布道

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 4-1] O seu Coração é como o Campo à Beira da Estrada? (Marcos 4:1-9)

(Marcos 4:1-9)
“Outra vez Jesus começou a ensinar junto ao mar, e ajuntou-se grande multidão, de sorte que entrou e assentou-se num barco, afastando-se da praia. E toda a multidão estava em terra à beira-mar, na praia. Ensinava-lhes muitas coisas por parábolas, e lhes dizia na sua doutrina: Ouvi: Escutai! Saiu o semeador a semear. Semeando ele, parte da semente caiu à beira do caminho, e vieram as aves do céu, e a comeram. Outra caiu sobre pedregais, onde não havia muita terra. Logo nasceu, porque não tinha terra profunda. Mas, saindo o sol, queimou-se e secou-se, porque não tinha raiz. Outra parte caiu entre espinhos e, crescendo os espinhos, a sufocaram, e não deu fruto. Outra caiu em boa terra, e deu fruto, que vingou e cresceu, produzindo a trinta, a sessenta e a cem, por um. Então Jesus lhes disse: Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.’”
 
 
Quando Jesus pregou a Palavra durante Sua vida pública, muitos se reuniam para ter seus problemas carnais resolvidos. Eles não faziam isso para conhecer o evangelho da água e do Espírito e entrar no Reino dos Céus. Mas ao invés disso eles iam até Jesus para ter sua fome saciada. Jesus falou com relação a isso na parábola do semeador que está no evangelho de Marcos capítulo 4 versículos de 1-9. Ele estava dizendo que a obra do Reino de Deus é igual a um fazendeiro plantando sementes.
 
 

O Primeiro Campo que o Senhor Falou foi Sobre Aquele que Estava à Beira do Caminho

