Проповеди

Assunto 26: LEVÍTICO

[26-15] Dedique sua vida para salvar almas (Levítico 17:10-16)

Dedique sua vida para salvar almas(Levítico 17:10-16)
“‘E qualquer homem da casa de Israel, ou dos estrangeiros que peregrinam entre eles, que comer algum sangue, contra aquela alma porei a minha face, e a extirparei do seu povo. Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma. Portanto tenho dito aos filhos de Israel: Nenhum dentre vós comerá sangue, nem o estrangeiro, que peregrine entre vós, comerá sangue. Também qualquer homem dos filhos de Israel, ou dos estrangeiros que peregrinam entre eles, que caçar animal ou ave que se come, derramará o seu sangue, e o cobrirá com pó; Porquanto a vida de toda a carne é o seu sangue; por isso tenho dito aos filhos de Israel: Não comereis o sangue de nenhuma carne, porque a vida de toda a carne é o seu sangue; qualquer que o comer será extirpado. E todo o homem entre os naturais, ou entre os estrangeiros, que comer corpo morto ou dilacerado, lavará as suas vestes, e se banhará com água, e será imundo até à tarde; depois será limpo. Mas, se os não lavar, nem banhar a sua carne, levará sobre si a sua iniquidade”.
 
 

Jesus tem poder soberano sobre toda vida

 
O povo de Israel era proibido de comer qualquer coisa com sangue nos dias do Antigo Testamento. E este era um dos primeiros mandamentos que Deus deu ao povo de Israel. Ao proibir os israelitas de comer sangue, Deus na verdade estava mandando que eles não comessem a vida da carne. Esta foi a intenção de Deus ao dizer que eles podiam comer a carne dos animais, mas não o sangue. Deus tem poder soberano sobre toda a vida.
Em relação a este assunto, é muito importante que nós que cremos no evangelho da água e do Espírito entendamos o que Deus está nos dizendo aqui para salvar nossa vida. Em outras palavras, é nossa obrigação compartilhar a vida ao invés de fazê-la perecer. Temos que salvar almas e levá-las a receber a remissão de pecados através do evangelho da água e do Espírito. Mas como podemos fazer isso?
 
 
As obras da carne são notórias
 
Temos que ser guiados pelo Espírito Santo para salvar almas. E a primeira coisa que devemos fazer para conseguirmos isso é crer no evangelho da água e do Espírito. Não devemos ser cobiçosos de vanglórias, irritando-nos uns aos outros, invejando-nos uns aos outros (Gálatas 5:26).
Qual é a obra que leva à salvação de almas então? Sabemos muito bem que o fruto do Espírito é diferente do fruto da carne. As obras da carne são evidentes, e isso inclui adultério, fornicação e rejeição da justiça de Deus. Também envolve idolatria, feitiçaria e inimizade à justiça de Deus. Outros elementos das obras da carne são porfias, ciúmes, explosões de ira e ambições egoístas. Também fazem parte da lista pelejas, dissensões, heresias, inveja, bebedices e lascívia. Podemos ver que as obras da carne são notórias. E a lista de todas elas se encontra em Gálatas 5:19-26. Está muito claro também que elas são totalmente contrárias à obra do Espírito Santo para salvar almas. A Bíblia diz em Gálatas 5:19-21: “Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, fornicação, impureza, lascívia, idolatria, feitiçaria, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias, invejas, homicídios, bebedices, glutonarias, e coisas semelhantes a estas”. Quem leva uma vida assim não pode fazer a obra para salvar almas.
Está escrito em Levítico 17:12: “Não comereis o sangue de nenhuma carne, porque a vida de toda a carne é o seu sangue; qualquer que o comer será extirpado.” Também encontramos a proibição de comer o sangue da carne em Gênesis 9. Deus disse que não podemos comer sangue porque se fizermos isso estaremos matando a alma que pode ser salva.
 
 

Qual é a obra que salva a almas?

