Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 8-4] (João 8:13-19) Todas as Palavras que Jesus Disse São Verdade

(João 8:13-19)
“Desafiaram-no os fariseus: Tu testificas de ti mesmo; o teu testemunho não é válido. Respondeu Jesus: Ainda que eu testifique de mim mesmo, o meu testemunho é válido, pois sei de onde vim e para onde vou. Mas vós não sabeis de onde venho, nem para onde vou. Vós julgais segundo os padrões humanos; eu a ninguém julgo. Mas se na verdade julgo, as minhas decisões são certas, porque não estou sozinho. Estou com o Pai que me enviou. Na vossa lei está escrito que o testemunho de dois homens é válido. Eu sou um que testifica de mim mesmo; a minha outra testemunha é o Pai que me enviou. Então lhe perguntaram: Onde está teu Pai? Respondeu Jesus: Não me conheceis, nem a meu Pai. Se vós me conhecêsseis, também conheceríeis a meu Pai.”
 
 
A Palavra Testificada por Jesus é Verdadeira
 
Eu quero falar com vocês agora sobre a passagem de João 8:13-19, dando continuidade à minha pregação do culto hoje de manhã.
Jesus disse à mulher apanhada no ato de adultério: “Nem eu também te condeno.” Por Jesus ter julgado à mulher desse jeito, os fariseus não gostaram muito da Sua atitude. Eles então disseram a Jesus: “Tu testificas de ti mesmo; o teu testemunho não é válido” (João 8:13). Depois eles perguntaram a Ele: “Tu testificas de Ti mesmo que Tuas palavras são a verdade, mas como Tu podes provar que o que dizes é a Verdade.”
Contudo, depois que viu a mulher que foi apanhada no ato de adultério, Jesus ficou escrevendo no chão e disse: “Aquele que dentre vós está sem pecado, seja o primeiro a lhe atirar uma pedra.” Naquela hora então, nenhum fariseu pôde refutar as palavras ditas por Jesus. Mas antes, quando os fariseus viram Jesus, eles o acharam convencido porque Ele falava como se fosse o próprio Deus. Porém, Jesus lhes disse: “Ainda que eu testifique de mim mesmo, o meu testemunho é válido, pois sei de onde vim e para onde vou. Mas vós não sabeis de onde venho, nem para onde vou.”
 
 
A Palavra de Jesus e Seu Testemunho São Todos Verdade
 
Jesus disse: “Ainda que eu testifique de mim mesmo, o meu testemunho é válido.” Isso porque Ele não estava sozinho, mas com o Pai que O enviou. A verdade é que Jesus possui a mesma essência de Deus e, por isso, Seu testemunho e o que Ele diz jamais pode estar errado. E mais ainda, Ele não está sozinho porque o Pai trabalha junto com Ele. Estava escrito na lei dos fariseus que somente o testemunho de dois homens era válido, mas Jesus disse: “Eu sou um que testifica de mim mesmo; a minha outra testemunha é o Pai que me enviou.” Portanto, já que Jesus é Deus, Seu testemunho e o que Ele disse eram tudo verdade. Por quê? Eles eram verdade porque Jesus não estava sozinho, mas como o Pai. Os fariseus perguntaram então: “Onde está teu Pai?”, no que Jesus respondeu: “Não me conheceis, nem a meu Pai. Se vós me conhecêsseis, também conheceríeis a meu Pai.” Jesus pessoalmente mostrou que Seu testemunho estava correto no que se refere à mulher apanhada no ato de adultério. Naquela ocasião, Jesus disse que não podia condenar a mulher. Por quê? Porque Ele já tinha levado os seus pecados quando tirou todos os pecados do mundo de uma vez por todas quando foi batizado por João Batista, e por ter sido castigado na cruz pelos seus pecados também. Aquela mulher sabia que era realmente pecadora e tinha que ser condenada por causa dos seus pecados, no entanto, ela não esperava receber a salvação de ninguém mais senão de Jesus Cristo, que é Deus. Portanto, do ponto de vista de Jesus Cristo, que é Deus, a alma daquela mulher merecia de fato receber a salvação do pecado. E Jesus disse então: “Nem eu também te condeno”, pois Ele já tinha apagado todos os pecados de pecadores como ela quando veio a essa terra.
