خطبات

Assunto 10: O Apocalipse (Comentários sobre o Apocalipse)

[Capítulo 2-5] Quem é Salvo do Pecado? (Apocalipse 2:8-11)

Quem é Salvo do Pecado?
( Apocalipse 2:8-11 )
 
Esta passagem é a carta do Senhor Jesus para a Igreja de Esmirna na Ásia Menor, uma Igreja que era materialmente pobre, mas espiritualmente rica em fé. Seus santos e servos de Deus defendiam a sua fé apesar de serem perseguidos pelos Judeus e, mesmo em suas tribulações de morte, eles não negavam ao Senhor Jesus e o Seu evangelho da água e do Espírito. Eles lutavam e venciam pela fé na Palavra de Deus.
O Senhor Jesus falou para os santos da Igreja de Esmirna para não temerem os sofrimentos que viriam, mas serem fiéis até a morte, prometendo a eles a coroa da vida.
Deus disse ao Seu povo para lutar e vencer as falsas doutrinas daqueles que se denominam profetas. Nós devemos saber que tipo de fé é necessária para sermos salvos de todos os nossos pecados. Nós devemos perceber que o evangelho da água e do Espírito é o verdadeiro evangelho e com esta fé devemos combater e vencer as falsas doutrinas e mentiras que estão se espalhando pelo mundo Cristão de hoje. Quando o mundo inteiro foi enganado por Satanás, Deus enviou o nosso Senhor Jesus para cumprir o evangelho da água e do Espírito. Ele também salvou todos os que creem nisso de todos os seus pecados. Devemos perceber e crer nessa verdade.
Quem são as pessoas que foram salvas de todos os seus pecados diante de Deus? Eles não são pessoas de corpo forte ou decididas, mas aqueles que foram libertos de todos os seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Essas são as pessoas que lutaram e venceram as falsas doutrinas e mentiras por conhecer e crer no evangelho da água e do Espírito. Para aqueles que creem neste evangelho e vencem as falsas doutrinas, Deus dará a eles a bênção de ser livres da segunda morte.
 


