တရားဟောချက်များ

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 6-8] Noé, um Servo de Deus Fiel (Gênesis 6:13-22)

Noé, um Servo de Deus Fiel(Gênesis 6:13-22)
“Então, disse Deus a Noé: O fim de toda carne é vindo perante a minha face; porque a terra está cheia de violência; e eis que os desfarei com a terra. Faze para ti uma arca da madeira de gofer; farás compartimentos na arca e a betumarás por dentro e por fora com betume. E desta maneira farás: de trezentos côvados o comprimento da arca, e de cinquenta côvados a sua largura, e de trinta côvados a sua altura. Farás na arca uma janela e de um côvado a acabarás em cima; e a porta da arca porás ao seu lado; far-lhe-ás andares baixos, segundos e terceiros. Porque eis que eu trago um dilúvio de águas sobre a terra, para desfazer toda carne em que há espírito de vida debaixo dos céus: tudo o que há na terra expirará. Mas contigo estabelecerei o meu pacto; e entrarás na arca, tu e os teus filhos, e a tua mulher, e as mulheres de teus filhos contigo. E de tudo o que vive, de toda carne, dois de cada espécie meterás na arca, para os conservares vivos contigo; macho e fêmea serão. Das aves conforme a sua espécie, dos animais conforme a sua espécie, de todo réptil da terra conforme a sua espécie, dois de cada espécie virão a ti, para os conservares em vida. E tu toma para ti de toda comida que se come e ajunta-a para ti; e te será para mantimento, para ti e para eles. Assim fez Noé; conforme tudo o que Deus lhe mandou, assim o fez”.
 
 
Alguém me vem à mente quando chove. Ele foi um dos nossos pais da fé, Noé. Noé sabia que Deus traria o dilúvio em seus dias, e ao fazer a arca para enfrentar o desastre, ele salvou a si mesmo e toda sua família. As pessoas no tempo de Noé eram extremamente violentas. Naquele tempo, a maldade era grande na terra e a vida espiritual das pessoas era uma confusão, pois os filhos de Deus foram levados pela beleza das filhas dos homens e as tomaram como esposas. Por isso, Deus decidiu julgar aquele mundo.
Apesar de tudo, Deus vestiu Noé e sua família com a graça da salvação. Deus disse a Noé para construir a arca que o salvaria e a toda sua família do seu juízo. Deus iria julgar os pecados do mundo e por isso disse: “Assim como eu mandei, construa uma arca. Construa a arca com madeira de gofer, faça compartimentos dentro dela e a revista por dentro e por fora com betume”.
A arca que Noé construiu era uma grande embarcação feita de madeira. Se considerarmos que um cubito tem aproximadamente 50cm, o comprimento da arca de Noé era de 300 cúbitos, ou seja, 150m (500 pés) e sua largura de 25m (83 pés). Sua altura era de 300 cúbitos (15m ou 50 pés). Você pode imaginar o tamanho desta arca? Seu comprimento era o de um campo de futebol, ou seja, ela media de 100 a 110m. Você então pode imaginar com era grande a arca que Noé construiu.
A arca construída por Noé espiritualmente representa a salvação dos nossos pecados. E uma característica da madeira de gofer é que ela cresce em linha reta para cima. Deste modo, a madeira de gofer tem o sentido espiritual de que Deus nos salvará com a verdade eterna, ou seja, com a sua Palavra.
Quando um navio é feito de madeira, por mais que tenha sido bem feito, ele ainda terá algumas brechas. E foi por isso que Deus disse para Noé cobrir a arca por dentro e por fora com betume. O betume é um material selador e Noé cobriu o interior e o exterior da arca com este adesivo. Se ele não tivesse coberto a arca com betume, a água teria vazado para dentro da arca. Nos dias de Noé, a chuva caiu por quarenta dias causando o dilúvio, e como a arca iria simplesmente ficar à deriva, ela corria o perigo de bater em algo enquanto flutuava. Se a arca batesse em algo e quebrasse, a água poderia entrar e afundá-la. Para prevenir isso então, Deus disse a Noé para cobri-la dentro e fora com betume.
