خطبے

Assunto 19: A Epístola do Apóstolo Paulo aos EFÉSIOS

[Capítulo 5-6] Servir ao Senhor é a Maneira de Sermos Cheios do Espírito Santo (Efésios 5:18-21)

(Efésios 5:18-21)
“E não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.”
 
 
A passagem bíblica acima está Efésios 5:18-21, mas eu quero focar meu sermão especificamente no versículo 18: “E não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão, mas enchei-vos do Espírito.” Antes dessa passagem, o Senhor nos diz que nós devemos crer no evangelho da água e do Espírito: “Mas a prostituição, e toda a sorte de impureza ou cobiça, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos; nem torpeza, nem conversa tola, nem chocarrices, que não convêm, mas antes ações de graças” (Efésios 5:3-4). Essa passagem foi dita a nós, crentes no evangelho da água e do Espírito. Nosso Senhor disse àqueles que se tornaram justos pela fé: “Mas todas as coisas manifestas pela luz tornam-se visíveis, pois é a luz que a tudo manifesta” (Efésios 5:13). E no versículo que nós lemos antes, Ele nos diz para sermos cheios do Espírito.
Sermos “cheios do Espírito” (Efésios 5:18) não significa de fato que devemos ser cheios das nossas próprias emoções. Pelo contrário, significa que devemos ser cheios do Espírito Santo de Deus em nossa vida. Nossa tarefa hoje é descobrir como interpretar este versículo corretamente e como podemos ser cheios do Espírito Santo. Para que isso aconteça, nosso Senhor disse que não devemos nos embriagar com vinho.
Como podemos ter certeza então de que somos cheios do Espírito Santo que Deus falou? Ser cheio do Espírito Santo é colocar tudo no centro da vontade de Deus. Melhor dizendo, ser cheio do Espírito é nos enchermos de Deus em tudo que diz respeito à nossa vida. Todo aquele que nasce da água e do Espírito tem atributos carnais e espirituais. Mas apesar de nós experimentarmos ambos em nossa vida, temos que buscar com todo zelo cumprir os objetivos espirituais que Deus estabeleceu para nós.
 
 

Quando Mergulharmos de Cabeça na Obra do Senhor, Nós Seremos Cheios do Espírito Santo

 
O apóstolo Paulo nos diz antes em Efésios 5:3: “Mas a prostituição, e toda a sorte de impureza ou cobiça, nem ainda se nomeie entre vós”, e depois também nos diz que devemos ser “cheios do Espírito” (Efésios 5:18). Como então podemos ser cheios do Espírito Santo? Todos nós poderemos ser cheios do Espírito Santo quando mergulharmos de cabeça na obra de Deus e em tudo que fizermos, seja trabalhando, estudando ou cuidando dos nossos negócios. Mas para fazermos isso, é indispensável ouvirmos a Palavra de Deus que é pregada na Igreja. Se nós estivermos interessados na obra de Deus, onde iremos plantar mais uma igreja ou quem irá pregar o evangelho da água e do Espírito, então poderemos dizer que estamos cheios do Espírito Santo.
O Espírito Santo é o próprio Deus. Por este motivo, se nós mergulharmos de cabeça na obra do Senhor, seremos guiados pelo Espírito Santo. O desejo do nosso coração é edificar a Igreja de Deus e pregar o evangelho da água e do Espírito no mundo inteiro. Se nós orarmos por esta obra da pregação do evangelho e prepararmos nossa vida de fé para isso, certamente seremos cheios do Espírito Santo.
Em Efésios 5:18 está escrito: “E não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão, mas enchei-vos do Espírito.” Se você beber muito, você naturalmente vai ficar bêbado. Mas se você pensar na obra de Deus, quiser entender a vontade Dele e fazer parte de tudo que agrada a Ele, você então se alegrará sendo cheio do Espírito Santo. Como poderíamos ser cheios do Espírito senão dedicando nossa vida à obra de Deus e pregando Seu evangelho? Se andarmos em direção à luz como filhos da luz, entendermos qual é a vontade de Deus, orarmos pela Sua obra que é revelada por Sua Igreja, buscarmos suprir toda as necessidades da Igreja de Deus e de cada alma, e desejarmos de todo coração servir ao Senhor, nós poderemos então ser cheios do Espírito Santo de Deus em nossa vida.
Mas e você? Você está fazendo da obra de Deus para edificar Sua Igreja? Quanta atenção você tem dado realmente à obra de Deus, à plantação de igrejas em outros países ou à salvação das almas que estão ao seu redor? Se sua mente estiver na obra de Deus, que é salvar almas, e você orar pela pregação do evangelho, você sempre será cheio do Espírito Santo então. Mas se você se embriagar com as coisas deste mundo, achando que nada mais importa para você porque você já recebeu a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito e não vai mais para o inferno, você jamais poderá ser cheio do Espírito Santo. Somente quando você faz a obra de Deus é que você pode ser cheio do Espírito Santo em sua vida.
 
