Sermões

Assunto 13: O Evangelho Segundo MATEUS

[Capítulo 22-2] (Mateus 22:1-14) A Parábola das Bodas

(Mateus 22:1-14)
“Jesus tornou a falar-lhes em parábolas e disse: O Reino dos céus é semelhante a um Rei que celebrou as bodas de seu filho. Enviou os seus servos para chamar os convidados para as bodas, mas estes não quiseram vir. Depois enviou outros servos, recomendando: Dizei aos convidados que já prepaRei o meu jantar: Meus bois e cevados já foram mortos, e tudo está pronto. Vinde às bodas. Porém eles, não fazendo caso, foram, um para o seu campo, outro para o seu negócio. O restante, apoderando-se dos servos, os maltrataram e mataram. O Rei ficou com muita raiva. Enviou o seu exército e destruiu aqueles homicidas e incendiou a sua cidade. Então disse aos seus servos: O banquete, na verdade, está preparado, mas os convidados não eram dignos. Ide às encruzilhadas e convidai para as bodas a todos os que encontrardes. E, saindo os servos pelos caminhos, ajuntaram todos quantos encontraram, tanto maus como bons, e a sala do banquete se encheu de convidados. Mas quando o Rei entrou para ver os convidados, notou ali um homem que não estava trajado com vestes de núpcias. Perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui sem veste nupcial? Ele, porém, ficou calado. Disse então o Rei aos servos: “Amarrai-o de pés e mãos, e lançai-o para fora, nas trevas, onde haverá pranto e ranger de dentes. Pois muitos são chamados, mas poucos escolhidos.’”
 
 
Vamos ver a passagem bíblica de hoje. No texto que lemos hoje, aparece um Rei. No capítulo 22, versículo 2, está escrito: “O Reino dos céus é semelhante a um Rei que celebrou as bodas de seu filho”. Ser convidado por um Rei é uma coisa maravilhosa. Se você recebeu um convite do Rei para um banquete, como você se preparará? Se for convidado com dois meses de antecedência pelo seu presidente dessa forma: “Vamos jantar juntos na casa presidencial”, o que iria preparar para essa ocasião especial? Primeiro, você provavelmente arrumaria um traje formal. Para ir a um banquete presidencial, você teria que comprar um terno ou smoking apropriado para um banquete, mesmo que você fosse se endividar. Você compraria uma bonita gravata e engraxaria seus sapatos e faria isso tudo com antecedência para esperar o grande dia.
A passagem bíblica de hoje fala exatamente disso. Nosso Deus, que é o Rei e Senhor dos Céus, está nos preparando lugar e enviando Seus servos para convidar as pessoas para o banquete celestial. O Rei prepara o casamento de Seu Filho e convida as pessoas. Todos têm que ir vestidos com vestes nupciais. Nada mais. Tudo o que é necessário, os lugares, a comida, a música e tudo o mais está sendo preparado. Todos aqueles que foram convidados tem que ir vestidos com vestes nupciais. Se eles fizerem isso, eles poderão entrar nas bodas.
Essas bodas não é algo que acaba num dia. As bodas significam os Céus. As bodas do Rei foi preparada para a noiva ir viver em alegria eterna com o noivo. Todos os que foram convidados tem que ir, independentemente de quem são, têm que ir vestidos com vestes nupciais. As bodas para qual o Rei nos convidou é diferente das bodas que normalmente acontecem no mundo. Já que as bodas para a qual o Rei nos convidou já foi preparada, todos os convidados têm que ir vestidos com vestes nupciais.
Mas há aqueles que são insensatos. Mesmo o Rei tendo enviado convite para o casamento, há aqueles que não o aceitaram. Mesmo o Rei tendo enviado seus servos para convidar as pessoas, elas não quiseram ir. Então o Rei enviou seus servos mais uma vez. Dessa vez, os servos estavam convidando as pessoas dizendo: “Venham ao banquete. Tudo está pronto. Foi preparado um boi bem gordo. Vocês poderiam ir a este casamento?” Deus convida as pessoas para a festa nos Céus. Deus convida as pessoas para o Reino dos Céus após ter preparado tudo. E é por isso que o convite é algo muito precioso.
Mesmo Deus tendo convidado as pessoas após ter preparado os Céus, houve aqueles que não aceitaram o convite. Por que eles não aceitaram? Se lermos a passagem bíblica, veremos pessoas dando desculpas para não aceitar o convite, dizendo: “Eu tenho que ir comprar um boi”, “Eu vou cuidar do meu negócio”, “Eu tenho que me casar com o meu noivo” ou “Eu tenho que casar com a minha noiva”.
Queridos irmãos, esse convite não é algo que você possa recusar. Não é um convite que se possa barganhar. Você se sente bem quando recebe um convite para uma pequena festa, mas esse convite do Rei dos Céus, ele foi entregue diretamente a você. Ele não está pedindo para você visitar a casa do Rei só por algum tempo. Este é um convite para você viver ali eternamente e se banquetear todos os dias. Isso é algo que deveria fazer você se sentir maravilhado. Esse convite é para todos que vivem nessa terra. Ele está aberto a todas as pessoas. Se as pessoas aceitarem esse convite, elas receberão bênçãos eternas.
Amados irmãos, não seria bom se tivéssemos um luxuoso palacete nesta terra? Quando você for para o Céu, você irá viver numa casa de ouro e jóias por toda a eternidade. Além disso, será um lugar onde você poderá comer todas as frutas que quiser sem ter que trabalhar, porque haverá árvores de todos os tipos às margens do rio da água da vida. Pensar em viver em paz eterna faz bem só de imaginar. Só por aceitar o convite do Rei, você poderá viver num Reino de ouro puro reluzente. Um lugar de paz e alegria eternas, sem trevas, sem seres maus, com animais que não mordem e anjos com asas brancas reluzentes. Deus te convida para ir lá, e tudo o que você tem a fazer é aceitar o convite para receber as bênçãos. Mas porque elas não sabem que o convite é feito por Jesus Cristo, elas o recusam.
Quando são convidadas a uma festa formal, a maioria das pessoas tem que vestir um traje formal para participar dela. Na melhor das hipóteses, você tem que pôr um terno, gravata e ter o seu cabelo arrumado. Essas são as exigências mínimas para se ir a uma festa.
Nos sentimos bem em receber um convite para ir a uma festa, e como seria bom receber um convite de Deus para um banquete no Reino dos Céus? Se as pessoas tivessem idéia do que se trata esse convite, elas ficariam confusas quanto ao que fazer. Contudo, as pessoas eram muito ignorantes e recusaram o convite.