 
O Senhor disse que os pássaros vieram e devoraram as sementes que caíram à beira do caminho. O campo à beira do caminho não é um lugar apropriado para plantar sementes já que muitas pessoas andam sobre ele. A terra à beira do caminho é dura porque muitos andam sobre ela. A boa terra pode cobrir a semente para ela ser alimentada e umedecida a fim de que possa germinar, mas a semente à beira do caminho não pode ser coberta pela terra. Para esse tipo de campo o fazendeiro deve primeiro prepará-lo para depois plantar a semente. E para prepará-lo, o fazendeiro deve arar a terra bem fundo, tirar as pedras, fazer as bordas e o buraco para então plantar a semente. Para fazer isso é necessário ter tempo e trabalhar muito.
Facilmente vemos pessoas dentro do Cristianismo que têm um coração igual a esse campo à beira do caminho. O coração dos cristãos que crêem que podem ir para o Céu por guardar a lei é como uma estrada que foi endurecida pelo tempo. Portanto, mesmo quando eles a ouvem, a Palavra de Deus não pode entrar nesse coração, porque eles já têm suas próprias convicções e conceitos religiosos. Porque eles não crêem no evangelho da água e do Espírito, que é a Palavra de Deus, mesmo depois de ouvi-lo, o diabo vem e devora essa Palavra, igual aos pássaros que vem e devoram a semente da terra.
Então, como alguém ouvirá os servos de Deus pregarem o evangelho da água e do Espírito, isto é, a Palavra de Deus? A pessoa que ouve este evangelho deve ouvi-lo e aceitá-lo em seu coração, se ele estiver de acordo com a Palavra de Deus. Finalmente a Palavra de Deus se torna uma só com aquele que crê de coração na verdade da salvação.
Todavia, mesmo quando a Palavra que os servos de Deus pregam estiver correta e conferir com as Escrituras, há vezes que as pessoas adiam crer nela, dizendo: “A Palavra que o pregador está pregando parece estar certa, mas vou pensar sobre ela mais um pouco” ou “Ela está definitivamente conferindo com a Palavra de Deus, mas só vou crer nela depois de pensar nisso mais um pouco”. Quando isso acontece, Satanás vem e planta dúvida em seu coração, dizendo: “Não, isso não é verdade. O que você está dizendo? Isso não está certo. Você não deve crer nisto. Você ficará encrencado se crer nisso”. Depois de aceitar o engano do diabo, a Palavra de Deus não poderá ser sua e, conseqüentemente, você a perderá. Então, quando você ouvir a Palavra da água e do Espírito que é a Palavra de Deus, você deve abrir seu coração e aceitá-la pela fé. Você deve abrir bem seus ouvidos para ouvir a Palavra de Deus e crer nela com todo o seu coração. E você deve tomar cuidado, pois Satanás está sempre rondando para fazer com que você não creia no evangelho da água e do Espírito que os servos de Deus têm pregado para você até agora.
Satanás é muito astuto e sabe exatamente quando se aproximar de alguém. No capítulo 3 do livro de Gênesis está descrito o momento que Satanás tentou Eva ao fazê-la comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Eva tinha ouvido de Adão a ordem que Deus deu proibindo-os de comer o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal. Então Satanás aproveitou essa oportunidade e se aproximou de Eva ao invés de Adão. E ele a confundiu mudando a Palavra que Deus já tinha dito. Depois Eva comeu o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal e também o deu para Adão e por causa disso ambos se tornaram pecadores.
Adão e Eva se tornaram pecadores e cobriram sua nudez com roupas feitas de folhas de figo para cobrir sua vergonha, mas essas roupas logo se secaram e se partiram em pedaços por causa da luz do sol. Por isso eles não puderam mais cobrir sua vergonha. Assim, Deus pessoalmente fez túnicas de peles e os vestiu. O que isso significa espiritualmente? Significa que você não pode resolver o problema dos seus pecados com a fé feita pelo homem, isto é, com as doutrinas religiosas e os rituais deste mundo.
Você continuará se livrando dessas coisas religiosas para sempre, porque elas são imperfeitas. Deus pôs túnicas de pele em Adão e Eva. Isso significa vestes da perfeita salvação, ou seja, vestes da justa salvação. O sacrifício de um animal era necessário para vestir os pecadores com túnicas de pele. A pessoa só pode receber vestes da perfeita salvação através do sacrifício de um ser vivo. Deus recebia a vida de um animal sacrificado ao invés da vida de alguém que tinha que ser condenado à morte por seus pecados. Para expiar os seus pecados, ele tinha que passá-los para a oferta de sacrifício e fazê-la receber o julgamento por seus pecados em seu lugar.
A humanidade inteira se tornou pecadora devido ao pecado de Adão, como está escrito no livro de Romanos capítulo 5:12: “Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram”. Por causa desse pecado, tínhamos que receber o julgamento de Deus até a ponto de morrermos.
Que tipo de ser o homem realmente é diante da presença de Deus? O evangelho de Marcos fala sobre isso. Vamos ver a Palavra do evangelho de Marcos capítulo 7 versículos de 20-23: “E dizia: ‘O que sai do homem é o que o contamina. Pois do interior do coração dos homens saem os maus pensamentos, os adultérios, as prostituições, os homicídios, os furtos, a avareza, as maldades, o engano, a lascívia, a inveja, a blasfêmia, a soberba, e a loucura. Todos estes males procedem de dentro, e contaminam o homem.’”
O Senhor disse que todas as coisas más que procedem de alguém são o que o contaminam. Somente coisas impuras podem sair de um pecador, porque nós nascemos como pecadores por causa de um homem chamado Adão. Todo ser humano nasce com os seguintes pecados: maus pensamentos, adultérios, furtos, homicídios, prostituições, avareza, maldades, engano, inveja, blasfêmia, soberba, e loucura. Você pode perguntar: “Que relação eu tenho com Adão que faz com que eu seja um pecador por causa dos seus pecados?” Simplesmente porque Adão pecou diante da presença de Deus e ele é o pai de toda a humanidade que nasceu nesse mundo, igual a nós. Um ser humano só pode dar à luz a outro ser humano da mesma forma; por isso um pecador só pode dar à luz a um pecador. Por isso todos nós nascemos pecadores porque somos descendentes de Adão. Isto é, nós somos pecadores porque somos seres que nasceram com 12 tipos de pecados, inclusive já os tínhamos desde o útero de nossa mãe, por isso não podíamos evitar de cometer pecado.
Quando ouvirmos a Palavra de Deus, devemos aceitá-la exatamente como ela é em nosso coração como sendo a única verdade. Isso porque as palavras da purificação dos pecados que ouvimos através do evangelho da água e do Espírito, são as próprias palavras de Deus. Ele nos salvou de todos os nossos pecados pelo evangelho da água e do Espírito, e por causa disso nós podemos alcançar a verdadeira purificação dos nossos pecados se aceitarmos todas as palavras de Deus.
 
