শিক্ষা

Assunto 18: GÊNESIS

[Capítulo 12-5] Você Tem que Reconhecer a Igreja de Deus (Gênesis 12:10-20)

(Gênesis 12:10-20)
“E havia fome naquela terra; e desceu Abrão ao Egito, para peregrinar ali, porquanto a fome era grande na terra. E aconteceu que, chegando ele para entrar no Egito, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher formosa à vista; E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é sua mulher. E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida. Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti. E aconteceu que, entrando Abrão no Egito, viram os egípcios a mulher, que era mui formosa. E viram-na os príncipes de Faraó, e gabaram-na diante de Faraó; e foi a mulher tomada para a casa de Faraó. E fez bem a Abrão por amor dela; e ele teve ovelhas, vacas, jumentos, servos e servas, jumentas e camelos. Feriu, porém, o SENHOR a Faraó e a sua casa, com grandes pragas, por causa de Sarai, mulher de Abrão. Então chamou Faraó a Abrão, e disse: Que é isto que me fizeste? Por que não me disseste que ela era tua mulher? Por que disseste: É minha irmã? Por isso a tomei por minha mulher; agora, pois, eis aqui tua mulher; toma-a e vai-te. E Faraó deu ordens aos seus homens a respeito dele; e acompanharam-no, a ele, e a sua mulher, e a tudo o que tinha”.
 
 
O texto bíblico acima fala da verdadeira fé na Igreja de Deus. Abraão obedeceu à Palavra de Deus e deixou sua terra com sua esposa e seu sobrinho Ló, assim como sua família e a casa de seu pai. Mas houve uma grande fome na terra de Canaã enquanto ele ali habitava. Então ele não teve outra opção senão pegar sua família e seus bens e ir para a terra do Egito.
No entanto, antes de entrar no Egito, Abraão pediu a sua esposa Sara que dissesse que não era sua esposa para preservar sua vida. Está escrito em Gênesis 12:11-13: “E aconteceu que, chegando ele para entrar no Egito, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher formosa à vista; E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é sua mulher. E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida. Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti”.
Abraão se sentiu ameaçado quando chegou ao Egito porque percebeu que sua vida estava em risco. E a razão disso é que os líderes tribais daquela época tinham poder absoluta e podiam matar qualquer um que entrasse em sua terra. E seus moradores podiam matar um estrangeiro para tomar sua esposa se ela fosse bonita. E como está escrito em Gênesis 12:13, Abraão disse: “Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti” (Gênesis 12:13). Pelo lado humano, Abraão, o pai da fé, era um homem fraco que recorreu a certas tramas quando se viu em perigo de vida.
O rei do Egito e todos os homens ali ficaram impressionados quando Sara, mulher de Abraão, chegou em sua terra. Todos eles elogiavam sua beleza, e o resultado disso foi que o rei mandou levá-la ao palácio. Mas logo faraó enfrentou ira de Jeová por ter tomado Sara, mulher de Abraão. A Bíblia diz que Jeová enviou uma terrível praga à casa de faraó por causa da mulher de Abraão.
 
 

Este Relato nos Mostra que Podemos Ser Abençoados Graças à Igreja de Deus

 
Há uma mulher na Bíblia que espiritualmente representa a Igreja de Deus. Assim como os egípcios ficaram admirados com Sara, todos neste mundo reconhecem a beleza da Igreja de Deus. Os membros da Igreja de Deus são aqueles que conhecem a justiça de Jesus e creem nela. Eles são uma “congregação” linda aos olhos de Deus. São pessoas cujos pecados foram plenamente apagados porque conhecem a justiça de Jesus e creem nela. E sua fé é linda. Onde podemos encontrar neste mundo uma fé mais linda que esta? E a Igreja de Deus e o evangelho da água e do Espírito são inseparáveis. A Igreja de Deus é o lugar mais lindo que existe, pois ela é a instituição que prega o evangelho da água e do Espírito em todo o mundo.
