Preken

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 1-13] Deus Nos Torna Vasos de Honra (Gênesis 1:16-19)

Deus Nos Torna Vasos de Honra
(Gênesis 1:16-19)
“Fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite. Fez também as estrelas. Deus os pôs no firmamento do céu para iluminar a terra, para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas. E viu Deus que isso era bom. E houve tarde e manhã - o quarto dia”.
 
 
Deus criou as estrelas e as colocou no céu para iluminar a terra. Hoje, eu quero falar sobre o motivo de Deus ter criado as estrelas. O fato de Deus ter criado as estrelas significa que Ele criou obreiros Seus nessa terra.
No Antigo Testamento, o povo de Israel ofertou ouro para a construção do Tabernáculo. Parte deste ouro foi usado para fazer o candelabro, e outra parte para fazer vasos e talheres. Assim como o povo de Israel fez de ouro os utensílios usados no Tabernáculo, Deus deu a verdadeira fé para que você e para mim que agora cremos no evangelho da água e do Espírito. Ele refinou nosso coração a fim de que não faltasse nada para que fôssemos Seus servos. E já que estamos sendo treinados agora com a Palavra de Deus, estamos sendo moldados como pessoas de fé, como obreiros de Deus.
Deus quer nos moldar como obreiros dignos de ser usados no Seu Reino. Assim, nós vemos que Deus permite que várias situações adversas aconteçam com Seu povo. E através dessas situações diferentes, Deus está refinando a você e a mim até que sejamos moldados como instrumentos ideais para Ele usar.
Quando um escultor faz uma estátua, ele a esculpe usando uma faca ou uma talhadeira. Às vezes ele junta algumas partes, e através desse processo todo ele molda o que quer. De mesmo modo, Deus também nos molda à Sua maneira para sermos santos. A fim de que nos tornemos instrumentos úteis, Ele nos prepara de várias formas. Deus coloca os que não conseguem negar a si mesmos em situações onde eles são obrigados a fazer isso, e assim os prepara ainda mais para usá-los. Já que Deus nos deu Sua Palavra, Ele nos mostra como segui-la pela fé. Ele está nos treinando para que cada um de nós se torne adequado.
Todos nós temos que deixar nossos pensamentos carnais perante Deus e crer na Sua Palavra. Nós queremos preservar as coisas velhas por causa dos nossos pensamentos, mas Deus quer mudar nossos pensamentos carnais. É por isso que Ele permite que passemos por várias situações diferentes, anulando assim nossos pensamentos errados e nos mostrando como crer e seguir a Palavra de Deus. Deus não quer usar o seu velho homem, Ele quer fazer de você um vaso à Sua maneira e te renovar.
Em outras palavras, nossos pensamentos são diferentes dos pensamentos de Deus. Tudo que há nos nossos pensamentos carnais é tudo que vivemos até hoje. Nós tentamos nos achegar a Deus com nossos pensamentos carnais. Você tenta proteger a si mesmo instintivamente ao invés de buscar a Deus para que seu verdadeiro eu seja transformado pela fé. Mas não é isso que Deus quer de nós.
Deus disse: “Ajuntem-se as águas que estão debaixo dos céus num só lugar, e apareça a porção seca”. Deus plantou sementes nessa terra seca e Ele quer que elas brotem, cresçam e dê realmente os frutos do Espírito que Ele deseja. Deus quer que nossa natureza maligna seja totalmente exposta como ela é, Ele quer que vejamos nossa maldade, creiamos na graça que Ele concedeu a pessoas como nós e vivamos para a justiça.
É assim que Deus quer nos renovar com Sua Palavra. Na passagem bíblica deste capítulo, o fato de Deus ter criado as estrelas significa que Ele quer fazer de nós, crentes no evangelho da água e do Espírito, Seus servos e usar-nos como Seus instrumentos. É por isso que você tem que ouvir com toda atenção o que Deus está dizendo e obedecê-Lo pela fé, não importa o que você esteja passando. Isso porque em todas as situações Deus nos molda como Seus servos. O Senhor disse: “Reconhece-o em todos os teus caminhos, e ele endireitará as tuas veredas” (Provérbios 3:6).