O fato de Deus ter dito a Noé para revestir a arca por dentro e por fora com betume nos revela o seu propósito: como alcançar nossa salvação espiritual. Não devemos tentar receber a purificação dos pecados que cometemos com nossas ações. Pelo contrário, devemos receber a purificação deles, inclusive dos que estão em nosso coração, crendo no evangelho da água e do Espírito, pois assim nossos pecados serão purificados por dentro e por fora. Temos que receber a completa purificação de pecados que cometemos não somente em atos, mas também em nosso coração. Só então poderemos dizer: “Eu recebi a salvação de todos os meus pecados diante de Deus”. Tanto nossos pecados internos como externos devem ser purificados pela fé que crê que Jesus levou todos eles na cruz ao ser batizado por João Batista no rio Jordão. Só então poderemos receber a remissão de todos os pecados internos e externos do nosso coração pela fé. A salvação dos pecados do mundo que o Senhor nos deu deve ser completa tanto dentro como fora do nosso coração. Nosso Senhor apagou todos os nossos pecados para sempre e de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito.
Está escrito no livro de Gênesis capítulo 6 versículo 16: “Farás na arca uma janela e de um côvado a acabarás em cima; e a porta da arca porás ao seu lado; far-lhe-ás andares baixos, segundos e terceiros”. Deus instruiu Noé a fazer apenas uma janela na arca e a colocá-la no lugar mais alto, perto do topo. E se ele não tivesse instruído Noé a fazer uma saída de ventilação, ou seja, uma janela, todos os animais que estavam dentro morreriam sufocados.
E também o fato de Deus ter dito a Noé para fazer a arca em três partes mostra que ele e a Santa Trindade tinham completado nossa salvação. Isso mostra que Deus Pai planejou nossa salvação, seu filho Jesus apagou todos os nossos pecados ao completar o evangelho da água e do Espírito, e o Espírito Santo é testemunha de que a obra feita por Deus Pai e seu Filho está indo bem.
Deus também disse a Noé para não fazer um leme, pois ele mesmo iria conduzir a arca. O único navio no mundo sem um leme foi a arca de Noé; e foi Deus pessoalmente que assumiu a posição de capitão deste navio. Sem um leme, a arca não poderia ser guiada quando estivesse em perigo, mas eu creio que Deus pessoalmente protegeu os que estavam a bordo por ser o capitão do navio.
A obra de Noé foi receber a salvação da humanidade ao salvá-la do juízo de Deus. Foi por isso que ele construiu a arca segundo a ordem de Deus e falou para as pessoas do mundo, que estavam cheias de maldade, sobre o juízo de Deus e para entrarem na arca. No entanto, elas não creram nas palavras de Noé. Mas todos os seres viventes guiados por Noé preservaram sua vida ao entrar na arca. Enfim, se Noé não tivesse construído a arca, como tantos seres viventes poderiam ter sido salvos?
Por causa do grande dilúvio o mundo antigo desapareceu, e um novo mundo, ou seja, este mundo em que vivemos, passou a existir. Deus mesmo tratou de providenciar tudo, e através da família de Noé ele inaugurou um novo mundo. Ou seja, através dos oito membros da família de Noé, o homem continuou a viver no mundo pós-dilúvio. Negros, brancos e amarelos, todos descendem de Noé. Os filhos de Noé que obedeceram à Palavra de Deus pela fé foram uma família abençoada por ele. Noé e sua família fizeram a vontade de Deus crendo em sua Palavra e receberam suas bênçãos, mas a maldição de Deus veio sobre os que resistiram e se opuseram à Palavra que ele ordenara.
