説教集

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 2-13] Nós Encontramos Jesus Cristo, Nosso Noivo (Gênesis 2:21-25)

Nós Encontramos Jesus Cristo, Nosso Noivo(Gênesis 2:21-25)
“Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou, então, uma das suas costelas, e fechou a carne em seu lugar. Então da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou a mulher, e a trouxe ao homem. Disse o homem:
Esta é agora osso dos meus ossos,
E carne da minha carne;
Ela será chamada mulher,
Pois do homem foi tomada. Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão os dois uma só carne. E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher, e não se envergonhavam.”
 
 
Vamos ver Efésios 5:31-32 agora: “Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá a sua mulher, e serão os dois uma só carne. Grande é este mistério, mas eu me refiro a Cristo e à igreja”. O fato de o homem deixar seus pais e se tornar uma só carne com sua esposa revela o mistério que há na Palavra sobre a relação entre Cristo e Sua Igreja.
O casamento é a união de um homem e uma mulher que se tornam um só corpo. A bíblia diz que para que alguém deixe seus pais e se torne um com Jesus Cristo, ele tem que crer no evangelho da água e do Espírito. Nós cremos que nos tornamos filhos de Deus e o povo que habitará no Seu Reino crendo no evangelho da água e do Espírito. Igreja de Deus é “Ekklesia” em grego, e significa a reunião daqueles que Deus tirou do mundo.
Hoje eu quero falar com você sobre a Igreja de Deus, mas antes eu quero expressar aqui toda minha gratidão pelo fato de eu ter me tornado parte da Igreja de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. Eu estou muito feliz por ser um membro da Igreja de Deus que foi alcançado pela Sua graça eterna. Eu ia ser destruído acusado pelos pecados do mundo, mas eu fui salvo e me tornei um com o Senhor crendo no evangelho da água e do Espírito. Hoje, aqueles que foram desposados pelo Senhor vivem felizes porque se tornaram membros da Igreja do Senhor e vivem com Ele.
Onde eu estaria agora se não tivesse crido no evangelho da água e do Espírito e me tornado Filho de Deus? Quando eu penso sobre isso, eu não tenho como deixar de dar graças a Deus mais e mais por viver com Ele agora. Eu não tenho como agradecer ao Senhor por Ele ter me salvado de todos os meus pecados. Contudo, quando eu encontro aqueles que ainda não tiveram um encontro com o Senhor, eu me lembro do débito que eu tenho com todo aquele que deseja ser salvo. Aí eu penso assim: “Minha vida teria algum sentido se eu não tivesse outra escolha senão viver neste mundo para satisfazer minha carne?” Ninguém pode ser feliz se sua vida não tem sentido.
Eu gosto muito quando Paulo diz: “Se enlouquecemos, é para Deus; se conservamos o juízo, é para vós” (2 Coríntios 5:13). E ele também diz: “Portanto, quer comais, quer bebais, ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (1 Coríntios 10:31). Neste versículo, Paulo nos ensina claramente para que devemos viver. Sendo assim, eu não desejo outra coisa senão viver o resto da minha vida para pregar o evangelho de Deus, por mais longa que ela seja, a fim de que um dia eu possa estar na presença de Deus.
Eu me sinto cheio de gratidão quando lembro que agora faço parte da Igreja de Deus. Eu me lembro que quando meu coração estava cheio de pecados, eu não tinha uma vida justa perante Deus. Naquela época, minha rotina era cumprimentar os membros da minha igreja e me despedir deles quando o culto acabava, mas às vezes eu me sentia tão envergonhado que mal conseguia cumprimentar meus irmãos. Quando eu meditava na Palavra de Deus, toda passagem parecia apontar meus defeitos e eu ficava ainda mais envergonhado.
