Проповіді

Assunto 24: Sermões para Aqueles que são Nossos Colaboradores

[24-13] O Senhor salvou todos os pecadores e nos deu a verdadeira vida (Marcos 2:13-22)

O Senhor salvou todos os pecadores e nos deu a verdadeira vida(Marcos 2:13-22)
“E tornou a sair para o mar, e toda a multidão ia ter com ele, e ele os ensinava. E, passando, viu Levi, filho de Alfeu, sentado na alfândega e disse-lhe: Segue-me. E, levantando-se, o seguiu. E aconteceu que, estando sentado à mesa em casa deste, também estavam sentados à mesa com Jesus e com seus discípulos muitos publicanos e pecadores, porque eram muitos e o tinham seguido. E os escribas e fariseus, vendo-o comer com os publicanos e pecadores, disseram aos seus discípulos: Por que come e bebe ele com os publicanos e pecadores? E Jesus, tendo ouvido isso, disse-lhes: Os sãos não necessitam de médico, mas sim os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores. Ora, os discípulos de João e os fariseus jejuavam; e foram e disseram-lhe: Por que jejuam os discípulos de João e os dos fariseus, e não jejuam os teus discípulos? E Jesus disse-lhes: Podem, porventura, os filhos das bodas jejuar, enquanto está com eles o esposo? Enquanto têm consigo o esposo, não podem jejuar. Mas dias virão em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão naqueles dias. Ninguém costura remendo de pano novo em veste velha; porque o mesmo remendo novo rompe o velho, e a rotura fica maior. E ninguém põe vinho novo em odres velhos; do contrário, o vinho novo rompe os odres, e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; o vinho novo deve ser posto em odres novos.”
 
 
Eu acabei de voltar deu encontro de avivamento na igreja de Gangreung, onde preguei a Palavra da verdade que se encontra em Marcos capítulos 1 e 2. O tema central desta Palavra é que Jesus Cristo é o Filho unigênito de Deus, o Criador que criou tudo que há no universo, que ele é o nosso Salvador e que podemos ser purificados de todos os nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito que ele nos deu. Por isso, se alguém crê em Jesus sem entender que ele é o Criador dos céus e da terra e o Salvador que veio a este mundo para nos livrar dos pecados do mundo pelo evangelho da água e do Espírito, sua fé não valerá de nada. Precisamos crer que o Senhor Jesus nos salvou de todos os nossos pecados. Todavia, ainda há muitos que não conhecem o evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus, e por isso ainda não foram libertos dos seus pecados. É muito importante que eles tenham fé em Jesus, embora precisem entender também que ele é o próprio Deus. Só assim eles poderão ser salvos de todos os seus pecados crendo em Jesus como o verdadeiro Salvador.
Embora os cristãos em todo o mundo professem crer em Jesus como Salvador e que levam uma vida de fé, eles creem nele sem entender o evangelho da água e do Espírito, a grande verdade da salvação que ele nos deu. Como resultado, eles continuam sendo pecadores e não podem ser filhos de Deus. A verdade é que a maioria dos cristãos confessos hoje na verdade denigrem o cristianismo com seus conceitos errôneos. Um bom exemplo disso é o bestseller O código Da Vinci, um romance escrito por alguém que se diz cristão. O tema central do livro gira em torno da ideia absurda de que Jesus se casou com Maria Madalena. O autor deste romance comete um erro grotesco porque não entende nada sobre a divindade de Jesus, muito menos a verdade do evangelho da água e do Espírito que ele nos deu. As pessoas cometem grandes erros porque não entendem a natureza divina de Jesus. Por fim, acabam se afastando dele e não confiando mais na misericórdia de Deus. E por não entenderem que Jesus é o seu Salvador, no fim acabam sendo destruídas.
Jesus diz ao paralítico no texto bíblico deste capítulo: “Filho, perdoados estão os teus pecados” (Marcos 2:5). Mas ele só pôde dizer isso ao paralítico porque é o próprio Deus e tinha autoridade divina para perdoar pecados. Só Jesus Cristo pode remir todos os nossos pecados de uma vez por todas. Por isso que ele disse em Marcos 2:10: “Ora, para que saibais que o Filho do homem tem na terra poder para perdoar pecados.” “Filho do homem” aqui significa que o Senhor é o Deus Salvador que nasceu num corpo carnal como Filho do homem. Melhor dizendo, Jesus é o próprio Deus que tem poder para perdoar nossos pecados. Ele tem esse poder porque é próprio Deus. Por isso que Jesus é o Salvador de todos os pecadores. Só Jesus Cristo, o próprio Deus, tem poder para remir os pecados de toda a humanidade. Só ele pode apagar nossos pecados de uma vez por todas com sua Palavra. Ele veio a essa terra encarnado como homem para deixar bem claro que ele é o Salvador que nos livra de todos os nossos pecados. Jesus é o próprio Deus que criou o universo e tudo que nele há, inclusive eu e você. Ele é o Salvador que nos livrou de todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito. Eu peço a todos vocês que creiam nesta verdade e recebem a bênção da salvação.
 
