Sermões

Assunto 16: O Evangelho Segundo JOÃO

[Capítulo 14-3] (João 14:6-14) Nossas Forças São Renovadas Através da Oração

(João 14:6-14)
“Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto. Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai? Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras. Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede-me, ao menos, por causa das mesmas obras. Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei.”
 
 
Minhas calorosas saudações a todos vocês! Este verão está tão quente que eu não me recordo de um verão que tenha sido tão quente assim. Eu engordei um pouquinho, e talvez seja por isso que eu não esteja aguentando tanto o calor. O clima tem ficado cada vez mais quente por causa do aquecimento global, e engordar só tornou as coisas mais difíceis para mim. Mas mesmo assim, eu estou feliz por este verão ter passado e não ter causado muitos problemas. E eu sou grato a Deus por ter cuidado de nós e garantido nossa segurança. Durante o acampamento para treinamento de discipulado neste verão, eu pude ver que algumas coisas nós poderíamos ter feito de maneira melhor para o Senhor; então, precisamos estar mais preparados para o acampamento de discipulado no próximo verão. Mas eu estou muito feliz por ver todos vocês aqui em paz e segurança.
Eu sei que vocês, todos os santos e servos de Deus, têm se esforçado muito para servir ao evangelho do Senhor. O acampamento para treinamento de discipulado este ano não foi fácil, até porque a temperatura estava muito quente. As esposas dos nossos pastores principalmente trabalharam muito duro na cozinha debaixo desse calor intenso; e eu sou muito grato a elas por terem preparado refeições deliciosas para nós. É bem provável que elas tenham perdido algum peso, mas nós ganhamos mais peso graças a elas. Deixe-me aproveitar essa oportunidade então para agradecer a cada uma delas por tudo que fizeram por nós.
Em todos os encontros de avivamento que eu estive, sempre tinha algum pastor que roncava à noite. Como eu não ronco, para mim não é nada fácil lidar com isso. Houve noites noite em que eu só consegui pegar no sono às 3 da manhã por causa do ronco de alguns pastores que dividiam o quarto comigo. Foi algo muito estressante para mim e certas vezes eu cheguei até a ficar com dor de cabeça por causa do ronco e não consegui dormir de jeito nenhum. Enfim, eu também tive meus momentos difíceis neste verão, mas eu estou muito feliz porque, apesar desses probleminhas, tudo correu bem.
O clima estava tão quente que até me atrapalhou um pouco na obra do Senhor, e certas horas tudo que eu queria era encontrar uma maneira de me refrescar ao invés de servir à justiça de Jesus. Eu até separei um espaço para mim, coloquei uma grande banheira com água e mergulhava nela várias vezes ao dia. A água estava tão boa que eu entrava toda hora e meu corpo vivia molhado. Foi algo tão refrescante e divertido que eu não queria sair da banheira. E até que estava ventando um pouquinho; na minha cidade natal, Chuncheon, raramente venta. Eu estou aqui porque fico com saudade de vocês, e venho aqui para confortá-los com a Palavra de Deus. Então, eu espero que todos vocês sejam confortados e encorajados com meus sermões. E eu também espero que vocês renovem suas forças e vivam pela fé com seu coração renovado.
Às vezes, quando temos um verão muito quente, ficamos preocupados com a maneira que levaremos nossa vida de fé em momentos difíceis. E às vezes nos preocupamos mais com nossa prosperidade do que com nossa vida de fé. Muitas vezes só nos preocupamos com nosso conforto e em garantir nossa prosperidade carnal ao invés de buscarmos a prosperidade espiritual. Mas mesmo assim, temos que viver pela fé e procurar nos adaptar às situações difíceis.
 
 
A Importância da Oração
 
Hoje eu quero pregar sobre a importância da oração. de vez em quando, em minha vida de fé, eu sinto que é impossível seguir o Senhor confiando no que eu quero e nas minhas próprias forças. Quando eu vejo como minha carne é limitada, tudo que eu tenho a fazer é orar ao Senhor Todo-Poderoso. Quando o clima está quente, eu me sinto mal; quando meu corpo fica dolorido, meu coração desanima; e nessas ocasiões, meus olhos se fecham por causa da luta da carne e eu acho difícil viver pela fé de uma maneira correta e espiritual. Por mais que sejamos determinados, se as circunstâncias são muito adversas e passamos por dificuldades, é difícil viver pela fé.
