คำสอน

Assunto 8: O Espírito Santo

[8-12] Viva a vida cheia do Espírito Santo (Tito 3:1-8)

Viva a vida cheia do Espírito Santo
( Tito 3:1-8 )
“Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra, não difamem a ninguém; nem sejam altercadores, mas cordatos, dando provas de toda cortesia, para com todos os homens. Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros. Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos, não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós ricamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador, a fim de que, justificados por graça, nos tornemos seus herdeiros, segundo a esperança da vida eterna. Fiel é esta palavra, e quero que, no tocante a estas coisas, faças afirmação, confiadamente, para que os que têm crido em Deus sejam solícitos na prática de boas obras. Estas coisas são excelentes e proveitosas aos homens”.
 

Como nós podemos viver uma vida cheia do Espírito Santo?
Nós devemos entender a vontade de Deus e pregar o evangelho de acordo com ela.
 
Aqueles que creem em Jesus e têm a habitação do Espírito Santo devem viver uma vida cheia do Espírito Santo. Para os cristãos, uma vida cheia do Espírito Santo é o que Deus quer e nós devemos seguir as Suas ordens. Então, como nós podemos viver uma vida cheia do Espírito Santo? Nós devemos prestar atenção ao que o Apóstolo Paulo fala sobre isso.
 


O que é necessário para viver uma vida cheia do Espírito Santo?


Em Tito 3:1 Paulo disse: “Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes, estejam prontos para toda boa obra”. Primeiro, ele disse para nos sujeitarmos aos governadores e autoridades, para obedecer e estar prontos para fazer a boa obra. O que ele quis dizer foi que não podemos viver uma vida cheia do Espírito Santo, se desobedecemos às leis do mundo. Claro, se os governantes do mundo e as leis vão contra a verdade, não devemos obedecê-los, mas se as leis não violam nossa verdade, devemos obedecê-las para servir ao evangelho em paz.
Nós somos aqueles que receberam a habitação do Espírito Santo. Como seríamos capazes de viver uma vida cheia do Espírito Santo se quebrássemos as regras seculares? Portanto, para viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos seguir as leis do mundo. Aqueles que recebem a habitação do Espírito Santo devem obedecer às normas sociais. Só podemos andar com Deus quando também guardamos as leis do mundo.
Suponha que um de nós cometa um crime no caminho para a Igreja. Essa pessoa seria capaz de servir ao Senhor Jesus com conforto? Como uma pessoa poderia viver de acordo com os ensinamentos de Deus se ela vive fora da lei? Não devemos violar as normas sociais enquanto andamos no Espírito. Nada de bom vem de quebrar a lei, devemos manter a paz obedecendo-a. Devemos nos esforçar para viver uma vida justa enquanto pregamos o evangelho. Para viver na plenitude do Espírito Santo, é sábio que os santos cumpram as leis da sociedade. 
 