Eu estava no seminário naquela época e ia ser ordenado ao pastorado em pouco tempo. Todavia, meus pecados ainda não tinham sido purificados. Minha alma estava atormentada pelos meus pecados e minha mente ficava confusa por pensar que um homem como eu se tornaria pastor, um servo de Deus. Como está escrito no Antigo Testamento: “Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam. Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela” (Salmo 127:1). Esse versículo condenava minha consciência.
Então eu pensei: “Se alguém pastorear só para ganhar a vida, ele será somente um homem de negócios que se preocupa consigo mesmo, não um verdadeiro pastor”. Eu realmente não quero ser um pastor assim, que prega a Palavra de Deus para viver e finge ser santo diante da igreja. Eu estava no seminário naquela época e minha alma estava muito atormentada por causa dos meus pecados. Eu pensei então: “Eu tenho mesmo que continuar pastoreando assim, com meu coração cheio de pecados? Não seria melhor se eu desistisse do ministério e procurasse ser um vendedor para ter uma vida honesta?” Eu percebi que se fosse para ter um ministério só para saciar o desejo da minha carne, seria melhor desistir e viver como uma pessoa comum.
Eu estava tão atormentado por meus pecados que pensei: “Deus ainda não me purificou de todos os meus pecados, então como pode alguém assim ensinar e guiar as pessoas a Jesus Cristo?” Esses pensamentos me deixavam sem esperança.
Um dia então eu fui ler a Palavra de Deus e comecei a refletir sobre os pecados do meu coração. Eu fiz isso porque era isso o que Deus me dizia sobre os meus pecados: “O salário do pecado é a morte”. Já que é assim, eu então tinha que ser condenado pelos meus pecados e lançado no inferno. Aí então que eu entendi que tinha que ser purificados dos meus pecados.
Eu sempre orava assim a Deus quando era atormentado por meus pecados: “Deus, diante de Ti eu não sou um pastor, mas apenas um pecador”. Se havia alguma coisa boa naquela época, era que meu coração pelo menos conhecia a Palavra de Deus. Algum tempo depois, por causa da graça de Deus, eu pude entender a Verdade do evangelho da água e do Espírito. Na passagem de Mateus 3:13-17 que está no Novo Testamento, eu passei a entender a única Verdade da purificação de pecados e pude ser liberto de todos os meus pecados. Mas ao longo de todos os anos antes disso acontecer, eu vivia tentando cobrir os pecados do meu coração com folhas de figueira, mas depois isso não foi mais necessário.
Eu pode entender no Antigo e no Novo Testamento que o problema com todos os meus pecados foi resolvido quando Jesus foi batizado no rio Jordão, e vi por mim mesmo como todos os meus pecados foram apagados. “Ah, foi por mim que o Senhor foi batizado! É isso então! Foi para levar os pecados do homem que o Senhor foi batizado por João Batista!” Eu entendi o evangelho da água e do Espírito, a Verdade que me capacitou a entrar no Reino dos Céus.
Enquanto lia a Palavra de Deus, eu pude entender que todos os pecados do meu coração foram purificados de uma vez por todas. Eu mesmo percebi que não tinham mais nenhum pecado. Depois de entender o significado do texto de Mateus 3:13-17, eu fiquei tão impressionado no começo que isso até me preocupou. Eu pensei: “O que vai acontecer com todos estes cristãos então? Eles não têm que crer no evangelho da água e do Espírito também para ser purificados dos seus pecados e nascer de novo?”
Eu percebi que minha fé se tornou completa através do batismo que Jesus recebeu de João Batista e do sangue que Ele derramou na cruz, e que todos os outros evangelhos fora este evangelho da Verdade eram falsos e mentirosos.
Está escrito: “Então veio Jesus da Galiléia ter com João junto do Jordão, para ser batizado por ele. Mas João tentava dissuadi-lo, dizendo: Eu preciso ser batizado por ti, e vens tu a mim? Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por agora, pois assim nos convém cumprir toda a justiça. Então João consentiu. Assim que Jesus foi batizado, saiu logo da água. Nesse instante abriram-se-lhe os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba e pousando sobre ele. E uma voz dos céus disse: Este é o meu Filho amado, em quem me comprazo” (Mateus 3:13-17).
