佈道

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 8-2] Há Oito Estações na Nossa Vida de Fé (Gênesis 8:22)

(Gênesis 8:22)
“Enquanto durar a terra,Não deixará de haver sementeira e ceifa,Frio e calor,Verão e inverno,Dia e noite”.
 
 
É sempre maravilhoso ouvir a Palavra de Deus, assim como é maravilhoso para mim pregá-la sempre. A Palavra de Deus é indispensável para todos nós, e foi por isso que ele a escreveu na Bíblia. Noé saiu da arca depois do grande dilúvio e ofereceu sacrifício de fé a Deus. Então Deus aceitou a fé de Noé e disse:
“Enquanto a terra durar,
Não deixará de haver sementeira e ceifa,
Frio e calor,
Verão e inverno,
Dia e noite” (Gênesis 8:22 - ARA).
Aos olhos humanos, esta parece apenas uma passagem comum. Mas por que ela se encontra na Bíblia? Afinal de contas, nada mais natural do que haver sempre na terra dia e noite, inverno e verão, plantio e colheita. Por que Deus deixou registrada esta passagem na Bíblia?
Este texto nos ensina que há altos e baixos em nossa vida de fé. Bom seria se nossa vida de fé fosse sempre confortável, mas não é bem assim que acontece. Quando ouvimos o evangelho da água e do Espírito e recebemos a remissão de pecados no coração crendo nele, por alguns momentos nos sentimos tão bem e felizes que parecia que estávamos andando nas nuvens. Não seria fabuloso se isso se renovasse todos os dias, nos levando a viver com a mesma alegria que sentimos quando cremos no evangelho da água e do Espírito e recebemos a remissão dos nossos pecados? Nós nos sentimos muito felizes quando passamos a crer no evangelho da água e do Espírito, mas com o tempo esta alegria vai diminuindo, embora depois de algum tempo voltemos a sentir esta alegria novamente. Seria bom demais se pudéssemos viver sempre cheios do Espírito Santo, só que nossa vida de fé não é sempre maravilhosa assim, pois há sempre altos e baixos.
Melhor dizendo, nosso coração nem sempre é o mesmo diante de Deus ao longo da nossa vida de fé. Assim como há quatro estações na terra: ‘primavera, verão, outono, inverno’, há oito estações na nossa vida de fé. E assim como estas quatro estações são fundamentais para a vida na terra, nossa vida de fé também precisa das oito estações que Deus nos deu. As quatro estações são bem notórias na Coreia, o inverno é tão frio que as folhas das árvores congelam e os animais hibernam. E o inverno tem que ser frio mesmo. Dizem que se o frio no inverno for brando, a colheita estará mais sujeita a pestes no próximo ano. Parece que tudo fica congelado no inverno, mas todas as criaturas esperam pacientemente a primavera chegar, quando tudo ganha vida. Também há muitas estações na nossa fé, e não importa a que nos encontramos agora, pois temos que entender que elas existem para fortalecer nossa vida de fé.
A frase ‘enquanto a terra durar’ quer dizer ‘enquanto existirmos neste mundo’. Em outras palavras, enquanto estivermos neste mundo haverá plantio e colheita, frio e calor, inverno e verão, dia e noite. Seria fabuloso se nossa vida de fé fosse sempre radiante, mas não é bem assim que acontece. Já que há muitas estações em nossa vida de fé, por vezes nosso coração está alegre, outras vezes ele fica triste.
Quando ouvimos o evangelho da água e do Espírito e recebemos a remissão dos nossos pecados crendo nele de coração, ficamos muito motivados para pregar o evangelho em todos os lugares para que ele fique gravado no coração de todas as pessoas que encontramos. Como ficamos cheios de alegria por Jesus ter tirado todos os pecados do nosso coração, nós nos esforçamos ao máximo para pregar este evangelho em todos os lugares. Assim, fazemos a obra com determinação para plantar a semente do evangelho, só que não somos bons na colheita. Nós somos bons mesmo é em plantar a semente em todos os lugares, seja em terra seca, numa densa floresta ou num campo com espinhos.
Assim que somos salvos começamos a plantar a semente do evangelho, a fim de que depois façamos a colheita. E depois de fazermos a colheita, temos sempre época de frio e calor. Às vezes ficamos desanimados, outras vez nos sentimos cheios do Espírito Santo. Mas como já recebemos a remissão dos nossos pecados, nós agora vivemos pela fé e seguimos o Senhor. Por isso, nos momentos de inverno que nossa alma enfrentar, ele certamente nos visitará. Todos nós passamos por este momento de esfriamento. Até os pastores aqui são visitados pelo inverno da fé. E quando este inverno chega, nosso coração se entristece, como tudo que fica congelado.
Por que isso acontece conosco? A igreja de Deus faz o possível para pregar o evangelho a todas as pessoas, plantando a semente e fazendo a colheita, mas quando deixamos nos levar pelas nossas fraquezas mesmo depois de fazermos a obra do Senhor fielmente, nosso coração é tomado por um inverno espiritual que nos leva à prostração. Mas apesar disso temos a Palavra do evangelho da água e do Espírito em nosso coração, e pelo poder desta Palavra podemos nos ver livres deste frio feitiço. Nós podemos vencer todas as coisas, pois temos o Espírito Santo e a Palavra de Deus em nosso coração. O evangelho é energia pura, como uma caldeira a vapor.
 