O que temos que fazer então? O que temos que fazer quando não podemos mais viver pela fé dependendo de nossas próprias forças? Na verdade, a questão aqui é como viveremos o resto da vida pela fé enfrentando essas situações difíceis. Para encontrarmos a resposta para essa questão, para sabermos como podemos ser fortalecidos e com que tipo de fé temos que viver, precisamos nos voltar para a Palavra de Deus. E quando nos voltamos para Palavra de Deus, só podemos chegar a uma conclusão: a única maneira de levarmos uma vida espiritual de fé diante do Senhor é orando ao Deus Todo-Poderoso. Nós aprendemos na Palavra da verdade que temos que orar a Deus e buscar sua ajuda em nossa vida, pois é impossível vivermos pela fé confiando somente nas nossas forças e habilidades. Já que é Deus quem nos fortalece e nos abençoa com todas as coisas, quando confiamos nele é que podemos servir ao evangelho da salvação e segui-lo. É por isso que a oração é tão importante em nossa vida; e é por isso também que temos que orar sempre para que Deus sustente nossa vida de fé.
Jesus diz no texto bíblico desse capítulo: “Eu sou o caminho, e a verdade e a vida (João 14:6). Então, Filipe disse: “Senhor, mostra-nos o Pai” (João 14:8), no que Jesus respondeu: “Quem me vê a mim vê o Pai” (João 14:9). E Jesus continuou dizendo: “Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim? As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras. Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim; crede-me, ao menos, por causa das mesmas obras. Na verdade, na verdade vos digo que aquele que crê em mim também fará as obras que eu faço, e as fará maiores do que estas, porque eu vou para meu Pai. E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Se pedirdes alguma coisa em meu nome, eu o farei” (João 14:10-14).
O que Jesus está dizendo aos discípulos aqui é que ele era o próprio Deus. Ele disse que se sua Palavra não fosse suficiente para que eles cressem que ele era Deus, eles deveriam crer nisso vendo as obras maravilhosas que ele havia feito. Ele também os ensinou como orar corretamente. Nosso Senhor diz aqui que se orarmos ao Pai em seu nome, Jesus Cristo, ele responderá todas as nossas orações. Foi Jesus mesmo quem nos prometeu isso.
Eu tenho pregado muito sobre a oração ultimamente. Isso porque eu tenho visto que muitos cristãos estão usando todo tipo de nome para chamar a Deus em suas orações. Eles dizem tantos nomes diferentes que isso acaba virando uma confusão. Às vezes chamam Deus de Pai, depois de Senhor, outras vezes de Jeová, e então dizem Jesus. Mas eles não são tão culpados assim, porque até mesmo a nossa oração geralmente é bem confusa. Nós também trocamos às vezes; tem horas que oramos a Jesus, outras vezes, a Deus, e até mesmo ao Espírito Santo. Mas embora isso pareça confuso, não é errado usar todos estes nomes porque Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo são todos o Deus trino. Sendo assim, não importa a que nome clamamos quando oramos a Deus, e sim orarmos incessantemente ao Deus trino.
Ao longo da nossa vida de fé, às vezes nos desesperamos por causa da nossa fraqueza carnal. E nessas horas, somente Deus pode nos ajudar; e a única maneira de conseguirmos isso é através da oração, como está escrito em Salmos 121:1-2.
“Elevo os olhos para os montes:
De onde me virá o socorro?
O meu socorro vem do SENHOR,
Que fez o céu e a terra”.
Por isso que é tão importante para todos nós em nossa vida orar incessantemente.
Quando oramos, nós sempre clamamos a Deus; e isso é o mesmo que clamar ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo ao mesmo tempo. Isso porque Deus é trino. Entretanto, quando oramos, o melhor é orarmos em nome do Pai ou de Jesus.
Nós temos que pedir a Deus para nos ajudar em todas as coisas assim: “Pai, o mundo em que vivemos é muito duro. Nós temos que ter um emprego ou algum negócio para ganhar dinheiro e cuidar da nossa família. E junto com todo esse trabalho, também temos que pregar o evangelho da água e do Espírito no mundo todo, a obra mais importante que podemos fazer, porque isso leva almas à salvação. Pai, eu te peço que nos ajude em todas essas coisas. Nos proteja neste mundo tão violento, Pai. Guarda-nos das fraquezas carnais e nos ajude. Abençoe nosso corpo e nossa alma. Abençoe todos os santos para que nada lhes falte, a fim de que eles possam pregar o evangelho da água e do Espírito. Nos ajude a pregar o evangelho da água e do Espírito no mundo todo, tanto na Coreia como em outros países. E nos abençoe para que possamos viver pela fé. Nos leve a buscar a sua justiça”. É assim que temos que orar porque precisamos da ajuda de Deus em nossa vida.