Essa Palavra da Verdade cumpriu e completou todas as profecias do Antigo Testamento, e foi o elo entre o Antigo e o Novo Testamento. Resumindo, ela é a Verdade da salvação e a chave para o Céu.
Eu então fui para João 1:29. “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!” A bíblia diz que o Senhor é o Cordeiro de Deus que aceitou e tirou todos os pecados do mundo através do batismo que recebeu de João. Tanto o Antigo quanto o Novo Testamento testificam que todos os pecados do homem foram passados para Jesus quando ele foi batizado por João Batista. Eu descobri que toda a Palavra de Deus, do Antigo ao Novo Testamento, testificava que o Senhor levou os pecados do homem através do Seu batismo e da condenação do pecado na cruz.
Eu entendi então que todos os meus pecados haviam acabado. Mas como eu não conhecia essa Verdade até então, a minha vida de fé foi em vão todos aqueles anos. Eu vi que não era justo e não conhecia essa Verdade, mas vários cristãos não a conheciam também, pois eles estavam sob o jugo do pecado também. E a sua situação entristecia muito meu coração, pois eu pude ver então que eles não conheciam a Verdade: “Jesus Cristo veio a essa terra num corpo carnal, levou sobre si todos os pecados ao ser batizado por João Batista, carregou-os até a cruz, derramou Seu sangue para ser condenado pelo pecado, morreu em nosso lugar, ressuscitou dos mortos e assim se tornou nosso Salvador”. Tudo que eles tinham a fazer a partir daquele momento então era ouvir essa Verdade e crer nela.
“Ah, Jesus é mesmo o meu Salvador!” Eu só percebi que meu coração não tinha mais pecado depois que eu cri de todo o meu coração na Palavra do evangelho da água e do Espírito. Só então eu passei a crer no evangelho da água e do Espírito de todo o meu coração.
O problema dos nossos pecados já foi resolvido há mais de 2000 anos, quando Jesus levou todos os pecados do homem ao ser batizado por João Batista com 30 anos e quando Ele morreu e ressuscitou aos 33 anos. Melhor dizendo, todos que crêem no evangelho da água e do Espírito agora podem ser libertos de todos os seus pecados pela fé. Jesus se tornou o Salvador de todo aquele que crê no evangelho da água e do Espírito. Ao ser condenado na cruz, nosso Senhor resolveu todos os nossos problemas com o pecado, e é por isso que eles não existem mais hoje. Ao ser batizado por João e derramar Seu sangue na cruz, o Senhor resolveu de uma vez por todas não somente meus problemas com o pecado, mas os de todos neste mundo.
Assim como o Senhor disse: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32), todos os nossos pecados são apagados quando nós conhecemos o evangelho da água e do Espírito. Nós vivíamos em pecado até agora porque não conhecíamos a Palavra do evangelho da água e do Espírito. Que tragédia desnecessária essa! Todavia, nós temos agora o evangelho da água e do Espírito, e por isso não somos mais pecadores. Nosso Senhor apagou todos os nossos pecados com o evangelho da água e do Espírito. Apesar de crermos em Jesus, nós éramos pecadores e nossa vida de fé era vã porque não conhecíamos este evangelho. Mas nós agora somos justos, não mais pecadores. Nós somos o povo de Deus. Somos filhos de Deus.
Já que não apenas os nossos pecados, mas os pecados de todos também foram passados para Jesus, não pode mais haver pecados, nem meu, nem seu, nem de ninguém mais. Não há mais nenhuma condenação pelo pecado porque Jesus já levou todos os pecados deste mundo ao ser batizado e condenado na cruz. Se as pessoas hoje conhecerem corretamente o Salvador Jesus Cristo e crerem Nele, elas serão salvas de todos os seus pecados. Eu sou grato ao meu Deus por me fazer entender o evangelho da água e do Espírito. Eu me alegro por saber que este evangelho apagou todos os meus pecados.
