Khotbah-Khotbah

Assunto 9: Romanos

[Capítulo 2-1] Introdução a Romanos Capítulo 2

Neste mundo, dois grupos, Judeus e Cristãos, creem em Deus, e entre estas pessoas, existem aqueles que acreditam em Jesus e aqueles que não acreditam. Deus considera inútil a fé daqueles que não creem em Jesus. Contudo, o problema mais sério enfrentado pelos Cristãos é que eles creem em Jesus de certa forma, todavia eles ainda não foram remidos de seus pecados. O Apóstolo Paulo fala sobre este tema em Romanos capítulo 2, não só para os Judeus e Gregos, mas também para os Cristãos de hoje.
 


Os Judeus julgam os outros facilmente


O Apóstolo Paulo reprova tanto os Judeus quanto os Cristãos que tem o mesmo tipo de fé. Em Romanos 2:1, Paulo, dizendo “ó homem, quando julgas, quem quer que sejas” reprova aqueles que estão intoxicados com o senso de superioridade por serem Judeus ou Cristãos. Mesmo aqueles que não nasceram de novo após crerem em Deus sabem o que é errado pela lei da consciência em seus corações. É por isso que eles falam para as pessoas não roubarem. Contudo, eles cometem adultério e não guardam a Palavra de Deus, mas guiam os outros com os Mandamentos de Deus, enquanto afirmam ser crentes em Deus. Estas são as pessoas, entre Judeus e Cristãos, que não nasceram de novo.
Aqueles que creem em Deus falam para os outros não adorarem ídolos ou cometerem assassinatos, gloriando-se que eles guardam a Lei de Deus. Dessa forma, eles desonram a Deus quebrando as Suas Leis.
As pessoas que não conhecem a Justiça de Deus, mas vivem em Jesus, também dizem que Jesus é seu Salvador. Mas sua fé não está baseada na Justiça de Deus, então eles se opõem à verdadeira Justiça de Deus que já levou todos os seus pecados. Eles mesmos não sabem que estão se opondo aos verdadeiros crentes em Deus. Nós podemos perceber que muitas pessoas chamam a si mesmas de Cristãs, mas rejeitam o evangelho que contém a Justiça de Deus, sem conhecer o amor de Jesus, ou a circuncisão espiritual. Tais pessoas dizem seguir a vontade de Deus, mas na verdade elas não aceitaram a Jesus e O crucificaram na Cruz acusado de blasfêmia, pois Jesus se identificou como Filho de Deus.
O Apóstolo Paulo disse que um Judeu exterior não é um Judeu, mas um Judeu interior é um genuíno Judeu. Eles afirmam ser o povo de Deus e que eles são uma parte da nação de Deus. Mas como os Judeus podem crer em Deus se eles rejeitaram Jesus como seu Salvador?
O Apóstolo Paulo diz, “Porém judeu é aquele que o é interiormente, e circuncisão, a que é do coração, no espírito, não segundo a letra, (Romanos 2:29a). Aqueles que creem na circuncisão espiritual são os verdadeiros crentes em Deus. Eles são justificados pela fé.
De quem os crentes em Deus devem receber reconhecimento e louvor? Eles devem receber estas coisas de Deus. Paulo diz, “e cujo louvor não procede dos homens, mas de Deus”. (Romanos 2:29b). Se nós cremos na Justiça de Deus, ganhamos o Seu louvor e recebemos uma recompensa. Se você crê em Deus externamente, mas ainda carrega pecados em seu coração, você não acredita realmente na Justiça de Deus; você está apenas a ridicularizar. Portanto, você irá receber o julgamento de um não crente.
Quem são aqueles que ignoram a verdade de Deus? São as pessoas que seguem as palavras humanas mais seriamente do que a Palavra de Deus. Tais pessoas se organizam em vários ramos do Cristianismo e se opõem a Deus. Elas rejeitam e combatem a Justiça da salvação de Deus estando unidas nisso. Você pode imaginar que tipo de punição irá recair sobre estas pessoas?
 


