Preken

Assunto 19: A Epístola do Apóstolo Paulo aos EFÉSIOS

[Capítulo 1-8] Nós Somos Gratos a Deus Por Ele Ter Nos Chamado para Sermos Membros de Sua Igreja (Efésios 1:20-23)

Nós Somos Gratos a Deus Por Ele Ter Nos Chamado para Sermos Membros de Sua Igreja(Efésios 1:20-23)
“Que manifestou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos, e fazendo-o sentar-se à sua direita nos céus, acima de todo principado, e autoridade, e poder, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro. E sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e sobre todas as coisas o constituiu como cabeça da igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que enche tudo em todos”.
 
 

Até Hoje o Senhor Tem Derramado Suas Bênçãos sobre o Mundo Todo

 
Está escrito em Efésios 1:23 que a Igreja de Deus “é o seu corpo, a plenitude daquele que enche tudo em todos”. Todos nós temos que receber a remissão de pecados em nosso coração crendo no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor. E você tem que ter uma fé inabalável no evangelho da água e do Espírito para se tornar membro da Igreja de Deus. Então, agora que recebemos a remissão de pecados em nosso coração crendo no evangelho da água e do Espírito, nós temos que pregar este evangelho no mundo inteiro até morrermos. E ao fazermos isso, a fé de todos será fortalecida e glorificaremos a Deus. Para que todos nós nos tornemos membros da Igreja de Deus, nossa fé no evangelho da água e do Espírito deve ser inabalável, pois somente quando tivermos uma fé assim é que isso acontecerá.
Aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito de coração hoje em dia já receberam a remissão de pecados pela fé, e sua congregação é a própria Igreja de Deus. A Igreja de Deus é onde os redimidos se reúnem para adorar a Deus e pregar o evangelho da água e do Espírito. Mas se há alguém na Igreja que só crê neste verdadeiro evangelho em sua mente, mas não de coração, ele é um pecador então. Deus abomina quem se recusa a crer no evangelho da água e do Espírito e quem ainda tem pecado no coração. O Espírito Santo que habita em nosso coração também não gosta de quem não crê na justiça de Deus. É por isso que Deus não confia obra alguma em Sua Igreja àqueles que não crêem no evangelho da água e do Espírito.
Mas é claro que agora todos podem crer no evangelho da água e do Espírito e entendê-lo. Alguns têm que ouvir muito o evangelho da água e do Espírito, que é encontrado na Palavra de Deus, antes de crerem nele e se tornarem santos. Mas outros rejeitam o evangelho da água e do Espírito até o fim, e mesmo fazendo parte da Igreja de Deus, eles se tornam Seus inimigos. Essas pessoas acabaram sendo expulsas da Igreja de Deus. Independente de qualquer coisa, todo aquele que não crê no evangelho da água e do Espírito não pode se tornar membro da Igreja de Deus. E se há alguém na Igreja de Deus que não crê no evangelho da água e do Espírito, jamais devemos permitir que alguém assim se torne um pastor e ministre nela.
A Igreja de Deus é o corpo de Jesus Cristo, e é por isso que seus líderes não podem ter nenhum pecado em seu coração. Somente quando todos os servos de Deus e Seus santos não tiverem mais nenhum pecado é que o Espírito Santo poderá operar em seu coração. Somente alguém que não tem pecado é que pode ser considerado salvo em Cristo, e para que a fé de todos nós que somos santos seja aprovada por Deus, temos que crer no evangelho da água e do Espírito que Ele nos deu. A igreja de Deus precisa de pessoas que cuidem bem dela e saibam discernir entre as ovelhas e os bodes.
Deus fortalece todo aquele que nega a si mesmo e crê na Sua justiça, e também trabalha através dele. Mas o problema é que muita gente acha que pode fazer a obra de Deus por conta própria. Jamais devemos ver a obra de Deus como um simples trabalho humano. E nós também temos que entender que Deus não faz nada através de alguém que não crê na Palavra do evangelho da água e do Espírito.
A Igreja de Deus é a única instituição nessa terra que é capaz de obedecer fielmente à vontade de Jesus Cristo e servir a Ele, que é o cabeça de todos os santos. Mas para que isso aconteça, todos os seus membros têm que aceitar a vontade de Jesus Cristo, o cabeça dela, como se fosse a sua. Assim como o Senhor é eternamente santo, os crentes no evangelho da água e do Espírito também o são. É muito importante termos certeza se nosso coração tem realmente fé no evangelho da água e do Espírito ou não.
Este mundo está cheio de cristãos que professam crer em Jesus, mas a maioria deles na verdade só crê no sangue da cruz, achando erradamente que só precisam disso para conseguir a salvação. Os cristãos desviados acham que são santos, mesmo não conhecendo o evangelho da água e do Espírito. Mas este é um conceito errado. Para ser mais preciso, todo aquele que tem pecado no coração não pode fazer parte do povo de Deus.
 