 
Deus deu um mandamento específico a todos que nasceram após o dilúvio de Noé, como está escrito: “Tudo quanto se move, que é vivente, será para vosso mantimento; tudo vos tenho dado como a erva verde. A carne, porém, com sua vida, isto é, com seu sangue, não comereis” (Gênesis 9:3-4). Com isso, Deus está dizendo que jamais devemos matar e devorar a alma de ninguém, embora de vez em quando façamos algo da carne. Então jamais devemos fazer algo que leve a alma de alguém a perecer. Deus nos proibiu de comer a carne dos animais com seu sangue, pois a vida da carne está no sangue, e sangue é o mesmo que vida. Portanto, jamais devemos pregar um falso evangelho e matar almas que poderiam ser salvas. Temos que fazer algo para salvar almas ao invés de matá-las.
Todos têm vida. E é por isso que devemos salvá-la. Mas para fazer isso não devemos seguir a carne, e sim nos dedicar totalmente para salvar as almas que estão perecendo. E se cometermos algum pecado em nossa carne, temos que purificá-la novamente crendo no evangelho da água e do Espírito.
A Bíblia diz em Levítico 17:15-16: “E todo o homem entre os naturais, ou entre os estrangeiros, que comer corpo morto ou dilacerado, lavará as suas vestes, e se banhará com água, e será imundo até à tarde; depois será limpo. Mas, se os não lavar, nem banhar a sua carne, levará sobre si a sua iniquidade”. Num sentido espiritual, quem come corpo morto ou dilacerado se refere aos que creem num falso evangelho, não no verdadeiro. E já que pecam em sua carne, eles têm que lavar suas vestes, banhar-se em água e permancer imundos até a tarde. Só depois se tornavam puros novamente.
Como podemos purificar nossas iniquidades? Só podemos fazer isso pela fé no evangelho da água e do Espírito. Temos que ir ao rio Jordão onde o Senhor levou sobre si todos os nossos pecados e purificá-los pela fé na justiça de Deus. Num sentido espiritual, temos que nos purificar crendo na justiça de Jesus quando comemos carne dilacerada, pois assim nossos pecados são passados para o Senhor e recebemos a remissão de pecados pela fé. Temos que purificar nosso coração pela fé no batismo de Jesus e no seu sangue. É assim que ele é purificado.
O que acontece se pecarmos de novo após recebermos a remissão de pecados, mas não os passamos ou purificamos meditando pela fé no evangelho da água e do Espírito? Não seremos renovados. Na verdade, sofreremos por causa dos pecados que ainda há em nós. Então, se pecarmos sem querer, temos que purificar este pecado imediatamente crendo no evangelho da água e do Espírito. Mas isso não significa que devemos purificar nossos pecados com orações de arrependimento; ao contrário, devemos fazer isso confiando no evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus. Temos que ir ao rio Jordão, confessar que estes pecados foram de fato passados para Jesus através do ministério de João Batista, e confirmar isso novamente pela fé. Todos os santos têm que se purificar assim com o evangelho da água e do Espírito.
Então, se cometer algum pecado na carne, você precisa purificá-lo o quanto antes pela fé na justiça de Deus. Sem fé no evangelho da água e do Espírito não podemos purificar nossos pecados, como dizem as Escrituras: “Mas, se os não lavar, nem banhar a sua carne, levará sobre si a sua iniquidade”. Sendo assim, temos que ir ao rio Jordão e purificar nossos pecados o mais rápido possível pela fé na justiça de Deus. Temos que purificar nossos pecados crendo que Jesus já tirou todos eles.
Temos que fazer a obra para salvar as almas que estão morrendo. Mas para fazermos isso, não podemos seguir nossa carne. Devemos nos alegrar e regozijar com esta obra que salva muitas almas pela fé. E é pela fé que fazemos a obra do Espírito, ou seja, a obra de salvar almas do pecado. Temos que cumprir nosso papel, que é purificar os pecados das pessoas com a água pura do rio Jordão. Mas para isso temos que viver pela fé na justiça de Deus.
Mas como podemos salvar almas? Primeiro orando por aqueles que conhecemos, nossos familiares, amigos, colegas de trabalho. Seja quem for, temos que levá-los a remissão de pecados, pois ela virá até eles através de nós. Devemos fazer esta obra ao longo de toda a nossa vida. Já que fomos remidos, temos que pregar o evangelho da água e do Espírito para salvar almas. Não devemos viver somente para nossa carne, preocupados com o que vamos comer ou beber. As obras da carne são notórias e incluem adultério, ganância e tudo que se assemelha a isso. E não devemos viver para estas coisas. De agora em diante, temos que tomar a decisão de nos dedicar para salvar almas para o resto da vida. É crucial entendermos como é importante salvar as almas que estão mortas no pecado.
Nossa alma é mais valiosa do que tudo que há debaixo do céu. E o evangelho da água e do Espírito, o evangelho da remissão de pecados, é a preciosa Palavra de Deus que pode salvar todo mundo. Por isso que devemos pregar este evangelho a todas as pessoas para que elas creiam nele de todo o coração e assim recebam a total remissão de pecados. Temos a obrigação de ajudar as pessoas a entender como é importante e essencial a remissão de pecados. Não podemos deixar de fazer esta obra. Qual o valor de uma vida? Geralmente as pessoas dão valor à vida quando estão morrendo. Quando a morte está às portas é que descobrimos como ela é valiosa e importante.
Pregar o evangelho significa salvar almas que estão mortas no pecado proclamando a obra do batismo de Jesus e do seu sangue na cruz. A pregação do evangelho da água é o que salva almas. E estamos nos esforçando para salvar a alma de todos, pois a pregação do evangelho é justamente para trazer os mortos de volta à vida.
Como esta obra é importante! Existe alguma obra mais importante do que esta nesta terra? Não, salvar almas é a obra mais importante que existe. Está escrito: “Porque a vida da carne está no sangue; pelo que vo-lo tenho dado sobre o altar, para fazer expiação pelas vossas almas; porquanto é o sangue que fará expiação pela alma” (Levítico 17:11).
 
