တရားဟောချက်များ

Assunto 9: Romanos

[Capítulo 1-5] Aqueles que detêm a Verdade pela Injustiça (Romanos 1:18-25)

( Romanos 1:18-25 )
“A ira de Deus se revela do céu contra toda impiedade e perversão dos homens que detêm a verdade pela injustiça; porquanto o que de Deus se pode conhecer é manifesto entre eles, porque Deus lhes manifestou.
Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis; porquanto, tendo conhecimento de Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças; antes, se tornaram nulos em seus próprios raciocínios, obscurecendo-se-lhes o coração insensato. Inculcando-se por sábios, tornaram-se loucos
e mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível, bem como de aves, quadrúpedes e répteis. Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si;
pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém!”.
 


Para quem a ira de Deus é Revelada?


Nós podemos ver que o Apóstolo Paulo pregava o mesmo evangelho que nós pregamos. Para quem a ira de Deus é revelada? O julgamento de Deus é revelado para os pecadores que detêm a verdade pela injustiça, ou seja, para aqueles que têm pecados e bloqueiam a verdade com seus próprios pensamentos.
O Apóstolo Paulo disse claramente que a ira de Deus é revelada, em primeiro lugar, para aqueles que detêm a verdade pela injustiça. Eles serão julgados por Deus. Como será a ira de Deus? A ira de Deus irá lançar suas carnes e espíritos para o inferno.
Nós não devemos pensar que somente a carne será julgada, pois os homens também possuem espírito. Portanto, Deus irá julgar a carne e o espírito. Existem alguns que detêm a verdade de Deus com seus pensamentos mundanos. Existem alguns que estão contra os justos, eles possuem pecados. A ira de Deus e o Seu julgamento serão revelados para aqueles que têm o pecado do coração duro, que não temem a Deus.
O Apóstolo Paulo diz em Romanos 1:17, “O justo viverá por fé”. Ele também diz que o julgamento e a ira de Deus são revelados para aqueles que detêm a verdade com seus pecados.
 


Os não crentes estão sob a Ira de Deus


Deus deu a salvação ao mundo. A verdade e o amor de Deus estão espalhados pela Terra. Portanto, não há desculpa para ignorar a verdade e o amor de Deus. Deus irá julgar todos aqueles que não creem no evangelho da verdade e que estão contra ele.
Vamos pensar sobre as pessoas que não têm recebido o amor do verdadeiro evangelho. Nós vemos que Deus fez a água, a grama, as árvores, o céu, os pássaros, etc. Como estas coisas poderiam existir sem a criação de Deus? A Bíblia diz, “Pois toda casa é estabelecida por alguém, mas aquele que estabeleceu todas as coisas é Deus”. (Hebreus 3:4). Não é culpa das pessoas elas não crerem em Deus e na Palavra da verdade?
Portanto, é razoável que as pessoas que não creem na Graça do perdão dos pecados sejam julgadas por Deus. Elas insistem na teoria da evolução. Elas insistem que o Universo se desenvolveu sozinho. Elas também dizem que no início houve uma grande explosão chamada Big Bang, cerca de 15 bilhões de anos atrás, e que dessa forma um ser vivo surgiu. Elas dizem que esta forma originária de vida mudou e evoluiu para peixes, feras e eventualmente para seres humanos. Se esta teoria estivesse certa, a humanidade teria que mudar para outra forma de vida após um ou dois mil anos.
“Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder, como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas. Tais homens são, por isso, indesculpáveis”. (Romanos 1:20). As pessoas negam e rejeitam a Deus, apesar de poderem ver que Deus está vivo quando olham às maravilhas e mistérios da natureza. Os não crentes estão sob a ira de Deus. Muitas pessoas não glorificaram a Deus ou não agradeceram, e, assim, se tornaram fúteis em seus pensamentos. Seus corações ignorantes estavam escurecidos; pensando que eram sábias, se tornaram ignorantes, e mudaram a Glória do Deus incorruptível em imagens de homens corruptíveis, pássaros, animais e répteis. Estes homens aguardam o julgamento de Deus. Todas as pessoas que não nasceram de novo estão sob o julgamento de Deus, ainda que creiam em Jesus.
 

Deus entrega os Não Crentes à Imundícia

“Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem o seu corpo entre si; pois eles mudaram a verdade de Deus em mentira, adorando e servindo a criatura em lugar do Criador, o qual é bendito eternamente. Amém! Por causa disso, os entregou Deus a paixões infames; porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, cometendo torpeza, homens com homens, e recebendo, em si mesmos, a merecida punição do seu erro”.  (Romanos 1:24-27).
O que esta passagem está querendo dizer? Deus deixa os homens que adoram e servem criaturas como eles gostam. Ele também entrega tais vidas para Satanás. Deus permite que Satanás faça como eles desejam. Portanto, nós devemos crer em Deus e sermos salvos. “Porque até as mulheres mudaram o modo natural de suas relações íntimas por outro, contrário à natureza; semelhantemente, os homens também, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente”. Isto é como negar a Deus e é o que originou a AIDS.
Deus deu o costume natural. Um homem deve viver com uma mulher. Contudo, o fato de homens terem relações com homens bem como mulheres com outras mulheres mostra que eles negaram o costume natural dado por Deus. O livro de Romanos foi escrito há cerca de 1900 anos atrás. O Apóstolo Paulo já previa que aqueles que deixam o costume natural do sexo pagariam uma penalidade pela sua desordem sexual. A Palavra de Deus tem se cumprido atualmente. Nós sabemos que a AIDS tem crescido especialmente entre os homossexuais.
É completamente adequado para eles pagarem a pena por seus pecados sexuais. A ira de Deus é revelada contra os homens que mudaram os costumes naturais da sua sexualidade. Eles merecem receber a pena da AIDS. Esta doença certamente é causada pela descrença em Deus. Deus entregou os não crentes para uma mente reprovável. Em outras palavras, é certamente uma censura de Deus.
 