Foi o evangelho da água e do Espírito que nos levou a fundar a linda Igreja de Deus. Por isso que a fé dos irmãos que fazem parte dela é muito linda. O evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu é o evangelho que nos leva a ser membros da Igreja de Deus. E a verdade deste evangelho é tão linda que podemos dizer que todos que nela creem são lindos também. As pessoas deste mundo prezam muito a beleza exterior. Mas o que elas não sabem é que sofrerão muito e não receberão as bênçãos de Deus se não tiverem fé no evangelho da água e do Espírito. Deus nos ensina esta verdade no texto bíblico deste capítulo. A palavra nos ensina uma lição através da praga que veio sobre o rei do Egito. As pessoas deste mundo sempre passar por lutas e tribulações quando pensam na beleza do evangelho da água e do Espírito mas querem crer nele segundo sua mente carnal. E isso acontece porque o evangelho da água e do Espírito é o evangelho da verdade que a mente carnal não pode entender.
Abraão disse que sua esposa era sua irmã porque assim preservaria sua vida. Por isso que faraó, rei do Egito, tentou tomar Sara, mulher de Abraão, para si. Mas Deus enviou uma terrível praga sobre faraó e sua família por causa disso.
E com Isaque aconteceu o mesmo que Abraão. Nos dias de Isaque, filho de Abraão, ele disse que Rebeca era sua irmã quando foi habitar nas terras de Gerar para escapar da fome. Isso nos mostra que o povo da fé é protegido física e espiritualmente através da Igreja de Deus. E vemos que Deus nos ensina uma verdadeira lição aqui ao nos mostrar nas Escrituras algo que se repetiu.
Mas apesar disso, muitos ainda tentam entender a beleza do evangelho da água e do Espírito com sua mente carnal. Mas quem são estas pessoas? São aqueles que querem crer no evangelho da água e do Espírito, mas sem o batismo de Jesus. Por isso que não é difícil encontrar entre eles aqueles que creem no batismo de Jesus. Eles querem ser salvos de todos os seus pecados crendo apenas no sangue da cruz, mas sem conhecer o evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus. E ao fazer isso, eles acabam caindo na armadilha de Satanás.
Sara era mesmo mulher de Abraão. Então eles eram um só carne. Do mesmo modo, todos que creem no evangelho da água e do Espírito fazem parte da igreja de Jesus Cristo. Os que conhecem o evangelho da água e do Espírito e creem nele são aqueles que pregam as bênçãos celestiais neste mundo.
Por outro lado, os que seguem as religiões deste mundo só estão interessados no poder religioso e nas coisas materiais, e não no evangelho da água e do Espírito, que contém a justiça de Deus. Por isso que tudo que eles fazem no fim não dá certo. Sendo assim, você tem que romper com sua mente e coração carnais e receber a salvação crendo na justiça de Jesus Cristo pela fé. Você tem que fazer isso para ter o evangelho da água e do Espírito, revelado nas Escrituras. Mas caso se recuse a fazer isso, você não receberá as bênçãos espirituais da fé que Deus quer lhe dar. É preciso negar os pensamentos carnais e crer somente no batismo que Jesus recebeu e nos seu sangue para ter o evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus. Você só pode ser salvo de todos os seus pecados se crer no batismo que Jesus recebeu de João Batista e no seu sangue na cruz.
O Senhor disse: “Se alguém quiser vir após mim, negue-se a si mesmo, e tome a sua cruz, e siga-me” (Marcos 8:34). Todos precisam crer no evangelho da água e do Espírito que o Senhor nos deu para ser salvos dos pecados do mundo. Além disso, precisamos aceitar a justiça de Deus pela fé para sermos salvos de todos os nossos pecados. Segundo a Palavra de Deus, é impossível receber suas bênçãos sem negar os pensamentos carnais. No entanto, a maioria das pessoas crê que recebeu a remissão de pecados crendo apenas no sangue da cruz, o que é uma fé pela metade. Eles dizem que foram salvos de todos os seus pecados sem a justiça de Deus, sem conhecê-la e sem ter fé nela. Por isso que eles creem num falso evangelho muito diferente do evangelho da água e do Espírito. Eles confundem tudo e acham que a única fé verdadeira é aquele que crê apenas no sangue de Jesus, pois foi isso que aprenderam desde começo. Muitos creem que este falso evangelho, e não o evangelho da água e do Espírito, é a base da fé cristã.