A Punição para aqueles que se opõem a Deus


Os versos 8 e 9 de Romanos 2 afirmam, “mas ira e indignação aos facciosos, que desobedecem à verdade e obedecem à injustiça. Tribulação e angústia virão sobre a alma de qualquer homem que faz o mal, ao judeu primeiro e também ao grego”.
Tribulação e angústia virão sobre cada um daqueles que fazem o mal. Aqui, a expressão “angústia” é a punição a ser recebida no inferno. Para aqueles que cometem o mal, haverá tribulação e angústia do inferno.
Que tipo de pecado cometem aqueles que rejeitam a Deus? Deus traz um julgamento sobre aqueles que se opõe ao Seu amor. Você espera que aqueles que se opuseram ao amor de Deus, que vem da circuncisão espiritual, viverão em paz com seu corpo e espírito? Algumas pessoas vivem vidas arruinadas agora e após a morte, porque elas merecem a ira de Deus. Elas se opuseram à Justiça de Deus e não podem trazer satisfação em seus corações. Elas não conhecem o amor que vem da circuncisão espiritual; mesmo quando elas vão para a Igreja confessar que creem em Jesus, elas ainda sofrem por não ter os seus pecados remidos.
Você não pode conhecer este segredo apenas porque você crê em Jesus. Apenas aqueles que creem na Justiça de Deus podem conhecê-lo. Estejam advertidos, vocês, falsos crentes em Deus, que vocês devem entender e crer no evangelho da água e do Espírito, que é a Justiça de Deus. Então vocês serão capazes de se libertar da sofrível maldição.
Se um homem diz que tem pecado no coração, mesmo quando ele acredita em Jesus, significa que ele crê da forma errada e que precisa crer no verdadeiro evangelho que revela a Justiça de Deus. Não importa em qual denominação as pessoas creem em Jesus; se elas dizem crer Nele de alguma forma mas levam pecado em seu coração, elas estão cometendo o pecado de ignorar a Justiça de Deus. Qual é o resultado correto da crença em Deus? Se você crê em Jesus como seu Salvador de verdade, com certeza você não terá mais pecado. Contudo, se você tem pecado em seu coração mesmo depois de crer em Jesus, significa que você ainda não entendeu completamente a Justiça de Deus.
O Senhor Jesus que salvou todos os pecadores de seus pecados já veio em carne, salvou os pecadores, e tornou-se o Salvador para todos os crentes. Então, uma pessoa que realmente crê na água e no Espírito Santo pode ter pecado? A pessoa não deve ter pecado se ela realmente crê na Justiça de Deus a partir do momento em que ela crê em Jesus. Mas em razão de ignorarem a Justiça de Deus enquanto creem em Jesus de alguma forma, as pessoas acabam tendo pecado em seus corações.
Portanto, você deve abandonar todas as suas obstinações agora mesmo. “Eu tenho crido em Jesus erroneamente! Então como eu devo conhecer e crer em Jesus? Eu entendi que a Cruz é importante para crer em Jesus, mas Seu batismo também é essencial. Agora eu entendo que Jesus foi crucificado e recebeu o julgamento porque Ele levou sobre Si todos os pecados do mundo por meio do Seu batismo”. Você tem que perceber estas verdades e crer em todas elas.
Aqueles que permanecem obstinados perante o Senhor Jesus receberão a retribuição de Deus segundo a sua atitude. O resultado é ser colocado no fogo do inferno. É por isso que Mateus 7:22 afirma que, “Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?”. Quando o Senhor Jesus voltar, aqueles que não creram na Justiça de Deus e têm pecado em seu coração, enquanto fingem exteriormente crer em Jesus Cristo, serão julgados perante Deus. Eles dirão ao Senhor Jesus, “Eu não cria em você? Eu não expulsava demônios em Seu nome e falava em línguas? Eu não Te servi, Senhor?”.
Todavia, o Senhor Jesus dirá, “Aparta-te de Mim, você que pratica a iniquidade (isto indica aqueles que não creem na Justiça de Deus)”, como você pode dizer que acreditava em Mim quando você não cria que eu tirei todos os seus pecados recebendo o batismo e morrendo na Cruz? Mentiroso, você entrará nas eternas chamas ardentes. “Seu pecado é de um falso profeta e você levou muitas pessoas para o inferno”. Aqueles que não creem na Sua Justiça e permanecem impassíveis receberão a temível ira de Deus.
O grande exemplo deste tipo de fé são os Judeus, e eles ainda permanecem impassíveis perante Deus. Até hoje, eles não creem na Justiça de Deus através de Jesus Cristo. Mesmo entre os protestantes, existem muitos Cristãos obstinados que dizem que seus pecados diários podem ser perdoados todas as vezes que oferecem orações de arrependimento. Estas pessoas devem largar esta obstinação de não crer na Justiça de Deus, a fim de evitar a Sua indignação.
Jesus perdoa tais pessoas por seus erros sempre que elas se arrependem e oram por perdão todos os dias? Ele não perdoa. João Batista, que foi o último Sumo Sacerdote do Antigo Testamento e que representa toda a humanidade, batizou Jesus Cristo há dois mil anos e Ele derramou o Seu sangue na Cruz. Dessa forma, Ele cumpriu a Justiça de Deus e levou todos os pecados da humanidade de uma vez por todas.
Onde Jesus levou os nossos pecados? Jesus recebeu todos os pecados da humanidade de uma vez quando Ele foi batizado por João no Rio Jordão. Ele também salvou os crentes eternamente dos pecados, indo para o Gólgota para derramar o Seu sangue na Cruz e receber o julgamento vicário por todos os pecados. Mas todos os Cristãos pecadores ainda estão obstinados e não creem na Justiça de Deus. Se os seus corações já foram limpos de todos os pecados pelo sangue de Jesus, então, por que eles têm que pedir perdão por seus pecados até à sua morte? Eles estão sendo obstinados. O sangue de Jesus na Cruz é importante, mas o batismo que Jesus recebeu de João também é tão importante que as pessoas deveriam crer e ter seus pecados perdoados de uma vez, para obterem a Justiça de Deus.
Todo mundo é obstinado! Mas diante de Deus, você deve deixar de lado a obstinação de rejeitar a Sua Justiça. Aqueles que creem em Deus devem obedecer e crer em Sua Palavra. Eu também sou uma pessoa muito obstinada, mas eu desisto da minha obstinação diante de Deus e me torno justo pela Sua Graça.
O verdadeiro arrependimento vem quando a pessoa deixa de lado a sua obstinação e recebe a remissão de pecados aceitando em sua mente a Justiça de Deus. Após sermos perdoados, nós temos que mudar os nossos caminhos errados e reconhecer os nossos erros, tentando viver melhores vidas espirituais diante de Deus. Este último ponto é o arrependimento na vida do santo nascido de novo.
Aqueles que creem em Jesus, mas não conhecem a Justiça de Deus serão destruídos. Estas pessoas devem deixar os seus caminhos obstinados, se arrepender, e crer no batismo e na Cruz de Jesus para a remissão de seus pecados. (Atos 3:19). O Senhor Jesus nos deu este mandamento para recebermos a remissão dos pecados de uma vez crendo em Sua Justiça. Nós temos que ouvir a Deus e a Sua Palavra para que possamos ser perfeitamente justos e perdoados de todos os nossos pecados de uma vez crendo na verdade que Jesus Cristo expiou todos os nossos pecados por meio do Seu batismo e crucificação. Quando uma pessoa crê na Justiça de Deus, ela é perdoada de todos os seus pecados e recebe o Espírito Santo de presente. Todos os Apóstolos e discípulos de Jesus criam na Justiça de Deus e receberam a remissão dos pecados de uma vez. Você também não deve ser obstinado diante da verdade. Você deve ser obstinado nas horas certas. Se você não entende bem a circuncisão espiritual, você tem que aprender e crer nela. Você tem que se arrepender e crer.
As pessoas rejeitam a verdade e a ridicularizam sem conhecer a verdade da circuncisão espiritual. “Está errado! Como uma pessoa pode se tornar justa quando ela comete pecados todos os dias? Você sabe, Deus chama os crentes em Jesus de justos, apesar de eles ainda serem pecadores. Esta é a Doutrina da Justificação. Você não é chamado justo porque você realmente não tem nenhum pecado em seu coração”. Contudo, você deve saber que este é um ensinamento falso.
Na Bíblia, Deus disse que por meio do evangelho da circuncisão espiritual Ele nos dá a remissão dos pecados, “Eu tirei todos os seus pecados. Você não tem mais pecados agora. Porque eu tirei todos os pecados do mundo, você é justo”. “Você crê na Minha justiça? Se você crê na Palavra da circuncisão espiritual, então você é um dos Meus filhos e você não tem pecado”. Deus fala sobre a Sua libertação completa, mas os falsos Cristãos ofendem e ridicularizam os Cristãos nascidos de novo que creem na circuncisão espiritual. Eles dizem, “como uma pessoa se torna justa se ainda comete pecados incessantemente? Você só pode chamar uma pessoa de ‘sem pecados’ por meio da Doutrina da Justificação. Como nós podemos pensar em uma pessoa realmente sem pecados? A pessoa não pode evitar pecar, e, por isso, peca todos os dias”. Eles ofendem os outros com estas coisas e permanecem obstinados porque não creem na Justiça de Deus.
Mas Deus dá a vida eterna para aqueles que são pacientes em fazer o bem. Aqueles que buscam glória, honra e incorruptibilidade e prosseguem pacientemente fazendo o bem se tornarão os filhos de Deus, mas aqueles que não o fazem irão receber a punição. Todos querem ser filhos de Deus e viver vidas eternas. Jesus dá a vida eterna para aqueles que querem viver para sempre e têm vidas sem pecados.
“O que eu realmente quero Senhor é crer na remissão dos pecados por meio da circuncisão espiritual, para que eu possa viver uma vida sem vergonha na minha consciência. Eu quero me tornar Seu filho. Eu quero crer na Sua Justiça e fazê-Lo feliz. Eu quero ser uma pessoa sem pecados. Por favor, me salva de todos os meus pecados”. Para aqueles que buscam a salvação da Justiça de Deus e desejam ser perdoados de seus pecados, Deus ouve a todos os seus desejos e perdoa todos os seus pecados, dando a eles o evangelho da Justiça de Deus. Para aqueles que querem viver eternamente, Deus dá a vida eterna.
 