Noé pregou a Palavra às pessoas daquela época e disse: “Se vocês quiserem receber a salvação de Deus, vocês têm que entrar na arca”. Noé construiu a arca para todos segundo o que Deus tinha dito, e ele também levou a todos a mensagem que eles tinham que entrar na arca para receber a salvação. No entanto, os que entraram na arca foram apenas os oito membros da família de Noé, e todo o resto do povo morreu, pois rejeitaram a palavra da salvação. Então, Deus não teve alternativa a não ser julgar seus pecados, porque a maldade era grande no coração deles e eles eram extremamente corruptos. Mas Noé achou graça aos olhos de Deus. Naquele tempo, Noé era um verdadeiro servo de Deus e um pregador. Nem os membros da família de Noé e nem todos os animais morreram, ao invés disso, viveram todos.
Assim, Noé levou a Palavra de Deus a todos dizendo: “Deus em breve julgará este mundo com água”. Porém, muitos recusaram a Palavra de Deus levada a eles por Noé e, no fim, todos foram destruídos. Se as pessoas do passado tivessem ouvido o conselho de Noé, elas teriam sido salvas da destruição e recebido a bênção de Deus. Noé implorou a todos, dizendo: “Em breve haverá uma grande inundação, então venham para a arca, pois eu prepararei tudo lá dentro, inclusive comida”. Mas aquelas pessoas não deram ouvidos ao alerta de Noé, não creram nele e disseram: “Do que você está falando? O mundo está muito bom do jeito que está”.
Assim como Noé construiu a arca nos últimos dias do primeiro mundo, nós devemos pregar o evangelho da água e do Espírito para as pessoas do mundo inteiro nestes últimos dias deste mundo. Nós que cremos na justiça de Deus devemos pregar o evangelho da água e do Espírito para as pessoas do mundo todo. Assim como Noé, nós também cremos na Palavra de Deus, e como ele, somos obreiros de Deus que devemos fazer a obra de salvar as pessoas do pecado. Os dias atuais são como os dias sombrios de Noé. Naquele tempo, os justos, cativados pela beleza das filhas dos homens, as tomaram como esposas. E como naqueles dias, o Cristianismo mesmo hoje decaiu como as religiões do mundo e está levando muitos para o pecado e para a destruição.
Atualmente, entre os cristãos de hoje, o número daqueles que creem no evangelho da água e do Espírito é a minoria. E o que é pior, os santos que creem e pregam o evangelho da água e do Espírito são odiados pelos cristãos pecadores que não nasceram de novo. Mas para Deus, os que são pobres de espírito aceitam o evangelho da água e do Espírito com alegria e nos mandam cartas de agradecimento. Por haver muitas pessoas assim precisando de salvação é que nós pregamos este evangelho com mais afinco ainda pela fé.
Nós somos os servos de Deus que estão pregando as boas novas da salvação às pessoas, assim como Noé. Nós somos os últimos corredores na corrida de revezamento do evangelho. Os pais da fé que pregaram o evangelho da água e do Espírito correram nas pistas do evangelho antes de nós, e agora eles passaram o bastão para nós, os últimos corredores. Quando pegarmos o bastão do evangelho e dermos a última volta, o mundo então chegará ao fim. Assim como Noé foi o último corredor da corrida espiritual dos seus dias, hoje em dia somos os últimos corredores que estão pregando o evangelho da água e do Espírito.
Atualmente, o Cristianismo no mundo está totalmente corrompido, e por isso todos os cristãos estão distantes da justiça de Deus. São estes hoje cujo coração e mente foram corrompidos porque não conhecem o evangelho da água e do Espírito. No entanto, os justos se reúnem e adoram a Deus graças ao evangelho da água e do Espírito. E como temos fé na justiça de Deus, nós que somos justos estamos pregando a justiça de Deus nessa terra. Devemos pregar o evangelho da água e do Espírito neste mundo para que em breve a vontade de Deus se cumpra. E já que Deus aprova a nossa fé, aqueles que buscam a verdade aceitam que o evangelho que pregamos é a verdade. Nós somos iguais a Noé, que viveu como pregador do evangelho nos últimos dias do primeiro mundo. Isso significa que somos os últimos corredores entre os pregadores do evangelho da água e do Espírito.