O testemunho de Jesus foi errado? Não, não foi. Jesus disse que não podia condená-la pelo seu pecado porque Ele já tinha levado todos os seus pecados sobre Seu corpo quando foi batizado. Só para concluir, já que Jesus está junto com o Pai, tudo que Ele diz é verdade e Seu testemunho é correto. Dentre todas as palavras ditas por Jesus, que é Deus, existe alguma que não seja verdade? Todas as Suas palavras são perfeitas, porque elas são a verdade. As palavras de Jesus são todas verdadeiras porque são as Palavras de Deus.
 
 
O que os Servos de Deus Dizem Hoje Então?
 
Nós temos que pensar sobre isso. Por eu ser carnal, ao olhar para mim mesmo, eu vejo que sou fraco. Mas embora eu seja exatamente como aqueles que ainda não nasceram de novo, de um ponto de vista carnal, eu creio na Palavra de Deus, e por isso tenho o Espírito Santo dentro do meu coração. Mas é claro que o Espírito Santo também habita dentro de você, pois você crê no evangelho da água e do Espírito. Entretanto, eu tenho que levar tudo em consideração por causa da obra que a Igreja de Deus tem que fazer. E depois de meditar bastante, eu acabo chegando a uma decisão e daí por diante. Assim, eu encorajo os obreiros e santos pela fé. Baseado na Palavra de Deus, eu lidero e exorto meus obreiros assim: “Façam isso e isso assim”, e também digo: “Vocês têm que viver pela fé. Vocês têm que viver pela fé no evangelho da água e do Espírito.” Eu tenho que julgar o que é certo, certo, e o que é errado, errado.
Mas pode haver pessoas que não confiem no julgamento que eu faço. Eu não sou Jesus, mas já que todas as palavras que Ele disse são verdadeiras, os servos de Deus e os santos devem me seguir pela fé, crendo que eu tomo decisões baseado nas palavras ditas por Jesus e do Espírito Santo que habita em mim. Isso quer dizer que tudo que os servos de Deus decidem com base na Palavra de Deus quase sempre está correto. Isso porque Deus trabalha usando Seus servos.
É difícil as pessoas crerem nas palavras de um ser humano qualquer. Quando eu digo alguma coisa para alguém, às vezes nem eu mesmo confio muito no que eu estou dizendo. Contudo, você precisa confiar no servo de Deus se ele for te orientar pela fé na Palavra de Deus.
Você teria alguma razão para não acreditar na orientação dos seus líderes espirituais? O que eu estou dizendo é que, na maioria das vezes, tudo que eu digo para o povo de Deus e para os pastores que crêem no evangelho da água e do Espírito é segundo a vontade de Deus. Embora pareça que sou eu que estou tomando uma decisão, na verdade, tudo que eu decido não vem só de mim, mas do Espírito Santo também. É por isso que podemos acreditar nas palavras dos servos de Deus, isto é, daqueles que se converteram antes de nós e que são os líderes da Igreja de Deus, porque eles são guiados pelo Espírito Santo, não porque eles são perfeitos, humanamente falando. Os líderes da Igreja de Deus têm que tomar uma decisão quando alguma coisa acontece. Até quando eu falo com vocês, eu tenho que conhecer a vontade de Deus pela fé para que a Igreja de Deus continue indo pelo caminho certo. E já que o Espírito Santo também habita no seu coração, você tem que seguir a minha orientação e não somente ouvi-la como se ela fosse palavras de um homem. Você tem que fazer isso porque o Espírito Santo habita no seu coração e porque os servos de Deus não estão procurando realizar seus desejos carnais. Portanto, eu posso dizer que eles são dignos de confiança.
