Sermões

Assunto 13: O Evangelho Segundo MATEUS

[Capítulo 26-2] (Mateus 26:6-13) Faça a Preciosa Obra de Servir ao Senhor

( Mateus 26:6-13 )
“Estando Jesus em Betânia, em casa de Simão, o leproso, aproximou-se dele uma mulher com um vaso de alabastro cheio de precioso bálsamo, que lhe derramou sobre a cabeça, quando ele estava assentado à mesa. Vendo isto, os discípulos se indignaram, dizendo: Para que este desperdício? Este perfume podia ser vendido por muito dinheiro, e dar-se aos pobres. Jesus, porém, conhecendo isto, disse-lhes: Por que afligis esta mulher? Ela praticou uma boa ação para comigo. Sempre tereis convosco os pobres, mas a mim não haveis de ter sempre. Ora, derramando ela este perfume sobre o meu corpo, ela o fez preparando-me para o meu sepultamento. Em verdade vos digo que, onde quer que este evangelho for pregado em todo o mundo, também será referido o que ela fez, para memória sua.”
 
 
Jesus disse: “Onde quer que este evangelho for pregado em todo o mundo, também será referido o que ela fez, para memória sua.” O motivo de essa mulher ter derramado o perfume sobre a cabeça de Jesus foi para o Seu sepultamento. E ela serviu a Jesus Cristo ao derramar o perfume sobre Sua cabeça por ser grata pelo Senhor ter tirado todos os pecados do mundo através de Seu batismo, vindo a esta terra e salvado toda a humanidade do pecado morrendo vicariamente na cruz e ressuscitado dos mortos. Essa mulher derramou um precioso bálsamo sobre a cabeça de Jesus abrindo um vaso de alabastro. Um vaso de alabastro com um precioso bálsamo era algo de grande valor comparado ao salário que um homem receberia por ter trabalhado na casa de alguém durante um ano.
Tendo ouvido que Jesus estava na casa de Simão o leproso, essa mulher foi até a casa de Simão. Jesus estava fazendo uma refeição naquela hora. Os judeus costumavam comer debruçados com o corpo esticado no chão. Talvez Jesus estivesse também comendo confortavelmente esticado assim. Quando Ele estava comendo e conversando, a mulher foi até Ele. Então, estando ao lado de Jesus, ela derramou o precioso bálsamo do vaso de alabastro sobre Sua cabeça.
Vendo essa mulher derramando o precioso bálsamo do vaso de alabastro sobre a cabeça de Jesus, um dos discípulos veio e disse: “Para que este desperdício?” Segundo o evangelho de João, a pessoa que disse isso foi Judas Iscariotes (João 12:4-6). Ele disse essas palavras de indignação porque estava certo que: “Essa mulher está desperdiçando esse precioso bálsamo num ato inútil”, ele pensou isso porque era o responsável pelas finanças e achava que poderia fazer um bom uso dele se ela o vendesse e lhes doasse o dinheiro.
Contudo, longe de mostrar indignação pela mulher ter derramado o precioso bálsamo sobre Sua cabeça, Jesus disse o seguinte: “Essa mulher fez isso pelo evangelho. Eu vou morrer crucificado e por isso ela derramou o precioso bálsamo sobre o Meu corpo pelo Meu sepultamento após a Minha morte”, e Jesus falou também sobre a mulher: “Onde quer que este evangelho for pregado em todo o mundo, também será referido o que ela fez, para memória sua” (Mateus 26:13).
Olhando para o que Jesus disse, parece que o ponto de vista dEle era muito diferente do ponto de vista dos Seus discípulos. Um dos discípulos de Jesus viu aquele ato como sendo um desperdício, dizendo: “Para que este desperdício?”, mas Jesus o viu como um ato digno de comemoração. O ponto de vista de Jesus foi que essa mulher derramou o precioso bálsamo de antemão pelo Seu sepultamento, quando Seu corpo seria cuidadosamente purificado ao receber o precioso bálsamo após a Sua morte na cruz. O bálsamo que essa mulher derramou sobre a cabeça de Jesus era um tipo de bálsamo com aroma, como um perfume. Essa mulher derramou o bálsamo aromático sobre a cabeça de Jesus ao quebrar um grande vaso de alabastro no qual ela guardava o bálsamo. Ao ver isso Jesus disse: “Ela serviu ao evangelho. Essa mulher serviu a pregação do evangelho. Isso não foi um desperdício.”
Aos indignados discípulos Jesus disse: “Sempre tereis convosco os pobres, mas a mim não haveis de ter sempre” (João 12:8). O fato era que Jesus não estaria com os discípulos para sempre, mas ao invés disso, Ele em breve seria pregado na cruz, morreria, ressuscitaria e se sentaria à destra do trono de Deus Pai. Assim, Ele salvaria toda a humanidade.
Na verdade, os pobres sempre estão a nossa volta. Mas nosso Senhor nem sempre está conosco. Em outras palavras, servir ao evangelho é algo que vale centenas e até mesmo milhares de vezes mais do que ajudar aos pobres. E esse evangelho não é algo que alguém possa servir para sempre a qualquer tempo. Ao contrário, o Senhor está dizendo que há um tempo para servir ao evangelho. Por isso o Senhor disse: “Essa mulher derramou o precioso bálsamo sobre a minha cabeça a serviço do evangelho. Vocês devem fazer isso também, e vou honrar aqueles que fizerem isso.”
