Проповеди

Assunto 8: O Espírito Santo

[8-13] As obras e os dons do Espírito Santo (João 16:5-11)

As obras e os dons do Espírito Santo
( João 16:5-11 )
“Mas, agora, vou para junto daquele que me enviou, e nenhum de vós me pergunta: Para onde vais? Pelo contrário, porque vos tenho dito estas coisas, a tristeza encheu o vosso coração. Mas eu vos digo a verdade: convém-vos que eu vá, porque, se eu não for, o Consolador não virá para vós outros; se, porém, eu for, eu vo-lo enviarei. Quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo: do pecado, porque não creem em mim; da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais; do juízo, porque o príncipe deste mundo já está julgado”.
 

O que são as obras do Espírito Santo?
Ele convence o mundo do pecado, da justiça e do juízo.
 
Em Gênesis 1:2 está escrito: “A terra, porém, estava sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas”. Nós podemos ver nesta passagem que o Espírito Santo não habita nos corações cheios de confusão e pecado, mas que somente habita nos corações daqueles que creem no belo evangelho. Contudo, muitas pessoas, em suas confusões e vazios, caem sob a influência de crenças fanáticas, dizendo que querem receber o Espírito Santo, enquanto ainda há pecados em seus corações.
O espírito recebido em um estado de êxtase fanático não é o belo Espírito Santo. A obra de Satanás permanece nos crentes do fanatismo e as pessoas fanáticas caem facilmente sob a influência de seus truques e poderes. O Espírito Santo é o Deus que é inteligente, emocional e tem uma vontade definida. Ele trabalhou com Deus Pai e Seu Filho Jesus Cristo na criação do mundo. Nós agora iremos aprender sobre que tipo de obra o Espírito Santo tem feito neste mundo.
 


O Espírito Santo convence do pecado do mundo


Qual é a primeira obra que o Espírito Santo faz? Ele convence do pecado do mundo. As pessoas que são convencidas por Ele são aquelas que ainda não aceitaram o evangelho do batismo de Jesus por João e Seu sangue na Cruz. Ele convence todos os pecadores de seus pecados e convence àqueles que não creem no belo evangelho da água e do Espírito.
    
 

Ele convence o mundo da Justiça de Deus


Qual é a segunda obra que o Espírito Santo faz? Ele testemunha a justiça de Deus que foi cumprida por Jesus ao salvar os pecadores de seus pecados. João 16:10 diz: “da justiça, porque vou para o Pai, e não me vereis mais”.  Precisamos saber o que “o justo de Deus” significa na Bíblia. Significa a verdade de que Jesus levou todos os pecados do mundo por meio de Seu batismo por João e que aquele que Nele crer pode se tornar justo, por meio da Graça de Deus. Jesus foi batizado por João Batista e aceitou todos os pecados do mundo, derramou o Seu sangue na Cruz, ressuscitou e tornou-se o Salvador de todos os pecadores. Este é o belo evangelho da água e do Espírito que Deus nos deu. Jesus levou todos os pecados do mundo, através da água e do Espírito, segundo a vontade de Deus, e tornou-se o Mestre de nossas vidas.
O Espírito Santo ajuda as pessoas crerem no evangelho do batismo de Jesus por João e Seu sangue na Cruz, ajuda-as, assim, para que recebam o perdão de seus pecados. Você deve saber que as obras de Deus, na Trindade, se complementam. O Espírito Santo trabalha pelo belo evangelho e faz as pessoas crerem no amor de Deus. Ele também garante que o belo evangelho da água e do Espírito é a verdade.
            


