ስብከቶች፤

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 5-1] As Bênçãos de Deus Foram Destinadas ao Ser Humano (Gênesis 5:1-24)

As Bênçãos de Deus Foram Destinadas ao Ser Humano(Gênesis 5:1-24)
“Este é o livro das gerações de Adão. No dia em que Deus criou o homem, à semelhança de Deus o fez. Macho e fêmea os criou, e os abençoou, e chamou o seu nome Adão, no dia em que foram criados. E Adão viveu cento e trinta anos, e gerou um filho à sua semelhança, conforme a sua imagem, e chamou o seu nome Sete. E foram os dias de Adão, depois que gerou a Sete, oitocentos anos, e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias que Adão viveu novecentos e trinta anos; e morreu. E viveu Sete cento e cinco anos e gerou a Enos. E viveu Sete, depois que gerou a Enos, oitocentos e sete anos e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Sete novecentos e doze anos; e morreu. E viveu Enos noventa anos; e gerou a Cainã. E viveu Enos, depois que gerou a Cainã, oitocentos e quinze anos e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Enos novecentos e cinco anos; e morreu. E viveu Cainã setenta anos e gerou a Maalalel. E viveu Cainã, depois que gerou a Maalalel, oitocentos e quarenta anos e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Cainã novecentos e dez anos; e morreu. E viveu Maalalel sessenta e cinco anos e gerou a Jarede. E viveu Maalalel, depois que gerou a Jarede, oitocentos e trinta anos e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Maalalel oitocentos e noventa e cinco anos; e morreu. E viveu Jarede cento e sessenta e dois anos e gerou a Enoque. E viveu Jarede, depois que gerou a Enoque, oitocentos anos e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Jarede novecentos e sessenta e dois anos; e morreu. E viveu Enoque sessenta e cinco anos e gerou a Metusalém. E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Metusalém, trezentos anos e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos. E andou Enoque com Deus; e não se viu mais, porquanto Deus para si o tomou”.
 
 

Deus Disse que Todo ser Humano Receberia as suas Bênçãos

 
Deus criou o homem no sétimo dia conforme a sua imagem e semelhança e o abençoou neste dia. Ele abençoa todos que foram criados por ele. Deus não discrimina ninguém. Ele os abençoa porque os ama desde o momento em que os criou. Deus nos criou para nos dar suas bênçãos. Ele nos criou não porque estava entediado ou para fazer acepção de alguém. Ao contrário, ele nos criou para nos dar as bênçãos celestiais. Por isso que Deus criou o homem conforme a sua imagem, ou seja, Deus criou o homem como um ser que teria os mesmos atributos que ele: Deus criou o homem eterno como ele é eterno, porque ele é um Deus justo e amoroso. Deus imprimiu estas características na alma do homem. Quando Deus criou o homem, ele também criou a mulher e os abençoou. Isso quer dizer que Jesus nos deu sua Igreja.
As pessoas geralmente se perguntam por que nasceram neste mundo, por que são pecadoras e por que têm que crer em Jesus como seu Salvador. E o propósito de Deus ter criado o homem se encontra no fato de que ele quis nos abençoar. Após termos um encontro com o evangelho da água e do Espírito, nós entendemos perfeitamente que Deus nos abençoou e nos criou para nos abençoar. Ele nos criou segundo o seu propósito e nos deu bênçãos celestiais por meio do evangelho da água e do Espírito. Nós temos um Deus que nos criou para nos dar bênçãos celestiais.
Ao contrário das outras criaturas, o homem é o único que recebe bênçãos celestiais. As outras criaturas fora criadas por causa do homem, porque ele precisa delas, embora desde o começo da criação o homem tenha sido criado para receber as bênçãos de Deus. Deus criou o homem no sexto dia para fazê-lo seu filho e lhe dar suas bênçãos. Deus criou o homem, o abençoou e o santificou. Após Deus ter criado o homem e a mulher, ele lhe deu a sua salvação e os fez seus filhos, além de dar-lhes a vida eterna e fazê-los participantes da natureza divina (2 Pedro 1:4). Deus deu ao homem a bênção de reinar sobre tudo no universo com ele.
Com que propósito Deus nos criou e o que ele quer de nós? Ele quer que sejamos abençoados por ele e reconheçamos a obra que ele fez por nós. Ele não quer mais nada de nós. Deus nos criou para nos dar suas bênçãos. E ele também deu bênçãos a mim e a você. Não nos tornamos filhos de Deus pelo nosso próprio esforço ou porque fazemos algo bem. Nós recebemos suas bênçãos enquanto vivemos neste mundo porque, desde a criação dos céus e da terra, ele nos fez para isso. Deus nos criou e nos deu sua igreja para que recebêssemos a remissão de pecados e nos tornássemos seus filhos.