 
Comendo com pecadores
 
O texto bíblico que lemos hoje está em Marcos 2:13-22. Após curar o paralítico, se afastou para o mar porque havia muitas pessoas o seguindo. Então viu um publicano chamado Levi (também conhecido como Mateus) e fez dele um de seus discípulos. Após convidar Levi, Jesus foi cear com ele em sua casa. Naqueles dias, publicanos como Levi eram considerados traidores. Eles eram desprezados pelos israelitas porque cobravam impostos pesados para o Império Romano. Sendo assim, era algo comum os israelitas considerarem os publicanos traidores. Mas Jesus comia com publicanos.
Quando os fariseus viram isso, começaram a acusar Jesus e seus discípulos. Embora os fariseus cressem que Jeová era seu Deus, eles não criam em Jesus como o Salvador da humanidade. Por isso questionavam como Jesus, que afirmava ser o próprio Filho de Deus, podia partilhar o pão com pecadores. Mas ao ouvir os fariseus murmurando entre si, Jesus lhe disse: “Os sãos não necessitam de médico, mas, sim, os que estão doentes; eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores ao arrependimento” (Marcos 2:17).
Naqueles dias, havia um grupo de pessoas seguindo João Batista e seus discípulos jejuavam quando se reuniam. Então, para os fariseus, Jesus e seus discípulos pareciam glutões comparados aos discípulos de João Batista. Por isso que murmuravam entre si: “Por que os discípulos de Jesus são melhores do que os de João Batista? Os discípulos de João Batista sempre jejuam quando se reúnem, mas os de Jesus não fazem nada senão comer quando estão juntos.” Houve outras ocasiões em que os discípulos de Jesus foram chamados de glutões também. Certa vez eles violaram uma regra do judaísmo e comeram sem lavar as mãos, e outra vez entraram num campo no sábado e colheram espigas para comer.
Mas Jesus disse aos fariseus: “Podem porventura os filhos das bodas jejuar enquanto está com eles o esposo? Enquanto têm consigo o esposo, não podem jejuar” (Marcos 2:19). Quando somos convidados para um casamento, é de bom tom felicitar os noivos e participar da festa. Jejuar numa ocasião como esta seria uma atitude muito desrespeitosa com os noivos. Por isso que o Senhor disse: “Mas dias virão em que lhes será tirado o esposo, e então jejuarão naqueles dias” (Marcos 2:20).
 
 