Eles se opõem à Justiça de Deus

Os homens que não gostam de guardar Deus em suas mentes são dessa forma. “Cheios de toda injustiça, malícia, avareza e maldade; possuídos de inveja, homicídio, contenda, dolo e malignidade; sendo difamadores, caluniadores, aborrecidos de Deus, insolentes, soberbos, presunçosos, inventores de males, desobedientes aos pais, insensatos, pérfidos, sem afeição natural e sem misericórdia. Ora, conhecendo eles a sentença de Deus, de que são passíveis de morte os que tais coisas praticam, não somente as fazem, mas também aprovam os que assim procedem”. (Romanos 1:29-32).
O que “os que tais coisas praticam” fazem para aqueles que praticam o mesmo mal? Eles aprovam os seus atos. O que os homens que estão contra Deus fazem aos justos, que obedecem à Palavra de Deus? Eles perseguem os justos dizendo, “Vocês são hereges”. Os justos são perseguidos em razão da Justiça após crerem em Jesus. Eles são abençoados.
As pessoas simpatizam com aqueles que andam segundo a carne. Contudo, é estranho dizer, nós vemos que elas evitam e obstruem outros de crerem em Jesus e de tornarem-se justos pelo perdão dos pecados. Isto é como viver como um servo do pecado porque eles nem servem a Deus e nem obedecem à Palavra da verdade.
Portanto, os não crentes e Satanás dizem que nós não devemos nem ser perfeitamente santificados e nem ter o perfeito perdão dos pecados, apesar de eles admitirem que nós acreditemos em Jesus Cristo. Os não crentes e desobedientes pensam e dizem que eles podem crer em Jesus enquanto têm pecados em seus corações, mas pensando assim certamente irão para o inferno. As pessoas adoram quando elas creem em Jesus, mas continuam pecadoras. Aqueles que não conhecem e nem creem em Deus, apesar de serem Cristãos, não recebem Deus em seu conhecimento e se opõem a Ele. Eles se opõem à Justiça de Deus. Eles também adoram Satanás e todos os seus pecados. Aqueles que não nasceram de novo, apesar de crerem em Jesus, são dessa forma. Existem tantos que se dizem Cristãos e que, na verdade, não nasceram de novo. Aqueles que creem em Jesus com pecados em seus corações não obedecem à Palavra da verdade de Deus e se opõem aos Cristãos nascidos de novo que receberam a remissão dos pecados e foram santificados crendo na verdade de Jesus Cristo.
 

Aqueles que não nasceram de novo se opõem aos Nascidos de Novo

O Apóstolo Paulo diz na Bíblia que a ira de Deus é revelada aos homens que detêm a verdade pela injustiça. Ele também diz que o julgamento de Deus é revelado do Céu contra toda a impiedade e injustiça. Tudo é feito segundo a verdade. A verdade é que o Senhor Jesus levou todos os pecados. O julgamento de Deus é revelado para aqueles que estão contra a verdade e a bloqueiam. Nós aprendemos por meio da Palavra de Deus que todos os crentes que não são nascidos de novo serão julgados por Deus. Deus irá julgar aqueles que não nasceram de novo, apesar de eles crerem em Jesus.
Os crentes que não nasceram de novo gostam de ofender os nascidos de novo, com os corações cheios de maldade. Tais pessoas irão para o inferno. Deus os expele para o inferno. Eles estão cheios de malícia e sussurram uns para os outros. Pecadores que sussurram entre si contra os justos, que têm o perdão dos pecados, serão julgados. Você entende o que estou dizendo? Nós devemos ser simpáticos com eles. Eles se opõem a Deus com seus pecados, não sabendo que estão agindo contra Deus, sussurrando, “É estranho que eles não tenham pecados. Soa muito estranho”. 
O julgamento de Deus é revelado para aqueles que estão contra Deus com os seus pecados. Tais pessoas têm prazer naquelas que fazem o mesmo que elas. Elas admitem que aqueles que sussurram e ofendem estão certos. Os Cristãos que não são nascidos de novo sussurram entre si e ofendem os justos. Eles ofendem e odeiam os justos, orgulhando-se e bolando tramas maldosas em conjunto. Você sabe como eles planejam coisas más? Eles se unem para cometer maldades. Eles se opõem aos justos com bons slogans como “Vamos crer em Jesus. Vamos cultivar a forma correta da fé. Vamos ser a luz do mundo”. Eles cometem estes pecados, se unindo, porque não é divertido para eles pecarem sozinhos.
Portanto, Deus diz em Salmos 2:4, “Ri-se aquele que habita nos céus; o Senhor zomba deles”, porque os reis da Terra estão contra Deus. “Oh! É divertido. Nada irá Me acontecer, não importa o quanto vocês tentem Me desafiar. Vocês estão me pagando para serem julgados”. Deus está esperando o tempo do julgamento, pois isto será risível para Ele.
 

