Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 9-2] (João 9:1-12) Será que Também Temos que Nos Lavar no Tanque de Siloé?

(João 9:1-12)
“E, passando Jesus, vui um homem cego de nascença. E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego? Jesus respondeu: Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus. Convém que eu faça as obras daquele que me enviou, enquanto é dia; a noite vem, quando ninguém pode trabalhar. Enquanto estou no mundo, sou a luz do mundo. Tendo dito isso, cuspiu na terra, e, com a saliva, fez lodo, e untou com o lodo os olhos do cego. E disse-lhe: Vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa o Enviado). Foi, pois, e lavou-se, e voltou vendo. Então, os vizinhos e aqueles que dantes tinham visto que era cego diziam: Não é este aquele que estava assentado e mendigava? Uns diziam: É este. E outros: Parece-se com ele. Ele dizia: Sou eu. Diziam-lhe, pois: Como se te abriram os olhos? Ele respondeu e disse-lhes: O homem chamado Jesus fez lodo, e untou-me os olhos, e disse-me: Vai ao tanque de Siloé e lava-te. Então, fui, e lavei-me, e vi. Disseram-lhe, pois: Onde está ele? Respondeu: Não sei”.
 
 
A passagem acima diz que Jesus ia passando, viu um homem que era cego de nascença e curou seus olhos.
Uma pessoa cega se sente muito limitada e incapaz por não poder enxergar nada. O homem mencionado nesse texto bíblico era cego de nascença; então, pela ótica humana, você não acha que sua vida era muito amaldiçoada? Devia ser algo muito ruim para ele ser cego desde que nasceu. Foi por isso que os discípulos perguntaram a Jesus: “Rabi, quem pecou para que este homem nascesse cego, ele ou seus pais? Imagine como ele ficaria magoado se tivesse ouvido essa pergunta. No entanto, os únicos que ouviram a pergunta foram os próprios discípulos e as pessoas que estavam perto. Aquele homem não pediu para nascer cego, mas teria que viver com aquela deficiência para o resto de sua vida. E se ele soubesse que a culpa por sua cegueira fosse de seus pais, de alguma pessoa ou de quem quer que fosse, é bem provável que ele viveria magoado com essa pessoa para o resto de sua vida. De todo o modo, o sofrimento daquele homem é indescritível, pois é certo que muitos viviam acusando-o do seu próprio infortúnio.
 
 
Por que o Homem Nasce Cego Espiritualmente?
 
O Senhor disse: “Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus” (João 9:3). Isso significa que aquele homem nasceu cego para que nele se manifestassem as obras de Deus. Então, tudo que ele tinha que fazer era esperar para ver que obra de Deus seria manifestada nele, ao invés de ficar magoado com seus pais ou outras pessoas.
O que quer dizer esse texto que afirma que aquele homem tinha que nascer cego? Quer dizer que a vontade de Deus era que todo ser humano nascesse como pecador nessa terra. A Bíblia diz que todos nós já nascemos pecadores por causa do pecado de um homem, Adão (Romanos 5:12). Portanto, o que mais um pecador poderia ser senão um cego espiritual? Como é limitada a vida de quem é um cego espiritual! Ele pode até ver muito bem com seus olhos, mas espiritualmente ele é cego. E por mais leia a Bíblia, ele não consegue entender o verdadeiro evangelho da água e do Espírito. É por isso que ele não entende o propósito da Palavra de Deus e o que ela quer dizer. Imagine então como essa pessoa é limitada. O ser humano é cego desde o seu nascimento, e já que os cegos não conseguem entender a Palavra de Deus, eles terão uma vida limitada até a morte.
O Senhor respondeu à curiosidade dos discípulos: “Nem ele pecou, nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus”. Na sua opinião, qual era a obra que Deus queria revelar exatamente? Se alguém é um cego espiritual e não sabe por que isso aconteceu com ele, com certeza ele vai ter muitos questionamentos em sua vida.
Por que somos pecadores desde que nascemos neste mundo? Por que todos nós não tivemos outra escolha senão nascer como pecadores? Se interpretarmos a Palavra de Deus de modo bem claro, veremos que nascemos pecadores para revelar a glória de Deus. Então, temos que descobrir que tipo de plano é esse que Deus criou para nós.
 
 
Está Claro que a Vontade de Deus Era que Todo Ser Humano Nascesse Espiritualmente Cego
 
A vontade de Deus também era que nos tornássemos seus filhos sem pecado crendo na remissão de pecados, ou seja, o Senhor veio a essa terra e expiou nossos pecados pela água e pelo seu sangue. O que aconteceria se Deus permitisse que nascêssemos justos? Seu plano não poderia ser cumprido. Do mesmo modo, ele não teria como demonstrar sua justiça a nós, sua criação. Se tivéssemos nascido justos, não haveria motivo para conhecermos a sua justiça.
A obra que Deus quer fazer é a seguinte. No princípio, Deus criou todas as coisas. E no sexto dia, ele criou o homem à sua imagem do pó da terra. E quando ele soprou seu Espírito nas narinas do homem, este se tornou alma vivente. Deus criou o ser humano à sua imagem e semelhança porque queria viver com eles num lindo paraíso, dando-lhes um coração que viveria para sempre (Ec 3:11). Mas já sabendo que o homem iria pecar, Deus planejou dar a todos a bênção de se tornar seus filhos ao enviar seu Filho unigênito para purificar nossos pecados pela água, pelo sangue e pelo Espírito. Foi por isso que Deus fez com que todos nós nascêssemos como pecadores nessa terra. E essa foi a razão também de Jesus ter dito que somos cegos não por causa dos pecados dos nossos pais ou dos nossos próprios pecados, mas porque ele quer manifestar as obras de Deus em nós. Portanto, no evangelho da água e do Espírito, nós temos que ser aqueles que revelam a maravilhosa glória de Deus obedecendo a ele de todo o nosso coração.
 