Ele convence o mundo do Juízo


Qual é a terceira obra que o Espírito Santo faz? Ele destrói as obras de Satanás. Satanás sussurra no pensamento das pessoas e diz: “Você pode crer em Jesus, pense no Cristianismo simplesmente como sendo uma das muitas meras religiões do mundo”. Satanás tenta impedir as pessoas de crerem no batismo de Jesus e no Seu sangue na Cruz, para que elas não possam obter o perdão de seus pecados, mesmo crendo em Jesus. Por Satanás ter reduzido o Cristianismo a uma religião “comum”, muitas pessoas caíram vítimas do engano de Satanás, que diz que a razão para crer em Jesus seria apenas ser uma boa pessoa. Contudo, o propósito real de crer em Jesus é ser nascido de novo como um povo justo.
Você não deveria ter uma fé falsa, pois ela não poderia jamais te santificar, não importando o quanto cresse em Jesus. Se você tiver uma fé falsa, não irá conhecer ou crer em Jesus claramente, em razão das mentiras de Satanás. O Espírito Santo tornou-se a garantia de salvação para aqueles que foram salvos crendo no belo evangelho da água e do Espírito. Todas as crenças daqueles que têm pecados no coração são inúteis.
O Espírito Santo testifica que o belo evangelho é a verdade. Jesus foi batizado para levar todos os pecados do mundo e foi crucificado para pagar o salário do pecado. O Espírito Santo testifica esta verdade e aconselha que todas as pessoas do mundo sejam perdoadas de todos os seus pecados, crendo no verdadeiro evangelho. Contudo, devemos ter em mente que o Espírito Santo convence e julga àqueles que não têm o belo evangelho da água e do Espírito em seus corações.
 

Todos devem ter uma Fé abençoada

O que é uma fé abençoada? É a fé que nos leva a receber a habitação do Espírito Santo por meio do perdão dos pecados. Contudo, vemos muitos cristãos pelo mundo que ainda têm pecados em seus corações, mesmo crendo em Jesus por um longo tempo. Quanto mais creem em Jesus, mais pecadores se tornam. O maior problema que os impede de ser libertos de seus pecados é que eles pensam que, falar em línguas e ter visões são provas de que receberam o Espírito Santo. Eles não estão atentos ao julgamento de Deus por seus pecados.
Muitas pessoas neste mundo não conseguem distinguir a obra do Espírito Santo da obra de Satanás. A obra deste último leva as pessoas a um estado de confusão, com crenças que as guiam rumo à destruição. Isto é o que Satanás tenta fazer se voltando contra Deus, faz as pessoas caírem sob a influência de crenças supersticiosas e as faz suas escravas. Satanás instiga nas pessoas um desejo de experimentar milagres e maravilhas sobrenaturais, fazendo-as pensar que tais experiências são mais valiosas do que receber a habitação do Espírito Santo, por meio da fé no belo evangelho da água e do Espírito.
Contudo, o Espírito Santo permite que as pessoas vejam o mundo de Deus através da Palavra. Por meio dEle, essas pessoas vêm a conhecer e crer que Deus criou o homem, que Ele os ama e que quer salvá-los. Seu plano para os pecadores foi salvá-los de seus pecados, através de Jesus Cristo, por meio do evangelho da água e do Espírito, e convidá-los a viver em Seu amor pela fé.
I Pedro 3:21 diz: “a qual, figurando o batismo, agora também vos salva”. Também, I Pedro 1:23 diz: “pois fostes regenerados não de semente corruptível, mas de incorruptível, mediante a palavra de Deus, a qual vive e é permanente”.
A obra do Espírito Santo é iluminar o homem sobre a verdade, do pecado, da justiça e do juízo, e fazê-lo crer nesta verdade. O Espírito Santo permite que conheçam sobre o juízo de Deus e que saibam que podem ser libertos de seus pecados crendo no belo evangelho do batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz. O Espírito Santo dar-lhes o conhecimento de que Ele está dentro deles quando estes têm fé no evangelho da água e do Espírito.
Até agora analisamos as obras do Espírito Santo. Todas as pessoas do mundo podem ter a habitação do Espírito Santo e o amor de Deus, quando realmente obtêm o perdão de seus pecados crendo no belo evangelho da água e do Espírito.
 

A Personalidade do Espírito Santo

O Espírito Santo é o Deus Todo-Poderoso. Ele possui as características essenciais da personalidade, como intelecto, emoção e vontade. Porque o Espírito Santo possui intelecto, Ele sonda as coisas profundas de Deus (1 Coríntios 2:10) e os corações dos homens.
O Espírito Santo possui emoção, Ele está satisfeito com aqueles que creem na Palavra de Deus, mas suspira profundamente pelos não crentes. Os justos podem sentir o amor de Deus por meio dEle.
O Espírito Santo também é chamado de “Consolador”. Isto significa que Ele ajuda os justos nas dificuldades e traz vitória para eles, derrotando os seus inimigos. Ele possui intelecto, emoção e vontade, assim como nós humanos temos, e habita naqueles que creem no belo evangelho da água e do Espírito.
 