Servir ao Senhor e ao evangelho depois de receber a remissão de pecados pela fé no Senhor é uma obra tremendamente recompensadora e preciosa. Ela é mesmo uma obra muito preciosa. Abrir mão completamente de si mesmo pela obra de servir ao evangelho é algo muito precioso, e trabalhar secularmente como essa mulher e servir ao evangelho com coisas materiais é também algo muito precioso. O Senhor disse: “Aqueles que trabalham pelo evangelho e o servem como podem, Deus irá honrá-los”. De qualquer forma, o Senhor está dizendo: “Aqueles que servem o evangelho estão fazendo uma obra muito preciosa. E isso também é algo que é digo de ser honrado por Mim, e será lembrado por muito, muito tempo”.
Nós também estamos à serviço do evangelho da água e do Espírito. Estamos dedicando todos os nossos esforços para pregar o evangelho por todo o mundo. E isso significa que agora mesmo estamos distribuindo nossos livros por todo o mundo desde a Coréia até os Estados Unidos. Nós estamos nos organizando para que todos os que desejarem os livros possam tê-los ao pedi-los pela internet. Recebi ontem um telefonema do Pastor Kim dos Estados Unidos, e ele disse que os livros agora estão sendo distribuídos a passos largos. Então ele disse que antes de ele voltar a Coréia em 15 de julho, ele deverá ter distribuído todos os livros que enviamos aos Estados Unidos. E mais uma vez nós enviaremos mais livros.
Estamos pregando o evangelho por todo o mundo através do ministério de literatura. Esse trabalho de pregar o evangelho através de nosso ministério de literatura só foi possível porque há homens e mulheres servos de Deus assim entre os santos, que adoram ao Senhor como a mulher que derramou um bálsamo muito precioso do vaso de alabastro sobre Jesus. O evangelho é pregado por causa dessas pessoas, e não importa até quando ele seja pregado, o fato é que o sacrifício dessas pessoas que servem ao evangelho é referido, assim como está escrito na bíblia sobre a mulher que derramou um bálsamo precioso sobre a cabeça do Senhor, que isso seria referido enquanto o evangelho fosse pregado.
O pastor dos internos de uma penitenciária na Flórida nos Estados Unidos pediu para enviarmos os livros, então nós os enviamos para ele. E em um contato recente, eles pediram pelo menos dez livros de uma só vez, e depois de ler os livros, eles continuarão nos enviando notícias de que foram abençoados por eles. Muitas pessoas nos respondem dizendo: “Antes, eu pensava que o batismo de Jesus, assim como a água na qual fui batizado era somente uma mera cerimônia, mas agora, eu vim a entender que não é somente uma cerimônia, mas algo com um significado profundo. Vocês estão realmente fazendo uma obra preciosa. Toda a obra que a Missão Nova Vida faz é verdadeiramente muito preciosa.” E também através dos livros muitas pessoas têm passado a compreender como Jesus apagou todos os seus pecados. E depois começam a crer nesse evangelho, e pedem para serem nossos colaboradores que fazem o trabalho de distribuir os livros conosco, e dizem: “Eu vou distribuir os livros também. Eu quero compartilhá-los com as pessoas. Eu não consigo fazer muito trabalho de uma vez, mas eu posso distribuir dez de cada vez por agora.” Dessa forma o evangelho está sendo pregado por todo o mundo.
Sempre que o evangelho é pregado, o Senhor honra os que servem esse evangelho. Ele nos encoraja, dizendo: “O evangelho foi pregado para você, e você veio a receber a remissão de pecados porque os que crêem nesse evangelho antes de você têm servido a ele dessa forma. O evangelho é pregado assim porque existem os que servem ao Senhor como aquela mulher.” O evangelho é pregado porque há santos dedicados e homens e mulheres que servem dessa forma. E o Senhor honra os que estão fazendo Sua obra e servindo ao evangelho e Ele os vê como pessoas preciosas. Queridos irmãos, há muitos santos como essa preciosa mulher para pregar esse evangelho. Essa mulher quebrou um vaso de alabastro e derramou um precioso bálsamo sobre a cabeça de Jesus. E isso equivale a um ano do trabalho de alguém. Algo assim nunca é tão fácil de se ganhar.
O evangelho está realmente sendo pregado por todo o mundo. Você deu ofertas ao Senhor, e também as nossas igrejas por todo o país estão recolhendo ofertas para a obra missionária mundial. Nós prometemos que daríamos ofertas à missão mundial duas vezes no ano. Então, com todas essas ofertas a Igreja de Deus traduz nossos livros na língua de cada país no mundo, e ao distribuir esses livros para as pessoas do mundo todo, nossa igreja prossegue com a obra de pregar o evangelho.
Sempre que esse evangelho é pregado, eu penso na mulher que derramou um precioso bálsamo sobre a cabeça de Jesus como também naqueles que estão a serviço do evangelho dando tudo de si. Sem o sacrifício deles o evangelho não seria pregado. Por causa do seu sacrifício é que o evangelho está sendo pregado. Assim como um único grão de trigo cai no chão, morre, apodrece, cresce e dá fruto, o evangelho é pregado por causa de alguém que se sacrifica por ele. A verdade é que as flores do evangelho têm desabrochado e ele está sendo pregado por todo o mundo porque alguns têm se sacrificado e servido ao Senhor, desistindo de tudo que é importante para eles.
O evangelho não é pregado apenas quando dizemos: “Eu tenho que pregar o evangelho. E tenho que colocar todas as minhas forças na pregação do evangelho. Então, só vou orar”. É claro que devemos orar pela pregação do evangelho, mas o evangelho é pregado porque alguém se sacrifica por ele. Eu creio que esse evangelho está sendo pregado porque alguém como essa mulher deu toda sua oferta financeira para ele, e também porque alguém tem sacrificado tudo pelo evangelho ao dar sua vida e juventude por ele. O evangelho está sendo pregado por todo o mundo dessa forma.