A parábola dos odres

 
O Senhor então contou uma parábola para ilustrar isso melhor e disse: “E ninguém deita vinho novo em odres velhos; doutra sorte, o vinho novo rompe os odres e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se” (Marcos 2:22). Qual o sentido espiritual desta parábola? Como sabemos muito bem, Jesus está falando aqui do coração daqueles que creem no evangelho da água e do Espírito.
O Senhor veio a essa terra para livrar do pecado todos os pecadores que vivem aqui. Então, ele tirou todos os pecados do homem de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista. E já que levava sobre si todos estes pecados, ele tinha que ser crucificado. Mas ao ressuscitar dos mortos, ele se tornou nosso Salvador. Nos dias de Jesus Cristo, muitos não criam que ele era o Salvador, embora isso estivesse diante dos seus olhos. Eles precisam aceitar a justiça de Deus, mas seu coração estava cheio de outras coisas. Nos dias do antigo Testamento, ao longo de toda a sua vida o povo judeu esperou a vinda do seu Salvador viesse a essa terra. Mas quando ele finalmente veio, a maioria deles não o aceitou como seu Salvador.
Assim como a fé dos fariseus nos dias de Jesus era falha, assim ela o é nos cristãos atuais. Jesus veio a essa terra há dois mil anos, e quando fez trinta anos, ele tirou todos os pecados do homem de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista. Também foi crucificado, ressuscitou dos mortos, e assim se tornou nosso Salvador. Portanto, Jesus não é mais o Messias que viria, mas o Salvador que já veio e tirou todos os nossos pecados ao ser batizado. E para reconhecê-lo de modo correto como nosso Salvador, temos que crer no evangelho da água e do Espírito. Já que o Senhor é o nosso Salvador, todos nós temos que ser gratos a ele crendo no evangelho da água e do Espírito. Também temos que proclamar estas notícias maravilhosas àqueles que não conhecem este evangelho. Quando o Senhor volta a essa terra, todos nós entraremos no seu reino e desfrutaremos da sua glória para sempre.
Já faz mais de 2014 anos que nosso Salvador Jesus veio a essa terra pela primeira vez. E quando esteve aqui, ele livrou toda a humanidade dos seus pecados ao se batizado por João Batista, morrendo na cruz e ressuscitando dos mortos. Foi assim que Jesus tornou filhos de Deus todos que creem no evangelho da água e do Espírito. O Senhor nos salvou de todos os pecados deste mundo com este verdadeiro evangelho.
Mas embora o Senhor nos tenha dado a salvação há dois mil anos, muitos cristãos ainda não entendem isso. E por isso que a vida de fé que eles levam é em vão. Eu fico muito triste em ver tantos cristãos longe do caminho desse jeito, pois sua fé é totalmente infundada. O Senhor repreendeu os fariseus por sua fé errada, e também faz isso hoje com os cristãos que não creem no evangelho da água e do Espírito. E como eles não creem neste evangelho, seus pecados ainda não foram purificados; e é por isso que eles tentam em vão purificá-los com orações de arrependimento. Eles levam uma vida religiosa inútil procurando santificar sua alma. Por isso que o Senhor diz aqui que sua fé é errada.
Jesus veio a este mundo dois mil anos atrás, seis meses antes de João Batista. Ele levou todos os pecados do mundo ao ser batizado por ele, morreu crucificado levando estes pecados, ressuscitou dos mortos e assim nos salvou de um modo perfeito de todos os pecados do mundo. O Senhor nos livrou de sermos condenados pelos nossos pecados. Sendo assim, todos nós temos que crer no evangelho da água e do Espírito a fim de agradarmos ao Senhor, sermos gratos a ele e salvos de todos os nossos pecados. Temos que ser pessoas de fé que glorificam a Deus e creem no evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus.
No entanto, embora Jesus tenha vindo pelo evangelho da água e do Espírito, ainda há muitos que não creem neste evangelho. Por isso que temos que pregá-lo com muito mais dedicação. Embora o Senhor tenha vindo a essa terra há dois mil anos pelo evangelho da água e do Espírito, tragicamente muitos cristãos ainda jejuam e oram em vão para purificar seus pecados, pois não sabem o que está errado em sua fé. Por isso que eles prejudicam seu próprio corpo jejuando, numa tentativa inútil de receber a remissão dos seus pecados. Eles vivem atormentados porque não conhecem o evangelho da água e do Espírito e tentam purificar seus pecados usando todos os seus esforços. Por isso que é importantíssimo pregarmos o evangelho da água e do Espírito para os cristãos pecadores. Nós temos pregado este verdadeiro evangelho por mais de uma década no mundo todo através da nossa literatura e ministério de internet. E embora esta obra ainda não tenha sido completada, o evangelho tenho sido pregado amplamente a todos que sofrem por causa dos seus pecados e buscam a verdade da salvação, a fim de que eles a encontrem sem grandes dificuldades. Eu estou certo que o Senhor Deus ajudará os que realmente buscam o verdadeiro evangelho a encontrá-lo. Portanto, os cristãos atuais não têm mais desculpas para não nascer de novo crendo no evangelho da água e do Espírito. Eles só continuarão sendo pecadores se não buscarem a verdade com sinceridade.