As obras do Espírito Santo são as seguintes:

O Espírito Santo permite que as pessoas percebam a verdade do perdão dos pecados e habita no coração dos crentes. Sua obra é testemunhar a verdade, e a verdade é que Jesus levou todos os pecados da humanidade por meio do Seu batismo e sangue. (1 João 5: 6-8). Ele também consola Seus servos e santos em qualquer dificuldade e os fortalece para que se levantem novamente. Ele mesmo intercede por eles quando não sabem o que deveriam orar. (Romanos 8:26). E Ele dá descanso aos justos na Igreja de Deus e os guia para a abundância de Sua Palavra. (Salmo 23).
 

A obra do Espírito Santo, relatada na Bíblia

O Espírito Santo leva os justos a reconhecer e crer na verdade em seus corações e a pregá-la aos outros. “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça”. (2 Timóteo 3:16).
“Buscai no livro do Senhor e lede: Nenhuma destas criaturas falhará, nem uma nem outra faltará; porque a boca do Senhor o ordenou, e o seu Espírito mesmo as ajuntará”. (Isaías 34:16).
“Sabendo, primeiramente, isto: que nenhuma profecia da Escritura provém de particular elucidação; porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens [santos] falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo”. (2 Pedro 1:20-21).
O Espírito Santo inspirou os servos de Deus a escrever a Palavra de Deus, para que pudéssemos lê-la. Ele apresenta às pessoas o evangelho da água e do Espírito e as faz pregá-lo pelo mundo. Portanto, apesar dos justos poderem sofrer muitas provações em suas vidas, eles estão capacitados a superá-las, graças ao poder do Espírito Santo.
 

Os dons e os frutos do Espírito Santo

Os dons do Espírito Santo são as habilidades que Ele dá aos santos para espalharem o belo evangelho de Deus para os outros. Os santos, portanto, se dedicam ao trabalho de Deus com os dons que Ele dá, e o Espírito Santo os ajuda a dar glórias ao Senhor Jesus. “A manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso”. (1 Coríntios 12:7).
O propósito dos dons do Espírito Santo era equipar os santos com fé e ajudá-los a correr a carreira que estava diante deles. (Efésios 4:11-12). O Espírito Santo capacita os servos de Deus e os santos para ajudá-los a espalhar o evangelho. A Igreja de Deus é a comunidade dos santos que são santificados em Jesus Cristo. (1 Coríntios 1:2).
Cada Cristão que recebeu o Espírito Santo deve se comportar de acordo com a sua posição e dever, sendo Jesus Cristo a cabeça da igreja. O Espírito Santo dá percepção espiritual e habilidades para os santos para que possam trabalhar pelo Reino de Deus. Ele faz tudo para manifestar a glória do evangelho que Deus nos deu. Ele diz: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus”. (1 Coríntios 10:31).
 