 
 
O Que é oração?
 
Oração é pedir a ajuda de Deus. Como devemos orar então? Temos que começar nossa oração em nome do Pai e terminá-la em nome de Jesus. Isso porque somos salvos pelo Pai em Jesus Cristo. Quando Filipe pediu a Jesus que lhe mostrasse o Pai, ele lhe disse: “Não crês tu que eu estou no Pai, e que o Pai está em mim?” E continuou dizendo: “As palavras que eu vos digo não as digo de mim mesmo, mas o Pai, que está em mim, é quem faz as obras” (João 14:10).
Tanto o Pai como Jesus são o mesmo Deus, e o Pai habita em Jesus. É por isso que tudo que Jesus diz não é segundo o que ele pensa, mas ele fala e age segundo a vontade do Pai. Nós oramos a Deus para que nos ajude e possamos continuar vivendo neste mundo. É assim então que podemos viver para pregar o evangelho da água e do Espírito a todas as almas que ainda não nasceram de novo por meio deste evangelho da salvação. Portanto, quando pedimos a Deus que nos ajude, nós podemos seguir a sua justiça, continuar vivendo neste mundo tão difícil e receber suas bênçãos em nossa vida. O único modo de vivermos neste mundo tão desolador é pela fé e a oração.
Jesus diz em João 16:23-24: “E naquele dia nada me perguntareis. Na verdade, na verdade vos digo que tudo quanto pedirdes a meu Pai, em meu nome, ele vo-lo há de dar. Até agora nada pedistes em meu nome; pedi, e recebereis, para que o vosso gozo se cumpra”. Jesus Cristo é o nosso Mediador que nos reconciliou com Deus e construiu uma ponte para que pudéssemos ter comunhão com ele de novo. O relacionamento do homem com Deus só pôde ser restaurado porque Jesus recebeu todos os pecados do mundo quando foi batizado por João Batista e aceitou toda a condenação na cruz por causa do pecado. Deste modo, fomos justificados pela fé por meio do evangelho da água e do Espírito, a verdade da salvação que nos foi dada por Deus, e agora temos o direito de nos achegar a ele com toda confiança. Nós agora podemos nos achegar a Deus e pedir sua ajuda porque Jesus foi batizado por João Batista, morreu na cruz e ressuscitou dos mortos. É por isso que começamos nossas orações clamando ao Pai e as terminamos em nome de Jesus Cristo.
A Bíblia diz em 1 Coríntios 13:13: “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três; porém o maior destes é o amor”. Por que o amor é o maior deles? Porque nós só pudemos ser salvos de todos os nossos pecados graças ao amor de Deus e de Jesus Cristo, que em sua plenitude se manifesta no evangelho da água e do Espírito. É por isso que o evangelho da água e do Espírito é chamado na Bíblia de “o amor da verdade” (2 Tessalonicenses 2:10). É por meio do evangelho da água e do Espírito que recebemos a remissão de pecados pela fé e a vida eterna, para que possamos entrar no reino dos céus. Por causa desse amor incondicional que Deus tem por nós, ele nos deu a verdadeira salvação pelo evangelho da água e do Espírito e nos diz que devemos orar sempre a ele. A oracao é algo tão importante que Deus fala sobre ela em mais de 700 passagens da Bíblia. É por isso que ele dá tanta ênfase a ela. Sendo assim, todos nós temos que entender e nos lembrar sempre que, já que fomos salvos pelo amor de Deus, o mais importante para nós deve ser a oração.
A fé na verdade do evangelho da água e do Espírito é a base da nossa vida e do nosso coração; é por isso que ela é tão importante em nossa vida. Quando oramos é que nossas forças são renovadas, recebemos novas bênçãos, somos fortalecidos para salvar outras almas e todas as nossas necessidades são supridas. Nós só podemos continuar vivendo porque Deus nos ajuda e trabalha em nossa vida. É por isso que a oração se faz indispensável na nossa vida de fé. Quanto mais lutamos, mais imprescindível se torna orarmos a Deus. O rei Davi orou a Deus e sempre buscou sua ajuda, ainda mais em tempos de crise, quando sua vida corria perigo. Ele orou tão incessante e fervorosamente que suas orações e súplicas foram reunidas no livro de Salmos. Leia os salmos de Davi e você verá como suas orações eram fervorosas.