No entanto, os que conhecem a perfeita justiça de Deus e creem nela discernem o falso evangelho do verdadeiro. E são eles que aceitam o evangelho da água e do Espírito pela fé. Podemos ver claramente que ninguém pode ser salvo dos seus pecados se não tiver fé no evangelho da água e do Espírito. Mas muitos ainda estão morrendo espiritualmente porque creem neste meio-evangelho e possuem uma fé falsa. E ainda assim eles se voltam contra a justiça de Deus, tudo por causa da sua fé falsa. No fim eles serão destruídos física e espiritualmente, pois não poderão entrar de Deus por causa dos seus pecados.
Amados irmãos, Abraão ficou muito rico depois que isso aconteceu com ele. Esta experiência foi algo fantástico para ele. E assim como Abraão foi abençoado por Deus, podemos ver que os justos que vivem neste mundo também recebem bênçãos materiais e espirituais porque creem na justiça de Deus.
Temos que crer sem duvidar que só aqueles que creem na justiça de Deus é que são seus filhos. Jesus Cristo é o cabeça da Igreja de Deus e seu povo são aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito, que é a justiça de Deus. Abraão se tornou o pai da fé porque creu na Palavra de Deus. E a Bíblia afirma de Jesus Cristo foi batizado por João Batista, crucificado e derramou seu sangue na cruz para salvar a todos de todos os pecados do mundo.
Só que as pessoas deste mundo não puderam fazer sua vontade porque quiseram tomar Sara ‘espiritualmente’ como sua esposa. Mas agora elas podem ver que só podem fazer parte da Igreja de Deus se tiverem fé na justiça de Deus. Os pecadores precisam ter a mesma fé daqueles que creem no evangelho da água e do Espírito para fazer parte da Igreja de Deus. Sara era meia-irmã de Abraão. E para que alguém ‘espiritualmente’ tome Sara, ele precisa ter a mesma fé de Abraão. É preciso ter a mesma fé dos que creem no evangelho da água e do Espírito para se unir a eles e fazer parte da Igreja de Deus.
No entanto, as pessoas deste mundo não reconhecem a justiça de Deus e o evangelho da água e do Espírito, apesar de ambos serem notórios neste mundo. Elas têm pecado muito contra a verdadeira fé porque só estão buscando a beleza exterior da Igreja de Deus, e não o conteúdo da verdadeira fé. Elas só se importam com a beleza exterior da Igreja de Deus e não querem saber de mais nada. E podemos ver no texto bíblico deste capítulo que esse tipo de gente vai sofrer muito por causa da sua fé errada. Eles só querem aproveitar os frutos do evangelho, mas não querem conhecer o evangelho da água e do Espírito. Eles querem crer em doutrinas cristãs que não entendem e se recusam a crer na Palavra da justiça de Deus. Estes falsos crentes fazem tudo para imitar a fé dos justos só para parecer santos por fora. E eles também teimam que todo aquele que crê no sangue de Jesus não tem pecado. Eles não conhecem o evangelho da água e do Espírito, que está implícito na justiça de Deus, mas que quando olhamos para a vida espiritual que eles levam, baseada nos princípios éticos e morais da religião, isso até parece algo bom.
Mas uma coisa que devemos entender é que sua fé é muito diferente da fé dos nascidos de novo que creem no evangelho da água e do Espírito. Na verdade, a maioria dos cristãos de hoje diz que ainda tem pecado, apesar de crer em Jesus Cristo. Mas eles dizem que não vão para o inferno, apesar de ter pecado. Eles dizem isso porque creem em Jesus como seu Salvador, que ele foi crucificado justamente por pecadores como eles.
No entanto, eles não entendem o batismo que Jesus recebeu de João Batista. Como um pecador por evitar ser enviado por Deus para o inferno? Eles não têm o que discutir! Assim como faraó, rei do Egito, olhou para Sara, quis tomá-la para si e Deus enviou sobre ele uma praga terrível, aqueles que hoje não têm fé na justiça de Deus podem se preparar porque Deus fará o mesmo com eles. Este mundo está cheios de cristãos assim. Eles não passam de religiosos que ainda não nasceram de novo por não crer no evangelho da água e do Espírito. Estes religiosos ainda têm pecado no coração porque não creem na justiça de Jesus. Só que eles dizem que não vão para o inferno, embora tenham pecados. Mas eles estão indo para um lugar onde não querem ir. E isso acontece porque sua fé é falsa. Este é o mesmo princípio que se aplica ao rei do Egito, a quem Deus enviou uma praga porque tentou tomar à força a mulher de Abraão.