Já que cremos no evangelho da água e do Espírito, cremos que Jesus nos salvou de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista, morrendo na cruz e ressuscitando dos mortos. Você e eu já fomos salvos porque ouvimos o evangelho da água e do Espírito e cremos nele de coração. E também há muitos outros neste mundo que creem na justiça de Jesus e a seguem. E como eles estão levando sua vida de fé? Eles vivem pela fé tendo a plena convicção de que Jesus apagou todos os seus pecados de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista. Também creem que ele lhes deu uma nova vida ao ser condenado pelos seus pecados na cruz e ressuscitando dos mortos. Sendo assim, todos que conhecem a justiça de Deus são muito felizes, e esta alegria tem que ser compartilhada com todos os outros que também creem em Jesus.
A triste realidade, porém, é que muitos cristãos ainda não conhecem a justiça de Jesus. E como estes cristãos pecadores não conhecem sua justiça, eles acabam levando uma vida religiosa. Até hoje esses cristãos equivocados continuam fazendo orações de arrependimento a Jesus e pedindo a ele para remir seus pecados. É verdade que temos que nos arrepender diante de Deus, mas também precisamos entender que nossos pecados jamais poderão ser purificados com orações de arrependimento. Deus é justo, e o Senhor salvou a todos entregando sua própria vida para pagar o salário do pecado. Embora o Senhor seja o próprio Deus, ele expiou os pecados do mundo obedecendo a justa lei de Deus que diz: “E quase todas as coisas, segundo a lei, se purificam com sangue; e sem derramamento de sangue não há remissão” (Hebreus 9:22).
Por isso que as orações de arrependimento, que não passam de palavras vazias, jamais podem purificar pecados. Segundo a lei de Deus, “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). O dom de Deus, ao contrário, é a vida eterna em nosso Senhor. Sua vida não pode ser salva pelo sacrifício de outro homem, mas somente pelo sacrifício precioso de Jesus Cristo. Jesus disse: “Os sãos não necessitam de médico” (Marcos 2:17). Foi para salvar os pecadores que ele veio a essa terra. Para alcançar e livrar todos os pecadores dos pecados do mundo, Jesus tirou todos os seus pecados ao ser batizado por João Batista, morrendo na cruz, ressuscitando dos mortos e salvando todos nós assim. E ao nos livrar de todos os pecados do mundo, ele nos tornou filhos de Deus todos que creem no evangelho da água e do Espírito e lhes deu a vida eterna. Em suma, o Senhor já completou a salvação de um modo perfeito e completo.
Apesar disso, muitos cristãos ainda buscam ser remidos dos seus pecados por seu próprio esforço, confessando sua fé falsa e cantando sem sentido algum: “♫Por favor, só chame um pecador miserável como eu quando tu chamares os outros pecadores.” Esses cristãos equivocados acreditam que sua devoção e piedade os levará a receber de Deus a remissão de pecados. E muitos deles hoje jejuam, passam a noite orando e vão sempre aos cultos achando que assim seus pecados serão remidos. E é justamente por isso que eles estão enganados.
Quando somos convidados para um casamento, nada mais natural do que cumprimentarmos os noivos, desejarmos que eles sejam felizes e aproveitamos a festa. Mas se dissermos que não queremos comer nada porque estamos em jejum, isso seria muito desrespeitoso para eles. Se nos recusarmos a beber ou comer algo na festa, isso significa que não temos ideia do que estamos fazendo ali então. Se não cumprimentarmos os noivos e não desfrutarmos da festa com eles, estaremos agindo errado naquele ambiente.
Do mesmo modo, temos que compartilhar a alegria de Deus com um coração grato, já que as bodas do seu Filho estão às portas. Se você crê mesmo em Jesus como seu Salvador, você tem que crer que ele é o Filho de Deus, que ele levou todos os seus pecados ao ser batizado por João Batista, morreu na cruz, ressuscitou dos mortos, e assim nos salvou de um modo perfeito e completo. Você precisa receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito e ser grato a Deus por esta maravilhosa bênção. Você só pode levar uma vida de fé se crer no evangelho da água e do Espírito. Afinal de contas, Jesus lhe salvou de todos os seus pecados ao ser batizado por João Batista, morrendo na cruz e ressuscitando dos mortos.
 
