សេចក្តីអធិប្បាយ

Assunto 21: O Evangelho segundo MARCOS

[Capítulo 16-2] Pregue o Evangelho a Toda Criatura (Marcos 16:14-18)

Pregue o Evangelho a Toda Criatura(Marcos 16:14-18)
“Finalmente apareceu aos onze, estando eles assentados à mesa, e lançou-lhes em rosto a sua incredulidade e dureza de coração, por não haverem crido nos que o tinham visto já ressuscitado. E disse-lhes: ‘Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado. E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demónios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão’”.
 
 

Que Obra Nós, os Justos, Temos que Fazer?

 
O Senhor diz no evangelho de Marcos 16:15: “Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura”. Eu creio que a ordenança que o Senhor dá aos discípulos na sua Palavra de pregar o evangelho a toda criatura é a obra que devemos fazer. E já que estamos seguindo este mandamento do Senhor fielmente, nossa obra da pregação do evangelho chegou a um nível bem considerável e nós temos preparado muitas coisas para cumprir essa missão. Enquanto lia o texto bíblico deste capítulo, eu pensei: “Eu tenho mesmo que ir por todo o mundo e pregar o evangelho como o Senhor ordenou. Nós temos que ir a todos os lugares deste mundo para distribuir nossos livros cristãos que contém o verdadeiro evangelho, além de organizar conferências bíblicas e cultos de avivamento para pregar o evangelho. Sendo assim, eu tenho que me esforçar muito mais para fazer essa obra”.
É claro que não é fácil cumprir este mandamento do Senhor. Quando eu penso em ir a todos os seis continentes do mundo, a primeira coisa que me vem à mente é que isso vai me deixar muito cansado e extenuado. Mas eu creio que não será uma tarefa tão difícil assim se começarmos nos países mais próximos e expandimos nosso território aos poucos a partir dali, ou seja, nos países da Ásia como China, Japão, Hong Kong, Taiwan e Filipinas, que ficam a duas ou três horas de avião daqui.
Ir por todo o mundo e pregar o evangelho do Senhor é a obra que todos nós que estamos reunidos aqui devemos fazer, não apenas eu. Nós estamos pregando o evangelho por um meio excelente agora, que é a internet, mas chegará o dia em que teremos que ir pessoalmente aos quatro cantos da terra se quisermos pregar este evangelho nestes lugares, como o Senhor mandou. Isso quer dizer que teremos que ir a todos estes países pessoalmente para distribuir nossos livros cristãos e organizar cultos de avivamento para as pessoas que vivem ali. A obra verdadeira do Senhor só vai ser feita se se formos a estes países realmente. Se formos a um certo país e pregarmos o evangelho, isso significa que a obra de Deus será feita e ele levantará obreiros ali; e eles serão usados como seus servos assim como nós.
Ir por todo o mundo e pregar o evangelho a toda criatura é algo que eu e você temos que fazer. É claro que ir por todo o mundo pessoalmente para pregar o evangelho é muito difícil, algo que toma muito tempo. Por exemplo, nossos pastores estão trabalhando na China agora, e eles disseram que não é fácil pregar o evangelho ali porque os chineses comemoram o ano novo, segundo o calendário lunar, por quase um mês. E quando comemoram este feriado nacional, eles não fazem nada além de comer e beber por um mês, desde o primeiro dia do calendário lunar. Eles geralmente gastam todo o dinheiro que economizaram no ano anterior neste feriado. É por isso que é muito difícil entender outra cultura.
Mas é claro que essa não é a única dificuldade que há de se pregar o evangelho na China. Algum tempo atrás, um pastor que pregava nosso evangelho foi preso pelas autoridades e sofreu muito. Mas ele agora está na casa do seu irmão em Pequim. Atualmente, nossos livros não podem ser distribuídos em público na China. Por essa razão, nós estamos pregando o evangelho visitando as igrejas pessoalmente e distribuindo os nossos livros às pessoas quando elas saem dos cultos. Eu sei que alguns de vocês devem estar surpresos por saber que há igrejas na China. Há muitas ‘Igrejas dos Três Poderes’ e ‘Igrejas nos Lares’ na China, e elas são muito parecidas com as igrejas da Coreia. E não é apenas a aparência dos templos chineses que se parecem com os nossos, mas sua forma de cultuar a Deus é muito parecida também. Depois que os nossos missionários distribuem nossos livros aos cristãos na saída do culto em sua igreja e eles os leem, alguns entram em contato conosco e nos pedem mais livros. Entretanto, os pastores e líderes de igrejas na China não gostam dos nossos livros. E quando eles veem alguns de seus membros com alguns deles, eles os tomam de suas mãos e tentar impedir que eles sejam distribuídos. A China se parece com nosso país até na maneira de perseguir nosso evangelho. É muito interessante ver como as coisas que acontecem em nosso país não são diferentes do que acontece em outros povos e nações.
Eu tenho certeza que não demorará muito para que as portas se abram na Coreia do Norte também. Depois que o líder da Coreia do Norte, Jung-il Kim, visitou a China, ele disse que haveria uma abertura econômica em seu país como houve na China. As maiores centros econômicos da China como Shangai e Hong Kong são cidades magníficas como Nova Iorque, que é a cidade mais movimentada do mundo. Essas cidades são ainda mais magníficas do que Seul. E já que a Coreia do Norte quer fazer negócios com os países do ocidente, ela criará alguns centros econômicos para garantir sua fatia no vasto mercado econômico mundial. Deve ser por isso que o preço das terras na fronteira com a Coreia do Norte, próximas a essas regiões, disparou e especuladores já trabalham ilegalmente para vendê-las. Enfim, logo as portas da Coreia do Norte se abrirão para que possamos pregar o nosso evangelho ali, pois seu sistema de mercado já se abriu parcialmente para o mercado mundial. As portas se abrirão para que você e eu possamos entrar nesses países proibidos e pregar o evangelho através da distribuição dos nossos livros, e não apenas pela internet. Nós temos que nos preparar para isso aos poucos. O nosso website já mostra em detalhes as diferenças que há entre o idioma da Coreia do Norte e seu dialeto regional e o idioma da Coreia do Sul. É por isso que eu acho que devemos revisar o material que temos, fazer algumas pesquisas e refazer nossos livros do evangelho para adequá-los às condições da Coreia do Norte.
A irmã Sang-mim Lee, que é responsável pelas nossas publicações, veio a Seul hoje para imprimir os novos livros que foram traduzidos para o francês. Enquanto distribuíamos nossos livros do evangelho às pessoas do mundo inteiro, nós descobrimos que, junto à versão em inglês, a versão em francês era uma das mais pedidas. Eu acho que isso está acontecendo porque há muitos países que foram colonizados pela França desde a época do Imperialismo. A priori, nós imprimimos dez mil livros do evangelho em francês; e já que sobraram de três a cinco mil livros, nós estamos planejando enviá-los para nossos pastores, caso eles precisam de mais depois que forem para a França. Nós temos pregado o evangelho pessoalmente através dos nossos obreiros enviados à Ásia e à Europa; e nós também continuaremos fazendo isso no futuro.
 
