Bài giảng

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 1-7] Deus Separou as Águas no Segundo Dia (Gênesis 1:6-8)

Deus Separou as Águas no Segundo Dia
(Gênesis 1:6-8)
“E disse Deus: Haja um firmamento no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. Fez Deus o firmamento, e fez separação entre as águas que estavam debaixo do firmamento e as águas que estavam por cima do firmamento. E assim foi. Chamou Deus ao firmamento céu. E houve tarde e manhã - o segundo dia”.
 
 
Quando Deus ordenou que houvesse um firmamento no meio das águas e as separou, assim foi feito segundo a Sua Palavra. E Deus chamou o firmamento de céu. Na passagem bíblica deste capítulo, Deus explica como Ele separou as águas que estavam embaixo do firmamento e as águas que estavam acima dele no segundo dia da criação. Originalmente, só havia um grande volume de água que cobria a terra, mas Deus fez o firmamento e separou as águas do firmamento das águas da terra. Hoje eu quero explicar o significado dessa passagem para vocês e compartilhar a bênção de Deus.
Quando vemos como Deus criou os céus e a terra, podemos ver que Ele continuou separando tudo no segundo dia assim como Ele fez no primeiro dia. A mensagem espiritual da obra de Deus no segundo dia é a seguinte: “É importante demais discernirmos a Palavra de Deus das palavras malignas de Satanás. Para ser mais específico, Deus está dizendo que nós temos que ter a fé que espiritualmente separou o céu das águas da terra”.
Quando Deus criou os céus e a terra, Ele separou as águas do firmamento e as colocou debaixo dele. Ele fez isso para que entendêssemos que, se quisermos ter a verdadeira fé, temos que beber primeiro as águas que vêm do firmamento. Nós temos que entender o significado espiritual por trás da razão pela qual Deus separou as águas. Só então poderemos crer no evangelho da água e do Espírito que Jesus Cristo nos deu e fazer a obra de Deus pela fé. Em outras palavras, o texto bíblico deste capítulo nos diz que se não entendermos a Palavra de Deus e separá-la das palavras de Satanás, nós jamais poderemos entrar no Reino de Deus.
 
 

A Verdade Tem que Ser Separada do que é Falso

 
Se não pudermos separar a Verdade do que é falso, nós não poderemos fazer a obra de Deus, e ainda pior, acabaremos nos opondo a Deus. Todavia, no Cristianismo atual, os chamados legalistas e evangélicos ainda não conseguem separar a verdade da mentira, crendo erradamente nas doutrinas de homens que eles mesmos criaram. Eles precisam entender que esta é a razão principal pela qual eles não podem entrar no Reino de Deus, apesar de crerem Nele, porque eles crêem nas águas da terra – ou seja, nas doutrinas que eles mesmos inventaram.
Os mentirosos nas igrejas cristãs hoje em dia confiam mais nas doutrinas criadas por homens do que no que Deus diz na Sua Palavra. Nós temos que entender que até hoje um grande mal tem sido feito pelos líderes cristãos que fingem fazer a obra de Deus, porque eles na verdade estão ensinando coisas carnais junto com a Palavra de Deus.
Nós temos que separar a Palavra espiritual de Deus das lições que vêm da carne do homem, e só aí então poderemos fazer a obra de Deus corretamente. As fraquezas e imperfeições carnais não são um problema para os servos de Deus. Por outro lado, o maior problema para os servos de Deus é quando eles tentam fazer Sua obra sem antes separar a Palavra espiritual da palavra carnal. Se alguém tentar fazer a obra de Deus sem antes discernir e separar as palavras do homem da Palavra que Deus nos deu, ele acabará fazendo com que almas sejam destruídas, sem falar que ele destruirá sua própria alma também.
Nós que nos tornamos obreiros de Deus temos que pregar a Palavra que Deus está nos mandando, tendo um entendimento correto dela. E por quê? Porque essa é a vontade de Deus. As águas sobre o firmamento e as águas abaixo deles eram muito diferentes. Portanto, os obreiros de Deus têm que conhecer a Palavra do evangelho da água e do Espírito, separar os falsos evangelhos do verdadeiro evangelho, e só pregar o evangelho da Verdade. Hoje, podemos saber exatamente o que a Palavra de Deus está nos dizendo através da Palavra do evangelho da água e do Espírito. Os obreiros de Deus têm que conhecer o mistério do evangelho da água e do Espírito corretamente, crer nele e pregá-lo a todos tendo fé neste evangelho. Só então todo pecador poderá conhecer a Verdade da redenção de Deus e glorificá-Lo a Deus através dela.
Se você conhecer e pregar o mistério oculto no evangelho da água e do Espírito, várias pessoas poderão receber a vida eterna porque elas serão salvas. Todo aquele que entender e crer nas águas acima do firmamento que nós pregamos – ou seja, na Verdade do evangelho da água e do Espírito – será liberto do pecado e da confusão definitivamente. Mas para que isso se torne verdade, os servos de Deus têm que pregar a Palavra do Espírito e separá-la das águas carnais. Deus não nos disse que Ele salvou todas as pessoas deste mundo de uma só vez de todos os seus pecados com a Palavra do evangelho da água e do Espírito? Ele nos disse que quando nós cremos na Palavra do evangelho da água e do Espírito, na Verdade que nos salva do pecado, é que podemos nos tornar Seus filhos. Sendo assim, nós temos que conhecer muito bem a Palavra do evangelho da água e do Espírito, e temos que pregá-la a todos pela fé. Nós temos que separar o verdadeiro evangelho do falso evangelho, e tendo fé no verdadeiro evangelho, nós temos que pregá-lo a todos que têm sede da Palavra de Deus.
Algumas pessoas dizem que podem ser totalmente salvas de todos os seus pecados crendo apenas em Jesus Cristo, e não no evangelho da água e do Espírito. Mas isso não é verdade. Os que não conhecem a Verdade do evangelho da água e do Espírito dizem: “Uma pessoa pode ser salva do pecado apenas crendo em Jesus Cristo do jeito que ela quiser”. Mas isso é uma mentira. Na verdade, a coisa não é bem assim. O diabo não se importa que as pessoas creiam em Jesus Cristo, mas, por outro lado, ele tenta levá-las à destruição impedindo-as de receber a perfeita remissão de pecados. Essa é uma das suas mais astutas artimanhas.
Satanás é tão esperto que usa a chamada “Igreja de Deus” para levar as pessoas a um caminho de destruição da melhor forma possível, fazendo com que elas tenham uma fé legalista e escravizando-as no pecado. O objetivo final do diabo é fazer com que falsos evangelhos se espalhem no Cristianismo, a fim de que os cristãos não conheçam o evangelho da água e do Espírito e, no final, todos sejam destruídos por causa dos seus pecados. Já que o salário do pecado é a morte, a obra do diabo é uma obra mortal também. O diabo é mestre em fazer com que as pessoas se desviem da vontade de Deus, levando-as a ouvir as palavras dos falsos evangelhos que satisfaz o desejo da sua carne. É aí que está o propósito derradeiro do diabo. Todos nós temos que escapar das astutas armadilhas do diabo e ser salvos crendo na Verdade do evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu.
Por isso, temos que entender que os servos do diabo têm alimentado a alma das pessoas usando suas palavras junto com a Palavra de Deus, levando-os assim à morte. Qual o resultado de se juntar os ensinamentos do diabo com a Palavra de Deus? O surgimento de falsos evangelhos, nada mais do que isso. Então, já que os servos de Satanás continuam pregando os falsos evangelhos, eles estão tomando à frente e levando à destruição almas que não precisam morrer. Esta é a obra de Satanás que os mentirosos estão fazendo. Satanás é perito em enganar as pessoas. Contudo, Deus concede a salvação aos que ouvem o evangelho com discernimento, separando o legítimo evangelho dos falsos. Portanto, os servos de Deus têm que dedicar todos os seus esforços para separar a Palavra de Deus das palavras do diabo. Já que estamos fazendo a obra de Deus, todos nós temos que entender por que Deus dividiu as águas que estavam sobre o firmamento e debaixo dele no segundo dia da criação.
 
 

