Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 10-6] (João 10:1-19) Jesus é a Porta da Salvação

(João 10:1-19)
“Na verdade, na verdade vos digo que aquele que não entra pela porta no curral das ovelhas, mas sobe por outra parte, é ladrão e salteador. Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas. A este o porteiro abre, e as ovelhas ouvem a sua voz, e chama pelo nome às suas ovelhas e as traz para fora. E, quando tira para fora as suas ovelhas, vai adiante delas, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. Mas, de modo nenhum, seguirão o estranho; antes, fugirão dele, porque não conhecem a voz dos estranhos. Jesus disse-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que era que lhes dizia. Tornou, pois, Jesus a dizer-lhes: Em verdade vos digo que eu sou a porta das ovelhas. Todos quantos vieram antes de mim são ladrões e salteadores, mas as ovelhas não os ouviram. Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens. O ladrão não vem senão a roubar, a matar e a destruir; eu vim para que tenham vida e a tenham com abundância. Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário e não tem cuidado das ovelhas. Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai e dou a minha vida pelas ovelhas. Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor. Por isso, o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la. Ninguém ma tira de mim, mas eu de mim mesmo a dou; tenho poder para a dar e poder para tornar a tomá-la. Esse mandamento recebi de meu Pai. Tornou, pois, a haver divisão entre os judeus por causa dessas palavras”.
 
 
Referindo-se a si mesmo, Jesus disse: “Eu sou o caminho, a verdade, e a vida” (João 14:6). Quem ousaria fazer tal declaração? Só Jesus é o verdadeiro Deus que poderia se descrever assim. Aqueles que creem na Palavra da remissão de pecados que Jesus nos deu podem ser libertos de todos os seus pecados e ter uma nova vida. Já que não tínhamos como evitar ser amaldiçoados e condenados pelos nossos pecados, o Senhor se tornou nosso verdadeiro Salvador. Por isso, não temos outra coisa a fazer senão sermos muito gratos a ele. Todos estavam destinados a sofrer com a terrível ira de Deus por causa dos seus pecados. Mas e você? Você já teve um encontro com o Salvador que te livrou de todos os seus pecados? Aqueles que tiveram um encontro com o Salvador são os que receberam a remissão de pecados ao conhecer o poderoso evangelho da água e do Espírito e crer nele.
 
 
Através da Entrada do Tabernáculo, Deus Nos Revelou o Batismo e o Sangue de Jesus
 