 
Por que Nosso Coração Às vezes Fica Prostrado?
 
Isso acontece quando só olhamos para as coisas materiais. Quando recebemos a remissão de pecados e começamos a levar uma vida de fé, nosso coração será cheio de zelo, como um caldeirão fervente. Mas quando ele se encontra num estado de prostração, isso nos leva a não fazer nada por algum tempo. Vai dizer que você nunca sentiu isso no coração? Seu coração também é muito inconstante, um dia cheio de energia, outro dia totalmente prostrado. Assim como as estações estão sempre mudando em nosso planeta, nosso coração também muda bastante e vai da vitalidade à prostração. Eu sei disso muito bem embora não conheça a fundo sua vida de fé. É assim que os nascidos de novo levam sua vida de fé, como está escrito na Palavra de Deus. Eu disse tudo porque Deus já nos disse isso.
Embora nosso coração esteja frio e prostrado um dia, e aquecido e vibrante outro dia, todos nós temos que crer na Palavra do evangelho da água e do Espírito sem duvidar e ter nossas forças renovadas pela fé. Assim como a vegetação e as árvores brotam ao receber a luz do sol, se tivermos fé no Senhor e pedirmos que ele nos ajude, nós seremos vitoriosos para sempre. Se crermos na Palavra do evangelho da água e do Espírito dada pelo Senhor, nossa fé nos levará a viver aos seus pés e nossos pensamentos espirituais serão restaurados em nossa mente, pois ele nos ajudará. Às vezes, quando ficamos desanimados, pensamos que este é o fim da nossa vida de fé, mas não há razão alguma para pensarmos assim. Nós sempre seremos confrontados por nossas preocupações e fraquezas, e em nosso caminho sempre haverá altos e baixos. Mas sempre que isso acontece, temos que nos voltar para o evangelho da água e do Espírito e para a Palavra de Deus, dar ouvidos a esta Palavra, nela ter comunhão uns com os outros e renovar nossas forças, a fim de que possamos continuar a viver. O Senhor nos disse que o tempo de plantar e de colher, o inverno e o verão, o dia e a noite nunca acabariam. Há oito estações espirituais em nossa vida de fé, e o que temos que entender aqui é que elas sempre existirão, porque são cíclicas.
 
 

O Senhor é a Nossa Alegria e a Nossa Esperança; Sem Ele Não Somos Nada

 
Às vezes vivemos um período de trevas e frio em nossa vida. E quando isso acontece, temos que pensar em Deus e na sua Palavra ainda mais. Nós não somos nada sem o Senhor. E precisamos entender que é ele que nos leva a passar por estas oito estações da fé. É assim que o Senhor vai nos depurando aos poucos. Ele nos depura para que nos tornemos firmes e inabaláveis em nossa fé, e também nos torna dignos de ser usados para fazer sua obra. Eu sei muito bem que você se preocupa quando se sente desanimado e fica sempre se perguntando por que se sente assim. Mas se você ouvir a Palavra de Deus, seu coração vai ficar cheio e se regozijar na mesma hora. Você pode até pensar: “Há pouco tempo eu estava muito desanimado, mas de repente eu comecei a me sentir tão bem. Será que eu sou tão inconstante assim?” Mas algo que você precisa entender aqui é que todas as pessoas espirituais passam por isso, pois é assim que elas se tornam mais fortes. Portanto, não há razão alguma para você se desesperar com isso.
 
 