É na porta do Tabernáculo que o evangelho da água e do Espírito é revelado. Devemos pregar agora o evangelho da água, do sangue e do Espírito, ou seja, o evangelho do tecido azul, púrpura e carmesim para que todos no mundo possam passar pela porta do Tabernáculo e entrar no Santo Lugar. Mas é claro que quando chegar o tempo em que formos impossibilitados de pregar o evangelho da água e do Espírito, não poderemos mais pregá-lo. Mas até lá, devemos reunir nossas forças e pregar este evangelho. Como ainda podemos pregar o evangelho, assim como Noé, devemos fazer a vontade de Deus o quanto pudermos.
Nos dias de Noé, muitos não creram na Palavra de Deus, mas ele continuou construindo a arca por cem anos. Quando todos viram Noé construindo uma arca na montanha, eles devem ter dito que ele era louco. Eles devem ter feito vários comentários sarcásticos por Noé estar fazendo este trabalho e dizendo que ele poderia ganhar muito dinheiro se estudasse estes cem anos, pois assim teria aprendido muito mais. Mas Noé obedeceu a Palavra de Deus e construiu a arca por cem anos. Mas você pode imaginar como era ridícula sua posição e o quanto ele ouviu as pessoas dizendo que ele era louco enquanto construía a arca que Deus mandou que ele fizesse?
As pessoas hoje em dia devem dizer o mesmo de nós que cremos e pregamos o evangelho da água e do Espírito. Elas falam com cinismo: “A salvação das pessoas só é possível se crermos no evangelho da água e do Espírito? Temos que crer no evangelho do tecido azul, púrpura e carmesim para sermos salvos?” No entanto, a Bíblia diz que o evangelho da água e do Espírito é o único evangelho verdadeiro. É por isso que cremos neste evangelho genuíno e também o pregamos para as outras pessoas. Não importa se você é cristão, sua fé é grande ou se você é muito virtuoso, pois se você não crer de coração no evangelho da água e do Espírito dado por Deus, todos os seus pecados permanecerão intactos dentro dele.
Nós que cremos no evangelho da água e do Espírito continuaremos vivendo até o fim do mundo testemunhando que Jesus veio pelo tecido azul, púrpura e carmesim. Nós devemos entender que somos os pregadores do evangelho da água e do Espírito nestes últimos dias. Portanto, mesmo se as pessoas crerem nele ou não, nós continuaremos pregando o segredo do verdadeiro evangelho oculto no tecido azul, púrpura e carmesim azul, como fez Noé. Deus nos fez líderes espirituais como Noé. Nestes últimos dias, há muitas pessoas que são melhores que nós em vários aspectos, mas Deus usa a nós, crentes do evangelho da água e do Espírito, como servos de sua justiça. Hoje em dia, quem ouvir a Palavra de Deus e entrar na arca poderá salvar a sua vida e viver em um novo mundo. Mas mesmo assim, a maioria deles se recusa a vir para a Igreja de Deus.
Dentre tantas pessoas, Deus escolheu a nós e nos fez pregadores do evangelho da água e do Espírito que estão construindo a arca. Você crê que Deus nos fez pregadores do seu evangelho assim como Noé? Eu dou graças a Deus por ter-nos feito seus pregadores, e também sou grato por nos permitir entrar e viver dentro da arca. Hoje em dia há muitos que não creem, mas eu sou muito grato a ele por ter nos escolhido.
Antes dos dias de Noé, havia muitos crentes em Deus, mas no tempo de Noé, como os filhos de Deus viram a beleza nas filhas dos homens e as tomaram como esposas, a corrupção espiritual tomou conta do mundo. É como se os justos que crêem no evangelho da água e do Espírito vivessem naquela época e reconhecessem como filhos de Deus os que crêem nos falsos evangelhos. Se os justos aceitassem a afirmação que diz que “as pessoas podem receber a salvação tendo fé apenas no sangue da cruz sem o evangelho da água e do Espírito”, eles estariam cometendo adultério espiritual. Deus não trabalha com os que não creem no evangelho da água e do Espírito e com aqueles que cospem na fé que crê na justiça de Deus.