 

Quem Deus Usa para Fazer em Sua Obra?

 
A Igreja de Deus é o lugar onde os crentes no evangelho da água e do Espírito se reúnem para obedecê-Lo. Mas se eles se reunirem com os ímpios de outra igreja, isso não será mais a Igreja de Deus. O Espírito Santo não pode operar num lugar assim. Por esse motivo, todo aquele que confessa crer somente no evangelho, e não no evangelho da água e do Espírito, não pode ser um verdadeiro membro do corpo de Jesus Cristo. E embora alguém assim seja chamado de cristão, podemos dizer que ele não passa de mais um religioso. Se fosse verdade que todo mundo pudesse se tornar filho de Deus crendo apenas no sangue da cruz, e não no evangelho da água e do Espírito, um quarto da população aproximadamente poderia dizer então que são filhos de Deus. Mas, na verdade, nós podemos dizer que nenhum deles foi salvo de todos os seus pecados, pois eles têm pecado no coração ainda.
A verdade é que eles não crêem no evangelho da água e do Espírito. E por não crerem nele de coração, eles ainda são pecadores cujos pecados estão intactos em seu coração e serão destruídos por causa disso. Toda igreja cujos membros ainda têm pecado no coração não é a Igreja de Deus, mas apenas uma instituição social. Embora todos estes cristãos pecadores digam que crêem em Jesus, se reúnam para adorá-Lo, clamem Seu nome, O louvem e orem a Ele, isso não muda em nada o fato de que Deus não é o Deus deles e não pode ser glorificado por eles.
A verdade é que Deus não pode usar nenhum pecador como um vaso para fazer Sua obra, assim como nem o Espírito Santo pode habitar num coração onde ainda há pecado. É por isso que todas as igrejas dos pecadores também são pastoreadas por pecadores. O rei destes pecadores não é Jesus Cristo, mas um outro pecador. E embora eles façam obras voluntárias em nome de Jesus e preguem Seu nome, eles jamais poderão ser purificados dos seus pecados com uma fé assim. Sendo assim, podemos dizer que as igrejas do mundo são iguais a todos os grupos de apoio que há na sociedade.
Mas a Igreja de Deus não é uma organização de apoio que serve a uma causa social. E os servos de Deus também não devem aceitar como membro dela nenhum pecador que não crê no evangelho da água e do Espírito. Todos os obreiros da Igreja de Deus caminham com Ele e confiam completamente na Sua vontade para eles. Apesar de crer no evangelho da água e do Espírito, você tem que fazer tudo que Deus te mandar se quiser ser Seu obreiro. Como então alguém que não faz a vontade de Deus pode ser considerado Seu obreiro ou liderar os santos que fazem parte da Sua Igreja? Como pode alguém que não crê no evangelho da água e do Espírito ser chamado servo de Deus? Deus disse que jamais poderia fazer Sua obra através dessas pessoas. Ele não pode fazer Sua obra através de ninguém que não aceita a Sua vontade. Ele jamais pode usar pessoas assim para fazer a Sua obra.
Então, não é qualquer um que pode fazer a obra de Deus. Todos que querem ser servos de Deus primeiro têm que crer no evangelho da água e do Espírito antes de o pregarem. E todos eles também têm que confiar em Deus e viver segundo a Sua vontade. Caso contrário, nenhum deles poderá fazer a obra com o Espírito de Deus.