 

O Senhor Nos Mandou Ir por Todo o Mundo e Pregar o Evangelho

 
Você e eu temos que ir mesmo a todos os países e pregar o evangelho do Senhor, como ele nos manda em sua Palavra. É claro que há muitas maneiras de pregar o evangelho, mas eu acho que devemos fazer isso pessoalmente para que possamos alcançar o mundo todo. Seja através do ministério de literatura, evangelizando ou por qualquer outro meio, temos que ir ao campo para pregar o evangelho pessoalmente. Eu creio que somos eu, você e todos os obreiros da nossa igreja na Coreia que temos que ir por todo o mundo e pregar o evangelho conforme o Senhor ordenou.
Nós que temos que pregar o evangelho no mundo inteiro temos muito a fazer. Mas esse trabalho de pregar o evangelho não pode ser feito com presa. Ao contrário, ele tem que ser feito passo a passo, aos poucos. Eu creio que esse ministério do evangelho alcançará muitos países em todo o mundo se nós trabalharmos duro para cumprir tudo que planejamos este ano e continuarmos a fazer isso fielmente até o fim do ano que vem. A tradução do nosso primeiro livro em árabe será completada este fim de semana, e a tradução em hebraico também já está quase toda completa. E quando completarmos essa tradução em hebraico e o verdadeiro evangelho entrar em Israel, poderemos dizer que ele já alcançou todo o mundo, pois se podemos levar o evangelho a países como a Coreia do Norte e Israel, que são conhecidos como países muito difíceis de pregar o evangelho, podemos dizer que não há um lugar dessa terra onde ele não tenha sido pregado. Depois que o evangelho for pregado em todos os países através da internet, eu creio que nossos pastores poderão ir a estes países pessoalmente e imprimir nossos livros ali, assim como se reunir com os obreiros nascidos de novo destes países e continuar pregando o evangelho do Senhor. Vamos trabalhar para isso! Vamos ter fé no coração e dizer: “Nós iremos por todo o mundo e pregaremos este evangelho”. E nós vamos mesmo por todo o mundo pregar o evangelho do Senhor.
Vamos ler o versículo 16 do texto bíblico deste capítulo: “Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado”. O Senhor diz aqui que se alguém crê nele, ele precisa ser batizado. Ele diz que quem crer e for batizado será salvo, enquanto que quem não crer será condenado. E essa Palavra é a resposta para as seguintes perguntas: “O que prova a fé de alguém? No que devemos crer?” O que devemos crer e pregar neste mundo de fato é o batismo da água e do Espírito que o Senhor recebeu depois que veio a essa terra. Em outras palavras, isso quer dizer que devemos crer que o Senhor nos salvou levando todos os nossos pecados sobre si quando foi batizado, e morreu levando todos eles na cruz em nosso lugar.
O Senhor disse que quem recebesse o batismo como sinal da sua fé nele com certeza seria salvo. Isso significa que o batismo de Jesus é o próprio sinal da fé.
Mas o que o Senhor disse que acontecerá com quem não crer no seu batismo? Ele disse que ele será condenado porque tem pecado. Isso significa então que quem não crê no batismo do Senhor tem pecado. O Senhor disse que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). Isso significa que quem tem pecado com certeza será condenado. Também significa que não poderemos evitar o pecado se não crermos na verdade do batismo de Jesus, ou seja, se não crermos que Jesus Cristo veio a este mundo e levou sobre si todos os nossos pecados para sempre ao ser batizado por João Batista. O Senhor disse que quem não crer será condenado, e isso significa que quem não crê no seu batismo ainda tem pecados no seu coração e será condenado por causa deles.
Só que isso não acontece com quem crê no evangelho do Senhor. O Senhor disse que “quem crer e for batizado será salvo”. Isso significa que quem crê no Senhor faz a seguinte confissão: “A Salvação vem pelo batismo de Jesus e seu sangue na cruz”, e recebe o batismo como sinal da sua fé. Os que receberam o batismo como sinal da sua fé e creem no evangelho da água e do Espírito são salvos, não condenados. Isso porque o Senhor disse claramente que “quem crer e for batizado será salvo”.
O evangelho que pregamos é o evangelho da água e do Espírito. E este é o evangelho que devemos levar por todo o mundo e pregar a todas as pessoas. Você e eu temos que pregar essa verdade no mundo inteiro, que Jesus veio a essa terra, levou sobre si todos os nossos pecados ao ser batizado, foi condenado por eles em nosso lugar, e assim nos salvou para sempre da morte e da destruição.
 