Nos dias de Noé, dentre todas as pessoas que existiam, Deus o escolheu porque ele guardou a verdadeira fé. E Noé, por sua vez, obedeceu à vontade de Deus. Podemos observar no texto bíblico deste capítulo que Noé foi verdadeiramente um homem de fé que creu na Palavra de Deus. O fato de ele ter construído a arca durante cem anos mostra que ele era um homem de verdadeira fé. Noé verdadeiramente tomou posse da fé que crê na Palavra de Deus. Se Noé não tivesse crido na Palavra de Deus, ele não teria construído a arca nem por cinco anos, muito menos em cinquenta anos. Deve ter sido bem difícil para Noé e sua família ter levantado colunas e feito compartimentos com a madeira de gofer que encontraram, e ainda cobri-la por dentro e por fora com o betume que eles fizeram. E ainda mais difícil deve ter sido construí-la em meio a vizinhos escarnecedores dizendo que eles eram loucos. Eles provavelmente devem ter tido vontade de parar com tudo várias vezes. Mas Noé foi mesmo um homem de fé que construiu a arca segundo sua fé na Palavra de Deus, sem reclamar durante os cem anos de sua construção.
 
 

Alguém Me Vem à Mente Quando Chove

 
Alguém me vem à mente quando chove. Seu nome é Noé. Vamos nos lembrar de Noé enquanto vivemos nossos últimos dias na terra. As pessoas por emoção defendem Noé, mas nós o reverenciamos por sua fé na Palavra de Deus. Noé foi um homem cuja fé era realmente grande. Nos últimos dias do primeiro mundo, ele foi o servo de Deus que de fato guardou sua fé na Palavra de Deus.
Os servos de Deus são os que creem e pregam sua Palavra da verdade. Nós também estamos pregando o evangelho da água e do Espírito, que é o evangelho de Deus, mas se ainda há aqueles que insistem que preguemos outros evangelhos, então estes não são servos de Deus. Mesmo que eles continuem insistindo para que façamos isso, nós continuaremos pregando o evangelho da água e do Espírito. Os pregadores do evangelho devem saber como ser pacientes e suportar tudo. Os servos de Deus continuam pregando o evangelho mesmo que os outros zombem deles. Mas Deus os vingará pessoalmente.
Devemos pregar o evangelho da água e do Espírito até os confins da terra, e também não devemos mudar a nossa fé até o dia em que o Senhor voltar. Noé foi aprovado por sua fé em Deus, pois naquele tempo a fé de muitos se corrompeu. Naquele tempo, os filhos de Deus foram por caminhos de destruição por terem ficado hipnotizados pela beleza das filhas dos homens e tê-las tomado como suas esposas. Foi por isso que Deus continuou sua obra somente através de Noé.
Nos dias de hoje, Deus trabalha através de nós, cuja fé é igual à de Noé, que nasceu de novo por crer no evangelho da água e do Espírito. E isso não é algo do que devemos nos exaltar. Ao contrário, se alguém vier nos ridicularizar, devemos construir a arca da fé cobrindo nosso coração com o betume da fé que crê no evangelho da água e do Espírito. Nós devemos crer no evangelho da água e do Espírito assim como ele está escrito na Bíblia e pregá-lo a todas as pessoas. Os justos que receberam a remissão de pecados por terem fé em Jesus devem pregar o evangelho da água e do Espírito para que as pessoas alcancem a vida eterna. Mesmo se as pessoas nos xingarem e disserem que somos repugnantes, o mais importante é termos fé e guardarmos o evangelho da água e do Espírito.
Eu senti muito quando o pastor Yongwha Lee morreu. Eu disse a sua família para não chorar durante seu funeral, mas eu fui o primeiro que chorei. Sempre que eu pedia ao pastor Lee algo para a pregação o evangelho, ele nunca se recusou, nem sequer uma vez. Eu fiz pedidos ao pastor com fé em Deus. Eu creio que ele está com o Senhor antes de nós. O pastor Lee generosamente abriu mão de si mesmo pela justiça de Deus, assim como Noé. Ele foi um servo de Deus, e eu creio que todos os queridos obreiros que servem ao evangelho da água e do Espírito comigo também são servos do Senhor.