O que é a Circuncisão Espiritual?


Significa a remissão dos pecados alcançada por meio do batismo de Jesus e do Seu sangue na Cruz. O sangue do Cordeiro é o julgamento vicário e o batismo de Jesus por João significa que os pecados do mundo foram passados para Jesus. Mesmo hoje, o Cristianismo não pode ignorar o Antigo Testamento porque fazendo isso, as pessoas não crerão no Novo Testamento. Nas Escrituras, nós podemos perceber que a circuncisão espiritual e o sangue do cordeiro no ritual da imposição de mãos estão intimamente ligados.
1 João 5:6 diz que Jesus veio “não somente com água, mas também com a água e com o sangue”. Jesus não veio somente pela água ou pelo sangue, mas por ambos. Você tem que crer na circuncisão espiritual contida na Palavra da água, do sangue e do Espírito, a fim de ser liberto de todos os seus pecados.
Lendo Êxodo capítulo 12, eu tinha algumas dúvidas sobre a circuncisão espiritual. O que Êxodo capítulo 12 significa? Eu olhei cuidadosamente o capítulo todo e todas as passagens bíblicas relacionadas. E eu percebi que os Israelitas eram capazes de participar da cerimônia da passagem dos pecados porque eles tinham recebido a circuncisão, e no Novo Testamento diz que Jesus não derramou simplesmente o Seu sangue na Cruz, mas derramou o sangue porque Ele foi batizado por João.
Deus determinou para os Israelitas duas ordenanças para a cerimônia da passagem de pecados: receber previamente a circuncisão e comer a carne do cordeiro. Esta era a circuncisão espiritual do Antigo Testamento! No Novo Testamento, foi dito que os nossos pecados foram passados para Jesus por meio do batismo de João e que Ele derramou Seu sangue na Cruz. Eu percebi que aceitar estes fatos resulta na verdade do recebimento da circuncisão espiritual. Jesus Cristo foi batizado por João Batista no Rio Jordão; dessa forma Ele levou todos os pecados do mundo e foi por isso que Ele teve que morrer na Cruz para receber o julgamento em nosso lugar.
Você pode experimentar a salvação de todos os pecados e iniquidades aceitando esta verdade em seu coração. Para uma pessoa receber a salvação de todos os pecados, ela precisa crer na Justiça de Deus, que pode nos dar a circuncisão espiritual. As pessoas precisam perceber esta verdade. Vocês leitores têm que perceber que a circuncisão espiritual no Antigo Testamento e o batismo de Jesus no Novo Testamento forma um par quando falamos da remissão dos pecados. Jesus não recebeu julgamento porque Ele pecou, mas Ele morreu na Cruz pela humanidade porque Ele tinha sido batizado e recebeu em Seu corpo os pecados do mundo. Esta é a fé daqueles que receberam a circuncisão espiritual.
Aqueles que creem na Justiça de Deus por meio da circuncisão espiritual não têm pecado porque eles realmente acreditam em Jesus. Eu tenho pena daqueles que creem de alguma forma em Jesus, mas não receberam a circuncisão espiritual de Deus. Eles têm que crer na verdade que Jesus levou todos os pecados do mundo quando João O batizou.
Infelizmente, a maioria dos Cristãos crê apenas na Cruz, mas não no batismo de Jesus. Portanto, eles não possuem a fé para crer na Justiça de Deus. Nós temos que saber que nós devemos crer que Deus falou conosco por meio das Escrituras.
Nós temos que rasgar todas as doutrinas e ensinamentos de teólogos, e crer apenas na Palavra de Deus que irá nos guiar para a Sua Justiça. É por isso que a Palavra sem a Sua Justiça não é realmente a Palavra de Deus. O evangelho sem a circuncisão espiritual não é completo. É por isso que na Bíblia Deus falou tanto sobre a circuncisão no Antigo Testamento e sobre o batismo de Jesus no Novo Testamento. Em outras palavras, a Bíblia fala sobre a circuncisão e sobre o sangue do cordeiro no Antigo Testamento em paralelo com o batismo de Jesus e o Seu sangue no Novo Testamento. Nós temos que crer nesta verdade para recebermos a circuncisão espiritual. Contudo, se nós não crermos nesta verdade, nós seremos afastados do Reino do Céu.
A Justiça de Deus só é cumprida pelo sangue na Cruz? Não é só isso. A Justiça de Deus foi cumprida tanto pelo batismo de Jesus quanto pelo seu sangue na Cruz. Dessa forma, nós não recebemos a circuncisão espiritual em nossos corações apenas pelo sangue derramado na Cruz, mas pelo batismo que Ele recebeu de João. A circuncisão espiritual é possível para nós, pois, Jesus realmente levou os nossos pecados por meio do Seu batismo e Sua morte expiatória na Cruz.
 