Devemos manter a humildade em nossos corações


Em Tito 3:2 Paulo disse: “Não difamem a ninguém; nem sejam altercadores, mas cordatos, dando provas de toda cortesia, para com todos os homens”. Para viver uma vida cheia do Espírito Santo, não devemos difamar ninguém, ser cordatos e mostrar cortesia para com todos os homens.
Nos corações daqueles que são nascidos de novo, há humildade, autocontrole e moderação. Isto é possível por causa do Espírito Santo que habita em nós. Paulo nos disse que não devemos destruir o evangelho lutando uns com os outros. É claro, nós devemos lutar quando as leis sociais vão contra o evangelho, mas quando isto não acontece, devemos viver pacificamente. Devemos fazer com que os outros pensem sobre nós assim: “Embora às vezes pareça selvagem como um leão, ele é realmente pacífico como uma pomba. Sua crença no Cristianismo pode torná-lo um homem educado e sensato”.
Não há gentileza ou humildade nas cobiças da carne, mas por meio da habitação do Espírito Santo e do Senhor Jesus, que nos salvou dos nossos pecados, podemos ser gentis para os outros. Perdoar alguém que cometeu um erro terrível comigo é realmente "perdão" e tratá-lo com humildade é realmente "humildade". Não é humildade para mim, fingir ser educado com alguém, quando na verdade eu odeio essa pessoa. Ter um coração cheio de humildade e perdão é a moralidade interior dos cristãos nascidos de novo.
Nós devemos também ser gentis quando as pessoas fazem algo de errado conosco. Enquanto não tentarem impedir o evangelho, devemos ser gentis com todos. Mas se fizerem isso, devemos trocar a luz da gentileza pela luz da verdade. Gentileza só é encontrada na verdade de Deus, aqueles que se opõe, interferem ou difamam a Palavra de Deus, não merecem ser tratados com gentileza.
Deus não perdoa aqueles que se opõe a Ele; porém os faz pagarem o preço. Deus disse a Abraão: “Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem”. (Gênesis 12:3). As pessoas que se opõe ao evangelho da verdade não têm como ser salvas. Elas não serão capazes de evitar o desastre que irá arruinar não só as suas vidas, mas também até a terceira geração de seus descendentes.
Por que nós temos que ser tolerantes e humildes? Em Tito 3:3 está escrito: “Pois nós também, outrora, éramos néscios, desobedientes, desgarrados, escravos de toda sorte de paixões e prazeres, vivendo em malícia e inveja, odiosos e odiando-nos uns aos outros”. Nós éramos como essas pessoas antes de sermos nascidos de novo, então devemos ser tolerantes e perdoar, porque nós já fomos como elas.
Em Tito 3:4-8 está escrito: “Quando, porém, se manifestou a benignidade de Deus, nosso Salvador, e o seu amor para com todos, não por obras de justiça praticadas por nós, mas segundo sua misericórdia, ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo, que ele derramou sobre nós ricamente, por meio de Jesus Cristo, nosso Salvador, a fim de que, justificados por graça, nos tornemos seus herdeiros, segundo a esperança da vida eterna. Fiel é esta palavra, e quero que, no tocante a estas coisas, faças afirmação, confiadamente, para que os que têm crido em Deus sejam solícitos na prática de boas obras. Estas coisas são excelentes e proveitosas aos homens”.
De acordo com a Bíblia, Deus não nos salvou de nossos pecados porque nós fazíamos boas obras. Ele nos deu a bênção de sermos nascidos de novo porque Ele nos amou e teve pena de nós. Em outras palavras, Jesus Cristo veio a este mundo, foi batizado, morreu na cruz, ressuscitou e, portanto, lavou todos os nossos pecados. Ele ressuscitou e agora está sentado à direita de Deus. Surgindo Ele dentre os mortos, todas as coisas incompletas no mundo tornaram-se perfeitas.
Deus nos abençoou com o Espírito Santo através de Jesus Cristo, nosso Salvador. Este foi batizado por João, para levar todos os pecados do mundo, e morreu na cruz, para que todos os nossos pecados pudessem ser perdoados. Nós fomos salvos e nos tornamos justos.
A Bíblia também diz: “nos tornemos seus herdeiros, segundo a esperança da vida eterna”. Isto significa que nós, como herdeiros de Deus, somos aqueles que herdaram toda a Sua riqueza e Glória. Para levar este tipo de vida abençoada, devemos viver a vida na plenitude do Espírito Santo. Você deve crer no evangelho da água e do Espírito, ser perdoado por todos os seus pecados e pregar o evangelho para os outros.
Portanto, tendo sido perdoados por nossos pecados, nós devemos trabalhar pelo benefício dos outros, devemos guardar as leis do mundo e pregar o evangelho para aqueles que nos fazem coisas erradas, e tratá-los com bondade e humildade, para que não interfiram na pregação do belo evangelho. “Estas coisas são excelentes e proveitosas aos homens”. Se você busca a plenitude do Espírito Santo, deve se lembrar do que Paulo nos disse. Isso pode não soar como algo especial, mas estas palavras são muito importantes.
Como estamos vivendo neste mundo, não podemos ser cheios com o Espírito Santo estando em conflito com os outros, desobedecendo às regras deste mundo. Portanto, devemos obedecer à lei, a menos que entre em conflito com a Palavra de Deus. Nós devemos obedecer às leis deste mundo. Mesmo se tivermos fé, obedecer à lei é a melhor escolha, se realmente desejamos viver vidas cheias do Espírito Santo. Para fazer boas obras, nós devemos obedecer às leis do mundo e nos dar bem com nossos próximos.
 