 
 
O Senhor Responde as Nossas Orações
 
Jesus disse: “E tudo quanto pedirdes em meu nome eu o farei” (João 14:13). Com certeza, nosso Senhor responde todas as nossas orações. Já que você e eu somos limitados, não temos como viver neste mundo sem seguirmos ao Senhor e confiando em nós mesmos; nós só podemos continuar vivendo porque ele nos ajuda e nossas forças são renovadas por Deus quando oramos a ele. Todo aquele que busca a Deus em oração tem suas forças renovadas e vive todos os dias cheios de energia; nossas orações fazem com que Deus nos fortaleça e nos ajude. É por isso que todo aquele que ora a Deus é abençoado física e espiritualmente.
Está bem claro agora o motivo pelo qual oramos. Nós oramos porque somos fracos; nós oramos para receber a ajuda de Deus. O Senhor nos disse para orarmos incessantemente e o buscarmos em oração com ações de graças. Isso significa que devemos orar sempre que pudermos. Nós temos que clamar a Deus pelo pão de cada dia em oração e para que ele supra as nossas necessidades. Em suma, a oração para nós tem que ser como a respiração, todos os dias, a todo momento.
Nós sempre teremos dificuldades enquanto vivermos neste mundo. Mas mesmo em meio a todas essas dificuldades, nós podemos continuar vivendo se orarmos a Deus, pedirmos a sua ajuda e nossas orações forem respondidas. Estamos fazendo a obra que Deus nos confiou e vivendo pela fé em obediência a ele. Portanto, embora nossa carne seja cheia de falhas nessa terra, ainda assim podemos ter nossas forças renovadas todos os dias e voar com asas como as águias.
Todo aquele que busca a ajuda de Deus terá livramento tanto físico como espiritual. Melhor dizendo, todos que orarem viverão pela fé e serão abençoados física e espiritualmente. Por mais duro que este mundo seja, os que oram viverão em paz; e por mais que eles sejam cheios de falhas, eles terão supridas todas as suas necessidades. Aqueles que oram fervorosamente serão abençoados mesmo que tenham pouca saúde, poder, ou estejam passando por uma situação difícil. É por isso que é imprescindível orarmos incessantemente. Temos que buscar a ajuda de Deus em oração. Nestes últimos dias, o que devemos fazer mais incessantemente é orar.
“Pai, nós estamos fazendo o melhor que podemos, mas nossas forças são limitadas. Quando nos deparamos com um obstáculo que parece intransponível, nós não temos forças para superá-lo. Nós não podemos mais prosseguir. Nos ajude, Pai, por favor, pois nossas forças se esvaíram totalmente”. Quando oramos ao Senhor fervorosamente assim, ele com certeza nos ajuda para que superemos todo obstáculo e prossigamos em nossa vida de fé, graças ao poder e o renovo de Deus e de suas bênçãos. É pela oração que recebemos a ajuda de Deus para continuarmos vivendo. E é pela oração que somos abençoados também, recebemos a ajuda de Deus e somos revestidos do seu poder. Vocês creem nisso?
A oração é indispensável porque vivemos em constante luta neste mundo. Não podemos fazer nada sozinhos nem viver por conta própria, sem a ajuda de Deus. Até mesmo quando servimos ao Senhor, só podemos fazer isso se o Pai nos ajudar. Eu também oro ao Pai o tempo todo, e o que sustenta nossa vida é a ajuda que recebemos por meio da oração. Para ser sincero, houve vezes em que eu deixei de orar e tentei fazer algumas coisas pelas minhas próprias forças. Mas toda vez que eu fiz isso, eu descobri que não podia fazer nada sem orar. Isso porque eu confiei na minha inteligência e sabedoria ao invés de confiar em Deus. Por outro lado, eu consegui fazer tudo que eu queria quando busquei a Deus em oração e confiei nele.
Eu creio que a oração é a maior de todas as bênçãos, pois é por meio dela que toda bênção é alcançada. Embora a fé no evangelho da água e do Espírito seja indispensável para a salvação, e dedicação e sacrifícios sejam necessários para pregar o evangelho em todo o mundo, a oração é uma bênção que recebemos sem custo algum. E podemos receber tudo que pedirmos em oração.
 
 
Deus Nos Responde Sempre que Oramos e Pedimos Sua Ajuda
 
Deus sempre nos ajudará se orarmos, mas se não orarmos, ele não nos ajudará em nada. Embora Deus conheça todas as nossas necessidades, ele não nos ajuda enquanto não pedirmos a ele que faça isso. É isso que os pais dizem aos seus filhos. Todos os pais alimentam seus filhos recém-nascidos e trocam suas fraldas porque eles não sabem falar ainda, mas quando a criança chega a um certo nível de maturidade, eles não mais as ajudam se elas não pedirem. As crianças tentam fazer tudo sem a ajuda de seus pais, mas no fim acabam precisando deles. Os pais então as abraçam calorosamente e as ajudam ao invés de repreendê-las. E é nessas horas que elas reconhecem o quanto seus pais são importantes para elas e procuram fazer tudo para agradá-los a partir de então. Do mesmo modo, nós queremos confiar no Senhor até mesmo nas coisas mais simples. Mas para isso, nunca podemos nos esquecer de orar.