 
A obra que Deus Quer Realizar no Homem
 
A obra que Deus quer fazer é que todos os pecadores se tornem seus filhos levando-os a nascer de novo pelo evangelho da água e do Espírito. Todos nascem do ventre de sua mãe, mas quando creem no evangelho da água e do Espírito dado por Jesus e recebem a remissão de pecados, eles nascem de novo como filhos de Deus. Isso significa que sua alma morta volta à vida e seus olhos espirituais são abertos pelo poder da verdade do evangelho. Assim como uma lagarta vira uma borboleta, a pessoa também nasce de novo crendo no evangelho da água e do Espírito de Jesus Cristo de coração, depois de ter nascido como um ser humano. E ao ser purificado de todos os seus pecados, passamos a ser justos, filhos de Deus. Em outras palavras, crendo no evangelho da água e do Espírito é possível se tornar filhos de Deus e partilhar da sua natureza divina. Deus disse que isso é nascer de novo.
Nós podemos ver facilmente na natureza como uma larva vira uma cigarra e uma lagarta vira uma borboleta. Do mesmo modo, embora as pessoas nasçam nessa terra num corpo carnal, há uma maneira de nascer de novo, ou seja, se tornando povo de Deus através do evangelho da água e do Espírito. Aqueles que nascem de novo como filhos de Deus podem viver felizes e eternamente no reino de Deus. É por isso que está escrito no evangelho de João que quem não nascer de novo não pode ver o reino de Deus.
As pessoas acham que as larvas e as moscas são algo sujo e nojento, mas quando vemos as moscas voando é porque uma larva sofreu uma transformação incrível. E depois que essa transformação acontece, tudo que a mosca quer fazer é sair e voar. O mesmo acontece com uma larva. Uma larva vive cerca de seis anos sob o solo, mas depois que se transforma numa cigarra, ela dura apenas algumas semanas. Mas mesmo depois que a larva se transforma, ela não vira uma cigarra na mesma hora. Depois de ficar sob o solo por um longo tempo, ele sobe na árvore com muito esforço e por mais um tempo permanece como um casulo. Aos poucos, então, ela vai se transformando numa cigarra que só canta no verão e depois morre. Até mesmo a mais simples criatura gostaria de nascer assim.
Deus permite que nasçamos de novo como seus filhos. Por mais que alguém queira ou não, Deus deu o evangelho da água e do Espírito a toda humanidade e providenciou uma maneira justa de nascermos de novo em Cristo Jesus. E Deus mesmo disse que o único modo de o pecador se tornar justo é através do evangelho da água e do Espírito. Na verdade, o fato de um pecador se tornar justo, de nos tornamos filhos de Deus e irmos para o céu, depende exclusivamente da soberania de Deus. E o fato de uma larva virar uma lagarta depende unicamente da vontade do Criador. Do mesmo modo, o fato de nascermos nessa terra também depende só de Deus.
Mesmo que houvesse alguém tão justo a ponto de não cometer nenhum pecado, ainda assim ele não poderia receber a remissão de pecados. Do mesmo modo, por mais que alguém cumpra a lei com perfeição, ainda assim ele não pode se tornar justo. Está escrito no livro do Eclesiastes capítulo 7 versículo 20: “Na verdade, não há homem justo sobre a terra, que faça bem e nunca peque”. Não há ninguém que não cometa pecado. É por isso que temos que nascer de novo como justos aceitando a vontade de Deus. E isso acontece justamente por meio do evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu. Deus nos torna justos. Você tem que entender claramente que não nos tornamos justos por não pecar, mas, ao contrário, Deus é quem nos torna justos através do evangelho da água e do Espírito. Deixe-me ratificar isso de novo: nós só podemos nos tornar justos pelo evangelho da água e do Espírito.
Que tipo de obra Deus fez por nós? Antes de buscarmos ser justos por conta própria, temos que entender que tipo de obra Deus fez por nós, pecadores, para que nascêssemos de novo. Para entendermos isso, temos que ouvir atentamente a Palavra do evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu e prestar bastante atenção a ela. Já que Deus nos deu o evangelho da água e do Espírito, nós podemos ser salvos crendo nessa verdade. Entretanto, a maioria dos cristãos continua levando uma fervorosa vida de fé, mas sem conhecer a Palavra de Deus. Eles acham que se dedicarem todos os seus esforços à obra de Deus, ao trabalho voluntário e à obra missionária, e orarem e jejuarem, eles serão salvos. Há também muita gente que acha que a salvação pode ser explicada com a seguinte equação: fé em Jesus Cristo + seus próprios méritos = salvação. Todavia, essa é uma resposta errada para uma equação errada.
No que diz respeito a um pecador nascer de novo, nem 0,1% das suas obras conta para isso. A obra da redenção que leva um pecador a nascer de novo pertence unicamente a Deus. Nós nos tornamos justos e filhos de Deus somente pela sua graça e nada mais. E mesmo que 0,1% dos nossos méritos pudessem ser contados para nossa salvação, isso não valeria nada.
Nosso Senhor nasceu nessa terra para fazer com que os pecadores nascessem de novo. E depois de viver 33 anos aqui, ele completou sua missão através do evangelho da água e do Espírito. Mas as pessoas não podem nascer de novo porque não conhecem a obra realizada por Jesus nem creem nela. Por estarem num estado de cegueira espiritual, elas não conseguem entender o verdadeiro significado da Palavra de Deus, por mais que leiam a Bíblia. Deus já nos deu a salvação e ela é descrita nitidamente na Bíblia. Sendo assim, nós temos que abrir nossos olhos espirituais e ver claramente o evangelho que Deus nos deu.
O texto bíblico deste capítulo nos mostra a obra que Deus quer fazer na vida dos pecadores. Para curar o homem cego, o Senhor cuspiu na terra, fez logo com sua saliva e passou em seus olhos. Jesus é Deus e o Criador. Então, tudo que ele tinha a fazer era apenas dizer uma frase: “Seja curado!” Mas será que você acha que ele cuspiu na terra, fez lodo com sua saliva e passou nos olhos do cego para curá-lo porque não tinha poder? Não! O próprio texto revela o que Jesus quis nos mostrar. O Senhor fez lodo sua com saliva e passou nos olhos do cego não somente para curar a ele e aqueles que estavam ali, mas para que as gerações futuras também conhecessem o segredo da purificação de pecados mostrada nesse texto e, deste modo, recebessem a remissão de pecados.
Depois de cuspir na terra, fazer lodo com sua saliva e passar nos olhos do cego, o Senhor lhe disse: “Vai, lava-te no tanque de Siloé” (João 9:7). A palavra ‘Siloé’ significa ‘o enviado’. Vamos imaginar que há um cego entre nós agora. Se eu passasse em seus olhos lodo feito com minha própria saliva e o mandasse ir se lavar no tanque de Siloé, será que seus olhos seriam curados? Essa não é a maneira de fazer com que os olhos de um cego sejam curados. É por isso que nós temos que entender o sentido espiritual que há aqui. Esse texto nos mostra como nós, seres humanos, somos amaldiçoados desde que nascemos nessa terra. Ele também nos diz que tipo de maldição estamos destinados a receber. Em outras palavras, esse texto está falando dos pecados do homem e da condenação que receberemos por causa deles.
Nós já nascemos com pecado, e já que temos pecado, qual será o preço dele? É justamente a morte espiritual. Por mais devotada que seja a vida de alguém neste mundo e por mais que ele conheça a Bíblia, se ele ainda tem pecado no coração e ainda não nasceu de novo, para onde você acha que essa pessoa irá no futuro? Ela irá para o inferno. Ela não tem como escapar do lago que arde com fogo e enxofre. Essa vida é amaldiçoada. O Senhor está nos dizendo aqui que se nós, que nascemos em pecado, não recebermos a remissão de pecados, nossa vida será amaldiçoada também.
 