 

Quando Oramos para que a Vontade de Deus Seja Feita, Nós Nos Tornamos um Só Coração com Ele

 
Quando unimos nosso coração a Deus em oração, somos guiados pelo Espírito Santo. Todo santo deve se preocupar mais com a obra de Deus do que com as coisas do mundo. Todos os santos que receberam a remissão de pecados devem se dedicar totalmente à obra de Deus. Você tem que entender muito bem que os santos só podem ser cheios do Espírito Santo se deixarem as coisas deste mundo e mergulharem de cabeça na obra de Deus. Jamais devemos deixar de nos dedicar à obra de Deus para fazermos as coisas do mundo. É imprescindível que todos nós entendamos muito bem qual é a vontade de Deus, nos dediquemos à Sua obra e nos esforcemos para fazer o que é preciso, pois assim ela será cumprida nessa terra. Aí então é que poderemos realmente ser cheios do Espírito Santo.
A primeira sensação que temos ao pregar o evangelho da água e do Espírito para os outros é que estamos sendo cheios do Espírito Santo. De fato, a dimensão em que os justos vivem é cheia do Espírito Santo. Nós temos que viver num mundo à parte do mundo atual, num mundo cheio do Espírito Santo.
E este mundo está cheio de quê? Espiritualmente falando, essa pergunta diz respeito a todo justo que deve levar uma vida de fé em prol dos outros. Quando nós vivemos numa dimensão espiritual cheios do Espírito Santo é que temos o refrigério no coração e ele se enche de alegria. Quando nós fazemos a obra de Deus é que podemos experimentar a plenitude do Espírito em nossa vida.
Alguns de vocês podem até dizer que essa alegria é apenas uma satisfação de ver o trabalho bem feito e duvidar como isso pode ser a plenitude do Espírito. Porém, o que vocês têm que entender aqui é que o Espírito Santo trabalha em vocês quando vocês fazem a obra de Deus. E é assim que vocês podem ser cheios do Espírito. Então, é muito importante nos dedicarmos à obra de Deus. Se nós de fato recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, o certo é que nós não estejamos mais interessados nos assunto do mundo, mas, ao contrário, nos dediquemos à obra de Deus. Somente quando participarmos da obra que agrada a Deus é que nós poderemos ser cheios do Espírito Santo. Em outras palavras, a plenitude do Espírito só poderá ser alcançada se pregarmos o evangelho da água e do Espírito e servirmos a ele.
O apóstolo Paulo exorta a todos nós na passagem bíblica deste capítulo: “E não vos embriagueis com vinho, em que há devassidão, mas enchei-vos do Espírito, falando entre vós com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, cantando e salmodiando ao Senhor no vosso coração, dando sempre graças por tudo a nosso Deus e Pai, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo, sujeitando-vos uns aos outros no temor de Cristo.” Quando cantamos hinos de adoração a Deus, nosso coração se enche do Seu amor. Quando nos dedicamos à obra de Deus, rapidamente somos cheios do Espírito Santo.
 
 

O Apóstolo Paulo Diz que Devemos Nos Sujeitar Uns aos Outros no Temor de Cristo

 
Paulo disse que nós seremos cheios do Espírito Santo se formos gratos a Deus no temor de Cristo e se louvarmos a Ele confiando no evangelho da água e do Espírito. A Bíblia diz também que somos cheios do Espírito quando permanecemos na luz, pensamos em Deus, nos dedicamos à Sua obra e de fato a cumprimos.
Deixe-me fazer uma pergunta a todos vocês então: Já que vivemos nessa terra, qual a importância que realmente damos à obra de Deus? Será que nós pensamos mais na obra de Deus do que nos nossos próprios assuntos? Cada um de nós tem que examinar a si mesmo para ver se está realmente se dedicando à obra de Deus. Eu já disse isso diversas vezes, mas se você não fizer a obra de Deus, embora você tenha recebido a remissão de pecados, mas apenas vir ao culto no domingo, sua adoração aos poucos se tornará algo apenas religioso e sua vida de fé vai se tornar cansativa, chata e muito difícil. Nós temos que adorar a Deus de coração, lembrando da Sua obra todos os dias da nossa vida e fazendo Sua vontade o tempo todo. Sempre que nós deixamos as nossas preocupações humanas e nos reunimos na hora do culto, temos que orar com um só coração e buscar Sua ajuda a fim de que as feridas do nosso coração sejam curadas pela Palavra de Deus e possamos crescer na fé. Quando nós levamos uma vida de fé como essa é que a adoração que prestamos a Deus traz benefícios espirituais tremendos à nossa vida e Deus é glorificado também. Essa linda adoração que é prestada através do evangelho da água e do Espírito é que nos dá a plenitude do Espírito.
 