 

O problema dos cristãos atualmente

 
O problema dos cristãos atuais é que embora Jesus tenha cumprido a verdade da salvação pelo evangelho da água e do Espírito, eles não estão interessados em conhecer o verdadeiro evangelho. E o que é pior, eles tentam apagar seus pecados pelo próprio esforço, e por estarem cativos aos seus sentimentos, eles gemem e choram como se isso fosse salvá-los. Todos nós éramos como esses cristãos equivocados no passado. Nós também tentávamos purificar nossos pecados com nosso próprio esforço ao invés de nos lembrarmos que Jesus já nos salvou de uma forma perfeita com o evangelho da água e do Espírito. Nada poderia ser mais trágico do que isso. Afinal de contas, embora Jesus tenha chamado os pecadores para torná-los justos, ao invés de nos lembrarmos por que o Senhor fez isso, vivíamos oprimidos pelos nossos pecados e gemendo por causa deles. O que poderia ser mais errado do que isso?
Jesus nos salvou de todos os pecados do mundo e nos tornou justos. Então, todos nós temos que entender a justiça do nosso Senhor Jesus Cristo e crer nela. Só então poderemos ser gratos a ele do fundo do coração pela sua justiça e ter nossa fé aprovada por ele. Jesus apagou todos os nossos pecados e cumpriu a justiça de Deus de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. Ele remiu todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, morreu na cruz e ressuscitou dos mortos há cerca de dois mil anos.
Apesar disso, inúmeros cristãos ainda condenam a si mesmos devido aos seus pecados, batendo no peito por causa deles a todo o momento. E por que eles fazem isso? Eles são miseráveis porque não sabem que o Senhor já apagou todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito, e por isso não conseguem suportá-los. Mas será que o desejo do Senhor é que sejamos tão miseráveis? Ele se agrada de nos ver condenando a nós mesmos e morrendo por causa dos nossos pecados? Claro que não! Jesus veio a essa terra para chamar todos os pecadores e torná-los justos pelo evangelho da água e do Espírito. Melhor dizendo, quando íamos ser condenados por causa dos nossos pecados, Jesus nos salvou de todos eles e da condenação, tornando possível assim que entrássemos no reino dos céus. Portanto, todos nós temos que aceitar a graça do Senhor pela fé. E além de termos fé, precisamos entender bem que ele tirou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista e como ele foi condenado por causa de todos eles derramando seu sangue na cruz.
Estamos no ano de 2014, e isso significa que 2014 já se passaram desde que Jesus veio a essa terra. Jesus é o Filho de Deus e o próprio Deus, e foi por isso que ele veio a este mundo como o Salvador do homem e apagou todos os seus pecados de uma vez por todas ao ser batizado e derramando seu sangue na cruz. Isso significa que o Senhor já apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito há cerca de dois mil anos. Por esta razão, todos os cristãos têm que crer neste evangelho e deixar a hipocrisia religiosa. Eles precisam deixar tais práticas religiosas hipócritas e inúteis como jejuar, fazer orações de arrependimento e infringir sofrimento a si mesmos tentando apagar seus pecados. Eles precisam entender que Jesus já apagou todos os seus pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito e crer nesta verdade com gratidão. Para Deus, esta é a fé correta e a maneira certa de aceitar o amor de Deus. Será algo fabuloso se você aceitar o evangelho da água e do Espírito agora, mas se você ainda quiser se dedicar à sua vida de fé legalista, sua fé então estará totalmente errada.
Eu exortar todos os cristãos em todo o mundo a crer no evangelho da água e do Espírito. E estou exortando você agora porque há muitos cristãos no mundo todo tentando receber a remissão de pecados sem o evangelho da água e do Espírito. Se você até hoje tem levado uma vida de fé errada, você precisar mudar sua fé e crer no verdadeiro evangelho agora. Jesus diz no texto bíblico deste capítulo que ele veio chamar pessoas como Levi, o publicano, que são tão falhas que não conseguem evitar o pecado. Foi para salvar pessoas assim dos pecados do mundo e torná-las sem pecado que Jesus veio a essa terra. Já que todos em Israel odiavam os publicanos nos dias de Jesus, você acha Levi trabalhava coletando impostos porque queria? Não, ele trabalhava como publicano porque não conseguia arrumar outro emprego e não tinha terra para cultivar. Então, com o intuito de enriquecer, ele repassava somente uma parte dos impostos coletados para o Império Romano e ficava com o resto. Isso poderia acontecer com qualquer um. Se os fariseus estivessem na mesma situação que Levi e não conseguissem emprego, eles fariam a mesma coisa. Nós também facilmente agiríamos como Levi naqueles dias se estivéssemos na sua situação. Mas foi justamente para salvar pessoas assim que o Senhor veio a essa terra. E ele de fato salvou a todos que creem no evangelho da água e do Espírito. Portanto, todos nós temos que crer neste verdadeiro evangelho e ser gratos a Deus ainda mais. E temos que ser fiéis a ele confiando no evangelho da água e do Espírito.
Há cristãos demais neste mundo levando uma vida religiosa ao invés de uma vida de fé, confiando apenas nas doutrinas da sua igreja. E todos eles precisam deixar suas crenças religiosas. Eles têm que parar de amar o Senhor do seu jeito e deixar sua hipocrisia religiosa para serem amados por ele. Você só tem a perder se amar a Deus do seu jeito. O verdadeiro amor é recíproco. E nosso amor a Deus só é perfeito quando somos correspondidos. Se você diz que ama a Deus, você tem que ouvi-lo dizer: “Eu apaguei mesmo todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. Eu também te amei.”
O amor é imperfeito quando requer alguma coisa e não é correspondido. E como é através do evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos ama, temos que entender isso e amá-lo também. É errado amarmos o Senhor de qualquer jeito sem entendermos antes como ele nos ama. Mas para amarmos a Deus de verdade, primeiro temos que entender como nosso Senhor nos salvou de um modo perfeito de todos os nossos pecados através do seu batismo, da sua morte na cruz e da sua ressurreição. Nosso Senhor apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. Ele já remiu todos os nossos pecados com este verdadeiro evangelho e nos diz: “Eu já apaguei todos os seus pecados há muito tempo com o evangelho da água e do Espírito. Não temam, somente confiem na minha justiça, pois eu sou o seu Salvador. Eu sou o caminho, a verdade e a vida. Todos vocês agora podem entrar no céu crendo no evangelho da água e do Espírito. Eu remi todos os seus pecados com este evangelho e lhes dei a vida eterna.” Amados irmãos, já que professamos crer em Jesus, o Filho de Deus, como nosso Salvador, precisamos crer que ele já apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito. É isso o que significa nascer de novo da água e do Espírito (João 3:5), assim como ter fé é o mesmo que amar a justiça de Cristo. Todos nós temos que amar o Senhor com sinceridade, mas só podemos fazer isso quando cremos na justiça de Jesus Cristo.
 