Houve um tempo em que eu cria que deveria haver outros além de nós em algum lugar do mundo que cria no evangelho da água e do Espírito, ou seja, pessoas com a mesma fé que a nossa. E nós encontramos um grupo de cristãos que diziam: “Nós nos tornamos justos por termos fé em Jesus”, e eu pensava se eles tinham a mesma fé que a nossa. Mas não tinham não. Eles ensinavam o conceito de quem crê no sangue da cruz está simplesmente sem pecado. Eles falavam tão cheios da graça que era o bastante para hipnotizar aqueles que pensavam que seu coração estava realmente sem pecado, mas o certo é que eles não pregavam o evangelho da água e do Espírito. Eu esperava que eles pregassem o evangelho da água e do Espírito pelo menos uma vez durante seus sermões, mas eles não faziam isso. Eles apenas diziam que contanto que a pessoa cresse em Jesus, que derramou seu sangue na cruz, eles receberiam a salvação. Eu pensava como seria bom se eles apenas pregassem o evangelho da água e do Espírito, mesmo que fossem me caluniar por crer e pregar este genuíno evangelho. Mas até o fim eles não pregaram o evangelho da verdade. Assim como os filhos de Deus foram intoxicados pela beleza das filhas dos homens, eles jogaram fora o evangelho da água e do Espírito, apesar de ter ouvido ele antes.
Se pregarmos corretamente o evangelho da água e do Espírito para as pessoas, muitos receberão a salvação dos pecados. Contudo, este mundo está tão mau que mesmo que eles busquem a Deus, é difícil eles virem nesta igreja da verdade. E mesmo que de alguma forma eles recebam a salvação, é difícil eles crescerem espiritualmente. Não foi difícil você vir para este evangelho da água e do Espírito pela fé e crer nele também?
Mesmo assim não podemos mudar a verdade do evangelho para abrirmos mais as portas da nossa igreja. Se fôssemos adulterar a verdade do evangelho e pregar: “Mesmo que você creia somente no sangue de Jesus na cruz, você receberá a salvação do pecado”, ninguém mais poderia receber a salvação. Se isso acontecesse, você seria alguém miserável. Hoje em dia, você não pode receber a perfeita remissão de pecado mesmo se for às igrejas do mundo; e isso é lamentável. E mesmo se disséssemos às pessoas: “Se você crer apenas no sangue da cruz, você simplesmente ficará sem pecado”, a verdade é que os pecados não desaparecem realmente do coração delas. Se crermos no evangelho da água e do Espírito e pregarmos de forma clara este genuíno evangelho ao máximo de pessoas segundo o que Deus nos mandou fazer, muitos receberão a remissão dos pecados. Mas se não pregarmos este evangelho da água e do Espírito nos dias de hoje, nem uma pessoa sequer poderá receber a remissão de pecados.
Temos que pregar de forma clara o evangelho da água e do Espírito para os cristãos do mundo, dizendo: “Os pecados do mundo não existem mais porque Jesus veio a essa terra e foi batizado por João Batista”. E mesmo assim há muitos pregando: “Se você crer no sagrado sangue de Jesus, você ficará totalmente sem pecado”. Mas a verdade é que sua fé é inútil. Quando eu vejo esta fé, isso me corta o coração. Eles dizem que estão fazendo a obra de Deus, mas que benefício trazem ao evangelho se apenas pregam sobre o sangue da cruz? Se você diz que está simplesmente sem pecado por ter fé em Jesus, isso é verdade mesmo?
Você deve ter dentro do seu coração a certeza de que seus pecados foram realmente remidos através da Palavra de Deus, ou seja, por você crer realmente no evangelho da água e do Espírito. Também não deve haver pecado em seu coração. No entanto, os pecados jamais desaparecerão se você crer que eles são apagados apenas pelo sangue na cruz, e não pelo evangelho da água e do Espírito. Por isso que a maioria dos cristãos de hoje tem uma fé inútil. Já que é verdade que Deus apagou todos os pecados deste mundo com o evangelho da água e do Espírito, quem crer nesta verdade não tem pecado graças ao poder do evangelho. Não importa o quanto alguém creia em Jesus, pois se ele não crer na verdade do evangelho da água e do Espírito, ele não poderá receber a remissão de pecados em seu coração.