Eu quero deixar bem claro a todos vocês agora que apesar de terem ouvido o evangelho da água e do Espírito e crido nele, nem todos poderão estar à frente da Igreja de Deus. E embora vocês achem que podem se tornar obreiros de Deus por conta própria, a verdadeira Igreja de Deus deve estar onde os crentes no evangelho da água e do Espírito se reúnem para fazer a Sua vontade. Jesus Cristo é o cabeça da Igreja de Deus. E esta, por sua vez, só confia Sua obra àqueles que se dedicam a pregar o evangelho da água e do Espírito segundo a vontade de Deus.
Todavia, a triste realidade de muitos cristãos hoje em dia é que, por não conhecerem o evangelho da água e do Espírito, eles se orgulham apenas do sangue de Jesus na cruz, dizendo que isso é o suficiente para lhes dar a salvação. E eles também se orgulham da sua igreja e dizem que ela é a melhor igreja do mundo. Mas a verdade é que eles estão ocupados procurando satisfazer seus desejos carnais. Os membros da Igreja de Deus aprovados por Ele, ao contrário, crêem somente no evangelho da água e do Espírito, e todos eles dão testemunho que apenas este é o verdadeiro evangelho da remissão de pecados que há em todo o universo.
Jesus Cristo, o cabeça da Igreja de Deus, salvou os crentes no evangelho da água e do Espírito de todos os seus pecados. Ele nos salvou quando veio a essa terra, foi batizado por João Batista, derramou Seu sangue até morrer na cruz e ressuscitou dos mortos; e Ele nos abençoou para sermos Suas testemunhas. Portanto, somente aqueles que foram remidos de todos os seus pecados em Cristo crendo no evangelho da água e do Espírito é que são o povo santo de Deus. Os verdadeiros servos de Deus são aqueles que hoje crêem no evangelho da água e do Espírito e o pregam. Por outro lado, aqueles que só crêem e pregam o sangue da cruz são mentirosos. Todos nós temos que crer que a bênção da água e do Espírito que o Senhor nos deu é a verdade que permite a todos nascer de novo.
Se alguém for contra a vontade de Deus e disser que o evangelho da água e do Espírito é igual aos outros evangelhos, ele não pertence a Deus então. Hoje, as igrejas que são pastoreadas por aqueles que crêem que a verdadeira salvação é alcançada somente pelo sangue da cruz não são governadas por Deus, mas pelo próprio homem. Deus não trabalha com essas pessoas. E quando elas dizem que podem realizar milagres, isso é obra sua, não de Deus.
O Senhor Jesus disse que conhecemos a árvore pelo seu fruto. E Ele também disse que somente os crentes que crêem no evangelho da água e do Espírito é que pregam o verdadeiro evangelho que apaga os pecados das pessoas, e que todos os outros evangelhos que há neste mundo são falsos evangelhos. Enfim, quem não crê no evangelho da água e do Espírito não faz parte do povo de Deus e não está servindo ao Senhor. Os pastores de hoje que não conhecem o evangelho da água e do Espírito só estão dando falsos frutos em seu ministério. E eles usam o ministério para aumentar o tamanho de sua igreja, seu status social, e estabelecer sua própria justiça. Por outro lado, aqueles que crêem que só o evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho não procuram estabelecer sua própria justiça carnal. Em outras palavras, aqueles que só crêem no evangelho da água e do Espírito para sua salvação não buscam exaltar sua própria justiça. Ao contrário, os justos só exaltam a justiça de Deus, crêem que somente o evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho e buscam glorificar apenas a Deus em sua vida.
 