Nós os nascidos de novo sabemos da responsabilidade que temos de pregar o evangelho da água e do Espírito para todos os cristãos do mundo inteiro. Meus queridos colaboradores e eu sempre oramos a Deus assim: “Deus, nos encoraje a pregar o evangelho da água e do Espírito no mundo inteiro”.
Eu sei como todos neste mundo podem receber a remissão dos seus pecados: através da Palavra do evangelho da Verdade que Deus nos deu. Se soubermos que fomos salvos através do evangelho da água e do Espírito; se realmente soubermos disso e crermos na Palavra da salvação onde Jesus apagou todos os nossos pecados ao vir a essa terra, sendo batizado, morrendo na cruz e ressuscitando dos mortos; se soubermos que Jesus é de fato o Filho de Deus, o Criador de todo o universo, nosso Deus e Salvador, todos os nossos pecados serão apagados.
Foi por isso que o Senhor nos disse: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará” (João 8:32). Todos nós podemos entender agora que a palavra profética de Jesus se cumpriu perfeitamente em nós que cremos no evangelho da água e do Espírito.
O importante não é como os chamados líderes cristãos interpretam a Palavra de Deus, mas o que ela realmente fala sobre a remissão de nossos pecados. A Palavra de Deus contém a Verdade da salvação exatamente como ela é. Se as pessoas conhecessem a Palavra de Deus e a aceitassem como ela é, todas elas poderiam ser salvas do pecado então, porque a obra da salvação que nosso Senhor realizou há muito tempo quando veio a essa terra está registrada na bíblia.
Jesus disse: “Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito” (João 15:7). Se você e eu aceitarmos a Palavra do Senhor, ela poderá purificar todos os nossos pecados, pois ela tem todo poder e autoridade. Na verdade, cremos na Palavra do nosso Senhor exatamente como ela está escrita. Todo aquele que crer no evangelho da água e do Espírito terá a remissão dos seus pecados e se tornará parte da Igreja.
Amados irmãos, vocês têm que crer no evangelho da água e do Espírito para fazer parte da Igreja. Deus fez adão dormir, tomou uma de suas costelas e dela fez uma mulher para ele. Está escrito: “Então o Senhor Deus fez cair um sono pesado sobre o homem, e este adormeceu; tomou, então, uma das suas costelas, e fechou a carne em seu lugar. Então da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou a mulher, e a trouxe ao homem. Disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada mulher, pois do homem foi tomada. Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão os dois uma só carne. E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher, e não se envergonhavam” (Gênesis 2:21-24). Deus fez a mulher para ajudar o homem (Gênesis 2:18). Isso significa que Ele usa a Igreja de Deus como um instrumento para cumprir Sua vontade.
 
 

Por que Jesus Cristo Teve que Morrer na Cruz?

 
Jesus Cristo só pôde ser crucificado porque levou sobre si todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista. O fato de o homem ter que deixar seus pais e se tornar um corpo com sua esposa significa que o ser humano tem que receber a remissão dos seus pecados e se tornar um só com o Senhor ao crer no evangelho da água e do Espírito. Se um homem não deixar o lugar onde nasceu – isto é, seus pais carnais – e ficar apegado a sua mãe como um bebê mesmo depois de se casar, com certeza seu casamento não dará certo. Espiritualmente falando, pessoas assim são aquelas que ainda estão apegadas a este mundo mesmo depois de terem nascido de novo crendo no evangelho da água e do Espírito.
Quem crê no evangelho da água e do Espírito deve rejeitar seus pensamentos carnais. Antes de nascermos de novo, você e eu achávamos que a vontade de Deus era apenas que crêssemos em Jesus e tivéssemos uma vida correta, e por isso andávamos segundo achávamos que era certo. Porém, agora que nascermos de novo, nós temos que rejeitar nossos pensamentos carnais.