 
 

A Vontade de Deus é Revelada na Sua Palavra

 
Não importa o tipo de situação que Deus nos faça passar, no fim isso é um processo pelo qual Ele está nos preparando segundo a Sua vontade para nos tornarmos vasos de honra. Por isso, a coisa mais sábia que você e eu temos a fazer é obedecer à Palavra de Deus com fé sempre que pudermos. Por causa da nossa natureza, você e eu tendemos a não gostar quando nossa carne é ferida e somos renovados pela fé. Porém, quando Deus exige paciência de nós e espera que neguemos a nós mesmos, temos que obedecê-Lo pela fé. Ao fazer isso, o desejo de Deus é consertar nossas falhas com a Palavra, acabar com a justiça da nossa carne, e nos moldar para sermos aqueles que podem fazer Sua obra pela fé. Mas para que isso aconteça, nós temos que confessar logo: “Deus, eu sou mal e imperfeito”, e crer na Palavra de Deus que concede Sua graça a pessoas como nós, a fim de que nos tornemos pessoas de fé.
Deus nos molda incessantemente até que Sua vontade seja cumprida. Se houver impureza carnal em nosso coração, Ele a remove e acaba com nossa justiça humana. Quando Deus acaba com nossa justiça humana, nós tendemos a pensar assim: “A minha vida acabou agora”. Entretanto, uma vez desfeita nossa justiça carnal, Deus nos dá uma fé poderosa para que possamos viver confiando na Sua justiça. Esta é a fé poderosa que está baseada na Palavra de Deus.
É muito difícil levarmos uma vida de fé com nossa própria justiça. Mas, uma vez desfeita nossa justiça carnal, nós vemos que é pela justiça de Deus que vivemos. No final, somos feitos conforme a vontade de Deus e usados por Ele como Seus instrumentos. É uma bênção sermos moldados por Deus. Deus faz com que seja impossível vivermos sem fé na Sua justiça: aqueles que fingem ser nobres como taças de cristal, Deus quebra sua nobreza, e aqueles cuja vontade é obstinada e dura como uma rocha, Ele a amolece até acabar com sua teimosia. Do mesmo modo, Deus tira a água deste mundo daqueles que estão presos a ele, apesar de crerem na Palavra de Deus.
Às vezes Deus até envia alguém que não suporta o calor como missionário na África. Nós temos que estar preparados para fazer a obra de Deus onde quer que estejamos, seja em um lugar quente ou frio. O apóstolo Paulo confessou: “Sei passar necessidade, e também sei ter abundância. Em toda maneira, e em todas as coisas aprendi tanto a ter fartura, como a ter fome, tanto a ter abundância, como a padecer necessidade” (Filipenses 4:12). Nós podemos ver com isso como Paulo foi preparado por Deus para ser Seu servo.
O que todos nós temos que nos lembrar é que, por mais que passemos por alguma dificuldade, temos que crer na Palavra de Deus é obedecê-la. Se quisermos levar uma vida espiritual de fé correta perante Deus, nós temos que aceitar Sua Palavra em nosso coração. Se não aceitarmos a Palavra de Deus em nosso coração e, por outro lado, tentarmos viver com nossa própria sabedoria e justiça carnais, Deus acabará nos abatendo. Deus não quer que tenhamos nada de nós mesmos em nosso coração, mas que aceitemos apenas Sua Palavra dentro dele. Ele quer que nos tornemos obreiros que O servem com o coração cheio somente da Sua Palavra. É por isso que até hoje o Senhor está nos moldando à Sua maneira. Portanto, nós não temos que ter medo de a nossa justiça carnal ser desfeita.
Nossa justiça carnal tem que ser desfeita por Deus para que possamos fazer a obra de Deus segundo a Sua vontade. Nós não devemos insistir na nossa teimosia carnal perante Deus. Ao contrário, temos que crer na Palavra de Deus, encher o nosso coração com a Sua Verdade, e nos tornar trabalhadores em que Deus confia e que pregam Seu evangelho em toda a terra. Mas para fazermos isso, temos que aceitar de coração a Palavra de Deus pela fé. Nosso coração não será transformado a não ser que aceitemos a Palavra de Deus. A transformação espiritual só é possível quando aceitamos a Palavra de Deus de coração e nos apegamos a ela. Só quando nos tornarmos pessoas de fé é que Deus nos usará livremente e confiará a nós a Sua obra.
