Kazania

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 4-13] Tenha a Fé Correta (Gênesis 4:5-17)

Tenha a Fé Correta(Gênesis 4:5-17)
“Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. E irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o seu semblante. E o SENHOR disse a Caim: Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se bem fizeres, não haverá aceitação para ti? E, se não fizeres bem, o pecado jaz à porta, e para ti será o seu desejo, e sobre ele dominarás. E falou Caim com o seu irmão Abel; e sucedeu que, estando eles no campo, se levantou Caim contra o seu irmão Abel e o matou. E disse o SENHOR a Caim: Onde está Abel, teu irmão? E ele disse: Não sei; sou eu guardador do meu irmão? E disse Deus: Que fizeste? A voz do sangue do teu irmão clama a mim desde a terra. E agora maldito és tu desde a terra, que abriu a sua boca para receber da tua mão o sangue do teu irmão. Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e errante serás na terra. Então, disse Caim ao SENHOR: É maior a minha maldade que a que possa ser perdoada. Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e errante na terra, e será que todo aquele que me achar me matará. O SENHOR, porém, disse-lhe: Portanto, qualquer que matar a Caim sete vezes será castigado. E pôs o SENHOR um sinal em Caim, para que não o ferisse qualquer que o achasse. E saiu Caim de diante da face do SENHOR e habitou na terra de Node, da banda do oriente do Éden. E conheceu Caim a sua mulher, e ela concebeu e teve a Enoque; e ele edificou uma cidade e chamou o nome da cidade pelo nome de seu filho Enoque.”
 
 
A Maldade de Caim
 
Quando Caim e Abel construíram o altar a Deus e levaram suas ofertas para ele, Deus só aceitou o sacrifício de Abel e rejeitou a oferta de Caim. Então, o semblante de Caim descaiu, e isso mostra que ele ficou muito irado. Então, Deus disse a Caim: “Por que te iraste? E por que descaiu o teu semblante? Se bem fizeres, não haverá aceitação para ti? E, se não fizeres bem, o pecado jaz à porta”.
Se o que Caim fez foi correto, por que ele teria ficado tão irado a ponto de cair seu semblante? Se ele tivesse agido corretamente, ele não teria necessidade de ficar irado, mesmo se Deus não tivesse aceitado sua oferta. Foi por isso que Deus disse a Caim: “Você realmente agiu certo? Foi porque você não agiu corretamente que seu semblante descaiu e você ficou tão aborrecido”.
Isso significa que Caim não praticou a bondade, mas a maldade. Que maldade ele praticou? A maldade que ele cometeu foi não servir a Deus como seu único Deus. Deus deu o sistema sacrificial a Adão e Eva e remiu seus pecados através deste sacrifício. Deus falou da sua salvação a Adão e Eva e eles passaram isso para seus filhos. Caim ouviu claramente de seus pais por diversas vezes sobre a salvação de Deus. Então, ele sabia muito bem que nenhum sacrifício poderia ser feito de qualquer maneira. Ele sabia também que tipo de oferta era agradável a Deus.
Você provavelmente consegue perceber onde Caim errou. Havia apenas uma oferta que Deus queria receber dele, e foi a que Deus ensinou aos seus pais. Deus queria receber uma oferta de sacrifício. Caim deveria ter levado uma oferta de sacrifício ao invés do fruto da terra, ou seja, ele deveria ter oferecido um cordeiro e a sua gordura.
No entanto, Caim não deu atenção para a Palavra de Deus. Melhor dizendo, ao invés de ouvir só a Deus, ele seguiu algo mais. Ele seguiu seus próprios pensamentos e ignorou a instrução de seus pais; ele não tinha nenhuma consideração com Deus. Como Caim praticou a maldade ao invés da bondade para com Deus, isso mostra que ele não ouviu a sua Palavra e falhou em crer e em seguir somente a ele. Então, Caim seguiu algo além de Deus, e foi sua própria maldade.
 
 