Deus criou o homem para se tornar seu filho sendo salvo dos seus pecados pelo evangelho da água e do Espírito. Por isso que nós que cremos no evangelho da água e do Espírito nascemos de novo como filhos de Deus. O homem é chamado de “o senhor de toda a criação”. Contudo, nem todos são “os senhores da criação”, ou seja, são valiosos para Deus. Os mais perfeitos são aqueles que nasceram de novo crendo no evangelho da água e do Espírito. Dentre todas as pessoas que Deus criou, os nascidos de novo são os mais lindos e perfeitos. A obra que Deus fez por nós foi perfeita.
Então, não temos que questionar a obra que Deus fez por nós, pois a única coisa que temos que fazer é entender e crer que Deus nos deu suas bênçãos celestiais. Você acha que é certo não entendermos o propósito do Deus criador ao nos criar, já que ele fez isso no sentido de nos dar bênçãos celestiais? Você não entenderá seu propósito de vida se não souber que Deus lhe deu estas bênçãos. Na verdade, você vai acabar caindo em pecado e sem esperança alguma. É por isso que as Escrituras dizem que “o homem que está em honra, e não tem entendimento, é semelhante aos animais, que perecem” (Salmos 49:20).
O propósito inicial de Deus ao nos criar foi nos dar suas bênçãos; e ele de fato nos abençoou no dia em que nos criou. Deus nos deu as bênçãos celestiais com o evangelho da água e do Espírito, e nós temos em nossa vida estas bênçãos que ele nos deu. Ponto passivo é o fato de os que se tornaram filhos de Deus crendo no evangelho da água e do Espírito irão para o reino dos céus após fazer a obra de Deus neste mundo. E esta bênção também se refere à bênção de receber a remissão de pecados no Senhor e se tornar filho de Deus. Viver para a justiça de Deus é realmente uma grande bênção. Nós estamos pregando o evangelho enquanto a Igreja de Deus ainda está neste mundo – esta é a bênção que Deus nos deu. Nós temos que saber se vamos receber estas bênçãos ou não, e ter em nossa vida o entendimento de que recebemos esta bênção pela fé.
Como podemos ser gratos a Deus se não sabemos como ele nos abençoou? O homem é como uma cana ao vento, pois vive segundo as circunstâncias. Mas se tivermos a consciência de que somos aqueles que receberam bênçãos espirituais nas regiões celestiais, viveremos sempre dando graças a Deus e não vacilaremos, não importa o que passemos. Todavia, ninguém pode ter gratidão no coração, ser fortalecido e viver em paz se não souber disso. Pessoas assim são aquelas que procuram receber as bênçãos celestiais com seu próprio esforço.
Podemos ver claramente como muitos são enganados pelo diabo e vivem na escuridão e na miséria porque não conhecem as bênçãos que Deus nos deu. Só que Deus de fato nos deu a bênção da salvação e derrotou o diabo através da Igreja de Deus. E foi decisão dele lançar o diabo no fogo eterno. Eu não sei em relação às outras criaturas, mas podemos encontrar muitas provas nas Escrituras de que Deus criou o homem e lhe deu bênçãos celestiais.
Deus criou o homem no último dia da criação, quando criou os céus e a terra. Mas a Bíblia não fala nada sobre Deus ter criado os anjos. Mas podemos ver claramente na Palavra de Deus que há anjos e o diabo. O diabo era um anjo e se tornou inimigo de Deus quando se rebelou contra ele. E quem se rebela contra Deus se torna um diabo. Deus no começo não criou o diabo. O diabo é um anjo criado por Deus que em sua arrogância se opôs a ele e quis ser maior do que ele. Por isso ele se tornou o diabo e foi expulso da presença de Deus.
Deus planejou a criação dos céus e da terra e abençoou o homem no dia em que o criou para mostrar que tudo seria conforme a sua vontade. Mas tragicamente há pessoas que estão do lado do diabo, ignoram o justo propósito de Deus e lutam contra ele até hoje. Apesar disso, Deus abençoa todo ser humano. Os que são filhos de Satanás serão lançados no inferno porque não creem na Palavra de Deus. Apesar de Caim ter se tornado filho da maldição por não ter aceitado a Palavra de Deus e se afastado dele, Deus também lhe deu estas bênçãos. Ele também abençoou Caim, porém ele não recebeu estas bênçãos porque não creu nelas.