Desde que eu comecei a viver pela fé até hoje e a seguir o Senhor o tempo todo, eu muitas vezes fiquei maravilhado do que Deus fez comigo. Eu sei muito bem o quanto Deus me conhece e como Ele me treinou de modo adequado. Deus sabe tudo do meu coração, e por entender tudo isso que Ele me guia. Eu também tive muitas experiências onde Deus me repreendeu e apontou minhas falhas sempre que meu coração errava.
Meus amados irmãos, Deus está nos moldando como Seus servos. Podemos fazer alguma objeção quando Deus quer fazer de nós Seu povo e Seus servos? Devemos ficar chateados com Ele por causa disso? Claro que não! Entre os nossos alunos na escola de missões, nós temos alguns casais também. E apesar de marido e mulher serem um só coração e uma só carne, Deus os molda separadamente.
Você tem que entender que as pessoas vêm para a escola de missões para serem renovadas por Deus. Para falar a Verdade, os obreiros de Deus trabalham duro para fazer Sua obra. Nós trabalhamos o tempo todo, dia e noite. Nós sempre pensamos no que vamos fazer no outro dia e nosso objetivo final é fazer a vontade de Deus quando planejamos algo em detalhes na nossa mente. Devido a isso, como nós precisamos de obreiros! Nós estamos aqui para nos tornarmos vasos que serão usados de acordo com a vontade do Senhor. É por isso que queremos ser usados na obra de Deus e edificar Seu Reino.
Antes de se tornar um servo de Deus, você primeiro deve crer na Palavra e se apegar a ela, crendo que seu velho homem já morreu. Para que Deus faça de nós Seus obreiros, temos que ter fé na Sua Palavra acima de tudo. Nós temos que nos apegar à Palavra de Deus, crer nela e desejar sermos o tipo de obreiros ideais para Deus usar. Só quando nos entregarmos por vontade própria para que Deus nos torne pessoas de fé é que o Senhor e nós estaremos satisfeitos. Já que o Senhor nos prepara para nos usar, temos que ser moldados aos poucos, ou, caso contrário, isso levará mais tempo e Ele ficará insatisfeito. Já que de todo modo somos moldados segundo a vontade do Senhor, devemos obedecê-Lo então.
Se um ourives bater numa barra de ouro com uma marreta e ela tentar fugir gritando: “Ai! Isso dói!”, o ourives com certeza não vai gostar. Se a barra de ouro se recusar a ser moldada toda vez que o ourives bater nela para deixá-la com o formato que ele quer, ele não terá outra escolha senão bater nela com muito mais força até ela ficar como ele quer. Já que esta barra de ouro tem que ser moldada pelo ouvires, como ela pode fugir só porque está doendo? Se uma barra de ouro não serve para ser usada pelo seu mestre, ela não servirá para nada então.
Então, quando nosso Mestre nos molda, mesmo que isso seja doloroso, temos que suportar a dor e continuar seguindo o Senhor, procurando entender mais profundamente Sua vontade. Quando nós meditamos assim perante Deus: “Por que eu estou sofrendo tanto, tendo tantos problemas e tristezas?”, podemos entender que isso faz parte da preparação do Senhor, e assim podemos suportar todas as dificuldades. Os irmãos que estão sendo treinados na escola de missões agora são diferentes dos crentes comuns.
Os líderes da Igreja podem aprovar um obreiro por ele ter feito uma simples obra. Mas por estes não serem obreiros de Deus ainda é que nós elogiamos cada coisa simples feita por eles. Contudo, você que já foi treinado como obreiro de Deus não deve esperar que mandemos você fazer algo. Existe algum benefício em termos nos tornado obreiros de Deus? Não, não existe benefício algum. Os santos são apenas santos nessa terra, não estrelas do céu. As estrelas brilham lá em cima dia e noite.