Nós Devemos Ter uma Base Sólida na Nossa Vida de Fé

 
Aqueles que mais causam problemas à obra de Deus são aqueles que a fazem sempre mas sem cuidado, sem saber como discernir a Palavra de Deus das palavras do homem. Isso tem que ser entendido claramente também. Nós temos que entender que quando aqueles que se dizem obreiros de Deus pregam Sua Palavra usando palavras do homem, isso se torna um grande obstáculo para se fazer a obra de Deus e ganhar almas. Os que são chamados servos de Deus pregam Sua Palavra junto com a Palavra de Satanás, e este é o grande erro do seu ministério.
Por exemplo, quando eles se referem à passagem de João 13, onde Jesus lava os pés de Pedro, eles a interpretam e a ensinam assim: “Já que o Senhor disse que os que são lavados só precisam lavar seus pés, nós temos que lavar nossos pecados todos os dias com orações de arrependimento”. Através dessa passagem, muitos falsos pastores estão enganando os crentes ingênuos insistindo nas orações de arrependimento. De fato, se nós não tivéssemos recebido a remissão dos nossos pecados e nascido de novo na Palavra do evangelho da água e do Espírito, também seríamos enganados pelos mentirosos que predominam hoje em dia e não teríamos escolha senão estarmos condenados a ir para o lugar de destruição.
Aqueles que não têm discernimento espiritual algum não entendem isso e estão ensinando errado que as pessoas têm que purificar seus pecados todos os dias. Porém, os servos de Deus que crêem no evangelho da água e do Espírito não interpretam essa passagem como os falsos profetas. Eles ensinam que quando Jesus Cristo foi batizado por João Batista no rio Jordão, ele levou todos os pecados deste mundo de uma vez por todas, foi à Cruz, derramou Seu sangue e morreu crucificado, e assim nos salvou de todos os nossos pecados de uma vez.
Jesus cristo é o Salvador que purificou os pecados deste mundo de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito. A Bíblia diz que este evangelho da água e do Espírito é a Verdade. Ao vir a essa terra num corpo carnal, Jesus Cristo remiu completamente todos os nossos pecados de uma vez por todas, desde o começo até o fim, com a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Quando Jesus Cristo veio a essa terra Ele foi batizado por João Batista; e enquanto levava sobre Si os pecados deste mundo, Ele foi condenado por eles quando foi crucificado e derramou Seu sangue até a morte; ressuscitou dos mortos e assim se tornou o Salvador de todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito.
Quando Jesus lavou os pés dos Seus discípulos em João 13, Ele estava se referindo ao evangelho da água e do Espírito, a Verdade da salvação pela qual Ele purificou todos os seus pecados, até mesmo aqueles que eles cometeriam no futuro. Mas apesar disso, muitas pessoas ainda não aceitam a Verdade da salvação, pois não encontraram o verdadeiro evangelho de Deus da água e do Espírito.
Os que se alimentam somente com a Palavra de Deus que está acima do firmamento se recusam a beber da água que está abaixo dele. Porém, os que beberam da água que está debaixo do firmamento não querem beber da água pura que está acima dele. Jesus Cristo disse: “Ninguém, tendo bebido o vinho velho, prefere o novo, pois diz: O velho é melhor” (Lucas 5:39). No mundo real, o vinho velho é melhor. Quem prova o vinho velho não gosta de beber o vinho novo que acabou de fermentar.
Mas no reino espiritual é totalmente o contrário. Quando nós olhamos para história da humanidade, vemos que por mais antiga que ela seja, os ensinamentos filosóficos e religiosos que nasceram do pensamento humano são totalmente contrários à Palavra de Deus. Por mais sábias e profundas as filosofias e idéias deste mundo possam parecer, elas nada mais são do que ensinamentos rudes e tolos, que não podem ser comparados à grande Verdade da salvação que livra as pessoas do pecado, que é o evangelho da água e do Espírito. O evangelho da água e do Espírito, que é a Palavra de Deus, é a verdadeira Palavra da vida que livra as pessoas do pecado. Portanto, sábios são os que crêem na Palavra do evangelho da água e do Espírito dada por Deus ao invés de crerem nos ensinamentos tradicionais das religiões do mundo.
Por mais sinceras as pessoas possam ser e creiam em Jesus Cristo como seu salvador, se elas não ligarem o batismo que o Senhor recebeu de João Batista ao Seu sangue derramado na Cruz e terem fé em ambos, elas poderão ser enganadas pelos mentirosos e perecer. Se isso acontecer, nós também podemos perder as bênçãos de Deus e a vida eterna. É realmente uma maldição as pessoas tentarem fazer a obra de Deus apesar de não conhecerem o evangelho da água e do Espírito e não terem sido salvas. Elas na verdade estão arruinando a obra de Deus ao invés de fazê-la. Melhor dizendo, se alguém entre os cristãos hoje confessa Jesus Cristo como seu Salvador mas não tem fé no evangelho da água e do Espírito, ele não está fazendo a obra de Deus então, mas a obra de Satanás. Pastores que são como essas pessoas não estão fazendo a obra de Deus, mas ao invés disso, estão pastoreando somente para satisfazer seus próprios desejos. Você tem que entender que não são os mentirosos deste mundo que estão fazendo a obra de Deus, mas aqueles que hoje em dia crêem na Verdade do evangelho a água e do Espírito é que de fato estão fazendo-a.
Muitos cristãos atualmente não podem discernir a Palavra do evangelho da água e do Espírito das palavras de Satanás pregada pelos mentirosos, e por isso estão sendo enganadas por eles e levadas à destruição. Portanto, eles têm que buscar ouvir o evangelho da água e do Espírito, que é a Palavra de Deus. Mas que tipo de pregações os diversos cristãos deste mundo estão procurando? Eles estão procurando pelos servos de Deus que pregam as águas que estão acima do firmamento, ou eles estão procurando pelos servos que pregam as águas que estão abaixo dele?
Há muitos cristãos hoje que estão procurando aqueles que estão pregando as águas que estão acima do firmamento junto com as águas que estão embaixo dele. Mas se eles tivessem recebido a remissão dos seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, eles estariam procurando pelos servos de Deus que pregam a Palavra que está acima do firmamento. Neste exato momento, várias pessoas que ainda não tiveram seus pecados purificados por não conhecerem o evangelho da água e do Espírito, estão tentando levar uma vida de fé perante Deus. Todavia, aqueles que ainda não foram libertos dos seus pecados têm sido enganados pelos mentirosos, e a vida que eles têm levado é apenas carnal e religiosa.
Até hoje, muitos pastores que se acham servos de Deus têm sido enganados por satanás dessa forma, e como resultado, seu ministério não passa de algo fútil e tolo. Mas a diferença entre a fé dessas pessoas e daqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito é muito nítida.
Nós vemos que o Espírito Santo não habita no coração dos que crêem no falso evangelho, mas que crêem no evangelho da água e de Jesus Cristo. Apesar de crerem em Jesus hoje em dia, o Espírito Santo não pode vir sobre eles, pois a Verdade do evangelho não está neles. O motivo de eles ainda estarem em trevas é porque não sabem que a Palavra do evangelho da água e do Espírito é a grande Verdade da remissão de pecados.
Em outras palavras, isso acontece porque eles ainda têm pecado no coração. Por outro lado, o Espírito Santo habita no coração dos nascidos de novo que foram remidos de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Por isso, graças ao Espírito Santo em seu coração, eles podem ter discernimento das palavras do homem e da Palavra de Deus. Assim, eles podem pregar a Palavra de Deus corretamente. E já que eles crêem na Palavra da Verdade, eles também podem estabelecer o Reino de Deus de modo correto. Os justos podem discernir as palavras de Satanás e a Palavra de Deus; e é por meio dessa fé genuína que eles podem pregar o verdadeiro evangelho da salvação.
Os que estão ocultando a glória de Deus até hoje são os que não conhecem a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Eles não têm nada a ver com Deus. É uma tragédia ver que há tantos pastores assim entre nós. E apesar de dizerem que fazem a obra de Deus com um coração voluntário, eles estão fazendo na verdade a obra de Satanás, e não de Deus. Ao invés de fazer a obra de Deus, eles estão realmente blasfemando dela; e um problema maior ainda é que eles não conseguem entender isso.
Outra característica destes mentirosos é que eles não têm conhecimento da Verdade e só andam ocupados. Agora, o que eles precisam fazer primeiro é crer no evangelho da água e do Espírito, o evangelho de Deus. Eles têm que ouvir o evangelho da água e do Espírito que vem da Igreja de Deus agora. A obra de Deus hoje em dia tem que ser confiada àqueles que crêem na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Portanto, você também tem que servir à Verdade do evangelho junto com os crentes do evangelho da água e do Espírito. Se você acha que está fazendo a obra de Deus hoje mas não conhece o evangelho da água e do Espírito, o evangelho da Verdade, você tem que buscar ainda mais para o evangelho da água e do Espírito, pois você está espiritualmente cego.
Assim como é essencial colocar um alicerce firme para se construir uma casa, para que façamos a obra de Deus, primeiro temos que firmar nosso alicerce da fé corretamente, crendo no evangelho da água e do Espírito. Só é possível alguém sair para salvar outras almas como obreiro de Deus se ele primeiro for salvo de seus pecados de uma vez por todas. As pessoas podem fazer de tudo por si mesmas para se tornarem obreiros de Deus antes de serem salvas, mas no fim sua fé se acabará totalmente. Para que você se torne alguém de fé perante Deus, você tem que receber a remissão dos seus pecados primeiro por meio da Verdade do evangelho da água e do Espírito, ser salvo de todos os seus pecados e construir sua casa sobre o alicerce da verdadeira fé, da verdadeira salvação. Nós temos que firmar o alicerce da nossa salvação com a Palavra de Deus primeiro, e só então seguir pelo caminho da fé. Pessoas assim é que são sábias perante Deus. Todos nós temos que edificar a verdadeira casa da nossa salvação com a Verdade do evangelho da água e do Espírito, a fim de herdarmos as mansões do Reino de Deus.
Nós agora temos que crer em Jesus Cristo como nosso Salvador, que veio a essa terra pela Verdade do evangelho da água e do Espírito, e andar com o Senhor. Só então poderemos pregar o evangelho do Senhor e caminhar com Ele até o fim. E mesmo que demore um pouco, a primeira coisa que precisamos fazer é firmar o alicerce da nossa salvação com a Palavra da Verdade, e construir o edifício da nossa fé sobre este alicerce que é sólido como uma rocha. Aos olhos das pessoas, pode até parecer demorado alguém firmar o alicerce da sua salvação e só depois começar sua vida de fé, mas aos olhos da fé podemos ver que é isso é o mais sábio a fazer. Nós temos que construir o edifício da nossa fé com a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Agora que cremos na Verdade do evangelho da água e do Espírito, todos nós podemos receber a verdadeira salvação. E agora que construímos nosso edifício da fé, da verdadeira salvação, nós podemos viver na paz do Senhor, não tendo mais nada a temer.