Aqueles que julgam os justos serão julgados por Deus

Aqueles que estão contra a verdade de Deus e que não nasceram de novo cometem pecados. Aqueles que são nascidos de novo também possuem malícia e imperfeições na carne. Contudo, há uma diferença. Nós cremos em Deus e na verdade. Nós recebemos a remissão dos pecados através de Deus. Contudo, aqueles não creem de forma alguma em Deus. Estas pessoas estão contra “a Justiça e a verdade de Deus”. “Portanto, és indesculpável, ó homem, quando julgas, quem quer que sejas; porque, no que julgas a outro, a ti mesmo te condenas; pois praticas as próprias coisas que condenas”. (Romanos 2:1).
O Apóstolo Paulo fala aos Judeus e Cristãos que não nasceram de novo e apenas creem na Lei. Eles julgam os outros dizendo, “Não mate, não cometa adultério, não roube, e sirva somente a Deus”, enquanto eles mesmos não guardam a Lei. Apenas Deus julga corretamente, e apenas Seus filhos, que nasceram de novo, podem julgar segundo a Palavra de Deus.
Estas pessoas são julgadas porque elas julgam os justos arbitrariamente. Deus julgará todos aqueles que não nasceram de novo, ou seja, os Judeus e os Cristãos legalistas. A ira de Deus é revelada para aqueles que levam uma vida religiosa, seguindo à Lei, e que não nasceram de novo, crendo que irão para o inferno se não obedecerem a Deus e que irão para o Céu se eles fizerem o que Deus disse. Uma pessoa de fé é aquela que se torna justa após crer em Jesus Cristo. Nós temos que saber distinguir. Aqueles que creem em Deus e levam vidas piedosas sem que sejam nascidos de novo julgam os justos segundo os seus próprios critérios.
Contudo, Deus certamente irá julgá-los. Eles não sabem que estão julgando a si mesmos segundo os seus próprios critérios. Oh, vocês homens que julgam os justos sem ter o perdão dos pecados, com uma fé errada, não recebendo a verdade de Deus, vocês pensam que irão escapar do julgamento de Deus? Estas pessoas serão julgadas por Deus.
 

O Julgamento de Deus é Justo

“Bem sabemos que o juízo de Deus é segundo a verdade contra os que praticam tais coisas”. (Romanos 2:2). Nós temos a certeza de que o julgamento de Deus é segundo a verdade, contra aqueles que julgam outras pessoas não sendo nascidos de novo, ainda que creiam em Jesus. Nós devemos saber que Deus envia estas pessoas para o inferno e que Ele as julga segundo a Sua verdade.
Deus envia os pecadores para o inferno porque Sua verdade é a correta, e porque o julgamento de Deus é preciso. Se alguém vai ou não para o Céu não depende da Doutrina da Predestinação que prega, “Deus ama alguns, mas odeia outros incondicionalmente”. Deus escolheu todos os homens em Jesus Cristo antes da fundação do mundo. (Efésios 1:4).
Quem crer que Jesus Cristo levou os seus pecados recebe a remissão pelos pecados. Deus predestinou esta pessoa. Portanto, todos aqueles que não nascerem de novo, mesmo se crerem em Jesus, irão para o inferno. Eles irão para o inferno segundo o julgamento de Deus e esta é a verdade.
O julgamento de Deus, que manda os pecadores para o inferno, é correto. Por quê? Porque eles rejeitaram o grande amor de Deus e nem receberam a salvação de Deus, nem creram Nele. É apropriado para Ele, segundo a verdade, enviar aqueles que não são nascidos de novo para o inferno.
Alguns podem dizer, “Por que Deus não pregou o evangelho para mim?”. Ele não pregou? Deus pregou o evangelho para você muitas vezes. Tente obter a salvação abrindo bem os seus olhos. Existem poucas Igrejas que pregam o verdadeiro evangelho neste mundo. Contudo, você pode encontrar a verdade se você realmente buscá-la. No meu caso, eu realmente tentei encontrá-la! Após pregar um sermão, quando eu ainda não era nascido de novo, eu orei, “Oh, Senhor. Eu sou um pecador diante de Deus, apesar de ter pregado à Sua Palavra para as pessoas. O que eu falei para as pessoas foram coisas que eu disse para mim mesmo. Eu sou um pecador. Por favor, me encontre. Por favor, me salve”.
Eu não sei o quanto eu tentei encontrar a verdade. Deus quer encontrar todos os que o procuram. Deus quer redimir até mesmo as pessoas que não o buscam. “Chamarei povo meu ao que não era meu povo; e amada, à que não era amada”. (Romanos 9:25). Deus diz que Ele é o nosso Salvador que veio a este mundo para nos salvar. As pessoas que têm buscado a Deus com instância certamente o encontrarão. Algumas outras não buscaram a Deus, mas têm a oportunidade de encontrar o Senhor Jesus quando os pregadores do evangelho da água e do Espírito vêm até elas e pregam o evangelho. Alguns estão interessados no evangelho, outros não. Os homens que vão para o inferno vão para lá porque eles rejeitam as boas novas.
É apropriado para aqueles que merecem ir para o inferno terminarem lá segundo a Palavra da verdade. Aqueles que merecem ir para o Reino do Céu o alcançam crendo em Jesus segundo a fé correta, apesar de eles não terem qualquer obra extraordinária. Isto acontece através do justo julgamento de Deus.
Deus não envia uma pessoa para o inferno e a outra para o Reino do Céu aleatoriamente, levando em conta o Seu favoritismo por uma pessoa. Pelo contrário, Ele julga segundo o justo julgamento da verdade. Portanto, nós devemos pregar o evangelho. “Tu, ó homem, que condenas os que praticam tais coisas e fazes as mesmas, pensas que te livrarás do juízo de Deus? Ou desprezas a riqueza da sua bondade, e tolerância, e longanimidade, ignorando que a bondade de Deus é que te conduz ao arrependimento?”. (Romanos 2:3-4).
 