A salvação de Deus é dada àqueles que vencerem


Como a Palavra de Apocalipse nos diz: “O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte”. Apenas aqueles que vencerem receberão de Deus uma nova vida e Seu Novo Reino. Quando nós temos dois ouvidos, ouvimos duas histórias diferentes – ou seja, ouvimos a verdade e a mentira ao mesmo tempo. Entre a Palavra de Deus e a de Satanás, nosso destino é determinado pela palavra que aceitarmos e pela que rejeitarmos.
É por isso que devemos crer no evangelho da água e do Espírito e, com esta Palavra da verdade e com a nossa fé nela, lutar e vencer os falsos ensinamentos. Por todos neste mundo estarem sofrendo com o peso do pecado, nós procuramos e podemos encontrar o evangelho da água e do Espírito que pode nos libertar completamente de nossos pecados. Mas existem muitos que não aceitam a verdade, em razão das mentiras que já ouviram dos falsos mestres. A suposta salvação pregada por esses falsos profetas tem base na afirmação de que se você não pecar, então você será abençoado.
Nós estamos, em nossa essência, destinados a pecar; é da nossa natureza inevitável pecar e, portanto, nós permanecemos acorrentados aos pecados deste mundo. Se os corações dos pecadores estão acorrentados aos pecados deste mundo pelos falsos profetas, como eles podem crer em Deus e ser salvos de seus pecados? Eles devem retornar ao evangelho de Deus, ouvir a Palavra do evangelho da água e do Espírito e receber o verdadeiro descanso em seus corações, por meio da remissão de seus pecados. Muitas pessoas neste mundo procuram pela Igreja de Deus e desejam a salvação, mas a maioria delas falham em encontrá-la e acabam na Igreja da Lei – é por isso que estão prestes a ir para o inferno.
Que tipo de Igreja, então, é a Igreja de Deus que os pecadores realmente necessitam? A Igreja de Deus que todos os pecadores necessitam é aquela onde é pregado o evangelho da água e do Espírito. A Igreja de Deus a que a Bíblia se refere prega o batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz. A verdadeira Igreja de Deus explica com detalhes e ensina como exatamente Jesus tomou todos os pecados do mundo sobre Si e como Ele os fez desaparecer, tudo dentro do evangelho da água e do Espírito. Todos os pecadores que foram libertos de seus pecados fizeram isso pela fé que vem de ouvir o evangelho da água e do Espírito, pela Igreja de Deus.
No entanto, porque muitos cristãos não ouviram falar nem entraram em contato com o evangelho da água e do Espírito, eles não podem ser salvos de todos os seus pecados. Mas Deus nos diz que Ele livrará do pecado aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito e que lutam e vencem os falsos evangelhos. Deus nos prometeu que aqueles que vencerem não serão feridos pela segunda morte.
A verdadeira libertação do pecado está disponível apenas para aqueles que se opõem e vencem os falsos mestres. Porque nascemos como pecadores, se não conseguirmos vencer os falsos ensinamentos, acabaremos como prisioneiros de Satanás, presos pelo pecado e destinados ao inferno no final. É por isso que Deus disse a cada um de nós para vencermos os inimigos em nossa batalha espiritual de salvação.
É dito que alguns animais, como leões ou tigres, treinam seus filhotes empurrando-os do alto de um monte e fazendo com que eles escalem sozinhos. Apenas os filhotes que conseguem retornar ao topo do monte são criados. Da mesma forma, Deus nos deu o evangelho da água e do Espírito e apenas aqueles que combaterem e vencerem os falsos ensinamentos com este evangelho entrarão no Céu.
Nossa salvação não vem pelo nosso próprio sangue ou carne. Só podemos ser salvos do pecado crendo no evangelho da água e do Espírito. A verdadeira salvação é alcançada pela fé no batismo de Jesus e Seu sangue na Cruz. Quando nossos corações creem no batismo e no sangue derramado do Filho de Deus, que levou todos os pecados do mundo, somos salvos de todos os nossos pecados e libertos de nossa destruição certa. Todos que entrarem no Céu farão isso crendo no evangelho da água e do Espírito e todos que terminarem no inferno vão para lá por não crerem neste evangelho. É por isso que devemos crer no evangelho da água e do Espírito e rejeitar os falsos evangelhos.
Ao espalhar falsos ensinamentos e mentiras, Satanás tenta impedir que as pessoas sejam salvas crendo no evangelho da água e do Espírito. Quais são esses falsos ensinamentos então? Os falsos evangelhos são aqueles que ensinam que Jesus não levou todos os pecados do mundo com Seu batismo. Eles ensinam que enquanto Jesus tirou nosso pecado original, nossos pecados diários devem ser purificados por nossas orações diárias de arrependimento. Esses ensinamentos talvez façam sentido em termos religiosos, mas quando vistos com o verdadeiro evangelho da água e do Espírito, eles são simplesmente falsos.
A redenção de todos vem pela fé no evangelho da água e do Espírito; os falsos evangelhos nunca nos libertarão dos pecados. É por isso que devemos combater e vencer os falsos ensinamentos. Lutar contra Satanás significa permanecer contra o que é falso. Nós devemos, portanto, decidir se nós cremos no evangelho da água e do Espírito ou nos falsos evangelhos, e tendo tomado a nossa decisão, devemos combater o outro. Mesmo aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito não podem vencer Satanás se a sua fé permanecer apagada.
Muitas das pessoas que são salvas estavam debatendo entre a Palavra de Deus e a de Satanás antes. Seus pecados só foram perdoados quando eles decidiram crer no evangelho da água e do Espírito. Todos os que foram salvos, desde o início da criação até agora, foram aqueles que lutaram e venceram os falsos evangelhos. Todos nós devemos encontrar o evangelho da água e do Espírito, rejeitar os falsos evangelhos e ser libertos de todos os nossos pecados pela fé.
 


Quais são os falsos evangelhos?