Sirva Somente a Deus

 
Nós temos que saber o que é maldade e o que é errado perante Deus. Somente quando soubermos o que é errado perante Deus é que podemos nos consertar e seguir em frente. A maior maldade para Deus é não seguir somente a ele, mas seguir alguma outra coisa. Devemos servir a Deus como nosso único Deus. É pecado não crer neste Deus trino como nosso Deus e não servir somente a ele.
O nome de Deus é “Javé”, e significa “Eu sou o que sou”. E também quando o chamamos Jeová, geralmente só o chamamos de Deus, e isso mostra que Deus é o único Criador que fez todo o universo e tudo que nele há. E não existe realmente nenhum outro Deus para nós além de Deus. E se isso é mesmo verdade, temos que crer somente nele em nosso coração, seguir e servir somente a ele. Mesmo que falhemos, temos pelo menos que ter isso em nosso coração. Precisamos reconhecer que “é certo eu crer e seguir somente este único Deus”. Temos que guardar isso em nossa mente.
Para levarmos uma vida de fé correta, devemos compreender a Palavra de Deus e crer nela. Precisamos realmente compreender a Palavra de Deus e ter nosso coração em Deus. Precisamos entender e conhecer claramente a Palavra de Deus e crer nela de coração. Melhor dizendo, precisamos reconhecer: “Oh, o mais correto é que eu sirva somente a Deus. Embora existam muitos outros deuses feitos por homens, o certo é eu servir ao único e verdadeiro Deus”. A fé correta é baseada na compreensão correta das Escrituras. Sem este entendimento correto da Bíblia, os cristãos iriam cair na superstição ou na idolatria. O apóstolo Paulo ensinou isso quando explicou sobre falar em outras línguas, dizendo: “Falar em línguas é orar espiritualmente e falar com Deus em Espírito. Porém, enquanto seu espírito estiver em comunhão com Deus quando você fala em línguas, não há entendimento em seu coração. Então, para ensinar os outros na igreja será melhor você falar cinco palavras compreendendo o que fala do que falar dez mil palavras em línguas” (1 Coríntios 14:14-19). Deste modo, temos que entender a vontade de Deus baseados somente na sua Palavra, e ter em nosso coração a fé que crê na sua Palavra.
Porém, Caim não conseguiu ter apenas Deus em seu coração. E porque seu coração não estava somente em Deus é que ele levou sua oferta do jeito que queria. E quando Deus se recusou a aceitá-la, seu rosto ficou vermelho de tanta raiva. Melhor dizendo, Caim não tinha entendimento e nem bondade para decidir: “Eu servirei apenas a Deus”, porque seu coração não estava convencido da legalidade de servir somente a ele; tanto que levou sua oferta de qualquer jeito e não conseguiu sacrificar o que Deus queria dele. Isso é pecado para Deus e a também origem de toda maldade.
Deus é soberano. Ele é o único Deus. E ele exige de nós, dizendo: “Não terás outros Deuses diante de mim” (Êxodo 20:3). Para Deus, nós não temos escolha. Só existe um caminho que devemos escolher pela fé, e é servir a Deus somente, o Ser Supremo. Se as pessoas não servirem a este Deus soberano com toda a sua fé, elas estarão condenadas a pecar, quer tenham nascido de novo ou não.
Mesmo após nascermos de novo, ainda enfrentaremos muitas dificuldades e tentações em nossa vida. Portanto, a não ser que fiquemos firmes em fazer o que é certo – ou seja, que sirvamos a este Deus soberano com toda a nossa fé – nós nos afastaremos dele. No final, se não fizermos isso, nós acabaremos deixando a Deus. Não importa o quanto alguém deseje crer em Deus, segui-lo e servi-lo com todas as suas forças, se ele não compreender que Deus é o único Deus e que não há outro deus além dele, se ele não tiver esta convicção, então a verdadeira fé não brotará no seu coração. Porém, se você entender que a coisa certa a fazer é servir somente a Deus, você então poderá realmente servi-lo.
Há muitos deuses neste mundo. Quase tudo que a pessoa escolhe para tornar um deus pode se tornar uma divindade para ela, desde o sol até a lua, desde uma grande pedra ou até uma árvore antiga. É claro que nada disso pode na verdade cumprir o papel de deus para elas. Porém, quando alguém crê que Deus é o seu único Deus, ele está investido do seu poder. Por outro lado, quando as pessoas não conseguem alcançar este entendimento sobre Deus, que é o único Deus Todo-Poderoso e Onipotente, elas acabam se desviando totalmente. É por isso que quando alguma tentação surge em seu caminho, elas acabam ofertando a Deus o que ele não quer, igual a Caim. Isso é algo maligno.
Temos que ter uma fé clara apenas em Deus, que é único. “O único Deus é o meu Deus e servir somente a ele é minha verdadeira fé”. Esta firme compreensão deve estar profundamente enraizada em nosso coração pela fé. Só assim poderemos ser fortalecidos, e por este propósito, poderemos levar uma vida de fé, servindo apenas a Deus e fazendo tudo para sua glória, quer comamos ou bebamos. E como passaremos a julgar, a resolver e a fazer tudo segundo a sua vontade, então poderemos levar uma vida totalmente correta.
 