Eu acho que poderemos trabalhar muito mais nesse ano se nos unirmos mais ainda para servirmos o evangelho. Somente nesse ano o evangelho foi testemunhado a milhares e se formos trabalhar por mais dois anos, eu acho que o evangelho será introduzido na maioria dos países. O evangelho será então introduzido na Europa.
Na verdade, o evangelho é pregado porque existem aqueles que o servem, e se não fosse por essas pessoas, esse evangelho não seria pregado. Você pôde ouvir e receber a remissão de pecados por causa daqueles que servem o evangelho antes de você, e por causa disso os que receberam a remissão de pecados não existiriam nos dias de hoje. Em qualquer que se já o caso, o fato é que esse evangelho está sendo pregado em todo o mundo e temos que ser verdadeiramente gratos e alegres por isso.
Quando pensamos sobre isso, pregar o evangelho em todo o mundo não é definitivamente uma tarefa fácil. Fazer livros é muito difícil também. Quando eu estava publicando a primeira edição em inglês da minha série de livros cristãos, aqueles que não nasceram de novo diziam: “Ei, você acha que as pessoas lerão esses livros?” Então eles fizeram escândalos, escarneceram de mim e me ridicularizaram duramente. Eles fazendo isso ou não, eu só continuei com a obra, pensando comigo mesmo: “Assim que o evangelho for pregado às pessoas eu vou me ajoelhar perante os que não nasceram de novo, mesmo que não precise de sua ajuda.” Independentemente de quem seja, assim que a pessoa traduzir meu livro em coreano para o inglês, mesmo que ela venha a agir com rispidez, estou ansioso para ver esse comportamento e curvar minha cabeça diante dela assim como disse que faria. Isso mostra com eu quero pregar o evangelho. Vendo essa minha atitude, um de meus amados pastores perguntou: “Querido pastor, já que você vai publicar esses livros, se você baixar sua cabeça diante alguém que não nasceu de novo, como você vai fazer quando o tempo de sofrer o martírio chegar?” Eu disse àquele pastor: “Se o evangelho pode ser pregado através da humilhação, eu posso me humilhar mesmo perante alguém que não nasceu de novo. Isso é algo totalmente diferente do martírio. Porque isso é algo que farei a serviço do evangelho, eu passarei por qualquer humilhação e pagarei o preço que for preciso.”
Nós publicamos livros em inglês, mas como vocês sabem muito bem, nós não somos muito fluentes nessa língua. Apesar de conhecermos um pouco, a verdade é que sabemos somente alguma coisa na nossa própria maneira cotidiana de nos expressar. Por isso nós sabemos algumas expressões decoradas e adaptadas no jeito americano de falar. De qualquer modo, dessa maneira foi que nós publicamos o primeiro volume em inglês. Embora não estivesse perfeito, nós fizemos isso para que fosse o suficiente para as pessoas lerem e receberem a remissão de pecados.
No começo, os livros eram distribuídos através de uma livraria virtual chamada Amazon.com. Nós começamos grandes desde o início. Assim, o evangelho está sendo testemunhado para todo o mundo nesse mesmo instante. Há uma passagem bíblica que diz: “O teu princípio, na verdade, terá sido pequeno, mas o teu último estado aumentará sobremaneira” (Jó 8:7), mas quem acreditaria no princípio que tudo isso ficaria assim? Quem teria acreditado que o evangelho seria pregado em todo mundo através desses livros? Todos duvidaram, até nós, mas a verdade é que agora o evangelho está entrando na maioria dos países no mundo todo.
Nós temos feito a obra com fé, pois Deus se alegra com isso. E para fazer essa obra nós temos prometido dar muitas ofertas para investir no ministério de literatura. E apesar de não termos contado todas elas, eu acho que já fizemos mais de 10 doações para o ministério de literatura. Mesmo antes de você vir para essa igreja, nós já fizemos uma oferta para comprar uma copiadora. Esse foi o primeiro passo para o nosso ministério de literatura.
Mesmo quando estávamos para comprar uma copiadora, para conseguir uma de preço mais barato, nós fomos até a Avenida em Yong-san, um lugar onde são vendidos eletrônicos com um valor mais em conta. Você não pode imaginar o quanto nós andamos, vendo uma loja após outra. Então, pudemos comprar numa loja uma copiadora que custava apenas 600 dólares em dinheiro. Além disso, ela vinha do Japão e era uma marca de confiança. Sendo assim, nós a compramos. Nós compramos a copiadora achando que ela era o máximo, mas descobrimos que a xerox de uma página custava 40 won, o que equivale a 4 centavos americanos. A verdade é que a copiadora não tinha sido cara, mas o toner era muito caro. Os japoneses são assim. Os japoneses ganham dinheiro vendendo máquinas a um preço baixo, mas vendem o toner, que tem que ser trocado toda a hora, por um preço muito alto. De qualquer modo, nós começamos o trabalho com ela. Naquele tempo não havia tantos santos na nossa igreja, havia poucos mesmo, mas nós servimos ao evangelho fazendo votos de ofertar com um propósito.
Uma determinada irmã tinha guardado dinheiro para usar em seu casamento. Mas como nós orávamos todos os dias durante os cultos: “Deus, por favor, nós dê a condição necessária para que possamos manter o ministério de literatura”, e ela orava assim também. E logo, ela começou a sentir em seu coração e isso ardia em sua consciência: “Eu guardei milhares de dólares para o meu casamento, mas devo ofertá-los a Deus?” E ela disse que tempos depois ela colocou o dinheiro no gazofilácio. E com esse dinheiro nós fizemos a obra. Uma importante oferta mensal dos irmãos e irmãs foi ajuntada, e em pouco tempo, mais de 100.000 dólares em dinheiro foram ofertados ao Senhor, e com esse dinheiro muita obra foi feita pelo evangelho. Nós podemos imprimir até hoje os livros com sucesso porque as pessoas têm ofertado ao Senhor. Com todo esse dinheiro nós imprimimos e distribuímos os livros de graça a todos no mundo que precisam do evangelho. Assim, as pessoas do mundo todo estão recebendo a remissão de pecados através de nossos livretos, e até fora de nosso país, os nossos colaboradores estão distribuindo nossos livros.