Não há necessidade alguma de provarmos nossa força de vontade ou determinação ou tentar aprimorá-los. Isso porque o que temos que treinar é a nossa fé, não nossa força de vontade ou determinação. É pela fé que oramos a Deus e pedimos sua ajuda. A melhor bênção que podemos receber sem custo algum é a oração. Você está entendendo? Você não precisa de muita coisa; tudo que você precisa é orar a Deus e pedir sua ajuda com toda sinceridade. E se você crer que ele te dará tudo que você pedir, você com toda certeza receberá. A oração é isso. A maneira mais rápida e segura de ser abençoado pelo Senhor é através da oração, nada mais. Sendo assim, temos que saber como orar e fazer isso constantemente. Essa é a verdadeira fé que buscamos e a forma pela qual ela pode aumentar cada vez mais. Ao invés de procurarmos viver pelas nossas próprias forças, todos nós temos que orar a Deus porque somos santos e seus servos.
Quando o clima está quente demais, é difícil se concentrar na oração, pois tudo que queremos é achar um jeito de fugir do calor. E pior, eu conheço uma pessoa que toda hora quer ir ao banheiro quando está orando. E quando ela volta, quase sempre o telefone toca ou chega uma visita, impedindo-a de orar. A única hora que ela tem paz para orar é bem cedo pela manhã, pois depois é difícil separar algum tempo para fazer isso.
Mas o que todos nós temos que entender muito bem aqui é que a oração é a solução para todos os nossos problemas, o meio mais certo de sermos ajudados sem custo algum. Então, algo imprescindível para nós é orar. Você anda muito ocupado para orar? Isso não passa de uma desculpa. Deus está em todos os lugares com você. Você pode orar no banheiro e até mesmo enquanto está caminhando. Por acaso Deus não ouve nossas orações só porque estamos no banheiro ou na rua? Não, de modo algum. Se quisermos orar mesmo, podemos fazer isso em qualquer lugar e a qualquer hora. E, deste modo, seremos ajudados por Deus através das nossas orações.
Então, em tudo que formos fazer todos os dias, vamos orar ao Senhor. Será que existe alguém neste mundo que não tem problema algum? Não, todos têm seus problemas. De alguma forma, todos estão passando por alguma dificuldade. Portanto, todos nós temos que orar a Deus. Se você ainda não nasceu de novo da água e do Espírito, ore a Deus então para que ele faça isso acontecer em sua vida. E se você já nasceu de novo da água e do Espírito, ore a Deus para que ele te ajude a resolver os problemas que você está enfrentando em sua vida de fé.
Você costuma orar bastante com toda sinceridade? “Pai, me ajude, por favor. Eu estou passando por muitos problemas, e por isso eu preciso que tu me ajudes, Pai. Dá-me saúde e me abençoe, Senhor. Dá-me um emprego, abençoe meu negócio e o faça prosperar; dá-me fé e me permita te servir”. Você ora com toda sinceridade assim? Os que oram ao Senhor podem segui-lo pela fé e servi-lo ainda mais. Se você orar, você será ricamente abençoado.
Eu peço a você novamente que ore todos os dias de sua vida. Todos têm problemas na vida. Mas se você entregá-los a Deus, eles serão resolvidos, por mais difíceis que sejam. “Pai, eu te peço, salve nossa alma perdida. Cuide de tudo para nós e nos envie bons obreiros para que possamos pregar o evangelho. Nos abençoe, Pai, nos ajude e nos proteja”. Se orarmos assim, ao acabarmos de orar, nos sentiremos como se já tivéssemos alcançado todas as suas bênçãos. Então, vamos orar assim o tempo todo. Embora todos nós precisemos de compreensão, fé, amor e da verdade em nossa vida diária, nossa prioridade deve ser a oração. O próprio Senhor Jesus orou o tempo todo durante seu ministério público. Até mesmo o Filho de Deus orou assim. Você percebe então como a oração é imprescindível para nós? Eu aconselho todos vocês a orar incessantemente.