 

O Senhor Disse que Todo Aquele que Crer no Verdadeiro Evangelho e For Batizado Será Salvo

 
Nós somos totalmente livres da condenação e recebemos a verdadeira salvação quando cremos no batismo de Jesus, na sua morte na cruz e na sua ressurreição dos mortos, ou seja, quando cremos totalmente que o Senhor nos salvou com o evangelho da água e do Espírito. Mas, por outro lado, o que espera pelos que não creem neste evangelho é apenas a condenação. Está escrito no livro de João que quem não crer neste evangelho da água e do Espírito será condenado. Quem crê neste verdadeiro evangelho recebe a perfeita salvação de todos os seus pecados, mas quem não crê com certeza será condenado por causa deles, não importa quanto tempo creem em Jesus.
É por isso que eu e você precisamos pregar este evangelho. Essa é a razão pela qual temos que ir aos quatro cantos dessa terra e pregar este evangelho a toda criatura. Salvação é o que está reservado para os que creem neste verdadeiro evangelho, mas para os que não creem, haverá apenas morte. O evangelho do Senhor é muito preciso, claro e único. Não existem dois evangelhos do Senhor. Eu creio que este evangelho da água e do Espírito é o genuíno evangelho que devemos pregar a todos neste mundo. Você crê nisso também?
Que tipo de obra temos que fazer no mundo inteiro? Nós temos que pregar o evangelho. Mas que evangelho temos que pregar? Será que devemos pregar, como os outros cristãos, um evangelho que afirma que nossos pecados são apagados se crermos no sangue da cruz apenas? Por que então a Palavra do Senhor diz que devemos crer e receber o batismo? Por que os apóstolos disseram aos que criam para ser batizados em nome de Jesus? Jesus nos salvou de um modo perfeito ao levar sobre si todos os nossos pecados quando foi batizado, morreu na cruz por causa destes pecados e ressuscitou dos mortos. Crer em Jesus significa crer no seu batismo e no seu sangue na cruz. Sendo assim, os que creem em Jesus de uma forma perfeita através do seu batismo e do seu sangue na cruz são batizados no Senhor. Melhor dizendo, o batismo que recebemos é o sinal absoluto da nossa fé.
Nosso Senhor diz no evangelho de Mateus 28:19-20: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos”. Amados irmãos, o que o Senhor quis dizer realmente com “batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo”? Ele quis dizer que toda a obra da salvação que ele realizou ao vir a essa terra num corpo carnal, levando sobre si todos os pecados do homem quando foi batizado, morrendo na cruz e ressuscitando dos mortos não foi pela sua própria vontade. Quis dizer que a obra da salvação foi realizada pela vontade do Deus trino, ou seja, a vontade de Jesus Cristo, de Deus e do Espírito Santo.
O Senhor nos disse para batizar a todos no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo porque o ele foi batizado segundo a perfeita vontade do Deus trino. Ele disse aos seus discípulos para pregar este evangelho no mundo todo e batizar todos que cressem. Por que o evangelho que estamos pregando é tão importante? Porque o evangelho da água e do Espírito é o único evangelho da verdade que Deus nos deu. É por isso que eu e você temos que ir por todo o mundo e pregar este precioso evangelho a todas as pessoas. Nós temos que ir, pregar este evangelho e ajudar as pessoas a receber a perfeita salvação sendo batizadas na verdade.
Nós, que estamos pregando o evangelho da água e do Espírito a todos neste mundo, temos que entender primeiro como este evangelho é preciso e perfeito, e também o quanto as Escrituras testificam dele. O Senhor disse que quem crê neste evangelho é for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado. Você entende agora o que quer dizer essa Palavra? Você crê totalmente no batismo de Jesus? Todo aquele que não crer no batismo de Jesus será destruído em nome de Deus, não importa quem seja. Por outro lado, aquele que crê com certeza receberá a bênção da salvação. O batismo de Jesus é totalmente indispensável a este verdadeiro evangelho. Jesus Cristo só pôde morrer na cruz porque foi batizado. Ele só pôde se tornar nosso verdadeiro Salvador porque tirou todos os nossos pecados quando foi batizado.
Se o Senhor não tivesse vindo a este mundo e tirado todos os pecados do homem, e se não crêssemos neste batismo que ele recebeu, ele então não fez nada para nos salvar. Mas o que aconteceu realmente? Para manter-se fiel, Deus nos prometeu claramente que viria como nosso Salvador; e ele de fato veio a este mundo com havia prometido e foi batizado antes de iniciar seu ministério público. Jesus levou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista, o representante da humanidade, e depois morreu na cruz por causa destes pecados. Mas depois de ressuscitar dos mortos e nos salvar perfeitamente, ele ascendeu aos céus e agora está assentado à direita do trono de Deus. O Senhor que está no céu está sempre conosco, como prometeu. O Senhor habita no coração dos que creem no seu batismo e na cruz na pessoa do Espírito Santo, ou seja, no coração dos que creem no seu evangelho e foram batizados. Ele habita sempre em nosso coração como o Espírito Santo e através dele testifica a nossa salvação. É por isso que este evangelho que estamos pregando é tão precioso e importante.