 
Pode Alguém Conhecer Seus Próprios Pecados?
 
Eu vou explicar agora o que são os pecados das pessoas segundo o capítulo 13 do livro de Levítico. Levítico capítulo 13 nos mostra a maneira bem singular com que os sacerdotes identificavam a lepra. Deus disse que se a lepra causasse uma pequena mancha na pele de alguém, por menor que fosse, ele seria considerado imundo. Mas se a lepra estivesse escondida debaixo da pele, ele seria considerado limpo.
Vamos ler agora Levítico 13 dos versículos 9 ao 17.
“Quando, no homem, houver praga de lepra, será levado ao sacerdote. E o sacerdote o examinará, e eis que, se há inchação branca na pele, a qual tornou o pêlo branco, e houver alguma vivificação da carne viva na inchação, lepra envelhecida é na pele da sua carne; portanto, o sacerdote o declarará imundo; não o encerrará, porque imundo é. E, se a lepra florescer de todo na pele e a lepra cobrir toda a pele do que tem a praga, desde a sua cabeça até aos seus pés, quanto podem ver os olhos do sacerdote, então, o sacerdote o examinará, e eis que, se a lepra tem coberto toda a sua carne, então, declarará limpo o que tem a mancha: todo se tornou branco; limpo está. Mas, no dia em que aparecer nela carne viva, será imundo. Vendo, pois, o sacerdote a carne viva, declará-lo-á imundo; a carne é imunda: lepra é. Ou, tornando a carne viva e mudando-se em branca, então, virá ao sacerdote, e o sacerdote o examinará, e eis que, se a praga se tornou branca, então, o sacerdote declarará limpo o que tem a mancha; limpo está”.
Nos dias do Antigo Testamento, o sacerdote examinava todos que eram suspeitos de ter lepra. E como a lepra era contagiosa, uma vez que o sacerdote confirmasse que alguém era leproso, essa pessoa tinha que ser isolada das outras. Assim como os sacerdotes examinavam alguém para ver se ele tinha lepra ou não, hoje os servos de Deus examinam uma pessoa para ver se ela é pecadora ou não. Apenas os justos que se tornaram filhos de Deus podem discernir quem é justo ou pecador.
Se a pele de alguém tivesse manchas vermelhas e elas se espalhassem, essa pessoa era confinada em sua casa. Isso só por haver a suspeita de que ela era leprosa. Ela ficava confinada sete dias até ser examinada de novo. Se as manchas da sua pele não se espalhassem, ela era considerada limpa da sua lepra. No entanto, se as manchas aumentassem e a lepra se espalhasse, ela era expulsa da cidade por causa de sua lepra.
 