A razão pela qual nós crentes no evangelho da água e do Espírito temos que viver neste mundo é fazer com que todos sejam salvos do pecado e se tornem filhos de Deus. Mas para fazermos isso, primeiro temos que colocar um firme alicerce da fé no evangelho da água e do Espírito, e só então fazermos a obra de Deus. Só então nós poderemos escapar do julgamento do pecado quando Jesus voltar a essa terra, seja quando for. No entanto, os que começam sua vida de fé sem nem conhecer o evangelho da água e do Espírito são como os que constroem a sua casa sobre a areia. Deus disse que no dia do julgamento, o que construiu a sua casa sobre a areia não irá escapar do Seu juízo e grande será sua queda. Sendo assim, todos nós temos que edificar a casa da verdadeira remissão de pecados crendo na Palavra do evangelho da água e do Espírito.
No segundo dia da criação, o Senhor fez o firmamento e dividiu as águas acima e embaixo dele. Deus chamou de céus o espaço acima do firmamento e de terra o espaço abaixo dele. Quanto às águas que cobriam a terra, Deus colocou parte delas acima do firmamento e juntou o restante num só lugar. É com as águas que estão acima do firmamento que devemos firmar o alicerce da nossa salvação e da nossa fé, a fim de levarmos uma vida de fé. A que se refere às águas acima do firmamento que o Senhor falou? Elas se referem à pura Palavra de Deus. De toda Palavra de Deus, a Palavra do evangelho da água e do Espírito se refere às águas que estão acima do firmamento mais do que qualquer outra.
Através do batismo que o Senhor recebeu de João Batista e do precioso sangue que Ele derramou na Cruz, Ele nos livrou de todos os pecados do mundo e nos fez Seus filhos. O Senhor também confiou a obra de Deus a nós que nos tornamos Seus filhos crendo no evangelho da água e do Espírito e nascendo de novo livres do pecado. Deste modo, Deus nos deu Seu Reino, Suas bênçãos e Seu amor também. Deus abençoou aqueles que foram libertos do pecado e fez deles os justos que bebem das águas que estão acima do firmamento. Essa bênção, entretanto, está fora do alcance de quem não bebe as águas que estão acima do firmamento. E é justamente o contrário o que vai acontecer com elas.
Nós agora temos que crer que Deus nos salvou dos pecados deste mundo pelo evangelho da água e do Espírito, e temos que pregar isso. Jesus Cristo nos salvou de todos os pecados deste mundo com o evangelho da água e do Espírito. Ao colocarmos o alicerce da fé que nos salva de todos os nossos pecados, nós temos que fazer isso com o evangelho da água e do Espírito, assim como pregar essa Verdade aos outros, levando-os a crer em Jesus Cristo que veio pela água e pelo Espírito e a louvar a luz da Verdade de Deus.
Por outro lado, aqueles que não firmaram o alicerce da sua salvação com as águas acima do firmamento se tornarão filhos da destruição. Por mais sábio e culto que alguém possa ser, ninguém poderá ser salvo de todos os seus pecados a não ser que beba das águas que estão acima do firmamento. Algumas pessoas afirmam que foram salvas dos seus pecados só porque crêem no sangue de Jesus Cristo na Cruz, mas sua consciência sabe muito que isso não é verdade. Elas crêem em Jesus Cristo em vão, pois crêem Nele sem separar as águas que estão acima do firmamento das que estão embaixo dele. Em algumas igrejas cristãs, tem gente que diz que crê no evangelho da água e do Espírito. Entretanto, quando nós analisamos seus ensinamentos em detalhes, podemos ver que eles na verdade estão pregando para as pessoas as águas que estão acima do firmamento junto com as que estão embaixo dele. Essas pessoas não são crentes no evangelho da água e do Espírito. Elas não passam de joio para Deus.
Ainda há servos de Deus neste mundo, salvando as pessoas do pecado com o evangelho da água e do Espírito. Todavia, há muitos mentirosos neste mundo também, fazendo cultos para Satanás e enganando as pessoas para que elas não façam a obra de Deus. Eu vou tornar isso mais claro para você: aqueles que ainda não receberam a Palavra do evangelho da água e do Espírito são todos mentirosos. Aqueles que crêem somente no sangue da Cruz para sua salvação e pregam isso são mentirosos que estão enganando eles mesmos e os outros. Quase todos no mundo inteiro crêem apenas no sangue da Cruz e afirmam que isso traz salvação, mas essas pessoas não foram salvas de fato, pois elas não têm o evangelho da água e do Espírito em seu coração. A Bíblia diz que só o evangelho da água e do Espírito é o evangelho absoluto da Verdade. Nada mais neste mundo pode ser a Verdade da salvação senão o evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor.
Eu sei algumas coisas sobre as correntes teológicas que há no mundo hoje em dia. Contudo, quando faça uma pesquisa na teologia, o evangelho da água e do Espírito não se encontra nela. Isso tudo é como as águas embaixo do firmamento. Toda a teologia está baseada no conceito de que “é possível ser salvo crendo apenas no sangue de Jesus Cristo na Cruz”, e baseadas nele cada denominação diz uma coisa diferente da outra.
Por isso, entre todos os teólogos, eu não pude encontrar um que dissesse: “Eu agora não tenho mais pecado porque eu fui verdadeira e completamente purificado dos meus pecados pelo sangue da Cruz”. E se existe alguém que afirma isso, ele só fala isso pelo lado doutrinário. Portanto, eles nada mais são do que religiosos que precisam constantemente buscar a remissão dos seus pecados, diferente dos verdadeiros cristãos que conhecem a Verdade do evangelho da água e do Espírito e crêem nela.
O que há de diferente nos cristãos deste mundo é somente as denominações que eles fazem parte; todos eles não têm nada a ver com a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Neste exato momento, várias pessoas estão achando que seus pecados foram apagados só porque crêem no sangue da Cruz, mas isso não é verdade. Essas pessoas só terão todos os seus pecados apagados de uma vez por todas quando crerem na Verdade do evangelho da água e do Espírito; caso contrário, seus pecados jamais desaparecerão.
A Palavra de Deus diz claramente que todos nós temos que receber a remissão dos nossos pecados por meio da Verdade do evangelho da água e do Espírito. Por este motivo que eu creio no evangelho da água e do Espírito e estou dando testemunho a você das águas que estão acima do firmamento. É quando você ouve este evangelho da água e do Espírito com seus ouvidos e aceita o evangelho da remissão de pecados com seu coração que a verdadeira salvação vem à sua alma. Se você hoje crê que foi salvo dos seus pecados só pelo sangue da Cruz, você tem que parar de enganar a si mesmo, retornar para Deus e crer no evangelho da água e do Espírito.
Não há outro lugar neste planeta onde o evangelho da água e do Espírito está sendo pregado senão na Igreja de Deus. Não há outro lugar neste mundo onde os que crêem no evangelho da água e do Espírito têm comunhão senão na Igreja de Deus. E já que os servos de Deus neste mundo estão pregando agora o evangelho da água e do Espírito de modo bem claro e levando as pessoas a receber a remissão de seus pecados, você não pode perder essa oportunidade de crer nele. Se você crê somente no sangue de Jesus Cristo na Cruz, você pode até ser chamado de cristão e ser reconhecido com um religioso deste mundo, mas não poderá se tornar um verdadeiro cristão. Se você rejeitar o evangelho da água e do Espírito, você jamais poderá se livrar de seus pecados. Não há outra maneira de se escapar do pecado de uma vez por todas senão crendo na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Eu exorto todos vocês a entender isso pela fé. Isso porque Deus jamais diz ao pecador: “Você é justo e faz parte do Meu povo”, nem escreve seu nome no Livro da Vida.
Um atributo comum a todos os heréticos no Cristianismo é que eles pregam as águas que estão acima do firmamento junto com as que estão embaixo dele. Por outro lado, a Verdade do evangelho da água e do Espírito afirma que todos os pecados deste mundo foram passados à cabeça de Jesus Cristo de uma vez por todas quando Ele foi batizado por João Batista. Todos os nossos pecados foram passados ao corpo de Jesus Cristo de uma vez através do batismo que Ele recebeu de João Batista. Apesar disso, as pessoas ignoram esta Verdade e estão tentando ser salvas do pecado crendo apenas no sangue da Cruz. E é por isso que elas não podem ser salvas. Todas elas crêem em Jesus em vão.
É porque cremos no evangelho da água e do Espírito que somos batizados em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo depois de sermos salvos. Nós crentes somos batizados na água como símbolo da nossa fé, crendo que ao ser batizado por João Batista e derramando Seu sangue, Jesus Cristo purificou todos os nossos pecados de uma vez por todas e suportou toda a condenação pelos nossos pecados. O símbolo da nossa fé é que somos batizados da mesma maneira que Jesus o foi. E com esta cerimônia nós declaramos nossa fé no evangelho da água e do Espírito. Nós somos batizados no nome de Jesus Cristo como símbolo da nossa fé, mostrando que é assim que nós cremos.
Aqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito não podem ter comunhão com aqueles que não crêem. A Bíblia diz: “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis. Pois que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas? E que concórdia há entre Cristo e Belial? Ou que parte tem o fiel com o infiel?” (2 Coríntios 6:14-15).
A Igreja de Deus é a reunião dos santos que receberam a remissão dos seus pecados e se tornaram santos por crerem no evangelho da água e do Espírito (1 Coríntios 1:2). Sendo assim, quem não crê no evangelho da água e do Espírito não pode fazer parte da Igreja de Deus.
O alicerce da fé dos santos não pode ceder. Se a nossa fé no evangelho da água e do Espírito, que é a base da salvação em nosso coração, for destruída, Jesus Cristo não poderá habitar em nosso coração então. Jesus Cristo é o Salvador que nos deu a salvação pela remissão de pecados de uma vez por todas. É por isso que nós vivemos pela fé, firmados na base da fé do evangelho da água e do Espírito, a Verdade da remissão de pecados que Jesus Cristo edificou em nosso coração. Todavia, se nossa fé no evangelho da água e do Espírito, que é a base da salvação, falhar, o nosso corpo e o nosso coração não terão um lugar para estar então. Não há outro lugar onde o coração dos justos deve estar a não ser no evangelho da água e do Espírito, pois sem este evangelho ele acaba sem direção.