 

Nós Estamos Atentos à Vontade de Deus e ao que Ele Nos confiou em Nossa Vida

 
É muito importante todos nós sabermos o que Deus quer de nós e que obra Ele nos confiou, para que possamos preparar tudo para a fazermos ao longo da nossa vida. Aí então é que poderemos receber de Deus a plenitude do Espírito.
Embora tenhamos recebido a remissão de pecados através do evangelho da água e do Espírito, não poderemos ser cheios do Espírito a não ser que façamos a obra de Deus fielmente. E todo aquele que não prega o evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus, depois de ter recebido a remissão dos seus pecados crendo neste verdadeiro evangelho, com certeza se corromperá. Nós só poderemos manter nossa vida de fé e ser cheios do Espírito Santo se continuarmos pregando e servindo ao evangelho da água e do Espírito que nos deu a remissão de pecados.
Então, se crermos no evangelho da água e do Espírito mas não o pregarmos, será impossível mantermos nossa vida de fé assim como evitarmos que ela seja corrompida. Se realmente cremos no evangelho da água e do Espírito, nós temos que nos preocupar com a salvação das outras almas, não apenas com a nossa. Temos que nos preocupar com a pregação do evangelho com sinceridade e servir a ele de todo coração para este fim. Se você não puder pregar o evangelho pessoalmente, você tem que apoiar o ministério do evangelho da forma que você puder, seja contribuindo financeiramente, como voluntário para fazer algo no nosso ministério de literatura ou apenas orando. E já que todos nós estamos levando uma vida de fé, temos que apoiar o ministério do evangelho de todas as formas possíveis, pois é servindo à obra de Deus que nosso coração é cheio do Espírito.
 
 

Quando é que Nosso Coração Fica Cheio da Justiça de Deus?

 
O evangelho da água e do Espírito é a justiça de Deus. E quando servirmos a este lindo evangelho, nós tememos a Deus e O glorificamos. Mas se não dermos importância à justiça de Deus todos os dias, nós acabaremos não servindo ao evangelho. Sendo assim, nós temos que pensar na justiça de Deus o tempo todo e fazer Sua obra pela fé. É claro, já que nós recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, nosso coração está sempre em paz com o Senhor, por mais que nos sintamos exaustos com tanto trabalho às vezes. No entanto, para pregarmos o evangelho, temos sempre que planejar a obra de Deus com antecedência e orar por cada detalhe a fim de que sejamos bem sucedidos. Se nós pararmos de plantar igrejas ou servirmos ao evangelho da água e do Espírito de outra maneira, acabaremos perdendo nossa fé.
 
 

Todos Nós Desejamos Ser Cheios do Espírito Santo

 
Você quer mesmo ser cheio do Espírito Santo? Por acaso existe alguém aqui que pensa assim: “Eu estou cansado demais para me preocupar em ser cheio do Espírito Santo?” Se você viver na plenitude do Espírito, seu coração sempre estará cheio de alegria. É por isso que quando eu prego a Palavra de Deus, eu me sinto tão feliz às vezes que parece que eu estou vivendo num outro mundo.
É pregando o evangelho da água e do Espírito que o nosso coração pode ser cheio do Espírito Santo. E não seria exagero dizer que todos neste mundo, inclusive nós, são loucamente obcecados por alguma coisa. Os psiquiatras dizem que todos têm algum tipo de distúrbio mental e que, de uma maneira ou de outra, ninguém está livre de um problema mental. Mas será que os psicanalistas têm uma mente sadia então? Não, até eles são loucos. Médicos ou pacientes, todos neste mundo vivem na loucura. Mas quando eu digo loucura, eu falo de estar ligado totalmente a alguma coisa. Então, dentro deste contexto, estar louco é estar obcecado por alguma coisa.
Toda alegria vinda da obsessão pelas coisas deste mundo não dura muito tempo. Talvez loucura não seja a palavra mais adequada quando falamos da obra de Deus, mas se você estiver louco pela obra de Deus e se dedicar totalmente a ela, isso irá esclarecer sua mente, trazer alegria ao seu coração e fazer com que sua vida valha a pena. A plenitude do Espírito só pode ser alcançada por aqueles que, depois de receberem a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, servem ao senhor com toda dedicação e fazem Sua obra todos os dias da sua vida. Por outro lado, aqueles que não dão importância à obra de Deus não podem ser cheios do Espírito Santo. Somente aqueles que dão importância à obra de Deus é que podem receber as bênçãos descritas na Palavra de Deus e desfrutar de todas elas. Portanto, eu peço a vocês que serviam ao evangelho da água e do Espírito mais fielmente a cada dia para que sua vida seja cheia do Espírito Santo. Lembrem-se de que vocês só poderão receber a plenitude do Espírito se derem importância á obra de Deus e servirem ao Senhor fielmente.
Vocês só alcançarão a plenitude do Espírito se crerem na justiça de Deus e a servirem. Se vocês não crerem na justiça de Deus e não fizerem Sua obra, será totalmente impossível vocês serem cheios do Espírito Santo. E vocês também não poderão alcançar a plenitude do Espírito se não ouvirem a Palavra de Deus nos cultos da Sua Igreja. Portanto, vocês têm que fazer a obra de Deus confiando na Sua justiça. Só então vocês poderão ser cheios do Espírito Santo em sua vida. Só quando vocês viverem pela fé em comunhão com seus irmãos que crêem no evangelho da água e do Espírito, que é o único e verdadeiro evangelho de Deus, é que vocês terão a plenitude do Espírito.
 