 
Que Tipo de Leproso Espiritual Nós Somos?
 
Está escrito em Levítico 13:12-13: “E, se a lepra florescer de todo na pele e a lepra cobrir toda a pele do que tem a praga, desde a sua cabeça até aos seus pés, quanto podem ver os olhos do sacerdote, então, o sacerdote o examinará, e eis que, se a lepra tem coberto toda a sua carne, então, declarará limpo o que tem a mancha: todo se tornou branco; limpo está”.
Há uma diferença entre a Palavra de Deus e o que as pessoas pensam que é certo. Deus disse que alguém com o menor sinal ou mancha de lepra era imundo, mas que se a lepra cobrisse todo o seu corpo, da cabeça aos pés, ele era considerado limpo. O que você acha disso? Nós temos que entender o que isso significa. No texto, Deus disse aos sacerdotes para isolar todo aquele que tivesse o mínimo sinal de lepra em sua pele, pois este era considerado imundo. Mas aqueles cuja lepra havia coberto seu corpo dos pés à cabeça, mas depois se tornado limpos, não era isolados.
O texto diz que, em seu estágio inicial, a lepra deixa a pele muito fina e suave. O primeiro sintoma da lepra é que ela deixa a pele mais macia do que o melhor creme hidratante poderia deixar. A pele fica branquinha, mas depois manchas começam a aparecer. Então, feridas aparecem no rosto e nas orelhas. Pus começa a sair das feridas e o corpo começa a apodrecer. Aí então, todos os membros do corpo começam a cair um a um. Sem sentir dor alguma, o leproso perde as sobrancelhas, o nariz, as unhas, os dedos das mãos e dos pés. Apesar disso tudo, o sacerdote do Tabernáculo considera limpo o leproso que está contaminado com bacilo da lepra dos pés à cabeça.
Isso é algo que o pensamento humano não pode entender. Não podemos deixar de pensar como alguém com um pequeno sinal de lepra é isolado, mas aquele que a apresenta em todo o seu corpo é considerado limpo. Mas é justamente aqui que está o segredo bíblico da remissão de pecados e a verdade de Deus.
 