Para que Jesus Cristo se torne o seu verdadeiro Salvador, o edifício da sua fé tem que estar bem firmado no evangelho da água e do Espírito, que é a Palavra de Deus. Se você não fizer isso, sua vida de fé inevitavelmente acabará sendo um fracasso. Se você firmar a base da sua fé nas orações de arrependimento, ela vai vacilar o tempo todo. Sua fé só é completa quando você tem uma vida de fé confiando somente no sangue da Cruz e fazendo suas orações de arrependimento? Uma fé assim está fadada a esmorecer freqüentemente. É por isso que temos que crer nas águas que estão acima do firmamento – ou seja, no evangelho da água e do Espírito – como sendo a Verdade da remissão dos nossos pecados.
Aqueles que ouvem as palavras do homem sem discerni-las da Palavra de Deus estão propensos a se desviar Dele. Então, de uma forma ou de outra, temos que separar a Verdade do que é falso e crer no que é verdadeiro. Os que crêem sem separar a Palavra de Deus das palavras do homem irão perecer. Portanto, nós temos que separar a Verdade da salvação do que é falso, discerni-la corretamente e crer somente nela.
Amados irmãos, nossos pecados podem ser purificados sem o batismo que Jesus Cristo recebeu de João Batista? Não, os pecados deste mundo jamais podem ser purificados sem o evangelho da água e do Espírito que Jesus Cristo no deu. E já que Jesus Cristo levou sobre si todos os pecados do mundo ao ser batizado por João Batista e, como conseqüência, derramou Seu sangue e assim cumpriu a justiça de Deus, quem crê nessa Verdade de todo o coração já foi purificado de todos os seus pecados de uma vez por todas. E apesar de pecarmos todos os dias, por nós crermos na Verdade do evangelho da água e do Espírito e não nas nossas orações de arrependimento, todos os nossos pecados já foram completamente purificados. Quem mais poderia ter os pecados deste mundo purificados em seu coração? Vistos através da nossa fé no evangelho da água e do Espírito, nossos pecados já foram purificados de uma vez por todas; e o fato é que eles já foram purificados lá no passado.
É pelo fato de termos fé no batismo de Jesus Cristo que todos os pecados do nosso coração foram purificados de uma vez por todas pela fé. Jesus Cristo foi batizado por João Batista (Mateus 3:13-17). A palavra “batismo” primeiramente significa “lavar”. Todos os nossos pecados já foram lavados por meio do batismo que Jesus recebeu. A palavra batismo também quer dizer “enterrar” e, portanto, Jesus Cristo só pôde morrer na Cruz dizendo: “Está consumado!” porque foi batizado por João Batista. Deste modo, todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito morreu com Jesus Cristo e também ressuscitou espiritualmente com Ele pela fé.
No Antigo Testamento, quando o sumo sacerdote Arão impunha suas mãos sobre o holocausto, todos os pecados do povo de Israel de um ano inteiro eram passados para ele. Da mesma maneira, quando Jesus Cristo foi batizado por João Batista todos os pecados do mundo foram passados para Ele de uma vez por todas. E Jesus Cristo também suportou toda a condenação do pecado em nosso lugar. Sem o batismo que Jesus Cristo recebeu de João Batista, nós jamais poderíamos ser remidos dos pecados do mundo.
Deste modo, já no capítulo 1 de Gênesis Deus testifica do evangelho da água e do Espírito, que são as águas que estão acima do firmamento. Nós temos que separar muito bem as águas que estão acima do firmamento das que estão embaixo dele; e temos que crer só no evangelho da água e do Espírito, que são as águas que estão acima do firmamento.
Jesus disse em Mateus 7:21-23: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade!” No último dia haverá muitas pessoas que serão lançadas no inferno, apesar de crerem fielmente em Jesus Cristo.
Algum tempo atrás, eu fundei e pastoreei uma igreja numa cidade portuária chamada Changwon, localizada na região sul da Coréia. Eu aluguei o terceiro andar de um grande edifício no centro comercial e comecei ali meu ministério. Por ser novo na cidade, eu não sabia que havia outra igreja que tinha o mesmo nome da que eu fundei.
Um dia, um pastor e sua esposa vieram falar comigo tarde da noite. Quando eu perguntei a eles: “O que traz vocês aqui?”, o pastor disse: “Nos perdoe, mas eu sou o pastor fulano de tal da igreja tal e vim aqui para lhe avisar que a sua igreja tem o mesmo nome que a nossa”. O pastor me explicou que ele já pastoreava sua igreja com este nome havia muito tempo, e que outra igreja com o mesmo nome causaria muita confusão, tipo a correspondência ser entregue no lugar errado. Por isso, ele me pediu para mudar o nome da minha igreja.
Eu respondi dizendo que o endereço e a denominação de nossas igrejas eram diferentes. Eu disse a ele: “Eu posso até entender que as pessoas ficariam confusas se a denominação fosse a mesma, mas já que o endereço e a denominação são diferentes, isso não está claro demais para não haver confusão alguma? Veja o nosso letreiro. Nosso endereço e denominação não são diferentes dos seus?” Mas o pastor continuou teimando e insistindo: “Mesmo assim, você tem que mudar o nome da sua igreja”.
Depois de conversar um pouco com este casal na igreja, eu os convidei para vir ao meu gabinete. Eu disse a eles, enquanto lhes servia chá: “Eu vou pensar melhor sobre este assunto. Eu vou mudar o nome se eu achar que isso vai ser melhor, mas para fazer isso eu vou querer uma compensação de vocês. Se o nome da minha igreja for mudado, o letreiro vai ter que ser mudado e novos panfletos terão que ser imprimidos. Isso dá muito trabalho e o custo para informar os outros da mudança é bem substancial. Você pode me compensar em tudo isso? Mas isso é algo que vou pensar e tomar uma decisão. De todo modo, você tem pecado, reverendo?”
Um tanto surpreso com minha pergunta repentina, o pastor respondeu: “Eu não tenho pecado”.
Eu perguntei a ele de novo então: “Como é que você não ter pecado?”
“Eu não tenho pecado porque eu creio no sangue de Jesus”.
“Você então não comete nenhum pecado? Você continua sem pecado mesmo pecando novamente?”
“Ainda assim eu não tenho pecado”.
“Você não faz orações de arrependimento quando peca?”
“Eu faço”.
“Você acabou de dizer que não tem pecado, mas faz suas orações de arrependimento sempre que peca?” Como você ora então quando se arrepende? Você pede a Deus para purificar os seus pecados ou só agradece a Ele pode tê-lo purificado?”
“Eu peço a Ele para me purificar, é claro”.
“Isso não é a prova então de que ainda há pecado em seu coração? Você veio a minha igreja para falar sobre o problema do nome dela, mas você vai voltar de mãos vazias”.
Dali para frente, eu expliquei o evangelho da água e do Espírito para eles em detalhes, e embora tenha levado algum tempo, o pastor e sua esposa passaram a crer no evangelho da água e do Espírito. Eles decidiram deixar seu antigo ministério então e servir ao evangelho da água e do Espírito, além de me pedir para orientá-los. Infelizmente, eu acabei ouvindo que o pastor se uniu a uma igreja dos que crêem somente no sangue de Jesus na Cruz e, como resultado, a base correta da sua fé caiu por terra. Apesar de eu ter separado as águas que estão acima do firmamento das que estão abaixo dele para aquele pastor com a Palavra de Deus, Satanás misturou o evangelho da água e do Espírito que o pastor havia recebido com o falso evangelho e acabou com sua fé.
Deus não aprova simplesmente qualquer evangelho. Nós temos que entender o que a Bíblia quer dizer quando fala que Deus separou as águas que estavam acima do firmamento das que estavam abaixo dele, e crer nisso pela fé. Nós agora temos que entender que se nós dissermos que qualquer evangelho está correto, espiritualmente falando, acabaremos caindo totalmente então. O problema é a fraqueza da nossa fé, não a Palavra de Deus; a Palavra da Verdade de Deus é perfeita e imutável. Ela é verdadeira e completa. Por isso, o homem jamais pode dizer que a Palavra de Deus tem contradições, pois ele é fraco. Ao contrário, ele tem apenas que crer no evangelho da água e do Espírito.
O Senhor disse: “Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. A Palavra de Deus é a verdade. O que o Senhor disse é verdade, é vida, é o caminho. Um atributo que é muito comum a todos os mentirosos é que eles nunca pregam o evangelho da água e do Espírito, e só estão obcecados em trazer mais e mais pessoas para o seu rebanho. Para fazerem isso, eles pregam somente o que agrada a mente carnal das pessoas. Eles ensinam que se seus seguidores crerem apenas em Jesus Cristo e forem fieis à sua igreja, eles serão abençoados, prósperos, e terão uma vida longa e saudável nessa terra.
Todavia, nós não podemos pregar para as pessoas as águas que estão acima do firmamento junto com as que estão abaixo dele. Se fizermos isso, elas jamais poderão nascer de novo e ser remidas dos seus pecados. Os mentirosos dizem que são filhos de Deus só por causa da sua doutrina, mas na verdade eles têm pecado no coração ainda.
Aqueles que agora receberam o Espírito Santo crendo no evangelho da água e do Espírito conseguem entender a Deus de uma maneira bem profunda através do Espírito Santo. Por isso, o que está no coração das pessoas é revelado a eles nitidamente pela Palavra da Verdade. Quando nós analisamos o coração das pessoas com a verdadeira Palavra da água e do Espírito, nós podemos ver se existe nele pecado ou não. Já que Deus deu fé, sabedoria e discernimento espiritual àqueles que crêem no evangelho da água e do Espírito, nós podemos facilmente ver se alguém é pecador ou justo apenas olhando nos seus olhos ou conversando um pouco com ele. Tudo que precisamos fazer para descobrir se alguém foi salvo ou não é apenas pedir a ele que nos explique como ele foi salvo e ouvir sua explicação.
Deste modo, nós podemos ver qual é a condição espiritual das pessoas por meio da Verdade do evangelho da água e do Espírito. Contudo, por outro lado, aqueles que não separam as águas que estão acima do firmamento das que estão embaixo dele são incapazes de discernir o que é verdadeiro ou falso.
É por isso que é muito importante entender o que são essas águas que estão acima do firmamento, crer nelas e pregá-las aos outros. As águas que estão acima do firmamento têm que ser muito bem separadas como as águas que estão acima do firmamento, e as águas que estão abaixo do firmamento têm que ser muito bem separadas como as águas que estão abaixo do firmamento; e temos que pregar isso deste jeito. Temos que pregar o evangelho com discernimento, separando o evangelho da água e do Espírito dos outros evangelhos. Nós temos que separar a Palavra de Deus das palavras do diabo e pregar somente ela. Nós jamais devemos misturar a verdade com a mentira. Deus disse: “Não semearás no teu campo duas espécies de semente” (Levítico 19:19). Já que Deus nos mandou não semear duas espécies de sementes, nós temos que pregar somente o evangelho da água e do Espírito em que cremos. Temos que pregar apenas a Palavra escrita por Deus.
