उपदेश

Assunto 13: O Evangelho Segundo MATEUS

[Capítulo 21-7] Pastores Filósofos se Opõem ao Evangelho de Jesus (Mateus 21:44)

Pastores Filósofos se Opõem ao Evangelho de Jesus
(Mateus 21:44)
“Aquele que cair sobre esta pedra se despedaçará, mas aquele sobre quem ela cair será reduzido a pó.”
 
 
Na passagem bíblica de hoje, o Senhor diz: “Aquele que cair sobre esta pedra se despedaçará”. Esse texto significa que Deus irá julgar aqueles que O desafiarem. Hoje eu gostaria de falar sobre aqueles que se opõem a Deus com seu próprio pensamento, especialmente com seus próprios pensamentos filosóficos. Tanto no passado quanto nos dias atuais, há muitas pessoas que se opõem a Deus, mas o que realmente se opõe a Deus é o pensamento humano.
Como as pessoas se opõem a Deus? É o pensamento filosófico o que mais se opõe a Deus. É o próprio pensamento humano que se opõe a Deus. É verdade que até os cristãos podem se opor a Deus? Sim, é verdade. Os cristãos também se opõem a Deus quando seus pensamentos prevalecem sobre a Palavra de Deus.
 
 

Os Pastores Atuais Que se Opõem ao Verdadeiro Evangelho com Seu Próprio Pensamento

