amam a Deus nem O seguem buscam as coisas do mundo para serem aprovados por ele.
A história do cego cujos olhos foram abertos por Jesus no sábado nos fala sobre um aspecto fundamental da nossa fé. Jesus disse: “Qual o problema de ser sábado? É maravilhoso poder abrir os olhos de alguém não importa qual seja o dia da semana. Existe um dia específico para que os olhos de alguém sejam abertos?” Então, independente se os olhos do cego foram abertos no sábado ou não, é gratificante ver um homem cego voltar a enxergar. Muitas pessoas naquela ocasião viram essa obra como um pecado ao invés de serem gratos por ela. Nós temos que ter um coração que é grato por tudo. Nós temos que ter um coração cuja gratidão nos leve a amar os outros, a se importar com as outras almas, a buscar o bem de todos e a glória de Deus.
Há muitos que buscam sua própria glória como nos dias dos judeus. Abrir os olhos de um cego no sábado era pecado de acordo com seu ponto de vista. Todavia, foi o homem que criou essa lei que dizia que não se podia nem mover uma agulha no sábado, nem a justiça de Deus. É algo muito triste realmente as pessoas neste mundo buscarem a sua própria glória como os judeus que teimavam em seguir os mandamentos que foram criados por eles mesmos.
Amados irmãos, aqueles que buscam a glória de Deus sempre a alcançarão. E essas pessoas também serão salvas. Nós temos que receber a glória de Deus antes de estarmos na Sua presença, além de andarmos no caminho da justiça para sermos aprovados por Ele. Aqueles que procuram ter uma fé poderosa na presença de Deus recebem isso Dele. Qual é a fé que vem de Deus então? Ele aprova a nossa fé através da Palavra. Ele dá testemunho da nossa fé através da Palavra. Essa é a fé que vem de Deus. Mas isso não significa que cremos à nossa maneira, mas sim segundo a fé que o Senhor nos deu para confirmarmos o que foi dito: “A Palavra de Deus fala sobre isso e eu creio nessa Palavra. O Senhor dá testemunho a mim através dessa Palavra; eu só tenho que crer nela. Isso é o certo a fazer”.
Onde é que o nosso pensamento está fundamentado, nós que cremos na Palavra do Senhor? Ele deve estar em Deus. A base principal do nosso pensamento deve estar em Deus, não em nosso pensamento subjetivo. Sendo assim, temos que estar atentos à maneira que Deus nos diz que devemos viver, no que Ele nos diz sempre, na Sua Palavra, não nos pensamentos que temos enquanto vivemos. Tem vezes que planejamos algo em nossa vida por nós mesmos. O que eu estou dizendo é que às vezes nós fazemos as coisas que queremos segundo o que pensamos. Mas se nós nascemos de novo, temos que pensar primeiro se Deus ficará satisfeito ou não antes de fazermos algo. As Escrituras dizem: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam. Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela” (Salmo 127:1). Se nós fizermos algo que não agrada a Deus, sofreremos muito pelo que fizemos.
Entretanto, se fizermos a obra que agrada a Deus, seremos sempre aprovados por Ele, receberemos Sua graça e todas as Suas bênçãos, por mais que estejamos esgotados. Deus é o Ser que tem autoridade sobre todas as bênçãos. Ele é Aquele que nos dá alegria e nos faz felizes. Portanto, eu quero que você saiba muito bem como agradar a Deus fazendo isso da maneira mais sábia em sua vida.
O que o Senhor diz sobre Seu testemunho e juízo no texto bíblico deste capítulo? O que Ele diz sobre a vida eterna, sobre a salvação e a glória de Deus? O Senhor nos diz que Deus nos deu essa Palavra através de Jesus porque o homem não possui entendimento de tudo e ainda não O colocou no centro do seu coração até agora. Se quisermos viver tendo Deus no centro do nosso coração, temos que voltar a glória para Deus, pois Jesus veio a este mundo e tirou todos os pecados do homem quando foi batizado por João Batista e morreu na cruz. No entanto, o pensamento das pessoas é diferente dos pensamentos de Deus e da Sua Palavra. É por isso que elas se opõem a tudo que Ele fez. Elas se opõem tanto que a passagem que vimos no capítulo 5 de João fala sobre isso várias vezes. Eu creio que essa Palavra foi dita tanto para nós que vivemos hoje em dia quanto para as pessoas daquela época.