Algumas pessoas perguntam: “Isso significa então que é somente pelo batismo que recebemos a purificação dos nossos pecados?” Os pecados do homem são purificados através do batismo de Jesus e do Seu sangue na Cruz. Portanto, é através do batismo que Jesus Cristo recebeu que todos os pecados das pessoas são tirados do seu coração e passados para Ele; e é por este sangue na Cruz que estes pecados são condenados. Mas Deus também diz isso no Antigo Testamento? Deus também fala sobre esta mesma Verdade no Antigo Testamento. Toda a Palavra do Antigo Testamento é a sombra da Palavra do Novo Testamento. A circuncisão no Antigo Testamento é a sombra do batismo que Jesus recebeu no Novo Testamento. No Antigo Testamento, quem não era circuncidado não podia celebrar a Páscoa do Senhor (Êxodo 12:48). Todos que queriam celebrar a Páscoa tinham que ser circuncidados, mesmo sendo israelita. Quem não era fisicamente circuncidado não podia participar da ceia da Páscoa.
Esta regra se aplica do mesmo modo no Novo Testamento. Se não nascermos de novo, nós não poderemos participar do banquete celestial. E nós só nascemos de novo livres de todos os nossos pecados quando cremos no evangelho da água e do Espírito. O Senhor disse que é crendo no evangelho da água e do Espírito que nós podemos nascer de novo livres dos nossos pecados e entrar no Reino de Deus.
É por isso que todos devem crer no evangelho da água e do Espírito, ser purificados de seus pecados e nascer de novo. Nós temos que crer no evangelho pelo qual o Senhor nos salvou dos pecados deste mundo pela água e pelo sangue. A Palavra do evangelho da água e do Espírito com certeza é a Palavra que está acima do firmamento. Mas apesar disso, os cristãos atuais não querem conhecer o evangelho da água e do Espírito, muito menos crer nele. O Cristianismo está sendo corrompido até hoje pois se recusou a crer no evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor. Então, todo cristão tem que se arrepender e crer no evangelho da água e do Espírito.
Por que o Cristianismo no mundo inteiro se tornou algo tão desolado? Porque ele falhou em crer nas águas que estão acima do firmamento e pregar sobre isso. Melhor dizendo, a alma das pessoas está oprimida porque elas crêem nas águas que estão embaixo do firmamento, e porque elas pregam isso junto com a Palavra de Deus. Várias pessoas declaram crer em Jesus Cristo e dogmaticamente afirmam que não são pecadoras, apesar de ainda terem pecado. Por causa disso, este mundo está cheio de cristãos que fingem ser crentes fiéis, apesar de terem uma fé legalista.
No primeiro dia, Deus salvou os pecadores através da luz da vida. No segundo dia, Deus separou os que foram salvos do pecado – isto é, Ele dividiu as águas acima do firmamento das águas abaixo dele. Quando Deus criou os céus e a terra, todo o mundo estava coberto pelas águas, mas Ele colocou parte dessa água no céu. Então, um espaço chamado firmamento passou a existir entre as águas.
Não subestime o que Deus fez. Sua Palavra é a Verdade. Como seria maravilhoso se todos bebessem das águas acima do firmamento! Todos teriam se tornado justos se tivessem bebido dessa água. Além disso, o Cristianismo seria o Reino de Cristo hoje. O mundo vai mudar se os justos continuarem vivendo neste mundo. Nós que somos justos praticamos o mal? Não, nós não praticamos o mal. Um justo jamais pratica a maldade.
Por outro lado, quanta maldade os cristãos que ainda não nasceram de novo praticam neste mundo? Eles praticam tanta maldade que até mesmo os não-cristãos ficam enojados com eles. Mas por que isso acontece? Porque eles não beberam das águas que estão acima do firmamento pela fé. Porque eles foram enganados pelos mentirosos e beberam água misturada.
A Bíblia deixa bem claro que quem prega as águas abaixo do firmamento junto com as águas que estão acima dele não são servos de Deus. Todo aquele que bebe das águas acima do firmamento junto com as águas que estão abaixo dele acabarão morrendo. Somente através das águas acima do firmamento é que Deus nos salva dos pecados do mundo. E Ele nos sacia ao enviar a chuva do céu. Se alguém de fato quiser receber a vida eterna, ele tem que beber das águas acima do firmamento. Mas se, ao invés disso, ele beber das águas que estão nessa terra, ele acabará perecendo espiritualmente.
Deus nos salvou dos nossos pecados através do evangelho da água e do Espírito, e é sob a graça da salvação que vivemos agora. Deus nos deu a vida eterna, derramou sobre nós bênçãos do Céu, nos fez Seus obreiros e confiou a nós “o ministério da reconciliação” (2 Coríntios 5:18), a fim que fôssemos mais do que capazes de fazer Sua obra.
Eu vivo dando graças ao Senhor mais e mais. De um modo ou de outro, todos nós temos que pregar somente as águas que estão acima do firmamento; e nós também temos que condenar abertamente as águas abaixo do firmamento porque elas são as palavras do diabo. Todos nós temos que viver dando graças a Deus, confiando apenas no evangelho da água e do Espírito. Já que nosso Senhor é o Deus que veio a nós pela água e pelo Espírito e nos salvou, todos que crêem Nele já receberam o dom da salvação. Portanto, nós temos sempre que dar valor a essa Palavra em nosso coração e viver de acordo com a perfeita vontade de Deus. Então, vamos viver de modo correto agora colocando nossa fé no evangelho da água e do Espírito.
Este planeta estava coberto pelas águas, contudo, Deus as dividiu de duas formas bem distintas. Por isso, as águas acima do firmamento são diferentes das que estão abaixo dele. Isso significa que em meio à palavra pregada pelas pessoas, existe a Palavra de Deus e também as palavras de Satanás. Em outras palavras, Deus fala conosco por meio da verdadeira Palavra da água e do Espírito, enquanto que tudo que Satanás faz é mentir. É totalmente imprescindível que saibamos discernir o que é a Palavra de Deus e o que é a palavra pregada pelas pessoas.
“Haja separação entre águas e águas”. Na Bíblia, a água se refere à Palavra de Deus. A Palavra espiritual de Deus vem de cima. E a Palavra de Deus foi escrita nas Escrituras. Por outro lado, as águas da terra fluem no coração carnal das pessoas. A origem principal das palavras da terra se encontra nos desejos carnais que nascem no coração do homem. A Bíblia diz que as palavras que vêm do coração das pessoas são as palavras de Satanás, enquanto que as palavras que vêm dos lábios de Deus são as águas do céu. Por essa razão, nessa terra existe tanto as palavras dos falsos profetas quanto as palavras dos verdadeiros profetas. O fato de Deus ter separado as águas que estão acima do firmamento das que estão abaixo dele implica exatamente nisso.
Os falsos profetas também profetizavam mentiras nos dias do Antigo Testamento (Ezequiel 13:2). As palavras de Satanás atuam no coração das pessoas através da maldade e da mentira. Quando nós olhamos para aqueles que são usados por Satanás como seus instrumentos, vemos como eles mentem segundo o desejo pecaminoso do seu coração. Eles consideram o Espírito Santo um objeto, e assim mentem exigindo que seus seguidores recebam o fogo do Espírito, ou dizendo coisas absurdas que vêm do seu coração. Quando ouvimos atentamente o que eles dizem, nós vemos que tudo vem do seu próprio coração. É algo tão impuro e enganoso quem nem dá vontade de ouvir.
Quando nós vamos a um retiro de oração ou a um culto de avivamento e o pregador abre sua Bíblia, na maioria das vezes nós podemos dizer se o que ele está falando é algo da Bíblia mesmo ou do seu coração. Estes pregadores pregam algo que é totalmente irrelevante à Bíblia. Usando todo tipo de artifícios, indo de um grande coral a uma banda de rock e alto-falantes enormes, eles despertam a emoção na alma dos que ainda não nasceram de novo. Depois disso então, eles dizem à igreja para receber o Espírito Santo, e usando um microfone para imitar o som do vento eles gritam: “Recebam fogo!” Isso, no entanto, nada mais é do que levar a multidão ao êxtase despertando sua emoção. Por outro lado, Deus diz na Bíblia que o Espírito Santo é dado como um dom quando alguém recebe a remissão dos seus pecados. E apesar de a Bíblia dizer que o Espírito Santo é dado como um dom a alguém que recebe a remissão dos seus pecados (Atos 2:38), ao invés de pregarem isso, eles enganosamente afirmam que o Espírito é recebido de qualquer jeito. É por isso que eles estão errados. Muitas pessoas acreditam que só de pedirem podem receber o Espírito Santo, independente se receberam a remissão de pecados ou não. Isso, entretanto, é uma crença totalmente errada. Você tem que receber o dom do Espírito Santo assim como a remissão de seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito.
Os falsos profetas mentem o tempo todo só para satisfazer o desejo do seu coração. Seus ensinamentos são palavras que nascem nessa terra. Melhor dizendo, estes mentirosos inventam a própria Palavra de Deus, atribuindo a Deus o que Ele nunca falou. E já que eles dizem algo diferente da Bíblia, todos eles são mentirosos. Satanás usa suas palavras para inventar algo que Deus não disse e fazer como se elas fossem dele. É isso que significa as palavras de Satanás.
Nós temos que ler a Palavra de Deus contida nas Escrituras e pregá-la pela fé. Nós temos que crer na Verdade descrita na Palavra de Deus e anunciá-la pela fé. Por outro lado, quando alguém que ainda não nasceu de novo fala algo do seu próprio coração, o que ele está falando são as palavras de Satanás. As palavras de Satanás trabalham através de quem? Elas trabalham através daqueles que não foram remidos dos seus pecados. E Satanás também opera através daqueles que são fracos, mesmo que eles tenham nascido de novo livres dos seus pecados. Em outras palavras, as palavras de Satanás têm efeito na vida das pessoas através daqueles que são espiritualmente imaturos. E como eu disse antes, Satanás também trabalha através daqueles que não nasceram de novo, e estas pessoas são realmente os melhores instrumentos que ele pode usar.
Portanto, Satanás faz com que aqueles que não nasceram de novo se dediquem a ele e lhes concede o dom do engano, pois com isso ele pode confundir muitas pessoas. E já que ele leva sofrimento ao coração das pessoas, é na vida daqueles que não nasceram de novo que ele atua. Satanás faz com que as pessoas entrem pela porta larga usando os que não nasceram de novo. Quando olhamos para os crentes que estão sob a autoridade de pastores que não nasceram de novo, nós podemos ver como eles estão cheios das palavras de Satanás. E tudo que a igreja faz através dele é obra de Satanás. Portanto, são estes pastores que têm que nascer de novo primeiro.
 