Quais são as bênçãos celestiais que recebemos? As bênçãos que recebemos não são outras senão as que nos levam a nascer de novo crendo no evangelho da água e do Espírito. Nós de fato recebemos grandes bênçãos porque somos filhos de Deus e cremos no evangelho da água e do Espírito, e por isso também alcançamos o direito de entrar no reino de Deus como seus filhos; nós desfrutaremos da vida e da glória eternas. Nós também recebemos a bênção de poder fazer a obra de Deus porque antes já tínhamos recebido a bênção da remissão de pecados. Nós que cremos no evangelho da água e do Espírito recebemos mesmo grandes bênçãos celestiais.
Deus deu estas bênçãos a Adão e Eva. Isso significa que Deus também concede bênçãos ao homem através da Palavra da verdade. E nós desfrutamos destas bênçãos de Deus porque cremos no evangelho da água e do Espírito. Por isso que eu desejo muito que todos neste mundo conheçam a verdade do evangelho da água e do Espírito. Deus concede esta grande salvação e bênçãos celestiais a todos neste mundo, mas só os que creem no evangelho da água e do Espírito é que desfrutam totalmente delas. Devemos ter em nossa vida o entendimento e a fé de que todos recebem bênçãos espirituais através do evangelho da água e do Espírito.
 
 

A Vida de Fé que Crê no Evangelho da Água e do Espírito

 
Gênesis capítulo 5 versículo 6 diz que Sete gerou Enos quanto tinha 105 anos e viveu até os 912 anos. Sete viveu 807 anos e gerou filhos. O relato incrível da idade dos nossos pais na fé descritos no texto bíblico deste capítulo, como eles geraram filhos e em que idade morreram não fala apenas de sua vida humana. Ao contrário, fala sobre sua vida de fé também.
Vemos a genealogia de Adão no texto bíblico deste capítulo: Sete, Enos, Cainã, Maalalel, Jarede e Enoque aparecem um após outro como pai da fé, descendentes de Adão, que geraram filhos na fé até serem reunidos com Deus. Os pais da fé de fato foram para Deus depois que geraram filhos espirituais e fizeram a obra de Deus por um longo tempo. Você e eu também vivemos pela fé pregando o evangelho da água e do Espírito porque recebemos a remissão de pecados em algum momento da nossa vida. Mas podemos ver que os descendentes de Adão foram para Deus após levar uma vida de fé por mais de 700 ou 900 anos.
Que tipo de vida de fé eles realmente tiveram? A Bíblia diz que eles foram para Deus após levar muitas almas à verdadeira fé, e não apenas que eles geraram filhos carnais. Eles herdaram a fé dos seus antepassados, geraram filhos e passaram sua fé para eles. E como geraram filhos por cerca de 800 anos, isso significa que eles tiveram muitos filhos. E como o clima e o ambiente eram totalmente favoráveis naquela época, é bem possível que eles tenham tido um filho a cada dois anos. Deste modo, eles devem ter gerado milhares de filhos até não poder mais. Então estes pais da fé foram para Deus depois de ter gerado muitos filhos espirituais e fazer a obra da fé.
Embora não possamos viver e fazer a obra da justiça tanto tempo como nossos pais na fé, nós podemos salvar muitas pessoas já que herdamos o evangelho da água e do Espírito através da Igreja de Deus e cremos nele. Por isso, nossa vida também será gravada no Livro da Vida que está diante de Deus. Nele estará gravado quando alguém nasceu, o ano em que recebeu a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito, quantos anos ele fez a obra de Deus e salvou almas, e o ano de sua morte.
Eu quero que você comece a pensar em quantas pessoas realmente foram salvas dos seus pecados. O texto bíblico deste capítulo traz o relato de quem gerou quem, e nós também um dia iremos para Deus depois de termos pregado o evangelho da água e do Espírito a muitas pessoas e gerado muitos filhos espirituais. Nós temos pregado esta verdade e um dia estaremos na presença de Deus para desfrutarmos da sua indescritível glória.
O texto bíblico deste capítulo afirma que a genealogia de Adão, ou seja, a genealogia dos nascidos de novo é igual a dele: Adão gerou Sete, e Sete gerou Enos, e a genealogia da fé continua. Analisando tudo isso, vemos que todos citados neste texto foram líderes que lideraram a Igreja de Deus na sua época. Os pais da fé geraram filhos sem parar enquanto puderam, e nós também temos que continuar gerando filhos espirituais pela pregação do evangelho da água e do Espírito em todo o mundo.