 
Em Mateus 21:23, está escrito: “Tendo Jesus entrado no templo, estando já ensinando, acercaram-se dele os principais sacerdotes e os anciãos do povo, e perguntaram: Com que autoridade fazes estas coisas? E quem te deu tal autoridade?” Esses líderes do judaísmo que estavam presos ao Antigo Testamento e que tinham fé em Deus com reverência, tentavam encontrar alguma falha nas palavras de Jesus e disseram: “Sob que autoridade Você está pregando essas coisas?” Jesus respondeu: “Vou lhes perguntar algo. O batismo de João era dos Céus ou do homem? Se vocês me responderem isso, Eu lhes direi sob que autoridade Eu faço essas coisas”.
Jesus Cristo explicou a eles com a parábola: “Um pai disse aos seus filhos: ‘Vão e trabalhem na minha vinha’. O segundo filho disse que não iria, mas o primeiro filho respondeu dizendo que sim. Contudo, o primeiro filho não foi trabalhar enquanto o segundo voltou logo após ter saído. Qual dos dois filhos estava certo?” Após contar-lhes essa parábola, Jesus disse a eles: “Qual dos dois fez a vontade do pai? Responderam-lhe: O primeiro. Disse-lhes Jesus: Em verdade vos digo que os cobradores de impostos e as meretrizes entram adiante de vós no reino de Deus. Pois João veio a vós a fim de vos mostrar o caminho da justiça, e não crestes nele, mas os cobradores de impostos e as meretrizes creram. Vós, porém, mesmo vendo isto não vos arrependestes para crerdes nele” (Mateus 21:31-32).
Jesus primeiro deu o evangelho do Seu batismo e Espírito, àqueles que criam nas palavras do Antigo Testamento. Contudo, o principal dos sumo sacerdotes e anciãos não criam no evangelho da água e do Espírito. Ao invés disso, eles desafiaram a Jesus. Eles não creram no batismo de João Batista. Mesmo João tendo vindo no caminho da justiça, que é o caminho que faria as pessoas justas, eles não mudaram suas mentes e não creram mesmo nele.
Jesus Cristo disse-lhes a Palavra da Verdade mais uma vez com a parábola da vinha: “Um certo homem plantou uma vinha, colocou uma cerca em volta dela, e terminou de fazer o lagar para as uvas serem amassadas. Então, ele a arrendou a uns lavradores e foi embora. Quando ele enviou seus servos e seu filho para receberem o seu salário, os lavradores bateram e mataram os servos e até mesmo o filho do dono. Então, quando o dono da vinha retornar, o que ele fará a esses lavradores? Ele não arrendará a sua vinha a outros lavradores que lhe pagarão os frutos dela?”
Isso significa que o Senhor quer pessoas que realmente creiam e sigam a Sua Palavra. Deus concedeu Sua Palavra a toda a terra, e pediu àqueles que criam nela para se tornarem os frutos da salvação pela fé. Deus não quer que produzamos frutos de nossas próprias ações. O Senhor disse: “Disse-lhes Jesus: Nunca lestes nas Escrituras: A pedra que os edificadores rejeitaram, essa se tornou a pedra angular; o Senhor fez isto, e é maravilhoso aos nossos olhos? Portanto, eu vos digo que o reino de Deus vos será tirado, e será entregue a um povo que produza os seus frutos” (Mateus 21:42-43).
A pessoa que se opõe ao evangelho com seu próprio pensamento filosófico é um oponente de Jesus. Mas estranhamente as pessoas que dizem crer e seguem a Jesus Cristo, são aquelas que mais O desafiam e se opõem a Ele. Como eles se opõem ao Senhor Jesus? Eles se opõem a Ele, dizendo: “Jesus levou somente o nosso pecado original, não todos eles. No entanto, o pecado ainda permanece nesse mundo. Sendo assim, nós receberemos a remissão de nossos pecados pessoais, somente se fizermos orações de arrependimento todos os dias”. Se olharmos os muitos cristãos que se opõem a Deus, veremos que todos eles se opõem a Jesus com seus pensamentos carnais. Eles dizem: “Como você pode dizer que está sem pecado? Há pecado no coração do homem mesmo após ele crer em Jesus”.