 
Leve Seu Coração a Buscar a Justiça de Deus
 
Nosso coração não deve titubear entre dois propósitos. Devemos ter em nosso coração um único propósito, servir somente a Deus. Quem é nosso Deus? É o próprio Deus. A quem devemos realmente servir? Que Deus é digno da nossa adoração? Nenhum outro além do próprio Deus.
Quando o coração das pessoas está dividido, elas só conseguem desfrutar dos prazeres carnais em sua vida. Em momentos assim, nosso coração oscila entre o espírito e a carne. E assim, nós conseguimos levar uma vida correta e também não conseguimos levar outros a conhecer Deus; e por isso acabamos nos tornando praticantes da maldade como Caim. É por isso que Satanás exige que sirvamos ao mundo e a Deus ao mesmo tempo. E de certa forma, isso parece ser uma boa ideia.
No meio do jardim do Éden estava a árvore da vida e a árvore do conhecimento do bem e do mal, e Deus disse a Adão e Eva para comer da árvore da vida, mas não da árvore do conhecimento do bem e do mal. Porém, Satanás tentou Adão e Eva em sua mente: “Por que eu deveria comer apenas do fruto da árvore da vida? Eu não gosto de ser limitado deste jeito”. E no final o diabo levou-os a pecar. Satanás conseguiu seduzir Adão e Eva porque eles tinham o desejo carnal de ser iguais a Deus, e portanto, seu coração ficou dividido.
Pense nisto. Nossa vida não era triste e caótica quando nosso coração estava dividido? E também era uma dor de cabeça pensar em dois propósitos diferentes ao mesmo tempo. Devemos entender que Deus é a único Deus, precisamos crer e segui-lo corretamente. Devemos levar nosso coração a crer que ele é o único Deus e servir somente a ele. O Deus que nos salvou é o Deus que nos criou. Devemos ter nosso coração e mente firmados no que é realmente certo.
Até mesmo para os nascidos de novo, talvez haja dois, três ou até uma centena de deuses diferentes. Nossos bens podem ser um deus em nosso coração; nós mesmos podemos ser deuses ou a fama possa vir a ser uma divindade também. Contudo, dentre todas estes deuses, somente Deus é o verdadeiro Deus. Portanto, você e eu devemos servir somente a este Deus. É correto crermos somente em Deus, pois ele é o nosso Deus. Devemos traçar um objetivo em nosso coração, dizendo: “Eu vou viver o resto da minha vida crendo somente em Deus, servindo e seguindo somente a ele”. Nós temos que determinar isso em nosso coração.
 
 

O Único Deus

 
Na língua coreana, a palavra “Hananim” é usada para se referir a Deus. Esta palavra coreana “Hananim” significa “o único Deus”. A primeira parte do hino nacional coreano diz: “Até o dia em que as águas do mar oriental secarem, e a montanha Baekdu se desgastar, Deus [Hananim] nos protegerá e nos ajudará. Que a nossa nação seja eterna!” Esta letra do hino nacional foi escrita por um cristão. Ele escreveu letras impressionantes. E já que o hino está pedindo a Deus que proteja a Coreia até este planeta desaparecer, considerando o significado da letra, eu acho que o nosso hino nacional é o melhor do mundo. No entanto, a palavra “Hananim” foi maliciosamente trocada por “haneunim”, que denota apenas algum ser divino nos céus. O escritor da letra usou claramente a palavra “Hananim” no hino, mas algum ignorante a mudou para outra palavra chamada “haneunim”.