 

Os Pássaros Vieram e Devoraram as Sementes Lançadas à Beira do Caminho

 
A semente lançada à beira do caminho significa o coração de alguém que não crê na Palavra de Deus que é pregada pelos Seus servos como ela realmente é. Essa pessoa não conhece a Palavra de Deus da forma como Ele a falou, mas ao invés disso pensa: “Eu penso nisso apesar de Deus ter dito aquilo”. O Senhor está nos dizendo que as conseqüências disso tornam difícil essas pessoas irem para o Céu porque elas não conseguem ou se recusam a crer no evangelho da água e do Espírito. Elas só podem receber a remissão de pecados se reconhecerem que têm pecados e são pecadoras, e se aceitarem o evangelho da água e do Espírito. Elas podem aceitar a verdadeira salvação, o evangelho da água e do Espírito, pela fé só se conhecerem a Palavra de Deus exatamente como ela é.
Contudo, se a pessoa não tem conhecimento da Palavra de Deus ‘como ela é’ e só confia em seus próprios sentimentos e pensamentos, essa pessoa continuará sempre sendo um pecador porque não crê na Palavra de Deus, mesmo quando ela vem até ela. Devemos saber que grande pecador nós somos diante da Palavra de Deus para poder aceitá-la em nosso coração, assim como o Senhor nos salvou de todos os pecados do mundo pelo evangelho da água e do Espírito. Do contrário não poderemos receber a salvação mesmo se o Senhor der o evangelho da água e do Espírito para nós, porque nós não cremos nele e porque nosso coração, espiritualmente, é como um campo à beira do caminho. Devemos então arar e cultivar o coração dessa pessoa antes de plantarmos a semente da Palavra.
Se você ainda é um pecador, você deve primeiro arar o seu coração. Como o Senhor disse no evangelho de Marcos capítulo 7 versículos de 20-23, que você nasceu com doze tipos de pecado, você deve reconhecer diante da presença do Senhor que você é um pecador que não pode evitar de ir para o inferno. Porque você não só nasceu com esses pecados em seu coração, mas também com aqueles que se manifestaram em sua vida, você deve então confessá-los e também conhecer todos eles. Provavelmente você deve ter tanto pecado que nem imagina. E você deve ainda cometer muito mais pecados no futuro do que cometeu até agora.
Se Deus não o salvasse de todos os seus pecados, você então receberia o castigo segundo a justa lei de Deus, isto é, a lei que diz que ‘o salário do pecado é a morte’, e iria para o inferno devido aos pecados que cometeu e ao mal em seu coração. Portanto, somente quando você conhece toda a Palavra de Deus, Ele lhe dá a Palavra que diz: “Eu salvei você de todos os seus pecados”. Como Deus veio a Adão e Eva e os salvou ao fazer túnicas de pele para eles, esse Deus também vem a você e o salva pelo evangelho da água e do Espírito, entra no seu coração e está com você para sempre. Você pode receber a remissão de todos os seus pecados e se tornar filho de Deus pela fé ao crer no evangelho da água e do Espírito. Portanto, você deve conhecer a Palavra sobre o campo à beira do caminho e pensar sobre os pecados que estão dentro de você, refletir sobre o evangelho da água e do Espírito e crer nele. Você deve se tornar alguém que conhece o evangelho da água e do Espírito exatamente como ele é e aceitá-lo em seu coração como a salvação que Deus te deu.
 