Mas alguns ignorantes desprezam este evangelho da água e do Espírito e teimam que também pregam o evangelho do Senhor. Contudo, não importa que Bíblia lemos, inclusive o texto bíblico original e todas as versões dizem a mesma coisa. Não há lugar para interpretações pessoais ou um entendimento diferente das Escrituras. Ela é bem clara ao dizer que “quem crer e for batizado será salvo”. Portanto, temos que batizar quem crê no evangelho do batismo de Jesus Cristo e no seu sangue. Eu creio que essa Palavra é muito perfeita e clara porque Jesus veio a este mundo e levou sobre si todos os nossos pecados ao ser batizado. Você crê nisso?
Todos os livros cristãos do nosso ministério de literatura testificam que Jesus veio a este mundo e se tornou nosso Salvador ao ser batizado, ao morrer na cruz e ressuscitar dos mortos. É assim que damos testemunho de Jesus. Nós estamos pregando justamente este evangelho único que o Senhor nos deu nestes últimos dias. E eu creio que ele voltará depois que acabarmos de pregar este evangelho no mundo inteiro.
Nós, que desejamos pregar este evangelho no mundo todo, estamos traduzindo nossos livros cristãos em francês agora. Eu estou certo que Deus protegerá nossos pastores e obreiros que estão trabalhando no campo e ajudando a publicar estes livros, a fim de que possamos distribui-los às pessoas que vivem na França.
Eu quero falar agora sobre nosso obreiro na França, que revisou a versão do nosso primeiro livro. Esse francês é professor do ensino médio e sempre desejou fazer a obra de Deus, mas não sabia como fazê-la. Entretanto, depois de ler nossa primeira versão em francês, ele viu que aquele livro tinha sido traduzido por alguém que não conhecia muito bem a cultura e a língua francesa, assim como a terminologia cristã. Ele então nos enviou uma mensagem dizendo que gostaria de revisar a versão em francês e não cobraria nada por isso. Ele disse que, enquanto corrigia nosso livro, se sentiu mais confiante para testemunhar do evangelho. Isso porque ele teve plena certeza de que as pessoas receberiam a remissão de pecados se ele pregasse exatamente como dizia o livro, pois ele era muito preciso. Ele disse que pregaria este evangelho pessoalmente para cerca de setenta mil habitantes da ilha onde ensinava. Ao vê-lo falar desse jeito, eu percebi que ele estava fazendo isso com paixão pelo evangelho. Eu percebi também como é grande e forte o poder deste evangelho, pois ele tem levantado obreiros em todo o mundo. Eu vi o poder deste evangelho de novo através deste francês.
Nós já publicamos o primeiro e o segundo volume da nossa série de livros em inglês, e já estamos preparando o terceiro volume. Um repórter americano que reside aqui e se chama Ross está revisando a tradução do terceiro livro; mas eu acho que ele não conseguiu acabar a tempo por causa das festas de fim de ano. Os amigos coreanos deste americano querem estar sempre com ele. Sempre que chega as festas de fim de ano, eles o convidam para ir a sua casa, beber alguma coisa e se divertir com jogos tradicionais daqui. De todo modo, já que ele prometeu acabar o trabalho até o fim deste mês, eu acho que receberemos a tradução correta dele e publicaremos o livro sobre o Espírito Santo ainda dentro do prazo.
O tema principal do terceiro volume da nossa série de livros do evangelho testifica às pessoas que tudo que elas têm crido até hoje está errado. O primeiro e o segundo volume também testificam que “somente o evangelho da água e do Espírito é a verdade”, enquanto que o terceiro volume afirma que “tudo que as pessoas creram até agora são mentira. O fato de elas terem recebido o Espírito Santo é mentira; as coisas que dizem ter experimentado, como por exemplo, a sensação de que o Senhor se aproximava delas quando oravam no monte e toda emoção que sentiam quando falavam em línguas e diziam cosias que ninguém entendia, são mentira”.
Algumas pessoas nos escreveram longas mensagens para nos refutar, dizendo: “Eu não creio de modo algum que o evangelho da água e do Espírito é a verdade”. Outros disseram que não creem que é preciso crer no batismo de Jesus para nascer de novo. Todavia, quanto mais eles tentam refutar este evangelho, melhor é para nós. Eu digo a essas pessoas: “Vocês só alcançaram a salvação pela metade. Eu vou explicar para vocês agora um pouco mais sobre o verdadeiro evangelho. Então, leia mais uma vez. Só depois de ler de novo é que vocês poderão me mostrar o que está errado, se acharem algo errado”.
O evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu é o perfeito evangelho; ele é a única verdade. Eu sou muito grato a Deus porque há muito mais pessoas ouvindo e crendo neste evangelho do que os que são contra ele. Eu creio que Deus nos confiou essa obra. Portanto, somos eu e você que temos que ir por todo o mundo para pregar este evangelho. E depois que fizermos isso com todo o nosso empenho, nós viveremos com todo o conforto em nossa casa e iremos para o céu quando Deus nos chamar. Mas se não acabarmos essa obra, eu creio que Deus nos ferirá, nos dispersará e nos fará sofrer com a crueldade deste mundo nos dias da tribulação.
Não deixe de crer que este evangelho é a verdade e que você só pode ser salvo crendo nele. O Senhor disse que só há salvação para quem crê, e que o juízo espera por aqueles que ainda têm pecado no coração, porque eles não creem.
Vamos voltar para o texto bíblico deste capítulo e ler as seguintes palavras de Jesus: “E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão novas línguas; Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”.
 