Você e eu somos pecadores desde que nascemos neste mundo. Já que somos descendentes de Adão, todos nós por natureza já nascemos em pecado. Nós herdamos o pecado de Adão e Eva, dos nossos pais. Sendo assim, independente se nós praticamos boas obras perante Deus ou não, somos pecadores destinados ao inferno por causa dos nossos pecados desde que nascemos.
Nosso rótulo de pecador jamais pode ser tirado com boas obras. Por mais que tenhamos uma vida justa, por mais que entreguemos nossa vida ao Senhor, e por mais que trabalhemos duro para Jesus, nós simplesmente não podemos apagar nossos pecados por nós mesmos. Portanto, temos que entender como Deus apagou nossos pecados sozinho e crer na Verdade do evangelho da água e do Espírito. Você e eu temos que entender o quanto Deus nos amou. Nós temos que examinar em detalhes o método que Deus usou para apagar nossos pecados por causa do Seu amor e crer na Verdade do evangelho da água e do Espírito.
Nós devemos rejeitar todos os pensamentos que dominam nossa mente e crer segundo a Palavra de Deus para sermos purificados dos nossos pecados. Somente quando rejeitarmos nossos pensamentos e aceitarmos o evangelho da água e do Espírito, a Palavra da Verdade dada por Deus, é que poderemos receber a salvação. “Quem é Deus? Deus decidiu nos salvar através do Seu Filho, mas que método exatamente Ele usou para nos salvar? Nós temos que descobrir a resposta para essas perguntas na Palavra de Deus.
Num corpo carnal, Jesus Cristo veio a este mundo como Aquele que salvaria Seu povo dos Seus pecados. Está escrito: “Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles” (Mateus 1:21). O nome Jesus quer dizer “o Salvador”.
Como Jesus Cristo levou nossos pecados quando veio a essa terra? Ele tirou todos os nossos pecados ao ser batizado por João Batista aos 30 anos. Jesus procurou João Batista para batizá-Lo porque foi através deste batismo que Ele levou todos os nossos pecados; e a bíblia diz que Ele foi batizado por João Batista realmente (Mateus 3:3-15).
Se é isso que a bíblia diz, é assim que nós temos que crer então. Se nosso Senhor nos disse: “O evangelho da água e do Espírito é a Verdade da salvação”, você e eu temos que crer nele e entendê-lo então. Independente de como nós pensamos ou sentimos, só quando deixarmos nossos pensamentos carnais é que compreenderemos o evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu e creremos nele; e só então nós poderemos receber a remissão dos nossos pecados. É assim que podemos nos tornar filhos de Deus e fazer parte da Sua Igreja. O fato de nos fazermos parte da Igreja de Deus significa que, crendo no evangelho da água e do Espírito, nós nos tornamos o povo do Reino de Deus, Seus próprios filhos.
Se formos teimosos e quisermos guardar nossas emoções e pensamentos, nós nunca poderemos nos tornar filhos de Deus, não entenderemos o evangelho da água e do Espírito, muito menos faremos parte da Sua Igreja. Enquanto nós estivermos presos aos nossos pensamentos, nenhum de nós jamais poderá conhecer a justiça de Deus nem o evangelho da remissão de pecados. Nós temos que crer na Palavra de Deus exatamente como ela foi escrita: Jesus levou todos os pecados deste mundo ao ser batizado por João Batista, foi crucificado e morreu na cruz ao dizer: “Está consumado!”, ressuscitou dentre os mortos e assim nos salvou dos nossos pecados.
Já que é isso que Deus está dizendo que devemos crer, nós temos que crer na obra de Deus, no Seu poder, no Seu amor e na salvação que Ele nos deu tendo um coração puro como o de uma criança – é assim que nós somos salvos. Nós temos que entender que, no que diz respeito à nossa salvação, nossos pensamentos carnais não têm valor algum.