Hoje eu estou pregando sobre a oração. Você tem passado por lutas em sua vida? Está difícil suportar seu problema? É por isso que você tem que orar. Você ainda está em dúvida a quem clamar quando ora? Você ora ao Pai e às vezes ao Espírito Santo? Você vai ter problemas se orar assim: “Quando eu oro ao Filho, eu penso no Pai, e quando eu oro ao Pai, eu penso no Filho. Nosso Senhor é Deus, talvez eu devesse orar a ele então”. Às vezes perdemos um tempo precioso pensando como devemos orar a Deus. É claro que isso não se aplica a todos nós, mas nos mostra que temos que entender muito bem esse assunto.
O Pai, o Filho e o Espírito Santo são o mesmo Deus. O Espírito Santo é o nosso Deus, assim como Jesus Cristo é nosso Deus, e o Pai também o é. Contudo, a Trindade é algo muito difícil de entender para quem ainda não nasceu de novo pelo evangelho da água e do Espírito. Até mesmo no campo da teologia, ninguém até hoje conseguiu dar uma explicação clara sobre isso. E como até os teólogos não entendem a Trindade, eles não reconhecem sua ignorância e tudo que escrevem se baseia em algo que alguém escreveu, pois eles ainda sofrem com sua incapacidade de chegar a uma conclusão definitiva sobre esse assunto. No fim, eles acabam dizendo: “A Trindade é algo misterioso e difícil de entender. Portanto, precisamos estudá-la mais”.
Jesus disse que devemos orar ao Pai. Quem ele disse que responderá nossas orações então? Jesus disse que ele mesmo as responderia. E já que o Pai e o Filho são o mesmo Deus, e já que o Pai habita em Jesus, nós oramos ao Pai e Jesus responde as nossas orações. Portanto, devemos começar nossas orações clamando o nome de Deus e terminá-las em nome de Jesus Cristo, clamando aos dois e pedindo a ajuda de ambos.
Orar é pedir a ajuda de Deus. Você não tem problemas também? Você não tem algo por que orar? Se você está enfrentando alguma luta, ore a Deus então. Deus diz em Tiago 5:13: “Está alguém entre vós aflito? Ore”. O que esse versículo quer dizer é que devemos orar sempre que passarmos por alguma dificuldade. Se voce não consegue vencer sozinho seus problemas, ore! Se seu corpo não está bem, ore! Se você tem um sonho, ore! Se há algo que você muito deseja, ore! Se você está desanimado, ore! Se você está com medo, ore! Se você precisa ter saúde, ore! Se você quer ser abençoado, ore! Aí então, o Pai o ajudará. Ele o ajudará e responderá todas as suas orações. Deus com certeza vai te ajudar se você orar.
Quando eu digo que você tem que orar, contudo, eu não estou dizendo que você tem que fazer uma confusão. Clamar e gritar para que todos ouçam não é a maneira correta de orar. Deus não nos ensina a orar assim em nenhum lugar da Bíblia. Ao contrário, o Senhor diz em Mateus 6:6: “Mas tu, quando orares, entra no teu aposento e, fechando a tua porta, ora a teu Pai, que vê o que está oculto; e teu Pai, que vê o que está oculto, te recompensará”. Deus sabe de todas as coisas, por que gritar e fazer um fazer um grande alvoroço quando oramos então? A verdadeira oração é como uma conversa, como se estivéssemos pedindo algo ao nosso pai.
“Pai, eu não tenho dinheiro algum; por favor, me ajude a ganhar dinheiro. Pai, eu estou doente; por favor, restaure minha saúde. Pai, tu sabes como sou propenso a desobedecer à sua Palavra; por favor, dá-me forças para seguir a tua Palavra fielmente. Me fortaleça e me abençoe. Eu estou passando por momentos difíceis; por favor, me ajude a vencer e me proteja”. Portanto, a oração é como uma simples conversa onde pedimos a ajuda de Deus. Quando oramos, na verdade estamos conversando com Deus através da oração.
Você por acaso grita e faz um alvoroço quando conversa com seus pais? Será que poderá haver uma conversa razoável entre você e seus pais se você agir assim? O mesmo acontece no que se refere à oração. Se você gritar e chorar quando orar, Deus ficará aborrecido e não te responderá. Ao invés de responder a sua oração, é bem provável que ele diga: “Calma! Eu não poderei te ajudar se você ficar chorando e gritando. Você tem que me orar com clareza de pensamento e com um coração justo. E quando orar, não use uma linguagem soberba ou rebuscada. Não procure se mostrar piedoso e justo perante mim. Esteja diante de mim e apenas peça. Deixe de ser tão barulhento”.