Amados irmãos, atualmente estamos dando esses livros para as pessoas, e mesmo que isso não pareça grande coisa, muitos têm recebido a remissão de pecados através desses livros e ao lê-los, estão mantendo sua fé. Eles estão mantendo sua fé lendo somente esses livros em suas casas, não indo a igrejas que não nasceram de novo, e quando uma Igreja de Deus é construída próximo de suas casas, elas vão à igreja. E lá eles prosseguem servindo ao Senhor e mantém a sua fé. Os livros estão cumprindo o seu propósito. São muitos os exemplos que eu poderia dar.
Em seu testemunho de fé, um certo irmão de nossa igreja disse- me: “Amado pastor, como eu estou trabalhando, às vezes eu tenho uma dúvida: ‘É mesmo verdade que muitas dessas pessoas não receberam a salvação? E assim que elas passam a crer em Jesus elas são salvas?’ Eu tenho esse tipo de pensamento estranho. Uma vez que a dúvida entra na minha cabeça, ele gera outros pensamentos e logo eu fico confuso. A fé que com certeza eu tenho de que recebi a salvação, fica enfraquecida. E assim quando eu vou para casa, eu sempre leio o livro de sermões antes de dormir. ‘Sim, é verdade. O Senhor certamente me salvou assim’. Dessa forma, eu leio os livros e ponho tudo em ordem no meu coração mais uma vez. Então, eu vou dormir. Por isso eu leio os livros todos os dias, sempre que meu coração fica enfraquecido. Eu leio os livros e medito neles todos os dias, e logo eu passo a dizer: ‘Está certo. Com certeza o Senhor me salvou pela água e pelo Espírito.’”
Hoje, você e eu estamos pregando o evangelho. Nós pregamos o evangelho com nossos lábios também. Dessa forma, muitos chegam a receber a remissão de pecados. Mas através dos livros, um número bem maior de pessoas passa a ter conhecimento do evangelho e recebem a remissão de pecados. Há aqueles que vêm para a igreja através dos livros após conhecerem esse verdadeiro evangelho e receberem a remissão de pecados. Mas aqueles que ainda não puderam ir para a Igreja de Deus, com esses livros eles continuam firmes na fé e são alimentados espiritualmente tirando muitas dúvidas através de sua própria fé.
Agora mesmo estamos apresentando o evangelho a uma mulher japonesa de 30 anos chamada Itakaki Misao, dando a ela nosso livro escrito em japonês. Porque ela nasceu no Japão, está sendo muito útil em revisar nossos livros escritos em japonês. Assim, quando a nossa equipe encarregada da tradução em japonês ler e revisar mais uma vez os livros, sairá um livro de muito boa qualidade, e eu acho que será de grande ajuda na pregação do evangelho no Japão. Hoje, através de nossos livros, o evangelho está sendo pregado até para os descendentes coreanos que moram na China. A verdade é que esse evangelho está sendo pregado em lugares onde não poderíamos pregar pessoalmente a não ser pelo ministério de literatura. Assim como a mulher que derramou um bálsamo precioso do vaso de alabastro, a obra feita pelos vários santos que servem ao Senhor será lembrada enquanto o evangelho for pregado.
Como nós imprimimos e doamos os livros para as pessoas através de ofertas feitas ao Senhor, elas passam a conhecer o evangelho por esses livros, recebem a remissão de pecados, crescem espiritualmente, e se levantam como obreiros de Deus. Quando essa obra de fé acontece, o Senhor lembra e honra os que têm servido a Ele: “Sim. O seu serviço e sacrifício têm crescido e dado frutos assim. O fato de terem recebido a remissão de pecados é devido Eu ter me tornado Seu Salvador ao ter vindo nessa terra, recebido o Meu batismo, morrido vicariamente na cruz, e ressuscitado dos mortos. Mas as pessoas como você têm recebido a remissão de pecado nessa época porque você tem servido a esse evangelho.” Isso significa que o Senhor se lembrará disso. O evangelho tem sido pregado em todo o mundo, e os perdidos desses dias que tem sido atormentados e oprimidos pelo pecado tem sido salvos deles, porque existem aqueles que estão servindo ao Senhor e ao evangelho com toda dedicação.
Há muitos tipos de boas obras nesse mundo. Há muitos necessitados nos asilos, nos orfanatos, nos abrigos, e assim por diante. Apesar disso, a obra mais preciosa de todas é a de glorificar o nome do Senhor, ou seja, a obra de servir esse evangelho. Enquanto levarmos outros a saber que o Senhor apagou todos os nossos pecados ao vir a esta terra, recebeu Seu batismo, e morreu na cruz, o Senhor lembrará que O servimos. O Senhor lembrará que pregamos aos outros o que Ele veio fazer depois de chegar nessa terra.
O que acontece quando você derrama uma única gota de perfume no chão do quarto? O aroma não enche o quarto todo e também fora dele? Deus se alegra dessa obra de servir ao evangelho e se lembra dela. Eu não vou mencionar nem um sequer, mas os nomes dos amados que serviram ao Senhor em nossa igreja são muitos. E até hoje são muitos mesmo. Há muitos que servem ao Senhor anonimamente. Queridos irmãos, é correto servirmos o evangelho. É certo você servir ao evangelho após ter recebido a remissão de pecados. Essa obra é muito preciosa, é a obra que tem o reconhecimento de Deus e a obra que temos que fazer para o Senhor.