 
Todo Ser Humano é Pecador Diante de Deus
 
Quando a lepra se espalha pelo corpo de alguém, mesmo que um médico não confirme o diagnóstico de lepra, todos podem ver que ele é leproso. Então, mesmo que alguém não diga nada a respeito, a pessoa pensa: “Meu Deus, eu sou leproso! Eu preciso me tratar!” Contudo, se o sinal de lepra for pequeno, a pessoa não vai ficar preocupada e pode pensar assim: “Isso não é lepra. Eu estou bem. É apenas uma mancha. Deve ser uma simples doença de pele”.
Isso nos leva a pensar na maneira em que vemos nossos pecados. Aqueles que se consideram simples pecadores acham que não há nada demais em cometer alguns pecados; estes não querem ouvir o evangelho da água e do Espírito e dificilmente serão salvos. Eles não têm como receber a remissão de pecados. E é por isso que Deus diz que pessoas assim são imundas.
Que tipo de pessoas pode receber a remissão de pecados então? Só aqueles que reconhecem que são grandes pecadores e que estão cobertos de pecados da cabeça aos pés. Aqueles que são salvos através do evangelho da água e do Espírito são os que dizem: “Eu sou um grande pecador. Eu não tenho como escapar do inferno. Não há nenhuma justiça em mim, nenhuma bondade ou algo de que eu possa me orgulhar. Por favor, Deus, salve-me dos meus pecados”.
A Bíblia é o livro da salvação do homem. Ela é o livro que fala de Jesus Cristo; é a Palavra da remissão de pecados; é o livro do plano de Deus para a nossa salvação. A Bíblia fala da nossa remissão de pecados, nos revela o propósito de Deus ao criar o homem e a verdade sobre o céu. Mas para aceitarmos a Palavra de uma maneira correta, temos que saber que tipo de pessoas somos diante de Deus.
Há muitas pessoas nessa terra que creem em Jesus. Se por acaso alguém subir num monte bem alto em sua cidade, verá que muitas igrejas ali por causa da cruz como luz neon que brilha na frente de cada uma delas. No entanto, há muitos que creem em Jesus que pensam que são ‘simples pecadores’. Essas pessoas buscam a Deus para receber a remissão dos pecados que cometeram e é assim que pedem perdão: “Amado Deus, eu cometi este e este pecado. Só isso. Por favor, perdoe estes meus pecados”. Ao invés de buscarem a remissão de pecados e nascerem de novo crendo no evangelho da água e do Espírito, elas pedem perdão apenas por alguns pecados em particular que sabem que cometeram.
Pessoas assim são aceitas por Deus? Elas creem em Jesus do modo correto? Deus não aceita pessoas assim como seus filhos. Na visão de Deus, somente aqueles que reconhecem que são grandes pecadores é que nascem de novo. Se você continua achando que é um simples pecador, procure pensar em algumas coisas mais uma vez. Você acha que só porque pecou hoje não vai pecar amanhã? Você acha que vai para o céu só porque foi perdoado do pecado que cometeu hoje? Já que você vai pecar todos os dias enquanto viver nessa terra, você vai continuar dizendo: “Amado Deus, por favor, perdoe este meu pecado?” Deus já expiou todos os nossos pecados de uma vez com o evangelho da água e do Espírito. Então, se você ficar tentando receber a remissão de pecados todos os dias, isso não significa que Jesus teria que repetir todos os dias também a obra pela qual ele foi batizado por João Batista e morto na cruz por nós? Eu quero que você pense sobre isso mais uma vez.
Nosso Senhor não expiou nossos pecados apenas com palavras. Ele os expiou de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. Se você crê nisso, você não precisa ficar implorando pela remissão de pecados todos os dias, pois você já recebeu a remissão de todos os seus pecados. eu não posso dizer que você não cometerá mais pecado a partir de então, mas já que Deus perdoou todos eles, você não precisará mais ficar pedindo que ele perdoe um ou dois pecados que você cometeu. Já que Deus já apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas, por que você fica tentando apagar os pecados que você ainda comete com sua própria justiça? Nossos pecados já foram apagados de uma maneira 100% perfeita pelo evangelho da água e do Espírito.
Aqueles que não reconhecem que são grandes pecadores continuam orando e clamando assim: “Amado Deus, eu cometi esse pecado hoje. Por favor, apague-o para mim”. Ao fazerem isso, eles continuam dizendo que é preciso receber a remissão de pecados todos os dias. Contudo, mesmo que essas pessoas creiam em Jesus, elas não podem receber a remissão de pecados. Por mais que tenham uma fé perfeita na cruz onde Jesus morreu, ainda assim elas não podem receber a remissão de pecados, pois não têm fé no batismo pelo qual ele levou nossos pecados. As pessoas só são salvas quando creem que o Senhor veio a essa terra e apagou todos os pecados do mundo pela água e pelo sangue. E se alguém acha que é um simples pecador, ele então não pode receber a maravilhosa remissão de pecados, pois não passou todos os seus pecados para Jesus de uma forma perfeita. Quando foi batizado por João Batista para levar os pecados do mundo, será que Jesus só levou uma parte deles? Por acaso ele disse: “João Batista, dá-me apenas alguns pecados e diga a todos para remir o restante por eles mesmos?” Não foi bem assim. Naquela hora, Jesus levou todos os pecados do mundo e não deixou um sequer para trás.
Deus salvou os grandes pecadores que eram amaldiçoados e cuja certeza de ir para o inferno era de 100%, não aqueles que acham que podem ser salvos dando uma mãozinha a ele. Em nome de Jesus, eu espero que todos os pecadores deste mundo que lerem este livro reconheçam que são 100% pecadores e sejam perdoados de todos os seus pecados crendo na água do batismo que Jesus recebeu de João Batista e no seu sangue. Nosso Deus já apagou 100% dos pecados que cobriam os pecadores da cabeça à planta dos pés. Isso porque ele quer que entremos no céu. Nós temos que procurar entender o coração de Deus através das Escrituras. E temos que entender o coração uns dos outros também. Se não conhecermos o coração uns dos outros, tudo isso não terá valido nada. Ter comunhão significa compartilhar uns com os outros tudo que há em nosso coração. Comunhão não é conversar sobre as coisas do mundo ou contar piadas. É abrir o coração com sinceridade. E quando alguém abre o coração conosco, nossos corações se tornam um só. Comunhão também é conhecer as necessidades uns dos outros. Esta é a verdadeira comunhão e o verdadeiro amor.
Deus nos disse: “Vocês não podem escapar do inferno. Se eu não tivesse salvado vocês do pecado com o evangelho da água e do Espírito, vocês não teriam outra escolha senão ser amaldiçoados”. Está escrito que o homem olha para a aparência, mas Deus olha para o coração. Foi por isso que ele disse: “Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu porém, vos digo que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar já em seu coração cometeu adultério com ela” (Mateus 5:27-28).
Você é ou não 100% pecador e comete todo tipo de pecado tanto em seu coração como em seus atos? Você por acaso é só 50% pecador? Todos nós somos 100% pecadores. Mas já que nosso Deus apagou 100% dos nossos pecados, nós somos então perfeitamente justos ou não? Já que o Senhor apagou 100% dos nossos pecados, nós agora somos justos. Nós nos tornamos perfeitos de uma vez por todas crendo no evangelho da água e do Espírito.
Se fôssemos pensar que tipo de pessoas éramos diante de Deus antes de termos nascido de novo crendo no evangelho da água e do Espírito, não teríamos outra opção senão reconhecer que éramos totalmente inúteis e estávamos condenados ao inferno. Na visão de Deus, aqueles que ainda têm pecado, nem que seja 0,1%, não são seus filhos. É por isso que está escrito que nosso Senhor veio a essa terra para salvar os pecadores. O quanto são pecadoras essas pessoas? Elas são 100% pecadoras. Mesmo que reconheçamos o evangelho da água e do Espírito, para Deus ainda somos pecadores. Na visão de Deus, somos 100% pecadores porque desde que nascemos nós herdamos o pecado de nossos pais, embora não tenhamos cometido nenhum pecado. Amados irmãos, vocês entendem isso? Foi por isso que nosso Senhor fez lodo com sua saliva, passou nos olhos do cego e mandou que ele fosse se lavar no tanque de Siloé.
 