Os cristãos que só creem no sangue de Jesus dizem que ainda têm pecado ou não? Alguns dizem que não têm mais pecado. Mas quando pedimos a eles para nos explicar por que seus pecados apagados, eles dizem que a prova disso é o sangue da cruz. Por acaso o Senhor apagou nossos pecados só com o sangue da cruz? Não, claro que não. Na verdade, ele apagou todos os nossos pecados de uma vez por todas com o evangelho da água e do Espírito.
Então, todos agora precisam ser libertos dos seus pecados crendo no evangelho da água e do Espírito. Mas o problema é que a maioria dos cristãos hoje em dia não entende bem o evangelho da água e do Espírito. E isso acontece porque seu conhecimento da justiça de Deus é muito limitado. E já que eles não sabem que Jesus tirou todos os pecados do mundo ao ser batizado por João Batista, eles não recebem a Deus em seu coração e não conhecem sua justiça. Por isso, eles precisam reconhecer a justiça de Deus revelada em sua Palavra. E além disso, eles precisam ter um encontro com a verdade de que o Senhor levou sobre si todos os nossos pecados e foi condenado por eles no evangelho da água e do Espírito. Todos que ainda são pecadores, apesar de crer em Jesus como seu Salvador, são espiritualmente cegos porque não sabem que ele já purificou todos os seus pecados com o evangelho da água e do Espírito. E eles ainda não ouviram o evangelho da água e do Espírito porque nunca foram totalmente purificados dos seus pecados. Eles só se preocupam com a beleza exterior e não conhecem o evangelho da água e do Espírito, que é revelado pela Igreja de Deus. Na verdade, eles são como o povo do Egito, e não o povo espiritual de Deus. Para os egípcios, Sara era muito bonita, e para os cristãos do mundo, a Igreja de Deus também é um lugar bonito. Só que ela é muito diferente do que eles realmente veem.
As igrejas deste mundo pregam um meio-evangelho? E qual o resultado disso? Eles são condenados porque vivem apenas pela ética da igreja, e não pela verdadeira Palavra do evangelho da água e do Espírito. A Bíblia mostra isso claramente. Por que muitas igrejas neste mundo não recebem a benção de Deus? E por muitos sofrerão muitas tribulações no futuro? A Bíblia diz que isso vai acontecer com ele porque não fazem parte do povo de Deus.
Uma coisa que precisamos entender é que o evangelho da água e do Espírito é pregado pela Igreja de Deus e apenas com um grupo pequeno de pessoas. Mas por que há tanta gente vivendo em pecado neste mundo apesar de crer em Jesus? Porque eles não aceitam o evangelho da água e do Espírito em seu coração. E também porque eles não creem na Palavra da justiça de Deus, como Abraão. Eles não aceitam o verdadeiro evangelho porque têm muito a perder neste mundo se fizerem isso. Muitas igrejas têm sido construídas no mundo hoje em dia, mas apesar disso, seus pastores não podem cumprir sua função de luz do mundo porque não têm fé no evangelho da água e do Espírito. Em outras palavras, é difícil para estes cristãos mundanos conviver com os servos de Deus que conhecem sua justiça e creem nela. Quem então aceita o evangelho da água e do Espírito hoje e crê nele? Aquele que é espiritualmente puro como Abraão e crê apenas na justiça de Deus – alguém assim é que crê no evangelho da água e do Espírito.
Para os egípcios, a tribo de Abraão não passava de um pequeno grupo de pessoas que não podiam ser comparadas a eles. E o rei deste grande país tentou tomar a esposa de Abraão. Mas no fim ele teve que deixar Sara ir, pois Deus enviou uma terrível praga sobre toda a nação quando ele estava cativa no palácio real. Apesar do seu poder, o rei teve que deixá-la ir.
Ao analisarmos isso pelo lado espiritual, vemos que muitos neste mundo estão construindo igrejas segundo seus desejos humanos. Eles estão pregando a Palavra de Deus segundo o que há em seu coração e encorajando a todos a seguir seus ensinamentos. Melhor dizendo, eles estão construindo suas próprias igrejas, e não a Igreja de Deus, pois em seu coração não creem de coração no evangelho da água.