Circuncisão significa Cortar Fora

Isaías profetizou que o Messias, Jesus Cristo, receberia o julgamento vicário por nossos pecados, sendo ferido e humilhado. Portanto, há algo que nós devemos saber antes de prosseguirmos. Por que Jesus teve que ser crucificado?
No Antigo Testamento, um pecador tinha que impor suas mãos sobre um cordeiro para passar os seus pecados e depois tinha que matá-lo. Em seguida, o sacerdote pegava um pouco do sangue da oferta pelo pecado com seus dedos, colocava nos chifres do altar, e derramava o resto do sangue na base do altar. (Levítico 4:27-30). Um pecador da época do Antigo Testamento podia ser redimido de seus pecados dessa forma. Portanto, Jesus, que veio como o Cordeiro de Deus para nos salvar dos nossos pecados (João 1:29), não teria que ter mãos impostas sobre a Sua cabeça como no Antigo Testamento, a fim de levar sobre Si todos os pecados da humanidade?
Então quando e como o Senhor Jesus levou os pecados do mundo? Isto não é mostrado em Mateus 3:13-17, onde João batizou Jesus no Rio Jordão? Foi como em Levítico, onde era continuamente dito para os pecadores “e porá a mão sobre a cabeça do holocausto...” (Levítico 1:4, 3:8, 4:29), para passar os pecados. O Sumo Sacerdote no Antigo Testamento tinha que impor as mãos sobre a cabeça do cordeiro e passar para ele todos os pecados dos Israelitas. (Levítico 16:21). Então, ele levava um pouco do seu sangue e colocava nos chifres no altar e derramava o restante na base do altar. Eles recebiam a remissão dos pecados dessa forma.
Da mesma forma, nossa remissão de pecados foi possível por meio do batismo de Jesus por João, e pelo Seu sangue na Cruz. Esta foi a Justiça de Deus e a circuncisão espiritual que Deus quis nos dar dentro da Bíblia. Portanto, nós que cremos na Justiça de Deus tivemos os nossos pecados cancelados pelo batismo de Jesus e pelo Seu sangue na Cruz. Quando nós percebemos o significado do batismo de Jesus no Novo Testamento em relação à circuncisão no Antigo Testamento, nós passamos a crer na Justiça de Deus e nós realmente recebemos a circuncisão espiritual em nossos corações.
 