O Senhor disse: “Sempre tereis convosco os pobres, mas a Mim não haveis de ter sempre” (Mateus 26:11). Sempre haverão pobres nessa terra, e do ponto de vista do Senhor, a obra de ajudá-los fisicamente é particularmente uma obra preciosa. Mas a verdade é que a obra de salvar as almas e fazê-las receber a vida eterna é mais urgente, e quando ainda houver uma oportunidade, ao invés de perdê-la, devemos continuar com a obra de pregar o evangelho. Isso foi o que Ele quis dizer com: “Mas a Mim não haveis de ter sempre”. Derramar um bálsamo precioso sobre a cabeça do Senhor não é algo que possamos fazer em qualquer tempo. É algo que não pudemos fazer porque não vivíamos naquela época. Por isso que o apóstolo Paulo teve que dizer aos santos de Éfeso, assim como a nós também: “Remindo o tempo, porque os dias são maus” (Efésios 5:16). A frase “remindo o tempo” significa: “aproveitando as oportunidades”. Devemos aproveitar todas as oportunidades para pregar o evangelho.
Amados irmãos, é certo os nascidos de novo servirem ao Senhor. É certo eu também servir ao Senhor. Desde que eu nasci de novo, eu tenho servido ao Senhor, e todos os nossos pastores e obreiros também têm servido ao Senhor. Como vocês sabem muito bem, nossos pastores e obreiros estão servindo o evangelho ofertando para a pregação do mesmo todo o dinheiro que ganham com o trabalho secular. A maioria dos nossos pastores trabalha secularmente. E assim eles compram comida, roupas, e cuidam de si mesmos, e também ofertam ao Senhor a maior parte do dinheiro que ganham lá fora. Nossas igrejas na Coréia recolhem as ofertas e fazem os livros cristãos, enviam missionários para fora do país, fazem discípulos e treinam nossos colaboradores lá e também enviam recursos para serem usados lá fora, e assim por diante.
Todos os pastores e obreiros da nossa igreja fazem esse trabalho em tempo integral. Havia sete cálices em forma de amêndoas no candelabro de ouro do tabernáculo. Trabalhando duro em vários negócios, os pastores atuam como cálices do evangelho com suas ofertas, e ao mesmo tempo, eles se dedicam a fazer a obra da qual foram encarregados. Alguns pastores dedicam-se em tempo integral à publicação dos livros, e outros tomam conta da parte relacionada à internet. E não somente os pastores, mas os irmãos e irmãs fazem isso também. É certo os nascidos de novo servirem ao Senhor. Essa é a verdade que está na bíblia.
O Senhor disse que onde quer que esse evangelho fosse pregado no mundo todo, o que essa mulher fez seria lembrado para memória sua. Porque essa mulher serviu o evangelho ao colocar o precioso bálsamo que ela tinha sobre o Senhor, o evangelho pôde ser pregado, e assim, toda vez que alguém recebe a remissão de pecados, o Senhor irá lembrar desse fato por causa dessa mulher. Foi isso que Ele quis dizer. As pessoas nascidas de novo servem ao Senhor financeiramente porque elas são muito gratas pelo Senhor ter remido todos os seus pecados e apagado os pecados de cada pessoa no mundo. Isso não é algo que elas fazem contra sua própria vontade e não é nenhuma obrigação ou condição básica para sua salvação. Ao contrário, é a obra que elas fazem por gratidão a Deus. A verdade é que nós que somos justos e que nascemos de novo servimos ao Senhor para pregar o evangelho, pois essa é a coisa mais certa que temos a fazer.
Os nascidos de novo, não importa quem eles sejam, devem viver totalmente para o evangelho, assim como essa mulher da bíblia o fez. Assim como você e todos neste mundo receberam a remissão de pecados porque houve pessoas que serviram ao Senhor antes de nós, nós também temos que servir ao Senhor, assim como aqueles que o fizeram antes de nós. A obra mais certa a fazer é servir ao Senhor. O certo é servir ao Senhor ao invés de servir ao mundo. Muitas pessoas receberam a remissão de pecados porque você e eu servimos ao Senhor. Há jovens, adultos e irmãos aqui assim. O evangelho está sendo pregado no mundo todo porque você e eu estamos servindo ao Senhor. A verdade é que esse evangelho está sendo pregado no mundo todo até agora porque muitos santos servem ao Senhor pondo em risco sua própria vida, assim como os discípulos de Jesus serviram ao Senhor e pregaram este evangelho.
O Senhor disse que o que essa mulher fez seria lembrado em sua memória. Nós temos que honrar essa mulher. Nós temos que honrar aqueles que serviram ao Senhor junto com a igreja depois que receberam a remissão de pecados. Nós temos que considerá-los valiosos realmente. E este também deve ser o objetivo da nossa vida. Nós temos que ter grandes sonhos em nosso coração. Se até agora vocês pensam que está tudo bem vocês e sua família terem o que comer e beber, vocês devem mudar seu modo de pensar de agora em diante. A partir de hoje temos que ter essa meta: “Eu preciso ganhar muito dinheiro para servir ao Senhor mais ainda”. E temos que ter esse desejo, essa fé, fazer esse tipo de oração, e continuar vivendo uma vida pela fé. Temos que pôr nosso coração na justa obra. “Tendo recebido a remissão de pecados, eu devo de agora em diante viver para os outros e não só para mim mesmo.” Devemos ter esse tipo de fé e coração. Devemos viver assim. Nossa maneira de pensar e coração devem mudar.