O Senhor também nos ensina como orar corretamente em Mateus 6:7: “E quando orarem, não fiquem sempre repetindo a mesma coisa, como fazem os pagãos. Eles pensam que por muito falarem serão ouvidos (NVI)”. Os pagãos aqui são os cristãos pecadores que ainda não nasceram de novo através do evangelho da água e do Espírito, não os gentios. A maioria dos cristãos geme sem parar enquanto oram, como se Deus só fosse ouvi-los se eles repetissem tudo diversas vezes. Mas nem eles entendem o que estão dizendo, embora fiquem repetindo tudo sem parar. Só que nosso Deus não é surdo. Ele sabe tudo sobre nós só de olhar para os nossos olhos e sondar nosso coração. Nós não precisamos fazer tanto barulho ou repetir tudo várias vezes para que Deus nos ouça.
Peça a Deus para suprir suas necessidades como se você estivesse tendo uma simples conversa com ele. Deste modo, ele responderá suas orações sempre que você pedir algo a ele. Deus jamais recusou um pedido sequer nosso. Tudo que nós precisarmos mesmo, Deus sempre nos dará se pedirmos a ele. Então, todos nós devemos sempre orar e pedir a ele que supra as necessidades que temos em nossa vida. Se orarmos sem cessar, ele nos dará grandes bênçãos em todas as áreas da nossa vida.
Havia um homem chamado George Muller na Inglaterra, um homem de fé e de oração. Muller ficou famoso por ser o homem que mais teve suas orações respondidas na história do Cristianismo, pois dizem que suas orações foram atendidas mais de 50.000 vezes. Através do ministério que ele realizou num orfanato, ele buscou estar cada vez mais próximo de Deus e quis glorificá-lo mostrando a todos que Deus era sempre o mesmo e estava disposto a ajudar abundantemente todos que confiassem nele. Isso talvez explique por que houve tantos milagres durante o ministério que ele realizou no seu orfanato. Um dia, o orfanato ficou sem comida e não havia nada para dar às crianças. E quando Muller viu que não havia pão para dar a elas, a primeira coisa que ele fez foi orar: “Pai, as crianças estão com fome, pois acabou toda a comida. Pai, por favor, envie alimento para essas crianças. Dai-nos pão, Pai. Eu creio de todo o meu coração que tu responderás a minha oração, pois eu oro em nome de Jesus, amém”.
Quando Muller acabou de orar, o diretor do orfanato veio até ele e perguntou: “Pastor, nós não temos mais comida; o que vamos fazer?” Sem demonstrar nenhuma preocupação e sem entrar em pânico por causa disso, George Muller disse bem tranquilamente para o diretor colocar água na panela e acender o fogo. Ao ouvir isso, o diretor não entendeu nada, porque não havia nada para preparar uma refeição. Mas Muller com toda a calma disse a ele novamente para fazer o que ele disse, e o diretor então disse aos ajudantes para fazer como ele havia dito. A água logo começou a ferver. E como já havia passado a hora do almoço e as crianças ainda não tinham comido nada, elas ficaram com muita fome. George Muller continuou orando calmamente, dizendo a Deus: “Pai, por favor, dá-nos alimento. Eu creio que tu farás isso por nós. Eu sei que tu farás”.
Enquanto isso, no outro lado da cidade, alguém organizou uma festa mas teve que cancelá-la, porque choveu muito e os convidados não conseguiram chegar a tempo. E já não que nenhum convidado chegou, toda a comida que foi preparada teria que ser jogada fora. Mas o dono da festa se lembrou do orfanato de George Muller, encheu sua carruagem com a comida e levou para lá. Isso aconteceu mais ou menos na hora que os ajudantes do orfanato estavam colocando a água para ferver. Naquele dia então, as crianças do orfanato comeram a comida mais deliciosa que eles poderiam ter. Era por isso que George Muller sempre orava e pedia a ajuda do Pai quando enfrentava alguma dificuldade. E dizem que suas orações sempre foram respondidas.