Quantos filhos espirituais nós geramos antes de irmos para Deus? Por mais que não preguemos o evangelho da água e do Espírito pessoalmente a todas as pessoas, nós vamos pregar este verdadeiro evangelho no mundo todo se participarmos da obra de evangelização através deste evangelho pela fé. Só hoje recebemos mais de 400 pedidos dos nossos livros gratuitos. Mais de 300 e-books foram baixados. E eu acho que este livro aqui também foi baixado. Eu acho que este livro especificamente, que contém o evangelho da água e do Espírito, vai impactar pelo menos 20 almas. Então, quando fazemos este cálculo pela fé, vemos que de fato temos gerado muitos filhos espirituais. Nós estamos pregando o evangelho da água e do Espírito para mais de 1000 pessoas por dia. Não são apenas alguns obreiros que estão pregando o evangelho, mas todos nós que trabalhamos juntos para o evangelho da água e do Espírito somos pregadores do evangelho que estão salvando a alma dos pecadores.
Todos os dias recebemos notícias de novos convertidos que receberam a remissão de pecados depois que leram nossos livros. E eu estou muito grato e feliz por isso.
Havia sete cálices com formado de amêndoas em cada hástea do candelabro que ficava no Tabernáculo, e cada cálice era sustentado por uma maçaneta para que ali houvesse luz (Êxodo 25:31-19 – ARA). A verdade é que Jesus é a luz, e todos nós somos estas maçanetas que sustentam a pregação do evangelho da justiça de Deus. E as boas novas que trazem gozo espiritual a estes obreiros, que atuam como maçanetas que apoiam o cálice do evangelho, é que almas têm recebido a remissão de pecados. Uma pessoa leu nosso livro e ficou tão feliz que o deu ao seu melhor amigo para que ele lesse também, e seu amigo ficou tão feliz que disse com todo o entusiasmo: “Onde estava escondida esta Palavra da verdade que apaga todos os meus pecados de uma vez por todas que só chegou às minhas mãos agora?” Nós estamos nos fortalecendo cada dia mais porque testemunhos como este têm chegado todos os dias.
Muitos pastores e missionários estão entre os que têm nos enviado seu testemunho de que nasceram de novo depois de ler nossos livros e ter um encontro com o evangelho da água e do Espírito. O resultado do trabalho evangelístico é maior quando pastores e missionários recebem a remissão de pecados, porque os cristãos que aprendem com eles podem nascer de novo também. A Bíblia nos diz que a semente só produz muito fruto quando cai na terra e morre, e muitas almas no mundo inteiro estão recebendo a remissão de pecados porque muitos de nós têm vivido unicamente para pregar o evangelho da água e do Espírito.
A genealogia de Adão gerou uma linhagem de fé e nos mostra como nossos pais na fé salvaram muitas pessoas a passaram sua fé para elas. Enoque aparece em Gênesis 5:21-24: “E viveu Enoque sessenta e cinco anos e gerou a Metusalém. E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Metusalém, trezentos anos e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos. E andou Enoque com Deus; e não se viu mais, porquanto Deus para si o tomou”. O texto diz que Enoque andou com Deus, embora tenha vivido pouco tempo. E Noé aparece entre todos que receberam como herança a fé de Enoque, um homem de fé que andou com Deus.
Enoque andou com Deus, gerou filhos e fez a obra para salvar almas. Está escrito que Enoque andou com Deus. Andar com alguém significa se unir a esta pessoa e caminhar com ele a todo o momento. Isso significa ter os mesmos objetivos e ter o coração ligado um ao outro. Algo imprescindível para que andemos com Deus é crer na sua justiça e ter a mesma fé.
Eu quero que examinemos a nós mesmos para vermos se de fato estamos andando com o Senhor pela fé. O Senhor deseja nos ensinar o evangelho da água e do Espírito, que é a verdade da salvação, mas você tem feito a vontade de Deus pela fé realmente? Deus quer que vivamos em união na sua justiça e que preguemos o evangelho da verdade em todo o mundo. Se fizermos isso então, viveremos segundo a vontade de Deus e faremos a obra que o agrada. É isso que significa se unir a Deus. Se unir a Deus é fazer tudo que ele quer. Quem tem fé anda com Deus e faz o que ele quer, independente da sua própria vontade. A Bíblia diz: “Andarão dois juntos, se não estiverem de acordo?” (Amós 3:3). Duas pessoas não podem ir na mesma direção se seu coração estiver dividido.
Se o coração de duas pessoas não estiver unido, elas vão se separar. Até um casal vai se separar se seu coração não estiver unido. Mas a Bíblia nos diz que Enoque andou com Deus 300 anos. Isso quer dizer que seu coração esteve unido ao de Deus enquanto ele viveu neste mundo. Quando Deus ia para a direita, Enoque ia também; quando Deus ia para a esquerda, Enoque ia também; Enoque seguia em frente quando Deus fazia o mesmo, e recuava quando Deus dizia: “Vamos voltar”. Como podemos ver, o coração de Enoque estava sempre unido ao do Senhor. Esta é a vida na qual se anda com Deus.