Nosso princípio foi extremamente pequeno. Mas está escrito que nosso último estado aumentará sobremaneira. Após nascermos de novo nosso princípio foi extremamente pequeno a serviço do Senhor. Todavia, como estamos agora? Conforme a fé vai crescendo, nosso último estado aumentará sobremaneira. Queridos irmãos, temos que trabalhar para salvar todas as pessoas do mundo, e isso tem que se tornar nosso objetivo de vida. E isso tem que ser a razão da nossa vida. E também temos que ganhar dinheiro não só para comprar comida, casa, e roupa para nós e nossa família, mas para salvar os que ainda não receberam a salvação, pregar para eles o evangelho e servir ao evangelho. Temos que nos tornar em pessoas que tem o seguinte pensamento: “Para servir ao evangelho eu tenho que cuidar da minha saúde e ser dedicado a ele. De agora em diante eu não devo viver para mim mesmo”.
Agora você deve ter como meta de vida a pregação do evangelho. Essa mulher tinha uma fé igual a minha e a sua. Assim como nós, essa mulher sabia que Jesus era o Salvador e que Ele era o Cordeiro e o Filho de Deus que tirou todos os seus pecados ao receber o batismo. Ela derramou o precioso bálsamo sobre a cabeça de Jesus porque sabia que Ele morreria vicariamente para salvá-la do pecado ao vir a esta terra receber o Seu batismo. Essa mulher derramou o precioso bálsamo sobre a cabeça de Jesus para apregoar ao mundo todo, a obra que Ele fez, porque Ele era alguém verdadeiramente precioso que salvou sua vida da morte. Essa mulher fez isso porque ela ficou muito grata.
Quando a nossa fé cresce, o seu coração e o meu se torna como o dessa mulher, mesmo que ninguém diga nada. Se você realmente recebeu a remissão de pecados, o objetivo de sua vida irá mudar totalmente. Devemos levar nossos pensamentos ao Senhor e aprender a ser gratos a Ele. E também devemos nos tornar pessoas de fé que são muito gratas pelo simples fato de o Senhor ter apagado todos os nossos pecados. Amados irmãos, o fato da vida, uma vez acabado, ser trazida de volta não é algo pelo que realmente devemos ser gratos? É algo pelo qual devemos ser muito gratos.
Queridos irmãos, Jesus para nós é o Senhor bondoso e generoso. Por isso que agora nós queremos oferecer toda nossa vida ao Senhor. Apesar de você não poder fazer grandes coisas nem ficar à frente da obra, você deve entender que servir ao Senhor junto com a Igreja de Deus é pregar o evangelho também. E devemos viver dessa forma. Apesar de não podermos fazer a obra de pregar o evangelho diretamente, o fato de ofertarmos para o evangelho, assim como a mulher que derramou o precioso bálsamo sobre a cabeça de Jesus, é algo verdadeiramente digno de honra. E porque isso será de grande ajuda para a pregação do evangelho, devemos tomar isso como nosso objetivo de vida e viver de acordo com essa fé.
Amados irmãos, se alguém que nasceu de novo não tem a obra de pregar o evangelho como o objetivo de sua vida, essa pessoa cairá da graça. Se alguém vive só para si mesmo depois de nascer de novo, então ele não terá nada na vida. Se após nascer de novo, essa pessoa não dedicar sua vida a obra de servir ao Senhor, o que acontecerá com ela? Acabará se tornando um libertino porque estará confortável, sem nada para fazer e ainda sem pecados. Então, apesar de ter recebido a remissão de pecados, se ele não viver para a obra de salvar as outras almas, de pregar ele mesmo o evangelho ou levar uma vida dedicando seus esforços ou bens materiais para a pregação do evangelho, ele acabará se corrompendo. Será apenas uma questão de tempo para essa pessoa se corromper.
Como não há nada para fazer, como ele poderá continuar vivendo uma vida correta? Agora que ele recebeu a remissão de pecados, não há nada para ele fazer. O que acontecerá se não há nada para se fazer? Essa pessoa buscará as coisas do mundo, se apaixonará pelas coisas do mundo, continuará confiando nas coisas do mundo e será reconhecida pelo mundo. Mas depois ele se corromperá e por fim deixará o evangelho. Ao invés de conduzir muitas pessoas para o Céu, ele se orgulhará de ter se tornado em um instrumento do diabo que fará com que muitos, que apesar de crerem em Jesus, vão para o inferno por inventarem um estranho evangelho.
Queridos irmãos, os nascidos de novo devem ter como objetivo de vida amar sinceramente a Jesus e a preciosa obra de servir ao evangelho, que é a obra de salvar as almas. Se alguém é realmente justo, ele tem esse objetivo. Ele deve pôr em seu coração o seguinte: “O Senhor também me salvou, então se eu levar esse evangelho aos outros, eles também poderão receber a salvação por terem fé nele. Assim, eu também irei viver para esse evangelho. Eu também servirei a esse evangelho. Esse é o meu objetivo de vida. Eu quero levar esse evangelho a muitas pessoas no mundo todo. Já que eu não posso fazê-lo pessoalmente, eu servirei ao Senhor com bens materiais.”
