Perguntas Frequentes sobre a Fé Cristã

Assunto 1: Nascendo de Novo da água e do Espírito

1-27. Que versículos provam que “os Apóstolos davam mais ênfase ao batismo de Jesus?”.

Antes de qualquer coisa, precisamos discernir o significado do nosso batismo e do batismo de Jesus. Nós não podemos nascer de novo simplesmente sendo batizados nas águas. Nós só podemos nascer de novo crendo em Jesus Cristo. Cerimônias como o batismo ou a circuncisão não são critérios indispensáveis para a salvação de Deus. A Bíblia não define o batismo dos crentes como condição para a salvação. Mas, por outro lado, ela dá muita ênfase ao batismo que Jesus recebeu de João Batista. 
Na verdade, há muitas passagens bíblicas que apoiam a ideia de que o batismo de Jesus é indispensável e essencial para a nossa salvação. Antes de tudo, o batismo de Jesus aparece nos quatro evangelhos como o início do Seu Ato de Justiça. Por exemplo, o evangelho de Marcos começa justamente com o batismo de Jesus Cristo, e João escreve o seu evangelho em sequência, usando termos como “no dia seguinte” (1:29) e “no terceiro dia” (2:1), baseando-se no dia que Jesus foi batizado. 
João Batista declarou a Palavra de Deus um dia após Jesus ter sido batizado, dizendo: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”. (João 1:29). Este versículo significa que todos os pecados do mundo foram passados para Jesus quando João Batista O batizou. Depois, então, Ele morreu na Cruz para expiar os nossos pecados, dizendo: “Está consumado!”. (João 19:30), e ressuscitou dos mortos no terceiro dia. 
O Apóstolo Paulo disse que “Cristo morreu por nossos pecados segundo as Escrituras”. (1 Coríntios 15:3). Aqui, ‘as Escrituras’ significa o Antigo Testamento. Como o pecador oferecia sacrifício no Antigo Testamento para ser perdoado? Ele tinha que impor as mãos sobre a cabeça do sacrifício antes de imolá-lo. Se ele deixasse de “impor as mãos sobre a cabeça do sacrifício”, ele não poderia ser perdoado por ter oferecido um sacrifício ilegal. 
O Apóstolo Paulo disse: “Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte?”. (Romanos 6:3). Como podemos ser batizados em Jesus, então? Ser batizado em Cristo Jesus é crer no batismo que Ele recebeu no Rio Jordão, e não somente no nosso batismo nas águas. Quando cremos que João Batista passou todos os nossos pecados para Jesus quando impôs as suas mãos sobre a Sua cabeça, nós podemos ser batizados com Ele. 
“Pois todos vós que fostes batizados em Cristo, vos revestistes de Cristo”. (Gálatas 3:27). Aqueles que passaram todos os seus pecados para Jesus pela fé por meio de João Batista se tornaram os filhos de Deus que não têm pecado. 
“Nele também fostes circuncidados com a circuncisão não feita por mãos no despojar do corpo da carne, a saber, a circuncisão de Cristo”. (Colossenses 2:11). Ser circuncidado espiritualmente é o mesmo que se despojar do corpo da carne e ser liberto dos pecados. O Apóstolo Paulo diz em Romanos 2:29 que “a circuncisão que é do coração”, isto é, crer que o batismo de Jesus é o que tira os pecados do nosso coração. 
“Que também agora, por uma verdadeira figura - o batismo - vos salva, o qual não é o despojamento da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo”. (1 Pedro 3:21). O batismo é uma figura que nos salva. Como sabemos, as pessoas morreram nos dias de Noé porque não creram na água, mas ainda hoje há pessoas desobedientes que, apesar de crerem em Jesus, estão morrendo porque não creem no Seu batismo, ou seja, na água. 
O Apóstolo João revelou tudo sobre o evangelho ao escrever em sua primeira Epístola: “Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo. Ele não veio só pela água, mas pela água e pelo sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade”. (1 João 5:6). Jesus veio a nós tanto pelo batismo quanto pela Cruz para nos salvar de todos os nossos pecados. João também disse: “E três são os que testificam na terra: o Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito”. (1 João 5:8). Isso nos mostra que tanto o batismo de Jesus quanto à Cruz e o Espírito compõem a perfeita salvação. 
Jesus disse a Nicodemos: “Em verdade, em verdade, te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus”. (João 3:5). Nós nascemos de novo pela água e pelo Espírito. Tudo o que você precisa para receber o Espírito Santo como um dom e ser redimido é ter fé no batismo e na Cruz. Isso é o que a Bíblia diz sobre “nascer de novo”. 
Foi por isso que o Apóstolo Pedro disse: “Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados. E recebereis o dom do Espírito Santo (Atos 2:38). Você tem que ter no seu coração uma fé inabalável no batismo de Jesus para receber o perdão de todos os seus pecados e o dom do Espírito Santo. O que mais eu posso dizer? Não negue a verdade que há vários versículos que afirmam que o batismo de Jesus foi um Ato de Justiça indispensável para a nossa salvação. O Cristianismo deve retornar para o evangelho da água e do Espírito. 
“Pelo que, deixando os ensinos elementares da doutrina de Cristo, prossigamos para a perfeição, não lançando de novo o fundamento do arrependimento de obras mortas e da fé em Deus, e o ensino sobre batismos e imposição de mãos, e sobre a ressurreição dos mortos e o juízo eterno”. (Hebreus 6:1-2). Esse texto nos dá uma pista de como nós podemos encontrar o verdadeiro evangelho na Igreja primitiva. Eles ensinavam aos novos convertidos à doutrina dos batismos, da imposição de mãos, da ressurreição dos mortos e do juízo eterno. Todos nós temos que crer de coração que Jesus tirou todos os nossos pecados por meio do Seu batismo e morreu na Cruz para ser condenado pelos nossos pecados, conforme a justa Lei de Deus.