 

Você quer viver uma vida cheia do Espírito Santo?


Efésios 5:8-11 diz: “Pois, outrora, éreis trevas, porém, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz
(porque o fruto da luz consiste em toda bondade, e justiça, e verdade), provando sempre o que é agradável ao Senhor.
E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as”. Esta passagem nos fala para andarmos como filhos da luz e colher os frutos do Espírito.
Então Efésios 5:12-13 diz: “Porque o que eles fazem em oculto, o só referir é vergonha. Mas todas as coisas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz”. Paulo diz aqui que todas as coisas que são expostas são manifestas pela luz. Se uma pessoa justa não pode viver corretamente, ela será exposta por Deus ou por si mesma. O que acontece quando uma pessoa é encontrada fazendo a obra das trevas e é repreendida pela luz? Após admitir seus erros, seu coração é iluminado quando ela olha para Deus novamente. “Mas todas as coisas, quando reprovadas pela luz, se tornam manifestas; porque tudo que se manifesta é luz”. É bom ser exposto à luz, pois assim podemos admitir nossas transgressões e voltar a Deus.
Se nós realmente queremos viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos ter bondade em nossos corações. Mesmo que alguém não tenha pecado em seu coração, não significa que não tenha que ser bom. Nós devemos viver com bondade e mansidão em nossos corações, devemos pregar com sabedoria e orar pelas pessoas que não conhecem o evangelho da água e do Espírito, para que elas possam entender e ser perdoadas de seus pecados. Nós devemos comer, dormir, viver o evangelho e ainda servir aos outros também.
Para viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos pensar sobre a importância do tempo e servir ao belo evangelho como homens de sabedoria. Quando nós amamos o mundo, estamos sujeitos aos truques das trevas e podemos ser negligentes em fazer a obra de Deus. Portanto, nós devemos fixar nossos olhos no Senhor e fazer o que Ele quer. Enquanto cremos na salvação que Deus nos deu, nós também devemos estar atentos a todo tempo. Um homem que tem a sabedoria do Espírito deve ser devotado a pregar o belo evangelho pelo mundo antes que este se torne cheio de escuridão.
 

