Sermões

Assunto 9: Romanos

[Capítulo 8-5] ( Romanos 8:12-16 ) Andando na Justiça de Deus

( Romanos 8:12-16 )
“Assim, pois, irmãos, somos devedores, não à carne como se constrangidos a viver segundo a carne. Porque, se viverdes segundo a carne, caminhais para a morte; mas, se, pelo Espírito, mortificardes os feitos do corpo, certamente, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai. O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”.


O Apóstolo Paulo, como um homem que recebeu a salvação de Deus, disse que os crentes nascidos de novo não deveriam viver segundo a carne, mas segundo o Espírito. Em particular, Paulo disse que se nós, que temos a Justiça de Deus, vivermos segundo a carne, morreremos, mas se vivermos pelo Espírito, viveremos. Devemos, portanto, crer nesta verdade. Pelo que, então, aqueles que creem na Justiça de Deus devem viver? Eles devem viver segundo a Justiça de Deus ou os desejos da carne? Eles devem saber o que é correto e disciplinar seus corpos para se dedicarem às justas obras de Deus.


A Obrigação Inevitável

Paulo dizia que nós temos a obrigação de viver segundo o Espírito, não segundo a nossa natureza pecaminosa, porque nós, Cristãos, fomos salvos da ira de Deus e conduzidos à Sua Justiça. Antes de conhecermos a Justiça de Deus e crermos nela, não podíamos viver segundo o Espírito. Mas agora que conhecemos e cremos na Justiça de Deus, podemos dedicar nossos corações, pensamentos, talentos, corpo e tempo às Suas obras justas. Devemos ser instrumentos para pregar a Justiça de Deus e fazer Suas obras justas.


Viver Segundo o Espírito

Se você está em Cristo e vive pela sua natureza pecaminosa e não pelo Espírito, a Bíblia afirma que você perecerá como os descrentes. Isso porque, apesar de ser um Cristão nascido de novo, você na verdade não vive segundo a Justiça de Deus. Se você fosse um verdadeiro Cristão, você não viveria mais pela carne, mas pela Justiça de Deus, pois você está destinado a servir à Sua Justiça porque você crê nela. Se, em vez disso, você viver apenas pela carne, seu espírito morrerá. Porém, se você viver de acordo com a Justiça de Deus, você viverá em paz para sempre.


Filhos de Deus

“Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus”. (Romanos 8:14).
Aqueles que creem na Justiça de Deus receberam o Espírito Santo como presente e o Espírito Santo os guia. Estes são os “filhos de Deus”, eles têm o Espírito Santo habitando neles. Portanto, aqueles que não têm o Espírito Santo habitando neles não pertencem a Deus. O ponto de partida para seguir a Deus começa com a fé em Sua Justiça. Tornar-se filho de Deus começa com a fé no evangelho da água e do Espírito. Em outras palavras, se tornar um filho de Deus começa com a fé em Seu evangelho de Justiça. Isso significa que você se torna um membro da família de Deus pela fé em Sua Justiça e que Deus deu Sua Justiça para salvá-lo de seus pecados.
Quando Jesus foi visitado por Nicodemos, um líder Judeu, Jesus falou para ele que ninguém poderia se tornar um filho de Deus a não ser que a pessoa nascesse de novo da água e do Espírito. Nicodemos ficou maravilhado com isso e perguntou, “Como pode um homem nascer, sendo velho?”. (João 3:4). Jesus respondeu, “Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus. O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito. Não te admires de eu te dizer: importa-vos nascer de novo. O vento sopra onde quer, ouves a sua voz, mas não sabes donde vem, nem para onde vai; assim é todo o que é nascido do Espírito”. (João 3:5-8).

Jesus disse que a pessoa que não é nascida da água e do Espírito não pode entender o significado do novo nascimento. A fé no batismo que Jesus recebeu de João Batista e no sangue que Ele derramou na Cruz permite que aqueles que creem em Seu Ato de Justiça recebam a Justiça de Deus. Aqueles que creem na Palavra do evangelho podem receber o Espírito Santo como um presente. Uma pessoa pode obter a Justiça de Deus pela fé no evangelho da água e do Espírito, e todos que aceitam essa Justiça podem se tornar filhos de Deus. Aqueles que se tornam seu povo são nossos irmãos e irmãs.


O Espírito testifica que somos filhos de Deus

“Porque não recebestes o espírito de escravidão, para viverdes, outra vez, atemorizados, mas recebestes o espírito de adoção, baseados no qual clamamos: Aba, Pai.
O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus”. (Romanos 8:15-16).
Existem apenas duas maneiras de testemunhar o fato de que somos filhos de Deus. Primeiro, a Justiça de Deus que é revelada no evangelho da água e do Espírito nos tornado Seus filhos; e segundo, o Espírito Santo vem sobre nós. O Espírito Santo trabalha dentro do evangelho da água e do Espírito. Deus planejou todas essas coisas. Ter fé no evangelho da água e do Espírito é o testemunho dentro de nós que nos diz que nos tornamos filhos de Deus. Aqueles que se tornaram filhos de Deus por meio do conhecimento e da fé na Justiça de Deus têm o direito de orar a Deus como “Aba”, nosso Pai.

Vamos pensar racionalmente. Como alguém com pecado no coração pode chamar Deus de Pai? Deus Pai nunca teve pecadores como Seus filhos e um pecador nunca serviu a Deus como Pai. Você deve olhar para dentro de si mesmo e ver se, por acaso, também está cometendo um erro como esse. Aqueles que testificam que se tornaram filhos de Deus por meio do Espírito Santo são aqueles que creem na Justiça de Deus. Devemos pensar profundamente sobre a Justiça de Deus.