Amados irmãos, o que é mais importante que um negócio? Cultivar o campo é tão importante assim? O que eu quero dizer é o há de tão importante em ganhar algum dinheiro ou construir uma casa, para fazer as pessoas recusarem esse convite? E quanto a você? Você acha que recusaria o convite? Queridos irmãos, o que há de tão importante em trabalhar no campo para fazer você recusar o convite de um Rei? Se você não arrancar as ervas daninhas dele, elas irão crescer. Se você não fosse cultivar um campo, só lhe restaria comprar comida de alguém que o fizesse. Se um fazendeiro não cultivar por muitos dias, um ano de colheita ficará arruinado. Mas é evidente que o fazendeiro não aceitou o convite do Senhor, e por isso ele perdeu a oportunidade de ter a vida eterna.
Esse convite é o mesmo que uma entrada para os Céus. Se alguém não tiver a entrada, então não poderá entrar nos Céus. Contudo, se estiver com a entrada, você poderá entrar nos Céus. Isso é tremendamente precioso. Apesar disso, as pessoas o recusaram, indo para os seus campos cuidarem de seus próprios negócios. Você compreende como essas pessoas são tolas?
Há muitas coisas que podemos ter sem nenhum esforço nessa terra. Da mesma forma, há um presente de Deus que recebemos sem termos que pagar preço algum, como a “graça”. Pela graça de Deus, a primeira coisa que recebemos é a remissão de pecados. Deus apagou os nossos pecados e nos deu os Céus. Deus garante a nossa felicidade. E mesmo Deus tendo enviado o convite, há aqueles que não o aceitaram. Esses são os verdadeiros insensatos, os que não se importam com o convite de Jesus, e os que não o aceitam mesmo estando com ele nas mãos. O seu Rei te enviou um convite. Como você irá recusá-lo?
Recebemos um convite para ir ao lugar onde mora o Rei, como poderíamos entrar no palácio se não fôssemos convidados? A sua esperteza o ajudaria a entrar no palácio? Somente quando o Rei abre a porta e o convida é que você pode dizer: “Sim” e aí você pode entrar. Que honra será. Mas é lamentável e errado as pessoas recusarem o convite do Rei.
Todavia, pessoas sem nenhum respeito, enganadas por Satanás, prenderam os servos de Deus que estavam distribuindo os convites e as mataram. Se elas batem nos servos de Deus, de quem elas apanharão mais tarde? Por que elas batem nos servos de Deus, não seria suficiente só recusarem o convite? Essas pessoas receberão a ira de Deus e irão para o inferno porque seu coração é totalmente mau e perverso pois ainda são inimigas dos servos de Deus.
Mas porque as pessoas se desculpam, o Rei as convida mais uma vez. O Rei gostaria de viver com essas pessoas, e não sozinho. O desejo do Rei é trazer todas as pessoas da terra para viver junto com ele. Mas as pessoas não querem ir. Elas não somente se recusam a ir, mas ainda prendem os servos de Deus e batem neles. Elas os espancam tanto que eles acabam morrendo.
Ainda assim o coração do Rei tem tanta piedade delas que envia os seus servos novamente para convidá-las. “Ouçam-me. Vão lá mais uma vez. Talvez há pessoas que aceitem o convite. Vão”. Os servos vão uma vez mais. Eles voltam a convidar, mas novamente as pessoas os prendem e os matam. Ainda assim o mestre os convida de novo dizendo: “Não, eu não posso viver aqui sozinho”. Apesar dos insistentes convites, as pessoas não vão. Finalmente o Rei diz: “Vão pelas ruas. Vão pelas estradas e convidem a todos, bons ou maus. Façam o convite e os tragam aqui. Convidem todos os que vocês encontrarem e os tragam para as bodas”.
Nós coreanos éramos assim no passado. Se algum vizinho fosse dar uma festa, até aqueles que passavam na rua, acabavam celebrando a festa junto com ele. Quando havia algum vizinho dando uma festa, as pessoas não precisavam nem fazer comida. Tudo o que tinham que fazer é ir à festa. Se elas fossem lá e dissessem: “Parabéns a você”, elas seriam tão bem servidas que não precisariam mais comer naquele dia.
Os servos de Deus foram às ruas e convidaram as pessoas, e muitos vieram. Mas havia um problema. Até ali, todos os que tinham sido convidados podiam ir à festa. Contudo, está escrito: “Mas quando o Rei entrou para ver os convidados, notou ali um homem que não estava trajado com vestes de núpcias. Perguntou-lhe: Amigo, como entraste aqui sem veste nupcial? Ele, porém, ficou calado. Disse então o Rei aos servos: Amarrai-o de pés e mãos, e lançai-o para fora, nas trevas, onde haverá pranto e ranger de dentes. Pois muitos são chamados, mas poucos escolhidos” (Mateus 22:11-14).
Você crê que foi escolhido? Deus convidou todas as pessoas para irem à festa. Deus escolheu cada um nessa terra. E não importava se era bom ou mau. Deus não deixou ninguém para trás. Deus convidou a todos para irem ao casamento do Seu Filho. Deus escolheu as pessoas que estavam em Jesus Cristo.
Quando o Rei veio ver os convidados da festa, não havia ninguém trajando vestes nupciais. Então, Deus os repreendeu por não estarem com elas. Nós realmente temos que estar com vestes nupciais quando formos ao casamento? Sim, Jesus Cristo é o Rei. Quando somos convidados pelo Rei, nós devemos ter o mínimo de respeito. Jesus, o Rei dos Reis, convidou a nós, não é certo então irmos vestidos com vestes nupciais? É natural ir a um casamento vestindo trajes nupciais.
Essa passagem bíblica pergunta se você está preparado para entrar nas bodas do Rei trajando vestes nupciais. Ela nos diz que aqueles que não tiverem vestes nupciais serão lançados fora. Mas aqueles que estiverem devidamente vestidos irão desfrutar das bodas junto com o Rei para sempre. Todas as pessoas que crêem em Jesus Cristo foram convidadas. Se alguém recebeu e aceitou o convite, então tem de ir às bodas. Mas deve estar trajado com vestes nupciais. Se alguém for sem as vestes nupciais será lançado fora.
O que são as vestes nupciais? O texto fala sobre alguém que foi a um casamento sem as vestes nupciais. Isso significa que apesar dessa pessoa estar vestida, elas não estava com a vestimenta apropriada para um casamento. As vestes significam o coração que não tem pecado, o qual recebeu a remissão de pecados. Se alguém ainda tem pecado em seu coração, mesmo aceitando o convite de Jesus, ele não poderá ir ao casamento. Não receber a remissão de pecados é como ir ao casamento sem as vestes nupciais. Se alguém aceitou o convite para ir para o Reino dos Céus, mas continua tendo pecado em seu coração, essa pessoa será tirada do casamento por Deus. Por isso é que a pessoa que não estava com vestes adequadas para ir ao casamento, não foi aceita por Deus.
Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e incorrigível (Jeremias 17:9). Quando alguém comete um pecado, ele fica gravado na tábua do seu coração (Jeremias 17:1). Para a pessoa ir diante de Deus assim, ele não deve ter nenhum escrúpulo. Pode alguém ir diante do Rei com pecado em seu coração, sem receber a remissão de todos os seus pecados? Todos os pecados e transgressões cometidos por alguém ficam gravados em seu coração. Dessa maneira, uma pessoa não pode permanecer na presença de Deus. Como ela poderá comer com o Rei e sentar-se à mesa com Ele? É necessário primeiro a pessoa receber a remissão de pecados em seu coração para depois aceitar o convite de Deus para jantar junto com Ele. Alguém só pode entrar no Reino após receber a remissão de pecados em seu coração. E deve ir às bodas vestindo trajes nupciais.
É muito importante saber se a pessoa está com vestes de pecado ou da justiça de Jesus Cristo em seu coração. O traje certo que as pessoas devem usar quando são convidadas pelo Rei, são as vestes do coração sem pecado. As vestes que o Rei honra são as vestes da justiça de Deus. Os que podem ir às bodas do Senhor são aqueles que usam as vestes de justiça, os quais já receberam a remissão de pecados em seu coração.
As pessoas creram em Jesus após receberem o Seu convite. Apesar disso, elas ainda tinham pecado em seu coração. O que acontecerá a alguém assim? Deus não disse que as lançaria fora? Que elas seriam envergonhadas? Elas se assentam na festa após receberem o convite do Rei, mas quando o Mestre olhou em volta, Ele encarou essa pessoa. A pessoa deve ter pensado: “Ele está interessado em mim, porque eu vim especialmente vestido para a ocasião. Todos vieram vestidos de linho, mas Ele se interessou por mim porque estou usando uma roupa moderna feita por André Kim”. E ela continua comendo como se não tivesse visto o Rei.
Mas Ele aparece e pergunta: “Por que você não veio com as vestes nupciais?” “Isso? Isso foi feito por André Kim, e vale 5 mil dólares. Essa é a roupa da moda deste ano. Ela é famosa no mundo todo. Meu querido Rei, você gostaria que eu conseguisse uma para você?” O Rei então diz: “Alguém leve essa pessoa, amarrem suas mãos e pés, e joguem-na nas trevas exteriores”.
Se você for às bodas do Rei com pecado em seu coração, você será lançado fora. Você deve crer em Jesus e nascer de novo para ir à festa, e ter o privilégio de comer e ter comunhão com o Rei. Você tem a convicção de que entrará no Reino de Deus por ter nascido de novo e por crer em Jesus Cristo? Se você não nasceu de novo e ainda pensa: “Eu vou para o Reino dos Céus porque eu creio em Jesus Cristo”. Você tem certeza de que nasceu de novo? Seu coração está vestido com as vestes da justiça de Deus?
Se você ainda não colocou as vestes da justiça em seu coração, então tem que nascer de novo. Você pensa que se crer em Jesus Cristo e em Deus, você receberá a salvação mesmo tendo pecado em seu coração? Apesar de ter recebido o convite de Jesus e crer nEle, se tiver pecado em seu coração, sem ter nascido de novo, você não poderá ir para o Céu. Aqueles que se encontram dessa maneira, estão realmente convencidos de que irão para o Céu. Mas eles serão lançados fora. É sobre isso que a passagem bíblica de hoje fala.
O Senhor nos diz para prepararmos nossas vestes com antecedência, e você realmente deve fazer isso. Se fomos mesmo convidados para as bodas, nós devemos preparar as vestes. Se você recebeu um convite para ir à casa de um nobre, você não deveria ir vestido adequadamente para a ocasião? Somente quando você vestir as vestes adequadas é que você poderá ir às bodas. Mesmo que você tenha recebido o convite, mas tentar entrar na festa, dizendo: “Eu tenho um convite, então eu gostaria de entrar”, mas se não estiver preparado, o recepcionista irá impedi-lo, dizendo: “Espere aí. Fique aqui por um momento. Nós vamos analisá-lo primeiro”.
Esses são os que crêem em Jesus Cristo, embora tenham pecado ainda em seu coração. Eles não nasceram de novo. Então mesmo Deus tendo nos dado a oportunidade de nos preparar, mas se não o fizermos e ainda tentarmos entrar com o convite na mão, dizendo: “Mesmo tendo pecado em meu coração, eu creio em Jesus”. Não poderemos passar pelos portões. O Senhor enviou Seu Filho aqui para você e para mim, para que tivéssemos os nossos pecados apagados. Deus deu a maioria de nós nessa terra, 70 ou 80 anos para recebermos a remissão de pecados. Deus nos deu a palavra da remissão de pecados, e Ele deu a cada um de nós a oportunidade de recebermos essa remissão ao nos fazer conhecer Seu plano da salvação. Contudo, há aqueles que estão somente olhando para o convite que receberam, ao invés de se prepararem para as bodas.
Após receberem o convite, há muitos que estão satisfeitos e dizem: “Eu creio em Jesus”, e vão para a igreja com a bíblia e o hinário nas mãos. Essas pessoas continuam vivendo, se satisfazendo em se gabar diante dos outros, dizendo: “Eu recebi o convite. Eu creio em Jesus. Eu guardo minha fé em Jesus mesmo enfrentando muitas dificuldades. Eu fui convidado por Deus. Eu creio nisso”. Há muitas pessoas que ainda estão com pecado em seu coração apesar de terem recebido o convite. Esses são aqueles que só receberam o convite sem terem recebido a remissão de pecados.
Até mesmo hoje em dia eles continuam indo para a igreja, vestindo suas melhores roupas, com o convite em seu bolso para que ele seja visto pelos outros, mesmo eles ainda não terem sido purificados de seus pecados. “Eu estou convidado. Eu vou para o Reino dos Céus. Você crê em Jesus? Eu creio. Jesus é o Filho de Deus. Você sabia disso? Aquele que criou o universo me convidou. Ele disse que me levaria para o Céu. Você compreende isso? Ele disse que me salvou. Então estou salvo. Você sabe em que igreja eu vou? Eu vou a uma igreja rica em tradição. Eu vou a uma igreja famosa. Você conhece a igreja?” Eles trocam de roupa a cada dia para tentar mudar seu coração.