Jamais devemos nos esquecer da verdade encontrada na entrada do tabernáculo e crer nela. No átrio do tabernáculo, havia 60 tábuas, e sua entrada ficava no lado oriental e media 9m de comprimento e 2,25m de altura. A cerca do átrio era coberta por linho branco, que media 22,5m nos lados oriental e ocidental, e 45m nos lados sul e norte. Mas somente a entrada do tabernáculo era coberta por um tecido azul, púrpura e carmesim de linho fino retorcido. Em seu comprimento total, o átrio media 22,5m e sua entrada tinha 9m. Deste modo, todos podiam encontrar facilmente a entrada do átrio.
O linho branco que era usado na cerca do tabernáculo representa nossa remissão de pecados e a santidade de Deus. Quando olhamos para este linho branco, geralmente pensamos em pureza, e ao compararmos isso com a alma das pessoas, nos lembramos daqueles cujo coração foi purificado do pecado por crerem no evangelho da água e do Espírito. Os que receberam de Deus a remissão de pecados se alegram quando encontram seus irmãos, que também receberam a mesma remissão de pecados, e se alegram com eles. Os pecadores, contudo, não apenas evitam ter comunhão com os justos, mas também evitam buscar a presença do Deus santo. Por causa dos seus pecados, eles vivem cercados de trevas, o que os impede de se aproximar da luz do evangelho da água e do Espírito. É por isso que é muito natural eles não gostarem da luz a princípio. Se você não se sente bem em relação à luz, você tem que entender que um muro separa você de Deus por causa dos seus pecados. E quando você entender isso, você achará a verdade e todos os seus problemas com o pecado serão resolvidos.
Se você reconhece que está sofrendo de uma doença mortal por causa de seus pecados, algo que te levará direto para o inferno, então você precisa mais do que tudo do evangelho da água e do Espírito. Se alguém sabe que está condenado a ir para o inferno por causa de seus pecados, nada mais natural do que ele buscar um Salvador que possa livrá-lo disso. Porém, muitos neste mundo não estão buscando a remissão de pecados que Jesus nos deu através do evangelho da água e do Espírito, por mais que sejam pecadores e precisem aceitar Jesus como seu Salvador. Eles são como o homem em Salmos 49:12, que tem honra mas é como os animais que perecem.
O Senhor veio a essa terra para libertar os pecadores de todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. Por isso, o Senhor foi batizado por João Batista não somente para apagar todas as iniqüidades dos pecadores, mas também para purificar todos os seus pecados de uma vez por todas ao derramar seu sangue na cruz. E agora que cumpriu tudo isso, ele está à nossa espera. O tecido azul, púrpura e carmesim da entrada do átrio do tabernáculo nos revela que o Senhor preparou tudo para a remissão de pecados, e assim se tornou a porta da salvação para que pudéssemos ser salvos dos nossos pecados. Aqui está a razão pela qual todos os pecadores têm que crer em Jesus como seu Salvador. Para se tornar a porta da salvação para todos os pecadores, Jesus veio a nós em pessoa através do evangelho da água e do Espírito para remir todos os nossos pecados.
Quando Jesus fez trinta anos de idade, ele levou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista (Mateus 3:13-17), e cumpriu toda a justiça de Deus ao ser crucificado e derramar seu sangue na cruz (João 19:30). E ao ressuscitar dos mortos ao terceiro dia (Mateus 28), ele completou a salvação de todos os pecadores de suas iniqüidades. Assim, ele tornou possível a todos que querem ser salvos receber a remissão de pecados crendo no batismo que ele recebeu e no sangue que ele derramou na cruz. Nós temos que crer em tudo isso que ele fez por nós a fim de nos remir dos nossos pecados. Já que Deus determinou que todo aquele que não crê em Jesus como seu Salvador não pode receber a remissão de pecados, todos que agora querem receber esta remissão de pecados e entrar no céu têm que crer na purificação de pecados que Jesus realizou através do seu batismo e da sua morte na cruz quando veio a essa terra. Além disso, eles precisam se tornar filhos de Deus pela purificação de todos os seus pecados.
Aqueles que querem purificar seus pecados crendo apenas no sangue de Jesus derramado na cruz precisam aprender a verdade do evangelho da água e do Espírito. Se você não conhecia o evangelho da água e do Espírito e cria apenas no sangue de Jesus derramado na cruz, você tem que reconhecer então que conhece o evangelho só pela metade. A verdade é que quem crê somente no sangue de Jesus acaba descobrindo a cada dia que não foi remido de uma forma perfeita de todos os seus pecados. E isso é a prova de que eles continuam sendo pecadores, mesmo depois de crer em Jesus por muito tempo.
A fé daqueles que creem que foram salvos, embora creiam apenas no sangue de Jesus derramado na cruz, com certeza é um grande problema. Então, para refutar sua fé, Jesus lhes diz: “Será que eu somente morri por vocês? Ou eu também não fui batizado por João Batista para levar todos os seus pecados no mundo?” Todo pecador tem que entender como é incomparável e justa a obra do batismo e do sangue de Jesus, a obra que salvou o homem do pecado e da condenação, e crer nessa obra da salvação com ações de graças. Se alguém compreende como é terrível o castigo pelo pecado que está preparado para os pecadores, não há mais nada a fazer senão ser infinitamente grato a Jesus pela sua salvação.
 
 
Receba a Salvação da Verdadeira Remissão de Pecados pela Fé!
 