Embora pareça uma diferença muito pequena, em termos de fé ela nos mostra uma grande diferença. Os que chamam o único ser divino de Deus e creem nele creem da seguinte forma: “Somente Deus é o Criador que fez o universo e tudo que nele há; e ele é o único Deus que nos salvou. Existe apenas um Deus. Embora haja Deus Pai, Filho e Espírito Santo, eles são um só, um só Deus para nós.”
Por outro lado, quando as pessoas chamam Deus de “haneunim”, isso significa que eles não conhecem realmente o único Deus. O nome “haneunim” quer dizer que não existe apenas um ser divino, mas tudo pode ser um deus, desde o dinheiro até outro ser humano, a ideologia, a beleza e assim por diante. Este nome teve sua origem no panteísmo, que diz que tudo pode ser um deus. Por isso que há uma grande diferença entre os dois nomes.
Então que transgressão Caim cometeu? Embora Caim soubesse que tinha que receber a remissão de pecados sacrificando um animal, e que havia apenas um Deus, ele pecou em não sacrificar um cordeiro. Ele sabia exatamente o que deveria fazer, já que todo seu ensinamento veio de seus pais. E mesmo sabendo de tudo isso, Caim não sacrificou como deveria, e foi assim que acabou pecando. Ele pensou: “Não pode haver um Deus somente. Eu estou certo que ele aceitará a minha oferta mesmo se eu oferecer outra coisa. Ele não vai aceitar apenas um tipo de oferta”. Melhor dizendo, no coração de Caim havia duas divindades. Hananim se tornou haneunim. Ele acabou pecando pensando que não havia problema ter dois deuses diferentes.
Quando Caim levou sua oferta, Deus não a aceitou; então ele ficou chateado e irado, e seu rosto ficou vermelho de raiva. Mas ele não estava com raiva de Abel na verdade. Abel não era problema, já que ele poderia facilmente dar conta dele com um único golpe. Então, Caim não estava com raiva de seu irmão, mas com raiva de Deus, pensando: “Deus, eu tenho mesmo que fazer tudo segundo a sua Palavra?” Isso mostra que ele estava questionando a Deus dizendo: “Você é o único Deus?” Melhor dizendo, Caim não concordava com Deus e pensava: “Mesmo que você seja Deus, você deveria aceitar minha oferta da maneira que eu quisesse fazê-la. Por que você é tão inflexível a ponto de só aceitar minha oferta se ela estiver de acordo com a sua vontade e a sua Palavra?”
Talvez o seu e o meu coração seja igual ao de Caim. Embora Deus seja o nosso único Deus, Hananim pode acabar virando haneunim. Ou seja, podemos até pensar assim: “Deus, eu tenho mesmo que servir somente a ti? Eu não posso servir a outra coisa em minha vida? Eu não vou te abandonar, então não precisa se preocupar. Eu nunca, jamais te abandonarei. Como eu poderia fazer isto, se tu me salvaste? Então, você não tem nada que se preocupar, pois eu jamais te abandonarei”. Melhor dizendo, podemos até pensar: “Eu tenho mesmo que crer em um único Deus e servir somente a ele? Será que não posso servir a outra coisa só um pouquinho? Todos que têm ter pelo menos um pouco de flexibilidade”, ou seja, podemos desejar servir a Deus ou outra coisa. Mas se isso acontecer, acabaremos nos afastando de Deus, e consequentemente acharemos uma razão para ter raiva dele. No entanto, há somente um Deus. E este único Deus é o nosso Deus; então, nada mais justo do que servirmos somente a ele.
Devemos nos lembrar disso e guardar isso em nosso coração. Somente Deus é o nosso Deus, e devemos crer, seguir e servir este único Deus. Se crermos em Deus como Caim, certamente pereceremos.
 