  

Quais São os Sinais que o Senhor Disse que Seguiriam aos que Cressem?

 
Primeiro o Senhor disse: “Em meu nome expulsarão os demônios”, isto é, um crente pode expulsar demônios em nome do Senhor. Quando um nascido de novo manda um demônio sair de uma pessoa, ele tem que sair mesmo. Os verdadeiros nascidos de novo têm este poder. O povo da fé pode derrotar Satanás só com sua fé. Isso significa que podemos derrotar os espíritos malignos e libertar os endemoninhados pela fé, não pela nossa força física.
Mas como a maioria dos cristãos interpreta a palavra que diz: “Em meu nome expulsarão os demônios”? Eles acham que expulsar demônios é apenas gritar para os endemoninhados: “Eu te ordeno, Satanás, sai em nome de Jesus!” É assim que os cristãos expulsam demônios.
Mas a Palavra de Deus não é tão superficial. Um nascido de novo tem poder para expulsar demônios, pois quando ele prega o verdadeiro evangelho para as pessoas e elas o aceitam, os demônios deixam seu coração na mesma hora. Na verdade, há muita gente neste mundo endemoninhada. Há todo tipo de endemoninhados que se possa imaginar. Por exemplo, alguns estão trabalhando e de repente ficam possuídos, e outros ficam endemoninhados por várias razões. Aqueles cujo caso é mais sério acabam no hospício; há muitos outros que parecem normais na sociedade, mas na verdade estão endemoninhados.
O que acontece então quando um nascido de novo prega este evangelho para alguém assim? No momento em que o endemoninhado recebe a remissão de pecados, o demônio que está no seu coração sai na mesma hora. E o Espírito Santo passa a habitar então onde antes estava ocupado. A Palavra do Senhor diz assim: “E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios”. E isso é verdade. Nós que nascemos de novo temos o poder de expulsar demônios em nome de Jesus Cristo. Deus nos deu este poder para pregarmos este evangelho.
Você e eu temos este poder. Você e eu temos o poder de expulsar o demônio do coração das pessoas quando pregamos para elas. É por isso que os que ainda não nasceram de novo reagem tão contrariamente quando pregamos este evangelho para eles. Quando falamos sobre outras coisas como, por exemplo, o sacrifício do cordeiro no livro de Levítico, eles ficam calados como um cordeiro manso. Mas o que acontece quando tocamos na questão crucial do evangelho e dizemos: “Toda a justiça foi cumprida quando Jesus foi batizado na forma de imposição de mãos”? O demônio que está dentro deles reage contrariamente porque sabe que eles nascerão de novo se crerem no evangelho da água e do Espírito. Satanás faz com que eles lutem contra nós fazendo-os se sentir irritados e cansados. E se a pessoa não lutar para vencer o domínio de Satanás e se unir a ele para perseguir o evangelho e os seus pregadores, ao longo da sua vida ela vai viver sempre possuída por demônios. Mas se ela reconhecer sua situação miserável, perseverar e obedecer à Palavra de Deus até o fim, ela será liberta do diabo assim que aceitar a Palavra de coração. E ao fazer isso, essa pessoa derrotará os demônios que habitam em seu coração aceitando o evangelho da água e do Espírito pela Palavra de Deus.
Os que creem em Jesus de modo correto têm poder para expulsar demônios. Se alguém recebe a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, o demônio que há em seu coração é expulso. Para ser bem sincero, você e eu que agora cremos evangelho da água e do Espírito já fomos endemoninhados um dia. Todos nós éramos endemoninhados. Não há ninguém que nunca tenha sido endemoninhado. A pessoa que não tem o Espírito Santo tem espíritos malignos no lugar dele. Embora odiássemos a luz e nos recusássemos a ouvir sobre ela, os demônios dentro de nós saíram quando ouvimos este evangelho da verdade e cremos nele. Agora, nós que pregamos este evangelho do Senhor precisamos crer que temos este poder dentro de nós.