 

Os cristãos atuais precisam crer na justiça de Deus primeiro para então amá-lo com sinceridade.

 
É no amor da justiça de Deus que precisamos crer para sermos salvos e amados por ele. Isso porque não fomos nós que o amamos primeiro, mas ele nos amou primeiro através do evangelho da água e do Espírito. Sendo assim, já que cremos em Deus, todos nós temos que entender o amor que Deus nos deu e confiar nele.
Os fariseus tinham muito consideração pelos discípulos de João Batista porque eles jejuavam e eram piedosos. No entanto, Jesus lhes disse que havia tirado todos os seus pecados de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista e que eles deveriam ver nesta verdade. Ele lhes disse: “Eu sou o anfitrião da festa, e todos que foram convidados para ela têm que se alegrar comigo. Eu vim a essa terra para apagar todos os seus pecados. E quando fui batizado por João Batista, eu remi todos eles ao morrer na cruz. Você tem que crer nesta verdade e se alegrar. Eu recebi todos os seus pecados ao ser batizado por João Batista, e logo depois fui crucificado, ressuscitei dos mortos e assim remi todos eles.” Em outras palavras, o Senhor está dizendo: “Eu apaguei todos os seus pecados de uma vez por todas e fui condenado em seu lugar. Assim os livrei de todo pecado e tornei perfeitos todos que creem no evangelho da água e do Espírito. Portanto, eu sou o Anfitrião celestial das bodas da salvação. Como pode então você ficar triste estando comigo? É certo você ficar triste estando comigo, seu perfeito Salvador? Não, claro que não! Deixe essa vida religiosa do passado. Apesar de ter pecado como Jeroboão, eu o salvei de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. Embora nenhum homem pudesse salvá-lo, eu o salvei de um modo perfeito através deste evangelho. Creia no evangelho da água e do Espírito então. Como um paralítico, você não pode fazer nada sozinho, mas eu apaguei todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. Por isso que eu disse ao paralítico: ‘Filho, você recebeu a remissão de pecados. Levanta, toma o teu leito e anda.’”
Então, todos que creem no evangelho da água e do Espírito já foram remidos de todos os seus pecados e agora são novas criaturas. Melhor dizendo, os paralíticos espirituais levantaram, tomaram seu leito e andaram. Jesus tem poder de remir e apagar todos os pecados com o evangelho da água e do Espírito porque é o próprio Deus. E o Senhor de fato recebeu todos os nossos pecados quando foi batizado por João Batista. E foi condenado por eles ao morrer crucificado. Ele então ressuscitou dos mortos e assim se tornou nosso verdadeiro Salvador. É imprescindível que todo cristão no mundo inteiro creia que todos os seus pecados foram apagados pelo evangelho da água e do Espírito.
O Senhor diz no texto bíblico deste capítulo: “Ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha; doutra sorte o mesmo remendo novo rompe o velho, e a rotura fica maior” (Marcos 2:21). As roupas que você está usando agora ficarão tão gastas daqui a dez ou vinte anos que rasgarão facilmente. E o que acontecerá com essas roupas se você tentar costurá-las? Ao invés de consertá-las, vai ficar pior ainda, pois o tecido velho não vai aguentar a costura. Por isso que o Senhor disse que o vinho novo só pode ser colocado em odre novo.
Isso significa que o evangelho da água e do Espírito é a verdade atual e celestial que apaga os pecados do homem. O povo de Israel oferecia sacrifícios segundo a lei do Antigo Testamento até o Senhor se revelar nessa terra. Todo ano, para apagar os pecados anuais dos israelitas, o sumo sacerdote tinha que impor as mãos sobre o holocausto, degolá-lo, passar seu sangue nas pontas do altar de ofertas queimadas, e derramar o restante no chão. Mas o sacrifício antigo era diferente do sacrifício eterno que Jesus ofereceu nos dias no Novo Testamento. O próprio Senhor veio a essa terra; o Filho de Deus pessoalmente levou sobre seu corpo todos os nossos pecados ao ser batizado, morreu na cruz e ressuscitou dos mortos, se tornando assim nosso perfeito Salvador. Este é o novo ensinamento que vem do reino dos céus. É a verdade do novo evangelho. A nova verdade da salvação foi enviada a essa terra.
Ao contrário do sumo sacerdote do Antigo Testamento, o próprio Senhor Jesus veio a essa terra com Sumo Sacerdote do reino dos céus e pessoalmente levou todos os nossos pecados sobre seu corpo de uma vez por todas ao ser batizado. Depois ele entregou seu corpo na cruz onde morreu derramando seu sangue, ressuscitou dos mortos, e assim salvou de todos os pecados de um modo perfeito todos nós que cremos nesta verdade. Como resultado, aprendemos um novo ensinamento no coração crendo no evangelho da água e do Espírito. O Senhor livrou a todos que creem neste verdadeiro evangelho através deste caminho da salvação que ele preparou para nós. Sendo assim, é pela fé no verdadeiro evangelho da água e do Espírito que somos salvos.
Mas e você? Você já foi salvo de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito? É pela fé na obra da justiça da salvação de Deus que somos salvos de todos os nossos pecados. Agora, se você não está interessado pelo que o Senhor fez por você, e ao invés disso diz que crê em Jesus segundo seus pensamentos carnais, você está muito errado. Ninguém pode crer em Jesus assim, muito menos dar tão pouco valor à justiça do Senhor. Você tem que se lembrar do que ele diz no texto bíblico deste capítulo, que não se põe vinho novo em odre velho.
O que acontecerá se pormos vinho novo em odre velho? Colocar um pouco até que é possível, mas se enchermos o odre velho, a pressão fará com que ele comece a vazar e o vinho escorrerá. Pior ainda, se o odre estourar, todo o vinho vai ser derramado no chão e estragar. Esta parábola nos ensina que jamais devemos misturar a justiça de Jesus Cristo com nossos pensamentos carnais. Melhor dizendo, o Senhor está dizendo aqui que não devemos crer nele como nosso Salvador de uma forma legalista.
 
 