 

Onde Então a Justiça de Deus é revelada?

 
A justiça de Deus é revelada no evangelho da água e do Espírito. Ela se manifesta tanto batismo de Jesus quanto no Seu sangue na cruz. A Bíblia diz claramente que, para nos salvar dos pecados do mundo, nosso Senhor levou todos os nossos pecados sobre Seu corpo ao ser batizado por João Batista e ao derramar Seu sangue na cruz em nosso lugar. Este evangelho da água e do Espírito é a substância do amor de Deus. Jesus Cristo apagou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista nessa terra, morreu na cruz e ressuscitou dos mortos – isso é a justiça de Deus. Assim como diz João 3:16: “Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna”, Deus nos amou tanto que purificou todos os nossos pecados e nos livrou da destruição pessoalmente ao vir a essa terra num corpo carnal, ao ser batizado e ao derramar Seu sangue na cruz. E é crendo na justiça de Deus que somos remidos de todos os nossos pecados e nos tornamos filhos de Deus. É crendo na verdade do evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus, que somos vestidos com Sua justiça. Porque Deus amou o mundo de tal maneira, Ele nos deu Seu Filho unigênito e apagou todos os nossos pecados fazendo com que Ele fosse batizado e derramasse Seu sangue, os dois elementos que compõem Sua justiça. E nós nos tornamos sem pecado crendo nessa verdade. Todos que crêem no evangelho da água e do Espírito têm que crer e seguir apenas a justiça de Deus, pois só estes é que podem servir a ela.
A Igreja de Deus é o corpo de Jesus Cristo. E a verdade mais importante que temos que entender na nossa vida de fé é que a Igreja de Deus é o corpo de Cristo. E para nos tornamos membros deste corpo, todos nós temos que crer no evangelho da água e do Espírito, sem exceção. Mas e você? Você conhece a justiça de Deus que é revelada no evangelho da água e do Espírito? Você precisa entender a verdade do evangelho da água e do Espírito e crer que este evangelho é a justiça de Deus. É no evangelho da água e do Espírito que a justiça de Deus está oculta.
Muitos cristãos afirmam que morreram em Cristo, e eles só vivem falando disso. Eles se gabam por causa da sua justiça carnal por acharem que têm fé na justiça de Deus. Mas eles, na verdade, estão tentando exaltar a sua própria justiça quando confessam que crêem apenas no sangue de Jesus na cruz. Nós temos que entender aqui que, até na Igreja de Deus, todos que tentam exaltar sua própria justiça e não confiam na justiça de Deus são pessoas que buscam satisfazer seus desejos carnais. E essa justiça humana não produz nada mais do que doutrinas religiosas inúteis criadas pelos religiosos que buscam satisfazer seus desejos carnais. Mas Deus disse que jamais irá tolerá-los. Ele disse que preservou essas pessoas para puni-las no último dia.
 
 

A Igreja é “o Seu Corpo, a Plenitude Daquele que Enche Tudo em Todos” (Efésios 1:23)

 
Já que fundou Sua Igreja nessa terra, Deus quer encher o mundo todo com o evangelho da água e do Espírito através dos Seus servos, a fim de que todos recebam as bênçãos celestiais. Melhor dizendo, a Igreja de Deus é a instituição que faz com que todos neste mundo sejam salvos de todos os seus pecados; e essa é a vontade do próprio Deus. A Igreja é a instituição que o próprio Deus fundou em Jesus Cristo com o evangelho da água e do Espírito. E ela trabalha naquilo que Deus deseja. E já que Jesus Cristo é o cabeça dessa Igreja e nós o Seu corpo, não podemos nos separar dela.
Por isso, nem todos podem fazer parte do povo de Deus só porque clamam o nome de Jesus Cristo, fundar uma Igreja de Deus e fazer a Sua obra, por mais que eles tenham zelo ou entreguem seu corpo para ser queimado por amor ao Senhor. É através dos crentes no evangelho da água e do Espírito que Deus edifica Sua Igreja nessa terra e faz Sua obra através dela. O que todos nós temos que entender aqui é que, já que somos o corpo do Senhor Jesus Cristo, temos que crer no batismo que Ele recebeu de João Batista e no sangue que Ele derramou na cruz. O batismo que Jesus recebeu de João Batista nessa terra e o sangue que Ele derramou na cruz compõem a justiça de Deus e também manifestam o Seu amor. Deus deu Sua Igreja aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito e os levou a dar testemunho da Sua justiça.
Já que cremos no evangelho da água e do Espírito, todos nós temos que distinguir o verdadeiro evangelho dos falsos. E sempre que ouvirmos algum pregador, nossa fé no evangelho da água e do Espírito deve ser o parâmetro para discernirmos se o que ele está dizendo é certo ou errado. É imprescindível discernirmos como o diabo opera neste mundo através dos seus falsos evangelhos. O que temos que entender aqui é que Deus se agrada conosco quando ficamos do Seu lado, nos apegamos ao evangelho da água e do Espírito, que a Palavra de Deus, e fazemos Sua obra.
Os santos não se reúnem em nenhum outro lugar a não ser na Igreja de Deus. Os santos e servos de Deus estão em Sua Igreja. Todos eles têm uma fé em comum, crêem no evangelho da água e do Espírito e vivem para a justiça de Deus. Cheios de orgulho por causa da justiça de Deus e das bênçãos que Ele lhes concedeu, eles fazem com que o mundo todo saiba que a bênção da salvação só pode ser recebida através do evangelho da água e do Espírito dado por Deus. Você também tem que ter discernimento da justiça de Deus através do evangelho da água e do Espírito e da Sua Igreja. A Igreja de Deus está aqui para fazer a Sua obra.
  