 

Os perigos de Ser Acomodado

 
Você jamais deve ser acomodado e se contentar somente por ter recebido a remissão de pecados. Nós não devemos ficar sentados sem fazer nada e deixar de fazer a obra de Deus. Se de fato recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, nós temos que conhecer a vontade de Deus e fazer Sua obra juntos. Só então seremos um povo de fé que sempre caminhará com Deus. Embora você tenha recebido a remissão de pecados e ter se tornado justo, se você não levar uma vida de fé, não servir à justiça de Deus e não der valor ao que a Igreja de Deus está fazendo, você não terá a plenitude do Espírito. Mas já que você recebeu a remissão de pecados, nada mais justo do que você servir à justiça de Deus, fazer Sua vontade, dar importância à Sua obra, orar por ela e viver em comunhão com seus irmãos. Uma vida assim, guiada pela fé e pelo conhecimento da justiça de Deus, é a verdadeira vida de fé que nos leva à plenitude do Espírito.
Há muitos entre nós que não querem servir ao evangelho de Deus, apesar de já terem recebido a remissão de pecados. Mas é certo para um santo redimido servir às coisas do mundo ao invés da justiça de Deus? Não, claro que não. Se você ficar preocupado com as coisas do mundo e não fizer a obra de Deus, mesmo que você tenha nascido de novo, você não receberá nenhuma bênção Dele. Pessoas assim não vêem as bênçãos de Deus vindo sobre sua vida. E mesmo que Deus as abençoe, elas não conseguem ver isso. É por isso que elas acabam fazendo bobagem. Por outro lado, aqueles que são abençoados por Deus conhecem bem a obra que Ele confiou a eles e se alegram em fazê-la.
Deus se agrada daqueles que fazem Sua obra segunda Sua vontade. Quando eu olho para os santos redimidos, às vezes eu vejo alguns que se recusam a fazer a obra de Deus, embora já tenham recebido a remissão de pecados. E pior, alguns deles só querem ser servidos pelos outros. Mas para os santos redimidos, a maior alegria é servir aos outros. Infelizmente, alguns deles não entendem isso e tudo que eles querem é ser servidos pelos outros. Se você só quer ser servido pelos outros e se recusa a servir a Deus e a pregar o evangelho da justiça, sua fé então não poderá crescer. Sempre que você fizer a obra de Deus, você tem que confiar na sua fé e fazer tudo com confiança. Já que nós vivemos neste mundo, às vezes somos servidos pelos outros, às vezes servimos a eles. O problema, contudo, é que alguns de nós só querem ser servidos pelos outros. Isso está totalmente errado. Se quisermos receber a plenitude do Espírito, ver com nossos próprios olhos que Deus verdadeiramente está caminhando conosco e confiar que Ele está nos abençoando de acordo com todas as Suas promessas, temos que decidir fazer a obra de Deus antes de tudo. Se nós realmente amamos a Deus, nos importamos com Sua obra e com sinceridade servimos aos outros, nossa alma então receberá a remissão de pecados. E mesmo que soframos algumas perdas, se alguém for salvo de todos os seus pecados graças ao nosso trabalho, isso em si já será suficiente para que nosso coração seja cheio do Espírito e transborde de alegria. Sua vida de fé começa a enfraquecer quando você se recusa a servir a Deus e manda alguém fazer isso por você. A fé egoísta é a razão de todos os fatores que te levam a não ter uma vida cheia do Espírito.
 