Todos os Líderes Espirituais Passam por Isso

 
Leva muito tempo para uma árvore ficar frondosa e sua madeira ter boa qualidade. Do mesmo modo, também leva tempo para nosso coração ser depurado e nossa fé crescer. E é neste período que passamos pelas oito estações espirituais em nossa vida e crescemos. Cada um de nós indubitavelmente passará por tempos de plantio e colheita, frio e calor, inverno e verão. É neste processo que somos preparados para resistir firmes como pessoas de uma fé inabalável. Não fique surpreso se você passar pelas noites frias das dificuldades mesmo crendo no Senhor e tendo nascido de novo. O que você precisa entender aqui é que sempre que você passa por dificuldades e lutas, Deus certamente lhe dará dons espirituais muito valiosos. Ele de modo algum deixará que algo aconteça com você.
Ao olhar para o meu passado, eu vejo que algumas coisas que aconteceram comigo foram contragosto. Eu tive muitos problemas que me deixaram triste, e ao longo destes anos eu tive que lutar muito contra as dificuldades e questionava por que aquilo estava acontecendo comigo. Mais tarde eu entendi que tudo aquilo era necessário acontecer para cumprir a vontade de Deus em minha vida. Então, eu não pude mais me conter e tive que confessar, como o apóstolo Paulo confessou: “E sabemos que todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Romanos 8:28).
Todos nós queremos ter uma vida feliz, alegre e honesta. E o meu desejo mais sincero é andar firme com o Senhor, como uma árvore frondosa que aponta para o céu. Mas sempre que eu olho para trás e vejo tudo que passei, eu vejo que não concretizei muitos dos meus sonhos. Quando eu passava por lutas e dificuldades em minha vida, eu às vezes quase chegava a culpar a Deus, mas com o passar do tempo, entendi que Deus permitiu que eu passasse por todas aquelas dificuldades e lutas para me depurar e me fazer um homem de fé muito melhor. Ao olhar para trás e ver como Deus cuidou de mim até hoje, eu vejo que depois de toda luta que travei veio a primavera, e todos os momentos de trevas foram cobertos pela luz, assim como todo o trabalho que fiz para semear o evangelho gerou um colheita abundante. Hoje eu sei que depois das lutas vêm grandes vitórias. E sempre que eu passo por lutas hoje em dia, eu não fico mais triste ou deprimido, pois olho para Deus e tenho confiança que ele está permitindo que eu passe por tudo isso para me dar algo muito melhor, para me fazer crescer e me tornar mais forte a fim de que eu seja uma pessoa melhor.
Amados irmãos, apesar de termos certeza que Deus sempre entra de providência, ainda ficamos magoados quando tudo não sai como desejamos em nossa vida. Nós sempre damos lugar a pensamentos carnais quando passamos por dificuldades, e ficamos chateados por ter que passar por lutas antes de qualquer coisa. Se nosso coração se desviar quando passarmos por lutas, acabaremos esquecendo que Deus está nos guiando e cuidando de nós. Mas se renovarmos nosso coração, conseguiremos esperar pelos frutos advindos das dificuldades que enfrentamos.
É muito importante escolhermos o caminho certo em nossa vida. E se escolhermos o caminho certo pela fé, todos nós nos alegraremos em tudo que o Senhor permite acontecer conosco. Tudo que Deus permite acontecer em nossa vida é bom. Tudo que ele faz tem o seu valor. Mas se nosso coração tomar a direção errada e nossa vontade se desviar um pouquinho que seja da vontade do Senhor, aí não teremos como evitar a dor e a decepção. Isso acontece quando nosso coração está em trevas, quando ele toma a direção errada, e é sempre descrito como cair em tentação. Mas não há problema algum quando tomamos a direção certa. E a razão disso é que quando as dificuldades nos assolam, nosso Senhor sempre renova nossas forças.
Na verdade, as dificuldades materiais não são um problema para os verdadeiros cristãos. O verdadeiro problema, contudo, é que nosso coração está desviado espiritualmente. E quando nosso coração está espiritualmente no caminho errado é que enfrentamos os problemas mais difíceis. As necessidades humanas e materiais de modo algum são um problema para nós cristãos. E mesmo se quebrarmos a perna, isso não será um problema tão grande assim. O verdadeiro problema surge quando enfrentamos alguma luta e nosso coração se desespera espiritualmente. Então, o verdadeiro problema é o que leva nosso coração a tomar o caminho errado. Na verdade, se o coração dos cristãos estiver firme em Deus em todas as lutas que eles passam, eles não enfrentarão problema algum.
Todos nós sabemos como é difícil para a Igreja de Deus servir ao evangelho da água e do Espírito. Mas apesar disso, embora seja difícil, nós temos que semear este evangelho com dedicação, pois só assim teremos uma plantação para colher. Se olharmos para o futuro e pensarmos na colheita, nosso coração estará ainda mais disposto para o trabalho, por mais que agora encontremos dificuldades de sermos fiéis a Deus. Embora todo agricultor tenha que trabalhar duro, ele se alegra porque sabe que logo terá uma grande colheita e verá o fruto do seu trabalho. Isso é o que os agricultores mais desejam. Mas se não plantarmos a semente como os agricultores, teremos algo para colher mais tarde? Não, não teremos colheita alguma. Se não plantarmos a semente em toda a obra espiritual que fazemos, não haverá nenhuma colheita.
Deus disse a Noé depois que ele saiu da arca: “Enquanto a terra durar, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite” (Gênesis 8:22 - ARA). E eu sou grato a Deus por nos permitir desfrutar de tudo isso.
Eu tenho um pequeno jardim na minha casa, onde minha esposa planta algumas verduras. E quando eu vejo minha esposa trabalhando na sua horta, eu fico imaginando por que ela planta tantas sementes. Para mim, ela está desperdiçando tudo, mas depois eu vejo que estava errado, quando as verduras começam a nascer na sua horta. Embora minha esposa tenha plantado muitas sementes, somente algumas delas brotaram. E acontece o mesmo na obra que fazemos para salvar almas: pela quantidade de semente que plantamos, a colheita é muito pequena. Apesar de termos semeado inúmeras sementes do evangelho da água e do Espírito em todo o mundo, poucas delas na verdade crescem e se tornam árvores da fé.
Mas apesar disso, nós não perdemos a esperança e continuamos trabalhando duro. E fazemos isso porque o Senhor nos disse que uma alma é mais importante do que tudo neste mundo. É por isso que somos muito gratos a Deus quando ele salva nem que seja uma alma do pecado através de nós. Podemos levar uma alma sequer ao céu por nós mesmos? Temos o poder de tornar alguém justo por nós mesmos? Não, por nós mesmos não podemos fazer nada disso. Mas apesar de não termos poder algum e possuirmos muitas falhas, o evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu é poderoso, e é por isso que todos que o ouvem e creem nele podem nascer de novo. A semente que plantamos brota, cresce e se torna uma árvore de Deus. E somos tão gratos por isso que estamos sempre plantando estas sementes de vida com muita dedicação.
Como agricultores do evangelho, estamos plantando as sementes da Palavra de Deus sem cessar. Os servos de Deus são tão ambiciosos que plantam a semente da Palavra achando que ela vai brotar o ano inteiro, mas Deus também permite que haja o inverno em nossa vida. Às vezes nosso coração se sente tão desanimado que já é uma luta continuar vivendo, ainda mais plantar alguma semente. Outras vezes estamos tão cansados que não nos importamos com mais ninguém a não ser conosco, e não damos a mínima se há pessoas perecendo. É claro que é maravilhoso quando a estação da fé é verão ou outono, mas quando é inverno, as coisas ficam bem difíceis. E mesmo quando olhamos lá fora e vemos que a primavera chegou, nosso coração ainda pode ser visitado pelo inverno espiritual. Mas apesar disso, eu tenho certeza que embora estejamos passando lutas agora, melhores dias com certeza virão. Assim como depois da noite vem a manhã, nossa fé também é visitada por dias e noites, primavera e verão, outono e inverno constantemente. Mas podemos enfrentar o inverno mais rigoroso porque cremos que Deus logo nos trará a primavera, pois se o inverno durasse muito tempo, já teríamos há muito perecido. Portanto, jamais devemos nos desesperar, por mais que venha o inverno, e sim manter sempre a esperança, pois Deus certamente nos trará a primavera. Nós também precisamos entender que, depois do dia, sempre virá a noite.
  