Mas e você e eu? Será que temos vivido com nosso coração ligado ao do Senhor? Será que temos pelo menos tentado viver assim, apesar de sabermos que nunca conseguiremos fazer isso 100%? É muito importante unirmos nosso coração ao de Deus enquanto vivemos neste mundo maligno. A obra da salvação só se manifesta quando vivemos em consonância com a justiça de Deus. Por mais que sejamos imperfeitos, muitas almas receberão a remissão de pecados se fizermos plenamente a obra da pregação do evangelho da água e do Espírito e vivermos pela fé sendo um só com o Senhor.
Apesar de termos tido muitas dificuldades quando começamos a produzir nossos livros em inglês para fazer missões mundiais, nós vencemos todas elas e conseguimos alcançar nosso objetivo, pois tínhamos certeza que esta obra era do agrado do Senhor. O Senhor nos deu a Palavra do evangelho da água e do Espírito e nos mandou pregá-lo em todo o mundo. Então temos sido obedientes e de fato pregado este evangelho no mundo inteiro.
O que as pessoas do ocidente geralmente pensam das pessoas do oriente? Elas acham que são melhores do que as pessoas do ocidente. Mas como temos nosso coração na justiça de Deus, vemos todos no ocidente como almas que precisam crer no evangelho da água e do Espírito para receber a remissão de pecados. Para nós, eles também são almas que precisam receber a remissão de pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. É por isso que estamos nos esforçando para alcançá-los com o evangelho da água e do Espírito através do nosso ministério de literatura. Embora sua história cristã seja longa, a obra da evangelização será manifesta no mundo inteiro quando unirmos nosso coração à justiça de Deus pela fé e andarmos com ele, pois cremos que Deus nos confiou esta obra de evangelização do verdadeiro evangelho.
De fato, testemunhos maravilhosos têm chegado do mundo inteiro, já que estes livros que contém a verdade do evangelho da água e do Espírito, que é a verdade da salvação, têm sido enviados a toda a terra. Eles dizem: “É realmente maravilhoso. Como estas pessoas do oriente estão pregando o evangelho da água e do Espírito a toda cristandade? Isso é mesmo algo ousado”. Mas apesar de ouvirmos isso, sabemos que é algo natural um pequeno grupo de pessoas da Coreia, que receberam o evangelho relativamente há pouco tempo, pregar esta verdade, pois foi Deus quem nos confiou este ministério. O Senhor disse: “Não temas, ó pequeno rebanho, porque a vosso Pai agradou dar-vos o Reino” (Lucas 12:32).
Deus disse que enviaria a chuva temporã e a serôdia. A chuva temporã da salvação veio sobre os apóstolos da Igreja Primitiva, e Deus entregou a obra da chuva serôdia do Espírito Santo a nós para pregarmos o evangelho da água e do Espírito agora. Conforme o tempo foi passando, muitos cristãos em todo o mundo adquiriram o gosto de ler nossos livros e, como resultado, passaram a crer no evangelho da água e do Espírito. Muitos hoje passaram a crer no evangelho da água e do Espírito como nós e têm pregado-o àqueles que estão mais próximos a eles. Eles foram libertos da confusão espiritual que há muito tinham após ter um encontro com o evangelho da água e do Espírito e entenderam que este é o evangelho da verdade. Cristãos em todo o mundo hoje estão despertando espiritualmente. E é isso o que temos dito aos cristãos do mundo todo: “Somente o evangelho da água e do Espírito dado por Deus é o verdadeiro evangelho. Não há outro evangelho além deste. Somente este evangelho é o verdadeiro evangelho da salvação que os apóstolos pregaram”.
Algumas pessoas do ocidente se recusam a reconhecer que o evangelho que estamos pregando é mesmo a verdade. E eles dizem: “Por que Deus enviaria a chuva temporã a todas as pessoas através de vocês? Nosso país tem uma longa história no Cristianismo e, na verdade, fomos nós que o levamos para o seu país. E, além disso, nossos teólogos cristãos são muito mais famosos. Vocês estão dizendo então que todos eles são mentirosos?” Mas nós sabemos que não foram eles que receberam o evangelho da água e do Espírito. Apesar de haver muitos teólogos e pregadores famosos nestes países, Deus nunca os ensinou o evangelho da água e do Espírito. Todavia, há muitos cristãos no ocidente hoje recebendo a vida eterna crendo no evangelho da água e do Espírito. E eles são muito gratos por ter tido um encontro com o evangelho da água e do Espírito através dos nossos livros missionários e recebido a remissão de pecados, já que ainda não haviam nascido de novo, embora tenham seguido e crido no Cristianismo por muito tempo.