Antes do aumento no preço do papel, custava-nos cerca de 35.000 dólares só para imprimir 10.000 cópias de nossos livros. É claro que não nos custa nada nossos obreiros editarem e fazerem as capas dos livros porque eles são voluntários para preparar a publicação deles, mas se contarmos com as despesas normais, o custo total sai cerca de 40.000 dólares. E também a fim de enviar essas dez mil cópias ao mundo todo, nós precisaríamos de algo perto de 20.000 dólares para as despesas de envio. Então seria correto dizer que uma estimativa do custo total para o envio dessas dez mil cópias até elas chegarem às mãos dos leitores seria aproximadamente de 60.000 dólares. Foi calculado que custa cerca de 6 dólares por cópia. Conseqüentemente, se você fosse ofertar aproximadamente 6.000 dólares por mês para o evangelho, com esse dinheiro, nós poderíamos enviar 1.000 cópias dos nossos livros aos que nos pedirem, assim, isso seria exatamente o mesmo de pregar o evangelho para 1.000 pessoas por mês. E também quando esses 1.000 livros saíssem daqui, eles não ficariam parados. Alguns livros são passados de uma pessoa para outra e assim por diante. E assim muitos recebem a remissão de pecados.
Amados irmãos, por isso que a obra que você e eu fazemos e também a oferta que damos para o Senhor é algo tremendamente precioso. Isso é o que significa pregar o evangelho. Quando você dá suporte para a pregação do evangelho, você está salvando a vida daqueles que iam para o inferno. Isso é algo totalmente diferente dessa obras de construir templos de oração com tijolos vermelhos, comprar bancos para a igreja, comprar um imenso órgão musical, e assim por diante, que é o que essas igrejas do mundo fazem com o dinheiro recebido de seus membros. Uma obra verdadeiramente preciosa é essa de salvar vidas. Por isso que o Senhor disse: “Os que fizeram essa obra serão lembrados para a memória deles”. O Senhor é o Mestre de todas as coisas nesse universo. O Senhor pode fazer pessoalmente toda a obra sozinho, mas porque o Senhor é Deus e o Espírito Santo, Ele continua fazendo a obra de pregar o evangelho através de nós, Seus servos.
Se você e eu participarmos mesmo da preciosa obra do evangelho e servi-lo, isso será o mesmo que ter participado da construção do Reino dos Céus. Se tivermos o desejo de viver para servir ao Senhor, Ele nos dará essa oportunidade. O quanto essa obra é preciosa? Se você é alguém que verdadeiramente recebeu a remissão de pecados, então deve oferecer sua vida para a obra de salvar a alma das pessoas. E você também deve ter como objetivo de vida a obra de pregar o evangelho para os outros, e deve viver o resto da sua vida com esse propósito. Devemos viver segundo essa fé. Vocês compreendem isso?
Queridos irmãos, muitos têm feito sacrifícios pelo evangelho. Eles não tem somente servido ao Senhor com bens materiais, mas muitos têm deixado de lado sua própria juventude e oferecido-a para o Senhor. Qual a diferença entre os pastores e os santos? Pastores e obreiros em tempo integral são diferentes dos santos porque eles abdicaram de sua própria vida pelo Senhor. É claro que os irmãos e irmãs também servem ao Senhor de uma maneira preciosa. Dentre os santos, há muitos que são preciosos. Isso é algo digno de comemoração.
Mas pastores e obreiros em tempo integral são bem diferentes. Eles ofereceram suas vidas ao Senhor. Eles ofereceram não somente os bens materiais, mas também sua juventude. Como a passagem bíblica que diz: “Que apresenteis os vossos corpos como sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional” (Romanos 12:1), oferecer a juventude de alguém é algo extremamente precioso.
A obra de servir ao Senhor é algo imensamente precioso. Aqueles que participam dessa obra estão fazendo parte de uma obra extremamente preciosa. Eu espero que você participe dessa preciosa obra também. Eu não estou pedindo para você participar imediatamente, pelo contrário, eu espero que você participe da obra de servir ao Senhor aos poucos assim que a fé se consolide e cresça em seu coração. Então, através de nós que participamos da obra de servir ao evangelho, eu creio que ele será pregado pelo mundo inteiro com toda a força.
Eu não estou dizendo essas coisas para levantar agora uma grande doação em dinheiro. Jesus disse: “Onde quer que este evangelho for pregado em todo o mundo, também será referido o que ela fez, para memória sua” (Mateus 26:13). E eu só quero gravar essas palavras de Jesus nos nossos corações, e espero que conheçamos melhor a intenção do Senhor. Vocês crêem nisso? Estou certo que sim.
Eu tenho muito a dizer. Depois de eu nascer de novo após crer no evangelho da água e do Espírito, que diz que o Senhor apagou não só os meus pecados, mas os pecados das pessoas do mundo inteiro, a primeira oração que eu fiz foi essa: “Querido Deus, esse evangelho não está em nenhum lugar no mundo. Permita-me pregá-lo por todo o mundo”. Essa foi a primeira oração que eu fiz depois dos pecados que haviam em meu coração terem desaparecido.
Quando nasce de novo, a pessoa se torna como uma criança. Ela pode pensar: “Eu tenho que viver com essas coisas, mas quando elas forem embora, como eu vou viver?” E o coração é infantil ainda. Depois de nascer de novo, todo mundo é assim. Amados irmãos, independente de quem seja, as pessoas tendem a pensar que irão morrer sem dinheiro depois de nascerem de novo. Depois de eu nascer de novo, pensei: “Não existe esse evangelho no mundo inteiro, e já que estou ciente desse fato, como eu posso ignorá-lo? Então o Senhor disse: “A qualquer que muito for dado, muito se lhe pedirá” Através da Palavra, Deus me encorajou e admoestou grandemente. “Você não sabe? Você não tem muito? Então, pregue esse evangelho.” Sendo muito grato, mesmo não tendo muitas habilidades, eu primeiro orei, e conforme eu ia encontrando com as pessoas, eu comecei a pregar o evangelho para elas. E apesar de em muitas ocasiões eu ter pregado a Palavra de uma forma desorganizada, quando eu encontrava com as pessoas e lhes mostrava o evangelho da água e do Espírito, elas recebiam mesmo a remissão de pecados.