 

Tenha o Entendimento Correto de Deus

 
A nossa compreensão de Deus deve ser clara. Nosso Deus é trino. Portanto, Deus Pai, o Filho e o Espírito Santo são uma família. Todas estas três pessoas são o mesmo Deus para nós. É por isso que devemos ter uma compreensão clara de quem Deus realmente é. A compreensão que Abel tinha de Deus era clara e concisa: “Somente este Deus é o meu Deus; e já que ele quer receber este tipo de oferta de mim, eu vou ofertar o que ele deseja. Minha fé parece ridícula aos olhos do meu irmão, mas eu creio que Jeová é meu único Deus e que este Deus é o único a quem eu tenho que servir”. De todo modo, foi porque Abel tinha uma clara compreensão de Deus que ele pôde ter uma fé adequada e oferecer o sacrifício agradável a ele. É por isso que ele foi grandemente abençoado por Deus.
Um dia, quando Abel estava no campo, seu irmão Caim foi até ele, o golpeou e ele morreu. Alias, não é exagero dizer que Abel foi golpeado até a morte porque era muito fraco. Você pode pensar como é possível isso ser uma grande bênção e uma grande recompensa de Deus, uma vez que Abel foi golpeado até a morte por seu próprio irmão. Mas não é a morte física algo que todos iremos enfrentar um dia? Só pelo fato de a fé de Abel ter sido aprovada por Deus e que ele poder oferecer um sacrifício que agradou a ele já não é uma grande bênção em si? Ou seja, o fato de Abel ter decidido crer e seguir somente a Deus é uma tremenda bênção em si. E tudo isso foi possível graças a compreensão clara que ele tinha de Deus.
Nosso conhecimento de Deus e a nossa fé nele devem ser muito claros. Quando somos salvos e nossa compreensão de Deus é clara, tudo mais se torna claro também. Mas se, ao contrário, nossa compreensão de Deus se torna vaga, então tudo o mais ficará sombrio. Porque a compreensão que Caim tinha de Deus se perdeu é que ele acabou matando seu próprio irmão e foi repreendido por Deus. Ele serviu a dois deuses perante Deus, e isso acabou levando-o a matar seu irmão e a enterrá-lo. Mas Deus visitou sua consciência e ofereceu-lhe a salvação. Só que como Caim ainda insistia em ter dois deuses perante Deus, ele foi repreendido por levar uma oferta que Deus não aceitou e acabou sendo punido por ele.
“Onde você está Caim? Onde está seu irmão?”
“Eu sou o guardador do meu irmão? Deus, tu não gostaste da minha oferta e também não me entendes. Eu posso não ter feito o que tu querias que eu fizesse, mas eu ainda sou muito dedicado a ti. E se tu ainda não aprecias todos os meus esforços, por que continuas me chamando? Eu sou o guardador do meu irmão? Por que estás me perguntado por ele? Já que tu sabes tudo, deverias procurar por ele tu mesmo”. Assim era o coração de Caim.
Então Deus disse a Caim: “A terra está manchada com o sangue de teu irmão e sua voz clama a mim. Você matou seu irmão. Então, porque o sangue de Abel foi derramado por suas mãos, a terra agora está amaldiçoada e trará espinhos e sofrimento a você. Ela trará maldições a você”. Deus amaldiçoou Caim desta forma. Se Caim pensou que Deus não soubesse o que ele tinha feito, então ele o subestimou. Quando vemos como Caim se comportou, podemos notar que ele não temia a Deus, mesmo tendo servido a dois deuses. Isso significa que Caim conhecia a Deus apenas segundo seu próprio entendimento, seus próprios pensamentos. Foi por isso que ele subestimou a Deus e não tinha nenhum respeito por ele. Ele pensou que Deus não saberia como ele tinha golpeado seu irmão até a morte, mas Deus disse-lhe: “A terra está machada com o sangue de seu irmão e ele está clamando a mim”. Então ele disse: “Agora você será amaldiçoado. Você será amaldiçoado por golpear seu irmão até a morte”.
Foi somente nesta hora que Caim teve medo de Deus. “Deus, o que farei agora? Todo aquele que me encontrar me matará”. Só então Caim teve medo. Ele finalmente temeu a Deus e também as pessoas. Você pode perguntar que outras pessoas havia naquele tempo. Na verdade, Adão e Eva tiveram muitos filhos. Eles não tiveram só Caim e Abel naquela época. Abel tinha muitos irmãos e irmãs mais novos que ele. Com quantos anos Adão começou a ter filhos? Geralmente, as pessoas naquele tempo começavam a ter filhos somente depois dos cem anos. E como a maioria das pessoas vivia cerca de 900 anos naqueles dias, parece que eles estavam totalmente maduros e tinham filhos somente quando chegavam aos 100 anos ou mais (Gênesis 5:3-10). Então, como Adão e Eva continuaram tendo filhos até Abel e Caim ficarem jovens, eles devem ter tido muitos filhos. Multiplicai-vos era a regra naqueles dias.
Caim se perdeu totalmente por causa dos seus pecados, ficando sem saber o que fazer. Ele disse a Deus: “Eis que hoje me lanças da face da terra, e da tua face me esconderei; e serei fugitivo e errante na terra, e será que todo aquele que me achar me matará”. Finalmente Caim conheceu a Deus. Deus foi até Caim depois que ele pecou e o repreendeu, dizendo-lhe: “Você certamente será amaldiçoado”. Somente quando Caim ouviu esta voz de Deus o amaldiçoando foi que ele finalmente o reconheceu. Melhor dizendo, Caim admitiu que havia apenas um único Deus. Ele pensava: “Será que há apenas um único Deus? Pode muito bem haver dois ou até três”, mas agora ele passou a admitir que estava errado e que havia apenas um único Deus.
Caim se viu em completo desespero. Ele se arrependeu de não ter crido em Deus, temeu por ter golpeado seu irmão até a morte e estava tão oprimido pela culpa que disse a Deus: “Todo aquele que me encontrar me matará. E eu não verei mais a sua face. Como eu ousaria vê-lo, o único Deus, tendo eu pecado e também ofertado da minha própria maneira, e não do jeito que tu me disseste para fazer?”
 
 