Temos que entender que nenhuma fé legalista por nos tornar perfeitos

 
O que todos nós temos que entender aqui é que jamais poderemos ser salvos do pecado tendo uma fé legalista, e muito menos por meio de boas obras. A verdadeira salvação só pode ser alcançada quando cremos que o Senhor nos salvou e nos tornou perfeitos de uma vez por todas ao vir a essa terra, sendo batizado por João Batista e derramando seu sangue até a morte. Só assim poderemos obter a verdadeira salvação. Em outras palavras, somente quando aceitamos a justiça de Deus e seu amor crendo no evangelho da água e do Espírito é que podemos receber a verdadeira salvação. O Senhor nos salvou de todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito; então, é pela fé neste verdadeiro evangelho que somos salvos. Sendo assim, todos nós temos que crer no evangelho da água e do Espírito para recebermos a vida eterna. A salvação só pode ser alcançada crendo nesta nova verdade – ou seja, tendo fé no evangelho da água e do Espírito. E é confiando neste evangelho que todos nós devemos viver pela fé.
Obviamente, não há dúvida alguma de que pecamos o tempo todo em nossa vida. Mas nossos pecados pessoais não são purificados com orações de arrependimento, e sim crendo no evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu. Quando pecamos, devemos confessar nossos pecados a Deus. E confessar pecados aqui significa reconhecer literalmente diante de Deus os pecados que cometemos. Ao mesmo tempo, precisamos crer que o Senhor apagou os pecados que cometemos desde que nascemos com o evangelho da água e do Espírito e buscá-lo pela fé. Qual deve ser o foco da nossa vida de fé? Nosso foco deve ser o evangelho da água e do Espírito que o Senhor cumpriu por nós. Em outras palavras, nosso foco deve estar no fato de que o Senhor tirou todos os nossos pecados de uma vez por todas ao ser batizado por João Batista, morreu na cruz, ressuscitou dos mortos, e assim se tornou nosso Salvador. É nisto que todos nós devemos crer.
No Antigo Testamento, quando o povo de Israel foi picado por serpentes ardentes o deserto e culparam a Deus por isso, o Senhor disse a Moisés par levantar uma haste com uma serpente de bronze para que os israelitas olhassem para ela com fé. Moises então fez como Deus mandou e pendurou a serpente de bronze numa haste. Então disse ao povo de Israel que todo aquele que olhasse para ela viveria. E assim como Deus disse, todos que olharam para a serpente de bronze pendurada na haste foram salvos pela fé.
Embora Satanás tenha nos enganado para nos acusar dos nossos pecados, o Senhor apagou todos eles de uma vez por todas quando veio a essa terra com o evangelho da água e do Espírito, todos os pecados que o vil Satanás trouxe a nós. Ao ser batizado por João Batista nessa terra, o Senhor levou todos os pecados que cometemos devido às nossas fraquezas, tanto no corpo como no coração, e foi pendurado na cruz, onde morreu derramando seu sangue. Deste modo, nosso Senhor purificou todos os nossos pecados e nos livrou da condenação pelos nossos pecados de uma vez por todas. Por isso que todo aquele que olha para o evangelho da água e do Espírito e nele crê pode ser salvo. Portanto, todos que hoje olham para o evangelho da água e do Espírito podem receber a remissão de pecados e gozar a vida eterna.
Hoje, todos que olham para a justiça de Deus e crê nela pode ser liberto de todos os seus pecados, não importa quantos tenha cometido. Não importa que tipo de pecado você cometeu. Por mais que seus pecados sejam vis e malignos, o Senhor já apagou todos eles com o evangelho da água e do Espírito. E também não importa quem pecou, pois o Senhor já apagou todos os seus pecados, seja ele um monge budista, um bandido ou um assassino em massa como Adolf Hitler. Você pode ser sido um homossexual, viciado em drogas ou até mesmo um serial killer, pois isso não muda em nada o fato de que todos os seus pecados já terem sido remidos pelo Senhor Jesus Cristo.
Então, a única razão de ainda haver pecado no coração das pessoas é que elas não conhecem a justiça de Jesus. Para Deus, já não existe mais nenhum pecado, pois Jesus já tirou todos eles quando foi batizado e condenado por eles derramando seu sangue na cruz. Então, se você reconhecer seus pecados perante Deus e olhar para a justiça do Senhor pela fé, você saberá que ele já apagou todos os seus pecados de um modo perfeito e completo. Se você reconhece pela fé que o Senhor lhe salvou com o evangelho da água e do Espírito, pela fé você poderá ser salvo. Você só pode ser salvo se crer no evangelho da água e do Espírito. Jesus veio a essa terra e nos salvou de uma vez por todas com este verdadeiro evangelho. Sendo assim, você só pode ser salvo de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, sendo grato a Deus pela sua salvação pela fé, se tornando seu obreiro pela fé, pregando este evangelho celestial pela fé, e levando uma vida de retidão pela fé até entrar realmente no reino de Deus e gozar da vida eterna.
A única coisa que nos leva à salvação é a fé no evangelho da água e do Espírito. Há cerca de dois mil anos atrás, o Senhor salvou os que creem no evangelho da água e do Espírito de todos os seus pecados. Por isso que hoje levamos uma vida abençoada na era da graça.
Mas apesar disso, muitas pessoas ainda vivem de práticas religiosas hipócritas e levam uma vida de fé legalista. E esses cristãos religiosos precisam deixar sua fé errada. Eles têm que rejeitar essa vida religiosa que estão levando como fariseus. Todos os cristãos em todo o mundo precisam deixar sua vida religiosa e voltar para o evangelho da água e do Espírito. Essa vida religiosa nada mais é do que odre velho.
Jesus é o Salvador de toda a humanidade. E apesar de ser o Filho de Deus, ele também é o próprio Deus. Jesus é o próprio Deus que criou o universo e tudo em que nele há. E este Deus se fez homem e veio a essa terra. Depois foi batizado para levar os pecados do mundo, morreu crucificado para pagar o salário por eles, e ressuscitou dos mortos para salvar a todos nós. Foi assim que o Senhor nos salvou, e é nisso que devemos crer.