Todavia, a Verdade nos diz o contrário. A verdade é que Jesus apagou todos os pecados da humanidade com Seu batismo e Seu sangue derramado na cruz. Sendo esse o caso, nós devemos reconhecer que o pensamento filosófico do ser humano é um pecado. Ele se opõe ao evangelho da verdade feito por Jesus, no qual a pessoa nasce de novo da água e do Espírito, e devemos voltar para ele imediatamente. Mesmo no tempo de Jesus, o principal dos sumo sacerdotes do judaísmo e os anciãos que diziam crer em Deus, se opunham a Jesus. Hoje em dia, não há ninguém que se compare àqueles líderes cristãos que eram religiosos fervorosos e tinham uma fé filosófica. Eles tentavam viver uma vida santa e devotada. Mas eram justamente eles que se opunham a Jesus.
Em muitas ocasiões, as pessoas tentavam se opor a Jesus com seu próprio pensamento filosófico. A bíblia fala a verdade, mas o ser humano tenta compreendê-la segundo seu próprio pensamento, e de acordo com seus próprios padrões. Por isso é que aqueles que tentam usar o pensamento filosófico, dizem: “As pessoas cometem pecado todos os dias com suas ações, então como elas podem dizer que são justas somente porque crêem em Jesus?” Eles dizem que sua maneira de pensar é que está certa. O pensamento filosófico é justamente o que os impede de crer em Jesus. O fato é que isso se torna um pecado que se opõe diretamente ao evangelho da água e do Espírito dado pelo Senhor.
Agora você pode entender um pouco mais como alguém pode se opor a Jesus inconscientemente. Primeira coisa, você deve saber logo que é o próprio pensamento do homem que se opõe ao evangelho. Devemos saber muito bem como o pensamento humano é mau e como ele é diferente da verdade de Deus. O pensamento humano segue os desejos carnais da pessoa, por isso ele nunca pode seguir a verdade da Palavra de Deus. Você sabe porque as pessoas não conseguem crer na Palavra da Verdade falada por Jesus Cristo? E não somente isso, mas você sabe que embora eles creiam em Jesus, ainda são pecadores? Isso acontece justamente por causa do pensamento humano. É somente o pensamento que os impede de crer na salvação da redenção que é a Verdade de Deus.
Se nós ouvirmos os pecadores que não nasceram de novo, eles dizem que Deus os chama de justos porque eles crêem em Jesus. Mas dizem que ainda são pecadores com pecado em seu coração. Eles percebem que o ser humano é necessitado, fraco e cheio de transgressões, quando pensam de si mesmos com seus próprios pensamentos. Eles cometem pecados tão freqüentemente, que questionam como podem dizer que são justos diante de Deus e das pessoas assim. Sob a perspectiva humana, isso pode parecer correto, mas na verdade, isso é completamente oposto à verdade. Mas se alguém não conhece o evangelho da verdade, ele pode muito facilmente dizer isso. Da mesma forma, podemos ver pessoas que dizem crer em Jesus se opondo constantemente a Deus com seus pensamentos filosóficos. Enquanto ficam com seus pensamentos filosóficos, eles dizem: “Mesmo eu crendo em Jesus eu sou um pecador, então como eu posso ser uma pessoa justa?” Muitos confessam: “Eu não passo de um pecador que será imperfeito até morrer”.
Todavia, é certo alguém continuar sendo um pecador apesar de ter fé na salvação do batismo e do sangue de Jesus e do Espírito Santo? Mesmo hoje, eles se opõem duramente ao fato de Jesus ter se tornado o Salvador, e que os pecados humanos desapareceram por causa do batismo que João Batista deu em Jesus ter os levado totalmente. Isso é justamente o que é se opor a Deus com pensamentos filosóficos humanos. Mas a lei de Deus diz claramente que “o salário do pecado é a morte” (Romanos 6:23). Aqueles que dizem que têm pecado vão para o inferno. Essa é a lei da Verdade deixada por Deus.
 