As Maldições que Sobrevém Àqueles que não Creem na Palavra de Deus

 
Deus amaldiçoa aqueles que são como Caim e não creem nele, como diz o versículo: “Quando lavrares a terra, não te dará mais a sua força; fugitivo e errante serás na terra”. Melhor dizendo, a terra se tornou inimiga de Caim e de pessoas como ele. Isso é realmente o que acontece. O que Deus disse continua acontecendo até hoje, e para aqueles que ainda têm pecado, a terra não dá seu fruto, não importa o quanto eles cultivem o solo. Independentemente do quanto trabalhem duro nessa terra para obter as coisas deste mundo, isso não lhes traz o resultado à altura do seu esforço. Tudo que eles conseguem tirar da terra mal dá para sobreviver.
Além disso, o pecador também se tornou fugitivo e errante na terra. A terra ficou contra eles e se tornou sua inimiga. Esta terra da qual a Bíblia fala se refere ao coração humano, e o pó se refere ao homem. Mas quando a terra é mencionada como oposto de céu, ela se refere ao diabo. Portanto, quando Deus disse isso, ele quis dizer que Caim seria um fugitivo e errante perseguido pelo diabo. Ou seja, todos que têm pecado são fugitivos e são constantemente perseguidos pelo diabo. E isso ainda é válido até hoje para aqueles que não conhecem Deus. Como a Palavra de Deus é viva, ela fará tudo para o que foi enviada.
Aqueles que não creem no evangelho da água e do Espírito não conseguem prosperar, não importa o quanto tentem, e os que não creem em Deus e não aceitam sua graça e bênçãos serão sempre perseguidos por demônios. Os demônios não desgrudam deles, aonde quer que eles vão. Então, eles são constantemente perturbados por demônios. Os que ainda têm pecado e não creem em Deus não encontrarão descanso para sua alma.
Recentemente, um famoso ator da Coreia disse que viu um fantasma enquanto fazia um filme fora do país. Ele ficou em um hotel, seu quarto tinha duas camas, e ele usou apenas uma, deixando a outra vazia. Ele disse que viu uma mulher conversando com ele nesta outra cama. Uma vez que alguém é possuído por demônios, eles nunca mais o deixarão em paz. Até que ele receba a remissão de pecados, o demônio nunca o deixará em paz. O irmão Kim da nossa igreja também foi possuído por um demônio, mas depois que recebeu a remissão de pecados, o demônio o deixou em paz. Ele disse que quando ele parou de vir à igreja, o demônio o visitou novamente, e quando o demônio não conseguia entrar no seu corpo, ele o via espreitando e encarando-o. E como ele não fazia nada para enfrentar o demônio, ele quis brincar com ele, mas quando ele ordenou que o demônio saísse, ele foi embora.
O problema de Caim é que ele não serviu ao único Deus como o seu Deus, e também não conseguiu entender que era o correto era apenas servir a este Deus. Caim deveria ter seguido a Deus quando foi orientado, mas ele não conseguiu fazer isso porque seu entendimento de Deus era falho. Que tipo de Deus é nosso Deus? Existe apenas um Deus ou dois? Não há mais de um Deus, apenas um. Só há um verdadeiro Deus em todo este universo.
É por isso que a Bíblia diz que Jesus Cristo é a luz, e que embora este único Deus, a verdadeira luz, tendo vindo a este mundo, o mundo não o recebeu; porém, todos os que o recebem – ou seja, os que creem em seu nome – ele deu o direito de ser chamados filhos de Deus (João 1:11-12). Deus é único. E por isso o único direito que temos é servir somente a ele.
No entanto, se você se afastar dele, você poderá acabar servindo a mais de um deus. Tudo pode se tornar seu deus, desde os bens materiais que o agradam, sua ideologia, seus próprios pensamentos, você mesmo e até os demônios. Melhor dizendo, se você não consegue aceitar que ele é o único Deus, então tudo o mais pode se tornar um deus para você. Quando tudo se tornar em deus para você, o que vem depois é a sua própria morte. Você não pode esquecer que não é impossível ter mais de um deus, mas muitos deuses em seu coração. e mesmo no coração dos nascidos de novo é possível haver centenas de deuses ou até milhares deles.
Quando o diabo tenta os nascidos de novo para que eles tenham seus próprios deuses, eles acabam fazendo isso mesmo. É por isso que muitas religiões continuam aparecendo em todo o mundo. Afinal de contas, não existem muitas religiões que continuam surgindo a cada dia neste mundo? Na verdade, várias religiões esquisitas continuam aparecendo. Por exemplo, o modo como o samurai é venerado no Japão também é uma religião. Para seus seguidores, o próprio espírito do samurai é um deus para eles. O espírito da espada exige que ele nunca se render ao seu oponente, mas que lute até o fim, não importa se vai viver ou morrer. Se alguém perde a batalha mesmo depois de ter lutado com sua própria alma, então ele deve cometer suicídio cortando os pulsos. Já que o espírito da espada se tornou seu deus, ele deve obedecer às ordens deste deus. No entanto, só há um único ser divino que é Deus. E o certo é servirmos somente a ele.
Se você está servindo a dois deuses, então você tem um problema sério. Você acabará seguindo o mesmo caminho de Caim. Se você não nasceu de novo, e enquanto não for lançado no inferno, você estará seguindo os mesmos passos de Caim, que foi amaldiçoado por Deus. Então, você deve começar a crer assim: “Há apenas um único Deus, e eu servirei somente a ele”.
 