O que devemos fazer para entrar no Reino dos Céus? Tendo o convite em mãos, devemos nos preparar com as vestes adequadas. Não podemos ter pecado em nosso coração. Mesmo tendo sido convidados, há pecado em nosso coração. Mesmo sem prestar atenção no fato de os pecados terem sido apagados, eles vêm para tentar entrar, quando Jesus então diz: “Entrem todos aqueles que têm o convite”. Há também uma segunda barreira a se ultrapassar. Mesmo nesse mundo, há um processo seletivo para se tornar ator ou atriz. Há também um processo seletivo para se tornar miss. Por que não haveria um processo seletivo para entrar no Céu? Sempre há um processo seletivo para entrar no Céu.
“Venha por este portão. Não vá por aquele portão, você compreende isto?” “Sim”. Aqueles que receberam o convite são bem educados, então eles não entrarão aonde lhes disseram para não entrar. “Todos estão sentados?” “Sim”. O Rei olha para as pessoas e diz: “Isso é muito bom. Muitas pessoas aceitaram o meu convite”. Os que receberam o convite o colocam no bolso, bem à vista para que todos possam vê-lo.
As pessoas tentam mostrar o seu convite, mas os que não estão com as vestes nupciais são facilmente reconhecidos. Então o Senhor vai até aquele que não está com as vestes nupciais e pergunta: “Como você veio aqui?” O homem responde que ele veio por causa do convite que recebeu. “Eu nasci como cristão e creio em Jesus desde então”. Um outro homem diz: “Eu tenho levado minha vida de fé em uma renomada denominação. É uma denominação tradicional”. O Rei então pergunta: “Você tem pecado em seu coração?” “Há pecado sim”.
Queridos irmãos, dentre todos os que têm o convite, os olhos de Deus estão somente sobre aqueles que verdadeiramente não têm pecado em seu coração. Deus olha e aguarda não por aqueles que fingem crer, mas por aqueles que esperam no Senhor e dizem: “Oh, Senhor Jesus, venha por favor”. Esses cristãos legítimos não têm pecado em seu coração e são gratos por Deus tê-los salvo, mesmo eles sendo tão falhos.
O Rei chama e reúne aqueles que vieram as bodas sem as vestes nupciais. “Meus servos, ouçam-Me! Prendam todas essas pessoas juntas”. Então os cristãos pecadores respondem: “Oh, por que Você está fazendo isso? Não é assim que nós chegamos no Céu? Oh Senhor, meu Rei, Você nos prendeu porque estávamos errados?” Ao que respondeu o Rei: “Silêncio! Não se mexam! Ouçam-Me. Abram o portão de trás. Lancem-nos nas trevas exteriores”. Dentre os que receberam o convite do Rei, os que estavam com as vestes nupciais podiam entrar na festa do Céu, mas os que não estavam devidamente vestidos foram lançados fora.
Amados irmãos, todos têm que crer em Jesus Cristo e nascer de novo. Por isso Jesus disse no evangelho de João capítulo 3, que se alguém não nascer da água e do Espírito, não entrará no Reino de Deus. As pessoas têm que nascer de novo. E tem que ter seus pecados apagados. Elas têm que crer em Jesus e não ter pecado em seu coração para poder entrar no Reino dos Céus. O Rei convidou as pessoas, e Ele lançou fora aquelas que não estavam trajando vestes nupciais. Isso nos diz que: “Somente aqueles vestidos com trajes nupciais é que podem entrar”. Ter seus pecados apagados de seu coração significa que você nasceu de novo.
Você verdadeiramente nasceu de novo pelo batismo de Jesus Cristo? Nascer de novo é muito fácil. Deus nos deu o convite; e no rodapé do convite Ele escreveu tudo o que devemos fazer para nos preparar. Se olharmos para as coisas que devemos fazer para nos preparar, estará escrito: “Jesus Cristo, Meu Filho, levou todos os seus pecados quando foi batizado. Então venham, e tenham a certeza em seu coração de que receberam a remissão de pecados”. Deus escreveu tudo na lista de coisas que temos que preparar. Nascer de novo é muito fácil. Algumas pessoas pregam o evangelho com tanta dificuldade. Mas como eu prego o evangelho, não há nada mais fácil do que pregá-lo. Quando Jesus Cristo recebeu o Seu batismo, Ele levou todos os nossos pecados. Ele pagou o preço por nossos pecados ao levá-los por completo, morrendo vicariamente na cruz e sendo julgado em nosso lugar.
Nosso coração é fundamentalmente mais corrupto do que todas as coisas (Jeremias 17:9). Devemos dizer esta verdade às pessoas. Como vive nesta terra, você não pode evitar de cometer pecados. Em seu coração, o pecador tem pensamentos homicidas, pensamentos maus, sentimentos impuros e de adultério, que estão lutando dentro dele. Nosso Senhor escreveu palavras, como as do convite, e pergunta: “Você permite isso?” Se a pessoa for honesta, ela dirá: “Sim. Eu sou esse tipo de pessoa”.
Mesmo todas estas coisas estarem escritas no convite, você irá negá-las?” Deus nos diz: “Você cometeu tal e tal pecado. Mas Eu enviei Meu Filho e Ele levou todos os seus pecados. Eu o fiz receber o batismo no rio Jordão. Foi assim que Eu o libertei de todos os seus pecados. Então, quem crê em Mim, após receber o convite, se tornará Meu filho e entrará no Reino dos Céus. Você compreende isso?”
Pregar o evangelho é extremamente fácil. Todavia, alguns o fazem com grande dificuldade. Eles tentam pregar aos outros algo que eles mesmos não conhecem. Não admira que tenham dificuldade de pregar. Quando eu ouço o que eles pregam, minha cabeça dói.
Você e eu temos um evangelho que é preciso. Isso significa que no mundo inteiro, nós somos os únicos que possuem o evangelho certo. E os que possuem o precioso evangelho da água e do Espírito são raros. Pessoas como Davi do Antigo Testamento, possuíram o mesmo evangelho que nós. Assim como os pecados anuais do povo de Israel eram passados para o bode expiatório através da imposição de mãos (Levítico 16:20-21), o povo do Antigo Testamento estava atento ao fato de que Jesus Cristo viria e levaria todos os pecados do mundo de uma vez por todas. Eles atentavam para o fato de que Jesus seria seu Salvador e os daria o evangelho da água e do Espírito. E foi por isso que Davi disse: “Bem-aventurado aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto” (Salmo 32:1). Davi sabia que mesmo que ele tivesse muitas transgressões e pecados, nosso Senhor os levaria a todos de uma só vez. Por isso Davi cantava que não tinha pecado pois o Senhor viria a esta terra e levaria os pecados do mundo de uma vez por todas. Aqueles que crêem nisso são os que têm a fé como a de Davi.