Entenda a vontade de Deus

Nós devemos tentar encontrar o que agrada a Deus, devemos aprender o que Ele quer que nós façamos por meio de Sua Igreja e Palavra. Nós devemos saber o que podemos fazer para agradar a Deus e entender a Sua vontade para nós.
As pessoas que são perdoadas de seus pecados são aquelas nascidas de novo, e aquelas que são nascidas de novo, são as que têm a habitação do Espírito Santo. Elas são realmente o povo santo e os filhos de Deus, e devem viver uma vida cheia do Espírito Santo. Este é o dever de todos os santos. Nós não devemos gastar nossas habilidades e energias em nós mesmos, indiferentemente dos desejos dos outros. Não devemos impedir as obras de Deus.
Sendo santificados, recebemos a regeneração por meio do amor de Deus, então devemos nos tornar pessoas boas, a fim de continuar com Sua obra. Se nos tornamos filhos de Deus, crendo Nele, é certo que seremos pessoas boas.
A carne dos filhos de Deus está longe da perfeição, mas ela agrada a Deus; isto prova que nós estamos preocupados com a vontade de dEle e fazemos coisas boas. Mesmo aqueles que são nascidos de novo são aptos para fazer coisas ruins para os outros, se viverem apenas por si mesmos. “E não vos embriagueis com vinho, no qual há dissolução, mas enchei-vos do Espírito”. (Efésios 5:18).  Isto significa que nós não devemos nos tornar bêbados com as cobiças da carne, mas devemos fazer as obras da justiça.
Paulo, em Efésios 5:19-21, disse: “Falando entre vós com salmos, entoando e louvando de coração ao Senhor com hinos e cânticos espirituais, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo”. Se quisermos viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos crer, pregar o evangelho da salvação e revelar o que Deus tem feito por nós.
Deus nos abençoa sempre que oramos, Ele gravou todas as bênçãos em Salmos, hinos e canções espirituais, para O louvarmos em uma só voz. Devemos confiar, agradecer e louvar a Deus. Podemos viver vidas abençoadas, cheias do Espírito Santo, quando nós oramos por aqueles que ainda não foram salvos e uns pelos outros. Nós devemos agradecer a Deus do fundo de nossos corações e respeitar Jesus Cristo, que nos salvou. Com estes pensamentos em nossos corações, devemos estar aptos para admitir nossos erros, expressar nosso apreço pela limpeza de nossos pecados e obedecê-Lo. Isto é o que significa viver uma vida cheia do Espírito Santo.
 

Devemos servir ao belo evangelho pelo resto de nossas vidas

Devemos planejar boas obras e persegui-las, para engrandecer a Glória do belo evangelho. Unindo-nos à Igreja de Deus, devemos orar juntos e pedir a Deus que salve a alma de todos. Ainda existem muitas pessoas que não podem ser nascidas de novo, porque não conhecem o belo evangelho, apesar de buscarem a Deus. Devemos orar por estas pessoas, dizendo: “Deus, por favor, salve-os também”. E não devemos perseguir coisas egoístas, mas oferecer nossas propriedades no serviço do evangelho, a fim de salvar os perdidos. Viver pela alma dos outros e pela expansão do Reino de Deus é fazer a boa obra.
Fazer este tipo de obra significa viver uma vida cheia do Espírito Santo. Viver com a plenitude dEle não significa ter a habilidade de falar em línguas e realizar milagres, mas, antes de tudo, aprender como agradar a Deus. Significa crer na salvação que Deus nos deu, louvar e glorificar a Deus com hinos e Salmos. Agradecer, louvar e glorificar a Deus de todo o nosso coração, e servi-Lo com nossos corpos, como instrumentos de justiça, é a vontade de Deus. Seguir as Suas ordens é viver cheio do Espírito Santo.
Para viver uma vida cheia do Espírito, devemos obedecer uns aos outros. Se alguém nos dá um conselho, devemos ouvir o que diz. Da mesma forma, se eu dou um conselho para alguém, a pessoa deve me ouvir ainda que não concorde com o que digo. Assim, devemos viver uma vida cheia do Espírito, obedecendo uns aos outros e fazendo a obra de Deus.
 