Amados irmãos, não podemos esquecer as coisas espirituais que aprendemos na Igreja de Deus, pois ela prega a vontade de Deus, e não do homem. Por isso que as pessoas do mundo não entendem, embora tentem. Mas por quê? Porque podemos ver que elas só estão interessadas na beleza e na moralidade da Igreja de Deus, e apesar de dizer que creem em Jesus como seu Salvador, não querem ouvir a Palavra de Deus, crer nela e aceitar em seu coração o evangelho da água e do Espírito, que contém a justiça de Deus. Sendo assim, sua fé os leva apenas a aceitar o que satisfazer seus desejos carnais em detrimento à justiça de Deus. O que eles querem é ter uma igreja bonita segundo a sua fé carnal. No entanto, nós sabemos que sua fé corrompida é a grande prostituta mencionada nas Escrituras (Apocalipse 19:2).
Você já rejeitou seus pensamentos carnais e crê na Palavra da justiça de Deus? Se quiser ser membro da Igreja de Deus, você tem que crer no evangelho da água e do Espírito. Você jamais poderá ser membro da Igreja de Deus se não crer no evangelho da água e do Espírito. Os cristãos pecadores não aceitam o batismo de Jesus nem o sangue que ele derramou, o que compõe o verdadeiro evangelho, pois só se interessam pela beleza da Igreja de Deus. E como seu coração não muda e eles só querem o que satisfaz seus desejos carnais, eles acabam rejeitando a justiça de Deus oculta no evangelho da água e do Espírito. Deus faz com que aqueles que creem no evangelho da água e do Espírito prosperem tanto material como espiritualmente em sua Igreja, e nela também os protege de todas as crises que eles enfrentam.
Abraão teria morrido se Sara tivesse se tornado a segunda esposa de faraó. Mas Deus enviou uma praga terrível sobre a casa de faraó e guardou a vida de Abraão. Faraó disse a Abraão depois que descobriu porque tal praga veio sobre sua casa: “Leve sua esposa agora. Por que você não me disse antes que ela era sua esposa? Pegue sua esposa e leva-a daqui”. Abraão foi abençoado por Deus mesmo em meio às lutas.
O povo de Deus receba a vida em sua Igreja e é ali que sua obra é manifesta na vida deles. O evento acima mostra como Deus se preocupa com sua igreja. Deus protege seus servos e seu povo e os abençoa quando eles fazem parte da sua igreja. Esta é a benção que Deus concede à sua igreja, como está escrito: “Os olhos do SENHOR estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor” (Salmos 34:15).
O povo de Deus prospera tanto material como espiritualmente em sua igreja por causa da justiça de Deus. Desde o momento em que Deus estabeleceu sua Igreja neste mundo, os que fazem parte delas são abençoados. Os irmãos que fazem parte da Igreja de Deus desfrutam da sua graça porque são seus servos. Quando vemos como Abraão ficou rico, não podemos negar que a razão disso foi sua esposa. E naquela época havia uma grande fome. Abraão então foi habitar na terra do inimigo, embora não pudesse habitar ali. Mas Deus o abençoou abundantemente, embora ele tenha traído sua esposa.
No entanto, não devemos ver isso pelo lado carnal. As Escrituras dizem que Deus faz seu povo prosperar, o protege e o mantém em sua igreja. Por isso que as igrejas do mundo não aceitam a beleza da Igreja de Deus, embora tivessem que aceitar o evangelho da água e do Espírito para ter a mesma fé que nela há.
A verdadeira Igreja de Deus pertence ao povo que crê no evangelho da água e do Espírito, que é o fundamento da fé legítima. Por mais que todos neste mundo queiram fazer parte da Igreja de Deus, eles não querem fazer isso porque não creem no evangelho da água e do Espírito. Como alguém pode fazer parte da verdadeira Igreja de Deus? Isso só é possível tendo fé na verdadeira salvação, ou seja, crendo no evangelho da água e do Espírito. É impossível para um pecador fazer parte da Igreja de Deus sem crer na sua justiça. Então, precisamos entender que uma prega terrível virá sobre aquele que não tem fé e à força quiser fazer parte da Igreja de Deus. A Igreja de Deus pertence àqueles que creem no verdadeiro evangelho da água e do Espírito, como Sara, esposa de Abraão, que foi devolvida a seu marido porque não pertencia a faraó, rei do Egito. Portanto, todos neste mundo precisam voltar para o evangelho da água e do Espírito, que é o verdadeiro caminho da fé.