Todavia, os que têm esse tipo de fé são muito raros em nossos dias. Esse evangelho da água e do Espírito que nós temos é mesmo o correto. Se você fosse encontrar alguém que o possui mas ainda não recebeu a remissão de pecados, essa pessoa é digna de pena. Ontem, eu passei algum tempo pregando o evangelho para a senhoria que mora na casa abaixo da nossa. Uma vez eu fui ao hospital e preguei o evangelho para ela. Ela recebeu a remissão de pecados de uma única vez.
“Então, querida irmã, não é verdade que alguém que passou todos os seus pecados para Jesus ao ter fé no Seu batismo e no sangue na cruz, e já não tem nenhum pecado em seu coração?”
“É verdade, essa pessoa realmente não tem pecado”.
“Dizer que eu estou sem pecado dizem que é heresia. Você imagina ser chamado de herege?”
“Por que isso é heresia? Eu não tenho pecado, mas como isso pode ser heresia? Se as pessoas dizem que isso é heresia ou não, eu estou lhe dizendo que, mesmo que houvesse pecado em meu coração, após ouvir esse evangelho, eles desapareceram. O problema do pecado no meu coração foi resolvido. Não importa se os outros me chamam de herege ou não”.
Essa irmã falou corajosamente. Ela falou de uma maneira bem clara quando disse que aqueles que têm pecado são os que crêem falsamente. Antes de ouvir esse evangelho, a irmã cria em um Jesus ressuscitado, que curou leprosos e que andou sobre as águas. Ela confessou que apesar de crer em cada milagre, incluindo o dos discípulos que disseram: “Não tenho prata nem ouro, mas o que tenho te dou. Em nome de Jesus Cristo, o nazareno, levanta-te e anda” (Atos 3:6), ela passou por momentos difíceis até então porque ela tinha pecado em seu coração.
Ela pensou: “Por que Deus fez o ser humano tão cheio de pecado? Deus é onisciente e onipotente. Por que Deus me fez um ser humano pecador ao invés de me fazer perfeita?” Essa irmã ficou com uma enfermidade no coração por causa disso. A irmã disse que não entendia por que Deus permitia que o pecado permanecesse em seu coração, apesar de Deus ser onisciente e onipotente, e não houvesse nada que Ele não pudesse fazer. Mesmo a bíblia dizendo que Deus é sábio de coração e grande em força, ela disse que quando olhava para si mesma, ela pensava: “O que onisciência e onipotência? Se Deus é perfeito, Ele deveria ter me feito perfeita. Como eu sou perfeita? Eu não sou perfeita”. Ela estava pensando: “Se Jesus apagou todos os meus pecados, porque eles ainda estão no meu coração?” Isso era o que a irmã não conseguia entender.
 
 
Deus nos Criou para Depois nos Fazer Seus Filhos
 
Eu expliquei para ela em mais detalhes: “Para abençoar as pessoas, Deus as fez um pouco menores que os anjos. A larva de uma grande cigarra marrom, muito comum na Coréia, vive no subterrâneo por 6 anos, depois ela sai da terra e vem para a superfície para se transformar. A larva da cigarra marrom sobe numa árvore, se desprende de seu casulo, e solta suas asas, se tornando uma cigarra voadora. Se tornar uma cigarra voadora é o sonho de toda a larva. O homem também é assim. O propósito de todo ser humano quando nasce é se tornar justo ao crer no evangelho da água e do Espírito e um filho de Deus”.
A irmã disse que agora ela podia entender tudo. Ela deu um testemunho de fé dizendo que seu coração estava bom e muito feliz. Ela disse que agora ela cria em seu coração que Deus é o Deus de amor; que Ele apagou todos os seus pecados; que Ele é verdadeiramente onisciente e poderoso, que Ele é perfeito e que Ele é o Deus da Verdade.
É verdade que para nos honrar, Ele nos aprisiona sob o pecado por pouco tempo. Os insetos não são os únicos a passar por uma transformação. O plano de Deus é transformar nossos corpos, no momento certo, em corpos espirituais completamente diferente dos nossos atuais. “Eis que vos digo um mistério: Na verdade, nem todos dormiremos, mas todos seremos transformados, num momento, num abrir e fechar de olhos, ao soar a última trombeta. Pois a trombeta soará, e os mortos ressurgirão incorruptíveis, e nós seremos transformados” (I Coríntios 15:51-52).
A mente de alguém que não está preparado para receber a remissão de pecados não se compara a nenhuma outra, apesar de ouvirem a pregação do evangelho da água e do Espírito. Se uma pessoa não nasceu de novo ao ter fé em Jesus, apesar de ter recebido o convite, ele é muito estúpido. Essa pessoa é tola, ignorante e não presta para nada. O único que é verdadeiramente onisciente e onipotente, o único que é a Verdade, já veio e levou todos os pecados do mundo. “Você não tem que fazer nada. Eu cuidarei de todos os seus pecados e resolverei tudo para você”.
Jesus veio como o Salvador e levou todos os pecados do mundo ao receber o batismo no rio Jordão. Na cruz, Ele disse: “Eu estou vicariamente recebendo o julgamento por todos vocês. Vocês compreendem? Olhem aqui. Eu terminei tudo”, e então três dias após a Sua morte, Ele ressuscitou do túmulo. Após ter ressuscitado, Jesus tomou o Seu lugar à destra do trono de Deus. E agora Ele nos diz: “Quem crer em Mim receberá a salvação”. Amados irmãos, o quanto esse evangelho é claro e preciso para vocês?
Para alguém que nasceu de novo da água e do Espírito é fácil. Difícil é entender por que as pessoas vão para o inferno com pecado em seu coração. É tão fácil crer nesse verdadeiro evangelho. As pessoas foram lançadas fora das bodas porque elas não foram com as vestes nupciais. Queridos irmãos, vocês não imaginam como é fácil crer em Jesus. Uma vez eu li um livro escrito por evangélicos e o assunto era nascer de novo. Mas eles falavam sobre isso com muita dificuldade. Eu li o livro todo. Mas porque não chegava a lugar algum, eu fiquei com dor de cabeça. Foi pura perda de tempo.
Crer em Jesus é muito simples. Desde o útero materno, as pessoas nascem com pecado. Esses pecados são os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, a maldade, o engano, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba e a loucura (Marcos 7:21-22). Você tem ou não um coração perverso dentro de você? Você tem ou não um coração invejoso? Você tem ou não um coração que o leva ao homicídio? Todos nós o temos. Desde o nascimento todos temos pecados como esses em nosso coração. Os seus pensamentos são maus ou não? Se adiantar, nós falaremos suavemente com a pessoa, dizendo: “Oh, meu querido amigo fulano de tal”. Mas num assunto qualquer, olharemos zangados e diremos: “Do que você está falando, você não é bom mesmo!” Todos nós somos assim. O ser humano já nasceu com essas coisas no coração. Não importa o quanto a pessoa prometa não fazer isso de novo, coisas assim continuam vindo do seu interior. Por isso é que elas não podem evitar de cometer pecado.