A verdadeira Circuncisão Espiritual no Novo Testamento

Vamos ver o que diz Mateus 3:13-15. “Por esse tempo, dirigiu-se Jesus da Galileia para o Jordão, a fim de que João o batizasse. Ele, porém, o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim?
Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu”.
João Batista batizou Jesus no Jordão. Ele colocou suas mãos sobre a cabeça de Jesus e O batizou. (Batizar, ‘baptizo’ em grego, significa afundar ou submergir na água).
Para Jesus morrer na Cruz por nossos pecados, Ele primeiramente teve que receber os nossos pecados por meio do batismo. Então, Ele foi batizado por João e daí submergiu na água. Por que Ele foi batizado? Ele foi batizado porque nesse momento toda a Justiça de Deus pôde ser cumprida. Foi dessa forma que Ele levou os pecados da humanidade, por meio do batismo, e que Ele se tornou o nosso Deus e Salvador. Era conveniente que Jesus morresse na Cruz levando todos os nossos pecados que Ele recebeu por meio do Seu batismo.
A primeira coisa que Jesus fez na sua vida pública foi receber o batismo. A palavra batismo, ‘baptisma’ em Grego, significa “lavar, enterrar, transferir ou passar para outro”. No Antigo Testamento, o décimo dia do sétimo mês era o Dia da Expiação dos Israelitas, e Arão colocava as mãos sobre a cabeça do holocausto para transferir para ele todos os pecados dos Israelitas. Dos dois bodes, um era oferecido a Deus e o outro era ofertado para a expiação perante os Israelitas (Levítico 16). No Novo Testamento, Jesus recebeu todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista.
No dia seguinte ao Seu batismo, João apontou o dedo para Jesus e disse, “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”. (João 1:29).
Você tem que admitir que a circuncisão espiritual não seja possível apenas pela fé no sangue.
Vamos ler 1 João 5:4-12. “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus? Este é aquele que veio por meio de água e sangue, Jesus Cristo; não somente com água, mas também com a água e com o sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. Pois há três que dão testemunho [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra]: o Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito. Se admitimos o testemunho dos homens, o testemunho de Deus é maior; ora, este é o testemunho de Deus, que ele dá acerca do seu Filho.
Aquele que crê no Filho de Deus tem, em si, o testemunho. Aquele que não dá crédito a Deus o faz mentiroso, porque não crê no testemunho que Deus dá acerca do seu Filho.
E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida”. (1 João 5:4-12)
Qual é a prova da circuncisão espiritual? É a fé em crer no batismo e no sangue de Jesus como nossa salvação. A vitória que vence o mundo é a da água e do sangue. “Este é aquele que veio por meio de água e sangue, Jesus Cristo; não somente com água, mas também com a água e com o sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. Pois há três que dão testemunho [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra]: o Espírito, a água e o sangue”.  Estas testemunhas, que mostram que Deus é o nosso Senhor e Salvador, testificam que Deus veio à Terra em carne humana, levou todos os nossos pecados em seu corpo por meio do Seu batismo, derramou o Seu sangue na Cruz em nosso lugar, e, portanto, nos libertou de todo o pecado.
No Novo Testamento, o evangelho da circuncisão espiritual consiste na água e no sangue. No Novo Testamento, a água é o batismo que Jesus recebeu de João e o sangue significa a Sua morte na Cruz. O batismo de Jesus tem a mesma função que a circuncisão no Antigo Testamento. O batismo de Jesus por João é prova de que os nossos pecados foram passados para Ele. Aqueles que crerem na verdade estarão aptos a comparecer perante Deus e dizer, “Deus, Tu és o meu Salvador. Eu creio na Sua Justiça, portanto, eu não tenho pecado. Eu sou o Seu filho perfeito e Tu és o meu Deus”. Qual é a base nas Escrituras que permite que você fale dessa forma? É a fé no batismo e no sangue de Jesus na Cruz, que constituem a Justiça de Deus. Aceitar a Justiça de Deus como a minha justiça não é possível senão pelo sangue de Cristo. Tanto o sangue como o batismo originaram isso.
Vamos ver a passagem sobre a indispensabilidade do batismo de Jesus para a nossa salvação. 1 Pedro 3:21 é a prova da verdade. “A qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo”.
O Apóstolo Pedro está falando sobre as indubitáveis provas da nossa salvação. O batismo de Jesus é a circuncisão no Antigo Testamento. Você entende? Assim como os Israelitas cortavam o seu prepúcio para circuncisão no Antigo Testamento, no Novo Testamento, Jesus foi batizado por João e levou todos os pecados do mundo, permitindo que nós recebêssemos a circuncisão espiritual. O batismo e o sangue na Cruz criaram a Justiça de Deus. A circuncisão espiritual e o batismo significam a mesma coisa. Você tem que entender que o batismo de Jesus implica na circuncisão espiritual para todos nós.
“A qual, figurando o batismo, agora também vos salva”. Como receber a Justiça de Deus? Crendo que Jesus foi batizado e morreu na Cruz por nossos pecados. Mateus 3:15 afirma, “Porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça”. Porque todos os pecados da humanidade foram transferidos para a cabeça de Jesus, os pecados de todos foram completamente destruídos. Todo pecador se torna justo crendo no batismo e no sangue de Jesus. Jesus Cristo derramou o sangue do julgamento da Cruz após receber todos os pecados do mundo; todos os pecados da humanidade foram expiados dessa forma. Crer que Jesus levou todos os pecados do mundo pelo batismo e que Ele recebeu o julgamento por nós, é ter fé na verdade que trará a Justiça de Deus para os crentes. Creia nesta verdade.
João 1:29 afirma, “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”. Jesus é o Filho de Deus e o nosso Criador, Ele cumpriu a Sua promessa da circuncisão levando todos os pecados do mundo. Esta é a verdadeira fé que traz para os nossos corações a circuncisão espiritual, que é a Justiça de Deus. Jesus é a nossa verdadeira Justiça. Nós devemos agradecer a Jesus. Nós devemos agradecê-Lo por Seu batismo e sangue, que nos permite receber a circuncisão espiritual.
1 Pedro 3:21 continua, “Não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus”. A imundícia da carne de uma pessoa não é removida só porque ela crê em Jesus como seu Salvador. Você pode receber a remissão dos pecados crendo que todos os seus pecados foram transferidos para Jesus pelo Seu batismo e sangue derramado na Cruz. Receber a remissão dos pecados, confessando que Jesus é o Salvador, é algo que deve ser feito de coração. Isto acontece no coração do crente. Se você crê no Salvador com seu coração, você terá seus pecados remidos, enquanto sua carne ainda é imunda e comete pecados todos os dias; mas não há mais pecado. Você recebe a Justiça de Deus crendo que quando Jesus foi batizado, todos os pecados foram passados para Ele e que não há mais pecados em seu coração.
 

Você tem que crer na Verdade para recebê-la

João 1:12 diz, “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome”. 
Que palavras você recebeu e aceitou? Você tem que aceitar as coisas que foram feitas pelo Filho de Deus. Qual foi a obra de Deus? O Filho de Deus veio à Terra como carne, e quando Ele completou trinta anos, foi batizado para levar sobre Si todos os pecados da humanidade e nos deu a circuncisão espiritual para que os nossos pecados fossem destruídos. Portanto, Ele morreu na Cruz como o Cordeiro de Deus e fez uma expiação por nós. O Senhor Jesus se tornou a eterna oferta de pecado por todos os pecadores, e os salvou eternamente. Esta é a verdadeira fé. Nós nos tornamos justos crendo nesta verdade.
Nós podemos receber a circuncisão espiritual apenas pelo sangue de Jesus? Não, não podemos. O batismo de Jesus levou os nossos pecados e o julgamento que Ele recebeu na Cruz, derramando o Seu sangue, foi um julgamento por mim e por você. Nós somos salvos dos pecados e estamos isentos de julgamento porque nós cremos no evangelho da Justiça de Deus, que é o evangelho do batismo e do sangue de Jesus na Cruz. Receber Jesus como Salvador pode tirar todo o pecado do coração do pecador. Recebam a circuncisão espiritual em seus corações. Então, a Justiça de Deus virá sobre vocês.
 