O Tabernáculo de Deus não podia ficar nas terras dos filisteus nem dos amalequitas. Se ela fosse tirada da terra de Israel e levado para uma nação ímpia, uma terrível praga viria sobre esta nação. A Igreja de Deus pertence ao povo da fé que crê na sua Palavra; ela é o lugar daqueles que têm fé. A igreja é o lugar onde os que receberam a remissão de pecados se reúnem, onde encontramos a verdadeira Palavra de Deus, ou seja, a lei de Deus, assim como seus mandamentos e estatutos. A Igreja de Deus é onde estão aqueles que creem na Palavra dada por Deus e, por isso, alcançam sua justiça.
Deus nos diz no texto bíblico deste capítulo que o mundo não pode fazer parte da Igreja de Deus. E a razão disso é que a verdade que há nela revela as mentiras, julga e traz uma praga terrível sobre os que tentam se apoderar da Igreja de Deus. Portanto, o mundo não pode lutar contra a verdadeira a Igreja de Deus. E ao invés de servi-la e desfrutar as suas bênçãos, eles a rejeitam.
Quem então pode se tornar um justo e fazer parte da Igreja de Deus? Só aquele que crê na Palavra de Deus e no evangelho da água e do Espírito pode fazer parte da sua igreja. Abraão é o nosso pai na fé. Deus apareceu para ele e disse:
“Sai-te da tua terra,
Da tua parentela
E da casa de teu pai,
Para a terra que eu te mostrarei”. Abraão então deixou sua terra natal e na mesma hora obedeceu à Palavra que Deus lhe disse, deixando de lado sua emoção, seus pensamentos, a razão e sua própria vontade para segui-la.
O mais importante para um homem de Deus não são seus sentimentos ou pensamentos, e sim ter fé na sua Palavra e segui-la. Esta é a verdadeira fé, e aquele que tem uma fé assim crê na Palavra de Deus. Deus criou sua igreja para alguém que tem uma fé como esta. Abraão não tinha filhos. Como então a Igreja de Deus poderia continuar ao longo das gerações? Abraão recebeu a benção de crer na Palavra de Deus apesar de não ter filhos. Quem crê na Palavra de Deus e a obedece faz parte do corpo da Igreja de Deus, membro desta igreja.
Abraão foi alguém que creu na Palavra de Deus e a seguiu à risca. Mas antes disso, Deus apareceu a ele e disse:
“E abençoarei os que te abençoarem,
E amaldiçoarei os que te amaldiçoarem;
E em ti serão benditas todas as famílias da terra” (Gênesis 12:3). Abraão creu “à risca” na Palavra que Deus lhe disse e deixou a casa de seu pai em Ur dos Caldeus.
Abraão creu na Palavra de Deus e deixou sua terra natal. Mas embora já fosse idoso, ainda não tinha filhos. Podemos ver na conversa que Abraão teve com o Deus da aliança que ele abençoa aquele que tem fé.
Deus diz em Gênesis 15:1-4, “Depois destas coisas veio a palavra do SENHOR a Abrão em visão, dizendo: Não temas, Abrão, eu sou o teu escudo, o teu grandíssimo galardão. Então disse Abrão: Senhor DEUS, que me hás de dar, pois ando sem filhos, e o mordomo da minha casa é o damasceno Eliézer? Disse mais Abrão: Eis que não me tens dado filhos, e eis que um nascido na minha casa será o meu herdeiro. E eis que veio a palavra do SENHOR a ele dizendo: Este não será o teu herdeiro; mas aquele que de tuas entranhas sair, este será o teu herdeiro’”.