Muitas pessoas interpretam a Palavra de Deus do seu jeito e dizem: “Deve ser isso que a Palavra quer dizer”, mas elas se baseiam no conhecimento que têm das doutrinas cristãs. Por outro lado, você agora tem que entender que este discernimento é totalmente inútil para a salvação de almas. Até você e eu às vezes erramos por entendermos a Palavra de Deus baseados nas crenças doutrinárias criadas pelo homem, sem analisarmos a própria Palavra de Deus.
Contudo, quando voltamos para a bíblia, ela diz: “Pois os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o Senhor” (Isaías 55:8). A bíblia está cheia de passagens que nos mostra que os pensamentos de Deus são totalmente diferentes dos nossos. É por isso que quando lemos a Palavra de Deus é que podemos entender como são falhos nossos pensamentos. Quando nos voltamos para a Palavra de Deus, nós passamos a conhecer o evangelho da água e do Espírito; e já que passamos a conhecer este evangelho, nossos pensamentos são transformados, assim como nossa fé e nosso coração; nossa alma é salva do pecado, e por sermos salvos do pecado, nós nos tornamos filhos de Deus e parte da Sua Igreja.
Amados irmãos, nós nos tornamos parte da Igreja de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito. Não é uma grande bênção sermos membros da Igreja de Deus? Além disso, é uma bênção tremenda o poder do evangelho da água e do Espírito dado por Deus. Se tornar povo de Deus, deixar os pais e se tornar um só com o Senhor, fazer parte da Igreja de Deus – tudo isso é exatamente o cumprimento do que Deus disse em Gênesis: “E ambos estavam nus, o homem e a sua mulher, e não se envergonhavam” (Gênesis 2:25). Isso porque nós nos tornamos povo de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito e agora somos uma família com Deus. Nada mais do que isso é a bênção e o direito que Deus nos deu.
Você e eu recebemos bênçãos maravilhosas de Deus. É por isso que temos que conhecer bem a Igreja de Deus. Nós temos que entender que nos tornamos povo de Deus, saber que tipo de direitos recebemos e, ao entendermos isso, temos que ter uma alta auto-estima e seguir ao Senhor cheios de gratidão.
O que nós temos que fazer agora é deixar para trás nossos pensamentos e sermos um com Deus crendo na Sua Palavra. Você já faz parte da Igreja de Deus e deixou seus pensamentos para trás? Você já se tornou um só com Jesus Cristo? Você crê na Palavra que Deus nos falou e é um só coração com ela? Nós temos que deixar nossos pensamentos para trás agora e crer que Jesus Cristo realmente nos ama, que Ele foi batizado para tirar todos os nossos pecados, levou todos os pecados do mundo na cruz, ressuscitou dos mortos e assim salvou a todos nós.
É a fé que nos faz ser abençoados por Deus. Nosso Senhor está nos dizendo que por Ele amar muito a você, a mim e toda a humanidade, Ele veio a essa terra num corpo carnal, levou nossos pecados ao ser batizado, morreu na cruz por todos nós e nos salvou a todos. É isso que Deus está dizendo a nós que não temos mais pecado; mas nós realmente cremos nisso? É assim que cremos realmente?
Somente quando nós cremos no evangelho da água e do Espírito é que podemos receber a remissão dos nossos pecados e fazer parte do povo de Deus pela Sua graça. Nós só podemos corresponder ao amor de Deus e crer nele quando cremos no evangelho da água e do Espírito. Se não crermos no evangelho da água e do Espírito de coração estaremos traindo o Senhor.
Nós encontramos a genealogia de Jesus no começo do evangelho de Mateus. Todos que aparecem na genealogia de Jesus Cristo foram incluídos ali por causa da sua fé. Você também pode ser incluído nessa genealogia deixando Jesus Cristo nascer no seu coração que está clamando por salvação. E você pode fazer isso porque você se tornou Sua noiva, aquela que pode dar a luz para Ele a outros santos nascidos de novo.
Eu sou muito grato a Deus.