A verdadeira Circuncisão Espiritual deve ocorrer no Coração

Em Romanos capítulo 2, o Apóstolo Paulo diz, “Circuncisão é aquela de coração”. Como você pode se circuncidar de coração? Isto é possível quando cremos que Jesus veio à Terra em carne humana, que Ele foi batizado e levou “todos os pecados do mundo,” que Ele morreu na Cruz, e que Ele ressuscitou para ser nosso eterno Salvador. O Apóstolo Paulo disse que a circuncisão deve ser de coração, e que você pode ser circuncidado em seu coração crendo no batismo de Jesus. Se você quer receber a circuncisão espiritual em seu coração, creia no batismo de Jesus. Então, você realmente irá se tornar um filho de Deus. Justa é a pessoa que crê que o batismo e o sangue de Jesus a libertou de todos os seus pecados. Amém!
Até os Seus 29 anos, Jesus viveu uma vida particular ajudando a Sua família, mas quando Ele completou 30 anos, Ele começou a Sua vida pública. Durante o Seu ministério público, Ele destruiu todos os pecados da humanidade e libertou todos os pecadores de seus pecados. A primeira coisa que Ele fez foi receber o batismo, para libertar os pecadores de seus pecados e torná-los justos. “Por esse tempo, dirigiu-se Jesus da Galileia para o Jordão, a fim de que João o batizasse”. (Mateus 3:13). Por que Jesus foi batizado? Nós temos que saber que Ele fez isso a fim de levar todos os pecados da humanidade. Nós não podemos entender errado o verdadeiro significado do batismo. Batismo é a lavagem dos pecados por meio da sua transferência. Foi por isso que Jesus, para levar os pecados dos homens, pediu a João que O batizasse.
Quem é João Batista, que batizou Jesus? João é o representante de toda a humanidade. Isto está explicado em Mateus 11:11-14. “Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista; mas o menor no reino dos céus é maior do que ele.
Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.
Porque todos os Profetas e a Lei profetizaram até João.
E, se o quereis reconhecer, ele mesmo é Elias, que estava para vir”.
Começando dos dias de João Batista, a época da Aliança de Deus terminou. Isto porque Jesus, a Pessoa que iria cumprir a promessa, tinha chegado. Então, quais foram as pessoas que cumpriram as promessas do Velho Testamento? Foram Jesus e João Batista. João Batista passou os pecados para Jesus. João Batista foi o último profeta do Antigo Testamento, que foi enviado para passar todos os pecados para o Cordeiro de Deus, que veio no Novo Testamento. João cumpriu a tarefa pela imposição de mãos na cabeça de Jesus, segundo a Lei estabelecida no sistema sacrificial. Todos os pecados do mundo foram cancelados e transferidos para Jesus quando Ele foi batizado. Portanto, Deus deu a circuncisão espiritual para todos os corações da humanidade.
Segure firme o batismo de Jesus e o Seu sangue como a sua expiação. Jesus já levou todos os pecados do mundo e também já recebeu o julgamento por eles. O evangelho da Justiça de Deus é a verdade que Jesus foi batizado e derramou o Seu sangue para expiar todos os nossos pecados. Agora nós podemos receber a remissão dos pecados simplesmente aceitando a Justiça de Deus em nossos corações. Se você recebê-la, você estará apto para entrar na “Genealogia de Jesus Cristo, Filho de Davi, Filho de Abraão”. Existem pessoas que já conhecem a Justiça de Deus e aqueles que ainda estão fora de Jesus Cristo. O sol irá escurecer. Creia no batismo de Jesus. A fé no batismo de Jesus irá se tornar o óleo preparado para a festa de casamento. Eu espero que você conheça o segredo, crendo no batismo e no sangue de Jesus, para que você possa preparar o óleo para a lâmpada para encontrar com o Senhor Jesus em Sua segunda vinda ao mundo.
Jesus recebeu o batismo para que Ele destruísse todos os pecados do mundo. Jesus é o Filho de Deus e também é Deus. Ele é o nosso Criador. Ele veio ao mundo pela vontade do Pai, para nos adotar como Seus filhos. Sobre quem todas as profecias do Antigo Testamento falam? Elas falam sobre Jesus. Foram profecias sobre como Ele viria à Terra e levaria os nossos pecados e os eliminaria. Como as profecias do Antigo Testamento disseram, Jesus veio à Terra a cerca de 2000 atrás e levou todos os nossos pecados sendo batizado. Ele levou todos os pecados da humanidade, começando de Adão e Eva até a última pessoa.
Recebam a circuncisão espiritual em seus corações. “E circuncisão, a que é do coração”. (Romanos 2:29). Quando você crê no batismo de Jesus, você irá automaticamente receber a circuncisão de coração. A circuncisão de coração significa a eliminação dos pecados em nossos corações quando nós reconhecemos que todos os pecados foram transferidos para Jesus pelo Seu batismo. Você recebeu a circuncisão de coração? Pela crença na circuncisão de coração, “todos os pecados serão limpos pela fé”.
 

Você realmente aceita a verdade da Circuncisão Espiritual no coração?