Mas não foi apenas George Muller que conseguiu a ajuda de Deus. Eu também já fui ajudado por Deus muitas vezes em minha vida depois que fui salvo e recebi a remissão de pecados através do evangelho da água e do Espírito. Vocês se lembram o que aconteceu alguns anos atrás quando nós fizemos este acampamento para treinamento de discipulado no verão? Naquela ocasião choveu muito. E não era apenas choveu muito, mas ventou muito também, porque um furacão categoria 3 estava se aproximando. As autoridades deram o alerta então, e todos os funcionários públicos deixaram as repartições no vale e avisaram a todos para se preparar para o iminente furacão, enfatizando várias vezes que este que estava se aproximando não era um furacão comum. Mas só que àquela altura o acampamento para treinamento de discipulado já tinha começado, e quando soubemos que um furacão se aproximava, não podíamos mais ir para lugar algum. Sem saber o que fazer e com medo do terrível furacão que estava chegando, nós nos reunimos e começamos a orar: “Pai, seus filhos estão reunidos aqui para o acampamento para treinamento de discipulado. Só que um furacão está vindo. Pai, por favor, leve esse furacão para outro lugar. Faça com que ele volte e o envie para longe deste lugar onde os justos estão reunidos”.
Eu estou certo que alguns de vocês ainda se lembram como nós oramos fervorosamente assim. Vocês também se lembram o que aconteceu? A reviravolta que houve foi tão surpreendente que confundiu até os meteorologistas. Aquele furacão, que era tão ameaçador, de repente mudou de direção quando chegou à Ilha Jeju; e ao mudar de direção, ele logo perdeu suas forças e desapareceu na atmosfera. Os furacões geralmente são tão fortes que desaparecem aos poucos, e não assim tão rápido, pois leva algum tempo para se dissiparem. Mas só que aquele furacão categoria 3 se dissipou de repente. Tudo isso por causa da nossa oração. Esse é o tipo de fé que tivemos quando fizemos o acampamento para treinamento de discipulado aquele ano. E nós ainda temos essa fé.
Ao enfrentarmos aquela situação extremamente perigosa, não tínhamos outra coisa a fazer senão orar. Não nos restava outro recurso senão buscar a Deus e orar: “Pai, nós somos justos. Nós somos teus servos. Todos os irmãos que estão aqui são seus filhos. É seu povo que está reunido aqui; o que acontecerá conosco se esse furacão nos atingir? Pai, por favor, proteja todos nós”. E segundo a nossa oração, todos nós fomos protegidos. Deus respondeu as nossas orações. E no que diz respeito à pregação do evangelho da água e do Espírito, Deus sempre responde nossas orações por recursos financeiros com abundância. É por isso que podemos pregar o evangelho da água e do Espírito em todos os cantos da terra.
Jamais aconteceu, nem uma vez sequer, de eu pedir a ajuda de Deus e ele não me responder. Quando eu tentei fundar a Igreja de Deus pela primeira vez, eu não tinha dinheiro algum ou lugar para fazer isso. Mas graças à ajuda de Deus, eu pude encontrar uma casa muito boa para começar nossa igreja. Eu encontrei essa casa enquanto passava pela rua. Ela tinha uma sala enorme, grande o suficiente para que todos os membros se reunissem para ter comunhão. Toda vez que eu passava por essa casa eu pedia a Deus que a desse para nós, para que pudéssemos ter ali a nossa igreja. Deus então nos deu aquela casa. Esse é um testemunho vivo. Quando eu oro ao Pai para que ele traga até mim os justos e me envie obreiros, ele responde todos os meus pedidos.
Jesus Cristo é o nosso Deus e Salvador. E o Deus Espírito Santo habita em nós. Tudo é possível se orarmos com fé. Se simplesmente confiarmos em Deus e pedirmos a sua ajuda, ele com certeza nos ajudará. Isso não é tão difícil assim.
Amados irmãos, se vocês estão lutando para levar uma vida de fé, orem ao Senhor. Não desistam da sua vida de fé só porque as coisas estão difíceis; ao contrário, orem a Deus. Então, através das suas orações, você será abençoado, ajudado e fortalecido por Deus. Se você está preocupado com seu negócio ou com seu trabalho, apenas ore. Se você quer ter uma vida de fé saudável, peça isso também e você com toda certeza receberá.
A oração é como uma conta poupança. Os pedidos que você faz a Deus são guardados para bênçãos futuras. Já que você pode orar, por que você se preocupa? Se você pode orar, por que você fica decepcionado? Se você está decepcionado, tudo que você precisa fazer é orar. Se você está fraco, você só precisa orar.

O segredo para recebermos bênçãos em nossa vida é a oração. A oração opera milagres e faz com que todas as bênçãos de Deus venham sobre nós. Ela é a solução para todos os nossos problemas. A oração é a chave mestra que abre qualquer fechadura. Já que a Bíblia diz que Deus “responderá à oração dos desamparados; as suas súplicas não desprezará” (Salmos 102:17), o Senhor sempre ouve atentamente as nossas orações e com certeza nos responde. Portanto, todos nós temos que orar incessantemente todos os dias da nossa vida.