Viver uma vida cheia do Espírito significa glorificar a Jesus Cristo

Viver uma vida cheia do Espírito Santo significa guardar os mandamentos de Jesus Cristo. Vamos descobrir o que isto significa, lendo Efésios 6:10-13: “Quanto ao mais, sede fortalecidos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes ficar firmes contra as ciladas do diabo; porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis”.
O que significa viver uma vida cheia do Espírito Santo? Significa ser forte no Senhor Jesus e ter fé em Seu poder. Significa viver pelo poder do Espírito Santo que habita em nós e não pela nossa própria vontade. Além disso, significa viver uma vida de oração. Orando, nós podemos viver uma vida vigorosa, recebendo as várias habilidades e bênçãos que Deus nos dá. Nós somos tão fracos que mesmo se tentarmos andar com Ele, servi-Lo e obedecê-Lo, não conseguiríamos viver uma vida cheia do Espírito Santo, a menos que nós nos agarremos às suas Palavras.
A crença na Palavra de Deus é essencial para aumentar o nosso poder espiritual. Mesmo se tivermos fé, nós devemos colocar a armadura completa de Deus dizendo: “Eu estou certo que tudo será como está gravado na Palavra de Deus”. Esta é a fé que nos permite viver uma vida cheia do Espírito Santo.
Alguns de vocês estão tendo problemas em viver um tipo de vida assim? Então se lembrem da Palavra nas Escrituras e se vistam com a completa armadura de Deus. Deus nos disse para colocarmos a Sua armadura completa. Guardando as Suas Palavras profundamente nos seus corações, vocês irão aprender o que significa ser trajados com a completa armadura de Deus. Independente do ambiente e do que as outras pessoas vão dizer, devemos abraçar a Palavra de Deus, pois, desse modo, viveremos uma vida cheia do Espírito Santo.
Onde nós podemos conseguir essa crença? Apocalipse 3:22 diz: “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas”. Devemos ouvir o que o Espírito diz à Igreja. Em outras palavras, não poderíamos ouvir a Palavra de Deus e viver uma vida cheia do Espírito Santo, se não a ouvíssemos pelos servos de Deus. Por meio de quem o Espírito Santo fala? Deus fala para os santos e para todas as pessoas do mundo por meio de seus servos na Sua Igreja.
Assim, você deve crer que os ensinamentos da Igreja de Deus estão baseados na Palavra de Deus, você precisa aceitar os ensinamentos da Igreja com esta fé em mente. Se o Espírito Santo não habitar em um pregador, seria possível para ele ensinar suas próprias ideias? O pregador que tem a habitação do Espírito Santo prega a Palavra de Deus, sob o controle dEle. Se ele não agir assim e pregar palavras sem fundamento bíblico, o Espírito o faz parar, porque Ele habita em seu coração.
O Espírito Santo é Deus. A autoridade do servo de Deus é muito grande, porque Deus habita nele. No Novo Testamento, Jesus Cristo disse a Pedro: “Dar-te-ei as chaves do reino dos céus”. (Mateus 16:19). As chaves do Céu estão no evangelho da água e do Espírito. Em outras palavras, este evangelho é a chave para entrar no Céu. Deus deu autoridade para pregar a Palavra de Deus não só a Pedro, mas também a todos os servos de Deus e todos os seus santos, na medida em que são nascidos de novo e têm a habitação do Espírito Santo.
Para viver uma vida cheia do Espírito Santo, devemos colocar a completa armadura de Deus. Se não tivermos fé, ainda assim, deveremos guardar os ensinamentos da Igreja na mente todos os dias, crendo na autoridade da Igreja e dos servos de Deus. Mesmo que o sermão ouvido hoje não esteja diretamente relacionado à sua vida, você deve ouvi-lo mesmo assim e o guardar em seu coração. Encontre as palavras na Bíblia que são necessárias para a sua vida diária e agarre-se a elas. Desta forma, você será uma pessoa de fé e estará apto a viver uma vida cheia do Espírito Santo, a andar no Espírito e a vencer as batalhas contra os principados e potestades das trevas.
Você pode estar confuso porque foi dito que deveria obedecer às leis do mundo, mas agora eu digo que você deve lutar contra os governadores das trevas do mundo. Nos tempos Romanos, o Imperador Romano chamava a si mesmo de deus e a lei exigia que todas as pessoas o tratassem como tal. Mas isto era algo que os cristãos não podiam fazer, porque era contra a Palavra de Deus. Então, durante aquele tempo, eles não tinham escolha, senão lutar contra o Imperador Romano, que fazia as pessoas se ajoelharem diante dele como se ele fosse um deus.
Para ganharmos a luta contra o mal, devemos crer e guardar a Palavra de Deus. Se vivermos segundo a Palavra de Deus, obteremos Suas bênçãos e estaremos capacitados para vencer o diabo. Mesmo se nós formos salvos, iremos perder a guerra contra Satanás, a menos que abracemos a Palavra de Deus. Deus nos alerta: “O diabo, vosso adversário, anda em derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar”. (1 Pedro 5:8). Uma pessoa que não crê na Palavra de Deus pode ser facilmente atacada pelo diabo.
Mesmo Jesus não poderia ter combatido Satanás se não fosse pela Palavra de Deus. “Está escrito: Não só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que procede da boca de Deus”. (Mateus 4:4). Ele derrotou o diabo por meio da fé no que está escrito. E nós? Nós temos muito menos sabedoria e não podemos nos comparar a Jesus. Portanto, devemos viver e guardar ainda mais intensamente a Palavra de Deus.
Não devemos simplesmente dizer: “Eu acho que a Palavra está correta, mas não posso crer completamente”. Nós devemos guardar a Palavra. “Eu creio que tudo irá se tornar realidade como está escrito”. Esta é a fé correta, que nos permite colocar a completa armadura de Deus. As pessoas que dizem: “tudo irá acontecer exatamente como nosso Senhor Jesus disse”, serão abençoadas. Se alguém guardar a Palavra de Deus e Nela confiar, as coisas melhorarão, segundo a sua fé. Mesmo se o diabo tentar nos levar para o seu caminho, certamente fugirá se dissermos: “Eu creio na Palavra de Deus. Eu creio que em Sua Palavra estão as respostas certas”. Este é o caminho para se vencer a guerra contra o diabo.
 