 

Deus Nos Escolheu Antes da Fundação do Mundo para Nos Tornar Seus Filhos

 
Está escrito em Efésios 1:1-5: “Paulo, apóstolo de Cristo Jesus pela vontade de Deus, aos santos que estão em Éfeso, e fiéis em Cristo Jesus: A vós outros graça, e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo. Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, o qual nos abençoou com todas as bênçãos espirituais nas regiões celestiais em Cristo. Pois nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele. Em amor nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito da sua vontade”. Essa passagem quer dizer que Deus resolveu adotar como filhos em Jesus Cristo nós que éramos meras criaturas. Como é maravilhoso o plano que criou para nós!
O plano de Deus para nós era nos fazer Seus filhos. E apesar de sermos criaturas inferiores perante Ele, em Cristo Jesus Ele nos salvou segundo a Sua vontade. Nós somos muito gratos por Deus ter nos trazido para Sua Igreja e nos usar para trabalhar junto com Ele. Como é que poderíamos não ser gratos então? Deus abençoou todos nós que cremos no evangelho da água e do Espírito para que um dia habitássemos no Reino dos Céus e desfrutássemos de toda glória com Jesus Cristo. Como o plano de Deus é maravilhoso! Antes da fundação do mundo, Deus criou este plano maravilhoso para nos fazer Seus filhos em Cristo. E este plano foi realizado através do evangelho da água e do Espírito. O plano de Deus é tão lindo e maravilhoso que seremos gratos a Ele para todo sempre.
Mas nós só recebemos essas bênçãos fabulosas em nosso Senhor Jesus Cristo. E a maneira de recebê-las é encontrando o evangelho da água e do Espírito. Nós não podemos nem pensar no plano de Deus fora do evangelho da água e do Espírito. A grande verdade só pode ser encontrada em Jesus Cristo, o Filho de Deus, pela fé no evangelho da água e do Espírito. E somente aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito é que podem receber de Deus a vida eterna. O evangelho da água e do Espírito foi planejado por Deus, não por um ser humano. E a verdade do evangelho da água e do Espírito também não foi criada pelo homem ou veio dele, mas do próprio Deus em Jesus Cristo. E Jesus Cristo cumpriu essa verdade através do batismo que recebeu de João Batista e do sangue que derramou na cruz. Não há em nenhum outro lugar no universo um evangelho da salvação mais lindo do que o evangelho da água e do Espírito.
Por essa razão, todos nós temos que crer no evangelho da água e do Espírito que nosso Deus nos deu e louvá-Lo também. Com nossa fé, todos nós temos que louvar a Deus por tudo que Ele fez por nós e pelo que Ele ainda fará no futuro. Foi por isso que alguns irmãos se sentiram tão impelidos a compor alguns hinos a Deus, por Ele ter nos dado Seu amor, Sua salvação e Sua glória.
Sempre que eu viajo ou tenho algum tempo livre, eu fico cantando alguns hinos. E embora a maioria das músicas deste mundo seja sobre o amor ou algo banal, a melhor canção para mim é aquela que louva a Deus pela justiça que Ele nos deu. Já que conhecemos o evangelho da água e do Espírito, o mistério da salvação pelo qual Deus nosso Criador nos livrou de todos os nossos pecados, os hinos que cantamos para Ele de fato O exaltam nas alturas. Nós jamais nos cansamos de adorar a Deus porque este mistério da salvação, o evangelho da água e do Espírito pelo qual Ele nos salvou, é muito profundo. Longe disso, através do nosso louvor, nós agradecemos a Ele ainda mais pelo Seu amor e cantamos nossos hinos de todo o nosso coração.
Deus planejou nos salvar com o evangelho da água e do Espírito em Jesus Cristo antes da fundação do mundo, e de fato nos deu essa salvação. E essa bênção é tão linda e maravilhosa que palavras não podem expressar como somos gratos por ela. O que Deus fez por nós é algo fabuloso, e é por isso que todos nós somos muito gratos a Ele. Jesus nos salvou de todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito, e este evangelho está disponível a todos nós. Mas por muitas pessoas não conhecerem o significado do batismo de Jesus, elas ainda estão perdidas, indo de um lado para outro, incapazes de serem libertas de todos os seus pecados. A razão pela qual todos nós temos que louvar a Deus se encontra no evangelho da água e do Espírito que está em Cristo Jesus.
Como pode um ser humano, uma mera criatura, se tornar filho de Deus? Como meras criaturas podem chegar à condição de filhos de Deus? Uma lagarta pode se tornar uma borboleta, mas como é possível um ser humano se tornar filho de Deus? Mas Deus fez isso através do evangelho da água e do Espírito. Isso não é simplesmente incrível? Como poderíamos descrever algo tão lindo e maravilhoso assim e agradecer ao Senhor o bastante por isso? Somente crendo no evangelho da água e do Espírito é que podemos entender este mistério e louvar a Deus, cuja graça é realmente linda e fabulosa.