 

Tenha Somente Deus em seu Coração

 
“Será que em meu coração eu estou servindo mesmo a dois deuses ou a um somente? Qual é o certo?” Você deve saber claramente a resposta para estas perguntas, que é servir somente a Deus. Isso deve estar bem claro em seu coração.
A Bíblia diz que Jó levava uma vida de fé diante de Deus e dava um banquete no seu aniversário, e no último dia do banquete sempre oferecia uma oferta queimada. “Sucedia, pois, que, tendo decorrido o turno de dias de seus banquetes, enviava Jó, e os santificava, e se levantava de madrugada, e oferecia holocaustos segundo o número de todos eles; porque dizia Jó: Porventura, pecaram meus filhos e blasfemaram de Deus no seu coração. Assim o fazia Jó continuamente” (Jó 1:5).
Como é bem provável que os filhos de Jó serviam a outros deuses ao invés de servir somente ao único Deus, Jó reunia todos os seus filhos em sua casa, preparava cordeiros para eles e no último dia do banquete do seu aniversário ele lhes dizia: “Imponham as mãos aqui e confessem todos os seus erros. Digam a Deus: ‘Eu cometi tais e tais pecados’”. Ele então degolava destes animais de sacrifício, colocava sua carne sobre o altar e a oferecia a Deus queimando-a. Jó se certificava de que todos os seus sete filhos dariam sua oferta queimada, desde o primeiro até o último. Foi por isso que Deus elogiou Jó. Ele foi elogiado porque seu coração nunca deixou a Deus. Foi esta fé que Deus deu a ele.
Nós também recebemos esse tipo de fé. Mas enquanto vivermos, é possível nos desviarmos como os filhos de Jó. Mesmo quando servimos a dois deuses, estamos propensos a justificar a nós mesmos pensando: “Tudo bem, já que eu creio em um Deus apenas”, por isso é mais do que possível que nos tornemos iguais aos filhos de Jó. Crendo que há somente um Deus, devemos nos conformar em crer neste Deus e servir somente a ele pelo resto da nossa vida. Mesmo que cometamos falhas e por um tempo percamos a cabeça pelas coisas do mundo, pelo menos em nosso coração deve haver um único Deus. Somente então desfrutaremos para sempre do que Deus nos deu e receberemos suas bênçãos, e somente assim evitaremos pecar diante dele. O maior pecado de todos é ter outros deuses além de Deus. Ter dois deuses é o maior pecado de todos. Todo aquele que pecar certamente será amaldiçoado.
É por isso que Satanás sempre vem nos tentar para termos outros deuses além de Deus. Ele nos tenta com algo que não representa muita coisa, dizendo: “Este é o seu deus”. E se não conseguirmos viver pela fé, servindo apenas a um deus, então seremos ludibriados pelas palavras de Satanás e acabaremos aceitando-as, dizendo: “Está bem, isso também é divino”. Assim, acabaremos servindo a dois deuses, e no fim serviremos ainda a outras coisas além dos nossos deuses e abandonaremos o verdadeiro Deus.
Amados irmãos, vocês devem levar sua vida de fé crendo assim em seu coração: “Deus é o meu único Deus. Existe apenas um Deus. Nada mais é divino”. É nisso que vocês devem crer com toda a sua fé. Se isso ainda não aconteceu, então você precisa reconhecer que algo está errado.
 
 
Depois Caim Deixou a Deus
 
Quando Caim pecou e este pecado ficou claro para Deus, ele se encheu de temor por causa dele, pensando que a partir de então não lhe restaria mais esperança alguma. Ele temeu o juízo de Deus. Caim lamentou: “Eu não tenho para onde ir. Não há um lugar sequer na terra aonde eu possa ir”. Mas Deus lhe disse: “Não é bem assim. Aquele que o matar será punido sete vezes mais. Você pecou. Porém, o que você tem a fazer é reconhecer seu pecado e voltar-se para mim, crendo que eu sou o único Deus. Eu julgarei com mais severidade aquele que o condenar e o matar pelo seu pecado”. Deus deu a Caim uma marca para que ninguém o matasse. E embora ele tivesse pecado por servir a dois deuses além de Deus, o Senhor o perdoou por estes pecados.
Primeiro, Caim não conhecia a Deus. Ele só passou a conhecê-lo depois que cometeu um crime hediondo. Naquele momento, Deus perdoou os pecados de Caim. Ele os remiu, dizendo: “Ninguém o matará por seus pecados”. Além do mais, até a sua morte Caim ainda não tinha aceitado que Deus tinha remido todos os seus pecados. Ele não creu em sua própria remissão de pecados que Deus lhe concedeu, mas ao invés disso, ele o deixou. Então, ele se casou com uma mulher e construiu sua própria cidade.
Caim se deitou com sua esposa e teve um filho, e seu nome era Enoque. Ele construiu uma cidade e colocou-lhe o nome de seu filho. Caim é a figura daqueles que não nasceram de novo. Abel, por outro lado, representa aqueles que nasceram de novo crendo em Deus. Por que Caim construiu uma cidade depois de ter seu filho? Ele a construiu para proteger a si mesmo, porque ele não cria em Deus. Ele construiu os muros da cidade e viveu dentro dela com sua esposa e filhos. E quando tinha tempo, ele juntava rochas para construir muros ainda mais altos. Ele ficou construindo a cidade até morrer. Ele a construiu para que até seus irmãos e irmãs carnais não pudessem entrar nela. Isso mostra que aquele que deixa a Deus e não crê nele como seu único Deus é um deus para si mesmo, se autonomeia um ser divino e diz: “Agora eu não creio em mais ninguém além de mim mesmo”. Melhor dizendo, ele estava totalmente separado de Deus. Ele era deus para si mesmo, para sua esposa e também para seus filhos.
Caim viveu assim. Os que não creem em Deus são antissociais. Eles são egoístas e intolerantes. E não são só eles que são amaldiçoados por não crerem em Deus, mas seus filhos também são amaldiçoados pelas futuras gerações. E porque eles não conseguiram crer num único Deus, seus descendentes foram amaldiçoados de gerações em gerações.
 