Devemos guardar a Palavra de Deus

“Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, depois de terdes vencido tudo, permanecer inabaláveis. Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade e vestindo-vos da couraça da justiça. Calçai os pés com a preparação do evangelho da paz; embraçando sempre o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus”. (Efésios 6:13-17).
Na passagem: “Estai, pois, firmes, cingindo-vos com a verdade”, a Palavra de Deus é comparada a uma cinta que cinge o lombo das pessoas. Isto significa que devemos cingir nossas mentes com a Palavra de Deus. Paulo está dizendo para seguirmos as palavras da verdade, para que possamos estar em uma única mente com Deus. Mas como este cinto fica bem justo no corpo, nós também devemos nos ligar firmemente à Palavra de Deus. Quando estamos em uma única mente com Deus, naturalmente nos tornamos aptos a crer e dizer: “Eu creio que tudo acabará bem. Eu tenho certeza que tudo irá acontecer exatamente como Deus disse”.
Nós também temos que colocar a couraça da justiça, devemos colocar a couraça do evangelho da água e do Espírito, que diz que Deus nos salvou. Devemos cingir nossos lombos com a verdade, colocando a couraça da justiça. Devemos colocar a couraça de joias preciosas. Colocá-la na crença de que Deus perdoou todos os nossos pecados. Nós devemos crer na Palavra de Deus de todo o nosso coração e também pregar o evangelho da salvação, que nos dá a paz.
Após guardar todas as palavras acima, devemos calçar nossos pés com a preparação do evangelho da paz e sair pregando o evangelho da salvação, que dá a Paz de Deus para todas as pessoas. Se nós fomos salvos de nossos pecados, os confessamos pela nossa boca. E todas as vezes que nossos pecados e maldades são revelados, devemos lançá-los fora e refletir na verdade, que Deus já perdoou todos os nossos pecados. Devemos viver uma vida de glória, agradecendo a Deus. Nós devemos pregar o evangelho da água e do Espírito, que dá a paz para todos que não foram libertos de seus pecados.
Além disso, nós devemos lutar com o escudo da fé. Quando Satanás atacar, deveremos afastá-lo com o escudo da fé em uma mão e as palavras da verdade em outra.
Então, precisamos colocar o capacete da salvação. Nós temos que aceitar as palavras da salvação dizendo: “Eu fui salvo de todos os meus pecados por meio do evangelho da água e do Espírito. Deus perdoou os meus pecados desta forma”. Devemos reconhecer a verdade em nossas mentes. Devemos fazer da Palavra de Deus, do capacete da salvação e da espada do Espírito, nossas armas contra o diabo.
Se Satanás nos atacar, deveremos desembainhar a espada e derrotá-lo. “Deus disse isso! E eu também creio nisso!”. Nós afastamos Satanás por meio da fé na Palavra de Deus. Se crermos na Palavra de Deus e desembainharmos a nossa espada espiritual, Satanás irá fugir gritando: “Ai! Como isso dói”. Nós podemos derrotar qualquer tipo de ataque de Satanás, se simplesmente crermos na Palavra de Deus.