 
Os Justos Passam por Altos e Baixos em Sua Vida
 
Você acha que estamos vivos porque queremos? Na verdade, nós estamos vivos porque nascemos neste mundo. Nós recebemos a remissão de pecados só porque quisemos recebê-la? Não, nós recebemos a remissão dos nossos pecados porque o Senhor no-la deu ao nos aceitar. Mas mesmo tendo recebido a remissão dos nossos pecados, você acha que estamos vivos só porque queremos? Não, nós estamos vivos só porque o Senhor guarda nossa vida. Algum de nós pediu para que houvesse dia e noite? Não, nós não pedimos isso, mas Deus fez isso por nós ao criar o tempo. Nós vivemos debaixo da providência de Deus. Embora pareça que nossa vida depende do nosso próprio esforço, a verdade é que estamos vivos por causa da grande providência de Deus. E pensamos o contrário só por causa da nossa ignorância.
Agora que recebemos a remissão de pecados, nós vivemos pela fé segundo a providência de Deus. Por esta razão, todos nós temos que plantar a semente do evangelho, independente se queremos ou não. E também é segundo a providência de Deus que passamos por todas as estações espirituais. Por acaso passamos pelo inverno porque queremos? Não, o inverno vem a nós segundo a vontade de Deus. E quando nosso coração fica prostrado no rígido inverno, Deus traz a primavera para aquecê-lo. Se nosso coração for forte e inabalável, jamais hesitaremos, por mais que nossa situação mude e venham as lutas. Mas é interessante como nosso coração sempre muda.
Eu tenho certeza que todos vocês já passaram por todas as estações da fé. Apesar de haver quatro estações na natureza, há oito estações espirituais. Há o dobro de estações espirituais além das estações do ano. E estas estações espirituais também mudam mais frequentemente e com mais rapidez. Para ser bem sincero, é bom para o nosso coração quando há rápidas mudanças nas estações espirituais. Embora não seja bom quando nosso coração está fraco, é muito bom quando ele muda segundo as estações. As lutas e alegrias dos justos são duas vezes mais intensas do que as das pessoas comuns. Os justos têm o dobro de alegrias e lutas a mais do que as pessoas deste mundo. As pessoas deste mundo ficam satisfeitas quanto têm o que comer e vestir, pois se alegram com coisas fúteis. No entanto, são as coisas espirituais que nos deixam felizes ou tristes. Assim é a nossa vida. Não busque prosperidade o tempo todo. Não pense que você viverá num mundo maravilhoso. Nada mais natural do que enfrentarmos lutas e dificuldades de vez em quando. Assim como há tempos em que a alegria jorra como uma fonte, também há momentos em que passamos por grandes sofrimentos espirituais.
Quando você estiver feliz, lembre-se que há pessoas ao seu redor que estão tristes. E como há pessoas tristes ao seu redor, você precisa confortá-las e encorajá-las ao invés de ficar feliz sozinho. O apóstolo Pedro falou sobre isso: “E vós também, pondo nisto mesmo toda a diligência, acrescentai à vossa fé a virtude, e à virtude a ciência, e à ciência a temperança, e à temperança a paciência, e à paciência a piedade, e à piedade o amor fraternal, e ao amor fraternal a caridade” (2 Pedro 1:5-7).
Como o apóstolo nos adverte aqui, todos que somos membros da igreja devemos viver como um só corpo, tendo amor, bondade, alegria e paciência em nossa comunhão. Como toda a igreja é um só corpo, se algum membro está sofrendo, todos estão sofrendo então. E ninguém pode curar a si mesmo. Todos os membros da igreja têm que se unir para cuidar daquele que está sofrendo para curar sua dor. E esta dor só é curada quando apoiamos e ajudamos uns aos outros. Por isso que dizemos que a Igreja de Deus é uma família. Quando Noé entrou na arca, ele levou sua família. Ninguém mais entrou na arca a não ser Noé e sua família. E espiritualmente falando, todos nós somos uma família. Então, se você e eu temos falhas, isso não é problema, pois todos nós somos falhos. E já que somos falhos, temos que aprender a lidar com as falhas um dos outros. Todas as falhas dos nossos irmãos são nossas também, assim como tudo que há de bom neles.
Os justos precisam entender que são um só corpo para que a Igreja de Deus cresça em todos os lugares. E eles também precisam entender o que os edifica. Como os justos edificam uns aos outros? Esta é uma pergunta muito importante que todos nós sabemos a resposta: o que edifica a todos nós é plantar o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo e colher seus frutos. E além desta obra de semear o evangelho em cada alma e colher o fruto do Espírito, o que nos edifica também é cuidar uns dos outros, principalmente quando vemos nossos irmãos tendo dificuldades nas estações da fé. Temos que cuidar uns dos outros para ver se algum membro da Igreja de Deus está passando por uma noite fria de inverno e cuidar deles para que possam suportar esta dura estação. Os que são fortes têm que compartilhar sua força para confortar os que estão passando por lutas. Mas não devemos confortar nossos irmãos apenas com palavras, e sim ajudando-os de uma forma concreta a fim de que possam suportar o inverno espiritual da fé. Temos que cuidar deles para que sua fé seja renovada, para que eles fiquem firmes novamente e sirvam ao evangelho com mais determinação ainda.