A verdade é que o Cristianismo tem confundido tanto a Palavra de Deus que nunca criou uma tese palpável para explicar a razão de Jesus ter sido batizado. É por isso que os cristãos veem o batismo de Jesus como um sinal de humildade ou a proclamação de que ele é o Messias. Apesar disso, muitos cristãos estão entendendo agora como é estúpido pensar assim através da nossa literatura cristã e, por conseguinte, crendo na Palavra do evangelho da água e do Espírito. Eles agora estão obedecendo ao evangelho da salvação dado por Deus, ou seja, o evangelho da água e do Espírito, e sendo gratos a ele.
Muitos no mundo inteiro estão recebendo a remissão dos seus pecados, como nós que temos nosso coração na Igreja de Deus, e pregamos o evangelho segundo a vontade de Deus. Vários seminários no mundo todo estão nos pedindo permissão para usar nossos livros em suas aulas. Nós pregaremos o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo enquanto aprouver a Deus. Mas se isso não agradar a Deus, não pregaremos mais este evangelho. Nós faremos a obra de Deus pela fé nos unindo à justiça de Deus, pois isso é o que o agrada.
 
 

Deus Levou Enoque

 
Não há vida mais abençoada do que andar com o Senhor pela fé depois que se tem um encontro com ele através do evangelho da água e do Espírito. Mas os cristãos que não andam como Deus mentem o tempo todo. Eles mentem e dizem que todos que fazem parte de sua igreja receberam a remissão dos seus pecados. Mas alguém pode mesmo nascer de novo sem conhecer o evangelho da água e do Espírito? Claro que não! Portanto, os líderes cristãos que ainda não nasceram de novo concentram toda a sua energia em tirar dinheiro da sua igreja e construir templos cada vez maiores. No entanto, eles não fariam isso se andassem com o Senhor. Mas já que não fazem isso, eles não sabem o que agrada a Deus e não conhecem o evangelho da água e do Espírito. Quando alguém crê de fato no evangelho da água e do Espírito e prega este evangelho enquanto anda com Deus, ele habita dentro ele, o guarda e o guia.
Até hoje temos visto como Deus abençoa e ajuda quem anda com ele. E como sabemos muito bem que Deus quer que preguemos o evangelho da água e do Espírito no mundo todo, temos que ser obedientes e fazer a obra que ele deseja. Desde os primórdios da história humana, este é o tempo em que o evangelho da água e do Espírito tem sido mais pregado. O evangelho da água e do Espírito só foi pregado em algumas regiões ao redor dos países do Mediterrâneo durante a Era Apostólica. Isso porque o transporte e os meios de impressão eram muito limitados. Mas como hoje as coisas são diferentes, levamos apenas um dia de viagem para ir a qualquer país de avião. Podemos enviar e receber mensagens por e-mails em poucos segundos. Também podemos pregar o evangelho da água e do Espírito a dezenas e milhares de pessoas por dia pela internet. Jamais houve um tempo em que o evangelho da água e do Espírito foi pregado em tão grande escala no mundo todo. E isso só foi possível por causa dos avanços dos meios de transporte e comunicação. E como o Senhor prometeu que voltará depois que o evangelho da água e do Espírito for pregado em todo o mundo, nós estamos pregando este lindo evangelho no mundo todo agora porque cremos nesta promessa. E faremos esta obra até que o evangelho da água e do Espírito seja mesmo pregado em todo o mundo.
Deus está tão feliz com a obra que estamos fazendo que sempre nos abençoa. Muitas pessoas estão visitando nosso web site hoje em dia. Nós estamos tendo mais de vinte mil acessos por dia. E também temos testemunhado com nossos olhos como Deus trabalha de uma forma maravilhosa quando andamos pela fé nele que é um Deus de verdade e poder.
Aquele que anda com Deus e crê na sua justiça é de fato um justo. É preciso crer na justiça de Deus e andar com ele para crer no evangelho da água e do Espírito. Ninguém pode fazer a obra de Deus se for carnal e teimoso. E por mais que tente, não conseguirá nada.
Será que qualquer um pode andar com Deus? Quem quer seguir a Deus com seus pensamentos carnais não pode andar com ele. Pense nisso! Você ia querer andar com alguém que não concorda com você? Ao invés de pregar o evangelho, quem ignora a vontade de Deus acaba atrapalhando os que querem fazer a sua vontade e a obra do Senhor.
Os homens de fé que vemos no texto bíblico deste capítulo andaram com Deus e viveram muitos anos porque viveram segundo a vontade de Deus pela fé. Eu só sei que temos que fazer a obra que agrada o Senhor apesar de termos muitas falhas. Temos que meditar nisso: “O quanto eu tenho andado com Deus? E como devo andar com Deus a partir de agora?” Temos que viver na presença do Senhor até o fim para que um dia ele nos leve para junto dele. Eu sei que todos vocês querem ir para o Senhor após fazer a obra aqui e salvar muitas almas.