Eu não estou pedindo a você: “Por favor, confie em mim.” Eu não estou dizendo que eu estou certo, ao contrário, eu estou dizendo que você deve confiar em mim porque a Palavra de Deus que eu prego é a Verdade. Eu preparo minhas pregações pegando um versículo aqui e outro ali para confirmar minha linha de raciocínio. Até porque se eu fizer isso, sua mente vai ficar presa a estes versículos. É por isso que primeiro eu leio a passagem bíblica e depois prego segundo a vontade de Deus e da forma mais clara possível baseado nessa passagem. O mais importante é que aqueles que ouvem a pregação entendam a vontade de Deus e creiam nela através da Sua Palavra. Se uma pessoa crê na Palavra de Deus, não há razão para ela não crer na Palavra que alguém está pregando de maneira bem fácil para que ela entenda.
Já tem 15 anos que nós nos conhecemos. Muito tempo já se passou, mas eu tenho pregado para vocês incansavelmente todo este tempo, pois essa é a vontade de Deus. Mas eu não digo o que penso, ao contrário, eu digo sempre o que a Palavra de Deus quer dizer. Quando examinamos a Palavra de Deus, nós vemos que ela é a Verdade. Mas tem muita gente em meio aos cristãos que não crêem nela.
Pode até parecer que eu estou pedindo a você para crer em mim usando a passagem bíblica deste capítulo, mas por que eu precisaria pedir a você para fazer isso? Eu não tenho motivo algum para pedir a você que creia em mim. Pedir a você que creia em mim é o mesmo que falar como os vigaristas. Eu não estou pedindo a você que creia em mim, ao contrário, eu estou dizendo a você o que Jesus disse que está correto.
Por que Jesus disse que Seu testemunho não era errado? Porque Deus Pai estava com Ele. Já que Deus e Jesus pensaram juntos e tomaram uma decisão, como isso poderia estar errado? Mas os fariseus não sabiam que Jesus era o Filho de Deus e a encarnação da Verdade; eles não sabiam quem era Jesus nem quem era Seu Pai; eles não sabiam que Deus era o Pai de Jesus. Por essa razão, eles discutiram com Jesus, embora Ele estivesse falando a Verdade.
Jamais podemos dizer que a vinda de Jesus a essa terra e a obra pela qual Ele salvou o homem com o evangelho da água e do Espírito foi algo errado. Por isso, as palavras dos obreiros de Deus que crêem no evangelho da água e do Espírito e fazem Sua vontade são dignas de confiança. Pelo menos não há razão alguma para que você não acredite na Palavra de Deus que os pastores estão pregando. Eles são 100% dignos de confiança. Já que eu estou dizendo a você o que vai acontecer no futuro e com que tipo de fé os santos devem viver, segundo diz o livro de Apocalipse, isso é 100% digno de confiança então. Eu digo isso porque isso é a Palavra de Deus, não minha. É por isso que eu digo que ela é 100% digna de confiança.
  
 
Se um Pastor Fala a Verdade de Deus, Ela Então é a Verdade Infalível
 
Nesses 15 anos que nos conhecermos, eu tenho pregado o evangelho da água e do Espírito, falado o que é a verdadeira fé e como deve ser a vida dos justos nascidos de novo. E eu jamais tive que corrigir algo que disse até hoje por estar errado, nem uma vez sequer. A Palavra que eu tenho pregado a você não é algo que vem da minha mente. Ao contrário, é a Palavra da Verdade que Deus me fez entender através do Espírito Santo que habita em mim. “Jesus é o Filho de Deus, mas Ele também é o Deus que criou o universo e o nosso Salvador. Jesus nos salvou com o evangelho da água e do Espírito. Então, porque cremos nisso, nós não temos pecado. Aqueles que crêem assim não têm mais pecado, só aqueles que não crêem. Todos devem crer que foi Jesus quem criou o universo. Eu tenho falado sobre isso de uma forma bem específica até hoje. Eu também tenho falado abertamente do pecado, da justiça e do juízo que são mencionados por Jesus” (João 16:8).