 

Os Falsos Pastores Serão Julgados

 
O principal dos sumo sacerdotes e escribas do tempo de Jesus, eram pessoas que criam fervorosamente em Deus com seu próprio pensamento filosófico, ao invés de crer na Sua Palavra. Eles eram os únicos que se opunham a Jesus com seu próprio pensamento. Então, o que acontece a alguém que se opõe a Deus com seu pensamento? Referindo-se a essas pessoas, Deus disse: “Sua cabeça será despedaçada”. Quando Jesus vê esse tipo de pessoa O desafiando, Ele diz: “É totalmente intolerável. Certamente Eu irei julgá-las”. Queridos irmãos, se nós considerarmos Jesus como uma rocha, então o que é a cabeça humana? É menos que uma abóbora estragada. Se uma rocha e a abóbora colidissem, qual das duas você acha que ganharia? Então, somente aqueles que se opõem ao evangelho da água e do Espírito com seu pensamento filosófico, serão os únicos a saírem machucados; e que proveito teria isso? Por favor, pense sobre isso. Somente a teimosia do homem o levará para o inferno. Você compreende isso?
Você precisa entender o que isso significa. Isso não é sem importância só porque recebemos a salvação. Já foi dito que você tem que se conhecer tão bem quanto ao seu inimigo para vencer uma batalha. A razão para muitas pessoas não aceitarem isso e não receberem a salvação, é que a verdade da salvação não consegue entrar em seu coração porque ainda estão presas ao seu próprio pensamento filosófico, o qual impede que a Palavra seja entendida.
A rejeição ao evangelho é o fruto da tentativa das pessoas em compreendê-lo no mesmo nível de seus próprios pensamentos. O motivo deles se oporem a Deus é que eles tentam entender a salvação de Deus utilizando seu alto Q.I.. Após uma pequena reflexão, eles dizem que algo está correto se se adequar à sua maneira de pensar, e errado, se não se adequar. Mas isso é totalmente o oposto do pensamento de Jesus que observamos na bíblia.
Um ser humano não pode de maneira alguma se tornar uma pessoa justa com sua maneira filosófica de pensar. Contudo, se Deus nos fez justos, a pessoa pode alcançar isto pela fé. Todavia, muitas pessoas se opõem a Deus com seu pensamento filosófico que vem de um cérebro menor que o tamanho de seus dois punhos. Nós que somos justos temos que ensinar essas pessoas. Se alguém se opõe ao Deus Onipotente com sua pequena maneira de pensar, essa pessoa é muito tola. A salvação de Jesus não vem da terra, mas de Deus que está acima dos Céus. Você também precisa compreender o quanto o pensamento filosófico desafia o evangelho. Então você deve deixar que seus familiares e amigos saibam que o pensamento filosófico se opõe ao evangelho da salvação de Jesus.
O principal dos sumo sacerdotes disse cinicamente para Jesus: “Como Você pode ser o Filho de Deus, e se o é, Você é o Salvador?” Eles não criam que Jesus era o Filho de Deus e o Salvador dos pecadores. Mas Jesus disse a eles: “João veio no caminho da justiça”. Jesus testemunhou que João Batista veio no caminho da justiça para fazer dos pecadores justos, mas eles não creram nEle.
Os que se opõem à palavra de Jesus certamente serão despedaçados. É porque eles não conseguem alcançar a Verdade através do pensamento humano. Não importa o quanto a pessoa creia em Jesus, ela nunca se tornará justa com a fé baseada em seu pensamento filosófico. Ao aceitar o evangelho da água e do Espírito pelo qual Jesus nos fez justos, o fiel pode se tornar justo.
Mas fazendo fervorosas orações de arrependimento e vivendo uma vida de cerimoniais religiosos de acordo com o pensamento filosófico, o homem nunca poderá alcançar a salvação e se tornar um filho de Deus, ou seja, uma pessoa justa. Nós precisamos entender que essa vida de fé se opõe a Deus ainda mais. Sua consciência deve ser despertada. Se uma pessoa é pega em seus próprios pensamentos mesmo após ter nascido de novo, ela deve decidir se continua ou não com sua vida de fé. Mas eu espero que você entenda a verdade, sabendo que você jamais irá alcançá-la com seus próprios pensamentos.
Se Jesus nos transformou em justos com Sua verdade da salvação, nós nos tornamos justos pela fé. Se Ele fez isso para que pudéssemos entrar nos Céus que Ele criou, nós só entraremos lá pela fé. E se Ele nos fez filhos de Deus, nós alcançamos isso pela fé também. Se o Senhor nos diz que o ser humano não pode fazer nada para receber a salvação enquanto continuar em Deus segundo seus próprios pensamentos filosóficos, nós devemos crer nisso então.
Há muitas filosofias em seus pensamentos também. Não somos nós somente que somos fracos, se olharmos para os outros, é difícil compreender quantas pessoas há, cujos pensamentos estão intimamente ligados com os pensamentos humanos. Ao invés de procurarem entender o que é a Verdade de Deus, há muitos que se opõem a palavra de Jesus ou ao próprio evangelho com o pensamento humano. São pessoas assim que se opõem a Deus. Mas o que a bíblia diz que acontecerá com os que se opõem a Deus? Eles vão para o inferno. Com a fé acontece o mesmo. A pessoa tem que ser liberta de seus pensamentos filosóficos para que a fé seja correta. Se alguém é dominado por seus próprios pensamentos, a fé não consegue permanecer firme. O pensamento filosófico humano mostra somente a justiça humana, e ele impede que as pessoas sigam ao Senhor.
O que o Senhor disse? Ele disse: “Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me” (Mateus 16:24). O negar a si mesmo declarado aqui significa que a pessoa tem que deixar de lado a sua maneira de pensar. Se alguém possui um jeito próprio de pensar, ele está se opondo ao evangelho. Ao fazer isso, a própria pessoa é quem sai perdendo. Todos os que levam uma vida de fé têm que lançar fora seu próprio pensamento filosófico e seguir ao Senhor, quer nascido de novo ou não.
Jesus diz que se alguém orar, Ele responderá a oração. Ele também diz que se alguém crer nEle, Ele o fará justo ao purificar seus pecados, não importa que pecados tenha, mesmo que esses pecados sejam vermelhos como a escarlate. No entanto, a primeira coisa que devemos fazer é lançar fora todos os nossos pensamentos filosóficos para recebermos a salvação.
 