Todos neste mundo têm que crer no evangelho da água e do Espírito, o único evangelho da salvação segundo a Bíblia. O que Deus nos ensina desde o começo através das Escrituras é justamente o evangelho da água e do Espírito. Portanto, todos nós temos que crer na Palavra da água e do Espírito e nos preparar para viver pela fé em Jesus Cristo. Do mesmo modo, é confiando no evangelho da água e do Espírito que devemos nos preparar para o livramento que o Senhor nos dará de todas as catástrofes que acontecerão neste mundo. Todos nós temos que nos preparar através deste verdadeiro evangelho para receber o Senhor quando ele voltar.
A segundo vinda do Senhor está muito perto. Então, todos neste mundo têm que crer no evangelho da água e do Espírito para ser libertos do pecado e se preparar para o mundo vindouro. Todo aquele que não se preparar pela fé será destruído tanto física como espiritualmente. Todo cristão no mundo inteiro tem que crer no evangelho da água e do Espírito e se preparar para a volta do Senhor. Eu sei que você está se esforçando muito com tanto trabalhar a fazer. Mas nossa luta espiritual está apenas começando. Nós continuaremos com nosso ministério de literatura e pregando o evangelho da água e do Espírito em todas as nações deste mundo. Assim, muitos lerão nossos livros do evangelho e serão libertos de todos os seus pecados. E esses novos crentes, por sua vez, pregarão o evangelho para seus conterrâneos, os edificarão e ajudarão a caminhar até que ele seja pregado a todos nessa terra. É assim que devemos preparar o caminho para a volta do Senhor. E não nos resta muito tempo para fazer este trabalho, pois a volta do Senhor é iminente.
Em breve a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito estará completa. Muitos obreiros têm sido levantados no mundo inteiro, e muito outros serão no futuro. Você pode até achar que a obra do evangelho está lenta demais, mas você está errado. Na verdade, ela está indo bem rápido. O dia da volta do Senhor está mesmo muito perto, e daqui a bem pouco tempo não poderemos mais pregar o evangelho da água e do Espírito. Por este motivo, todos os crentes neste mundo têm que deixar sua fé religiosa o quanto antes, crer no evangelho da água e do Espírito e voltar para os braços do Pai. Ainda há muito que precisa ser pregado para eles. Mas o Senhor trabalhará em nossa vida a fim de que o ministério do evangelho seja cumprido.
Há muitos cristãos desviados neste mundo. E a maioria deles ainda vive o cristianismo como uma prática religiosa. E a maior parte deles hoje crê na doutrina da transubstanciação e acreditam que comem literalmente o corpo de Jesus e bebem seu sangue quando participam da eucaristia. Eles creem que o pão e o vinho da santa ceia se transformam no corpo e no sangue de Jesus quando participam dela, que assim podem receber a vida eterna.
Alguém de Busan me enviou um email recentemente dizendo que havia recebido a remissão de pecados depois de ler um dos nossos livros. Ele também mencionou a doutrina da transubstanciação em seu email e me perguntou o que há de errado nesta doutrina que muitas igrejas creem. Ele destacou como alguns cristãos acham que estão literalmente comendo o corpo de Jesus e bebendo seu sangue, e que isso os leva a receber a vida eterna quando participam da santa ceia, e me perguntou se eu falo sobre este assunto em alguns dos meus livros. Eu então lhe disse para ler meu livro sobre o evangelho de João.
Ninguém é salvo do pecado só porque participa da santa ceia ou crê nela. É verdade que Jesus diz em João 6 que todo aquele que come sua carne e bebe seu sangue tem a vida eterna, mas qual o verdadeiro significado da carne de Jesus? Falando espiritualmente, a carne de Jesus significa que ele veio a essa terra encarnado como um homem e levou todos os pecados do mundo sobre seu corpo ao ser batizado por João Batista. Beber o sangue de Jesus, por sua vez, é crer no sangue que ele derramou na cruz. Portanto, só podemos receber a salvação se crermos no batismo e no sangue de Jesus, assim como na sua ressurreição. Em outras palavras, só podemos ser salvos crendo no ministério do evangelho da água e do Espírito que o Senhor cumpriu nessa terra. Só podemos receber a salvação crendo na encarnação de Jesus nessa terra, no seu batismo, na sua crucificação e na sua ressurreição. E ter esta fé é o mesmo que comer o corpo de Jesus e beber seu sangue. Portanto, quando a Bíblia diz que devemos comer o corpo de Jesus e beber seu sangue, isso significa que devemos crer que o Senhor levou todos os nossos pecados sobre seu corpo de uma vez por todas. Melhor dizendo, comer o corpo de Jesus é crer que todos os pecados foram passados para ele ao ser batizado. Deste modo, cremos que Jesus levou todos os nossos pecados sobre seu corpo e foi condenado por eles na cruz. Por isso que ele disse: “Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida” (João 6:55).
Foi Jesus Cristo que nos salvou de todos os nossos pecados, e a salvação só pode ser encontrada no seu batismo e no seu sangue na cruz. Só podemos ser salvos crendo em Jesus. Em breve inúmeros cristãos de todas as raças e tribos também receberão a verdadeira remissão de pecados, assim como os católicos e protestantes.
O cristianismo hoje está em franco declínio e perdendo sua influência no mundo inteiro. Mas os que hoje ouvem de nós o evangelho da água e do Espírito e são salvos pela fé darão testemunho deste verdadeiro evangelho conosco. Assim como os discípulos de Jesus pregaram o evangelho em toda a parte dos dias da Igreja Primitiva, os novos crentes darão testemunho do evangelho agora. Eu estou certo disso.
Todos neste mundo têm que deixar sua fé religiosa. Eles precisam voltar para a justiça de Deus e crer nela. Precisam entender como Deus os amou e que ele tem poder para remir todos os seus pecados. Também precisam entender que Jesus Cristo é o próprio Deus e o Salvador de toda a humanidade. Além disso, que ele foi batizado por João Batista, morreu crucificado e ressuscitou dos mortos como seu Salvador. Todos poderão receber a remissão de pecados e a vida eterna quando entenderem esta verdade e creem nela.
Assim como somos gratos a Deus por ter nos dado bênçãos tão maravilhosas, também devemos ter esperança e orar para que Deus torne conhecido o evangelho da água e do Espírito a todos neste mundo, a fim de que eles creiam neste verdadeiro evangelho.