A Igreja de Deus tem que continuar firme no seu propósito de evangelizar o mundo inteiro. Isso é algo inegável. Mas ela também precisa, ao mesmo tempo, cuidar dos santos quando eles passarem pelas várias estações da fé, dia e noite, inverno e verão, frio e calor. Para ser bem direto, a Igreja de Deus não tem apenas que plantar a semente do evangelho e colher seus frutos, mas também alimentar e cuidar de cada alma que faz parte dela. A Igreja tem que deixar bem claro para os seus membros que eles são um só corpo e cuidar de todos eles nos momentos de fraqueza. Mas há situações em que ela precisa esperar com paciência. Uma estação de lutas na vida de alguém não passa tão rápido. E mesmo que ela passe rápido na vida de algumas pessoas, para outros ela é dolorosamente demorada. E estas pessoas precisam de tempo. Se você faz parte da família da igreja, você precisa entender que leva tempo para desfrutar do amor que nos une como família.
Se você de fato recebeu a remissão dos seus pecados e foi salvo crendo no evangelho da água e do Espírito, de agora em diante você tem que fazer parte da igreja e participar da obra de plantar a semente do evangelho. Mas saiba que quando você começar a fazer a obra do Senhor, você passará por oito estações da fé. Os servos de Deus têm que compartilhar sua sabedoria com os irmãos da igreja, cuidar deles e esperar com paciência que eles cresçam a fim de que todos, até aqueles que acabaram de nascer de novo e ainda estão crescendo espiritualmente, assim como os que já receberam a remissão de pecados há algum tempo, possam suportar cada estação da fé. Além disso, eles têm que continuar trabalhando duro para plantar a semente do evangelho e colher seus frutos. E, ao mesmo tempo, eles também precisam cuidar dos irmãos da igreja que estão passando por difíceis estações espirituais. Todos os irmãos precisam ajudar uns aos outros. E é algo imprescindível que a igreja cumpra esta tarefa.
Nós temos trabalhado muito até hoje para plantar muitas sementes do evangelho. E esta é uma obra que devemos fazer até a volta do Senhor. E ao passo que a fizermos, também temos que renovar nossas forças a cada dia para fortalecer cada departamento da igreja. Em outras palavras, temos que edificar nossos irmãos e cuidar deles até que cada árvore plantada na igreja cresça e possa dar frutos abundantes.
Cada um de vocês deve se apegar a sua fé para que todos cresçam espiritualmente. Quando pessoas de fé enfrentam lutas espirituais, elas conseguem suportá-las e vencê-las pela fé. Por isso, todos nós temos que crescer a fim de sermos pessoas de fé. Para a igreja não é bom que alguns irmãos apenas cresçam na fé. Todos na igreja devem ser assim, sem exceção. Só porque alguns irmãos na igreja têm fé, isso não significa que está tudo bem. Todos os nossos irmãos e servos de Deus precisam crescer na fé para que possam suportar as oito estações da fé que nos assolam cada vez mais. Mas para crescermos espiritualmente, precisamos de tempo para fortalecer cada área da nossa vida.
Como a igreja já teve um relativo sucesso ao plantar as sementes do evangelho, precisamos nos dedicar mais para nutrir os novos ramos que há na Igreja de Deus. Sempre que há mais obreiros, obviamente é mais fácil fazer a obra de Deus e alcançar melhores resultados. Afinal de contas, cem agricultores trabalhando duro podem colher muito mais do que apenas um agricultor. Por isso que é essencial a igreja edificar os que nasceram de novo crendo no evangelho da água e do Espírito e prepará-los para ser obreiros. A igreja precisa fazer com que todos que fazem parte dela, jovens e adultos, sejam obreiros fiéis e tornar cada um deles uma árvore bem firmada e que não cai, por mais que o vento seja forte.
Mas para crescermos na fé, precisamos examinar a nós mesmos e fazer as seguintes perguntas: “Será que, aos olhos de Deus, eu estou obedecendo à providência de Deus e seguindo fielmente as suas orientações? Será que eu estou crescendo como Deus deseja que eu cresça?” Nós não nascemos apenas para plantar sementes e fazer a colheita. A vida de fé se resume apenas em plantar e colher. Nossa fé tem que crescer, mas, obviamente, é o Senhor que a fazer crescer. Por isso que todas as estações da fé são importantes. Cada estação, primavera e verão, outono e inverno são importantes para que nossa fé venha a crescer, embora isso leve algum tempo para acontecer. Tudo que precisamos agora é de tempo e da graça de Deus.