 
 
Jesus Disse que Ainda que Ele Testificasse de Si Mesmo, Seu Testemunho Seria Válido
 
As pessoas que não haviam nascido de novo, inclusive os fariseus, não sabiam de onde Jesus tinha vindo nem para onde Ele iria. Mas nós sabemos disso. Nós sabemos que Jesus foi enviado pelo Pai a essa terra e apagou completamente nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito. Depois então, Ele voltou para o Pai, e nós cremos nisso.
Mas aqueles que não nasceram de novo não conhecem essa Verdade. Aqueles que não nasceram de novo não crêem no que os servos de Deus dizem. É claro que os servos de Deus ainda têm suas falhas, mas por Deus cuidar deles e realizar Sua vontade através deles, o Espírito Santo lhes ensina o sentido da Palavra quando eles a pregam com seus próprios lábios e dão testemunho da Verdade. Já que Deus habita nos Seus servos na Pessoa do Espírito Santo, Ele também habita no meu coração. E eu tenho a Palavra de Deus em minhas mãos o tempo inteiro. Eu estudei muito teologia antes de nascer de novo, mas quando eu conheci o evangelho da água e do Espírito, eu entendi todo tipo de engano teológico que corrompeu os cristãos e como sua fé está errada. O Senhor também me ensinou o que diz a Bíblia. Então, através do Espírito Santo, eu passei a entender o que a Palavra de Deus dizia, assim como as afirmações absurdas dos cristãos que ainda não haviam nascido de novo. Através do Espírito Santo, não apenas eu, mas também todos os nascidos de novo, podem entender o que significa tudo que está escrito na Palavra da Verdade.
Nós temos pregado a Palavra da Verdade de Deus até hoje porque temos fé no evangelho da água e do Espírito. E nós já publicamos um considerável número de livros também. Agora, todos podem ler os livros que eu escrevi em formato eletrônico na nossa página na internet. Um grande número de teólogos e pastores no mundo inteiro tem lido meus livros. Mas ninguém até hoje me mostrou alguma parte deles que esteja errada. Eles não podem fazer isso. Eu posso dizer com toda certeza que as palavras que eu prego são Verdade porque o Espírito Santo é Aquele que fala por mim.
O testemunho de Jesus sobre aquela mulher foi válido porque Seu testemunho sempre é correto. Não há razão alguma para que alguém não creia nas palavras de Jesus, e também não há razão para que alguém não creia nas palavras da verdade que os servos de Deus pregam hoje em dia. Aqueles que ainda não nasceram de novo não conhecem a vontade de Deus, mas aqueles que nasceram de novo a conhecem.
Eu primeiro creio na Palavra de Deus, e só depois, pela fé, é que eu prego. Eu creio na Palavra de Deus sem duvidar, pois ela com certeza sempre se cumpre. As pessoas têm a tendência de interpretar a Palavra de Deus à sua maneira e depois elas acabam alterando-a; e o pior é que elas fazem isso várias vezes. Muitos mexem com a emoção das pessoas ao falar do livro de Apocalipse. Por eles falarem tantas mentiras usando a teria da pré-tribulação, da pós-tribulação e coisas desse tipo, eu não pude me contar e fiz várias pregações no livro de Apocalipse. Eu fiz diversas pregações dos assuntos principais do livro de Apocalipse, e neste livro de sermões sobre o Apocalipse, eu exponho a Palavra de Deus cuidadosamente, explicando uma passagem após a outra, como um comentário bíblico. Por que eu fiz isso? Porque era preciso explicar as passagens bíblicas uma a uma, já que as pessoas estavam muito confusas. Foi por isso que meu livro de sermões em Apocalipse foi publicado em dois volumes; e foi assim que eu os compartilhei com o mundo todo.