 
A Verdadeira Fé
 
Por que o Senhor mandou o cego se lavar no tanque de Siloé? Nós sabemos que os apóstolos apareceram no Novo Testamento. A palavra ‘apóstolo’ significa enviado por Deus. E Siloé também significa ‘enviado’. Se alguém quiser receber a verdadeira remissão de pecados, ele tem que se lavar com a água com que Jesus foi batizado. Mas não adianta nada se lavar no tanque de Siloé e não conhecer a verdade. É claro que o cego foi curado porque obedeceu à Palavra do Senhor. E, na verdade, o Senhor dá aos pecadores a remissão de pecados, que os levam a ser curados da doença do pecado, cuspindo na terra e fazendo lodo com sua saliva. Nós recebemos a remissão de pecados crendo nisso.
Somente quando as pessoas encontram os servos de Deus que receberam a remissão de pecados, ou seja, aqueles que foram enviados por Deus, é que elas descobrem que são de fato pecadoras e se morrerem irão para o inferno. Então, após este encontro, elas têm que ouvir o evangelho da água e do Espírito que os servos de Deus pregarem para elas. Deste modo, ao ouvirem o evangelho da água e do sangue com o qual o Senhor nos levou a nascer de novo, elas receberão a remissão dos seus pecados e seus olhos serão totalmente abertos. Assim como os olhos do cego abriram perfeitamente depois que Jesus fez saliva com a terra, passou nos seus olhos e o mandou se lavar no tanque de Siloé, nossos olhos espirituais também precisam ser abertos crendo no evangelho da água e do Espírito, no qual Jesus foi batizado e morreu na cruz em nosso lugar. É isso que o Senhor está nos dizendo. Vocês estão entendendo?
Por mais maligno e terrível que um pecador possa ser, se ele ouvir e crer no evangelho da água e do Espírito pregado por aqueles que nasceram de novo por crerem neste evangelho, ele receberá a remissão de pecados. Assim como um cego não consegue ler a Bíblia, por mais ele tente, o pecador também não consegue interpretar a Palavra de Deus sozinho nem entender a verdade nela encontrada. É por essa razão que ele tem que ouvir a Palavra de Deus pregada por aqueles que já nasceram de novo crendo no evangelho da água e do Espírito e crer nela.
O segundo livro dos Reis de Israel no capítulo 5 fala do comandante Naamã. Ele era comandante do exército da Síria, muito honrado e respeitado pelo seu senhor, pois uma vez havia dado uma vitória ao rei da Síria. Ele era um homem de muito valor, só que também era leproso. Embora pudesse ter tudo que quisesse nessa terra, ele era miserável por causa da sua doença. Então, para ser curado de sua enfermidade, ele foi até Eliseu, servo de Deus. Mas Naamã achava que só poderia ser curado por Eliseu em pessoa, se ele colocasse as mãos em sua cabeça e orasse em línguas dizendo: “La ba si la ba ca la ba”. Foi para isso que ele fez aquela viagem tão longa até Israel.
Mas ao invés de ir ao encontro do comandante Naamã, Eliseu mandou seu servo Geazi lhe dizer para se lavar sete vezes no rio Jordão. A princípio, Naamã ficou irado ao ouvir isso. Pela ótica humana, ele tinha toda razão de ficar irado, pois Eliseu só mandou seu servo lhe dizer o que fazer ao invés de ir ao encontro dele, o comandante do exército de uma das nações mais poderosas na época. Ele então decidiu voltar para seu país.
Antes disso, um de seus servos o convenceu a não fazer isso. Os servos do comandante Naamã o convenceram dizendo: “Então, chegaram-se a ele os seus servos, e lhe falaram, e disseram: Meu pai, se o profeta te dissera alguma grande coisa, porventura, não a farias? Quanto mais, dizendo-te ele: Lava-te e ficarás purificado”. O que o servo estava dizendo a Naamã é que ele deveria pelo menos tentar, pois se não desse certo, ele ainda teria tempo de voltar à Síria, trazer seu exército e aniquilar aquele país, já que as palavras do profeta não passavam de mentiras. Ao ouvir essas palavras, o comandante Naamã percebeu que era verdade o que eles estavam dizendo. Ele disse então: “Bem, eu vou tentar”, foi ao rio Jordão, tirou suas roupas e nele se lavou sete vezes. Depois disso, sua lepra foi curada, sua carne foi restaurada e ficou como a pele de um menino.
Do mesmo modo, nossos pecados só podem ser limpos pela água e pelo sangue, não com o falar em línguas ou algum milagre. E a Bíblia fala das águas do rio Jordão, na qual podemos receber a remissão de pecados. Este evangelho do rio Jordão é o segredo do batismo de Jesus, do novo nascimento e da remissão de pecados. E a única coisa que pode salvar os pecadores do seu pecado é justamente o evangelho da água e do Espírito.
 