A igreja de Deus, onde quer que seja, precisa de tempo. Deus não se agrada quando o crescimento espiritual não alcança todos os membros da igreja. É por isso que algumas igrejas crescem espiritualmente, enquanto outras ficam estagnadas, levando uma vida espiritual inconstante. Mas o que Deus deseja é que todos os membros de sua igreja cresçam na fé de uma maneira uniforme. Então, se há alguém que ficou para trás, precisamos esperar com paciência para que ele cresça na fé. Só assim poderemos dizer que somos realmente uma família. Se um irmão mais forte tem algo bom, ele precisa compartilhar isso com seu irmão mais fraco, e este deve aceitar de bom grado a orientação do seu irmão. E isso vale para todas as filiais da Igreja de Deus. Todos os membros da nossa igreja devem compartilhar seu crescimento espiritual a fim de que todos possam crescer de maneira uniforme. Esta prática de ajudar uns aos outros era a marca principal da Igreja Primitiva, e devemos manter esta nobre tradição (2 Coríntios 8:13-15).
Não adianta nada ficar discutindo para ver quem é melhor do que os outros. Todos nós somos iguais para o Senhor. Só que, ao mesmo tempo, precisamos entender se somos maduros espiritualmente ou não. Se você não sabe como está sua fé, embora esteja seguindo o Senhor, você acabará sendo enganado pelas mentiras de Satanás e sua fé acabará ruindo. Isso pode acontecer com cada um de nós. Embora Satanás não possa atuar livremente na igreja estabelecida por Deus, se não tomarmos cuidado, estaremos vulneráveis aos seus ataques. Se nossa fé não for fortalecida a ponto de se tornar impenetrável, ela pode ruir de uma vez ante as astutas ciladas de Satanás. Portanto, todos nós temos que fortalecer nossa fé e nunca vacilar.
É claro que eu sei muito bem que servir a este evangelho os deixa tão exaustos fisicamente que isso os leva a passar lutas espirituais também. Eu sei disso muito bem, embora vocês não tenham me dito nada. Na verdade, não existe ninguém que não passe por lutas na sua vida de fé. Por isso que às vezes eu vejo alguns irmãos nascidos de novo tristes e abatidos. Embora seu ser interior esteja radiante, sua aparência demonstra sinais de cansaço. Mas embora fisicamente estejamos cansados assim, eu tenho certeza que por dentro todos nós somos crentes fervorosos cuja fé nunca vai falhar.
Amados irmãos, será que somos árvores da fé dignas de ser usadas pelo Senhor? Noé construiu a arca com cipreste, mas o cipreste só serve quando é grosso e forte. Você é uma árvore assim? Nosso Senhor nos alimenta para que cresçamos e sejamos uma árvore assim. Então precisamos examinar a nós mesmos para ver se nossa fé está crescendo. Todo líder de uma igreja precisa examinar sua igreja para ver como ela está madura na fé, ver em que área ele precisa se dedicar mais para que ela cresça, descartar o que precisa ser descartado, e assim garantir que todo membro cresça firmado e com fé. Quando algum membro da nossa igreja perece, isso é uma grande perda para todos nós. É simples assim. Nenhum irmão pode viver sozinho. A Bíblia diz que Jesus é o cabeça da igreja e nós, os membros. E se algum membro do corpo de Cristo perece, esta parte morta do corpo vai apodrecer e contaminar os outros membros. Se um membro perece então, todo o corpo perecerá. Por isso que devemos examinar a nós mesmos com cuidado para ver se algum membro da igreja está enfermo ou perecendo. E somente nós podemos fazer isso. Um pastor não deve achar que está tudo bem só porque ele está bem e sem passar por alguma luta. Por mais que estamos bem, se algum irmão estiver passando por alguma dificuldade, todos estão com problema então. Nada mais natural do que todos nós lutarmos juntos com nossos irmãos, pois somos um só corpo.
Nós temos que aprender como cuidar da vida física e espiritual dos nossos irmãos na igreja. Mas para fazermos isso, temos que renovar nossas forças, continuar plantando a semente do evangelho e colhendo seus frutos. É importante cuidarmos uns dos outros, pois se apenas plantarmos sementes, colhermos os frutos e não fizermos isso, cedo ou tarde ficaremos esgotados e poderemos até acabar perecendo. Do que adianta salvarmos os outros mas nós mesmos perecermos? É muito importante também cuidarmos da nossa saúde. Devemos nos tratar quando estamos doentes, e descansar quando estamos cansados. Todos nós sabemos muito bem que quando algo não está bem em nosso corpo, todo o corpo sofre. Portanto, temos que cuidar de cada membro da igreja. Precisamos voltar nossos olhos para eles e cuidar deles.
 