A teoria da pré-tribulação é verdadeira? A teoria da pré-tribulação não é verdadeira. A maioria dos cristãos diz que eles serão levados para o Céu antes da tribulação, mas isso não é verdade. É um engano, uma grande mentira. A Bíblia diz que os santos nascidos de novo irão sofrer nos dias da tribulação junto com os pecadores, passarão pelas mesmas lutas e serão perseguidos nessa terra. A única diferença é que os santos que crêem no evangelho da água e do Espírito suportarão a tribulação e não trairão sua fé, pois eles têm o Espírito Santo em seu coração e terão forças para agüentar as provações que vêm do Senhor. Os justos não irão para o Céu antes de passar pela tribulação porque eles nasceram de novo.
No entanto, há um texto que diz que Deus guardará na hora da tribulação aqueles que guardarem Sua Palavra de perseverança (Apocalipse 3:10). O Senhor provavelmente levará aqueles que guardarem sua fé antes da fase mais terrível da tribulação. Mas a verdade é que a teoria da pré-tribulação que muitos defendem é falsa.
A teoria da pré-tribulação defendida primeiramente pela teologia americana é falsa e não tem nenhuma base bíblica. No prefácio do meu livro sobre o Apocalipse, eu escrevo com todo carinho: A Maioria dos cristãos no mundo todo crê na teoria da pré-tribulação criada pelo doutor fulano de tal nos Estados Unidos, mas isso é algo totalmente falso. Mas o que a Bíblia diz a respeito? Eu quero dizer o que o livro de Apocalipse diz realmente. O arrebatamento não acontecerá antes da tribulação. Em certo momento no meio da tribulação, antes do fim deste mundo, o Senhor voltará a essa terra e nos levará. E sobre os que ficarem aqui, Ele fará com que venham grandes catástrofes derramando Sua ira das sete taças. Depois disso, terá início o Reino Milenial e todos os justos viverão aqui como reis por mil anos. Depois de mil anos, nós entraremos no Reino dos Céus que sempre existirá e viveremos lá para sempre.
Já que Jesus disse que Suas palavras eram a Verdade, Ele deu o poder que vem dessa Verdade aos servos de Deus nessa terra. Jesus diz na última parte do evangelho de João: “Aqueles aos quais perdoardes os pecados, são-lhes perdoados; aqueles aos quais não perdoardes, ser-lhes-ão retidos” (João 20:23). Assim como Deus deu a Pedro as chaves do Reino dos Céus, Ele nos deu o evangelho da água e do Espírito. A única chave que nos permite entrar no Reino dos Céus é o evangelho da água e do Espírito. Se nós pregarmos o evangelho da água e do Espírito e as pessoas crerem nele, elas receberão a remissão de pecados, mas se não fizermos isso, elas não entrarão no Céu por não crerem nele. Melhor dizendo, elas não poderão receber a remissão de pecados. Se não pregarmos o evangelho da água e do Espírito a todos neste mundo, eles não poderão ouvi-lo.
Se aqueles que se dizem servos de Deus não pregarem o evangelho da água e do Espírito, as pessoas ao seu redor não poderão receber a remissão de pecados. Na nossa Igreja havia um homem que pregava o evangelho da água e do Espírito como parte do seu conhecimento, mas não cria nele. O caráter de homens como este demonstra como eles são legalistas. Eles tratam os fracos como tiranos, mas se tornam servos dos mais fortes. E quando percebem que não têm mais poder na Igreja de Deus, eles não têm outra escolha senão deixá-la.
Entretanto, o que eu falo é o que a Bíblia diz realmente. E por eu ensiná-los baseado na Palavra da Verdade que eu cri primeiro, vocês não têm motivo algum para não crer no que eu digo. Vocês têm que entender como o mundo irá mudar com os meus ensinamentos. Se eu não soubesse de tudo isso, como eu poderia ser um profeta ou ser chamado de servo de Deus?