Já que você vive nessa terra, você não quer receber a remissão de pecados e ter uma vida feliz? Ou você prefere ser amaldiçoado por toda a eternidade por rejeitar o evangelho da água e do Espírito que traz a você a remissão de pecados? Todos querem receber a eterna remissão de pecados para que tudo dê certo em sua vida e eles sejam felizes, mesmo que os outros não sejam. Mas só que fingindo que desejam ter uma vida abençoada, os pecadores simplesmente são incapazes de receber o amor e as bênçãos de Deus, por mais que busquem isso com todas as suas forças. Nós sentimos pena de algumas pessoas, porque tudo que elas fazem é amaldiçoado. E o pior é que elas nem sabem por que levam uma vida tão amaldiçoada assim. Mas a razão disso é muito simples – é porque elas não foram purificadas de todos os seus pecados pela fé.
Há algumas pessoas que embora confessem crer em Jesus, tudo que elas fazem acaba dando errado. Isso porque o muro do pecado as separa de Deus. Os pecadores são amaldiçoados por Deus e não têm paz com ele. Já que confessamos crer em Jesus, temos que examinar a nós mesmos para ver se realmente entendemos o evangelho da água e do Espírito e cremos nele, ou se cremos em Jesus como nosso Salvador de qualquer jeito, sem termos a menor ideia do que seja o evangelho da água e do Espírito. Nós temos que crer de forma correta, mas só quando cremos no evangelho da água e do Espírito é que podemos dizer que cremos em Jesus assim.
Há alguns que se consideram bons cristãos, mesmo sendo pecadores por não crerem no evangelho da água e do Espírito. Nós precisamos entender que se alguém tem pecado diante do Deus santo, ele está condenado a ter uma vida amaldiçoada por causa disso, e que para ser totalmente liberto do pecado em sua vida, ele precisa nascer de novo crendo no evangelho da água e do Espírito. Sendo assim, por mais que as pessoas creiam em Jesus como seu Salvador, se elas fizerem isso sem conhecer o evangelho da água e do Espírito, sua fé será em vão. Todos nós temos que entender então a gravidade do pecado, assim como entender também que só podemos ser abençoados por Deus se aprendermos a verdade do evangelho da água e do Espírito e recebermos a remissão de pecados pela fé.
Precisamos entender que o pecado é algo muito sério, e é justamente por isso que o próprio Jesus Cristo nos diz em Romanos 6:23 que “o salário do pecado é a morte”. E já que Jesus disse que o salário do pecado é a morte, isso quer dizer então que todos que têm pecado precisam receber a remissão de pecados ou serão destruídos por causa deles. É como se um monte de coisas ruins acontecesse na vida dos pecadores e nada desse certo para eles. É por isso que eles precisam parar por um momento e considerar que isso está acontecendo por causa dos seus pecados. Nós temos que nos lembrar dos mandamentos de Deus, e se conseguirmos ver que a razão de tanta tristeza e maldição em nossa vida é que há pecado no nosso coração, temos que crer no evangelho da água e do Espírito, pois esta é a hora de crermos neste evangelho.
Deus nos deu a lei para que entendêssemos que a morte está à espera de todo aquele que tem pecado (Romanos 3:20). E como todo pecado que os pecadores cometem ficam gravados na tábua do seu coração, Deus quer purificar todos eles segundo sua fé no evangelho da água e do Espírito. Todos os pecados que as pessoas cometem violando a lei de Deus estão escritos em seu coração. Segundo a lei de Deus então, eles são pecadores, têm uma vida amaldiçoada e no fim acabarão sendo destruídos. Neste exato momento, ou o mais rápido possível, todo pecador tem que crer no batismo que Jesus recebeu de João Batista e no sangue que ele derramou na cruz, a fim de que seus pecados sejam totalmente purificados pela fé.
Todos estão fadados a levar uma vida inútil neste mundo, pois no fim todos se tornarão pó e o que espera por eles é o juízo de Deus. Mas se você acha que o propósito de Deus era que nossa vida acabasse vazia assim, você está redondamente enganado. É por isso que o evangelho da remissão de pecados dado por Deus está disponível a todos, e todas as bênçãos de Deus serão concedidas aos que crerem neste evangelho. Agora que todos podem ser purificados dos seus pecados pela fé, graças ao evangelho da água e do Espírito que nos traz a remissão de pecados dada por Deus, o meu mais sincero desejo é que todos os seus pecados sejam purificados e vocês se tornem filhos de Deus pela fé. Todos podem ter seus pecados purificados e entrar no reino de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. É por isso que o evangelho da água e do Espírito é simplesmente indispensável para todos nós.
Ao descrever nossa vida, Deus disse: “A duração da nossa vida é de setenta anos, e se alguns, pela sua robustez, chegam a oitenta anos, o melhor deles é canseira e enfado, pois passa rapidamente, e nós voamos” (Salmos 90:10). Por mais que vivamos 80 ou 120 anos nessa terra, o mais importante é conhecermos o evangelho da água e do Espírito e crermos nele. Seria uma grande desgraça se a nossa vida acabasse com a morte física, mas a vida após a morte espera por todos nós. Por essa razão, é imprescindível que todos encontrem a única verdade e creiam nela, pois só podemos nos tornar filhos de Deus e viver felizes para sempre em seu reino se formos purificados de todos os pecados da nossa alma crendo no evangelho da água e do Espírito.
Foi por isso que Jesus se tornou a porta do reino dos céus. Para nos salvar dos nossos pecados e nos receber no céu, Jesus levou nossos pecados ao ser batizado, foi condenado por eles derramando seu preciso sangue na cruz, e assim se tornou nosso perfeito Salvador. E ao se tornar ele mesmo a porta do céu, Jesus permite que todos que recebem a remissão dos seus pecados entrem no céu. Como diz João 10:2: “Aquele, porém, que entra pela porta é o pastor das ovelhas”. Jesus é o Pastor das ovelhas que receberam a remissão de pecados, a porta do céu, o verdadeiro Pastor, o próprio Deus que nos leva ao reino eterno dos céus. Nosso Senhor veio a essa terra e se entregou por nós. E àqueles que creem no evangelho da água e do Espírito, nosso Senhor abriu a porta da salvação e permitiu sua entrada no reino dos céus.
 