Nós seres humanos somos todos pecadores. A bíblia diz: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e incorrigível. Quem o conhecerá?” (Jeremias 17:9). Então, o que são todas as coisas? Elas são todas as plantas, minerais e animais. Por exemplo, vamos dizer que fizemos algo delicioso para comer com verduras, macarrão, tortas e muitas outras coisas, usando vários ingredientes.
Vamos supor que coloquemos todos os restos da comida num recipiente bem grande por 2 ou 3 dias. Tudo o que sobrou vai para o fundo do recipiente e nem vai parecer muito ruim à primeira vista. Mas se mexermos tudo com uma colher de madeira, conforme formos mexendo, todo o tipo de sujeira virá à tona. Restos de macarrão e de tudo o que sobrou virá à tona completamente estragados. Imagine que cheiro horrível isso vai ter? A sujeira e o que estragou virão todos juntos à tona. Essa mistura toda ficará aparecendo.
O coração de uma pessoa é mais corrupto que todas essas coisas. O coração humano é mais imundo do que as coisas dentro de uma lixeira. As pessoas parecem distintas por fora, mas quando olhamos dentro de seu coração e buscamos o que está nele, veremos como ele está sujo e estragado, e essa é a sua verdadeira face. Tente atingir uma pessoa em seu ponto fraco, ou magoar seu coração para ferir seu orgulho. Logo, palavras grosseiras surgirão: “O que? Ei, fulano. Seu insignificante. Você está pedindo para morrer?” Uma imagem contrária a da santidade aparecerá na pessoa.
Há muitas irmãs aqui neste lugar, e eu quero imaginar que são todas como anjos. Até os meus 15 anos, vendo as estudantes andando bem vestidas, parecendo limpas e elegantes, elas faziam um contraste com o meu jeito sujo de estar. Eu pensava que aquelas estudantes eram anjos. Eu pensava que porque eu era um ser humano imundo, eu não poderia chegar perto daquelas estudantes. Contudo, eu descobri que elas não eram diferentes de mim, nem melhores, nem piores. Tudo o que elas falavam e faziam era igual ao que eu mesmo fazia. Eu pensava que as mulheres eram diferentes. Mas eu descobri que os corações humanos são todos iguais. Quando você revolver o que há dentro do coração de uma pessoa, você não pode imaginar o que sairá dali.
Há muitas pessoas neste mundo fazendo coisas más. Nós encontramos pessoas assim todos os dias no jornal. Pessoas assim não são diferentes de mim e de você. Não há exceções. Não é verdade? Eu estou dizendo que o coração humano é algo corrupto, é que cometer pecado faz parte da natureza humana. Os seres humanos são todos pecadores, e todos irão para o inferno se não pagarem o preço por seus pecados.
Jesus veio a esta terra e recebeu o batismo no rio Jordão. Ele levou completamente os pecados do mundo, tanto os do coração humano quanto as transgressões. Crer que todos os pecados do mundo foram transferidos para Jesus Cristo é justamente nascer de novo, ou seja, receber a remissão de pecados. Apesar de todos nascerem pecadores, eles nascem de novo como justos sem pecado, só porque eles passaram todos os seus pecados para Jesus Cristo por crer no verdadeiro evangelho. Jesus veio a esta terra e levou todos os nossos pecados pelo Seu batismo no rio Jordão, todos os pecados do nosso coração desapareceram. Por causa disso, mesmo sendo seres humanos, nós nascemos de novo como aqueles que não têm pecado.
Amados irmãos, o evangelho é algo muito simples. A palavra “batismo” significa “passar para”. O batismo tem outros significados como “purificar”, “enterrar”, “passar adiante” e “passar para”. Às vezes as pessoas perguntam onde está o significado de “passar”. Mas “passar adiante” significa “enviar algo daqui para lá e então segurar”. Na palavra “batismo”, o significado claro é “passar para”. O batismo consiste na imposição de ambas as mãos, e “passar para” está incluído em seu significado. Está escrito no Antigo Testamento que com a imposição de ambas mãos sobre a cabeça do animal do sacrifício, ele seria aceito em benefício de quem fez a oferta para fazer expiação por seus pecados (Levítico 1:4, 16:21). Expiar significa não haver mais pecado. E porque os pecados passaram daqui para lá com a imposição de mãos sobre a cabeça do animal pelo povo, não há mais pecado de sua parte; portanto, o pecado do povo foi expiado.
Jesus Cristo veio a esta terra e recebeu o batismo de João Batista no rio Jordão. A palavra “batismo” significa “sepultar ou colocar no sepulcro, enterrar, purificar, e passar adiante”. A palavra grega “baptizo” significa “mergulhar ou imergir em água”, mas o que acontece a alguém que é imerso nas águas? Se a pessoa imergir, ela morrerá. Por isso é que a palavra batismo tem em seu significado “sepultar”.Toda a impureza é purificada ao ser mergulhada nas águas. Isso significa que com a água de Jesus Cristo, o qual levou todos os nossos pecados, nós fomos purificados de nossos pecados. Nos tornamos sem pecado somente quando eles passam para Jesus. Assim, a palavra batismo, tem também outro significado: “passar para”.
Quando Jesus recebeu o batismo de João Batista, todos os pecados do mundo passaram para Ele. Nós tínhamos muito pecado em nosso coração, mas todos eles passaram para Jesus Cristo. Com todos os pecados sobre Ele, Jesus imergiu nas águas, segundo a lei de Deus, que diz: “Pois o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). Essa imersão diz respeito à Sua morte em nosso lugar na cruz. E a bíblia diz: “Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte?” (Romanos 6:3). Nós sepultamos ou enterramos nosso velho homem quando cremos em Seu batismo. Ao fazermos isso, nossos pecados passaram para Jesus e nossos pesados e obscuros pecados foram todos purificados. Os pecados que estavam em nosso coração foram purificados e ficaram brancos como a neve.