Vamos ver o que a Palavra do Senhor continua dizendo. O Senhor nos falou sobre o segundo sinal dos verdadeiros crentes, ou seja, que “falarão novas línguas”. Falar novas línguas aqui significa falar uma língua nova. Por exemplo, vamos dizer que um cristão coreano falava nossa língua antes de nascer de novo. Mas agora que ele nasceu de novo crendo no evangelho da água e do Espírito, se analisarmos bem o que ele fala, veremos que ele está falando a língua do reino dos céus, apesar de parecer que está falando a língua coreana. Isso significa que ele está falando da vontade de Deus e da sua justiça, apesar de parecer que está falando a mesma língua de antes. Este é o sentido bíblico do “falar novas línguas” que Jesus mencionou.
As novas línguas que as pessoas falam depois de nascer de novo é a língua do reino de Deus; e esta língua é algo que está num nível muito mais elevado. É por isso que os nascidos de novo se comunicam bem entre si, embora os que ainda não nasceram de novo não entendam o que eles dizem. Eles ficam surpresos com o que dizem os nascidos de novo. Falar novas línguas não é enrolar a língua e falar “hipalapalapala”, que não faz sentido algum. Ao contrário, o verdadeiro falar em línguas é falar estritamente a verdade celestial que as pessoas comuns não conhecem. O verdadeiro crente fala novas línguas quando prega o evangelho do Senhor. Por isso que o Senhor disse que “falarão novas línguas”.
Qual o outro sinal que acompanhará os nascidos de novo depois do falar em línguas? O Senhor disse: “Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”.
Meus amados irmãos, vocês não devem interpretar essa palavras de uma forma carnal e pensar que vocês “pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum”. Medite bem sobre isso. Como uma pessoa pode não se ferir se pegar em serpentes ou beber algo mortal? A Palavra do Senhor não pode ser interpretada literalmente. Isso significa que um nascido de novo no evangelho da água e do Espírito pode tratar um endemoninhado ou servo do diabo com desdém. Significa também que ele pode fazer o que quiser com os que são enganados por Satanás. No texto que diz: “Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum”, as palavras “alguma coisa mortífera” não se refere a nenhum veneno químico que conhecemos. Significa algo como a tentação do diabo que é venenosa até para os que nasceram de novo no evangelho da água e do Espírito. De fato, eu e você bebemos muito deste veneno enquanto estamos neste mundo. Nas festas de fim de ano, podemos ver que este veneno entra nos olhos das pessoas, que são tão puros e brilhantes, e muda a aparência de seu rosto porque as intoxicam.
No entanto, o Senhor nos disse que não aconteceria nada com quem cresse, por mais que ele bebesse veneno. É claro aquele que nasceu de novo pode morrer espiritualmente se beber algo mortal, mas este veneno não terá efeito algum se ele ouvir a Palavra de Deus através dos seus servos e ter comunhão com eles. O veneno que está no corpo da pessoa então será totalmente removido. Os que nasceram de novo têm poder para reviver sua alma quando ouvem a Palavra da verdade, mesmo que tenham bebido algo venenoso.
Mas o que acontece com aqueles que ainda não nasceram de novo no evangelho da água e do Espírito? Quando bebem o veneno do diabo, eles não podem ser curados por métodos naturais. Quando eles bebem algo mortal, sua morte é apenas uma questão de tempo. O veneno do diabo mata a alma dos que não nasceram de novo, assim como morrem fisicamente todos que tomam veneno.
Por último, o Senhor disse: “E porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”. Isso significa que o poder de Deus se manifestará e os enfermos serão mesmo curados se receberem oração e imposição de mãos de um verdadeiro crente que tem uma fé poderosa. E isso acontece quando estamos enfermos no corpo e na alma. Mas a Bíblia, obviamente, dá mais ênfase à enfermidade espiritual, embora essa Palavra possa se aplicada à enfermidade física também.
Nós que seguimos o Senhor às vezes ficamos doentes. E tem vezes que Deus também não cura nossa enfermidade física. Por exemplo, no caso do apóstolo Paulo, Deus não curou sua enfermidade física. Por isso, um médico chamado Lucas, que escreveu o evangelho que leva seu nome, o acompanhou por toda a sua vida para cuidar dele e lhe dar o tratamento médico adequado. Você e eu que seguimos o Senhor como o apóstolo Paulo já passamos por momentos críticos na nossa saúde. Às vezes quando deixamos nossa antiga fé e passamos a crer de modo diferente podemos cair doentes.