 
Receber a Jesus Não é Apenas Dizer: “Eu Acredito em Jesus”
 
Receber Jesus no coração é crer que ele é o próprio Deus e o Salvador de todos que creem no evangelho da água e do Espírito. Temos que ter fé em nosso coração no batismo de Jesus e no seu sangue derramado na cruz. E também temos que crer que ele é o Filho de Deus. Esta é a nossa fé. Aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito também creem que Jesus é o seu Salvador e têm o evangelho da água e do Espírito como seu testemunho de fé.
Meus irmãos, vocês creem que Jesus é o seu Salvador? Vocês reconhecem mesmo que Jesus é o verdadeiro Salvador? Jesus é o Filho de Deus. Mas ele também é o nosso Salvador. Ele é o Filho de Deus e o nosso Salvador, e para purificar todos os nossos pecados, ele os recebeu de uma vez por todas quando foi batizado por João Batista, os levou até a cruz e nela morreu derramando seu sangue. Todos vocês têm que crer nisso. Vocês não podem aceitar ser destruídos por não crerem. Vocês têm que crer que Jesus foi batizado e derramou seu precioso sangue por todos vocês.
Os que já creem na verdade do evangelho agora precisam crer no batismo e no sangue de Jesus em seu coração. Nós temos que crer de todo o coração no batismo de Jesus e no seu sangue derramado na cruz, que é a verdade da remissão de pecados, e ser muito gratos a Deus. Nós temos que crer nessa verdade agora sem duvidar, porque de nenhum outro modo podemos ser salvos senão crendo no evangelho da água e do Espírito e nos tornando filhos de Deus. Aqueles que não creem no evangelho da água e do Espírito em seu coração ainda não se tornaram filhos de Deus. Sendo assim, o meu mais sincero desejo é que todos vocês creiam neste evangelho, pois não temos tempo a perder. Creia agora! Então, vocês se tornarão filhos de Deus, terão seus pecados purificados e desfrutarão de toda a sua glória e esplendor.
Jesus é a porta do céu e também o seu porteiro. Ao se tornar nosso Deus e Salvador, Jesus Cristo nos salvou de todos os nossos pecados e nos deu a mais segura e perfeita fé que nos leva a receber a salvação e entrar no céu. Nós só podemos ser gratos ao Senhor por seu amor tão misericordioso.
 