Quando eu converso com alguém, de certa forma eu posso ver como será sua vida no futuro. Eu não sou um vidente, mas, por ser um servo de Deus, quando eu encontro alguém e converso com ele, eu posso dizer se ele receberá as bênçãos de Deus ou não. Todo aquele que é guiado pela Igreja de Deus receberá Dele abundantes bênçãos. Só de conversar com uma pessoa eu posso saber muito bem qual é sua fé. Então, quando eu converso com alguém e conheço o estado do seu coração, eu posso prever: “No futuro, você será assim e assim. Daqui a dez anos, você será uma pessoa assim e assim, e em determinado tempo se tornará assim e assim.” O que eu estou dizendo, na verdade, não é que eu tenho algum tipo de pressentimento, mas, ao contrário, eu posso ter esse discernimento porque eu creio na Palavra de Deus.
É por isso que eu posso dizer essas coisas pela fé. Quando os servos de Deus crêem na Sua Palavra e a anunciam pela fé, o que eles pregam é uma profecia. O que eu estou dizendo é que as palavras dos servos de Deus são a Verdade. Mas já que as pessoas não têm fé na Palavra de Deus e não crêem nos Seus servos, elas perdem muito, tanto física quanto espiritualmente. E elas acabam sendo destruídas porque não são guiadas pela Igreja de Deus. Para concluir, se alguém não crê nas palavras de um servo de Deus, ele não vai crer nas Escrituras também.
Para ser sincero, os servos de Deus pregam a Verdade para vocês com ousadia porque eles têm o Espírito de Deus em seu coração. Por essa razão, se alguém não crê num servo de Deus, ele não poderá crer em Deus também. Alguns acham que podem ler a Bíblia em casa e não freqüentar a Igreja. Mas Deus não permite que eles façam Sua obra e também não entendam Sua Palavra, pois, na verdade, eles não agradam Seu coração. Alguém só entende a Palavra de Deus quando Ele lhe permite isso. Só porque alguém lê a Palavra de Deus, isso não significa que ele a entende. Não é bem assim.
Nós entendemos a Palavra de Deus e a seguimos porque Deus nos usa para fazer Sua obra. Nós entendemos a Palavra de Deus muito bem hoje, predizemos o futuro e vemos os dias futuros de alguém antecipadamente não porque somos espertos ou temos o poder de predizer o futuro. Nós pregamos a Palavra de Deus e fazemos Sua obra não porque temos algum tipo de poder pessoal, mas porque Suas bênçãos vêm sobre nós pelo Espírito Santo e pela nossa fé na Sua Palavra da Verdade. Para concluir, a fé de muitas pessoas é errada porque elas não crêem na Palavra de Deus e nos Seus servos. De fato, é um grande absurdo dizer aos outros: “Minhas palavras são a verdade, elas são verdadeiras. Por isso, creiam em minhas palavras.” Você sabe muito bem que dizer isso é uma falta de respeito. Todavia, Jesus nos disse isso. Nós nos tornamos servos de Deus crendo no Senhor porque tudo que Ele disse era verdade, crendo que Seu testemunho era justo e Sua verdade era perfeita. Agora, meu desejo é que vocês se tornem servos de Deus crendo na Palavra.
Vocês acham que eu ganho alguma coisa com vocês? Por acaso eu digo alguma coisa para castigar vocês e usá-los em proveito próprio, como se vocês fossem meus escravos? O que o Senhor diz é a Verdade, e tudo que os servos de Deus pregam na Palavra de Deus também é a Verdade. E isso nunca estará errado.
Aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito passam por muitas provações mas guardam sua fé. Existe um ditado que diz: “Não há vitória sem sacrifício”, e, do mesmo modo, as aflições que passamos agora não se comparam com a glória que em nós há de ser revelada (Romanos 8:18). De fato, estamos física e mentalmente cansados, mas se mantivermos nosso coração na Palavra, nós vamos continuar espiritualmente fortes. Por mais que nos cansemos, se esperarmos e resistirmos só um pouco mais, o Senhor renovará nossas forças e trará um refrigério ao nosso coração. Mesmo que ninguém nos conforte, o Espírito Santo que habita no nosso coração nos confortará e renovará nossas forças.