Jesus já levou todos os pecados do mundo por meio Do Seu Amor

Paulo diz aos pecadores, os Judeus e os Cristãos legalistas, que não receberam nem o amor de Jesus e nem nasceram de novo, que eles serão julgados. Eles estão destinados a ir para o inferno. Mas o que é o evangelho? Em Romanos 2:4, Deus diz, “Ou desprezas a riqueza da sua bondade, e tolerância, e longanimidade, ignorando que a bondade de Deus é que te conduz ao arrependimento?”. O amor de Deus apareceu para todas as pessoas e prevaleceu segundo a Sua Justiça.
Ninguém está excluído da Graça da salvação de Deus. Jesus levou todos os pecados do mundo. Jesus nos santificou perfeitamente. Será que Ele só levou o pecado original e nos perdoa de nossos pecados diários sempre que oramos? Não. O Senhor Jesus Cristo já levou todos os pecados do mundo, de uma vez por todas. Apesar disso, aqueles que são contra Deus ignoram Sua bondade e amor. “Como Jesus me salvou? Como eu posso dizer, ‘eu não tenho pecado’, apesar de estar pecando constantemente? Não faz sentido. Como Deus poderia levar todos os meus pecados enquanto eu continuo pecando, apesar de Ele ser o meu Salvador e Senhor?”.
As pessoas pensam segundo a carne dessa forma, apesar de Deus já ter lavado todos os pecados do mundo com o Seu amor. O Senhor Jesus veio ao mundo e levou todos os pecados. O Senhor Jesus conhece as imperfeições e fraquezas dos homens (A carne não consegue evitar o pecado). Portanto, Ele levou todos os pecados do mundo de uma vez com Seu batismo e com o derramar de Seu sangue na Cruz. O Senhor Jesus conhece as fraquezas da carne muito bem. “Eu salvei vocês porque Eu sabia que vocês iriam pecar continuamente, até morrerem”.
O Senhor Jesus Cristo lavou todos os pecados do mundo. O Senhor Jesus aceitou todos nós, nos redimindo. O Senhor Jesus pagou o salário do pecado pelos pecadores e os santificou com o Seu poder e Justiça (Jesus foi batizado por João Batista no Rio Jordão). O Senhor Jesus permite que sejamos abençoados, que nos tornemos os Seus filhos e nos capacita para irmos para o Reino do Céu, pagando o salário de nossos pecados com a Sua vida (sangue). O Senhor Jesus Cristo transformou pecadores em Seus filhos justificados.
 

Os Descrentes devem se arrepender e voltar os seus corações para o Senhor Jesus

“Ou desprezas a riqueza da sua bondade, e tolerância, e longanimidade, ignorando que a bondade de Deus é que te conduz ao arrependimento?”. Deus sentencia aqueles que desprezam e negam a sua bondade, riqueza, tolerância e longanimidade para o inferno. É certo que Jesus Cristo lavou todos os pecados do mundo, e que o evangelho se espalhou por todo o mundo. Contudo, as pessoas ainda vão para o inferno porque elas não creem Nele. Jesus nos salvou lavando todos os pecados do mundo para evitar que fôssemos para o inferno, mesmo se nós quiséssemos ir para o inferno desprezando a tolerância e riqueza da Sua bondade. Mesmo se nós desejássemos ir para o inferno, Ele já nos salvou.
Portanto nós devemos crer na água e no sangue de Jesus Cristo para sermos salvos. Creia, e seja salvo. Aqueles que desprezam o amor e a salvação de Deus irão para o inferno. Inferno é um lugar que Deus preparou para aqueles que desprezam a Graça da Sua salvação e a riqueza da Sua bondade. Os descrentes já compraram seus ingressos para o inferno. As pessoas que estão destinadas a ir para o inferno devem se arrepender e voltar os seus corações para o Senhor Jesus. Você também deve dizer adeus para o Reino do Céu, a menos que você tenha fé no verdadeiro evangelho da água e do Espírito.
 