 

O Segundo Campo é o Pedregoso no Qual não tem Muita Terra

 
Está escrito no evangelho de Marcos capítulo 4:5: “Outra caiu sobre pedregais, onde não havia muita terra. Logo nasceu, porque não tinha terra profunda.” A semente que caiu sobre pedregais onde não tinha muita terra morreu antes mesmo de brotar. Depois de a semente ser plantada, ela não consegue criar raízes profundas por causa das pedras. Quando a semente nasce e começa a germinar, sua raiz penetra o solo para que ela tenha água e nutrientes necessários para crescer, mas as pedras que ali há atrapalham esse processo. Não estamos falando de uma ou duas pedras, mas de um campo cheio de pedras. Esse tipo de solo deve ter 3% de terra e o restante de pedras. Portanto, como alguma planta pode sobreviver ali?
Para receber a purificação dos nossos pecados diante da presença de Deus e nos tornarmos a verdadeira noiva de Cristo, uma noiva pura sem nenhuma mancha ou falha, devemos saber como ver os pecados ocultos no coração de alguém através da Palavra de Deus. E essa pessoa deve receber a purificação dos seus pecados ao crer no evangelho da água e do Espírito. O Senhor disse que cada mal que sai do coração de alguém é pecado. Então devemos pensar profundamente sobre os nossos próprios pecado diante da presença de Deus. Devemos analisar se temos ou não um coração mal dentro de nós, se existem pecados que já foram revelados ou não, e devemos conhecer totalmente os nossos pecados diante da presença de Deus mesmo se não o fizermos diante de outras pessoas, mas devemos nos tornar pessoas que aceitam a Palavra de Deus. Deus disse que nós tínhamos um coração mal e por isso cometíamos pecado, e devemos saber que quando examinamos o nosso coração diante da presença de Deus, esses maus pensamentos sempre surgem dentro de nós. Devemos reconhecer: “Eu sou uma pessoa que comete o pecado de maus pensamentos”. Certamente que a graça de Deus abunda onde o pecado é predominante. Somente se reconhecermos nossos pecados diante da presença de Deus é que nos tornaremos uma boa terra que pode receber o evangelho da água e do Espírito do Senhor.
Na passagem bíblica de hoje, o solo pedregoso significa a natureza humana do pecado. A pessoa deve confessar sua natureza pecaminosa para Deus. Todavia, as pessoas do mundo tentam esconder seus pecados. Alguns pensam que essa é uma atitude nobre. Portanto, os religiosos deste mundo tentam esconder seus pecados com hipocrisia. Porém eles têm maus pensamentos e seu coração está cheio deles pensando em como podem acabar e atrapalhar a vida dos outros. Eles, com sua hipocrisia, só fingem ser pessoas justas diante dos outros. Contudo, eles devem saber que não podem receber a graça da remissão de seus pecados dada por Deus se agirem assim.
O Senhor não quer apagar somente ‘alguns dos nossos pecados’. Pelo contrário, todos os pecados que cometemos, os pecados que praticamos, e até mesmo os pecados que cometemos em pensamento estão incluídos nos pecados que foram passados para Jesus pelo batismo que Ele recebeu de João Batista. Jesus purificou todos os nossos pecados e nos salvou de forma perfeita de uma vez por todas ao receber o batismo desses pecados sobre Seu corpo e ao ser crucificado na cruz. Eu deveria ter pago o preço dos meus pecados e os carregado até a cruz e ter sido crucificado, mas ao invés disso o Senhor recebeu o batismo e pagou o preço por todos os meus pecados na cruz em meu lugar. Portanto, devemos reconhecer que somos esses pecadores que cometem pecados terríveis diante da presença de Deus. Devemos primeiro reconhecer que somos pecadores que não podiam evitar de ir para o inferno, e então, devemos crer que o Senhor apagou todos os nossos pecados pelo evangelho da água e do Espírito.
O campo pedregoso se refere à natureza pecaminosa oculta dentro de nós. Está escrito: “E, como aos homens está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo,” (Hebreus 9:27). Ficar doente e morrer é um processo pelo qual todo ser humano passa depois de nascer neste mundo. Todos devem reconhecer que são pecadores diante da presença de Deus quando passam por esse processo. Quando olhamos para nós mesmos, devemos reconhecer que pecadores terríveis nós somos e que pecados horrendos cometemos diante da presença de Deus. Devemos querer receber a purificação dos nossos pecados ao reconhecer diante da presença de Deus que somos pecadores que merecem ir para o inferno, aceitar em nosso coração a Palavra do evangelho da água e do Espírito que Deus nos falou, crer na Palavra desse genuíno evangelho pelo qual Deus apagou todos os nossos pecados e receber a remissão de todos eles em nosso coração ao aceitarmos verdadeiramente a salvação de Deus que apagou todos esses pecados. Somente então nos tornaremos filhos de Deus e somente assim seremos pessoas verdadeiramente felizes.