O evangelho da água e do Espírito não é outro senão o evangelho do tecido azul, púrpura e carmesim do Antigo Testamento. Este evangelho foi cumprido no Novo Testamento da seguinte forma: Jesus nasceu nessa terra e, ao ser batizado por João Batista, levou todos os nossos pecados de uma vez por todas, e assim apagou os pecados deste mundo. Este evangelho estava oculto na Bíblia para que só os que buscavam a verdade pudessem encontrar a graça de Deus. Portanto, se não pregarmos este evangelho da água e do Espírito para todas as pessoas, ninguém que vive neste mundo poderá receber a remissão de pecados.
Eu não temo a ninguém, a não ser a Deus. E eu aconselho quem é contra mim: “Vamos discutir com a Bíblia na mão se o evangelho que pregamos está certo ou não”. Nós recebemos a salvação dos nossos pecados e não somos condenados porque Jesus já levou todos os nossos pecados ao ser batizado e derramando seu sangue como nosso Salvador. Jesus nos livrou do juízo com o evangelho da água e do Espírito. Por isso que pregar o evangelho da água, do sangue e do Espírito é algo essencial.
Jesus é o Rei dos reis e o Criador. Mas ele se fez homem, levou todos os pecados da humanidade e foi condenado por eles em nosso lugar. Assim, ele salvou todos os pecadores do mundo. É exatamente este o evangelho da água e do Espírito do qual a Bíblia fala. O próprio Deus nos salvou ao vir a essa terra e levando todos os pecados através do seu batismo. Desta forma, ele nos tornou alvos como a neve e nos fez entrar na gloriosa mansão dourada, o reino dos céus. Este é o verdadeiro evangelho: o Senhor levou todos os nossos pecados ao ser batizado no rio Jordão por João Batista, apagou todos eles na cruz e pagou o salário por eles ao ser condenado.
O apóstolo Paulo disse que Jesus nos salvou não somente pela água e pelo sangue. Jesus veio pela água, pelo sangue e pelo Santo Espírito para nos salvar. E está escrito que os três testificam como um (1 João 5:1-8). A obra que Deus fez para nos salvar dos pecados do mundo foi cumprida pelo evangelho da água e do Espírito. Estes três formam um único evangelho, ou seja, o evangelho da água e do Espírito. Nosso Senhor cumpriu toda a justiça e nos salvou ao nascer nessa terra e levando nossos pecados através de João Batista, o representante de toda a humanidade. Está escrito que seu nome é Maravilhoso, Conselheiro e Deus Forte (Isaías 9:6). Ele nos salvou de uma forma muito justa.
O Senhor nos salvou dos pecados pela água e pelo sangue, mas há algo suspeito nisso? Só porque o Senhor salvou a nós que éramos pecadores, nós passamos a receber a salvação sem falha alguma. Assim como o cordeiro sacrificial do Antigo Testamento tirava os pecados ao receber a imposição de mãos, no Novo Testamento, Jesus recebeu o batismo de João Batista para de forma justa levar todos os nossos pecados. Ele levou todos os nossos pecados e apagou todos eles. E ao ser crucificado, ele foi condenado pelos nossos pecados. Assim, ele nos livrou do juízo de uma forma justa, do diabo e do poder das trevas. Por crermos nisso, nós fomos salvos; e eu não tenho vergonha alguma disso.