 
Nós Temos que Crer no Evangelho da Água e do Espírito para Nascermos de Novo
 
Você conhece o batismo da água que Jesus recebeu no rio Jordão e crê nele? Jesus disse que salvou todos os pecadores pela água, pelo sangue e pelo Espírito. Ele nos salvou de um modo perfeito pela água e pelo Espírito. E ele também nos diz que somente quem nasceu de novo crendo nessa verdade é que pode entrar no reino de Deus.
Assim como o comandante Naamã, aqueles que ainda não nasceram de novo pensam em voltar atrás ao invés de obedecer à Palavra de Deus, achando que ela não tem nada a ver com o que eles creem. Eles até querem receber a remissão de pecados, mas acabam voltando atrás achando que isso não condiz com o que eles creem, e dizem: “É isso que eu penso sobre a remissão de pecados: quando isso acontecer, meu coração tem que arder e isso tem que acontecer em grande estilo, com imposição de mãos, som de instrumentos, choro e oração fervorosa”. Porém, Deus não salvou o homem despertando suas emoções. Se alguém quiser ser salvo tendo suas emoções despertadas, isso então será uma falsa salvação.
Se você quer receber a remissão de pecados, você tem que rejeitar seus pensamentos. Agora, se você for tolo o bastante para querer receber a remissão de pecados sem rejeitar seus pensamentos, em pouco tempo você acabará fracassando. Se você não rejeitar seus pensamentos e não crer no evangelho da água e do Espírito, com o qual Jesus apagou todos os seus pecados, você com certeza irá para o inferno. Se o homem cego dissesse que não queria que Jesus passasse em seus olhos o lodo que ele fez com sua saliva e não o deixasse fazer isso, seus olhos jamais seriam curados. Se ele tivesse pensado assim: “Sem isso eu já era tratado muito mal por ter nascido cego, e agora tu queres passar em meus olhos lodo feito com saliva! Você acha que por ser cego eu não tenho minha autoestima?” Então, com seu orgulho ferido, ele também diria: “Eu sei que não posso abrir meus olhos, mas deixe isso como está. Eu não quero que tu faças comigo algo tão nojento assim. Eu não vou fazer isso”. Então, se ele continuasse teimando e se recusasse a obedecer ao Senhor, para o resto de sua vida seus olhos jamais seriam abertos. Mas o homem cego fez tudo que Jesus mandou.
Você também tem que deixar de lado seu orgulho para receber a remissão de pecados. Foi uma menina e Geazi que falaram do evangelho para Naamã. Aparentemente, os servos de Deus podem até parecer muito simples na sua maneira de ser, mas Deus trabalha de uma forma diferente da perspectiva humana. O Senhor também não ficou exaltando sua majestade quando veio a essa terra. Na verdade, ele se humilhou, mais do que qualquer outro ser humano, e, ao fazer isso, ele foi de encontro aos pobres, doentes e necessitados e se tornou amigo deles. E ele também salvou todos eles dos seus pecados. Mas o Senhor quer remir os pecados das pessoas hoje também. Assim como ele esteve com os menos favorecidos quando veio a essa terra há 2000 anos, ele ainda quer estar junto aos que têm um coração quebrantado, pois sabe o quanto eles são pecadores.
Eu quero que você entenda isso. O que eu estou dizendo é que para receber a remissão de pecados, você tem que rejeitar seus pensamentos. As pessoas, independentemente de quem sejam, tem suas próprias regras e opiniões. Será que você não pensa assim: “Eu acho que é assim que recebemos a remissão de pecados”? Se for, você tem que rejeitar isso. Se você quiser nascer de novo, você tem que rejeitar todos os seus conceitos, regras e pensamentos. Você tem que rejeitar tudo isso para receber o evangelho da água e do Espírito que Deus te deu.
O Senhor disse ao cego: “Vá se lavar no tanque de Siloé”. Isso significa que temos que encontrar os apóstolos enviados por Deus, ou seja, aqueles que foram enviados por Deus. Os pecadores têm que encontrar os justos enviados por Deus. Isso significa, em outras palavras, que você tem que encontrar os que receberam a remissão de pecados pelo evangelho da água e do Espírito antes de você. Quando você encontrar um justo que recebeu a remissão de pecados pelo evangelho da água e do Espírito, você poderá receber a remissão de pecados definitiva. ‘Siloé’ diz respeito aos servos de Deus que estão pregando o evangelho da justiça de Deus. E o cego diz respeito aos pecadores que receberam a remissão de pecados. Todo pecador definitivamente tem que encontrar os que estão pregando o evangelho da água e do Espírito.
O texto bíblico no capítulo 9 de João está falando sobre isso. No livro de João capítulo 9, tudo que o cego fez foi ouvir o que Jesus lhe disse, ir ao tanque de Siloé, lavar os olhos ali e voltar enxergando. Assim como está escrito: “De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus” (Romanos 10:17), se você for à Igreja dos nascidos de novo, os pecados do seu coração serão complemente purificados. Quando você ouvir o evangelho da água e do Espírito e crer nele, acontecerá na sua vida como está escrito no livro de Isaías: “Ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã” (Isaías 1:18). É assim que o Senhor purifica todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito.
Os discípulos de Jesus são todos justos. Mas será que existem justos no mundo hoje em dia? Sim, existem. E eles são justamente os que nasceram de novo pelo evangelho da água e do Espírito. Jesus veio a essa terra num corpo carnal e levou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista. Então, para nos reconciliar com Deus, nós que somos pecadores, ele se entregou como nossa propiciação. Nosso Senhor nos tornou justos pela água e pelo sangue. Então, precisamos entender que o ser humano é pecador desde que nasce. E também temos que entender que Jesus purificou todos os nossos pecados ao dar a nós, que somos pecadores desde que nascemos, a água e o sangue. Além disso, ao ser condenado em nosso lugar, ele fez com que os que creem nessa verdade nascessem de novo como filhos de Deus. Que tipo de pecador é o ser humano? Somos os piores pecadores que podem existir e cometemos muitos pecados em nosso coração, ficamos com pecado no coração e também pecamos em nossos atos nossa vida toda. Mas por ter amado pecadores terríveis como nós, o Senhor purificou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito. E através do que aconteceu com o cego que teve sua visão restaurada depois que o Senhor o mandou se lavar no tanque de Siloé, ele está falando conosco sobre a salvação dada pela água e pelo Espírito. Portanto, o pecador recebe a remissão dos seus pecados crendo em Jesus através do evangelho da água e do Espírito. Tudo que você tem que fazer então é se levar no tanque de Siloé.