Vamos imaginar, com um propósito ilustrativo, que existe uma vila onde todos que vivem lá só têm um olho e que um visitante com dois olhos chega na vila. As pessoas da vila chamariam este visitante com dois olhos de “estranho”, “anormal”, “muito diferente” ou talvez até mesmo “herege”. A razão pela qual julgam o visitante como herege é porque ele é diferente deles, que, nesse caso, constituem a grande maioria. Da mesma forma, há uma tendência nesse mundo onde “a maioria comanda” ou, de forma diferente, “a verdade pertence à maioria”. Mas nós devemos ter em mente que tais padrões de julgamento e conclusões estão completamente errados.
No mundo eterno, a verdade não é decidida por maioria, mas em padrões absolutos e fundamentais. Onde, então, essa verdade pode ser encontrada? Ela pode ser encontrada na redenção dos pecadores e na sua libertação da destruição. Todos aqueles que se tornam justos o fazem sendo salvos de seus pecados – após ouvirem, com seus ouvidos, a verdade do evangelho da água e do Espírito e crerem, com seus corações, neste evangelho.
Pelo fato de tantas pessoas estarem caídas nos falsos evangelhos por tanto tempo, quando a verdade real é revelada diante deles, eles a chamam de estranha, até mesmo herética, e a rejeitam. Mas o evangelho da água e do Espírito que eles rejeitam é o evangelho da verdade que foi revelado, crido e pregado pelos próprios Apóstolos, desde a era Apostólica. O problema do pecado só pode ser resolvido crendo no evangelho da água e do Espírito diante de Deus.
Jesus, nossa verdade, levou os pecados do mundo sobre Si de uma vez por todas com o Seu batismo por João, um descendente de Arão, e derramou Seu sangue na Cruz por nós. A Palavra de Deus testifica que Jesus carregou todos os pecados do mundo com o Seu batismo. Ele então morreu na Cruz, ressuscitou da morte e subiu ao Céu para sentar à direita de Deus. Esta verdade foi cumprida há dois mil anos, quando Jesus tornou-se o Senhor da verdade, levando todos os pecados do mundo com o Seu batismo e Seu sangue na Cruz.
Aqueles que são enganados pelas mentiras ainda não sabem que com a sua fé em Jesus vem a completa libertação dos pecados; mas pior, muitas almas no mundo Cristão de hoje estão perdidas no pecado, confundidas pelos falsos evangelhos. É por isso que aqueles que creem no verdadeiro evangelho da água e do Espírito devem pregar e divulgar este evangelho cada vez mais. Somente ouvindo este verdadeiro evangelho as pessoas podem ser libertas de seus pecados.
A verdade revelada na Bíblia é o evangelho da água e do Espírito (Mateus 3:13-17, Efésios 1:13). Nas passagens acima, Deus elogiou a Igreja de Esmirna, dizendo que apesar de sua pobreza material, eles eram ricos em sua fé. Mas Ele chamou os Judeus de servos de Satanás, porque apesar de dizer crerem em Deus, eles ainda recusavam a aceitar o evangelho da redenção em seus corações. Eles não criam em Jesus como o Filho de Deus e seu Salvador, apesar de nosso Senhor Jesus ter levado todos os pecados do mundo com o evangelho da água e do Espírito. Porque não aceitaram que Jesus havia levado todos os seus pecados, mesmo dizendo crerem no Deus Jeová, eles continuaram tendo pecados em seus corações.
Tais pessoas dizem com suas bocas que creem em Deus, mas, na verdade, são “sinagogas de Satanás” que não creem Nele. Aqueles que, mesmo dizendo que creem em Jesus, não aceitaram a Sua redenção em seus corações, também pertencem à sinagoga de Satanás.
Existem neste mundo duas sinagogas: uma de Satanás e a outra de Deus. Quando o Senhor Jesus retornar, a sinagoga de Satanás será destruída para sempre e a sinagoga de Deus será eternamente abençoada. Deus irá, em outras palavras, separar os justos dos pecadores. Nem todos que dizem crer em Jesus como seu Salvador irão para o Céu.
Isso é claramente demonstrado no que Jesus disse para nós em Mateus 7:21-23: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres?
Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniquidade”.
Em outras palavras, nós não podemos dizer que o Céu está garantido para todos que dizem crer em Jesus e clamam pelo Seu nome. Mesmo que creiam em Jesus como Seu Salvador, se não crerem no evangelho da água e do Espírito, eles serão, no fim, servos de Satanás, condenados ao inferno. Porque seguem os falsos evangelhos, mesmo dizendo que creem em Jesus, é justo que sejam lançados ao inferno.
Aqueles que têm pecado e pertencem a Satanás estão a um passo do inferno. Mas para aqueles que receberam a remissão de todos os seus pecados, crendo no evangelho da água e do Espírito, os portões do Céu serão abertos. Todos que creem em Jesus devem entrar no Céu pela fé no evangelho da água e do Espírito.
Para sermos salvos dos pecados do mundo, devemos não apenas ter um claro conhecimento dos nossos pecados, mas também ter a habilidade espiritual para discernir a verdade das mentiras. Para isso, devemos guardar a Palavra escrita de Deus e crer segundo o que ela diz. Se você não quer ser lançado no lago de fogo, deve rejeitar os falsos evangelhos pela fé, deve vencer a sua batalha contra os falsos evangelhos. E para assegurar sua vitória da fé, você deve saber o que o evangelho da água e do Espírito é. Só então poderá evitar a segunda morte e, assim, você poderá entrar no Paraíso de Deus.
2 João 1:7 nos diz: “Porque muitos enganadores têm saído pelo mundo fora, os quais não confessam Jesus Cristo vindo em carne; assim é o enganador e o anticristo”. O enganador aqui se refere àqueles que negam que Jesus Cristo veio à Terra em carne. São aqueles que negam que o Senhor Jesus que veio em carne é o Filho de Deus e que Ele levou todos os pecados do mundo sobre Si com Seu batismo no Rio Jordão e que foi julgado em nosso lugar por nossos pecados com Seu sangue na Cruz.
Aqueles que não aceitam esses fatos, que Ele tirou de nós todo o julgamento dos nossos pecados, são os enganadores e os servos de Satanás. Estes são os inimigos de Deus e os servos fiéis do Diabo. Eles confundem e levam muitas pessoas à destruição ensinando e espalhando seus falsos evangelhos e se opondo ao verdadeiro evangelho da água e do Espírito.
Aqueles que dizem crer no evangelho da água e do Espírito, mas não lutam a batalha espiritual contra o falso evangelho de Satanás, irão terminar eventualmente como inimigos do Reino de Deus e Seu povo. Tais pessoas não se importam se os seus seguidores creem no evangelho da água e do Espírito, mas só se preocupam com a sua própria glória e riqueza. Estes são os falsos servos, que só desejam encher a sua própria barriga. Eles são, portanto, aqueles que a Bíblia fala que pertencem ao Anticristo.
 