 
 
Para que Devemos Viver Então?
 
Para que devemos viver a partir de agora? Nós devemos viver para a glória que vem de Deus ou para a glória que vem do homem? Eu não gostaria que nenhum de vocês aqui vivesse para a glória do homem. Isso é algo muito decepcionante para Jesus. O que Jesus mais odeia é que as pessoas aprovam a si mesmas mas rejeitam a Sua glória. E a maioria delas busca sua própria glória mesmo. A maioria delas só busca ter benefício próprio e raramente encontramos entre elas alguém que busque a glória de Jesus Cristo. Mas nós somos honrados quando O exaltamos, assim como os filhos são honrados quando exaltam seu pai no seio da família.
Se você está trabalhando, estudando ou fazendo qualquer outra coisa, isso é para si mesmo ou para Deus? Você tem que fazer tudo para a justiça de Deus. O alvo da nossa vida deve ser sempre a justiça de Deus. Nós seres humanos estamos sempre nos planos de Deus, por mais que sejamos imperfeitos. Já que Deus nos disse para fazermos tudo para Sua glória, nós temos que ter fé então e pensar assim: “Se o Senhor me deixar viver, eu viverei, mas se Ele quiser que eu morra, eu morrerei então. Aí então, eu irei para junto Dele depois de ter feito o que Lhe agrada. Mas como podemos voltar a glória para Deus? Enfim, isso só é possível quando fazemos tudo para a glória de Deus”. É com essa fé que temos que fazer a obra. Deus nos dá Sua glória e Suas bênçãos quando usamos tudo que temos para Sua glória. Mas Ele não nos dá a paz e Sua glória somente e depois nos ignora dizendo: “Bom, vão em frente e façam o que vocês quiserem”.
Nosso coração deve ser sempre justo. Nosso coração deve ser justo porque não há ninguém neste mundo perfeito em suas ações. Se no fundo do nosso coração nós não fôssemos justos, como nossas boas ações poderiam ser reveladas? Se você tem um coração que hoje busca a glória do homem, jogue-o fora. O Senhor está nos dizendo que ter um coração assim é errado. Que coração é justo então? O Senhor diz que o coração justo é aquele que busca a glória de Deus.
A vida espiritual não acaba quando você diz: “Eu sou feliz por ter recebido a remissão de pecados. É isso! Meu problema com o pecado agora acabou”. Nós temos buscado a glória de Deus e sido fiéis na obra que Ele nos confiou para fazermos, independente de termos a aprovação das pessoas ou não—isso é o mesmo que buscar a glória de Deus tendo a verdadeira vida espiritual. Eu quero que você saiba que ter um coração justo é buscar somente a glória de Deus, independente do que digam as principais correntes do Cristianismo.
Quando nosso coração anda em retidão diante de Deus, todas as nossas falhas são corrigidas. Mas quando nós andamos pelo caminho errado, nosso coração deixa de ser reto diante de Deus. Quando eu olho para uma pessoa, eu consigo ver se seu coração é reto ou não. Certas falhas não são muito importantes quando nosso coração é reto. Obviamente, há pessoas cujo coração se devia, embora suas obras pareçam justas. Quando eu vejo isso eu me desvio delas na mesma hora.
O nosso coração deve ser reto. O Senhor nos pergunta várias vezes: “Vocês me amam? Vocês buscam minha glória?”, mesmo depois que recebemos a remissão de pecados. Você já ouviu a voz de Deus? Aquele que pensa assim: “Há algo errado em minha vida”, e volta atrás mesmo que ninguém chame sua atenção, é alguém que busca a glória de Deus. Pessoas assim recebem o amor e as bênçãos de Deus. Toda Palavra do Senhor é cumprida na vida daquele que confessa pela fé: “O Senhor é o meu Pastor”.