Abraão tinha um servo chamado Eliezer, alguém que devia ser muito especial. Mas Abraão precisava ter um filho para continuar sua linhagem, haja vista que Eliezer não era seu filho. Jeová então disse a Abraão que lhe daria um filho. Está escrito em Gênesis 15:5-6: “Então o levou fora, e disse: Olha agora para os céus, e conta as estrelas, se as podes contar. E disse-lhe: Assim será a tua descendência. E creu ele no SENHOR, e imputou-lhe isto por justiça”. Deus disse que daria um filho a Abraão e Sara embora eles fossem idosos, e ele creu na sua Palavra. Deus então reputou sua fé por justiça. Ele olhou para a fé de Abraão, que creu na sua Palavra sem duvidar e a obedeceu, e o aprovou para ser o pai da fé. O Novo Testamento diz que a fé de Abraão foi aprovada porque ele creu na Palavra de Deus e creu contra a própria esperança. Sua fé então foi reputada por justiça (Romanos 4:22). Apesar de Sara, esposa de Abraão, ser estéril, ele pôde gerar um filho 25 anos depois que Deus lhe fez esta promessa.
O que é a verdadeira fé para Deus? É a fé que crê à risca na sua Palavra. Para quem é a Igreja de Deus? Para aqueles que possuem tal fé e a reconhecem como a verdadeira igreja. O mundo não pode fazer parte da verdadeira Igreja de Deus, e é por isso que seu coração está muito longe dela. É como faraó que teve que devolver a esposa de Abraão. Como poderia Abraão se comparar com seu pequeno grupo ao rei de um império que tinha um enorme poder? Mas o rei deste país se arrependeu dos seus pecados devolveu uma esposa ao seu marido, pois não podia ficar com ela. No entanto, ele só fez isso porque veio uma terrível praga sobre ele.
A verdadeira igreja é só para aqueles que possuem a verdadeira fé, ou seja, para os que creem na Palavra da justiça de Deus. O que a Palavra nos ensina neste relato sobre Abraão? Que Deus deu sua linda Igreja aos que possuem a fé de Abraão.
Se olharmos para Abraão pelo lado carnal, veremos que ele foi alguém que vendeu sua esposa quando estava em perigo. Se não olharmos para a situação por um ângulo espiritual, certamente Abraão foi alguém que vendeu sua esposa. Mas Deus olhou para ele de outro modo e o considerou justo e pai da fé porque ele creu na Palavra da sua justiça. De um ponto de vista humano, Abraão não tinha do que se exaltar. Por isso que está escrito no livro de Romanos: “Que diremos, pois, ter alcançado Abraão, nosso pai segundo a carne? Porque, se Abraão foi justificado pelas obras, tem de que se gloriar, mas não diante de Deus” (Romanos 4:1-2). Pelo lado humano, Abraão não tinha nada do que admirarmos. Mas apesar disso, sua fé foi aprovada e ele se tornou o pai da fé de todos nós que hoje temos a verdadeira fé, pois ele deu um exemplo de fé crendo na Palavra de Deus. Deus está nos mostrando aqui que a verdadeira fé é a de Abraão.
Os líderes cristãos deve mundo desejam muito ter controle da Igreja de Deus. Em outras palavras, eles querem pastorear o rebanho do povo de Deus e controlá-lo. Estes pastores querem ter a fé que você e eu temos no evangelho da água e do Espírito. E quando olhamos para eles, vemos que muitas das suas ovelhas não os seguem de coração.
Os testemunhas de Jeová dizem que nossos irmãos obedecem aos seus líderes cegamente. Mas será que obedecemos assim mesmo? Eles acham que nossos irmãos se submetem aos seus líderes espirituais porque os forçamos a nos seguir sem nos questionar. Mas isso é uma grande mentira. Nossos irmãos nos seguem porque sabem que vale a pena fazer o que diz a Palavra de Deus. Enfim, os testemunhas de Jeová dizem que nossos irmãos seguem seus líderes cegamente, mas só que isso não é uma obediência cega.
Certa vez um pastor de uma igreja evangélica disse que nossos irmãos parecem neófitos na fé cristã. Ele disse que parece que eles se converteram agora e sua fé acabou de nascer de um novo coração, da sua devoção e gratidão. Só que não há nenhum irmão entre nós que seja novo convertido. Ele disse que este entusiasmo iria desaparecer por completo um ano após sua conversão. Mas na verdade ele inveja a espiritualidade dos nossos irmãos. Podemos ver com isso que há muitos pastores neste mundo querendo ter controle da Igreja de Deus. E eles me perguntam: “Qual o segredo do seu ministério?” Só que eu não tenho nenhum segredo.