Os diferentes tipos de dons do Espírito

Existem 9 tipos diferentes de dons do Espírito Santo. Podemos ver na Bíblia que esses dons aparecem em diferentes formas, para pessoas diferentes. Uma grande lista de dons aparece em Romanos 12: 6-8, 1 Coríntios 12: 8-10 e Efésios 4:11. A seguir estão os nove dons espirituais listados em 1 Coríntios 12:    
1) A Palavra da Sabedoria: Esta é a habilidade de resolver os numerosos problemas que vêm sobre a vida dos justos, através da Palavra escrita de Deus.
 2) A Palavra do Conhecimento: Isto nos dá a inspiração espiritual para entender o belo evangelho da água e do Espírito e nos permite pregar o belo evangelho.
3) A Fé: O Espírito Santo dá uma fé forte e confiante para os santos, para que possam realizar o milagre de salvar almas dos pecados e de Satanás. Uma pessoa justa pode ter seus pecados perdoados e curar seus problemas espirituais por meio do poder da fé.
4) Dons de Curar: O Espírito Santo dá a habilidade de curar as pessoas justas por meio de sua fé na Palavra de Deus.
5) Operação de Milagres: Este é o dom surpreendente que permite aos santos realizar a obra de Deus crendo na Palavra dEle. Um milagre é algo que acontece de forma sobrenatural, por meio da fé, excedendo os limites do conhecimento humano da lei natural.
6) Profecia: Atualmente, só aqueles que creem e obedecem à Palavra de Deus podem profetizar de acordo com o que está escrito. As palavras de alguém que não tem a fé baseada no que está escrito na Bíblia, não podem ser verdadeiras profecias. Os servos de Deus, que têm a habitação do Espírito Santo, pregam a Palavra de Deus, edificam e exortam aos outros para que também façam a obra por meio da Igreja, que é o corpo de Cristo. O Espírito Santo deu esta habilidade para os servos de Deus e para os santos.
7) Discernimento de Espíritos: Esta é a habilidade de discernir se alguém teve os seus pecados perdoados. É possível que sejamos enganados se não tivermos este dom. Porque o mundo está sob o controle de Satanás, só podemos receber este dom crendo no belo evangelho que Deus nos deu para superarmos as dificuldades, provações e maldades deste mundo. Uma pessoa justa que recebe este dom crendo no verdadeiro evangelho da água e do Espírito pode dizer se alguém tem pecados em seu coração.
8) Variedade de Línguas: A Bíblia nos fala sobre o falar em línguas: “Contudo, prefiro falar na igreja cinco palavras com o meu entendimento, para instruir outros, a falar dez mil palavras em outra língua”. (1 Coríntios 14:19). Um santo deve saber que é muito mais importante entender a Palavra de Deus do que falar em línguas que a própria pessoa não consegue entender. Ele deveria, portanto, se abster de falar em línguas.
9) Capacidade para Interpretá-las: Isto foi dado aos discípulos para permitir que eles pregassem o evangelho no tempo da Igreja primitiva. Hoje em dia, o Espírito Santo espalha o evangelho por meio do ministério de tradução e interpretação de mensagens em várias línguas. Não há necessidade de intérprete quando uma pessoa que prega o evangelho pode falar todas as outras línguas. Contudo, quando nos deparamos com as barreiras das línguas, Deus sempre providencia intérpretes para cumprir a Sua obra. Deus não trabalha em desordem ou em estado de êxtase. O Espírito Santo atua no belo evangelho e também leva os santos a traduzir o evangelho em várias línguas.
 

O que são os frutos do Espírito Santo?
    
Em relação aos frutos do Espírito, a Bíblia nos fala: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei”. (Gálatas 5:22-23).
1) Amor: O verdadeiro amor é para que o justo salve a todos os pecadores de seus pecados, pregando o belo evangelho da água e do Espírito. Porque as pessoas justas possuem o belo evangelho, que é o verdadeiro amor de Jesus, elas pregam sobre ele e possuem o verdadeiro amor por outras almas.
2) Alegria: Esta é a indescritível e gloriosa felicidade fluindo do fundo dos nossos corações quando nascemos de novo. A pessoa justa, que foi perdoada por todos os seus pecados, tem alegria em seu coração. (Filipenses 4:4). Os justos têm a habilidade de compartilhar a alegria com outras pessoas, porque há alegria em seus corações.
3) Paz: Este é o coração de conforto que é dado para a pessoa justa, que foi perdoada por seus pecados, tendo fé no evangelho da água e do Espírito. O Espírito Santo faz os justos pregarem o belo evangelho da Paz. As pessoas que o ouviram estão aptas para levar outros a superar os pecados do mundo e ter o poderoso senso de fé e confiança no dom da salvação. Os justos, que fazem a paz entre Deus e a humanidade, são chamados filhos de Deus (Mateus 5:9), porque levam outros a receber o perdão dos pecados. (Provérbios 12:20). O Espírito Santo faz os justos guiarem as suas vidas e abençoa os outros com Paz, espalhando o belo evangelho.
4) Longanimidade: Os frutos de longanimidade estão nos corações dos justos, que foram libertos de seus pecados, crendo no belo evangelho da água e do Espirito. Nós podemos possuir este fruto adotando um senso duradouro de amizade com o Espírito Santo. Há um coração de longanimidade e paciência nos justos.
5) Benignidade: Deus teve misericórdia de nós quando ainda estávamos cheios de pecados e nos libertou de todos os pecados por meio do batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz. Nós podemos amar e ter misericórdia dos outros porque Jesus teve misericórdia de nós e levou os nossos pecados, e porque nós cremos Nele e recebemos a Sua Graça.
6) Bondade: Bondade aqui significa “virtude”. As pessoas justas têm bondade e fé no Senhor Jesus de todo o seu coração.
7) Fidelidade: Fidelidade significa ter um coração cheio de fé em Deus. A fidelidade vem sobre um santo por meio da lealdade em Jesus.
8) Mansidão: Isto significa ter a habilidade de entender completamente os outros e abraçá-los carinhosamente em nosso coração. Os justos têm corações para amar os seus inimigos e orar por sua libertação.
9) Domínio Próprio: Domínio próprio é a habilidade de se controlar, de evitar uma vida dissoluta e viver uma vida com autocontrole e temperança.
 