Quando os teólogos desse mundo interpretam a bíblia, eles dizem que a interpretação tem a ver com o texto original da bíblia. Eles dizem que a palavra batismo, no texto original significa “sepultar, purificar e passar para”. Então, por que eles não conseguem crer que os seus pecados passaram para Jesus quando Ele recebeu o batismo? Eles não têm convicção sobre isso? O que Jesus veio fazer vindo nesta terra e apagando todos os nossos pecados? Foi para apagar o pecado das pessoas, os quais elas continuavam cometendo, que Jesus teve que levar todos os nossos pecados sobre Si ao receber o batismo. Se Jesus não tivesse levado todos os nossos pecados, como nós poderíamos ter recebido a remissão deles? Se os nossos pecados não fossem levados, nós não receberíamos a remissão deles, não importa a fé que tivéssemos em Jesus. Muitas pessoas não crêem no batismo de Jesus. Quando eu penso nessas pessoas, eu me sinto frustrado e com grande peso em meu coração.
Na passagem bíblica de hoje, está claro que aquele que não estava com as vestes nupciais, foi lançado fora. Ele ficou mudo. A palavra mudo significa que mesmo ele tendo boca, ele ficou sem palavras. Esse homem que não tinha vestes nupciais não sabia que Jesus levou seus pecados quando foi batizado. Mesmo ele crendo em Jesus, ele não sabia que seus pecados foram passados para Ele. De que adianta dizer que você crê em Jesus se ainda tem pecado em seu coração? Se alguém ainda tiver pecado em seu coração, mesmo tendo fé em Jesus, essa pessoa será lançada fora por não ter as vestes nupciais, mesmo que tenha ficado por pouco tempo nas bodas.
Nós que nascemos de novo devemos vestir as pessoas com as vestes nupciais. O que exatamente são estas vestes? Elas são o evangelho da água e do Espírito. Basicamente, nós somos um amontoado de pecado. Foi porque as pessoas não conheciam sua natureza humana, que Deus deu a lei através de Moisés. Essa lei fez as pessoas conhecerem seus pecados, reconhecendo que o ser humano é pecador. Se alguém não consegue reconhecer seu pecado através da lei, então ele deve crer no evangelho da água e do Espírito.
O batismo de Jesus Cristo significa que Ele levou todos os pecados do homem. Jesus morreu na cruz porque recebeu o julgamento por nossos pecados. A ressurreição de Jesus fez com que eu e você nascêssemos de novo. Jesus disse: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” (João 3:16). O batismo de Jesus Cristo, Sua morte na cruz e Sua ressurreição são os ministérios de Seu amor que nos mostram que Deus nos salvou de nossos pecados. Esses ministérios se constituem na nossa salvação, que significa que Ele nos deu nova vida ao fazer- nos justos.
Amados irmãos, eu não consigo entender porque as pessoas não crêem que Deus Pai, que é onisciente e onipotente, nos deu vestes nupciais ao enviar Seu Único Filho Jesus Cristo a esta terra, para apagar os nossos pecados, nos fazendo justos. Mesmo tendo memorizado o credo apostólico, elas não crêem no evangelho da água e do Espírito, o qual os apóstolos criam.
Quando Jesus Cristo veio a esta terra e recebeu o batismo no rio Jordão, Ele nos fez vestes de justiça. Nós éramos basicamente um amontoado de pecado. Nossa carne e coração eram cheios de pecado. Isso porque nós vestíamos vestes impuras. Não podíamos entrar no Reino de Deus porque nosso coração era cheio de impureza. Por isso é que Jesus Cristo veio a esta terra e nos purificou a todos. Assim como um aspirador, Jesus Cristo apagou todos os nossos pecados ao tomá-los sobre Si em Seu batismo.
Se Jesus Cristo foi um aspirador, o braço de João Batista, que batizou Jesus, segurou o tubo do aspirador. Assim como toda a sujeira é sugada para dentro do aspirador quando o passamos sobre ela, sem deixar nenhuma para trás, na verdade quando Jesus Cristo recebeu o batismo, todos os nossos pecados foram passados para ele. Jesus foi à cruz levando nossos muitos pecados.
Jesus Cristo nos fez vestes nupciais. Você está vestido com ela? Nós estamos. Se olharmos a passagem bíblica de hoje, está escrito que Jesus convidou muitas pessoas. E mesmo tendo convidado-as, muitas recusaram o convite. Também está escrito que dentre esses que foram convidados, os que não estavam com vestes nupciais foram tirados da festa. Se alguém crê em Jesus, ele deve preparar suas vestes. Eu espero que você entenda que as vestes são o batismo de Jesus Cristo e Sua morte na cruz. Eu também espero que você entenda que Jesus Cristo levou todos os nossos pecados pelo Seu batismo e sangue. Jesus não levou somente o pecado original mas o pecado diário também. Ele levou até o pecado do passado, do presente e do futuro.
Devemos entender claramente que já faz aproximadamente 2.000 anos desde que Jesus Cristo recebeu Seu batismo no rio Jordão, morreu na cruz, ressuscitou e ascendeu aos Céus. Em outras palavras, já tem 2.000 anos que Jesus Cristo veio a esta terra e apagou os nossos pecados. Estamos atualmente na era cristã. O nosso calendário existe a partir do ano que Jesus Cristo veio a esta terra.
A fé que nos leva a receber a remissão de pecados é a fé em Jesus Cristo, que veio a esta terra e levou todos os nossos pecados, sabendo que nascemos em pecado desde o útero de nossa mãe e que morreríamos em pecado. Jesus levou não somente os nossos pecados, mas também o pecado de nossos filhos, e o pecado de todos desde os dias de Adão até o final dos tempos.
A verdade é que Jesus veio cerca de 2.000 anos atrás e apagou todos os pecados do homem. Estas são as vestes nupciais. Jesus não nos permitiu receber a remissão de pecados agora, mas apaga nossos pecados no momento em que declaramos nossa fé nEle. Por ter apagado os pecados tempos atrás, Ele nos permitiu receber a remissão deles quando cremos de fato. Nós podemos receber a remissão de pecados crendo na obra que Jesus fez há aproximadamente 2.000 anos atrás. O Senhor nos vestiu com vestes nupciais dessa forma.
Eu espero que você vista sua família com essas vestes nupciais também. Nós vivemos nessa terra só por pouco tempo. Se recebemos a remissão de pecados e nos vestimos com vestes nupciais durante esse tempo, nós entraremos no Reino dos Céus. Se nos vestirmos com as vestes nupciais, nos tornaremos filhos de Deus. Quando os filhos de Deus oram, Deus responde suas orações e eles então são ajudados por Ele. Isso traz paz e alegria aos seus corações. Quando lemos a bíblia, nós entendemos a Palavra. Entendemos em nosso coração o que ela quer dizer, e ali nasce a justiça que nos faz agir justamente.