Quando nos apegamos à Palavra de Deus, nós recebemos bênçãos espirituais. Nós não somos confortados pelas outras pessoas, mas é Deus quem nos conforta com Sua Palavra. Isso quer dizer que Ele nos dará bênçãos e paz, mas não as bênçãos e a paz que qualquer pessoa nos dá. Desde que eu comecei minha obra ministerial até hoje, eu já tive muitas experiências assim. E eu cheguei até aqui porque sempre que eu me sentia cansado, incapaz de continuar e fazer outras coisas, o Senhor renovou minhas forças. E eu tenho certeza que Deus fará com vocês a mesma coisa que fez comigo. Ele certamente fará isso.
Ás vezes ficamos cansados fazendo a obra do Senhor, e isso é terrível por um lado carnal. Mas a verdade é que isso não é tão terrível assim. Nós temos que continuar nossa vida tendo em mente que não estamos sozinhos, mas juntos com o Senhor; e a verdade é que Ele está conosco porque o Espírito Santo habita em nosso coração. O meu desejo é pregar o evangelho da água e do Espírito bem rápido para que eu possa estar logo com o Senhor.
Não seria maravilhoso se o Senhor voltasse logo? Haverá coisas tão horríveis neste mundo no futuro que os nossos olhos nem acreditarão no que estaremos vendo. Mas eu não preciso dizer mais nada sobre isso, pois eu já preguei o que a Palavra de Deus diz sobre essas catástrofes. Se alguém ouvir histórias de terror muitas vezes, ele acabará ficando com medo, mas uma coisa que nós temos que ter certeza é que essas catástrofes logo acontecerão neste mundo. E como já estamos vendo que isso está começando a acontecer no mundo todo, o melhor que temos a fazer é pregar o evangelho para não nos arrependermos depois.
“(Dizendo a si mesmo) Eu poderia ter salvado mais... eu poderia ter salvado mais... eu poderia... eu não sei, eu poderia... eu poderia ter feito mais... se tivesse ganhado mais dinheiro... eu gastei tanto dinheiro; você não tem idéia... eu poderia... esse carro. Goeth teria comprado esse carro. Por que eu fiquei com esse carro? Dez pessoas, eu poderia ter mais dez pessoas aqui. (Olhando em volta) Este broche. Duas pessoas. Isso é ouro. Mais duas pessoas. Ele teria me dado duas pessoas por isso. Ao menos uma. Ele teria me dado uma. Só mais uma. Eu poderia ter conseguido mais uma pessoa, mas não consegui.” (Citações tiradas de http://www.imsdb.com/scripts/schindler’s-list.html).
Essas são palavras ditas por Oscar Schindler no filme “A Lista de Schindler”, quando ele recebe de presente dos judeus um anel e se arrepende de não ter usado mais dos seus bens para salvar mais deles. Ele empregava judeus para trabalhar na sua fábrica de munição para que eles não morressem na câmara de gás. Ele disse essas palavras depois que a guerra acabou e quando olhou para seus bens como seu carro, seu broche e o anel de ouro. Eu creio que este é um filme espiritual.
Na verdade, nós temos que fazer a obra do evangelho com zelo e pela fé enquanto podemos fazê-la. Se não fizermos obra alguma, embora a hora de irmos para o Reino do Senhor esteja chegando e trazendo catástrofes, tribulações e também guerras, o que faremos então? Nós não vamos acabar nos arrependendo e dizendo: “Eu devia ter feito algo antes realmente. Embora a situação estivesse difícil, eu devia ter feito um pouco mais para o Senhor?”

Todos nós estamos pregando o evangelho da água e do Espírito muito bem. Eu não sei por quanto tempo nós teremos que fazer essa obra, mas até agora, você e eu temos feito isso bem. Eu espero realmente que possamos ter um encontro com o Senhor após termos feito bem a obra que Ele nos confiou como servos fiéis que fizeram bom uso dos talentos que Ele nos deu. 
LIST