Todos que conhecem o mistério da Igreja de Deus e do evangelho da água e do Espírito entendem Seu fabuloso plano e são gratos a Ele pela fé. Nós nos tornamos membros da Igreja crendo na verdade do evangelho da água e do Espírito. E já que agora temos o entendimento correto de Jesus Cristo, o cabeça da Igreja de Deus, nós estamos pregando o legítimo evangelho da água e do Espírito no mundo inteiro segundo a Sua vontade.
Todos que receberam a remissão de pecados têm que ser gratos a Deus agora por Ele tê-los feito membros de Sua Igreja e viver o resto de sua vida segundo a Sua vontade. Levar uma vida de fé assim já é uma grande bênção de Deus. Não há como não louvarmos a Deus e não sermos gratos a Ele agora por Seu fabuloso plano. Mesmo tendo dificuldades quando nós fazemos a obra de Deus e pregamos o evangelho da água e do Espírito, ainda assim nós somos levados a adorá-Lo e continuaremos adorando-O para todo sempre. E mesmo quando nós perdemos nossa dignidade e nossa justiça é destruída, nós nos alegramos, suportamos todo sofrimento em prol da pregação do evangelho e louvamos a Deus para sempre.
Nós agora servimos a Deus de todas as maneiras possíveis justamente porque não há como louvarmos a Ele pela graça maravilhosa manifestada no plano da salvação realizado por completo através do batismo de Jesus e do Seu sangue. Todos nós temos que ser gratos a Deus pela verdade do evangelho da água e do Espírito e viver confiando no Senhor. E nós também temos que crer que, através de nós, Deus abençoará todas as pessoas deste mundo.
Que obra é essa que Deus quer fazer através de nós? Em nossos pensamentos carnais, poderíamos até achar que Deus faria algo através de nós, e Ele realmente faz, mas só porque o nosso coração é puro e santo por crermos no evangelho da água e do Espírito. Melhor dizendo, nossa fé é a fé correta. De fato, nós fomos totalmente purificados dos nossos pecados crendo no evangelho da água e do Espírito que há na justiça de Deus. E é através de nós que Deus está pregando o evangelho da Sua justiça a todos neste mundo. Palavras não podem expressar o quanto somos gratos por essa bênção maravilhosa. E não temos como agradecer a Deus por fazer com que todos no mundo possam receber todo o amor da Sua justiça que se manifesta no evangelho da água e do Espírito.
Nós agora estamos publicando nossos livros em todos os idiomas deste mundo, obedecendo assim à Grande Comissão de pregar o evangelho da água e do Espírito. As pessoas que não conhecem essa verdade estão descobrindo-a pela primeira vez graças ao nosso ministério de literatura; muitas delas estão expressando toda sua gratidão e alegria em suas mensagens. E elas querem permanecer firmes na verdade para o resto de sua vida e desejam servir ao evangelho da água e do Espírito, pois este evangelho que estamos pregando através de nossos livros é a mais pura verdade. Mas este resultado maravilhoso só pôde ser alcançado porque Deus o planejou; e estamos participando dessa obra de Deus confiando na Sua verdade. Não existe nada mais correto do que confiarmos nossa vida a Deus e tomarmos parte nessa obra para servirmos à Sua justiça. O evangelho da água e do Espírito que estamos pregando não é um evangelho comum. Ele simplesmente é o evangelho que contém a justiça de Deus. Quando nossos livros com o evangelho da água e do Espírito forem distribuídos a todos neste mundo e lido por eles, todos eles conhecerão a justiça de Deus.
Hoje em dia, muitos cristãos acham que sua salvação depende do seu próprio esforço, apesar de crerem em Jesus. E embora alguns deles digam com toda certeza que foram salvos dos seus pecados, na verdade, eles ainda têm pecado em seu coração porque não fazem a vontade de Deus. Mas os crentes no evangelho da água e do Espírito, por outro lado, receberam a salvação apenas pela fé, sem terem que fazer nada por conta própria. Na verdade, muitas pessoas no mundo inteiro foram transformadas apenas lendo um dos nossos livros que contém o evangelho da água e do Espírito e crendo neste evangelho.
Deus quer que todos nós declaremos nossa fé abertamente. Isso quer dizer que você tem que decidir se crê realmente na Palavra de Deus ou está em cima do muro achando que pode haver vários evangelhos. O que você tem que entender aqui é que se você não tomar posição e disser que todo evangelho está certo, isso significa então que, ao invés de crer na Palavra de Deus, você na verdade está desobedecendo a Ele.
 