As pessoas vão para o inferno porque elas rejeitam o Amor de Deus

“Mas, segundo a tua dureza e coração impenitente, acumulas contra ti mesmo ira para o dia da ira e da revelação do justo juízo de Deus”. (Romanos 2:5). Aqueles que têm corações impenitentes e as pessoas que não se arrependerem irão para o inferno. Algumas pessoas vão para o inferno porque elas rejeitam o grande amor de Deus. Os pecadores que rejeitam a verdade com corações duros e perseguem os seus próprios pensamentos irão para o inferno, em razão do salário dos seus pecados. Aqueles que se recusam a receber o amor de Deus e insistem em fazer orações de arrependimento para alcançar uma santificação gradual também irão para o inferno. A ira de Deus e o Seu justo julgamento estão guardados para o dia da revelação, em razão de alguns terem negado o amor do Senhor Jesus.
No Seu plano de redenção, Deus decidiu salvar os pecadores e torná-los justos, mesmo antes de Satanás corrompê-los ao pecado. Deus enviou o Seu filho para nos salvar e nos santificar. Contudo, os pecadores não O aceitaram. Eles causaram a ira de Deus por meio da recusa do Seu amor, e por isso, serão julgados no dia da ira e da revelação de Seu justo julgamento. O justo julgamento de Deus é enviar aqueles que têm pecados em seus corações para o inferno.
Por quê? Porque Deus lavou todos os pecados do mundo e fez com que todos no mundo pudessem ser salvos pela fé. Os não crentes certamente irão para o inferno. Eles agem de forma irracional e são voluntários para ir para o inferno, e, então, eles irão se arrepender da sua ignorância. Os pecadores irão para o inferno se eles não aceitarem o grande amor de Deus.
As pessoas pensam que Deus é irrazoável porque Ele envia alguns para o inferno e outros para o Reino do Céu aleatoriamente, segundo Sua própria autoridade. Contudo, isto não é verdade. Deus criou o inferno para aqueles que certamente iriam negar Seu amor e verdade, para que houvesse um lugar adequado para eles ficarem.
A Bíblia diz que o inferno é um lago que queima com fogo e enxofre. Existem vermes sujos e retorcidos para aqueles que preferem o pecado. Eles irão clamar, “Não, não. Eu odeio este lugar”. Mas Deus irá dizer, “Eu lavei todos os seus pecados, mas você disse que eu não me importava se você tinha ou não pecados. Portanto, eu te dei os vermes como presentes, como seus amigos, porque você não quis receber o perdão dos pecados”.  “Não, Eu odeio tudo isso, Senhor”.
“Você mesmo que pediu tudo isso, apesar de odiar. Eu sou o Deus da Justiça. Eu te dei o que você queria. Eu dou o inferno para todos aqueles que gostam de ter pecados em seus corações”. É o justo julgamento de Deus. Os seres humanos pecam enquanto vivem neste mundo, mas eles não devem ignorar o evangelho da salvação de Deus que lavou todos os pecados do mundo.
As pessoas vão para o inferno porque elas têm o coração duro. Nós não devemos ser obstinados por uma ideia diante de Deus. Nós devemos crer que Ele já lavou todos os pecados do mundo. Você deve crer, ainda que isto não seja visível.
 

Deus nos diz que já nos Amou

Deus nos diz que Ele já nos amou. “Eu já lavei todos os seus pecados”. Você deve crer neste fato. Quando Deus diz que Ele criou os Céus e a Terra, nós devemos crer porque a Palavra de Deus é verdadeira. A fé começa com a crença na Palavra de Deus. As pessoas só creem em algo quando elas entendem com suas cabeças pequenas e não creem quando elas não podem entender. Os não crentes que não acreditarem que Deus salvou todos os pecadores de seus pecados irão para o inferno. Eles são aqueles que decidem ir para o inferno.
Houve um conhecido Cristão que certa vez declarou publicamente, “Eu confesso perante Deus que eu sou um pecador e serei até morrer”. Ele morreu e com certeza foi para o inferno. Ele disse para Deus, “Eu declaro que eu sou um pecador diante de Deus e que nunca poderei ser justo diante Dele”. Ele insistiu em ser um pecador até o tempo da sua morte. Ele rejeitou o amor e a verdade de Deus até o seu último suspiro. Então o Senhor disse, “Você é tão fiel à sua própria fé! Você deve ir para o inferno, segundo a sua fé. Eu te envio para o inferno porque os pecadores não podem entrar no Reino do Céu”.
 

Se eu tivesse Acreditado!

O homem que disse, “Eu declaro que eu sou um pecador até a morte”, foi para o inferno. Mesmo Deus não pode ajudar estas pessoas. Eles não só se declararam pecadores, apesar de eles poderem ir para o inferno em breve, mas eles também passaram estes ensinamentos para os crentes que confiaram neles, “Nós somos pecadores até morrermos e ainda seremos pecadores quando estivermos perante Deus”. Portanto, muitos crentes também seguem o mesmo caminho. Deus disse que os pecadores iriam para o inferno. Contudo, diversos Cristãos seguem estes ensinamentos no Cristianismo atual. Deus disse que aqueles pecadores se arrependeriam eternamente, rangendo os seus dentes nas chamas ardentes do inferno, dizendo, “Se eu tivesse crido; se eu tivesse apenas crido”.
“Se eu tivesse crido no fato de que Jesus lavou todos os meus pecados e tivesse abandonado meus próprios pensamentos, eu teria entrado no Reino do Céu!”. “Se eu tivesse crido; Se eu tivesse apenas crido”. Haverá muitas pessoas gritando coisas como estas no inferno. Eles dirão, “Se, se, se, se eu tivesse crido, se eu tivesse recebido à verdade, eu seria Seu filho. Por que eu fui tão cabeça-dura...?”. 
Nós, os justos, iremos perguntar para o Senhor, “Senhor, por favor, nos mostre o que os pecadores estão fazendo agora. Eles nos perseguiram, os justos”.  “Não, não é bom para vocês, meus filhos, porque seus corações irão sofrer depois que virem seus companheiros entre eles. Vocês realmente querem ver pessoas que vocês conhecem sofrendo?”. “Por favor, nos mostre somente uma vez!”. O Senhor Jesus poderá mostrar algum dia isso para nós, pois Ele é muito bondoso. Então vamos presumir que nós vimos isto. Haveria um grande número de pessoas clamando: “Se eu tivesse crido, se eu tivesse crido”. Nós então iríamos nos perguntar “Que barulho é esse? Eles estão cantando?”. “Ouçam bem se eles estão cantando ou se arrependendo”. Homens e mulheres cantando naquelas chamas em coro e se arrependendo. “Se eu tivesse crido”.
Pessoas obstinadas irão para o inferno ao menos que elas se tornem obstinadas pelo caminho correto. Nós realmente precisamos de persistência para nos manter no caminho verdadeiro. O homem não deve ser indeciso. Nós devemos ser persistentes quando temos que ser persistentes. Nós todos temos que ser persistentes no caminho correto e nós temos que quebrar nossa resistência quando for necessário.
 