Alguém que tenta esconder seus pecados não pode receber a graça da salvação que Deus quer dar a ele. Quase toda a semente que cai no campo à beira do caminho é destruída quando pisada, quando esmagada pelos carros ou devorada pelos pássaros. Portanto, devemos olhar dentro do nosso coração sob a ótica da Palavra de Deus e também através da nossa consciência reconhecer que grandes pecadores nós realmente somos diante da Sua presença, e que conseqüências o pecado traz pelo conhecimento da Palavra de Deus. E devemos receber a remissão de pecados por crer em Jesus Cristo, pelo reconhecimento deles diante da Palavra de Deus e para isso devemos crer nela.
Resumindo, devemos ser pessoas pobres de espírito para crer na Palavra do genuíno evangelho. Primeiro devemos conhecer nossos pecados através da lei para nos tornarmos esse tipo de pessoa diante da presença de Deus. Só nos tornamos verdadeiros pecadores quando reconhecemos nossos pecados através da Palavra de Deus. Em primeiro lugar devemos saber qual é esse pecado para fazermos isso. Por isso que Deus nos deu a lei.
O que é a lei? Está escrito: “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás a elas nem as servirás; pois eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam, mas faço misericórdia até mil gerações daqueles que me amam e guardam os meus mandamentos” (Êxodo 20:3-6).
O que o próprio Deus nos disse? Ele mandou que não tivéssemos outros deuses além dEle. O nome Jesus Cristo significa “o Salvador que salva as pessoas de todos os seus pecados”, e o nome de Deus Jeová significa “o próprio Deus”. Isso significa que todo o universo e todas as coisas foram criadas por Deus e que Jesus Cristo é o Deus Criador. Se Deus disse a toda a humanidade: “Não terás outros deuses diante de mim”, então essa Palavra é um mandamento de Deus. Devemos olhar para nós mesmos baseados nesse mandamento de Deus. Devemos reconhecer nossos pecados baseados na Palavra de Deus, vendo se temos ou não temos outros deuses além dEle, se temos servido a outros deuses que Deus não quer que sirvamos, se temos servido somente ao Deus Jeová ou rejeitado-O.
Você só tem que olhar a Palavra no livro de Êxodo capítulo 20 versículos 3-17 para conhecer os seus pecados. Deus nos deu os Dez Mandamentos para analisarmos o que podemos e o que não podemos fazer, e para que através deles você possa analisar se tem vivido segundo a Sua Palavra. Muitas pessoas na Ásia crêem no Budismo. Eles têm desobedecido ao mandamento de Deus de não ter outros deuses além dEle, e ao invés disso eles rejeitaram o Deus da verdade adorando mais aos outros deuses do que a Ele. Eles já se tornaram pecadores, pois violaram o primeiro mandamento diante da presença do Deus vivo. Mesmo que eles não cometam outros pecados, eles devem ir para o inferno porque violaram o primeiro mandamento, a menos é claro que eles recebam a remissão dos seus pecados. O mesmo acontece com o povo da Coréia que são julgados e condenados como criminosos quando violam e não guardam as leis estabelecidas pelo congresso. Por exemplo, vamos supor que alguém nasceu totalmente paralítico, portanto ele não fez nenhum mal a ninguém. Contudo, ele crê em outros deuses ao invés de crer em Jesus Cristo que é o verdadeiro Deus. Então, essa pessoa tem pecado. Mesmo que a pessoa não cometa pecados exteriormente, ela deve receber o julgamento pelos pecados que estão em seu coração, como o pecado de homicídio, lascívia, loucura, prostituição, adultério, embora eles não tenham sido revelados exteriormente.
Todavia, o coração que conhece a Palavra de Deus se torna um bom campo. É porque a pessoa que reconhece diante de Deus que tem os seguintes pecados: prostituição, furto, maldade, engano, lascívia, inveja, blasfêmia, soberba, loucura, maus pensamentos, adultério, homicídio e avareza, está qualificado para receber a salvação. Aquele que reconhece o grande pecador que é, é que pode receber a Palavra prontamente. Devemos saber que somos pessoas que cometem muitos pecados diante da presença de Jesus Cristo, que é Deus.
Uma das coisas que Deus mais odeia é que adorem a ídolos. Ele não gosta que as pessoas se curvem diante de uma pedra esculpida, levem comida para ela e a adorem. Deus ordenou que não tivéssemos outros deuses diante dEle, e também disse para que Seu povo não esculpisse nenhuma imagem. Deus disse ao Seu povo para que não se curvasse diante da Sua criação tais como a lua, as estrelas ou o sol, e ordenou que eles não se curvassem diante de nenhuma imagem feita por homens. Deus não gosta que as pessoas adorem a outros deuses que não seja Ele porque Ele é um Deus zeloso. Por que deveríamos adorar qualquer outra criatura que não tem poder algum, ao invés de adorarmos ao Deus que nos abençoa e nos guia? Deus é muito severo com relação ao pecado. Como está escrito: “Não te encurvarás a elas nem as servirás; pois eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a maldade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam” (Êxodo 20:5), Deus visita o pecado da terceira e quarta geração daqueles que o cometem.