Quando Davi lutou contra Golias, Golias disse: “Sou eu algum cão para tu vires a mim com paus?” (1 Samuel 17:43). E Davi o considerava mesmo um cão. Mas ele não lutou contra Golias porque era forte o bastante para derrotá-lo. A funda que Davi usou para acertar o filisteu Golias parecia um brinquedo de criança. Por isso, Golias nunca imaginaria que morreria ao ser acertado por ela. Mas Davi o enfrentou com fé e confessou: “Deus, eu creio que Tu matarás esse cão imundo”, porque seu coração era reto diante Dele. Mas ele só era tão corajoso assim porque confiava no Deus Todo-Poderoso. Então, Davi disse ao filisteu Golias: “Tu vens a mim com espada, com lança, e com escudo, mas eu venho a ti em nome do Senhor dos exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão, e te ferirei, tirarei a tua cabeça. Os cadáveres do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às bestas da terra, e toda a terra saberá que há Deus em Israel. Saberá toda esta congregação que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; pois do Senhor é a guerra, e ele vos entregará nas nossas mãos” (1 Samuel 17:45-47). É disso que se trata a fé verdadeira. E é essa fé que nos leva a crer no Senhor com um coração justo, sempre manifestando a maravilhosa obra de Deus.
Apesar de crermos no Senhor e O seguirmos neste mundo, nós temos muitas falhas. E é por termos muitas fraquezas e falhas que nosso coração tem que ser reto. Isso significa que temos que voltar toda glória para Deus e viver buscando essa glória sempre seguindo a Ele. Tudo é possível para nós quando temos um coração reto. Você também tem que voltar a glória para Deus. Antes de fazermos qualquer coisa, temos que voltar a glória para Deus. É isso que agrada a Ele. Por mais que você seja fraco e imperfeito, se você conhece a glória de Deus, creia nas coisas como elas são e faça o que é certo então. Assim como Davi matou Golias usando uma funda que parecia um brinquedo, obras tremendas acontecem pela fé. Nosso coração fica firme pela fé e nossas obras também são concretizadas por ela. Eu quero que você entenda que a verdade é que a fé correta vem antes das boas obras. Em outras palavras, somente quando você tiver um coração reto é que suas atitudes serão corretas também. Em tudo que fazemos, é assim que “nosso coração deve agir para que nada saia errado”. Você precisa entender pela fé que é nosso coração que controla nossas ações.
O Senhor disse: “Como podeis crer, recebendo glória uns dos outros, mas não vos esforçando por obter a glória que vem do único Deus?” E Ele continuou falando sobre isso em João capítulo 5. O Senhor ficou muito desapontado com tudo isso. Ele disse: “Eu não julgo por mim mesmo. Eu julgo segundo o que ouvi do meu Pai. Eu não testifico de mim mesmo. Eu faço isso segundo o que o Pai me falou”. Está escrito que até Jesus Cristo, o Rei de todas as criaturas, fez tudo segundo a vontade do Pai. O que nós que somos criaturas devemos fazer então? Nós temos que viver exatamente segundo a Palavra de Deus. É isso mesmo! Nós temos que fazer tudo segundo a Palavra que há nas Escrituras, não segundo as simples exigências da lei.
Eu quero que vocês retornem a glória para Deus pela fé na Sua justiça e não busquem sua própria glória. Eu creio que nós seremos vestidos com o amor e a graça de Deus quando de fato vivermos para Sua glória. Eu quero que vocês joguem fora sua própria gloria que não é correta. O que quer que façamos, nós devemos fazer tudo para a glória de Deus.
Vocês querem mesmo viver para o Senhor ou preferem viver para comer bem? Aqueles que buscam as coisas carnais neste mundo serão destruídos. O que quer que vocês façam, eu espero que seu propósito seja ter a glória de Deus dentro do seu coração e busquem isso. Eu tenho certeza que vocês viverão para a glória de Deus em tudo que fizerem, seja em família, no trabalho, estudando ou fazendo qualquer outra coisa.