Faz cerca de 2000 anos desde que Jesus veio à Terra, foi batizado e morreu na Cruz. Nós devemos apenas aceitar este fato e recebê-Lo em nossos corações hoje. “A circuncisão é aquela de coração”. Nós podemos receber a circuncisão em nossas mentes e corações pela fé na verdade. Nós todos recebemos a libertação pela fé na Justiça de Deus. Mesmo se o julgamento de Deus na Terra vier, nós não temeremos. Aqueles que creem na Justiça de Deus não serão julgados por Deus. O julgamento de Deus cairá sobre aqueles que não aceitaram a Justiça de Deus em seus corações.
Por que os Cristãos atuais creem em Deus, mas andam no caminho errado? Por que eles vivem em agonia? É porque eles só creem no sangue de Jesus para a sua salvação. Agora você deve admitir que ofendeu a Deus com as suas obstinações, e retornar para a verdade de que Jesus levou todos os nossos pecados sendo batizado no Rio Jordão. Então, a circuncisão espiritual irá ocorrer em seu coração.
Se você crê tanto no batismo quanto no sangue de Jesus, a circuncisão espiritual ocorrerá em seu coração e você não receberá mais o julgamento de Deus, mas irá se tornar Seu filho. Deus irá se tornar o seu Senhor e você irá se tornar o Seu povo. Se existem pessoas entre vocês que creem somente no sangue de Jesus, eu gostaria de fazer uma pergunta. A nossa circuncisão espiritual e a Justiça de Deus vêm somente pelo sangue na Cruz? Nossa salvação é completa não só pelo sangue, mas pelo batismo de Jesus, Seu sangue e pelo Espírito.
 