Já que Deus criou as estrelas do céu, agora sabemos que devemos ser renovados por Deus e nos tornar Seus obreiros. Você e eu agora somos como as estrelas do céu. Deus ensina a ter fé na Sua Palavra àqueles que ainda não a tem. Assim, Deus torna o pobre rico e o rico pobre. É isso que nosso Deus faz. Isso porque vai ser difícil usar tanto o pobre quanto o rico se eles continuarem da mesma maneira. É por isso que Deus nos molda da maneira que Ele quer nos usar. Já que é difícil para o pobre pregar o evangelho para o rico, e já que o rico é muito soberbo para que Deus o use livremente, Deus molda os dois para que ambos preguem o evangelho.
Deus está moldando você e a mim dessa maneira com Sua poderosa Palavra. Nós podemos até não saber disso, mas Deus está moldando todos nós. Entretanto, se você olhar para trás e ver o quanto você mudou desde que recebeu a remissão de seus pecados, você vai reconhecer que Deus de fato te transformou de várias maneiras.
Deus está constantemente nos moldando para sermos Seus obreiros. Você está insatisfeito com isso e fica reclamando de Deus assim: “Eu não entendo por que Deus está fazendo isso comigo contra a minha vontade. Ele então não me conhece tão bem assim!” Estes nada mais do que seus pensamentos carnais.
Deus não é Alguém que não nos conhece. Pelo contrário, Ele é o Deus onisciente; Ele sabe tudo sobre nós. A Bíblia diz que até nossos fios de cabelos estão contados (Mateus 10:30). Este Deus Onisciente está nos refinando para nos moldar como Seus obreiros.
Você está passando por dificuldades agora e sofrendo? Se estiver, creia então que isso faz parte do processo pelo qual Deus está fazendo de você um obreiro Dele conforme a Sua vontade. Deus está refinando você constantemente agora para acabar fazendo de você um obreiro Dele no final. Os vasos feitos pelo Senhor serão usados de várias maneiras justamente como Ele os preparou. O Senhor nos ensina a lidar tanto com a pobreza quanto com a riqueza. Se nós não soubermos como lidar com a riqueza, nossa fé acabará assim que ficarmos ricos. É por isso que temos que saber como lidar com a abundância também. Nós temos que ser do tipo de pessoas que não vai para o mundo depois de receber bênçãos materiais e prosperar por fazer a obra do Senhor. Por outro lado, aqueles que não abrem mão da sua teimosia e continuam sendo obstinados sofrerão por muito tempo.
Todo mundo pensa que é o único que está passando por dificuldades porque está servindo ao Senhor, mas, na verdade, todos estão enfrentando as mesmas dificuldades. Você e eu também temos passados por lutas quando fazemos a obra de Deus. De imediato, pensamos que algumas pessoas têm muita sorte por servir ao Senhor e viver bem, mas quando olhamos mais atentamente, todos eles estão lutando da mesma forma. Nossos pastores não falam nada, mas quando olhamos para eles assim, podemos ver que eles estão com certas dificuldades e sofrendo muito também. Mas em tudo isso Deus está moldando Seus servos para um determinado propósito.
Vocês agora estão sendo treinados na escola de missões, mas os que pensaram muito por si mesmos terão dificuldade de se tornar obreiros de Deus. Enquanto estiverem freqüentando essa escola de missões, vocês têm que crer na Palavra de Deus pregada pelos Seus servos e aceitá-la de todo coração, pois só assim vocês poderão enfrentar as dificuldades e ser treinados da maneira correta. Nós só poderemos suportar tudo isso e fazer a obra de Deus se tivermos fé na Palavra.
Nós não devemos fazer a obra de Deus sem antes aceitar Sua Palavra no nosso coração, confiando na força e no poder da nossa própria carne ou no conhecimento e nas experiências que tivemos antes de nascer de novo. Se nós tentarmos seguir o Senhor com nossa força e pensamentos carnais, nós jamais poderemos segui-Lo até o fim então. Apenas quando seguimos o Senhor sempre debaixo da graça de Deus é que nós podemos fazer Sua obra até o fim.