Você deve usar as vestes nupciais. Vocês usam as vestes nupciais? Os que estão com as vestes nupciais se tornaram justos. Eles não são mais pecadores. Pela fé você tirou as vestes do pecado e as deu para Jesus Cristo. Nós agora estamos com as vestes de Deus; as novas vestes do Reino dos Céus.
Quando alguém recebe a remissão de pecados, o Espírito Santo passa a morar no coração dessa pessoa. O Espírito Santo vai morar no coração pecador e o transforma em um novo coração, que é sem pecado. Deus tirou todos os pecados para que eles nunca mais possam entrar em nosso coração, mesmo que cometamos erros em nossa fraqueza.
Os que estão trajando vestes nupciais são os justos. Eles não são pecadores. Se o coração de alguém ainda tem pecado, então ele não é uma pessoa justa. Ele não está com vestes nupciais. Os que estão com as vestes nupciais são certamente os justos. Você não deve se tornar em alguém que é lançado fora, apesar de ter fé em Jesus Cristo.
Não há nada mais difícil do que crer em Jesus sem ter nascido de novo. As pessoas tentam entrar no Reino dos Céus sem ter as vestes nupciais e isso é o mesmo que tentar chegar na lua a pé. Alguém pode chegar na lua a pé? Não, é impossível. Ninguém consegue pular as Cataratas do Niágara, menos ainda chegar na lua a pé.
Você deve ter as vestes nupciais. Sem ter as vestes nupciais, você nunca poderá ir às bodas no Céu. Há alguém entre nós que ainda não está com as vestes nupciais? Se há, por favor fale agora. Eu o vestirei com vestes nupciais. Assim que as vestir, você ficará lindo mesmo sem ter que pôr maquiagem, pois flores irão desabrochar em seu coração. Como as flores desabrocham? Um botão sai do galho e suas pétalas se abrem.
Quando os pecados saem do coração, ele se torna lindo. Quando ele fica lindo, os olhos ficam lindos. Quando o coração fica tranqüilo, a pela fica mais saudável. Não é só o coração que fica melhor, você não pode imaginar como a pela fica boa. Apesar de tudo, as pessoas ficam com a aparência distorcida quando não estão com as vestes nupciais. E, ao cometer algum pecado, elas se acusam e ficam com sentimento de culpa, dizendo: “Oh não, como eu estou envergonhado. Eu pensei que o meu coração estava limpo”.
Queridos irmãos, havia um homem nas bodas que não estava com as vestes nupciais. O homem sentou-se perto de Jesus, mas ele foi logo posto para fora, por outro lado, havia aqueles que estavam com as vestes nupciais. Esses entraram no Reino dos Céus. A que lado você pertence? Você está com as vestes nupciais? Você realmente crê que Jesus Cristo é o seu Salvador? Você crê que Jesus Cristo levou todo os seus pecados quando foi batizado?
No mundo em que vivemos, há muitas pessoas que desconhecem esse fato. Quando eu vejo pessoas que crêem em Jesus sem terem nascido de novo, eu me sinto como se estivesse sufocado. As pessoas continuam crendo em Jesus no Catolicismo, no Protestantismo, no Mormonismo, no Adventismo, nos Testemunhas de Jeová e em muitas outras. Mas porque eles não nasceram de novo, eles continuam crendo em Jesus sem estar com as vestes nupciais. Eu me sinto muito frustrado por aqueles que dizem crer em Jesus como seu Salvador, mas a maioria deles não sabe sobre o Seu batismo.
Você sabe o quanto eles são ignorantes? Quando perguntam: “Por que Jesus recebeu o batismo?” Eles respondem: “Ele recebeu o batismo o batismo porque Ele era humilde”. Jesus é o nosso professor de etiqueta? Durante a dinastia Chosun da Coréia (1392-1910 A.D.), havia escolas públicas chamadas “hyangkyo”. Havia um diretor em cada hyangkyo. Através dos livros sagrados do Confucionismo, eles ensinavam regras de etiqueta aos estudantes. Quando eu fazia a obra na cidade de Chang-won, havia uma hyangkyo próxima à nossa igreja.
E lá, os anciãos se vestiam com chapéus tradicionais como os dos professores de escolas de vilarejos de outrora, e faziam muito barulho com uma grande corneta. Uma vez eu vi uma pessoa visitando uma hyangkyo. E ele demonstrou que havia chegado fazendo esse som terrível, e o diretor da escola respondeu lá de dentro fazendo o mesmo barulho. Então o diretor abriu a porta e saiu. Eles se cumprimentaram cerimoniosamente e entraram. Pode-se dizer que os diretores das hyangkyo eram professores de etiqueta.
Queridos irmãos, Jesus é igual aos diretores das hyangkyo? Não mesmo. Quem é Jesus? Jesus é o Salvador de todos os pecadores. Ele é o Filho de Deus e o Sumo Sacerdote dos Céus. Contudo, muitas pessoas ignoram essa verdade. Aqueles que estavam com as vestes nupciais foram para as bodas nos Céus. E aqueles que não estavam com as vestes foram lançados para fora. A veste nupcial é o batismo que João Batista deu em Jesus. Eu oro para que você saiba e creia que Jesus Cristo apagou todos os nossos pecados ao receber Seu batismo, e se tornou nas vestes de justiça para nós.
Quando eu falo isso, os que não crêem se opõem a mim, dizendo: “Como os pecados passaram para Jesus quando Ele foi batizado?” Então eu uso a Palavra como argumento e digo: “Agora, ao invés de falar de seus próprios pensamentos, vamos falar sobre a verdade usando a bíblia. Tanto a bíblia no original quanto a bíblia traduzida são boas. A Palavra de Deus está dizendo uma coisa, e vocês estão dizendo outra. Vocês ainda não crêem que o batismo de Jesus levou todos os nossos pecados?” Se eles crêem ou não, mesmo eu falando milhares de vezes, eu continuo dizendo: “A veste nupcial que nós devemos ter é o evangelho da água e do Espírito”.
Queridos e amados santos, eu dou graças a Deus porque o Senhor nos fez nascer de novo. Ao nos vestir com vestes nupciais, o Senhor nos permitiu entrar no Seu Reino. Quando eu penso que o próprio Senhor nos fez verdadeiras vestes e nos vestiu com elas, eu fico muito grato. No próximo acampamento para treinamento de discípulos, eu pregarei sobre vários assuntos, mas eu creio que devo falar sobre esse assunto por toda a eternidade.
Eu espero que você guie os membros da sua família à salvação e coloque neles as verdadeiras vestes. Os que estiverem com essas vestes certamente entrarão no Reino dos Céus. Eu espero que você e eu, que nascemos de novo da água e do Espírito, possamos colocar nossos esforços na obra de vestir outros com as vestes, para que nenhum deles fique sem entrar nos Céus.