Quando alguém que está acostumado a dormir à noite muda seu ritmo e resolve dormir durante o dia, ele acaba perdendo o equilíbrio do seu sistema imunológico. Do mesmo modo, se alguém que nunca fez algum trabalho braçal começar a trabalhar muito de repente, ele ficará com fadiga. Mas ficar de cama com fadiga não é algo tão ruim assim. O período que levamos para nos recuperarmos da fadiga faz nosso sistema imunológico se fortalecer para enfrentar os agentes patológicos externos. E é por isso que alguns médicos dizem que não é bom tomar remédios para a gripe, embora as pessoas se sentem melhor da fadiga depois que são medicadas. Mas o corpo humano, ao contrário, fica mais forte e saudável depois de vencer a fatiga, pois depois que o corpo descansa seu sistema imunológico se fortalece. Eu não sei se poderia dizer isso diante de um farmacêutico, mas, de todo modo, isso é algo bem conhecido.
E o mesmo acontece com todas as coisas. Alguém fica enfermo quando sua saúde física ou mental não vai bem. E assim como temos problema na nossa saúde física, também enfrentamos dificuldades na nossa vida espiritual. Mas mesmo quando somos afligidos por enfermidades físicas ou espirituais, podemos renovar nossas forças e nos erguer novamente quando pedimos ajuda a Deus orando assim: “Deus, eu estou doente agora. Por favor, me ajude”. O Senhor não disse claramente: “E porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”? Isso vale para mim e para você. Embora nosso lado espiritual seja abalado quando temos alguma enfermidade física, tudo ficará bem se orarmos a Deus. E mesmo quando não conseguimos orar, quando os santos oram ao Senhor juntos na igreja, nosso corpo e nosso espírito são renovados com a ajuda de Deus. É isso que quer dizer realmente a Palavra quando diz que “porão as mãos sobre os enfermos, e os curarão”.
O Senhor disse que os crentes têm esse poder – o poder de expulsar demônios, de falar novas línguas e de ficar doentes ou beber alguma coisa mortífera e nada lhes acontecer. A fé é algo fabuloso. Além disso, eu creio que nós que recebemos essas bênçãos temos que ir por todo o mundo e pregar o evangelho do Senhor. Esta é a obra que nós que recebemos tal poder do Senhor temos que fazer. Esta é a obra que as pessoas que crêem têm que fazer.
Apesar de termos muito trabalho para fazer atualmente, o propósito que vem antes de tudo é pregar este evangelho. O propósito da obra que você e eu estamos fazendo é tornar a pregação do evangelho mais eficaz no mundo inteiro. E temos que usar todos os métodos no nosso ministério de literatura para pregar este evangelho, seja evangelizando pessoalmente ou pela internet.
Esta é a obra que temos que fazer. Esta é a obra que eu também tenho que fazer. Eu creio que pregar este verdadeiro evangelho é a obra que eu tenho que fazer. E eu também creio que esta é a obra que todos os santos e obreiros de Deus na Coreia têm que fazer. Deus mandou que você e eu fôssemos por todo o mundo e pregássemos este evangelho. Meus amados irmãos, vocês crêem nesta ordenança do Senhor? Vocês a aceitam de todo o seu coração? Vocês crêem que esta é a obra que a igreja tem que fazer, a obra que eu e você também temos que fazer? É isso mesmo. A obra que nos leva a pregar o valioso evangelho do Senhor é de fato a obra que todos nós temos que fazer. Então, vamos nos preparar bem para que possamos ir por todo o mundo e pregar este evangelho.
Algum tempo atrás, eu estava andando no centro da cidade e pensando: “Eu tenho que ir a todos os lugares com meus obreiros para pregar o evangelho. Temos que organizar cultos de avivamento onde as pessoas quiserem ouvir o evangelho da água e do Espírito. Esta é a obra que eu tenho que fazer”. E eu vou mesmo fazer isso. E creio que você que está aqui hoje também vai fazer essa obra comigo. Eu creio nisso porque pregar o evangelho a toda criatura no mundo inteiro foi o que Deus nos mandou fazer.
Coisas maravilhosas realmente acontecem na vida dos que crêem. Há alguém entre vocês aqui bebeu algo com veneno dado pelos seus parentes durante o feriado? O que eu estou perguntando é que se há alguém que aqui que bebeu veneno espiritual. Você já viu alguém questionar sua fé cheio de presunção assim? “Sua fé é estranha. É diferente da minha fé. Você agora é um herético? Você agora faz parte de uma igreja herética onde todos sentam em almofadas e adoram assim? O pastor da sua igreja fica gritando “aleluia” bem alto e manda você fazer o mesmo?”