Às vezes os servos de Deus podem ser até muito duros com você. Muito tempo atrás, eu pedi a minha igreja para fazer uns ajustes no templo, que tinha 230 m2, para que colocássemos um sistema de aquecimento. Eu sabia muito bem que os irmãos da minha igreja não eram peritos nisso, mas mesmo assim eu pedi a eles que fizessem o trabalho. Quando eu pedi a eles para comprar cimento bem cedo pela manhã, eles ficaram pensando onde poderiam encontrar um lugar para fazer isso aquela hora. Eu disse a eles então para se virarem e comprarem o cimento, mesmo que eles tivessem que bater na porta da loja de material de construção.
Quando eu olhei para o coração destes santos, eu pude ver que eles tinham trabalhado incansavelmente e sem dar lugar à sua mente carnal. Eu precisava anular seus pensamentos. Uma vez eu até disse a eles para tirar o sistema de aquecimento que eles tinham colocado e trocar por um novo. Depois que o culto matinal de domingo acabou um dia, eu os reuni e pedi a eles que mudassem o chão da igreja de novo. À tarde então, depois que o culto acabou, eles começaram a construir tudo de novo. Alguns deles vieram até mim e reclamaram dizendo: “Por que o senhor quer tirar o piso? Ele está tão bem colocado. O senhor deveria ter dito isso antes. Como é que o senhor pode fazer isso agora, ainda mais depois de nos esforçamos tanto?”
Independe da posição que alguém ocupa neste mundo, se grande ou pequena, seus pensamentos têm que ser rejeitados diante de Deus para que ele seja usado como Seu obreiro. E já que eu treinei a igreja assim por um ano, a partir de agora todos eles vão me obedecer na hora que eu falar. Todos eles foram muito bem treinados. De agora em diante, o que quer que eu peça a eles para fazer, eles vão obedecer sem reclamar. Depois disso, o que eu pedia a eles era bem mais razoável.
Meus pastores se reúnem para jogar futebol de vez quando. Quando um deles vai driblar alguém, às vezes a bola sai do campo. Um time diz que a bola saiu, mas o outro insiste que ela não saiu. Aí é a maior confusão e o jogo tem que parar por algum tempo. Por isso, se alguém não quebrantar seu coração e não negar a si mesmo, Deus não poderá confiar Sua obra a ele então. Nós jamais poderemos fazer a obra de Deus se nosso “eu” estiver na frente de Deus.
Os santos da Igreja de Deus ainda conservam o seu próprio “eu”? Não. Deus prepara tanto os membros comuns quando Seus obreiros. E já que Ele os guia, se algum deles desobedecer à Sua vontade Ele o prepara ainda mais. É assim que Deus nos molda, nos fazendo passar por várias situações na igreja. Quando cumprimos pela fé o que nos foi confiado, Deus nos dá uma tarefa ainda maior.
Deus não quer confiar apenas uma tarefa na Sua obra para uma só pessoa. Quando fazemos bem a obra de Deus e pela fé, Ele confia a nós outras tarefas. Nenhum de nós pode agradar o Senhor com nossa força ou nosso poder carnal. É somente pelo poder espiritual dado por Deus, e pelo poder da nossa fé na Sua Palavra que podemos servi-Lo. Esta é a fé na Verdade.
Geralmente, quando um casal passa por momentos difíceis, a esposa começa a reclamar do marido e ele fica chateado com ela. O marido culpa a esposa por seus problemas, e ela o culpa por seus problemas também. É assim que muitos casais agem. A esposa então pensa assim: “Eu tenho certeza que é por causa do meu marido que estou com tantos problemas, pois ele não me respeita”. O marido, por outro lado, pensa assim: “Eu estou passando tudo isso por causa da minha esposa”. Muitos casais com certeza pensam assim desde o começo.
Todavia, conforme o tempo passa, eles entendem que o problema que estão passando não é culpa de um nem de outro, mas dos dois juntos. No começo, as pessoas costumam culpar aquele que está mais próximo a elas. Você também não é assim? Mas ao invés de reclamar e culpar nosso cônjuge assim: “Eu estou passando por tudo isso por sua causa”, eu aconselho vocês a crer que tudo isso é parte do processo pelo qual Deus está nos moldando.