Os Truques dos Hereges

Ezequiel 13:17-18 diz: “Tu, ó filho do homem, põe-te contra as filhas do teu povo que profetizam de seu coração, profetiza contra elas e dize: Assim diz o Senhor Deus: Ai das que cosem invólucros feiticeiros para todas as articulações das mãos e fazem véus para cabeças de todo tamanho, para caçarem almas! Querereis matar as almas do meu povo e preservar outras para vós mesmas?”. Desta passagem nós podemos ver como os servos de Satanás buscam capturar a alma do povo.
A passagem nos fala que os servos de Satanás fazem invólucros feiticeiros para todas as articulações das mãos. Na Bíblia King James Version, esta passagem é traduzida como “as mulheres que costuram travesseiros para as mangas das roupas”. Quão desconfortável e incômodo seria ter travesseiros costurados em seus braços e como isso seria desagradável para os outros. Aqueles que, mesmo não conhecendo ou crendo no evangelho da água e do Espírito, alcançaram posições de liderança na Igreja são exatamente assim: desconfortáveis, incômodos e desagradáveis. Por que? Porque estas posições da Igreja não combinam com eles. Eles sabem que não foram justificados e nem nasceram de novo, pois ainda não creram no evangelho da água e do Espírito.
Como, então, eles poderiam trabalhar para o Senhor Jesus? Para fazer as obras de Deus, portanto, a primeira coisa que você deve fazer é receber a redenção dos seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, certificar-se de que o Espírito Santo habita em seu coração, e então ser treinado suficientemente na Palavra de Deus e Sua verdade antes de assumir qualquer cargo na Igreja.
Por meio da Bíblia Deus nos diz, Seu povo, que devemos lutar e vencer os falsos profetas crendo em Sua verdade. Nascer de novo crendo no evangelho da água e do Espírito não é feito sem fazer nada. Isso é conquistado ganhando a Justiça de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. Mateus 11:12 afirma: “Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele.” Aqueles que se esforçam entram no Reino de Deus – se esforçam na sua luta contra a mentira. Você deve se lembrar que apenas aceitando o evangelho da água e do Espírito em seu coração e vencendo os falsos ensinamentos você pode ser completamente salvo, e só assim o Espírito Santo habitará em seu coração.
Para alcançar a completa salvação, todos os nascidos nesta Terra devem combater e vencer a mentira com a Palavra da verdade de Deus. Este mundo é o campo de batalha entre as forças da verdade e as forças da mentira, entre aqueles que são nascidos de novo e os que não são. Este mundo se tornou o campo de batalha entre Deus e Satanás porque Adão e Eva, apesar de terem sido criados por Deus, terminaram crendo mais nas mentiras do Diabo do que na Palavra de Deus.
A era atual é particularmente mais perigosa, pois Satanás, sabendo que seus dias estão contados, está tentando evitar que as pessoas creiam no evangelho da água e do Espírito, confundindo-as com falsos profetas, enganando-as com falsos milagres e desviando-as com suas falsas obras travestidas de obras do Espírito Santo. “E não é de admirar, porque o próprio Satanás se transforma em anjo de luz”. (2 Coríntios 11:14). Tendo vencido as religiões influentes, Satanás permanece contra os justos. Apesar de agora ser a era onde a mentira está obscurecendo a verdade, aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito serão libertos de toda a mentira e triunfarão no fim sobre elas.
Para ser salvo de todos os seus pecados, você deve crer no evangelho da água e do Espírito e permanecer longe dos falsos ensinamentos que dizem que devemos nos arrepender diariamente para sermos perdoados de nossos pecados. Deus nos prometeu que aqueles que vencerem tais mentiras com a Sua verdade não sofrerão a segunda morte. Vamos lutar, como os santos da Igreja de Esmirna antes de nós, para defender a nossa fé diante de Deus, para que também sejamos elogiados pelo Senhor Jesus pela nossa fidelidade.