Você deve viver tal vida de fé confessando: “Minha carne está longe da perfeição, mas eu sou uma pessoa de Deus, que recebeu a redenção. Eu vivo pela fé, guardando a Palavra que Deus me deu”. Se nós temos este tipo de fé, podemos afastar Satanás com a espada da verdade todas as vezes que ele vier perseguir e interromper nossas vidas fiéis. Satanás nem mesmo piscaria, se nós o contra-atacarmos com palavras mundanas. Portanto, devemos combatê-lo dizendo: “Isto é o que Deus diz”. Então Satanás irá se render perante a autoridade da Palavra de Deus.
Se quisermos viver uma vida cheia do Espírito Santo, deveremos orar a Deus e rogar para que a Igreja e todos os santos e servos dediquem as suas vidas para pregar o evangelho da água e do Espírito. Orando dessa forma: “Me permita revelar os segredos do evangelho”, viveremos uma vida com o objetivo de servir ao evangelho e esta é uma vida cheia do Espírito Santo. Viver uma vida assim é essencial para todos os santos. Se quisermos ser verdadeiros santos, deveremos viver uma vida cheia do Espírito Santo. Viver tal vida é essencial para todos os santos, assim como receber a remissão dos pecados é essencial para todas as almas. Esta é a ordenança de Deus.
Aqueles que foram salvos dos seus pecados, mas não sabem como levar uma vida fiel, devem saber que necessitam viver uma vida cheia do Espírito Santo. Isto é o que Deus quer. Os santos devem viver uma vida cheia do Espírito Santo, que é a vontade de Deus. Tal vida leva os santos a pregar o evangelho fazendo boas obras. Eles louvam por pregar o evangelho, orar a Deus e crer na Palavra dEle. Nós devemos colocar o capacete da salvação, a couraça da justiça, e afastar Satanás dizendo: “Eu sou justo o tempo todo”.
Como os santos têm a habitação do Espírito Santo, andam no Espírito e estão aptos a receber o poder dEle. Eles estão fazendo a Sua obra com as bênçãos recebidas de Deus pela oração de fé e devem andar no Espírito até que derrotem a Satanás e permaneçam perante Deus. Os cristãos nascidos de novo são as únicas pessoas que podem colocar a completa armadura de Deus, pois podem viver uma vida cheia do Espírito Santo.
“Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes”. (Efésios 6:12). A luta dos que são nascidos de novo não é contra o sangue e a carne. Contudo, a nossa luta, já que somos os que têm a habitação do Espírito Santo, é contra os principados, potestades, dominadores e forças espirituais do mal, e contra aqueles que tentam interromper as nossas vidas fiéis, que nos incomodam e não servem ao evangelho.
Quando nós saímos para lutar a guerra espiritual, pelo evangelho do Senhor Jesus, devemos colocar o capacete e a armadura do Espírito. Se apenas vestirmos roupas comuns para guerrear, seremos feridos. Portanto, devemos colocar a completa armadura de Deus. Precisamos de espadas, escudos e capacetes. Para vencer a guerra, devemos estar perfeitamente preparados antes da batalha. Devemos vestir a couraça, cingir nossos lombos e calçar os pés. Então, com a espada e o escudo em cada mão, devemos derrotar os nossos inimigos. Esta é a vida cheia do Espírito Santo.
 