 

Jogue Fora Seus Pensamentos e Creia na Verdade

 
O que o pensamento filosófico faz ao evangelho? Ele se põe contra o genuíno evangelho da água e do Espírito. O pecado escarlate não se torna branco como a neve com o pensamento humano. Ao invés disso, ele nos faz crer que temos que purificá-los a cada dia após termos crido em Jesus, mesmo que os pecados do passado já tenham sido purificados quando começamos a crer nEle. O Senhor limpou completamente todos os pecados de uma só vez pela água e pelo sangue. Mas o pensamento filosófico nos põe contra Deus dizendo que os pecados humanos nunca desaparecem.
O Senhor disse: “Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos; e torne para o nosso Deus” (Isaías 55:7). Devemos jogar fora os nossos próprios pensamentos. Segui-los só nos levará à destruição. Leia a passagem bíblica na qual o povo de Israel foi destruído quando tentaram servir a Deus com seu pensamento filosófico, e permaneceram com esses pensamentos quando a Palavra já não estava mais com eles. Isso não se aplica somente as pessoas do Antigo Testamento, mas a mim e a você também. Então você e eu devemos jogar fora nossos pensamentos filosóficos. Por isso é que o nosso Senhor disse no evangelho de João, capítulo 3: “Aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus”.
Isso significa que independentemente de quem seja, ninguém pode entrar no Reino de Deus se não for batizado em Jesus e não crer nEle, que veio da água e do Espírito (Romanos 6:3, Gálatas 3:27, I João 5:4-8). Aquele que quiser receber a remissão de pecados deve jogar fora seus próprios pensamentos. Com uma fé filosófica, a pessoa nunca se tornará justa. A fé filosófica faz do justo fiel, um pecador. Contudo, uma pessoa que se tornou justa por crer no evangelho da Verdade, nunca mais será pecadora. Devemos entender que não podemos nos tornar justos com nosso próprio esforço. Se crermos na Palavra da Verdade, nós já nos tornamos justos. Isso é verdade. Se conhecermos a Verdade, nos tornamos justos e se não a conhecermos, nós pertenceremos à multidão de falsos pastores e heréticos.
Como o pensamento filosófico é perigoso. Quando eu converso com as pessoas, eu posso ver que elas estão cheias de pensamentos egoísticos do começo ao fim. Uma vez eu preguei o evangelho a um certo pastor. “Jesus levou todos os nossos pecados pela água e pelo sangue. Ao receber o batismo da redenção através de João Batista, todos os nossos pecados passaram para Jesus, e Ele morreu na cruz para receber o julgamento, e, três dias depois, Ele ressuscitou. Somos justos porque Jesus apagou todos os nossos pecados. Nos tornamos justos por crer nisto”.
Assim, o pastor que estava cheio de seus próprios pensamentos filosóficos, disse: “Se é isso que acontece, então eu acho que não tem problema cometer pecado em todo o tempo. Por isso está tudo bem se cometermos assassinato!” Eu preguei para ele que Jesus levou todos os pecados do mundo pela água e pelo sangue. Quem pregou que não é pecado cometer assassinato? Por isso é que essas pessoas se opõem à verdade, pois tem uma filosofia egoística dentro delas. Ele disse: “Eu acho que não tem problema cometer pecado o tempo todo”, isso porque ele não crê, e não consegue crer por causa de seu próprio pensamento. Pecar ou não pecar é escolha da própria pessoa. É verdade que a pessoa comete pecado o tempo todo só porque ela recebeu a remissão deles?
A palavra grega para “evangelho” é “euaggelion”, ou boas novas. E que temos a “dunamis” de Deus (Romanos 1:16). A palavra grega “dunamis” significa força, poder ou habilidade, da qual provém a palavra “dinamite”. Jesus aperfeiçoou toda a justiça de Deus ao levar todos os nossos pecados quando recebeu o batismo no rio Jordão e recebeu o julgamento por eles morrendo na cruz. Ressuscitou três dias depois, e agora está assentado à direita do trono de Deus.
Esse é o evangelho da água e do Espírito, e se crermos nele, todos os nossos pecados serão apagados, assim como uma explosão por dinamite explodiria um prédio inteiro sem deixar rastro. Esse é o poder do evangelho. Se alguém crer no batismo da redenção de Jesus Cristo e em Seu sangue na cruz, não haverá mais pecado em seu coração. Mas algumas pessoas ainda, pegas em seu próprio pensamento filosófico, se opõem à salvação de Deus, dizendo: “Se o evangelho da água e do Espírito está certo, eu acho que mesmo cometendo assassinato não seria pecado. Então eu acho que não tem problema as pessoas cometerem assassinato”. É assim que funciona o pensamento humano.
Aqui na passagem bíblia está escrito: “Aquele que cair sobre esta pedra terá sua cabeça despedaçada”. Isso significa que o que será quebrado será o pensamento filosófico humano. Jesus apagou todos os pecados desse mundo pelo batismo que recebeu e por Seu sangue na cruz. Mas as pessoas se tornaram inimigas de Jesus com seu próprio pensamento filosófico, dizendo: “Se todos os meus pecados já foram remidos, eu acho que posso pecar livremente”. Quando Deus disse que cometer assassinato após receber a remissão de pecados não constitui em pecado? Mesmo Deus não tendo dito isto, as pessoas cheias de seus próprios pensamentos, são contra isso só para não crerem na verdade. Elas pensam: “Se o evangelho é verdadeiro, então significa que mesmo que eu cometa pecado, isso não vai ser pecado”. Elas têm medo de acreditar que Jesus levou todos os seus pecados. Para elas, o próprio evangelho da água e do Espírito é algo apavorante.
Como o que Jesus nos deu não é algo mau, nós devemos aceitar o evangelho da água e do Espírito que Ele pela fé. Tudo de bom vem do Alto. Contudo, se confiarmos em nossos pensamentos egoístas, não poderemos aceitar o verdadeiro evangelho pela fé, e começaremos a nos preocupar. Dizemos: “Os pecados não deveriam ter sido levados de uma só vez, pois se é este o caso, nós pecaremos ocasionalmente. O que faremos? Se isso realmente acontece, eu acho que alguma coisa ruim acontecerá. Além disso, não haverá mais a necessidade de adorar e fazer oração de arrependimento”. Por isso é que muitos cristãos não conseguem aceitar o evangelho, por estarem muito envolvidos em seu próprio pensamento filosófico.
 