Quando Deus nos molda como Seus obreiros, Ele nos usa como os instrumentos certos no lugar certo. Se você fizer algo com fidelidade, Deus te usará em outra tarefa; é dessa maneira que Deus quer prepará-lo para fazer todas as coisas. Deus quer que você reine em todo o Jardim do Éden. Como é que você se sentiria se fosse enviado para onde não quisesse ir? “Por que Deus me enviou aqui? Por que eu tenho que estar aqui, já que outros que são menos preparados do que eu estão lá?” Você não pensaria assim e diria que Deus é injusto?
Mas Deus sempre trabalha da maneira correta. Você foi enviado para onde você está agora porque era isso que você precisava. Só porque algo não saiu como você queria ou suas expectativas foram frustradas, isso não significa que a situação seja tão ruim. O meu conselho é que todos vocês entendam que Deus permite que certas dificuldades aconteçam para que Ele possa nos usar como Seus obreiros. Podemos ver que é assim que Deus prepara os membros comuns.
Deus criou as estrelas. E Deus fez dos Seus servos pessoas de fé. Foi com esse propósito que Ele criou as estrelas do céu. Os que não têm fé na solução de seus problemas financeiros, Deus os encoraja a resolvê-los tendo fé Nele. Do mesmo modo, aqueles que não têm fé para fundar uma igreja ou pregar o evangelho às almas, Deus lhes diz para cumprir essa tarefa pela fé confiando Nele. Todos são assim mesmo. Deus nos treina para que todos os nossos problemas sejam resolvidos quando oramos. Ele nos molda para que venhamos a ser um povo de fé, instrumentos úteis e servos abençoados. Nós não podemos nos preparar sozinhos para sermos servos de Deus. É Deus quem nos molda. Até agora Ele está moldando a todos nós e nos usando como Seus instrumentos. Deus está nos tornando Seus obreiros.
Eu creio que Deus está moldando nossos ministros, assim como nossos irmãos e obreiros. Quando estamos muito fracos, Ele nos faz encontrar descanso, e quando estamos muito fortes, Ele nos quebranta. É assim que Deus trabalha com Seu poder. Nós podemos até não perceber isso o tempo todo, mas agora sabemos que fomos criados por Deus. E depois que passamos por este processo é que nós percebemos que Deus nos moldou. E agora também podemos ver como é mais fácil fazer a obra, já que fomos moldados por Deus. Se temos pouca fé em Deus, Ele cuida disso e nos mostra como ter fé.
Somente quando nós somos treinados de modo adequado enquanto estamos na escola de missões é que podemos nos adaptar para continuarmos servindo ao Senhor no futuro. E se houver pastores que ainda não foram treinados na fé, Deus fará isso com eles. É por isso que eu já fui treinado antes, e até hoje eu continuo sendo treinado. Se você ainda está passando por dificuldades, eu te aconselho a crer que isso está acontecendo porque você precisa ser treinado assim. Apesar de ser difícil fazer a obra de Deus, todos nós temos que passar por este processo. Mesmo em lutas nós temos que aceitar a Palavra de Deus e cumprir nossa tarefa pela fé. É por isso que nós estamos sendo treinados na escola de missões agora.
Nós também tivemos muitas dificuldades quando abrimos esta escola de missões em 1991. Nós tínhamos até que orar pelo pão de cada dia. Quando a igreja ofertava, nós comíamos naquele dia, mas quando não havia oferta, nós não comíamos. E já que aqueles eram tempos difíceis, quando alguém da igreja nos convidava para jantar, eu e meus alunos comíamos demais então. Nós comíamos o quanto conseguíamos, porque se não nos enchêssemos naquela hora nós nos arrependeríamos depois quando a fome voltasse. Mas agora nós nos disciplinamos tanto em relação a nossos hábitos alimentares que não cedemos mais a glutonaria.
A melhor época para ser treinado espiritualmente é quando nós plantamos uma nova Igreja de Deus. Quando nós tentamos implementar fielmente o que a Igreja de Deus confiou a nós é que mais precisamos de fé. Todos vocês sabem que uma nova igreja é um grande desafio financeiro, não sabem? Até para se colocar uma janela no berçário é preciso dinheiro, é tudo que temos a fazer então é orar e pedir ajuda a Deus. Então, quando temos algum dinheiro, nós colocamos uma janela de cada vez. Palavras não podem expressar todas as dificuldades que nós já passamos servindo ao Senhor.