 
Nós Temos que Crer que Só Jesus é o Bom Pastor e o Perfeito Salvador
 
Nosso Senhor disse: “Eu sou o bom Pastor; o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Mas o mercenário, que não é pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa. Ora, o mercenário foge, porque é mercenário e não tem cuidado das ovelhas” (João 10:11-13). O “mercenário” aqui se refere aos que trabalham só para satisfazer seus desejos. Como a palavra mesmo define, são aqueles que trabalham por uma recompensa. Nas igrejas de cristãs de hoje, os mercenários são aqueles que não pregam a verdade do evangelho da água e do Espírito, mas, ao contrário, pregam falsas doutrinas e fingem ser pastores só para satisfazer seus próprios interesses.
Jesus diz em João 10:14-15: “Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido. Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai e dou a minha vida pelas ovelhas”. Jesus é o nosso verdadeiro Pastor, e somos os servos de Deus que creem no evangelho da água e do Espírito que Jesus Cristo nos deu e o pregam. Por conhecer bem nossas fraquezas e saber por que pecamos, o verdadeiro Pastor recebeu todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista e foi condenado por nossos pecados ao entregar seu corpo na cruz; tudo isso para nos salvar. Jesus disse na passagem acima que o bom Pastor dá a sua vida pelas ovelhas. Foi assim que ele foi totalmente obediente à vontade do Pai, a ponto de ser batizado e morrer crucificado.
O Senhor nos disse: “Vocês têm que pregar o evangelho da água e do Espírito no mundo todo, pois ainda há muitas ovelhas que não fazem parte do meu aprisco”. Jesus só aceita como filhos de Deus aqueles que creem no seu batismo e no seu sangue. Em outras palavras, ele só concede a graça da remissão de pecados àqueles que creem que ele, que veio pela água e pelo sangue, purificou todos os seus pecados. Somente estes é que se tornam filhos de Deus. Assim como a oferta de sacrifício derramava seu sangue no Antigo Testamento e morria recebendo a imposição de mãos, Jesus foi batizado por João Batista, derramou seu sangue na cruz e ressuscitou dos mortos.
Ao ver a fé dos que creem nessa verdade, Deus os torna seus Filhos. Jesus, o bom Pastor, ouve as orações dos filhos de Deus, cuida deles, os guia, os protege e os abençoa. Então, quando cremos no evangelho da água e do Espírito, recebemos a remissão de pecados, passamos a fazer parte da Igreja de Deus, temos comunhão com Jesus Cristo, o bom Pastor, e levamos uma vida abençoada guiados por Deus. Nós temos que crer de todo o coração que o Senhor é o nosso Salvador e o nosso bom Pastor.
 