 
O Próprio Pensamento Filosófico é Mau Diante de Deus
 
Se as pessoas não se libertarem de seus próprios pensamentos, elas vão se voltar contra Deus. Elas rejeitam o evangelho da verdade porque pensam que levarão uma vida totalmente dissoluta, ao invés de ter fé em Jesus. E não haveria nada do que se arrepender após receber de uma vez por todas a remissão de pecados. É por isso que a maioria dos cristãos não aceita o evangelho da água e do Espírito. E é por isso que eles se opõem a Deus com seu pensamento filosófico. As pessoas não conseguem aceitar a obra do evangelho porque a filosofia humana coloca os seus pensamentos na frente dos de Deus, e as afasta da Sua Verdade. Elas pensam que sua virtude e bondade são bem melhores que as de Deus.
No livro de Romanos, capítulo 8 versículo 7, está escrito: “A inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem em verdade o pode ser”. O pensamento humano faz com que as pessoas se tornem inimigas de Deus. Agora mesmo, muito dizem: “Você diz que Jesus levou todos os pecados? Oh, como Ele poderia tê-los levado! Ele levou somente o pecado original. Quanto aos pecados pessoais, as pessoas têm que se arrepender a cada dia”. É assim que funciona o pensamento humano. As pessoas com seu pensamento humano tendem a crer que a vida se tornaria uma bagunça se elas vivessem sem fazer oração de arrependimento. Elas dizem isso porque pensam que seu modelo de vida ficaria arruinado. Esse é um pensamento tão errado assim? Deus enviou Jesus para que seu modelo de vida fosse arruinado? Isso não significa que o homem quer ser mais virtuoso que Deus?
Como você sabe muito bem, o pensamento humano não pode salvar as pessoas do pecado. Por que aqueles que receberam a salvação pela fé em Jesus não se arrependem? Não existe ninguém nesse mundo que deixe seus próprios atos a não ser os nascidos de novo. Como os justos podem ser comparados com um pecador? Os justos não podem viver com o pecado. Arrependimento é saber realmente o que há no coração, ou reconhecer o próprio erro e voltar atrás, ao invés de somente dizer: “Oh Senhor, eu creio. Por favor, me perdoe. Amém”. Isso é somente um exercício labial e nada mais. O verdadeiro arrependimento é algo que somente os justos, não os pecadores, podem fazer.
Mas ainda há muitas pessoas que se tornam inimigas de Deus por causa do seu jeito de pensar. Quando Jesus estava nessa terra, todos os sumo sacerdotes e anciãos se tornaram inimigos de Deus. Eles abandonaram a Jesus e ficaram com sua própria fé. Como resultado disso, muitos que crêem em Jesus zombam dEle, mesmo nos dias de hoje. Apesar de Jesus ter levado os pecados desse mundo, eles dizem que alguém se torna mais e mais santo ao fazer oração de arrependimento todos os dias. Isso é uma indiferença total ao caminho da salvação, e isso faz de Jesus um ninguém. O evangelho da água e do Espírito diz que Jesus veio a esta terra e apagou os pecados do mundo de uma vez por todas. Jogar fora essa verdade é um atalho para a destruição.
Nessa terra, há dois tipos de igreja. A primeira, é a igreja visível que é aprovada pelo mundo, e a maioria dos cristãos está nela. O outro tipo de igreja é a invisível, que é a igreja de Deus nascida de novo a qual sofre perseguição nesse mundo. Os dois tipos de igreja são iguais na maneira de crer em Deus. Mas a primeira é uma igreja que tenta limpar o pecado por si mesma, se arrependendo todos os dias com seu pensamento humano, pois ela não crê em Jesus, que tirou todos os pecados do mundo.
A outra é uma igreja que recebeu a salvação por aceitar o evangelho da salvação da água e do Espírito, que diz que Jesus apagou completamente os pecados, e que não tenta apagar seus próprios pecados, assim como os coletores de impostos e meretrizes. Os que estão nesta igreja são pessoas que desistiram de seus pensamentos filosóficos diante de Jesus.
Os que crêem em Jesus filosoficamente, ou seja, quem se arrepende e purifica a cada dia os seus pecados por si mesmos, estão agindo como inimigos de Deus. Eu estou dizendo que aqueles que ensinaram isso, foram os sumo sacerdotes e os anciãos que rejeitaram Jesus. E os líderes de grandes igrejas reconhecidos pelo mundo hoje são iguais a eles. Os membros das igrejas cujo cristianismo é filosófico são nascidos de novo? Eles vivem com sua própria filosofia. Eles são aqueles que têm valores e objetivos bem claros. Eles dizem que crêem em Deus, mas na verdade são inimigos de Deus. Falando sinceramente, eles não podem ser chamados de cristãos. Eles não crêem no evangelho da água e do Espírito de Jesus como está escrito na bíblia. Eles escolheram fazer ídolos para pôr no lugar de Deus, com suas doutrinas cristãs filosóficas.
 