Deus irá retribuir a cada homem segundo as suas Obras

Deus, “que retribuirá a cada um segundo o seu procedimento: a vida eterna aos que, perseverando em fazer o bem, procuram glória, honra e incorruptibilidade”. (Romanos 2:6-7). Deus retribui a todas as pessoas segundo as suas obras e as julga dessa forma. “Retribuir” significa “recompensar segundo suas obras ou procedimentos”. Que tipo de pessoa prossegue fazendo o bem enquanto busca a glória, honra e incorruptibilidade? Esta pessoa é aquela que crê na perfeita salvação de Jesus.
Existem muitas pessoas no mundo, mas Deus dá a vida eterna apenas para aqueles que prosseguem pela Justiça e creem na Sua verdade, não importando o que outras pessoas possam dizer. Deus dá a Glória do Reino eterno para aqueles que querem se tornar justos e desejam levar vidas eternamente felizes. Eles prosseguem fazendo o bem e buscam a glória, honra e incorruptibilidade, querendo ser filhos de Deus. Eles permanecem e continuam fazendo o bem para seguir e buscar a Justiça de Deus. Deus dá para eles a vida eterna. Deus permite que eles vivam eternamente e os torna Seus filhos. Os filhos de Deus são deuses em Seu Reino.
“Mas ira e indignação aos facciosos, que desobedecem à verdade e obedecem à injustiça”. (Romanos 2:8). “Mas” se refere ao grupo de pessoas que se opõe aos abençoados. A indignação e a ira de Deus são dadas para aqueles que não obedecem à verdade. Deus os manda para o inferno. Aqueles que não são nascidos de novo e não obedecem à verdade são contenciosos e contra a verdade.
Aqueles que não são nascidos de novo são contenciosos e gostam de formar facções. Durante a história da Coreia, nossos ancestrais fizeram facções e lutaram entre si por problemas políticos. O grupo dominante seria escolhido de acordo com quem se tornasse rei. Quando um dos membros da família Lee se tornava rei, os homens da família Lee eram colocados em posições sociais elevadas enquanto outros eram expulsos ou perseguidos. Mas quando o trono mudava para a família Kim, tudo era completamente mudado. As pessoas formavam facções para alcançar vantagens próprias, não para alcançar causas justas.
O Cristianismo atual é parecido com isso. Eles formam denominações ou facções. Para quê? Para desobedecer à verdade como um grupo. Eles dizem unanimemente que têm pecados, apesar de Jesus ter lavado todos os pecados do mundo. Eles fingem ser justos e salvos, mas não obedecem à verdade. Eles condenam os justos como hereges, dizendo que eles certamente têm pecados. O Senhor Jesus diz que os pecadores que lutam contra os justos estão errados e que todos eles devem ir para o inferno.
Aqueles que obedecem à verdade e a Deus obedecem à Palavra do Senhor. Nós, os justos, cremos que o julgamento de Deus é segundo a verdade.
 

As denominações Cristãs podem nos levar para o Reino do Céu?

As organizações denominacionais não podem nos levar para o Reino do Céu. Minha esposa provocou à fúria da minha sogra ao dizer a ela que, “Um corpo denominacional não pode enviar você para o Reino do Céu”. Falando francamente, eu não sei até agora por que minha sogra ficou tão zangada com esta afirmação? Você pensa que um grupo religioso pode enviar você para o Reino do Céu? Nós somos salvos individualmente e entramos no Reino do Céu pela fé na Palavra de Deus. A Igreja Presbiteriana pode te levar para o Céu? A Igreja Batista pode te levar? E a Igreja da Santidade? E a Igreja Adventista do Sétimo Dia? Não. Nós podemos entrar no Reino do Céu apenas quando cremos no perdão dos pecados que Jesus Cristo preparou para nós.
 