Muitos coreanos adoram seus ancestrais como manda o Confucionismo. Portanto, a casa daquele que adora fielmente os ancestrais é destruída até a terceira e quarta geração. Normalmente, o filho mais velho herda a tarefa de adorar os ancestrais. Por isso que a casa do mais velho é geralmente destruída, porque ele é fiel ao adorar os ancestrais e também aos ídolos. Deus disse que amaldiçoaria essa pessoa até a terceira e quarta geração. Devemos nos lembrar que Deus é muito severo e leva a sério o pecado.
O homem já nasce com pecado. Portanto, o homem comete pecado automaticamente sem que ninguém o tenha ensinado a fazê-lo, e tem pensamentos e comportamentos que Deus odeia. O Senhor disse que essas pessoas são uma geração de malignos e repletas de iniqüidade. Isso significa que os homens são uma raça de víboras cujo comportamento é muito corrupto e que eles estão sempre aborrecendo a Deus fazendo coisas que Ele disse para não fazerem, e não fazem aquilo que Deus mandou-lhes fazer.
O homem pode passar os seus pecados à diante, mas Deus diz que certamente punirá os pecados daqueles que O odeiam. Aqueles que fazem ídolos e os adoram, que também adoram seus ancestrais mortos pensando que eles virão ajudá-lo, que consultam os adivinhos e cartomantes não nasceram para Deus, não O adoram e não crêem nEle. Deus julga os pecados dessas pessoas segundo a Sua Palavra e amaldiçoa até a terceira e quarta geração daqueles que O odeiam. Ele traz maldição após maldição a essas gerações. Se alguém fala que crê em Jesus mas só como uma superstição, e não crê no evangelho da água e do Espírito, então essa pessoa também receberá essa maldição. Mesmo aqueles que adoram ídolos ou seguem o Confucionismo, Budismo ou têm outras superstições também irão receber essas maldições. É porque na verdade eles estão adorando ídolos.
Todos os animais e plantas foram criados por Deus. E o homem é o senhor de toda criação porque Deus o criou segundo a Sua imagem. Por que as pessoas que foram criadas dessa forma tão especial por Deus O rejeitam? Por que elas não fazem as coisas que Deus disse para fazer e fazem o que Deus disse para não fazer? Deus deu ao Seu povo dez tipos de mandamento que são: Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; Lembra-te do dia do sábado, para o santificar; Honra a teu pai e a tua mãe; Não matarás; Não adulterarás; Não dirás falso testemunho contra o teu próximo; não cobiçarás a mulher do teu próximo, e assim por diante. Mas apesar disso, a humanidade fez o que Deus não mandou fazer e nunca fez o que Deus mandou fazer. Deus disse para não matarem, mas tiveram no coração o desejo de matar; Deus disse para não adulterarem, mas sentiram luxúria pelas mulheres que passavam por eles; Deus disse para não furtarem, mas eles furtaram. Foi assim que o homem fez aquilo que Deus disse para não fazer e não fez aquilo que Deus disse para fazer.
Nós somos pecadores desde o momento que nascemos neste mundo. Embora tentemos viver virtuosamente e fazer boas coisas, a verdade é que fizemos muitas coisas erradas e ainda faremos muitas coisas mais no futuro. Nós não temos somente maus pensamentos dentro de nós, mas cometemos esses pecados em nosso comportamento. E não é só você que faz isso, mas seus filhos também farão essas mesmas coisas porque herdaram essa natureza pecaminosa diretamente de você. Quando você passa a reconhecer os seus pecados através da lei, você também precisa de Jesus Cristo para resolver esse problema.
Devemos conhecer a lei de Deus para reconhecer os nossos pecados. A lei é uma série de mandamentos que Deus nos deu. É uma coletânea de mandamentos do que podemos e do que não podemos fazer. Sabemos que estamos errados diante da presença de Deus quando olhamos para nós mesmos através dessa Palavra. Então precisamos dessa salvação que Jesus Cristo nos deu ao vir a este mundo, porque somos essas pessoas miseráveis. Nós precisamos especialmente dessa verdade que fala que Deus nos salvou pelo evangelho da água e do Espírito. Portanto, nosso coração deve estar firmado na verdade. Nosso coração deve ser o campo que recebeu prontamente a semente. A semente morre quando cai no campo à beira do caminho ou no campo cheio de pedras. Nosso coração deve estar totalmente diante da presença de Deus para crer somente nEle. E devemos conhecer a Sua Palavra. Somente então, poderemos receber a salvação que Deus nos deu.
 