 
A Própria Justiça Presunçosa dos Mentirosos
 
Na bíblia, Jesus já apagou os pecados do homem. Isso está escrito no particípio passado. Então, o problema do pecado já chegou ao fim. Na verdade, ele já foi resolvido. O problema dos nossos pecados já foi resolvido porque Jesus nos salvou pelo evangelho da água e do Espírito (Hebreus 10:17-18). Mas e quanto as grandes igrejas de hoje? Elas atualmente estão num processo de refazer a filosofia da salvação, mostrando nenhum respeito pela Palavra de Deus. Quando me perguntam sobre aqueles que se opõem a Deus, eu falo com ousadia que eles são os cristãos pecadores que dizem que chegam à santificação ao se arrepender todo o dia, e os que crêem em Jesus filosoficamente. Chegar até a santificação por se arrepender todos os dias é uma fé filosófica.
Jesus não se tornou a principal pedra de esquina que nos liga a Deus? Ao levar nossos pecados em Seu batismo, Ele não nos transformou de crentes em justos? Pedra de esquina é uma pedra que fica no canto do prédio ligando as paredes. Ela é geralmente usada na cerimônia marcando o início de uma construção. Jesus Cristo se tornou a pedra de esquina para nos reconciliar com Deus e consolidar Sua igreja através de Seu evangelho. Mas podemos chamar o nome de Jesus e confessar nossa fé sem nos ligarmos com Ele? Se você tentar fazer isso, você tem uma fé filosófica, e Jesus não aprova essa fé.
Quando nos tornamos inimigos de Deus por causa de nossos pecados, Ele nos deu o evangelho da água e do Espírito ao enviar Jesus a esta terra, e O fez levar todos os pecados da humanidade através do Seu batismo. Ele salvou de todos os pecados aqueles que crêem nEle. Fazendo isso, Jesus se tornou o Salvador dos fiéis. Em troca, nos fez filhos de Deus. Para que pudéssemos chamar Deus de nosso Pai, e Ele nos chamar de filhos.
Mas os que crêem em Jesus filosoficamente, não crêem no mesmo Jesus. Como vimos na passagem bíblica de hoje, o Senhor irá julgá-los. Aqueles que tentam receber a salvação com seu próprio pensamento, suas obras, suas muitas lágrimas, e muita oração, são os que se opõem a Deus. Eles recebem a salvação somente quando crêem realmente no evangelho da água e do Espírito dado por Jesus. A fé com a qual eles crêem negligenciando o evangelho de Jesus, é uma farsa, e eles nunca poderão receber a salvação com ela.
As pessoas extraem ouro das montanhas. Quando um especialista encontra uma veia de ouro, ele cava um pouco mais a montanha, e ele sabe se essa veia está no fim ou se está cheia de ouro. Crer em Jesus é assim. Você crê em Jesus, dizendo que quer receber a salvação por crer nEle. Mas se o pecado continua ali, não significa que há alguma coisa errada? Você quer saber o resultado final? Com a fé acontece o mesmo, você crê em Jesus até o fim, mas se o pecado continuar ali, o que você fará então? Não é verdade que alguém se torna uma pessoa virtuosa e santa somente por ter fé. Os que crêem filosoficamente acreditam que chegam à santificação e se tornam justos, por fazer oração de arrependimento todos os dias. Mas no final, eles morrem como pecadores. Para essas pessoas o Senhor diz: “Nunca vos conheci. Apartai-vos de mim” (Mateus 7:20-23).
Eles podem dizer: “Como é que Você nunca me conheceu? Eu não profetizei em Seu nome, expulsei demônios e fiz muitas maravilhas em Seu nome?” Jesus os repreenderá, dizendo: “Eu nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade. Vocês me vêem como Aquele que não pode apagar todos os seus pecados. Vocês crêem em Mim de uma maneira filosófica, e querem me convencer dizendo que Eu apago seus pecados pessoais e futuros sempre que fazem orações de arrependimento? Vocês fazem de Mim um mentiroso quando vêem ao pé da cruz Me implorando para apagar o seu pecado. Vocês que creram em Mim com sua fé filosófica, apartai-vos de Mim!”. O fato é que todos os heréticos do mundo se tornaram heréticos, porque eles tinham uma fé filosófica. No entanto, eles devem jogar fora seus próprios pensamentos e voltar para a bíblia.
 
