Perguntas Frequentes sobre a Fé Cristã

Assunto 1: Nascendo de Novo da água e do Espírito

1-11. Quem Foi João Batista, que Batizou Jesus?

Deus deu a Sua Lei e o sistema sacrificial ao povo de Israel por meio de Moisés para que eles pudessem expiar os seus pecados e iniquidades. Ele consagrou a Arão, o irmão mais velho de Moisés, como Sumo Sacerdote, para no décimo dia do sétimo mês oferecer sacrifício para expiação, no Dia da Expiação, para que os pecados do povo de Israel fossem purificados. (Levítico 16).
Deus deixou bem claro que o sacrifício do Dia da Expiação só poderia ser oferecido por Arão e pelos Sumos Sacerdotes da sua descendência que o sucederiam. Deus criou uma maneira de os israelitas expiarem todos os seus pecados pela imposição de mãos de Arão sobre a cabeça do bode emissário. Esta é a Lei que Deus estabeleceu para eles.
Através de tudo isso, Ele deixou bem claro que Jesus seria o Salvador da humanidade. Nos dias do Novo Testamento, Deus enviou João Batista, descendente de Arão (1 Crônicas 24:10, Lucas 1:5) e o último Sumo Sacerdote do Antigo Testamento. (Mateus 11:11-13). João Batista, como profeta enviado por Deus, representante da humanidade e Sumo Sacerdote, batizou Jesus para passar os pecados do homem para Ele, o Filho de Deus que salvou todos os pecadores. 
Todos nós somos abençoados porque podemos passar todos os nossos pecados para Jesus por meio de João Batista. O papel de João Batista era o de servo de Deus e Sumo Sacerdote que representaria o homem e passaria todos os seus pecados para Jesus. João Batista foi o representante da humanidade e seu Sumo Sacerdote enviado por Deus, um mensageiro enviado seis meses antes de Jesus. Por outro lado, Jesus foi o Cordeiro de Deus que tirou o pecado do mundo quando João Batista, que era o último Sumo Sacerdote, passou os pecados do mundo para Ele por meio do batismo. João Batista era um servo de Deus.