 
A obra mais importante
 
A obra mais importante que existe é compartilhar o amor de Deus; e isso é o mesmo que anunciar a obra da água e do sangue de Jesus. Com a água, ele purificou nossos pecados; com sua vida, ele foi condenado por eles para nos dar uma nova vida. O Senhor também nos livrou da condenação e fez com que nascêssemos de novo. Esta obra é mais importante do que qualquer outra neste mundo. O evangelho da água e do Espírito que estamos pregando é o que salva almas. Então, já que sabemos como é importante salvar almas, temos que nos dedicar ainda mais à pregação do evangelho da água e do Espírito para conseguirmos isso.
Temos que nos dedicar a esta obra, indo até as almas e guiando-as. Mas para fazermos a obra de salvar almas, espiritualmente falando, temos que pegar a lenha do altar de ofertas queimadas, pois para isso é preciso água e fogo. Também é preciso servos de Deus, sua Palavra e seus obreiros fiéis. Nosso Deus também tem que estar conosco, assim como obviamente precisamos de recursos financeiros. Vocês podem convidar quem quiser para este encontro de avivamento. Se caso não tenha ninguém para convidar, vocês podem participar contribuindo financeiramente. Todos que querem participar deste encontro de avivamento são bem vindos, pois estamos fazendo isso voluntariamente pela fé na justiça de Deus.
Salvar vidas é uma obra muito importante, linda e abençoada. Os que possuem o evangelho da água e do Espírito, ou seja, que receberam a remissão de pecados, pregam este evangelho àqueles que ainda não receberam. E aqueles que já creem no evangelho da água e do Espírito levam os pecadores a receber a remissão de pecados pregando este evangelho para eles. Deste modo, eles são purificados dos seus pecados e se tornam justos. Esta é a imagem mais linda que há neste mundo. E esta imagem é a mais linda de todas, mais impressionante do que qualquer outra nesta terra.
Aqueles que servem a Deus para salvar almas também são muito lindos. Não é maravilhoso ver um médico salvar a vida de alguém? Os médicos curam os doentes. É algo como um chamado para eles lidar com seus pacientes, tratá-los e operá-los para salvar sua vida. E eles também motivam seus pacientes. Que obra fabulosa é salvar alguém que está morrendo! A obra que estamos fazendo é mesmo extraordinária. Que obra digna e frutífera ela é! Estamos fazendo a obra mais linda e importante que há, a obra de salvar almas.
Amados irmãos, nós recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito e hoje pregamos o evangelho para as almas que estão sofrendo no pecado. Estas almas então são purificadas dos seus pecados e passam a levar uma vida de fé no evangelho de Jesus. E esta obra é mesmo linda e importante. Nunca se esqueçam que salvar almas é uma obra linda e sensacional.
Deus diz ao povo de Israel nas Escrituras que ninguém, seja israelita ou gentio, deve comer a carne de um animal com o sangue, e todo aquele que fizer isso será extirpado. Todo israelita que matava a alma de alguém era extirpado do povo de Israel. E Deus advertiu até mesmo seu povo de que qualquer um deles que matasse a alma de alguém seria extirpado. Ele disse isso porque esta obra é muito linda e importante.