Depois de eu nascer de novo, o tempo passou tão depressa que eu nem sei como isso aconteceu. Eu não sei como eu cheguei tão rápido na idade de cinqüenta anos. Eu não consigo me lembrar muito bem como eu cheguei até essa idade. Mesmo antes de nascer de novo, eu cria em Jesus e vivia para Ele de alguma forma. Mas depois de nascer de novo, eu tinha um só pensamento: “O evangelho não existe em outro lugar no mundo, então como eu posso continuar vivendo só para mim mesmo?” Assim, eu comecei a pregar esse evangelho.
Mas não é fácil pregar o evangelho pessoalmente para as pessoas. Por exemplo, se houver duas ou três pessoas que ainda não nasceram de novo sentadas aqui, eu preciso falar bem alto, com toda força de meus pulmões. Somente assim essas almas poderiam se render à verdade e ser salvas. Eu precisaria tirar somente com a Palavra o pensamento, ensinamento, convicção religiosa dessas pessoas, entre outras coisas mais, e ao conduzi-las à verdade, eu teria que declarar vitória sobre as mentiras que as possuíam. Se tivesse que fazer isso eu ficaria rouco.
Mas quando eu fui pregar o evangelho, houve momentos que eu não tinha tempo suficiente para pregar para as pessoas, e eu pensava muitas vezes: “Em ocasiões assim, seria bom se eu tivesse um livro para dar a essa pessoa. Se essa pessoa está buscando a verdade, ela poderia receber a remissão de pecados lendo o livro.” E eu também pensei que até mesmo os estrangeiros poderiam receber a remissão de pecados lendo livros que contém esse evangelho. Esses pensamentos vinham em minha cabeça cada vez mais.
Então, de uma maneira muito simples, nós começamos nosso ministério de literatura. E nós o começamos para que pudéssemos pregar o evangelho de uma maneira bem simples realmente. A princípio, nós recebemos uma pequena oferta para o ministério de literatura, e com o dinheiro, eu comprei uma copiadora que custava 600 dólares. Durante o dia, eu pregava o evangelho na Escola Missionária, e à noite, quando eu chegava em casa depois do culto, eu usava a copiadora e deixava ela trabalhando direto. Tinha vezes que eu até pegava no sono na frente dela sem perceber. Quando eu acordava de manhã, imagine você, a máquina ainda estava funcionando. Você pode ver então o quanto eu gastava de conta de luz e como o toner acabava rápido. E quando eu dava o material que nós imprimíamos para os alunos da nossa Escola de Missões, eu dizia a eles: “Amarrem as pontas e colem bem as folhas para que elas nunca venham a soltar.” E eles colavam tão bem que aquilo durava mais de um ano. E até quando as faxineiras pegavam o material para limpar, as folhas não soltavam. E isso acontecia porque elas eram muito bem coladas.
Então eu fiquei mais ambicioso. “Nosso material está em preto e branco agora, mas não seria muito melhor se nós o fizéssemos colorido? Não ficaria muito melhor se tivesse mais do que duas cores?” Então eu comprei um toner colorido e comecei a imprimir panfletos de uma maneira bem simples. E os panfletos que eu fiz naquela época ainda podem ser encontrados no nosso departamento de edição. Foi assim que nós começamos o nosso ministério de literatura, mas ele não cresceu muito mais até hoje? A verdade é que as pessoas conseguem ler o evangelho através dos nossos livros, e assim também que elas têm contato com a verdade. Até uma japonesa chamada Itakaki Missao está lendo nossos livros e tendo comunhão com uma de nossas irmãs no evangelho. Assim, o evangelho pode ser levado a todos os japoneses através desses livros. Também é possível pregar o evangelho a todos que crêem em Jesus e àqueles que não crêem através destes livros.
Alguns anos atrás, muitos dos nossos pastores visitaram a diaconisa Soon-ok Park que vivia no Japão, e ela nos levou num famoso parque de Tóquio. Era um parque muito bonito e limpo, com muitas árvores de lótus que estavam todas florescendo. Enquanto estávamos lá, nós distribuímos nossos livros às pessoas, assim como fazemos na Coréia. E elas gostaram muito. Quando começamos a distribuir nossos livros ali, o evangelho começou a ser pregado aos japoneses também. Você e eu servimos ao Senhor e damos nossas ofertas como sacrifício, e por estarmos servindo ao Senhor, a verdade é que aqueles que hão de crer crerão realmente. Quando você tem um bem material e o oferta para o evangelho do Senhor, pessoas de varias línguas no mundo inteiro recebem a remissão de pecados através dos livros do evangelho que traduzimos e enviamos para elas.
Na bíblia, a “mulher” simboliza a igreja. Então, assim como disse o Senhor: “Onde quer que este evangelho for pregado em todo o mundo, também será referido o que ela fez, para memória sua”. A verdade é que o evangelho está sendo pregado no mundo inteiro por causa do sacrifício que a Igreja de Deus tem feito por ele, e o Senhor se lembrará de toda a nossa obra.
Deus se lembrará da obra que você e eu estamos fazendo para servi-Lo e se alegrará dela. Quando alguém for salvo, o Senhor se lembrará da nossa obra e dirá: “Essa alma recebeu a salvação porque alguém chamado fulano de tal serviu ao Senhor e ao evangelho.” É por isso que você e eu, depois de recebermos a remissão de pecados, termos que servir ao Senhor. Todo aquele que nasceu de novo tem que fazer o mesmo que aquela mulher fez e entender que a salvação que ele recebeu é algo muito precioso. E ele também tem que servir ao Senhor não apenas para que as pessoas ao seu redor sejam salvas, mas para que todos neste mundo recebam a salvação.

Aleluia!