 

Siga um Único Deus

 
Creia somente em um Deus e sirva-o. Esta é a lição que Deus está nos ensinando no texto bíblico deste capítulo. Nós recebemos a remissão de pecados e cremos em Deus assim como Abel creu. No entanto, é possível termos dois deuses enquanto vivemos. Certamente sofreremos se acabarmos tendo dois deuses. Embora nossa alma tenha sido salva, é a nossa carne que vai sofrer. A Bíblia diz que Caim deixou a Deus. Para os cristãos de hoje, isso é o mesmo que deixar a igreja. Se alguém serve a dois deuses em sue coração, ele nunca ficará satisfeito com o que a igreja faz, e nem conseguirá seguir suas orientações. Embora haja apenas um único Deus, seu coração possui dois deuses e serve aos dois. E por isso ele é incapaz de servir somente a um Deus. Esta é a razão de muitos cristãos acabarem deixando a Deus e sua igreja.
Se alguém deixa a Deus, ele desaparece? Não, Deus existe para sempre. O que Deus faz então? Ele o segue e o amaldiçoa. Ao invés de cantar “♬ Deus me seguiu e depois me salvou♪,” esta pessoa cantará “♬ Deus me seguiu e ele mesmo me fez tropeçar♪”. E por quê? Porque ele é um Deus de amor. Deus diz às pessoas: “Mesmo que você esteja no fundo do mar, e até no vale da sombra da morte, eu ainda serei seu Deus. Eu estarei contigo onde quer que você estiver, pois quero ser seu Pastor. Então por que você quer me deixar? Por que você não quer me conhecer, já que eu o conheço tão bem?” Deus os deixa sofrer para que eles possam se voltar para ele.
Nós não temos outro deus além do nosso Deus. Deus não pode ser dois. Temos que ter um único Deus habitando no fundo da nossa alma, no centro do nosso coração. Você deve ter apenas Deus em seu coração. Você tem só a Deus em seu coração ou tem muitos deuses dentro dele? As bênçãos de Jeová são sobre aqueles que têm apenas um único Deus. Por outro lado, não há bênção alguma para os que servem a dois deuses e o castigo de Deus sobre eles nunca acaba. Para os que servem a três deuses, o time está completo. E quando isso acontece, eles acabando deixando a Igreja de Deus. Melhor dizendo, se você serve a três deuses, você acabará dando qualquer desculpa para deixar a Deus.
Todos nós devemos crer no fundo do nosso coração que há somente um Deus e servi-lo da forma correta. E temos que pensar assim: “Eu vou crer, seguir e servir somente a Deus para o resto da minha vida. Este é o jeito certo de viver”. Vocês compreendem o que estou dizendo, queridos irmãos? Se vocês tiverem mais que um Deus em seu coração, vocês devem expulsar todos eles, menos o verdadeiro Deus. Se há três deuses diferentes, dê-lhes um chute com os dois pés. Então, guarde em seu coração que somente Deus o salvou através do evangelho da água e do Espírito. Adore a este deus e obedeça a ele de todo o coração.
Não deixe esta lição passar, ouça-a com sabedoria. Não deve haver mais de um Deus para aquele que foi salvo. Deve haver somente um Deus. O Deus trino é o nosso Deus e devemos servir somente a ele. Todos os outros deuses são falsos; eles são uma farsa. Há somente um único e verdadeiro Deus. E este Deus é o Deus da salvação. Sendo assim, vamos seguir apenas a este Deus que nos salvou através da água e do Espírito e receber todas as suas bênçãos.