Nós temos que habitar na Igreja de Deus

O Apóstolo Paulo aparentemente separava os pecadores que iriam para o inferno dos justos que iriam entrar no Reino do Céu entre todos os Cristãos. O evangelho é igual para todos, para os Judeus e para os Gregos. Aqui, os Gregos representam todos os Gentios e os Judeus representam os Israelitas. Deus não vê a aparência externa da pessoa. Deus procura por homens que creiam na Sua Palavra de coração. Você crê que Jesus é Deus? Você crê que Jesus Cristo é nosso Salvador? Nós só podemos ir para o Reino do Céu quando nós cremos que Jesus levou todos os pecados do mundo com o Seu batismo. Nós temos que crer assim e não abandonar isso. O Espírito Santo dentro de nós nos impede de negar nossa fé e nos ajuda a derrotar os inimigos quando o perigo está sobre nós. Nós temos que ser cuidadosos.
Na Bíblia, há uma parábola sobre os quatro tipos de campos, mas alguns campos são aqueles que não podem ser salvos. As sementes plantadas nesses campos morrem assim que brotam. Isso é semelhante a ser uma semente morta. Tem o mesmo resultado, que é a morte. Então, nós podemos manter nossa fé com nossas próprias forças? Não. Nós só podemos manter nossa fé quando o Senhor Jesus nos dá forças para resistir a qualquer problema e nos dá o remédio contra toda fraqueza espiritual enquanto nós habitamos na Videira verdadeira.
A Igreja de Deus é a Videira. O Senhor Jesus nos dá bênçãos, remédios, consolações, e a fé para resistirmos às perseguições enquanto habitamos na Igreja de Deus. Mas o que acontece com aqueles que não habitam na Videira? Eles morrem rapidamente. Os corações dos justos não podem resistir aos ataques de Satanás e eventualmente ficam doentes se não unirem-se com a Igreja, ainda que tenham muitas habilidades e poderes. Você percebe isso? Eles caem gradualmente e se tornam cada vez mais inúteis. A Bíblia diz, “Vós sois o sal da terra; ora, se o sal vier a ser insípido, como lhe restaurar o sabor? Para nada mais presta senão para, lançado fora, ser pisado pelos homens”. (Mateus 5:13).
Mesmo os justos são inúteis quando vivem afastados da Igreja. Eles podem brilhar à sua Luz e são abençoados quando habitam na Igreja. Mas eles caem na ruína quando vivem separados da Igreja e não conseguem vencer o mundo quando atravessam problemas. Por quanto tempo você pode sustentar suas próprias crenças? Por quanto tempo você pode se manter distante da Igreja de Deus? Mesmo os servos de Deus não podem prevalecer. Contudo, se nós habitamos na Videira, nossa comunidade será salva, e muitas pessoas podem ter a remissão dos pecados por intermédio de nós. Para onde Ló foi após perseguir um desejo carnal? Ele foi para Sodoma. Ele vivia bem lá? Qual foi o resultado? Ele se arruinou. A Bíblia diz que todos os descendentes de Ló se arruinaram. Os Moabitas e Amonitas vieram das filhas de Ló.
Por que descendentes que foram contra Deus nasceram de uma pessoa justa, Ló? Foi porque ele se afastou da Igreja. A razão pela qual eu não fico desapontado em situações difíceis é porque Deus escolheu à sua Igreja. Deus abençoa a Igreja onde os justos se reúnem, e se torna o Cordeiro e o Senhor da Igreja para cada um dos santos. É a Sua promessa.
“Assim, pois, todos os que pecaram sem lei também sem lei perecerão; e todos os que com lei pecaram mediante lei serão julgados. Porque os simples ouvidores da lei não são justos diante de Deus, mas os que praticam a lei hão de ser justificados. Quando, pois, os gentios, que não têm lei, procedem, por natureza, de conformidade com a lei, não tendo lei, servem eles de lei para si mesmos.
Estes mostram a norma da lei gravada no seu coração, testemunhando-lhes também a consciência e os seus pensamentos, mutuamente acusando-se ou defendendo-se”. (Romanos 2:12-15).
Uma pessoa que não vai para a Igreja não conhece a Lei. Então sua consciência se torna à sua Lei porque ela não conhece a Lei. Ela faz o mal, apesar de saber o que é certo e errado na sua consciência. Portanto, isso é um pecado e a pessoa deve buscar ao Senhor Jesus para ser salva dos pecados. Deus encontra qualquer um que deseja buscá-Lo.
Nós devemos buscar a misericórdia de Deus. Devemos crer Nele e devemos abandonar nosso orgulho. Nós devemos viver por fé. Nós não devemos deixar a Igreja de Deus; nós devemos buscar crer e habitar na Igreja. Deus não nos afasta quando nós habitamos na Igreja, apesar de sermos instáveis e fracos.
 

O Pecado dos Judeus

Agora o Apóstolo Paulo começa a pregar o evangelho em larga escala para os Judeus após separá-los daqueles que estão indo para o Reino do Céu.
“Se, porém, tu, que tens por sobrenome judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus; que conheces a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído na lei; que estás persuadido de que és guia dos cegos, luz dos que se encontram em trevas, instrutor de ignorantes, mestre de crianças, tendo na lei a forma da sabedoria e da verdade;
tu, pois, que ensinas a outrem, não te ensinas a ti mesmo? Tu, que pregas que não se deve furtar, furtas? Dizes que não se deve cometer adultério e o cometes? Abominas os ídolos e lhes roubas os templos?”. (Romanos 2:17-22).
Nós devemos conhecer isso. Deus originalmente falou para os Judeus, então eles tinham a Palavra de Deus e o sistema sacrificial. Ele prometeu o Messias através dos Judeus e revelou os seus planos por meio de Seus servos Judeus. Então, Moisés e todos os profetas eram Judeus. Contudo, os Judeus pensavam que sabiam o que iria agradar a Deus e o que era a Sua Lei, e ficavam diligentemente recitando e memorizando a Palavra de Deus. Contudo, o Apóstolo Paulo disse, “Se, porém, tu, que tens por sobrenome judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus”. Os Judeus não foram salvos, apesar de se gloriarem em Deus e fazerem sacrifícios. Aqueles que não creem completamente em Jesus Cristo como seu Salvador são a mesma coisa que os não crentes. Isto significa que eles nem acreditaram na promessa de Deus de que Ele os salvaria como no sistema sacrificial, nem creram em Jesus, o Salvador.
Os Judeus irão para o inferno porque eles não creem em Jesus, o Salvador. Foi inútil para eles colocarem suas mãos na cabeça das ovelhas. Eles não acreditavam realmente que a “imposição de mãos” significava “passar os pecados” nos tempos de Malaquias, no fim do Antigo Testamento. Eles criam nisso no tempo de Davi, mas sua fé começou a decair no tempo de Salomão. Durante a época do Reino dividido, eles adoraram outros deuses como Baal e Asherah, enquanto ministravam sacrifícios formais no Templo. Ministrar sacrifícios formalísticos é o mesmo que não crer em Deus. Deus fica satisfeito quando nós cremos e habitamos na Sua Palavra.
No sistema sacrificial do Tabernáculo, os pecados de uma pessoa eram passados para a cabeça de um animal quando ela colocava às suas mãos sobre ele. Mas eles não acreditavam realmente nisso, apesar de saberem o que era certo e errado. Foi o pecado dos Judeus. Não crer na verdade da Palavra de Deus, não conhecê-la literalmente e não ensinar dessa forma para outras pessoas foi o pecado dos Judeus.
É o mesmo que não crer em Deus. É um pecado fatal. “Se, porém, tu, que tens por sobrenome judeu, e repousas na lei, e te glorias em Deus; que conheces a sua vontade e aprovas as coisas excelentes, sendo instruído na lei; que estás persuadido de que és guia dos cegos, luz dos que se encontram em trevas, instrutor de ignorantes, mestre de crianças, tendo na lei a forma da sabedoria e da verdade”. Paulo identificou o pecado da descrença entre os Judeus.
 