Sendo cheio do Espírito Santo

Qual é o resultado de ser cheio do Espírito Santo? Receber esta bênção permite aos santos viver como discípulos de Jesus Cristo, unindo-se à Igreja de Deus. O Espírito Santo habilita os justos a se tornar instrumentos de justiça e a se dedicar a cumprir a vontade de Deus. A vontade dos justos é controlada pela vontade do Senhor Jesus e eles dedicam todas as suas posses e talentos para Ele. O Espírito Santo os faz levar vidas devotadas, para que superem os pecados do mundo com senso de vitória, alegria, confiança, e não de pobreza espiritual, derrota ou frustração. (Romanos 7).
“mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra”. (Atos 1:8). A plenitude do Espírito Santo leva os justos a pregar o evangelho da água e do Espírito.
O Senhor Jesus deu um poderoso senso de fé àqueles em que o Espírito Santo habita e deu o direito de se tornar seus filhos àqueles cujos pecados foram perdoados pela sua fé no belo evangelho de Jesus. (João 1:12). As pessoas justas, que se tornaram filhos de Deus, por meio da fé, podem pregar o belo evangelho neste mundo.
As pessoas justas têm a habilidade de derrotar Satanás por meio do evangelho e pelo perdão dos pecados. Eles também têm o poder de curar doenças espirituais (Marcos 16:18), de enfrentar os poderes de Satanás (Lucas 10:19) e de entrar no Reino do Céu. (Apocalipse 22:14). Os justos vivem com a mesma autoridade, como reis, crendo nas promessas da Palavra de Deus. (2 Coríntios 6:17-18).
O Espírito Santo faz os justos lançarem fora todas as suas cobiças mundanas da carne. Ele também os leva a pregar o verdadeiro evangelho da água e do Espírito. (Gálatas 5:16).
O Espírito Santo faz os justos lerem e crerem no belo evangelho para ensiná-lo aos outros. (1 Timóteo 4:13).
O Espírito Santo reúne os justos na Igreja de Deus todos os dias. (Hebreus 10:25).
O Espírito Santo faz os justos confessarem os seus pecados (1 João 1:9), para que os seus corações sejam manifestos pela Luz da verdade. (Efésios 5:13).
O Espírito Santo guia os justos para o caminho correto em suas vidas. (Salmo 23).
O Espírito Santo fala para os justos não apagarem os Seus dons. (1 Tessalonicenses 5:19).
O Espírito Santo faz grandes obras por meio do maravilhoso evangelho. (Marcos 16:17-18).
O Espírito Santo faz os justos viverem como discípulos do Senhor Jesus, unindo-os à Igreja de Deus. Ele faz os justos viverem vidas espirituais pregando o belo evangelho e sendo cheios do Espírito Santo. Esta é Sua obra por meio do maravilhoso evangelho da água e do Espírito. (1 Pedro 2:9).
Ele está trabalhando nos corações dos santos neste momento. Aleluia!