Nós fazemos parte da genealogia de Adão porque também queremos andar com o Senhor. Embora nossa carne seja imperfeita, nós queremos andar com Deus até o fim. Eu quero estar na presença do Senhor depois de andar com Deus e pregar o evangelho da água e do Espírito fielmente no mundo inteiro.
De toda literatura evangélica que publicamos até hoje, há alguns sermões no livro de Romanos. Muitos estão presos a estas palavras que se encontram no livro de Romanos capítulo 3 versículo 10, que afirma que “Não há um justo, nem um sequer”, e vivem sem nascer de novo confessando: “Já que eu creio em Jesus, não tem problema algum eu continuar sendo pecador”. Mas o texto de Romanos 3:10 se refere a uma passagem do Antigo Testamento, e Paulo cita esta passagem para pregar a verdade de que “Não havia mesmo nenhum justo antes, mas o Senhor veio e tornou os pecadores justos”. O apóstolo Paulo não está dizendo aqui que nunca havia um justo. Ao invés de pregar o evangelho da água e do Espírito, ele está dizendo: “Antes não havia mesmo um justo entre os gentios e até entre os judeus. Mas agora nos tornamos justos porque Jesus Cristo veio e apagou todos os nossos pecados”. Paulo está falando de algo fundamental aqui, que não havia nenhum justo entre os que nasceram de Adão, e precisamos entender bem isso. E ele usou um texto do Antigo Testamento para falar sobre isso. Em outras palavras, Paulo cita este texto do Antigo Testamento para enfatizar que Jesus veio a este mundo e salvou os pecadores dos seus pecados, tornando-os justos assim. De fato não havia nenhum justo antes, mas Jesus Cristo veio e apagou todos os pecados do homem, e assim nos tornamos justos crendo na sua obra de justiça.
Está Escrito no livro de Salmos 14:
“Disseram os néscios no seu coração:
Não há Deus.
Têm-se corrompido,
Fazem-se abomináveis em suas obras,
Não há ninguém que faça o bem.
O SENHOR olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a Deus.
Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos;
Não há quem faça o bem,
Não há sequer um.
Não terão conhecimento os obreiros da iniquidade,
Que comem o meu povo como se comessem pão?
Eles não invocam ao SENHOR” (Salmos 14:1-4).
O homem antes dizia que Deus não existia e não havia ninguém que fizesse boas obras ou fosse encontrado justo. No entanto, o apóstolo Paulo citou este texto do Antigo Testamento que até os pecadores podem se tornar justos e sem pecado.
Não há nenhum justo entre os religiosos deste mundo. Eu li um livro sobre São Francisco algum tempo atrás e decidi levar uma vida ascética e de sacrifício como ele. A Bíblia diz que devemos dar até a nossa capa para alguém que nos pedir nossas vestes. Então eu dava minhas roupas e o dinheiro que tinha no bolso quando via algum mendigo. Mas será que podemos fazer isso todos os dias? Segundo o livro, São Francisco fazia. Todos o viam como um homem santo, pois dava suas roupas para os pobres a andava nu. Mas nós que somos justos devemos chamá-lo de santo? Claro que não! E por quê? Porque não é esse tipo de hipocrisia que Deus quer de nós.
No budismo a libertação da alma acontece por meio de práticas ascéticas. Então, quando um ser iluminado morre, seu corpo é cremado e joias são procuradas em meio às suas cinzas. Dizem que joias são formadas dentro do corpo de uma pessoa que leva uma vida ascética. Então, quando o corpo de um budista importante é cremado, eles procuram joias em meio às suas relíquias para ver o quanto ele levava uma vida ascética assim como a grandeza do seu ser. Dizem que a pessoa entra no Nirvana quando são encontradas muitas joias em meio às suas cinzas. Neste mundo, quem treina bastante sua autodisciplina e procura levar uma vida ascética e de sacrifício é considerado uma pessoa justa e santa.
Em termos religiosos, a palavra “santo” significa o mesmo que “justo”. Portanto, ser justo ou santo é algo raro, e só alguém muito ascético ou santo é que pode ser santo ou justo. As pessoas acham que levar uma vida assim é o caminho para ser santo.
“A fé sem obras é morta” (Tiago 2:26). Nós pregamos o evangelho da água e do Espírito porque cremos nele. E fazemos a boa obra porque cremos na justiça de Deus. Nós enviamos nossos livros gratuitamente ao mundo todo porque cremos na justiça de Deus. É difícil enviar livros para alguns países, mas sabemos que muitas almas que vivem neles lerão nossos livros e nascerão de novo, porque apesar de não ser fácil enviá-los para lá, Deus abençoa o nosso ministério.