Devemos guardar o belo evangelho
    
Paulo nos disse: “Guarda o bom depósito, mediante o Espírito Santo que habita em nós”. (2 Timóteo 1:14). O que é o bom depósito? É o evangelho da água e do Espírito, que nos salvou de nossos pecados. Em Tito 3:5 está dito: “Ele nos salvou mediante o lavar regenerador e renovador do Espírito Santo”. Nosso Senhor Jesus lavou todos os pecados que cometemos neste mundo, morreu na cruz e ressuscitou. Nós devemos guardar este belo evangelho. Devemos colocar o capacete da salvação e a couraça da justiça, e cingir os nossos lombos com a verdade. Nós devemos crer no evangelho da água e do Espírito.
Após nos armarmos desta forma, devemos vencer a luta contra Satanás. Apenas assim estaremos aptos a alcançar a vitória e compartilhá-la com os outros. Nós teremos que combater muitas batalhas espirituais contra Satanás e colher muitas vitórias, lutaremos até o dia quando entrarmos no Reino do Senhor Jesus, que é a nossa herança. Quanto mais batalhas vencermos contra os nossos inimigos, mais fáceis serão as próximas. Nós devemos orar para prosperar e florescer o Seu Reino. Então, ganharemos uma vida cheia do Espírito Santo.
Nós não devemos nos satisfazer apenas em ser perdoados pelos nossos pecados, mas devemos viver uma vida cheia do Espírito Santo. Pelo evangelho e nossas boas obras, devemos crer na Palavra de Deus. Nós devemos ser guiados pelo Espírito Santo e viver crendo e guardando a Palavra Dele, para não perdermos a luta contra Satanás.
Você me entende? Apenas assim nós teremos vidas cheias do Espírito Santo. Eu espero que vocês também sirvam ao evangelho da água e do Espírito e sigam a Palavra de Deus. Vamos todos fazer a obra de salvar as almas das mãos de Satanás. Nós podemos viver vidas cheias do Espírito Santo até o Senhor Jesus voltar. Receber a plenitude do Espírito é o segundo mandamento que Deus nos deu. Nós podemos ter a habitação do Espírito Santo em razão da remissão dos pecados em nossos corações, se não fora a habitação do Espírito Santo, eu não poderia começar uma vida cheia do Espírito Santo. Eu agradeço a Deus por nos deixar viver uma vida cheia do Espírito Santo.
Você crê que possui a habitação do Espírito Santo? Aqueles de nós que foram perdoados de seus pecados possuem a habitação do Espírito, mas aqueles que não apagaram os seus pecados ainda não possuem. Aqueles que não conhecem ou não creem no evangelho da água e do Espírito não têm a habitação do Espírito Santo. Todas as pessoas do mundo serão lançadas no inferno, se não tiverem a habitação do Espírito Santo.
Como nós não temos pecados em nossos corações, temos a habitação do Espírito Santo, e por Ele habitar em nossos corações, podemos viver uma vida cheia dEle. Nós, que temos a habitação do Espírito, devemos obedecer ao desejo dEle, a fim de sermos cheios. Quanto mais obedecermos ao desejo do Espírito Santo, mais forte a nossa fé se tornará e seremos como um guerreiro usando o seu fardamento completo. Porém, se falharmos em obedecer ao Espírito é o mesmo que termos a nossa armadura retirada do corpo.
Vamos crescer por meio das Palavras do Espírito Santo e nos tornar pessoas de fé. Quando ouvimos as Palavras do Espírito Santo, nossa fé se desenvolve, porque Deus disse: “E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo”. (Romanos 10:17). Portanto, mesmo que Satanás nos ataque, nós estaremos protegidos pela nossa fé em Suas Palavras. Satanás não pode atacar aqueles que foram armados com o escudo da fé, crendo no evangelho da água e do Espírito. As pessoas fiéis têm o poder de defender-se dos ataques de Satanás com sua fé.
Vamos viver vidas cheias do Espírito Santo com fé. Essa vida implica em uma vida pregando o evangelho da água e do Espírito fielmente, por todo o mundo. Esta é uma vida cheia do Espírito Santo.