Amados irmãos, a vida que levamos pode purificar os pecados das pessoas e salvar sua pobre alma. Há uma coisa em nós que pode salvar almas, ou seja, temos o evangelho da água e do Espírito. Somos mesmo capazes de fazer coisas grandes. E se decidirmos que vamos salvar as pobres almas que estão sofrendo com o pecado, faremos isso realmente. Mas se decidirmos servir somente à carne, Deus não nos dará coisa alguma. Todos nós temos corpo e alma. E temos no coração o poder do evangelho para salvar almas; temos o evangelho de Deus e sua justiça. Por isso que podemos fazer esta obra. E sabemos mesmo o quanto ela é importante, pois é através dela que pela fé salvamos almas. Se fizermos mesmo esta obra e nos dedicarmos a ela, faremos com que inúmeras almas perdidas voltam à vida e recebem uma nova vida.
Nós que possuímos a justiça de Deus é que podemos salvar almas, livrar todas elas e trazê-la de volta à vida. Temos a fé que pode salvar almas e conhecemos o mistério da fé. Somos nós que possuímos a vida de Deus e seu reino. Somos o caminho para as bênçãos de Deus e para a própria vida de Deus. Somos o caminho para a vida. Por isso que jamais devemos comer sangue. Precisamos fazer a obra que salva a vida e a alma das pessoas, e levá-las a ter a vida de Deus. Temos que valorizar a obra de salvar almas e fazê-la para o resto da vida.
Qual é o nosso propósito de vida neste mundo? É salvar almas. Não devemos nos vangloriar de nada, muito menos da nossa carne. Ao contrário, devemos nos orgulhar da obra que temos feito para salvar almas. Eu sou muito grato a Deus por ter nos separado para nos usar como seus obreiros santos. Tudo que temos a fazer então é pregar o evangelho, pois assim Deus salvará muitas almas e fará com que elas recebam a remissão de pecados. É disso que devemos nos orgulhar e ser gratos.
Só há uma coisa que podemos nos orgulhar durante toda a nossa vida, que é o fato de Deus salvar almas. Ele nos deu sua justiça e compartilhou conosco e com todo mundo a carne e o sangue de Jesus Cristo. Temos que nos orgulhar de Deus nos usar como seus obreiros e compartilhar conosco sua carne e seu sangue. Os justos não devem se vangloriar na carne. Ao contrário, devem se orgulhar da obra que estão fazendo para salvar almas. Temos que nos orgulhar de Jesus Cristo, nosso Senhor, que nos deu uma nova vida.
Deus disse que o sangue deveria ser derramado no chão. O chão aqui se refere ao coração humano. Significa que Deus nos deu uma nova vida. Ele deu uma nova vida às almas que antes estavam mortas no pecado, trouxe estas almas de volta à vida e as salvou. E não somente isso, mas também confiou a nós sua valiosa obra. Eu sou muito grato a ele por esta bênção maravilhosa. Eu oro de todo o meu coração para que jamais venhamos a comer sangue, espiritualmente falando. Também oro e espero que salvemos almas aspergindo o batismo e o sangue de Jesus no altar de ofertas queimadas. Aleluia!