 

Quem Neste Mundo Enche Tudo em Todos?

 
Nosso Criador Jesus Cristo é que nos enche com Sua salvação, bênçãos e glória. Mas através do que Ele nos dá Sua plenitude? Ele nos enche com Suas abundantes bênçãos através do amor de Deus revelado no evangelho da água e do Espírito. O Senhor nos enche com as abundantes bênçãos de Deus. A Bíblia diz que Jesus enche tudo em todos, e isso quer dizer também que Ele tem Seus agentes divinos que cumprem a Sua vontade. Com quem então Jesus trabalha para encher tudo em todos? Ele não trabalha através de nós que somos membros da Igreja de Deus? Mas se há alguém na Igreja de Deus que ainda não entende que ele é um santo redimido, que Jesus Cristo é o cabeça da Igreja e que ele é o corpo, Deus não vai usar alguém assim como Seu obreiro. Sendo assim, todos nós temos que crer e entender a verdade na qual nos tornamos filhos de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. E nós também temos que entender que, já que somos membros da Igreja de Deus, temos que nos submeter a Jesus Cristo, que é o cabeça dela.
Nós nos tornamos membros da Igreja de Deus crendo na Sua justiça, e nossa fé nos leva a crer que somos uma família no evangelho da água e do Espírito. É importantíssimo crermos nessa verdade e a entendermos. Nós temos que reconhecer que somos um corpo no Senhor Jesus Cristo, que Ele é o nosso cabeça e crer nisso para que nossa fé cresça. Quando olhamos para nosso corpo, vemos que todos os seus membros, da cabeça à planta dos pés, estão todos ligados. É por isso que tomamos todo cuidado com ele e sempre procuramos nos alimentar bem. E quando há algo errado com a menor parte do nosso corpo, ele todo sofre. Do mesmo modo, como membros da Igreja de Deus, todos nós cremos no seu cabeça, Jesus Cristo, e pertencemos a este mesmo corpo. Por essa razão, se alguém se desviar, todos nós temos que fazer de tudo para trazê-lo de volta, pois, caso contrário, todos os membros da Igreja sofrerão porque alguém se desviou.
A Igreja de Deus é a instituição que compartilha o amor de Deus e Suas bênçãos com todos no mundo inteiro; e nós nos tornamos membros dessa Igreja pela qual Cristo enche tudo em todos. Todos nós temos que ser gratos a Deus por estas bênçãos maravilhosas, por todos nós sermos crentes no evangelho da água e do Espírito. E a fé que temos em comum no evangelho da água e do Espírito deve ser inabalável para que recebamos as bênçãos maravilhosas de Deus ao fazermos Sua obra. O que todos nós temos que entender aqui é que o evangelho da água e do Espírito não é pregado apenas porque algumas pessoas se esforçam, mas sim quando todos nós nos unimos em submissão aos mandamentos de Jesus Cristo, o cabeça da Igreja de Deus. Assim como diz a Bíblia: “E vós de Cristo, e Cristo de Deus” (1 Coríntios 3:23), é imprescindíve l entendermos agora nosso chamado e onde é nosso lugar.
Mesmo depois de receber a remissão de pecados, algumas pessoas não entendem a Igreja de Deus, onde Sua justiça está presente, e dizem: “Todas as igrejas são iguais”. Embora elas certamente tenham recebido a remissão de pecados, elas não sabem se pertencem à Igreja de Deus ou de Satanás. Por essa razão, algumas delas acabam perecendo por falta de alimento espiritual. Já que Satanás está sempre procurando uma ocasião para apanhar os santos em suas falhas, ele os acusa para que eles sejam condenados por Deus e sofram para sempre.