Apesar de termos de beber este veneno espiritual, nós que nascemos de novo logo nos recuperamos quando ouvimos a palavra de Deus e cremos nela. Não se preocupe com isso então! Vamos apenas crer na obra que nós que recebemos este poder de Deus temos que fazer e ir por todo o mundo pregando o evangelho. Vamos fazer a obra de Deus assim.
Algum tempo atrás, a igreja de Sok-cho, uma das nossas igrejas, fez uma campanha para arrecadar 700 mil dólares em seis meses para apoiar nossa missão mundial. Eu então disse ao pastor daquela igreja: “Isso é maravilhoso. Como você criou um plano tão grandioso assim?” No que ele respondeu: “Eu farei isso pela fé”. Ele disse que pretendia arrecadar cerca de 50 a 100 mil dólares por mês com um negócio infalível. Vamos pensar sobre isso. Alguém poderia fazer uma campanha como essa sem fé? Alguém poderia sonhar fazer algo assim sem fé? 70 mil dólares já é um valor muito alto, agora imagine só 700 mil dólares?
Só que a palavra “impossibilidade” não existe no nosso dicionário da fé. Seja algo pequeno ou grande, tudo é o mesmo quando o desafiamos pela fé. Isso porque tudo é possível pelo poder do Deus Todo-Poderoso. A minha única preocupação é que os nossos pastores que fazem essas grandes campanhas financeiras fiquem desanimados no meio do caminho e acabem desistindo do seu plano, embora não haja motivo algum para pensar que não dará certo. Eu creio que Deus suprirá as nossas necessidades e preparará a oportunidade certa para cumprir sua obra se fizermos tudo pela fé.
Só não compre bilhetes da loteria todos os dias achando que você vai ganhar um milhão de dólares. Deus não opera onde não há esforço algum. E o mesmo acontece na obra que fazemos para pregar o evangelho. O evangelho de Deus jamais poderá ser pregado sem sacrifício. Sacrifícios sempre terão que ser feitos quando formos por todo o mundo e pregarmos o evangelho. Tem que haver esforço, suor e sacrifício para pregar o evangelho.
Nós precisamos de mais dinheiro para pregar o evangelho, mas eu creio que Deus suprirá nossas necessidades. Eu não me preocupo com isso. Se orarmos e fizermos a obra pela fé, nós seremos abençoados e teremos uma saúde perfeita para servir ao evangelho em todo o mundo. Entretanto, se nos sentarmos e esperarmos tudo de Deus, essas abundantes bênçãos não nos alcançarão então. Deus nos dará tudo que desejamos receber se fizermos tudo pela fé, mas ele não nos dará nada se fizermos tudo com hipocrisia, só para aparecermos. O Senhor disse que a árvore é conhecida pelos frutos.
Meus amados irmãos, eu quero dizer novamente que nós estamos arrecadando dinheiro e nos unindo para fazer tudo que estamos fazendo para que possamos ir por todo o mundo e pregar o evangelho. Eu espero sinceramente que Deus nos abençoe muito este ano para que o evangelho seja pregado em muitos lugares. Eu peço a vocês que orem por isso também. Nós imprimimos mais de 50 mil livros ano passado, mas eu acho que este ano conseguiremos imprimir um milhão ou pelo menos 500 mil livros da nossa missão. Na verdade, um milhão de livros é como uma gota no oceano, já que há seis bilhões e meio de pessoas neste mundo. Todavia, eu acho que um milhão de livros podem manifestar o grandioso poder de Deus como uma bomba nuclear, se todos nós conseguimos distribuí-los este ano. Nós enviaremos cerca de um milhão de livros ao mundo todo e também faremos cultos de avivamento para pregar o evangelho. Nós obedeceremos à Palavra que o Senhor nos deu e iremos por todo o mundo pregando o evangelho a todas as pessoas.
Vamos orar a Deus pelas coisas que precisamos e também nos sacrificar para pregar este precioso evangelho. Apesar de nosso poder e capacidade serem muito limitados, vamos orar e fazer a obra de Deus pela fé e sinceridade de coração, não como se fosse um sonho louco. E não se sinta desencorajado mesmo que as pessoas te persigam por causa dessa obra. Todos nós devemos participar da pregação deste precioso evangelho e fazer a obra valiosa do Senhor pela fé e com convicção.