Nós temos que entender como o Cristianismo do mundo todo se corrompeu. Os que não conhecem história são estúpidos. É através da história que temos que conhecer o processo de deterioração espiritual para que não caiamos nesta mentira. Se alguém nasceu de novo, mas segue os valores do mundo, ele será o primeiro a se corromper espiritualmente. Mesmo se um pregador nascido de novo não pregar o evangelho da água e do Espírito, é possível ele reunir as pessoas, quantas ele quiser. Não é que eu não saiba reunir pessoas, mas estou pregando o evangelho da água e do Espírito para que elas possam receber a remissão de pecados levando a verdade até elas. Eu também poderia ser um pregador renomado, reverenciado por muitos e sem ser perseguido se fosse pregar o evangelho deixando de lado o segredo da fé oculta no evangelho da água e do Espírito. Mas isso seria o mesmo que corromper o sistema do Tabernáculo, cuja entrada só poderia ser feita de tecido azul, púrpura e carmesim.
A maioria dos cristãos diz que recebeu a salvação apenas pelo poder do sangue de Jesus na cruz. Sua fé é apenas uma fé inútil que não pode receber a salvação. E como o Espírito Santo não habita em seu coração, eles não sabem que sua fé é errada. Se não tivermos a verdade do evangelho da água e do Espírito, estaremos apenas enganando a nós mesmos. Se eu pregasse o evangelho somente do sangue na cruz, omitindo o batismo que Jesus recebeu de João Batista, eu me tornaria um charlatão espiritual. Os cristãos que não nasceram de novo são facilmente enganados quando seus falsos profetas lhes dizem mentiras descaradas porque não conhecem o verdadeiro evangelho. Isso quer dizer que eles nem mesmo sabem que se tornaram escravos do pecado. Satanás e seus servos tentam transformar pessoas em escravos fazendo com que elas sejam aprisionadas pelo pecado. E quando um servo de Satanás tenta mandar nelas, mesmo sendo falhos e pecadores, elas nem sequer conseguem reagir.
Há muitos pregadores neste mundo que não anunciam o evangelho da água e do Espírito dado por Deus. Eles são homens maus e charlatães espirituais que professam algo que não é a Palavra de Deus, e sim um evangelho para fazer das pessoas servas dos seus próprios desejos. E como eles não são servos de Deus, mas servos do homem, e por pregarem falsos evangelhos, aqueles que os ouvem serão sempre pecadores, não importa o quanto sua fé seja forte. Não importa o quanto creiam em Jesus, eles têm pecado; e é por isso muitos reclamam que é difícil ter fé e crer em Jesus. Como estas pessoas não conhecem o evangelho da água e do Espírito, elas nada podem fazer a não ser obedecer cegamente às ordens dos enganadores.
No entanto, esta obediência cega não pode ser esperada dos que conhecem o evangelho da verdade. Os que creem no evangelho da água e do Espírito têm o Espírito Santo dentro do seu coração, então como se pode esperar que eles obedeçam cegamente? E como o Espírito Santo habita em seu coração, espera-se que eles tenham uma fé incondicional. Aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito só seguem seu líder se forem guiados segundo a verdade de Deus. Mas se alguém for guiá-los em dissonância com a verdade, eles simplesmente não o seguirão e nem se unirão a este líder.
Nós que nascemos de novo jamais podemos cometer fraude espiritual. Mas os que pastoreiam sem ter a fé no evangelho da água e do Espírito são todos charlatães espirituais. Satanás lhes diz para não pregar só o evangelho da água e do Espírito. O que Satanás mais odeia é que preguem o evangelho da água e do Espírito, ou seja, o evangelho do tecido azul, púrpura e carmesim. Hoje eu li um livro de pregação, contudo, por mais que fosse um bom livro, ele deixou de fora o batismo de Jesus, por isso não tinha valor algum.
Está escrito: “Assim fez Noé; conforme tudo o que Deus lhe mandou, assim o fez” (Gênesis 6:22). Noé não era um servo fiel de Deus? Noé fez tudo segundo o que Deus lhe mandara fazer. E você também, se realmente fizer parte do povo de Deus, deve obedecê-lo de acordo com sua Palavra. Nossa carne pode ser fraca, mas devemos fazer tudo pela fé. Melhor dizendo, devemos fazer isso para que o evangelho do Senhor floresça nesta terra.