É imprescindível que todos nós saibamos o que temos que ser, no que devemos crer, ver a beleza do que é realmente belo e reconhecer o valor do que é realmente precioso. A justiça de Deus é exatamente isso.
Já que cremos na justiça de Deus, temos que reconhecer o que somos de fato e servir ao evangelho com dignidade. Todos nós fomos transformados e nos tornamos justos por crermos no evangelho da água e do Espírito. Quando Deus disse ao profeta Jonas para ir a Nínive e dizer às pessoas o que Deus iria fazer, ele se recusou a obedecer a Deus e fugiu num navio para Társis. Deus então levantou uma grande tempestade e todos no navio lançaram sorte para saber a causa de tudo aquilo. Quando a sorte caiu em Jonas, os marinheiros disseram a ele: “Declara-nos tu agora, por que nos sobreveio este mal. Que ocupação é a tua? Donde vens? Qual é a tua terra? De que povo és?” (Jonas 1:8). Então, o profeta Jonas lhes disse: “Eu sou hebreu, e temo ao Senhor, o Deus do céu, que fez o mar e a terra” (Jonas 1:9). Por causa desse evento, Jonas se lembrou da sua própria identidade, da sua condição e do seu chamado. E, do mesmo modo, nós também temos que examinar a nós mesmos todos os dias, confirmar a nossa salvação, ter fé na identidade que temos como povo de Deus e caminhar como tal.
Minha mensagem a todos os pastores e santos na Igreja de Deus hoje é esta: “A plenitude Daquele que enche tudo em todos só é alcançada na Igreja de Deus, ou seja, no depósito de todas as bênçãos. Através da Igreja, Deus concede a bênção da salvação a vocês, à sua família e a todos neste mundo. E eu aconselho todos vocês a viver dia após dia em meio às bênçãos de Deus; lembrem-se sempre disso!
A Igreja de Deus é o lugar onde aqueles que nasceram de novo se reúnem, fazem a obra de Deus, descansam, riem e têm comunhão uns com os outros. A Igreja de Deus é o lugar onde as Suas bênçãos são guardadas, renovadas a cada dia e dadas a todos. Todos nós temos que fazer a obra de Deus todos os dias confiando no evangelho da água e do Espírito e permanecer na Igreja de Deus até que o Senhor volte, entendendo que somos membros de Sua Igreja. E como membros da Igreja de Deus, nós estamos fazendo uma obra preciosa pregando a Palavra e dando uma nova vida às pessoas no mundo inteiro que desejam nascer de novo.
Deus enviou Jesus Cristo para nos fazer membros da Sua Igreja. E como Ele foi batizado nessa terra e morreu na cruz derramando Seu sangue, nós fomos salvos de todos os nossos pecados de uma vez por todas. Mas o que aconteceria conosco se Jesus tivesse nos abandonado depois que nos salvou? Nós com certeza estaríamos perdidos. Deus nos fez membros da Sua Igreja e nos colocou aqui justamente porque sabia disso muito bem. Ele nos salvou de todos os pecados do mundo ao nos dar o evangelho da água e do Espírito para fazermos parte do Seu corpo.
Mas e você? Você é grato a Deus por essa maravilhosa bênção? Na verdade, todos nós temos que ser gratos a Deus por Ele ter nos salvado de todos os nossos pecados e nos chamado para sermos membros da Sua Igreja.