Eu passei por muitas lutas quando eu comecei a pastorear minha igreja. No entanto, através dessas dificuldades Deus me fez Seu obreiro. Ele me mostrou como servir ao evangelho da água e do Espírito e como fazer a obra deste evangelho. Quem imaginava que viríamos a fazer a obra de Deus deste jeito?
Eu comecei a pastorear como um servo de Deus e pregava este evangelho da água e do Espírito. Contudo, os pastores que trabalhavam comigo naquela época tinha uma fé diferente da minha. Quando eles ouviam o que eu dizia quando pregava o evangelho às pessoas, eles diziam: “Olhem! Ele é diferente de nós, não é?” Inúmeros pastores neste mundo não conhecem o evangelho da água e do Espírito e não crêem nele. O pastorado deles, em outras palavras, não tem nada a ver com o evangelho da água e do Espírito de Deus.
Todavia, eu estava totalmente determinado a ganhar almas e pregar o evangelho da água e do Espírito. Quando eu brigava com minha esposa e ficava chateado, eu pegava minha Bíblia e saía para pregar o evangelho da água e do Espírito.
É impossível um casal nunca discutir. É natural que eles se desentendam quando os tempos são difíceis. A mesma coisa acontecia comigo. Quando eu discutia com minha esposa, eu costumava ir a um hospital e pregava o evangelho da água e do Espírito para os pacientes. E sempre que uma alma recebia a remissão dos seus pecados depois de ouvir o evangelho da água e do Espírito, eu ficava orgulhoso. Então, depois de pregar o evangelho da água e do Espírito, eu voltava para casa cheio do Espírito. Aí eu conversava com a minha esposa sobre o que havia acontecido. E quando eu contava as bênçãos de Deus para ela, nós nos sentíamos gratificados, esquecíamos da briga que havíamos tido e nos reconciliávamos na mesma hora. Nós então orávamos juntos por aquela alma.
Não que eu não entenda como é difícil servir ao evangelho. Ao contrário, por este evangelho ser tão valioso e por ele ser a obra que salva as almas é que eu estou fazendo essa obra após ter sido obediente e aceitado a Palavra de Deus. Por mais que seja duro e difícil, nós fazemos a obra com alegria, o tempo todo reconhecendo nossas fraquezas. Por mais que seja difícil, nós ainda estamos fazendo a obra do Senhor porque cremos que ela é muito valiosa.
Os servos de Deus podem até parecer insensíveis aos olhos humanos. As pessoas que me conheciam antes dizem que eu mudei, pois eu costumava ser mais compassivo. Eu não tinha como deixar de dar atenção aos pobres e necessitados, e fazia tudo que eu podia para cuidar deles. Eu costumava viver assim antes, tentando cuidar de todo mundo. Mas agora eu não posso mais fazer isso. Por quê? Porque eu descobri que salvar a alma das pessoas é muito mais importante do que cuidar das suas necessidades materiais. Por essa obra de salvar almas ser tão valiosa, eu estou disposto a fazer tudo que eu puder para pregar o evangelho da água e do Espírito.
Nosso Deus nos chamou como Seus obreiros. Eu sou grato por Ele ter nos chamado como Seus obreiros. Nós passamos por lutas e dificuldades quando pregamos o evangelho da água e do Espírito certas horas, mas ainda assim é uma bênção nós vivermos como obreiros de Deus.
Se você está enfrentando lutas por estar seguindo o Senhor, eu te aconselho a aceitar a Palavra de Deus muito mais ainda. Em tempos difíceis, é esta Palavra que Deus nos deu que nos capacita a vencer as lutas. A fé nasce em nosso coração quando aceitamos a Palavra de Deus. E, assim, Deus nos capacita para vencermos as dificuldades. Para nós, a Palavra de Deus é nossa própria vida. Nós viveremos enquanto tivemos a Palavra de Deus, mas sem ela morreremos.
Aleluia! Deus é a nossa força e o nosso Pastor. Deus nos moldou como Seus obreiros.