 

A Verdade Tem que Ser Nitidamente Separada do que é Falso

 
Deus também continuou a separar as coisas no segundo dia da criação. Mas como Ele fez essa separação? Ele separou Sua Palavra das palavras de Satanás, e também separou Seus frutos dos frutos de Satanás. Se alguém ainda não se tornou justo de fato depois de crer em Jesus Cristo, podemos ver claramente então que ele é alguém controlado pelo diabo e que ainda bebe das águas dessa terra. Se alguém continua a ser pecador mesmo depois de crer em Jesus Cristo por 50 anos, isso acontece então porque ele crê nas palavras do diabo. Por outro lado, os que se tornaram justos crendo em Jesus Cristo e receberam a remissão de pecados em seu coração, e que continuam vivendo segundo a Palavra depois de crerem em Jesus Cristo, são os que bebem das águas que estão acima do firmamento.
Sem dúvida alguma, estes dois tipos de pessoas têm que ser separadas. Deve estar bem claro para nós se alguém é pecador ou justo, se ele vai para o Céu ou para o inferno, se ele é filho de Deus ou do diabo. Os justos entrarão no Reino dos Céus, porém os pecadores serão lançados no inferno.
Deus separou os seres humanos em dois grupos. E podemos ver claramente que Ele fez isso. Mas apesar de Deus ter feito isso abertamente, muitas pessoas ainda vivem se enganando. Quando alguém olha para sua consciência, ele com certeza faz parte de um destes grupos. Deve estar bem claro para nós se alguém nasceu de novo ouvindo a Palavra de Deus, se ele é um santo, um justo ou um religioso, se ele tem pecado no coração ou não, se ele pertence à igreja de Deus ou à de Satanás.
 
 

Nós Primeiro Temos que Nos Confessar de Modo Correto para Sermos Salvos dos Nossos Pecados

 
Todos nós temos que entender que Deus separou de modo bem claro a Verdade do que é falso. Nós temos que entender que as pessoas estão perecendo porque estão enganando a si mesmas, mesmo Deus já tendo lhes mostrado a Verdade. As pessoas nunca poderão acusar Deus de enviá-las para o inferno. Isso porque se elas buscarem a Ele realmente e forem sinceras perante Sua Palavra, Ele com certeza vai vir ao encontro delas através da Sua Palavra da Verdade. Quando alguém olha para o seu coração através da Palavra de Deus com sinceridade, ele pode descobrir claramente a que grupo pertence. Portanto, os que buscam se iludir enganando a si mesmos, e que serão todos destruídos por causa disso, não têm desculpa.
A luz está neste mundo agora. A Verdade do evangelho da água e do Espírito está neste mundo agora. Nós temos a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Se você aprender essa Palavra corretamente, observá-la, ouvi-la e crer nela com toda convicção, você também poderá ser livre de todos os seus pecados. Isso é fato. Até mesmo as águas que estão embaixo do firmamento podem se tornar as que estão em cima dele. Assim como o vapor sobe do mar e volta como chuva, as águas que estão embaixo também podem se tornar as que estão em cima dele.
Mas apesar de ser possível mudar assim, muitas pessoas ainda continuam enganando a si mesmas, e é por isso que elas continuam nas trevas e condenadas por causa dos seus pecados. Todo pecador tem que se voltar para Deus como pecador que ele é, crer no evangelho da água e do Espírito e encontrar a luz. Nenhuma outra além dessa é a verdadeira confissão que deve ser feita.
1 João 1:9 diz: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda injustiça”. Você também tem que crer nessa Palavra e confessar: “Senhor, eu tenho pecado no meu coração. Eu sou um pecador que tem bebido das águas abaixo do firmamento. Por favor, Senhor, salve-me”, tem que procurar os servos de Deus e Sua Igreja, ouvir a Palavra e receber a remissão dos seus pecados.
Deus continuou separando as coisas no segundo dia. Ele separou as águas que estavam acima do firmamento das águas que estava abaixo dele, separando Sua Palavra das palavras de Satanás. Nós jamais devemos nos esquecer que Deus separou a verdadeira fé da falsa fé. Deus separou nitidamente a Verdade da falsidade no coração das pessoas. Os pecadores que bebem as águas abaixo do firmamento de uma forma ou de outra têm que buscar os santos nascidos de novo e ser transformados. Já que Deus fez uma separação e abriu um novo caminho para a vida, se as pessoas continuarem enganando a si mesmas e então forem lançadas no inferno, nós veremos que a culpa disso será delas mesmas. Todas as nossas bênçãos e maldições, nossa felicidade ou infelicidade, dependerá do tipo de palavras que cremos e seguimos.
  
 

A Salvação de uma Pessoa Depende de Suas Escolhas

 
É possível crer tanto nas águas que Deus dividiu acima do firmamento quanto nas que estão abaixo dele. Isso depende da pessoa. Aqueles que se sentem atraídos pelas águas que estão abaixo do firmamento e a procuram beberão dela, e, por causa disso, irão se corromper e morrer. O destino de uma pessoa se desenrola conforme ela escolher.
Nós vamos para o Céu ou seremos lançados no inferno? Jesus Cristo já preparou o Céu e o inferno. E Ele também já realizou a abundante salvação a fim de que todos sejam justos. Se alguém prefere continuar sendo pecador, ele vai crer então nas palavras que são incapazes de apagar seus pecados – isto é, nas águas que estão abaixo do firmamento –, mas se ele quiser se tornar um justo, ele terá que crer na Palavra de Deus e beber das águas que estão acima do firmamento. Ir para o Céu ou para o inferno depende do julgamento e da escolha de cada um. Deus já fez tudo. Dependendo da escolha que fizermos, nós seremos bem recebidos no Céu ou lançados no inferno. Deus fará tudo conforme a pessoa crê.
Amados irmãos, vocês conseguem entender agora por que Deus separou a Verdade do que é falso dessa forma? Em Seu trono no último julgamento, Deus dirá com toda firmeza o seguinte: “Eu nitidamente separei as águas que estavam acima do firmamento das que estavam abaixo dele, e eu disse a vocês de modo bem claro o que é certo e o que é falso. Mas mesmo Eu tendo deixado isso bem claro para vocês, ainda assim vocês escolheram o que é falso e as palavras do diabo ao invés das Minhas, e agora o que está reservado a vocês é ir para o mesmo lugar que o diabo irá. Por quê? Porque vocês não fazem parte do Meu povo”.
Assim, quem for lançado no inferno não terá nada a dizer a Deus. eles vão querer dizer alguma coisa, mas não encontrarão palavras. Deus nos deu o evangelho, a Verdade, a salvação, a vida eterna e Suas bênçãos. Mas aqueles que buscaram a Deus e aceitaram Sua Palavra pela fé, Deus permitiu que recebessem todas estas bênçãos. No entanto, aqueles que não beberam das águas que estão acima do firmamento terão que enfrentar toda maldição, porque não receberam a remissão dos seus pecados. Deus separou Suas bênçãos e Suas maldições. Ele separou Sua Verdade das palavras de falsidade. Ele dividiu tudo isso deste modo, assim como separou a luz e fez o dia e a noite.
O destino de todos será determinado de acordo com qual separação de Deus eles escolherem enquanto vivem nessa terra. Deus não separou o dia da noite à toa. Quando é dia fica claro, e quando é noite fica escuro. Tanto o dia quanto à noite reinam em determinado momento. Em outras palavras, existe o reino dos justos e o reino dos pecadores.
Já que Deus fez essa divisão de uma maneira tão nítida, se alguém quiser ir para o céu tudo que ele tem a fazer é crer na luz, mas se, por outro lado, ele quiser ir para o inferno, ele só tem que crer nas trevas então. Por mais talentoso e poderoso que alguém seja, ele não poderá fazer com que a noite seja dia e que o dia seja noite. Da mesma maneira, o ser humano não pode mudar o que Deus já separou, ninguém pode mudar o que Ele fez.
Se alguém tem um coração justo, ele não tem outra escolha senão crer totalmente no que Deus separou. Se alguém olhar para a luz e a aceitar, ele estará aceitando a Palavra de Deus que vem do alto, e por isso receberá a vida eterna. São as águas que estão abaixo do firmamento – ou seja, as palavras terrenas – que guiam os atos do homem. Você tem que se lembrar que não passa de palavras de Satanás dizer que alguém se torna justo por meio do seu esforço e dedicação carnais, procurando se santificar – melhor dizendo, tentando guardar a Lei e levar uma vida santa. Se tornar justos entendendo de coração como a Palavra de Deus apagou os pecados, crendo e aceitando isso exatamente como é, não tem nada a ver com os atos do homem. A Palavra da Verdade de Deus que vem do alto, as águas que estão acima do firmamento, são a salvação que Deus realizou por Si mesmo. O evangelho da Verdade não exige que nossos atos humanos acrescentem nada à nossa salvação.
A Palavra de Deus vem do alto, produz frutos na terra sem falhar, e depois volta para o alto. Se você crê na Palavra de Deus, nas águas que estão acima do firmamento, você será feliz então. Entretanto, se você crê nas águas que estão embaixo do firmamento, você será amaldiçoado. E só por ser amaldiçoado você passará por sofrimentos terríveis. O sofrimento dos que levam uma vida de fé legalista não tem nada de ameno. É uma tristeza vê-los sofrendo tanto por beber das águas que estão abaixo do firmamento.
Quem bebeu das águas que estão acima do firmamento nunca mais beberá das que estão abaixo dele. Mas quem bebeu somente das águas que estão abaixo do firmamento não poderá beber das que estão acima dele. É por isso que eles têm que voltar atrás agora.
 