Só é possível fazer a verdadeira obra da fé quando se crê no evangelho da água e do Espírito. Mas os religiosos acham que a fé é fortalecida quando nossas obras são vistas por todos. Tudo que alguém que não crê no evangelho da água e do Espírito faz é considerado pecado. Os religiosos se esforçam para fazer sua obra religiosa, só que Deus não aprova suas obras. Mas nós que fazemos boas obras pela fé temos uma vida abençoada que Deus aprova e se agrada. Nós não ganhamos dinheiro com coisas que no fim acabam contaminando nosso corpo, mas para usá-lo unicamente na pregação do evangelho. E não vivemos totalmente para o Senhor ao invés de vivermos para satisfazer nossa carne neste mundo? A verdadeira boa obra é dar tudo que temos para salvar almas, porque não aguentamos ver outras almas indo para o inferno. Portanto, a verdadeira boa obra não tem nada a ver com as obras virtuosas que só exaltam a justiça do homem e não conhecem o evangelho da verdade.
A justiça do homem é assim: quem não tem muito dinheiro envia alguns poucos alimentos para um orfanato, e quem tem muito dinheiro doa alguns milhares de dólares para alguma organização filantrópica. Quando alguém doa um de seus rins para um estranho, ele é considerado uma pessoa muito justa.
Mas será que a justiça do homem pode ser comparada com a purificação dos pecados do coração feita pelo evangelho da água e do Espírito? A justiça dos religiosos é como as vestes feitas de folhas de figueira. Mas a justiça de Deus é feita do evangelho da água e do Espírito que apaga todos os nossos pecados, como as vestes de pele cobriram a vergonha de Adão para sempre e de um modo perfeito. Nós cremos neste verdadeiro evangelho e o pregamos.
Quando pregamos o evangelho para as pessoas, podemos ver que cada uma delas o recebe de modo diferente. É por isso que não é fácil pregá-lo para quem não está disposto a ouvi-lo. Então, temos que pregar o evangelho da água e do Espírito para as pessoas puras que entendem bem que sua alma é valiosa, e para aqueles que realmente querem conhecer a Palavra de Deus. Não jogue pérolas aos porcos. Não devemos dar algo valioso para alguém que não reconhece o seu valor. Temos que pregar este precioso evangelho para aqueles que reconhecem o seu valor. Há muitos neste mundo que estão oprimidos por causa dos pecados da sua alma e que desejam de fato ser salvos deles. E é para estes que devemos pregar o evangelho da água e do Espírito.
Por isso que estamos publicando estes livros. Como não podemos alcançar pessoalmente todos neste mundo, nós criamos um website para que todos que quiserem nascer de novo tenham um encontro com o evangelho da água e do Espírito ali, e também para disponibilizarmos livros on line e os enviarmos a todo o mundo gratuitamente. Naturalmente, alguns nos atacam e dizem: “O evangelho da água e do Espírito que vocês estão pregando é um ensinamento herético”. Então, é uma perda de tempo continuar lidando com estas pessoas ignorantes que dizem que o evangelho da água e do Espírito é herético e que o evangelho que elas aprenderam é a verdade. Deixem-nas dizer o que quiserem. Mas se elas continuarem com isso, temos que lidar com isso rigorosamente. Só temos que dizer a elas que, em sua consciência, elas sabem que vão para o inferno, e que elas vão mesmo para o inferno se morrerem ainda tendo pecado no seu coração.
Mas apesar de toda perseguição, nós continuamos distribuindo nossos livros que contém o evangelho até para aqueles que não falam a mesma língua que a nossa. Seria praticamente impossível pregar o evangelho para eles no seu próprio idioma, mas Deus nos deu a sabedoria de traduzir nossos livros em sua língua e pô-los em nosso website para que eles possam ler. E assim a Igreja de Deus tem pregado o evangelho da água e do Espírito. Será que muitas pessoas visitam nosso website e leem nossos livros que contém o evangelho da água e do Espírito? Atualmente temos pregado o evangelho da água e do Espírito, que contém a justiça de Deus, em todo o mundo.
Muitos estão realmente nascendo de novo, recebendo uma nova vida e vivendo para a justiça de Deus porque leram só um livro nosso. Um deles em particular, que é cristão por mais de 50 anos, nos enviou seu testemunho que foi salvo dos seus pecados depois de ler um dos nossos livros. Aquele que tem o coração aberto pode receber a remissão de pecados lendo só um livro nosso. Mas se alguém tiver pensamentos carnais, ele lutará contra nós e não entenderá a verdade do evangelho, não importa quantas vezes leu nossos livros.
Temos que exaltar a justiça de Deus e crer no evangelho da água e do Espírito que contém sua justiça. Aleluia!