 

Busque Servir a Deus Você Mesmo

 
Servir a Deus é realmente o caminho para ser cheio do Espírito. Afinal, não é servindo a Deus que nosso coração se enche de alegria? Eu tenho certeza que todos vocês já viveram isso enquanto serviam à justiça de Deus. Quando você convida alguém para jantar, não é apenas seu convidado que fica feliz, mas você também se sente feliz por estar agradando a ele. Mas a alegria que temos ao servir à justiça de Deus é muito maior do que a descrita acima. Essa alegria nem se compara à alegria dos prazeres carnais. Então, todos nós que servimos à justiça de Deus podemos viver cheios do Espírito que nos dá uma alegria maravilhosa o tempo todo.
Aqueles que hesitam em fazer a obra de Deus e só querem saber de si mesmos não podem ter uma vida correta de fé. Por outro lado, os que dedicam sua vida toda a Deus e confiam tudo a Ele têm uma vida de fé cheia de alegria; eles têm paz e se regozijam com as inúmeras bênçãos que recebem.
Quando lemos Atos 20:35, vemos que o apóstolo Paulo cita algo dito por Jesus: “Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber.” Como Paulo diz na Palavra de Deus aqui, servir à justiça de Deus em si já é uma bênção maior do que todas as outras. No entanto, o problema é que alguns de nós têm um conceito errado das bênçãos de Deus. Se vivermos para pregar o evangelho do Senhor, Ele nos concederá Sua graça de várias maneiras. Mas é claro que não fazemos a obra do Senhor para sermos recompensados. Todavia, isso não muda o fato de que o Senhor concede Sua graça a todos que servem ao evangelho da justiça e o pregam. Mas Deus é obstinado com aqueles que são obstinados com Ele também. Por outro lado, aqueles que têm o coração totalmente dedicado ao Senhor e cheio da Sua justiça são revestidos com Sua abundante graça. Portanto, eu peço a vocês que entendam isso e sirvam à justiça do Senhor, pois esta é a vida de fé santa que vale a pena viver. Uma vida como esta recebe a plenitude do Espírito. Melhor dizendo, você só é cheio do Espírito quando faz a obra de Deus e serve à Sua justiça. É também servindo ao Senhor que você passa a adorá-Lo.
Pare por um momento agora e pense naqueles que estão ao seu redor. Naqueles que se desviaram da sua vida de fé. Há muitos que já tiveram uma vida de fé conosco na Igreja de Deus, mas depois acabaram deixando a Igreja. O que todos eles têm em comum? Eles não querem servir ao Senhor. Aqueles que saíram da igreja e não fazem a obra de Deus não gostam mesmo de fazê-la e só querem ser servidos pelos outros.
Eles não pregam o evangelho da água e do Espírito porque não querem ser perseguidos. Mesmo assim, eles querem ser servidos pelos outros e esperam receber as bênçãos de Deus de alguma forma. Mas já que eles são obstinados no que se refere à obra do Senhor, eles só estão interessados consigo mesmos. Se você estiver levando uma vida de fé assim, isso só significa então que seu coração se desviou, e por isso você vai acabar se desviando da Igreja de Deus também. Pior ainda, você será um completo estranho para Deus, o Salvador que te livrou de todos os seus pecados. No fim, você deixará o Senhor Deus como fez Caim. Por que Caim deixou o Senhor Deus? Ele O deixou por causa da sua própria justiça.
 
 