 

Todos que Receberam a Remissão de Pecados Têm o Dever de Plantar a Semente do Evangelho

 
Os justos fazem fielmente a obra de plantar a semente do evangelho porque têm o Espírito Santo em seu coração. Todo crente passa por oito estações, e como a primeira delas é a estação de plantar sementes, cada um eles tem que fazer esta obra mesmo que ninguém os peça para fazê-la. Agora é a hora de examinarmos nosso ser interior. Todos os nossos irmãos e obreiros em todas as nossas igrejas precisam buscar o crescimento interior.
Temos que examinar a nós mesmos muito bem. Precisamos ver que erros temos cometido e a razão das nossas lutas. Afinal de contas, todos nós não enfrentamos o inverno vez ou outra? É claro que não vemos problema nisso quando olhamos para frente e perseveramos com paciência. Só que não conseguimos fazer isso o tempo todo. Leva tempo para nossa plantação crescer, pois precisamos regá-la e adubá-la também. Os fertilizantes ajudam muito para que a plantação cresça, mas isso não significa que podemos fazer isso de qualquer jeito. Há vários tipos de fertilizantes, e cada estação requer um diferente. Se usarmos muito fertilizante de uma vez ou mesmo todos os dias, acabaremos estragando a plantação. E se a plantação não receber os nutrientes adequados, certamente teremos problemas com o passar do tempo. Por mais que ela pareça saudável por fora, seus grãos estarão vazios por dentro. E o mais importante é o que há dentro dos grãos.
Todos nós temos o dever de cuidar dos membros da igreja. E além de cuidarmos uns dos outros, dos nossos familiares e das nossas igrejas, todos nós temos que cuidar de cada membro da igreja. Este é um desejo que tenho em meu coração. Eu desejo ter comunhão com todos os irmãos de todas as nossas igrejas na Coreia e fora do país. Eu não tenho dúvida de que já é hora de os servos de Deus cuidarem uns dos outros. Você concorda comigo? Não é bom semearmos de qualquer jeito. Assim como um carro precisa dos freios para parar, às vezes os irmãos têm que dar uma parada na corrida do evangelho para renovar sua fé, a fim de que seu ser interior venha a crescer.
É claro que eu não estou dizendo aqui que devemos parar de pregar o evangelho; ao contrário, o que estou dizendo é que não devemos seguir em frente de qualquer jeito, até porque ainda temos muitas falhas espirituais que precisam ser tratadas. É imprescindível termos sempre a provisão que precisamos, esperar com paciência quando for preciso e reunir nossas forças quando tivermos que seguir em frente. Em outras palavras, precisamos sempre fortalecer nosso corpo, cuidar bem dele e esperar o tempo certo.
Por que Deus disse a Noé que há oito estações? Por que Deus disse a Noé que há oito estações, quando na verdade há somente quatro estações? Assim que Noé saiu da arca, Deus disse a ele:
“Enquanto a terra durar,
Não deixará de haver sementeira e ceifa,
Frio e calor,
Verão e inverno,
Dia e noite” (Gênesis 8:22 - ARA).
Por que Deus disse isso? Até do ponto de vista científico isso faz sentido. Alguns cientistas dizem que o clima era bem estável antes do dilúvio de Noé porque a terra era protegida por um cinturão de água que ia até o firmamento. E, ao que parece, o clima foi afetado depois do dilúvio de Noé porque todas as águas do firmamento baixaram e cobriram a superfície da terra. Foram as mudanças climáticas que aconteceram na terra que alteraram as estações. Mas Deus disse isso a Noé antes de acontecer para que ele estivesse preparado.
Ao olhar para alguns irmãos, eu vejo alguns deles dedicando todo o seu esforço para plantar sementes, enquanto outros se dedicam à colheita. Mas há outros que não fazem bem nenhuma destas obras. Há irmãos que morrem de frio no inverno, e outros que o suportam bem e se tornaram firmes na fé. Alguns de nós estamos no meio do verão, outros já estão enfrentando o outono. Outros já estão vendo o dia raiar, mas para outros, a noite ainda não acabou.
Mas ainda há alguns irmãos que nunca passaram por este processo. E como há irmãos que ainda estão só plantando e colhendo, e ainda não passaram por todas as estações, temos que ensiná-los sobre o inverno para que eles possam suportá-lo com paciência quando ele vier. Se não ensinarmos isso antes aos nossos irmãos, alguns deles podem achar que sua vida de fé acabou assim que o inverno chegou, e por causa disso até perecer. Em outras palavras, alguns irmãos querem até voltar a sua vida no passado ao invés de ser salvos, e dizem: “Eu não aguento este frio! Eu o odeio! Eu quero voltar para os dias de verão. Eu quero voltar a ter a vida que eu tinha”. Por isso que é muito importante ensinarmos a todos os santos sobre o inverno antes para que eles estejam preparados para quando ele vier.
 