 
Os Servos de Deus em que Ele Se Agrada
 
No segundo dia, Deus separou as águas que cobriam o planeta terra, colocando uma metade em cima no firmamento e a outra metade na terra. E Deus deu um nome distinto a cada uma delas: as águas acima do firmamento e as águas da terra. E por que Deus escreveu essa Palavra? Ele a escreveu só para que soubéssemos de algo simples? Não, Deus a escreveu para nos dizer que existe tanto a Sua palavra quanto às palavras do diabo.
Foi isso o que Deus fez no segundo dia. A Palavra nos diz que Deus separou a luz das trevas no primeiro dia, e que Ele também dividiu as águas do céu das águas da terra no segundo dia. E Deus se agradou de separar as águas do céu das águas da terra, de separar a luz das trevas. O que são as águas da terra e as águas do céu então?
Há nessa terra dois tipos de pessoas que pregam a Palavra de Deus. Um deles é aquele que prega as palavras de Satanás, e o outro é aquele que prega a verdadeira Palavra de Deus. Este último grupo conhece a Palavra de Deus, crê nela e a prega, mas o primeiro grupo a interpreta baseado nos seus próprios pensamentos humanos, e só a prega para agradar a Satanás e as pessoas. Essas pessoas interpretam a Bíblia como se ela fosse um guia da ética humana, e só pregam que se alguém crê em Jesus Cristo, ele só tem que levar uma vida justa. Contudo, elas não conhecem a verdadeira mensagem da Palavra de Deus. E é por isso que não podem pregar o evangelho da água e do Espírito.
Em suma, os que não estão pregando o evangelho da água e do Espírito e o sangue agora são aqueles que estão pregando as palavras de Satanás. São eles que estão pregando a Palavra de Deus numa dimensão ética, moral e humanista. Mas eles não são servos de Deus. Eles não passam de servos de Satanás. Eles nada mais são do que “assalariados” cuja profissão é pregar a Palavra de Jesus Cristo como outros trabalhadores fazem para viver. Se alguém tem uma vida de fé junto com essas pessoas, ao invés de ter uma vida espiritual ele acabará morto.
Quando nós bebemos a água dessa terra, ela pode até ser benéfica para nós, enquanto que outros tipos de água podem ser muito prejudiciais. Do mesmo modo, o tipo de palavras que ouvimos é muito importante para nossa alma. Você pode ser abençoado física e espiritualmente se ouvir a Palavra pregada por aqueles que anunciam o evangelho da água e do Espírito. Se um pregador abre a Palavra de Deus mas só enfatiza suas lições éticas, morais e humanistas, sua pregação pode até ser boa, mas não poderá operar nenhuma mudança espiritual. Por outro lado, a alma de quem ouve tais pregações enfrentará a morte espiritual. Esse tipo de pregação faz apenas com que o coração dos cristãos sofra mais ainda. A verdadeira Palavra da água e do Espírito, ao contrário, traz paz e descanso àqueles que a ouvem. Portanto, quando ouvimos a Palavra de Deus, o mais importante não é o conhecimento, a aparência ou a voz do pregador, mas se ele realmente crê no evangelho da água e do Espírito e está pregando-o corretamente.
O evangelho da água e do Espírito é algo indispensável. Em Mateus 7:15 Jesus diz: “Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores”. Como é que podemos reconhecer os falsos profetas então? Jesus Cristo disse que nós podemos fazer isso vendo os seus frutos.
Uma macieira pode dar bananas? Uma macieira pode até ser tão mal tratada que só dê frutas muito pequenas, mas ainda assim ela vai só vai dar maçãs. Nós temos que entender que um arbusto não pode dar maçã, por mais que ele seja bem cuidado. Melhor dizendo, se alguém prega a Palavra e os que ouvem o que ele diz nascem de novo, ele é um servo de Deus então. No entanto, se as pessoas não puderem ser purificadas dos seus pecados depois de ouvir um pregador, certamente este que está pregando a Palavra de Deus não passa de um falso profeta. Se a igreja não pode receber a remissão dos seus pecados mesmo depois de ouvir a mensagem do pregador um dia, dois dias ou até mesmo um ano, o problema então é o pregador. Em outras palavras, os falsos profetas não sabem como nascer de novo no evangelho da água e do Espírito e nem crêem nele. E é por isso que eles usam suas próprias palavras para ensinar as pessoas a receber a remissão dos seus pecados.
Nós não podemos dizer se alguém é um falso profeta ou não olhando apenas para sua aparência. Quando nós pensamos nos falsos profetas, a tendência é acharmos que sua aparência é rude, cruel, impiedosa, algo repulsiva, mas isso não é verdade. Os mentirosos se apresentam com muita humildade, como um cordeiro manso. Referindo-se a eles, a Bíblia diz: “E não é de admirar, pois o próprio Satanás se transforma em anjo de luz” (2 Coríntios 11:14).
É por isso que muitas pessoas são enganadas por eles. Um pastor que prega sem nascer de novo é um falso profeta. Eles são os falsos profetas de que a Bíblia fala. A aparência externa vista pelos nossos olhos é totalmente irrelevante em relação à Verdade. Portanto, não tem problema que algumas pessoas nos ataquem pessoalmente, contanto que creiamos na Palavra de Jesus Cristo.
Os falsos profetas levam muitas pessoas à destruição. Além de não irem para o inferno sozinhos, ainda levam muitos com eles. Isso porque o que eles fazem é um trabalho de mentiroso. Falsos profetas são muito bons na arte de enganar as pessoas, e no que se refere a garantir seu futuro para o resto de sua vida, eles não têm com o que se preocupar. Sua igreja, muito ingênua e imatura, os respeitam como pastores, servindo-os e dando ofertas para eles. Por isso, os mentirosos vivem em luxuosas mansões, dirigem carros de luxo e têm uma vida extravagante, tudo isso com o dinheiro da igreja. É por isso que temos que ter cuidado com os falsos profetas.
Contudo, ao invés de apenas criticá-los, tudo que temos a fazer é nunca irmos às suas igrejas. Aqueles que receberam a remissão de seus pecados não devem fazer a obra de Deus com os falsos profetas. Quando os santos adoram a Deus, eles devem fazer isso junto com seus irmãos que também nasceram de novo no evangelho da água e do Espírito. A Bíblia diz que onde dois ou mais se reúnem em nome do Senhor, ali Ele se faz presente. Essas duas ou mais pessoas se referem aos justos que receberam a remissão dos seus pecados. Os justos têm que se reunir e ter comunhão somente com outros justos, devem ouvir a Palavra e aprendê-la juntos, louvar ao Senhor e segui-Lo pela fé; assim, estará tudo bem. E mesmo que haja apenas duas ou três pessoas nascidas de novo, se um deles pregar a Palavra e todos crerem nela para juntos fazerem a vontade de Deus, eles todos serão abençoados por Deus. Ao invés de criticarmos os outros, temos que saber o que a Bíblia diz realmente e também vivermos pela fé. Isso é tudo que temos que fazer.
Quando o Senhor voltar um dia, os falsos profetas e muitos crentes que seguem a eles estarão diante Dele e dirão: “Senhor, Senhor, eu expulsei demônios em Teu nome, profetizei em Teu nome, e fiz maravilhas em Teu nome”. Eles dirão que enquanto estavam neste mundo construíram igrejas enormes e levaram muitas pessoas a Jesus Cristo. Nessa hora, contudo, o Senhor lhes dirá abertamente: “Eu não vos conheço”. Nosso Senhor os repreenderá: “Seus ladrões e charlatães! E então Ele ordenará: “Lancem-nos nas trevas!” Como será justo o julgamento do nosso Senhor! Não adianta nada ficarmos insistindo em falar de coisas agradáveis. Ele simplesmente lançará no inferno os que estão condenados a ir para o inferno, e levará para o Céu os que receberam a remissão dos seus pecados crendo no batismo de Jesus Cristo e no Seu sangue na Cruz. Jesus Cristo, que é o justo Juiz, é a própria justiça celestial.
Ao criar os céus e a terra no primeiro dia, nosso Senhor disse que o ser humano receberia a remissão dos seus pecados através do evangelho da água e do Espírito. E no segundo dia, Ele disse aos que receberam a remissão dos seus pecados para ter cuidado com as palavras de Satanás. Ele disse aos justos para nunca beber das águas oferecidas por Satanás, mas, ao invés disso, para ter uma fé espiritual sendo alimentados pela Palavra da Verdade de Deus.
Amados irmãos, quando interpretamos a Palavra de Deus, temos que fazer isso crendo nela segundo o evangelho da água e do Espírito. E quem prega a Palavra de Deus também tem que pregar a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Os que ouvem a Palavra, por outro lado, tem que ser alimentados e viver pela Palavra que vem dos servos de Deus. Na passagem bíblica deste capítulo, o significado das águas que estão abaixo do firmamento – isto é, as águas terrenas – é que elas são as palavras dos falsos profetas. É por isso que a Bíblia nos diz para não as ouvirmos nem nos alimentarmos com ela. Em meio aos que ouviram o evangelho da água e do Espírito e também receberam a remissão dos seus pecados, existem muitos cuja fé espiritual é tão imatura que eles não conseguem discernir os ensinamentos dos falsos profetas, e, por aceitá-los, acabam morrendo espiritualmente.
Quando nós ouvimos a Palavra de Deus, há certas coisas espirituais que temos que ter cuidado. Primeiro, nós temos que analisar bem aqueles que estão pregando a Palavra para vermos se eles conhecem o evangelho da água e do Espírito, a Palavra de Deus, se eles crêem nela e a estão pregando de fato.
Os Servos de Deus são os que nasceram de novo crendo no evangelho da água e do Espírito. E isso acontece para que todos tenham fé no evangelho da água e do Espírito. Nós temos que aceitar o conselho e a exortação de quem faz a vontade de Deus. Melhor dizendo, o que eles dizem é a Palavra de Deus. Isso porque é através dos Seus servos que Deus fala aos Seus santos.