Já que Recebemos a Remissão de Pecados, o Certo é que Sirvamos à Justiça de Deus

 
É indescritível a alegria que temos por servirmos à justiça de Deus. Já que nosso Senhor apagou todos os nossos pecados, nos tornou justos por crermos Nele e nos livrou do inferno, o que mais temos nós a fazer nessa terra? Que alegria haveria em nossa vida se nós justos não pregássemos o evangelho da água e do Espírito e não revelássemos a glória de Deus? Nós não teremos nenhuma alegria se não servirmos ao Senhor de todo coração. Na verdade, nossa alegria é determinada pelo quanto nós confiamos na justiça do Senhor e fazemos a Sua vontade – quanto mais fazemos a Sua vontade, maior é a nossa alegria. Por isso, aqueles que não fazem muito para servir ao Senhor não têm alegria alguma em sua vida de fé porque não fazem a vontade de Deus. E eles não gostam de nada na Igreja porque tudo que há ali não tem nada a ver com eles. Por outro lado, aqueles que servem ao evangelho do Senhor de todo coração se alegram sobremaneira ao ver que as almas estão recebendo a remissão de pecados graças à Igreja. Estes santos consideram o sucesso da obra de Deus seu próprio sucesso. E como eles crêem que são glorificados quando Deus é glorificado, eles buscam ser um só coração com Ele. É assim que nós crentes no evangelho da água e do Espírito podemos andar com Deus como Enoque andou no Antigo Testamento. Portanto, todos nós temos que ser pessoas de fé que sofrem junto com Jesus Cristo, mas também são glorificadas com Ele.
Se não fizermos nada depois de recebermos a remissão de pecados, nossa vida será insuportavelmente chata. Se nós não servirmos ao evangelho da água e do Espírito nem fizermos a obra de Deus em Sua Igreja e apoiarmos este ministério, nossa vida nessa terra não terá propósito algum. Qual seria a nossa alegria se não pudéssemos servir ao evangelho da água e do Espírito? Nossa vida seria uma rotina e nós acordaríamos toda manhã, tomaríamos café, iríamos para o trabalho ou para a escola, voltaríamos para casa, iríamos para a cama e faríamos tudo de novo no dia seguinte. Você seria feliz tendo uma vida assim? Não, você talvez fique apavorado só de pensar em ter uma vida monótona e sem sentido assim todos os dias.
Como o povo justo da fé, qual é o nosso hobby? O que fazemos para passar o tempo? O passatempo de todos nós que recebemos a remissão de pecados é pregar o evangelho da água e do Espírito, o único e verdadeiro evangelho de Deus. Mas é claro que eu estou falando de uma maneira figurada aqui, pois cada um de vocês de ter um hobby diferente. No entanto, espiritualmente falando, todos nós da Igreja de Deus temos um hobby em comum: pregar o evangelho da água e do Espírito. Qual é o nosso passatempo, já que nós recebemos a remissão de pecados? Como justos que somos, nosso passatempo é fazer a obra de Deus.
Nosso hobby não é pregar o evangelho da água e do Espírito? Alguns ficam chateados comigo quando eu lhes digo que eles têm que crer no evangelho da água e do Espírito e receber a remissão de pecados, e me dizem: “Por que é que você continua me dizendo essas coisas chatas se eu já te falei que não quero ouvir mais nada de você?” Eu digo a eles então: “O meu hobby é pregar o evangelho da água e do Espírito, pois minha vida seria muito chata se eu parasse de pregar este evangelho. Eu estou pregando o evangelho para vocês porque este é o meu hobby.” É claro que eu prego o evangelho da água e do Espírito para a salvação de almas, mas é meu dever pregá-lo também, e é por isso que eu não posso deixar de fazer a obra de Deus. Além disso, já que o Espírito Santo habita em meu coração, eu fui chamado para pregar o evangelho. É por isso que eu digo a todos: “Por que vocês não crêem no evangelho da água e do Espírito e recebem a remissão de pecados? É algo tão maravilhoso receber a remissão de pecados. Eu mesmo sou muito feliz por ter sido remido de todos os meus pecados. E vocês também se alegrarão se receberem a remissão dos seus pecados. Toda a sua vida irá mudar. Isso porque quando você for remido de todos os seus pecados, você não somente será liberto da maldição e da destruição, mas também receberá a vida eterna e terá a verdadeira alegria.”
Se os santos não fizerem nada para servir ao Senhor, sua vida neste mundo será insuportável então. E eu posso dizer isso por experiência própria, pois houve uma época em que eu não pude servir ao Senhor por um ano e meio, embora eu quisesse muito. Durante esse período, quando as circunstâncias não me permitiam servir ao evangelho da água e do Espírito, eu pude ver que bênção tremenda era servir a este evangelho quando eu podia fazê-lo. Patrick Henry, um dos heróis da independência americana, disse a famosa frase: “Dê-me a liberdade ou a morte!” Foi exatamente assim que eu me senti quando estava numa situação que não me permitia pregar o evangelho da água e do Espírito. Eu fiquei tão arrasado que preferiria morrer a levar uma vida sem sentindo como aquela. Eu fiquei tão mal que pedi a Deus que me levasse logo dessa terra. Você pode imaginar então como eu me senti grato e feliz quando eu pude servir à justiça do Senhor novamente.
Meus amados irmãos, nós que fomos redimidos temos o Espírito Santo em nosso coração, e por isso temos que fazer o que agrada a Ele. E é justamente por termos o Espírito Santo em nosso coração que nós podemos nos regozijar em servir ao evangelho da água e do Espírito do Senhor. O Espírito Santo se agrada quando servimos ao evangelho. Então, já que o Espírito Santo habita em nós e se alegra quando servimos à justiça do Senhor, nosso coração também se alegra sobremaneira quando servimos a Ele. Portanto, todos nós temos que vir para a Igreja de Deus, ouvir a Palavra, orar a Ele e fazer a obra juntos para pregarmos o evangelho no mundo inteiro. É algo muito natural o chamado de todos os santos para servir ao evangelho de todas as maneiras. Também é muito importante que vocês entendam que tudo que vocês justos fizerem, seja comer ou beber, deve ser feito para servir ao Senhor. Até comer e beber deve ser feito para o Senhor. Por isso, eu aconselho todos vocês a entender que só podemos ter a plenitude do Espírito quando servimos à justiça de Deus.
Você acha que existe outro modo de ser cheio do Espírito Santo? Você acha que vai ter a plenitude do Espírito se orar muito, como muitos cristãos iludidos fazem hoje em dia? Não, a coisa não funciona assim. O Espírito Santo só entra no seu coração quando você crê no evangelho da água e do Espírito do Senhor e recebe a remissão de pecados. Isso quer dizer que o Espírito Santo não entra no seu coração só porque você ora muito, como afirmam muitos cristãos que não conhecem o evangelho da água e do Espírito. É por causa da sua ignorância que estes cristãos iludidos acham que o Espírito Santo entra no seu coração quando eles oram muito. Mas é claro que quando você ora, você passa a conhecer a vontade de Deus. Contudo, o Espírito Santo jamais entre num coração que ainda tem pecado. Isso porque o Espírito Santo, como o próprio nome sugere, é completamente santo e, por isso, não pode habitar num coração impuro. O Espírito Santo só habita e governa o coração dos que crêem no evangelho da água e do Espírito. Então, se nós não servirmos ao evangelho da água e do Espírito, o Espírito Santo ficará em silêncio no nosso coração. Só quando servirmos ao Senhor, mesmo que seja no nosso último dia nessa terra, é que o Espírito Santo em nosso coração se agradará da nossa obra. Caso contrário, Ele não habitará mais em nosso coração.
 