Crer em Jesus com Pecados no Coração significa profanar a Deus

Nós podemos encontrar o mesmo erro dos Judeus na maioria dos Cristãos de hoje. Os Judeus são semelhantes aos que não creem que Jesus os santificou, levando sobre Si todos os seus pecados. “Tu, que te glorias na lei, desonras a Deus pela transgressão da lei? Pois, como está escrito, o nome de Deus é blasfemado entre os gentios por vossa causa”. (Romanos 2:23-24) É profanar o nome de Deus crer em Jesus Cristo da forma errada. É profanar o nome de Deus não crermos exatamente no que Jesus Cristo fez e se nós não somos nascidos de novo.
É profanar a Deus crer em Jesus sem ser nascido de novo. “Porque a circuncisão tem valor se praticares a lei; se és, porém, transgressor da lei, a tua circuncisão já se tornou incircuncisão. Se, pois, a incircuncisão observa os preceitos da lei, não será ela, porventura, considerada como circuncisão? E, se aquele que é incircunciso por natureza cumpre a lei, certamente, ele te julgará a ti, que, não obstante a letra e a circuncisão, és transgressor da lei. Porque não é judeu quem o é apenas exteriormente, nem é circuncisão a que é somente na carne. Porém judeu é aquele que o é interiormente, e circuncisão, a que é do coração, no espírito, não segundo a letra, e cujo louvor não procede dos homens, mas de Deus”. (Romanos 2:25-29). Nós todos devemos receber a Palavra de Jesus de todo o coração.
 

O que veio primeiro, a Circuncisão ou a Lei?

O que veio primeiro, a circuncisão ou a Lei? Qual delas Deus deu a Israel primeiramente? A circuncisão. Deus disse para Abraão ser circuncidado. Abraão não tinha filho legítimo, apesar de ter 99 anos de idade. Contudo, Deus havia prometido para Abraão um filho quando ele tinha 75 anos. Deus disse a Abraão, “Saia da tua terra, eu te darei muitos descendentes, como as estrelas do Céu”. Abraão creu na Palavra de Deus e esperou por 25 anos. A promessa foi finalmente cumprida após 25 anos. Portanto, seu filho foi dado quando ele tinha 100 anos. Ele esperou 25 anos, apesar de estar um pouco desapontado e ter cometido alguns erros enquanto aguardava. Deus também prometeu dar a ele e aos seus filhos a terra prometida, Canaã, que representa o Reino do Céu espiritualmente.
Após prometer o Reino do Céu, Deus falou para Abraão e para todos os homens da sua casa serem circuncidados. Deus disse que a circuncisão seria um sinal da Aliança entre Deus e os homens. Portanto, Abraão circuncidou a carne do seu prepúcio. Todos os homens da sua parentela realizaram este ritual. A circuncisão é semelhante à fé pela qual nós cremos e recebemos o evangelho da verdade.
 

Israel negou ser circuncidada de Coração

Contudo, Israel se gloriava de serem descendentes de Abraão e de serem circuncidados, e perguntavam aos Gentios com arrogância, “Você já foi circuncidado?”. Nós devemos ser circuncidados de coração. Nós somos salvos quando nós recebemos a Palavra que diz que Jesus levou todos os pecados do mundo, e cremos nela de todo o nosso coração.
Nenhum outro país foi mais invadido do que Israel. Eles passaram por uma profunda tristeza como pessoas sem Pátria por aproximadamente dois mil anos. Deus subjugou Israel. Por quê? Porque eles não creram.
Eles profanaram o nome de Deus porque não creram, apesar de Deus ter amado Israel e querer que eles tivessem crido que Deus lavou todos os seus pecados. Ele queria derrotar os inimigos de Israel como o Pastor de Israel e queria abençoar, amar, e dar a Glória a eles.
Deus prometeu glorificar todas as pessoas e fazê-las Suas filhas se elas cressem Nele de todo o coração e tivessem a remissão dos pecados. Apesar do exemplo de Israel, Deus avisa a todas as pessoas do mundo que Ele as enviará para o inferno se elas não receberem à Sua promessa.
Deus prometeu que qualquer um que acreditasse no evangelho da Sua verdade poderia receber todas as bênçãos que Jesus prometeu, apesar das pessoas não terem obras suficientes para isso. O único caminho para evitar o julgamento de Deus é crer no evangelho da água e do Espírito. Creia nele, e você será salvo e irá se livrar do inferno.
Que a Graça do Senhor Jesus Cristo esteja em todas as almas.