 
O Batismo Realizado por João Batista e Jesus
 
Muitas pessoas vão para o inferno tendo uma fé na salvação de Jesus com seu pensamento filosófico. As pessoas tendem a crer segundo seu próprio nível filosófico. Elas crêem no que se adapta aos seus padrões, e resistem em aceitar no que não se adapta a eles. Para recebermos a salvação, devemos deixar nossa maneira de pensar e crermos na Palavra.
Antes de mais nada, devemos entender que João Batista nasceu nessa terra com a tarefa de passar os pecados da humanidade para Jesus (Malaquias 4:5-6), (Mateus 3:15). Há um propósito para todo aquele que nasce nesse mundo. João Batista nasceu para passar todos os pecados do mundo para Jesus. Eu oro para que você creia que João Batista foi o homem que passou todos os pecados da humanidade para Jesus.
Assim, a bíblia diz: “Este [João Batista] veio como testemunha para testificar a respeito da luz, a fim de que todos cressem por meio dele” (João 1:7), e também diz: “Desde os dias de João Batista até agora, faz-se violência ao reino dos céus” (Mateus 11:12). Esses textos significam que João Batista passou os pecados do mundo para Jesus, e que ele tinha que participar da obra de cumprir toda a justiça. As palavras as quais Ele deu testemunho: “Pois João veio a vós a fim de vos mostrar o caminho da justiça”, também significam que o caminho da salvação foi aperfeiçoado pelo batismo que João Batista deu em Jesus.
Tudo o que temos que fazer é somente aceitar a Palavra como ela é. O pensamento humano não é necessário para a salvação das pessoas. Tudo o que temos que fazer é somente ter fé na Palavra de Deus. Contudo, muitos cristãos a rejeitam como ela é. A obra realizada por João Batista não os satisfaz. Eles não se contentem com ela, e é por isso que eles dizem que não podem crer em algumas partes da Palavra. E não é somente isso, há aqueles que se opõem a Deus com o pensamento humano, dizendo: “Por que Deus passou os pecados para o batismo de Jesus, afinal?” Eles estão perguntando porque não havia um método mais apropriado para ser usado em termos humanos. Eles dizem que não conseguem crer porque esse método não se adapta aos seus padrões filosóficos. Essa é uma oposição séria a Deus.
Assim, muitas pessoas nesse mundo tentam crer com sua própria maneira, na verdade a qual João Batista passou todos os pecados para Jesus de uma vez por todas. Mas não conseguem crer nisso. Sua fé filosófica lhes diz que quando eles creram em Jesus, eles receberam a remissão do seu pecado original. Mas com relação aos pecados pessoais, eles só recebem a remissão deles ao fazerem orações de arrependimento todos os dias. Ao fazer isso, eles sonham com uma fé filosófica com a qual eles receberão a salvação quando se tornarem justos, se tornando mais e mais santificados ainda.
Resumindo, após crer em Jesus, eles crêem que serão santificados aos poucos ao fazer orações de arrependimento. Como isso pode estar certo? Jesus levou todos os pecados do homem ao receber o batismo de João Batista. Mas já que as pessoas querem que seus pecados vão embora gradativamente, e tentam somar sua própria justiça à justiça da salvação de Deus, como isso pode estar certo?
As palavras: “Pois João veio a vós a fim de vos mostrar o caminho da justiça”, significam que “Deus enviou João Batista para fazer as pessoas justas”. E isso acontece não por métodos humanos, como as orações de arrependimento e santificação. Jesus fez as pessoas santas por levar os pecados da humanidade de uma vez por todas, e por receber o batismo de João Batista. João Batista falou sobre o batismo, e o próprio Jesus por muitas vezes falou do batismo que Ele recebeu de João Batista. Mas as pessoas não o aceitaram. Ficaram presas à sua filosofia. Elas incessantemente se opõem a Deus.
Agora você tem uma escolha para fazer: você ficará com Deus crendo no evangelho da água e do Espírito segundo a Palavra de Deus, ou crerá de acordo com os próprios pensamentos filosóficos que aprendeu? Eu venho falando para você sobre a fé filosófica do homem que impede que as pessoas alcancem a salvação, mas e quanto a você? Ponha em seu coração que no final, se você não crer no evangelho da água e do Espírito, e manter sua própria justiça, e seus próprios pensamentos, tudo o que o aguarda é o inferno.
O principal dos sumo sacerdotes e anciãos foram para o inferno após se oporem a Jesus até o fim, ao se unirem sob a fé filosófica. Agora é a hora de você escolher uma das duas: será a filosofia ou a fé? As pessoas que crêem em Jesus como diz a Palavra, podem receber a remissão de pecados pela fé, aceitando a obra que Deus fez, e aceitando simplesmente a pura Palavra da Verdade.
Todas essas pessoas famosas das comunidades cristãs são versões modernas dos sumo sacerdotes e anciãos. Até hoje elas se opõem a Jesus com sua filosofia. Quando eu penso sobre como nos tornamos justos por crer na verdade, eu fico realmente grato. Eu não sei como nós recebemos a remissão de pecados ao virmos para a Igreja de Deus, ao invés de estarmos no rol daqueles cuja fé filosófica se opõe a Deus.
Eu não consigo ser grato o bastante por isso. Mas pela graça de Deus, nós quase acabamos fazendo durante toda a nossa vida oração de arrependimento todos os dias, dizendo: “Jesus não pôde apagar todos os meus pecados”, e quase ficamos presos a uma denominação que está cheia de especialistas na doutrina bíblica filosófica. Iludidos pelas palavras de um simples texto que diz: “Não há um justo, nem um sequer” (Romanos 3:10), nós podemos ir para o fogo do inferno por nos opormos a Jesus até o fim da nossa vida. Mas por Seu amor incondicional, nós recebemos a verdadeira salvação. Agora, mesmo a salvação tendo sido aperfeiçoada, as pessoas estão indo para o inferno porque crêem em Jesus com sua própria filosofia.
Jesus quer que você creia no evangelho que diz que Ele pagou por todos os seus pecados pela água do Seu batismo e por Seu sangue, e assim possa receber a salvação. Para aqueles que rejeitam o evangelho da água e do Espírito por insistirem que sua fé é a do cristianismo ortodoxo, sem terem nascido de novo pela água e pelo Espírito, Deus diz: “Eu nunca vos conheci”. Se você não crer na salvação da verdade, do batismo, e do sangue da cruz, sua justiça própria será destruída e tudo que lhe restará será sofrer a ira de Deus.
Se você tem sido assim, você deve voltar atrás em seus atos malignos. Não se oponha à Palavra de Deus e à salvação de Jesus, em sua maneira filosófica de crer. Arrependa-se e creia no evangelho da água e do Espírito de Jesus, através do qual você nascerá de novo. Fazendo isso você recebe a salvação dos pecados do mundo.
Aqueles que não aceitam a Jesus, que veio da água, do sangue e do Espírito Santo como Seu Salvador, são todos heréticos. Os que crêem em Jesus filosoficamente não podem receber a salvação. Vamos lançar fora nossa fé filosófica. Fazendo isso, vamos receber a salvação. Não vamos nos tornar em heréticos. Então por favor, jogue fora os seus pensamentos e venha para a Palavra de Deus.