A Justiça de Deus prevaleceu sendo unida com Cristo

Vamos ler Romanos 6:3-8. “Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição, sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos; porquanto quem morreu está justificado do pecado.
Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos”.
O verso 5 afirma, “Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição”, a Bíblia diz que o salário do pecado é a morte, ou seja, todos que tiverem pecados perecerão e irão para o inferno. Todos têm pecados antes de crer completamente na verdade de Jesus? - Sim. Mesmo se você tiver o menor sinal de pecado, você irá para o inferno e receberá o julgamento no “lago que arde com fogo e enxofre” (Apocalipse 21:8). Se nós tivéssemos que pagar o salário por nossos pecados, que é a morte, nós nunca seríamos capazes de nos livrarmos dos pecados. Portanto, Deus enviou Jesus Cristo para este mundo e passou para Ele todos os pecados e O julgou em nosso lugar.
Deus nos salvou porque Ele nos amou muito. Deus, o Pai, enviou Seu único Filho para o mundo, passou todos os pecados do mundo para o Seu Filho por meio do batismo, e O crucificou com pregos para que Ele pudesse derramar o Seu sangue para expiar todos os nossos pecados. Crer nisto é estar unido com Jesus. O salário do pecado é a morte. Nós todos tínhamos pecados em nossos corações e deveríamos ir para o inferno em razão de tais pecados. Mas em vez de nós, que estávamos destinados para o inferno em razão dos pecados, Jesus tomou sobre Si os pecados no Rio Jordão sendo batizado, e foi punido por eles na Cruz. Portanto, a Sua morte tornou-se a nossa morte, pois o Seu batismo levou os nossos pecados. Esta é a fé da união com Cristo.
Muitas pessoas ainda creem em Jesus de uma forma “religiosa”. Elas vão à Igreja e derramam lágrimas enquanto confessam os seus pecados, implorando o perdão. Pare de fazer isso agora e creia na Justiça de Deus, e você receberá a Paz de Deus em seu coração. Jesus foi batizado e morreu na Cruz para nos salvar, e eu espero que você acredite neste evangelho.
Deus nos ensinou por meio de Moisés sobre a remissão de pecados. Moisés aceitou o Mandamento de Deus para que ele fosse ao Egito libertar os Israelitas, o Seu povo. Então, ele foi ao Egito com sua esposa e filho em um burro. Naquela noite, um mensageiro de Deus apareceu e tentou matar Moisés. Então, sua esposa Zípora, rapidamente pegou uma pedra afiada e cortou o prepúcio de seu filho e o lançou aos pés de Moisés e disse, “Sem dúvida, tu és para mim esposo sanguinário”. (Êxodo 4:25).
A verdade nesta passagem é a seguinte. Mesmo o filho de Moisés não poderia ser considerado como um dos filhos de Deus se ele não recebesse a circuncisão; portanto, Deus estava indo matá-lo. Deus disse que os Israelitas não seriam considerados Seu povo se eles não se circuncidassem. A circuncisão no Antigo Testamento era um sinal de ser um dos membros do povo de Deus. Deus tinha que fazer Moisés perceber isso. Então, a mulher de Moisés rapidamente cortou o prepúcio do seu filho e lançou-o dizendo, “Sem dúvida, tu és para mim esposo sanguinário”. Deus quis matar Moisés em razão da incircuncisão do seu filho.
Mesmo uma pessoa que fosse descendente de Abraão deveria ser expulsa do meio dos Israelitas se ela não tivesse sido circuncidada. Apenas os circuncisos podiam comer a carne do cordeiro da cerimônia da passagem de pecados, e podiam penetrar pelas portas com o sangue do cordeiro. Da mesma forma, somente a circuncisão espiritual pode participar da Santa Comunhão. Aqueles sem fé não podem entrar na Justiça de Deus e, portanto, não estarão aptos a participarem da Glória de Deus.
O Apóstolo Paulo era Judeu. Ele foi circuncidado quando ele tinha oito dias de vida e foi levado aos pés de Gamaliel. Ele era especialista no Antigo Testamento. Então, Paulo entendeu bem porque Jesus foi batizado no Rio Jordão e porque Ele tinha que morrer na Cruz. Assim, ele podia pregar o evangelho da água e do Espírito com segurança. É por isso que ele disse, “E circuncisão, a que é do coração”.  (Romanos 2:29).
É claro que o Apóstolo Paulo falava mais frequentemente sobre a morte de Jesus na Cruz. Por quê? Porque mesmo se Jesus tivesse realizado nossa circuncisão espiritual levando os nossos pecados, mas se Ele não tivesse sido sacrificado na Cruz, em outras palavras, se Ele não tivesse recebido o julgamento, nós não seríamos salvos. É por isso que Paulo fala sobre a Cruz com mais frequência. Você tem que ter em mente que a Cruz é a conclusão da nossa circuncisão espiritual. Contudo, a maioria dos Cristãos de hoje não tem a menor ideia da relação entre o batismo de Jesus e Sua morte na Cruz, e, portanto, estão condenados ao inferno. Se o poder da fé da circuncisão espiritual foi passado através das gerações, o Cristianismo de hoje não está neste caminho.
Algumas pessoas são muito gratas quando elas encontram Jesus, mas elas se desapontam em sua instabilidade e tornam-se piores pecadoras com o passar do tempo. Dez anos podem se passar após uma pessoa crer em Jesus pela primeira vez, mas ela pode se tornar uma pecadora ainda pior do que era. Tais pessoas ainda podem ser pecadoras após crerem em Jesus? Elas cantam os hinos somente em palavras.
“♪Chorar não vai me salvar! ♫Apesar do meu rosto estar coberto de lágrimas♫, que não irão diminuir os meus medos, ♫que não poderiam lavar o pecado de anos! Chorar não vai me salvar!... ♫A fé em Cristo irá me salvar! ♫Me permita crer no Seu Filho, ♪confiar na obra que Ele fez; ♪Para os seus braços, Senhor, me ajude a correr: A fé em Cristo irá me salvar. ♫”.
Eles cantam, “Chorar não vai me salvar. A fé em Cristo irá me salvar”. Mas são só palavras. Eles oram derramando lágrimas todas as vezes que cometem um pecado. “Deus, por favor, me perdoe. Se você me perdoar dessa vez, eu serei bom a partir de agora”. Quando um Cristão peca, ele confessa, chora e clama pelo perdão, e então se sente melhor. Mas uma pessoa que repete isso por anos torna-se mais pecadora em seu coração do que quando ela começou a crer em Jesus há dez anos. A pessoa faz uma pergunta um pouco arrependida, “Por que eu fui crer em Jesus tão cedo? Eu deveria ter crido Nele quando eu tivesse 80 anos, ou um pouco antes do meu último suspiro. Eu comecei a acreditar muito cedo”. É porque tal pessoa deveria viver segundo a vontade de Deus, mas ela não vive.
Para todos os pecados de uma pessoa, há um julgamento. Foi por isso que Jesus foi batizado e julgado na Cruz, derramando o Seu sangue precioso para que Ele pudesse nos salvar de nossos pecados. Ele ressuscitou da morte no terceiro dia. Deus, o Pai, trouxe Jesus à vida novamente. Uma pessoa que crê na circuncisão espiritual pode e deve viver uma vida de evangelismos. A circuncisão espiritual é a prova de que nos tornamos filhos de Deus e ela é a Justiça de Deus. O batismo de Jesus é a prova que nossos pecados foram passados para Ele, e o Seu precioso sangue na Cruz é a prova de que Ele pagou todo o salário por nossos pecados, recebendo o julgamento vicário.
Você crê em Jesus, mas permanece com pecados em seu coração? Esta é a fé de um herege. Tito 3:10-11 afirma, “Evita o homem faccioso, depois de admoestá-lo primeira e segunda vez, pois sabes que tal pessoa está pervertida, e vive pecando, e por si mesma está condenada”. Aqueles que têm a fé deturpada estão se condenando. Eles insistem que são pecadores mesmo quando estão ameaçados pela morte. Eles são muito obstinados para mudar a sua ideia errada. Deus fala para estes pecadores, “Você é um herege. Você é um pecador; você não é Meu filho e você irá entrar nas chamas do inferno”.
Aqueles que creem em Jesus, mas não receberam a Justiça de Deus ou a circuncisão espiritual do batismo e do sangue, são Cristãos hereges e os grandes pecadores, que não podem evitar a confissão de seus pecados perante Deus. Os pecadores que não creem na Justiça de Deus não podem entrar no Reino do Céu.
Aqueles que se tornaram justos após crerem em Jesus têm a prova de receber a circuncisão espiritual em seus corações. As provas são as seguintes: Jesus é Deus, que veio em carne humana, e Ele foi batizado e derramou o Seu sangue na Cruz. Jesus veio ao mundo e foi batizado por João Batista para levar os pecados do mundo; Ele recebeu o julgamento na Cruz para tornar perfeita a fé daqueles que creem na circuncisão espiritual. Ele ressuscitou da morte em três dias e tornou-se o nosso Salvador. Esta é a correta salvação da Justiça de Deus, que não está somente no sangue, mas na água, no sangue e no Espírito Santo. Estas são as provas conclusivas da circuncisão espiritual que testificam a perfeita salvação de Deus para nós.
Meus queridos Cristãos aceitem em seus corações que a salvação foi possível não somente pelo sangue de Jesus, mas pela água, pelo sangue e pelo Espírito Santo. Deus cancelou os pecados do mundo e eliminou completamente a nossa condenação. Ele não somente cancelou os meus pecados, mas também os pecados de todo o mundo, começando por Adão até os pecados da última pessoa que ainda nascerá na Terra. Ele levou todos os pecados por meio do seu batismo e sangue. Receber a circuncisão espiritual irá salvar todo aquele que crer na Justiça de Deus, que foi cumprida por Jesus, que veio pela água e sangue.
Todos os pecados do mundo foram cancelados pelo batismo de Jesus por João. Agora aqueles que creem na circuncisão espiritual não podem ter mais pecados em seus corações. Jesus ressuscitou dentre os mortos e salvou as nossas almas, que estavam perdidas, com a Sua Justiça. Deus está nos buscando por meio do evangelho do batismo de Jesus, Seu sangue, e o Espírito, e nós podemos ser salvos agora pela circuncisão espiritual. A circuncisão espiritual era um plano de Deus em Jesus antes da Criação do mundo, para aqueles que cressem. Agora, você que crê na Justiça de Deus também já recebeu a circuncisão espiritual.