 

Os Crentes no Evangelho da Água e do Espírito se Alegram Muito Mais quando Pregam a Justiça do Senhor

 
Para nós, crentes no evangelho da água e do Espírito, qual é o pão espiritual que sustenta nossa vida? Nosso pão espiritual é a pregação do evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus; é isso que sustenta nossa vida. O fôlego espiritual e a própria vida de todos nós que nos tornamos justos é servir ao evangelho da água e do Espírito e pregá-lo. A obra que deve ser feita na vida dos crentes no evangelho da água e do Espírito é servir à justiça de Deus. Você pode achar que não faz muito sentido o que eu estou dizendo aqui, mas isso é verdade.
Você acha que terá paz no coração se você não pregar a justiça de Deus em sua vida? Não, isso não vai acontecer. Se o nosso coração ficasse feliz mesmo se não estivéssemos fazendo a obra de pregar o evangelho da água e do Espírito no mundo inteiro, a maioria de nós viveria assim. Se fosse assim, nós não faríamos tudo para satisfazer nossa carne enquanto vivêssemos nessa terra? Mas se vivêssemos assim, nós não teríamos alegria alguma. Isso porque, de tudo que fazemos neste mundo, não há alegria maior do que pregar o evangelho de Deus e servir a ele. É por isso que nós temos que dedicar nossa vida à pregação do evangelho da água e do Espírito.
Quando nós pregamos o evangelho da água e do Espírito e fazemos a vontade de Deus, mesmo que isso não seja bom para nossa carne, nosso coração transborda de alegria. No entanto, o que aconteceria se nós levássemos uma vida carnal ao invés de servirmos ao evangelho de Deus? Imagine agora algo que você gosta de fazer, seja ficar o dia todo no shopping, passar a tarde num clube ou praticar o seu esporte favorito para se divertir. Mas algumas dessas coisas pode trazer a verdadeira satisfação ao seu coração? Não, nada disso pode satisfazer seu coração. Ao contrário, isto só vai turbá-lo mais ainda. Quando os crentes nascidos de novo no evangelho da água e do Espírito buscam os prazeres mundanos ao invés de servirem fielmente a este evangelho, por mais que isso satisfaça sua carne, por alguma razão seu coração fica profundamente turbado. E isso acontece porque o Espírito Santo habita no nosso coração. No momento em que recebemos a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, o Espírito Santo se torna nosso Mestre. É por isso que nosso coração fica turbado quando nós buscamos os prazeres mundanos, pois somos filhos de Deus é o Espírito Santo que habita em nosso coração é nosso Mestre. O outro lado da moeda é que nosso coração se alegra quando fazemos o que agrada o Espírito Santo, pois Ele habita no nosso coração. E já que o Espírito Santo habita no nosso coração, Ele nos dá alegria quando servimos ao Senhor, assim como se entristece quando nos desviamos. Deste modo, ao nos encher de alegria quando servimos ao Senhor e convencer nosso coração de que Ele se entristece quando nos desviamos, o Espírito Santo nos leva a viver pela vontade de Deus. É assim que Deus abençoa os justos em todas as áreas de sua vida.
Amados irmãos, parem por um momento e vejam se vocês estão levando uma vida justa de fé. Perguntem a si mesmos o seguinte: “Eu fui salvo de todos os meus pecados por crer no evangelho da água e do Espírito e pertenço à Igreja de Deus agora. Mas será que eu estou servindo ao Senhor e pregando o evangelho da água e do Espírito? Mesmo que Deus não tenha me chamado como pastor, eu estou servindo a Ele sem cessar e pregando o evangelho?” Por mais que vocês não preguem o evangelho pessoalmente, se vocês servirem ao Senhor de outra forma, seja contribuindo financeiramente, orando a Deus ou até mesmo doando parte do seu precioso tempo, vocês saberão que estão levando uma vida de fé correta.