 
Deus Chama os Pecadores, que São Como Bodes, para Salvá-los
 
O pior tipo de gente são os pecadores que convivem com o povo de Deus. A Bíblia geralmente se refere ao povo de Deus como as ovelhas que creem no evangelho da água e do Espírito, enquanto que os bodes são os que, apesar de confessar que creem em Jesus, ainda não receberam a remissão de pecados no seu coração. De um modo geral, estes bodes vêm para a Igreja de Deus fingindo ser ovelhas e enganam os santos e servos de Deus, assim como a si mesmos. Essas pessoas que são como bodes imitam tão bem as ovelhas que agem e falam como elas, mas são do tipo que não se arrependem mesmo depois que são desmascaradas. Mas assim como um bode nunca pode se tornar uma ovelha, por mais que ele a imite, essas pessoas ainda são pecadoras, mesmo procurando levar uma vida de retidão.
Estes bodes, sabendo que não são ovelhas, tentam se escondem em suas próprias forças. É por isso que os bodes parecem ser mais fortes que as ovelhas. Mas são as ovelhas que têm um Pastor. E são elas que, por terem recebido a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, estão fazendo a obra do Senhor. Há bilhões de cristãos no mundo inteiro, mas muitos deles, na verdade, ainda são bodes que não receberam a remissão de pecados. Por isso, temos que orar por todos eles e também pregar o evangelho da água e do Espírito para eles.
João 10:16 diz assim: “Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um Pastor”. Nosso Senhor diz aqui que ele tem outras ovelhas que ainda não fazem parte do aprisco de Deus, mas que ele as trará para ele. E é justamente isso que os servos de Deus fazem, trazer os pecadores que ainda são bodes para o aprisco de Deus. O aprisco de Deus aqui se refere aos que ajudam nesta obra. Foi por isso que Jesus disse: “Os pecadores receberão a remissão de pecados e terão um Pastor”. Você e eu temos que crer de coração no evangelho da água e do Espírito, na verdade da salvação que Jesus Cristo nos deu, e pela fé viver com o Senhor em sua Igreja.
Jesus diz em João 10:17: “Por isso, o Pai me ama, porque dou a minha vida para tornar a tomá-la”. De fato, Jesus deu sua vida para salvar os pecadores. Ele recebeu nossos pecados de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista (Mateus 3:13) e morreu em nosso lugar ao entregar sua vida na cruz (João 19:30). Jesus fez tudo isso para salvar nossa vida, e é por isso que Deus Pai ama a Jesus Cristo e a nós.
Jesus Cristo veio a essa terra, foi batizado e derramou seu sangue na cruz porque Deus mandou seu Filho nos libertar dos nossos pecados. E àqueles que creem no evangelho da água e do Espírito, Deus deu o direito de remir os pecados de todo mundo pregando o evangelho da água e do Espírito. Eu sou muito grato a Deus por ter remido todos os nossos pecados com a água, o sangue e o Espírito para nos tornar seus filhos, nos salvar da morte e permitir que vivêssemos para sempre no reino dos céus. O poder de nos tornar filhos de Deus pertence a Jesus. Deus Pai deu ao seu Filho o poder e a autoridade para nos salvar dos nossos pecados. E para apagar nossos pecados, Jesus realizou a obra da salvação levando todos eles ao ser batizado e morrendo por nós na cruz.
Com toda a certeza, Jesus é o Filho de Deus e o próprio Deus. Isso então significa que Deus se tornou nosso Salvador. O nascimento do Messias Jesus Cristo nessa terra, o batismo que ele recebeu de João Batista, sua morte na cruz, sua ressurreição e sua ascensão, tudo isso só aconteceu porque ele obedeceu à vontade do Pai. Sendo assim, por ter sido batizado, morrido na cruz, ressuscitado dentre os mortos e agora estar assentado à direita do trono de Deus, Jesus deu a remissão de pecados, o Espírito Santo e o eterno reino de Deus a todos que creem no evangelho da água e do Espírito.
Por crermos em Jesus, o Messias, nós não somente fomos salvos de todos os nossos pecados, mas também recebemos a bênção de glorificar a Deus, pois agora nos tornamos seus filhos. Agora então, já que Jesus é a única porta pela qual podemos entrar no céu, precisamos ser salvos conhecendo o evangelho da água e do Espírito que ele nos deu e crendo nele. De um modo ou de outro, temos que conhecer a verdade pela qual o próprio Deus veio a essa terra, foi batizado, morreu na cruz, ressuscitou dos mortos, e assim nos salvou de todos os nossos pecados e da condenação. Nós temos que crer nessa verdade de todo o coração.
O evangelho da água e do Espírito não foi criado por homens, mas pelo próprio Deus. Todos nós fomos criados por Deus, e ele, que é o próprio Criador, se tornou homem para salvar seus filhos do pecado, foi batizado por João Batista para levar nossos pecados, foi crucificado e derramou seu precioso sangue para ser condenado em nosso lugar. Foi assim que Deus trouxe a remissão de pecados e a vida eterna àqueles que creem nessa verdade. Nós só podemos glorificar a Deus quando conhecemos este Jesus e cremos nele como nosso Salvador. Eu dou graças a Deus por nos abençoar, por nos levar a crer em Jesus Cristo e nos dar o evangelho da água e do Espírito. Nós agora recebemos uma nova vida e nos tornamos filhos de Deus.

E já que nos tornamos os filhos de Deus sem pecado crendo no evangelho da água e do Espírito do Messias, nós entraremos no reino milenial e eterno de Deus, e desfrutaremos de todas as suas bênçãos e autoridade para todo o sempre. É muito importante você entender que desfrutará da autoridade de Deus e viverá para sempre no céu sem nenhum pecado. Como Messias, Jesus recebeu uma grande autoridade de Deus e, ao exercer essa autoridade, ele pessoalmente nos salvou dos nossos pecados através do seu batismo, do seu sangue e da sua ressurreição. Todos os dias, pela nossa fé, devemos adorar este Jesus Cristo que é a porta do aprisco, a porta da salvação e o porteiro do céu.