Outra coisa que temos que entender é que é os servos de Deus também podem ser imperfeitos e fracos em sua carne. Se os servos de Deus crêem e pregam o evangelho da água e do Espírito, nós então temos que entender que eles são humanos e aceitá-los como eles são. Por exemplo, se um servo de Deus é feio, nós não devemos pensar: “Os servos de Deus tem que ser bonitos; por que ele é tão feio então?” Ao invés disso, temos que ser gratos a Deus por ele e dizer: “Deus levantou alguém como ele e está usando-o como seu servo”.
Em outras palavras, não devemos julgar pela aparência os servos de Deus que estão pregando o santo evangelho, nem devemos levantar questões sem importância como sua idade ou escolaridade. O que tem que estar bem claro para nós é se em seu coração eles dão valor à Palavra de Deus, se eles fazem a vontade de Deus e O seguem pela fé.
Acima de tudo, os servos de Deus devem ter fé na Palavra de Deus. Nós temos que procurar ver o quanto eles dão valor ao evangelho da água e do Espírito, o quanto eles são gratos a Deus, o quanto eles se sacrificam pelo evangelho, o quanto eles trabalham duro para anunciá-lo freqüentemente, o quanto eles amam as almas, e o quanto eles dedicam seu coração para a sua salvação. Nós temos que respeitar os que se tornaram servos de Deus antes de nós, e temos que segui-los pela fé. Só então nós poderemos ser amados por Deus.
Deus trabalha em meio a uma ordem espiritual. Isso porque Ele não é um Deus de confusão, mas um Deus organizado. Você agora tem fé no evangelho da água e do Espírito? Você pode dizer com toda certeza que nasceu de novo pela Palavra da Verdade, crendo no evangelho da água e do Espírito? Se você pode, você de fato nasceu de novo crendo no evangelho da água e do Espírito. Quando alguém te pergunta se você tem pecado, você pode respondê-lo muito bem porque agora você crê no evangelho da água e do Espírito. Você agora pode dar testemunho de que você foi remido dos todos os seus pecados e nasceu de novo através da Palavra do evangelho da água e do Espírito. Se você é assim, você faz parte do povo de Deus e vai ser usado por Ele como Seu instrumento então.
Agora, tem uma coisa que você tem que saber muito bem. Quando os servos de Deus pregarem a Palavra do evangelho da água e do Espírito, você tem que examinar a si mesmo para ver se você realmente nasceu de novo pela fé. Até hoje, diversas pessoas passaram pela sua vida e te ensinaram algo além do evangelho da água e do Espírito. Todavia, quando os servos de Deus pregam o evangelho da água e do Espírito, a Palavra de Deus, você tem que refletir profundamente sobre si mesmo e ver se você recebeu ou não a remissão dos seus pecados pela fé. Todos vocês têm que conhecer a Verdade do evangelho da água e do Espírito muito bem. Nós temos que crer nisso.
De agora em diante, você tem que levar uma vida de fé aceitando as palavras, o conselho e as exortações destes servos de Deus que pregam a Palavra da vida para vocês. Você deve levar sua vida de fé crendo no evangelho da água e do Espírito. E você também tem que ter fé nos servos de Deus.
De certa forma, pode até parecer que eu estou pedindo a vocês que me reconheçam. Mas não foi essa minha intenção ao dizer isso. Tudo que eu tenho feito é para pregar para vocês a Palavra do evangelho da água e do Espírito que se cumpriu segundo a vontade de Deus. Assim como havia pecado em seu coração antes, agora que você ouviu o evangelho da água e do Espírito você passou a entender: “Ah, Jesus Cristo levou meus pecados deste jeito, ao ser batizado por João Batista”.
Você agora crê que seus pecados foram apagados pelo que está escrito no evangelho da água e do Espírito. E dependendo de como você agir agora, você pode agradá-Lo ou entristecê-Lo. Assim como a luz e as trevas foram separadas, assim como as águas do céu e as águas da terra, sua fé antiga também tem que ser separada da sua fé atual pelo evangelho da água e do Espírito. Agora, você tem que julgar por si mesmo: “Eu ainda sou pecador ou já me tornei um justo crendo no evangelho da água e do Espírito?” Você é justo ou pecador diante de Deus dependendo se você crê no evangelho da água e do Espírito ou não.
Você crê no evangelho da água e do Espírito? Se você crê, você é justo ou pecador então? Você é justo. Nosso Senhor te salvou com o evangelho da água e do Espírito. Sendo assim, você já foi salvo porque crê nessa Verdade.
Se isso é verdade, você tem que fazer só mais uma coisa então, que é decidir se você vai viver como servo de Deus ou como servo de Satanás, separando isso em seu coração. Pregar o evangelho da água e do Espírito é a maneira de se viver como servo de Deus. Você também tem que viver assim. E isso é determinado pela Palavra que você crê.
É crendo no evangelho da água e do Espírito com nosso coração que recebemos a remissão dos nossos pecados. E para que continuemos vivendo pela fé depois e sirvamos ao Senhor também, isso se torna possível crendo no evangelho da água e do Espírito. A base da nossa fé não é nada além do evangelho da água e do Espírito. Aqueles que receberam a remissão dos seus pecados devem ter comunhão com seus irmãos e adorar com eles, a fim de que não bebam mais das águas que estão embaixo do firmamento. Nossa fé precisa ser seguida de ação.
Em outras palavras, já que cremos no evangelho da água e do Espírito, temos que ouvir a Palavra dos Céus, não àqueles que pregam as palavras da terra. Se, depois de ter crido no evangelho da água e do Espírito, você se submeter àqueles que ainda não nasceram de novo, ouvir as palavras pregadas por eles e adorar em vão, você cairá de novo e voltará a ser servo do diabo.
Nós temos que ter fé no que Deus disse no segundo dia da criação. Nós temos que crer no que Deus fez no segundo dia da criação e buscar isso. Isso porque o que Ele fez no primeiro dia – ou seja, nos salvar com o evangelho da água e do Espírito – já foi cumprido por nós. E é por isso que nós temos que viver confiando na pura Palavra de Deus. Se você crer no que Deus fez no segundo dia e buscar isso, você então será abençoado abundantemente. O resultado de você ser abençoado por Deus ou não depende se você faz a Sua vontade ou não. Só quando nós seguimos a Palavra que o Senhor falou no segundo dia da criação é que podemos ter uma vida de fé correta.
Eu sei que você é sábio. Mas quando você ouviu a Palavra de Deus, você provavelmente ficou preocupado em como iria levar uma vida de fé. Mas há algo que os crentes no evangelho da água e do Espírito têm que fazer. Ao recebermos a remissão dos nossos pecados, temos que seguir os servos de Deus. Antes de você nascer de novo, você ouvia os mentirosos pregando sobre as águas terrenas. Mas não era isso que você queria. Isso acontecia porque você não conhecia a Verdade. Antes de você nascer de novo, você não tinha outra escolha a não ser ouvir as palavras dos que não nasceram de novo.
Entretanto, agora que você crê no evangelho da água e do Espírito, você tem que escolher a justiça de Deus. “Quais são as palavras que devemos escolher?” “Quem são os verdadeiros servos de Deus que pregam Sua Palavra?” Essas perguntas são para você responder. E isso é algo que você tem que fazer. Ninguém mais pode fazer isso por você. A verdade é que os legítimos servos de Deus é que podem aconselhar você. Mas deve haver em nós o desejo de viver de acordo com a vontade de Deus. E se essa é a vontade de Deus, nós não temos outra escolha então. Nós não podemos fazer nada por conta própria. Melhor dizendo, não podemos fazer que queremos. Agora que conhecemos a vontade de Deus, é nosso dever obedecê-la.
Sua vida de fé tem que ser renovada agora. Você tem que levar uma vida de fé num plano diferente do que você levava antes. A vida de fé é melhor do que a vida que você levava até agora. Mas para levar essa vida de fé, você tem que ser guiado. Por quê? Porque essa é a maneira de você ser abençoado por Deus. Meus amados irmãos, vocês querem ser guiados?
É necessário que haja servos de Deus que preguem a Sua Palavra para vocês. Por isso, o meu desejo e a minha esperança é que estes obreiros que pregam a Palavra de Deus também sejam levantados entre vocês. Se tornar um obreiro de Deus não é algo que acontece de uma hora para outra porque alguém deseja isso. Para ser tornar um ministro da Palavra, você tem que continuar ouvindo e aprendendo com as palavras daqueles que se tornaram servos antes de você, que vivem pregando o evangelho da água e do Espírito para você. Eu tenho pregado a Palavra de Deus para você, mas existe alguma coisa que você ainda não entendeu? Nós temos que ouvir o evangelho da água e do Espírito de modo correto.
Muitos de vocês estão ouvindo essa Palavra pela primeira vez, mas vocês estão gostando? Há inúmeros mistérios ocultos na Bíblia, e não apenas o evangelho que nos capacita a receber a remissão de pecados, mas mistérios sobre a Igreja de Deus, sobre seus servos e a vida espiritual de fé correta. No entanto, muitos de vocês até hoje têm sido alimentados com joio, e não com os grãos espirituais da Palavra.
Meu plano é reunir e publicar sempre as minhas pregações que explicam a Palavra de Deus e doá-las para vocês. E eu vou continuar dando a vocês a água que está acima do firmamento. Tudo que pregamos hoje é a Palavra viva de Deus? Se é, isso é porque você crê no evangelho da água e do Espírito. E também porque eu creio no evangelho vivo da Palavra da água e do Espírito, e o tenho pregado exatamente como ele é. Ao Senhor que nos deu as águas acima do firmamento, rendemos toda a nossa gratidão.