Eu quero contar a você como eu fui me lavar no tanque de Siloé. Já faz 30 anos que eu me converti a Jesus. Mas durante os 10 primeiros anos da minha vida cristã eu vivi como um cristão pecador. Durante estes 10 anos, enquanto estudava teologia, eu vivia constantemente em agonia por causa dos pecados que havia em meu coração. Mas o Senhor teve um encontro comigo.
Antes de nascer de novo, eu não conseguia entender a Palavra de Deus quando lia a Bíblia, pois eu era tão cego que só conseguia enxergar que as letras eram escuras e as páginas, brancas. Às vezes eu ficava muito emocionado quando a lia, mas essa euforia não durava muito. Muitas vezes eu ficava ali e só conseguia enxergar que “as letras eram escuras e as páginas, brancas”. Há algo em comum em todo aquele que crê em Jesus sem nascer de novo: no começo da sua vida cristã, sua fé os leva a sentir algo maravilhoso, mas com o passar do tempo, eles começam a se cansar por causa dos pecados que ainda há em seu coração. Uma pessoa que crê em Jesus, mas sofre por causa dos pecados agonizantes que há em seu coração, é a prova cabal de que ele ainda não nasceu de novo. No meu caso, por crer apenas no sangue de Jesus e não conhecer o evangelho da água e do Espírito, eu não podia receber a remissão de pecados.
No entanto, quando você receber a remissão de pecados pelo evangelho da água e do Espírito, você não vai mais se preocupar com o problema do pecado. Isso porque tudo será resolvido. Mas para receber a remissão de pecados, você tem que examinar muito bem a si mesmo é reconhecer que é um pecador que está condenado ao inferno. Somente quando você fizer isso é que você receberá a remissão de pecados ao ouvir o evangelho. Se você por acaso não souber o quanto é pecador por causa dos pecados que há em seu coração, você não poderá se tornar 100% justo.
Nós, seres humanos, não vivemos todos os dias em retidão, e, por alguma razão, acabamos sempre pecando. Isso acontece porque há doze tipos de pecado em nosso coração, como nos releva Marcos 7:21-23. Há pessoas que parecem tão corretas que pensamos até que elas não cometem nenhum pecado. Mas, na verdade, elas parecem justas porque fazem boas obras e procuram passar a todos uma boa imagem. Todo ser humano, independentemente de quem seja, comete pecado ao longo de toda a sua vida. Mas este pecado está incluído nos pecados do mundo que João Batista passou para Jesus pela imposição de mãos.
Foi assim que Deus apagou todos os nossos pecados. E o Senhor nos revelou o segredo da remissão de pecados através do milagre no qual ele abriu os olhos do cego. Se você quer receber a remissão de pecados, como este cego, você precisa ter um encontro com o Senhor. E conforme ele nos manda, vá até aqueles enviados por Deus e ouça deles a Palavra. Foi para nos ensinar isso que o Senhor nos deixou este relato do homem cego.
Não é difícil aprender a Palavra de Deus corretamente. Se você crer na palavra-chave dada por Deus aos nascidos de novo, no evangelho da água e do Espírito, você pode nascer de novo agora. E conforme você ouvir mais e mais a Palavra de Deus, você entenderá o que está dizendo esta Palavra do evangelho, pela qual você pode receber a remissão de pecados.
Há muitos pastores no Cristianismo hoje em dia que têm um ministério mas ainda não nasceram de novo. Mas já que eles pastoreiam sem ter nascido de novo, eles não têm certeza se seus membros nasceram de novo ou não. Quando lemos a Palavra de Deus, vemos que os mercenários são chamados de falsos pastores porque não sabem discernir as ovelhas dos bodes. Nós, os servos de Deus nascidos de novo, somos o próprio tanque de Siloé citado no texto bíblico deste capítulo. E qualquer um, por mais cego que seja, pode ser purificado se lavando no tanque de Siloé, como o Senhor nos ensinou. O tanque de Siloé é o lugar da remissão de pecados.
O evangelho da água e do Espírito, segundo o qual Jesus foi batizado e morreu por nós na cruz, é a fonte da salvação. Foi por isso que o Senhor disse: “Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eternal” (João 4:14). A fonte de água que jorra para a vida eterna é tão maravilhosa que quanto mais você tira dela, mais você se sente feliz, e mais linda e abundantemente ela continua jorrando. Você também vai entender isso quando receber a remissão de pecados.
Amados irmãos, vão e se lavem no tanque de Siloé! Vocês não querem sentir em seus olhos a lama que Jesus fez com saliva e se lavar no tanque de Siloé para que sua visão seja restaurada? Meu desejo é que todos vocês nasçam de novo e tenham seus olhos espirituais abertos vindo para a Igreja de Deus, ouvindo o evangelho da água e do Espírito e crendo nele agora. Assim que você tiver a verdadeira fé e reconhecer que é um grande pecador, você poderá ouvir a Palavra de Deus e receber a total remissão dos seus pecados, que são tão densos como as nuvens. Mas para que isso aconteça, espiritualmente falando, você tem que purificar seus pecados no tanque de Siloé.

Espiritualmente, o tanque de Siloé significa “aqueles que foram enviados por Deus”. Portanto, você agora precisa crer no evangelho da água e do Espírito por meio daqueles que creram na justiça de Deus antes de vocês. Se você crer no evangelho da água e do Espírito, seus pecados serão completamente purificados.