 

O Campo Espinhoso

 
Quando a semente cai entre os espinhos, ela não pode crescer porque eles a sufocam e a impedem de crescer. Isso significa que a pessoa que só se importa com sua prosperidade material não pode receber a remissão de pecados. A semente cai aqui e tenta germinar, mas os espinhos, as preocupações do mundo, crescem mais rápido e bloqueiam a luz solar. Uma pessoa que pensa: “Eu não terei nenhuma perda física enquanto crer na justiça do Senhor, mas ainda receberei a remissão de pecados e irei para o Céu”, não é digna de ir para o Reino de Deus. Mesma que ela ouça a Palavra de Deus, ela só o fará momentaneamente, sem que a Palavra tenha se enraizado profundamente em seu coração e por isso logo a perderá, tropeçará e jogará fora a Palavra da Verdade.
Está escrito: “E, como aos homens está ordenado morrer uma só vez, vindo depois disso o juízo,” (Hebreus 9:27). Não importa o que aconteça amanhã, nós temos que receber a remissão dos nossos pecados o mais rápido possível. Se passaremos fome ou não passaremos, não depende se nos preocuparmos como o amanhã ou não. Pelo contrário, nos tornamos prósperos somente quando Deus trabalha em nossa vida e nos abençoa. Essa verdade se aplica tanto aos assuntos espirituais quando aos materiais. Nos preocuparmos somente com nossos próprios assuntos carnais sem nem mesmo conhecermos os pecados que estão dentro de nós, e nem termos um coração reto diante da presença de Deus não é a coisa certa a fazer. Primeiro devemos conhecer a Palavra de Deus diante de Sua presença.
Devemos pôr nosso coração diante da presença de Deus e viver pela fé. Deus purificou todos os nossos pecados de uma só vez pelo evangelho da água e do Espírito que é a Palavra de Deus. Está escrito: “Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela, para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra, a fim de apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, mas santa e irrepreensível” (Efésios 5:25-27). Isso significa que Deus nos purifica pelo evangelho da água e do Espírito, nos faz noivas de Jesus Cristo, nos abençoa e que nos dá a remissão dos pecados.
Agora nós podemos receber o Senhor crendo no evangelho da água e do Espírito, não importa quando iremos diante da presença de Deus. Nos tornamos pessoas que viverão alegremente com as riquezas e glória eternas. Eu quero que você creia no evangelho da água e do Espírito e receba todas as bênçãos eternas de Deus.
Aleluia!