 
Você Não Deve Volta para Sua Vida no Passado Só Porque Está Enfrentando o Inverno
 
Se você ficar firme na Igreja de Deus, você poderá suportar o período mais difícil do inverno, pois o Senhor com toda certeza lhe dará uma fé inabalável e forças espirituais para você vencer esta estação difícil. E quando você vencer o inverno, você verá que logo a primavera vai chegar trazendo tudo novo. Esta estação certamente virá e sua vida florescerá graças à sua fé.
No entanto, há muitos irmãos na igreja que não passaram ainda pelo frio nem pelo calor. Mas eles não precisam ficar preocupados. Ao contrário, eles devem ser pacientes, buscar o Senhor na igreja e esperar que ele os guie. Quer estejamos lutando ou prosperando em nossa vida de fé, temos que estar na igreja o tempo todo e ter fé para vivermos segundo a orientação de Deus. Nos bons e maus momentos, seja em momentos de luta ou de alegria, devemos sempre estar na igreja. Quando algo bom acontecer a você, considere isso um presente de Deus para você; e quando você enfrentar alguma dificuldade, suporte-a com paciência sabendo que Deus é que está permitindo que você passe por isso para depurar sua fé e fortalecê-la. Portanto, eu aconselho a todos vocês a enfrentar suas lutas em silêncio na Igreja de Deus e a esperar com paciência no Senhor.
Eu estou certo que muitos dos nossos irmãos, jovens e adultos, já passaram pelas estações da fé. E eu tenho certeza que isso aconteceu com nossos pastores também. Não há ninguém entre os nascidos de novo que não tenham passado por estas estações. Já que recebemos a remissão de pecados e nascemos de novo crendo no evangelho da água e do Espírito, e já que fazemos parte da Igreja de Deus, todos nós cedo ou tarde passaremos por estas oito estações. Alguns de vocês até já passaram por elas muitas vezes.
No entanto, passar por uma estação difícil não significa que está tudo acabado. Vai acontecer novamente. Mas quando você passar por outra estação difícil, você poderá vencê-la mais rapidamente. Embora você lute bastante quando enfrenta uma estação de dificuldades pela primeira vez, daí por diante você poderá vencer tudo isso mais fácil e rapidamente. A mudança das estações espirituais é algo determinado por Deus. Se Deus achar que você já passou por uma estação tempo bastante, ele fará vir outra estação, mas se ele não achar isso, ele fará com que a mesma estação perdure. Mas o que nos sustenta nestas estações espirituais é a fé. Portanto, é pela fé que suportamos todas as coisas.
Amados irmãos, é essencial que todos nós sejamos vitoriosos em cada estação espiritual que Deus trouxer a nós. Não tente fugir da estação espiritual que você está passando porque foi Deus quem permitiu que ela viesse. Ao invés de fazer isso, aceite e suporte calmamente todas as estações espirituais que vier, pois assim você será um servo de Deus muito mais fiel. Eu espero e oro para que todos os membros de nossas igrejas passem pelas oito estações espirituais da fé, pois cada um delas tornará a igreja mais forte por dentro e por fora.
Deus certamente permitirá que todas as estações espirituais venham sobre cada membro da igreja, a fim de que eles fiquem cada vez mais firmes. Se passarmos por estas estações espirituais da fé, cada membro crescerá e seremos uma igreja edificada, pois todos nós seremos crentes edificados. Eu tenho plena certeza de que nosso Deus recompensará a todos que procuram viver pela fé com abundantes bênçãos.