Entretanto, o problema é que nem todos somos assim. Na verdade, alguns de nós podem até pensar assim: “Eu fui salvo de todos os meus pecados, mas eu não quero servir ao Senhor. Eu só estou interessado naquilo que posso conseguir na Igreja de Deus. Além do mais, eu nunca servi a alguém antes e não sei como seria se tivesse que fazer isso agora.” Se você pensa assim, eu peço a você que procure servir mais ao Senhor. Tome a decisão de pregar o evangelho e veja o que acontece quando alguém começa a apoiar o ministério do evangelho. Se você puser toda a sua confiança na justiça de Deus e servi-Lo, você entenderá o que significa ser cheio do Espírito Santo. E quando você servir ao evangelho e der frutos da justiça de Deus então, o Espírito Santo que habita no seu coração transbordará de alegria. Por essa razão, é muito importante que você examine a si mesmo para ver se você está servindo ao Senhor ou não. Olhe bem para si e veja se sua fé está correta. Apesar de ter sido salvo, ainda assim você deve examinar a si mesmo com todo o cuidado para ver se está levando uma vida de fé correta ou não.
O que você vê em si mesmo te deixa incomodado? Você fica se questionando como você pode servir ao Senhor, já que você não tem tempo nem dinheiro para isso? Saiba que Deus já te deu a oportunidade de servi-Lo, por mais que você esteja passando por um momento difícil. Ele te abençoou para que você sirva ao evangelho da água e do Espírito não com o que você tem, mas com o que Ele te deu. Em outras palavras, Deus te deu fé na Sua Palavra para que você possa crer nela e servir ao evangelho da água e do Espírito. Eu espero que todos vocês entendam isso.
Não diga: “Eu não tenho tempo nem dinheiro para servir ao evangelho da água e do Espírito. Como eu posso servir ao Senhor, já que não tenho nada?” Por mais que você não tenha tempo ou dinheiro, sempre há um modo de servir ao evangelho da água e do Espírito. Apesar das suas falhas, Deus já te deu tudo para que você pudesse servir ao evangelho da água e do Espírito. Entretanto, se você ainda se recusa a servir ao Senhor, achando que Deus não te deu nada para servir ao evangelho da água e do Espírito, eu te aconselho a orar a Ele. Peça a Ele para te dar a fé correta e abençoar suas finanças, sua saúde, e te dar tempo para que você possa servir a Ele. Deste modo, Deus com certeza te dará tudo que você precisa. E quando você servir ao Senhor então, o Espírito santo trará uma alegria indescritível ao seu coração através do que você estiver fazendo para Ele.
É muito importante que todos nós saibamos o que é levar uma vida de fé realmente. O que você tem que entender aqui é que só porque você foi salvo dos seus pecados e faz parte da igreja, isso não significa que você se tornou um homem de fé.
Os prazeres da carne sempre nos assediam. Mas conforme o tempo passa, eles desaparecem totalmente. Por outro lado, a alegria que temos ao servir ao Senhor, ao fazer parte da Igreja e ao trabalharmos para o Senhor e para o Seu evangelho, é eterna. Nós nos lembraremos disso para sempre. Se você dedicar seu coração à justiça do Senhor e servi-Lo da maneira que puder, a alegria por ter recebido a remissão de pecados e ter o coração cheio do Espírito Santo estará com você até que você entre no Reino dos Céus. Você sempre receberá as bênçãos de Deus e terá Sua ajuda todos os dias da sua vida. Se você viver pela fé, você vai experimentar todas essas coisas. Por isso, eu peço a vocês gentilmente, mas com toda firmeza, que nunca percam um culto na Igreja de Deus e participem da sua obra de pregar o evangelho.
Amados irmãos, vamos viver pela fé, pregar o evangelho da justiça de Deus e ter uma vida santa. Ao invés de servirmos ao evangelho contra nossa vontade, vamos fazer isso pela fé e com alegria, além de pregá-lo onde quer que estivermos. Deste modo, nosso coração se encherá de alegria e seremos cheios do Espírito. Todos nós, irmãos e irmãs, nascemos de novo crendo no evangelho da água e do Espírito e devemos orar para que possamos servir ao Senhor em nossa vida tendo uma fé em comum. Aqueles que servem ao Senhor sem nenhum egoísmo têm a plenitude do Espírito em seu coração. Eu posso garantir isso a todos vocês.
Por outro lado, aqueles que só pensam em si e não querem servir ao Senhor não podem ter a plenitude do Espírito. Nós somos cheios do Espírito dependendo se seguimos ao Senhor fielmente e servimos ao evangelho com fervor. Por essa razão, eu espero que todos nós continuemos fiéis a Deus e vivamos cheios do Espírito até o fim.
Aleluia!