Deus estabeleceu sua igreja para o seu povo e seus servos que creem nele e seguem sua Palavra. E ele faz com que todos eles o sirvam. As pessoas deste mundo não podem viver como a esposa de Abraão. Eles não estão qualificados para isso. Deus preparou sua igreja para aqueles que de fato creem nele, o seguem e o obedecem. Ele deu sua igreja a nós que cremos no evangelho da água e do Espírito. Você crê nisso? Eu quero sempre pastorear uma igreja assim. E por mais que haja apenas uma pessoa em minha igreja, se ela crer 100% na Palavra de Deus e no evangelho da água e do Espírito, eu vou cuidar dela. Por isso que eu não quero trazer qualquer tipo de pessoas para a Igreja, pois eu quero edifica-la somente com aqueles que creem na Palavra de Deus pela fé. Foi assim que Deus me permitiu fundar a Igreja de Deus.
Você imagina quantos homens neste mundo desejam ter uma esposa linda como Sara? Eles querem ter uma Igreja de Deus, mas não conseguem. Eles não estão qualificados para isso. E a razão disso é que, como o povo do Egito, eles não creem na Palavra de Deus. Eles não podem ter uma linda igreja ou fazer parte de uma porque só creem em seus pensamentos regidos pelas leis carnais, e não pela lei de Deus. Por isso que Deus deu sua igreja a mim e a você, que cremos na sua Palavra e a seguimos. Deus permite que os justos que nasceram de novo e obedecem à sua Palavra vivam em comunhão e levem uma vida espiritual juntos. A Igreja de Deus é o dom de Deus que nem todos podem ter. Ele deu este dom ao seu povo, aos irmãos que realmente creem na sua Palavra e a obedecem. É isso o que ele diz no capítulo 12 de Gênesis.
As pessoas deste mundo não podem fazer nada para agradar aos justos. E elas serão destruídas se quiserem nos dominar à força. Mas já que não podem fazer isso, elas têm que nos deixar em paz. Elas não têm outra escolha senão permitir que nos afastemos delas e façamos parte da Igreja de Deus. E elas serão destruídas se tentarem nos impedir e nos dominar. Faraó, rei do Egito, devolveu a Abraão sua esposa e todos os seus pertences. E nós somos o povo de Deus que foi escolhido por ele para servi-lo longe destas pessoas, para crer nele, dar testemunho do evangelho e levar uma vida espiritual, e receber todas as suas bênçãos. Você e eu somos o povo especial e abençoado de Deus que ele escolheu de modo especial entre todos deste mundo. Deus cuida de nós e nos dá tudo que precisamos quando fazemos parte da sua igreja. Mas precisamos ter fé. Quando temos fé, como Abraão, Deus nos abençoa, nos coloca num lugar especial neste mundo e também nos trata de um modo especial.
Abraão vendeu sua esposa a faraó, perdeu sua esposa para ele, acabou ganhando uma riqueza por causa dela, uma terrível praga veio sobre a casa de faraó, e ele então devolveu a Abraão sua esposa e uma grande fortuna – tudo isso aconteceu para que saibamos que tipo de pessoa pode fazer parte da Igreja de Deus. Temos que entender por esta Palavra que Deus só permite que faça parte de sua igreja aqueles que obedecem à sua Palavra com a mesma fé de Abraão.
A Igreja de Deus pertence àqueles que creem na Palavra como Abraão. Esta é a benção que Deus nos deu. A Igreja de Deus é a grande benção que eles nos deu. O povo do Egito não pode fazer parte da Igreja de Deus, mas somente aqueles que creem na sua Palavra e a obedecem. Eu sou grato a Deus por sua graça.
Nós não fazemos a mínima questão de ser reconhecidos por este mundo. Nós só queremos levar a eles as bênçãos celestiais, embora eles não queiram aceitá-las. Por isso que deixamos o Egito pela fé, trouxemos tudo de valor que tínhamos lá, e agora vivemos afastados dele. Hoje somos abençoados na Igreja de Deus e pregaremos o evangelho enquanto estivermos aqui. A Igreja de Deus é o território santo escolhido por Jeová. É a congregação daqueles que foram escolhidos e abençoados por Jesus Cristo.
Eu sou grato ao Senhor que nos deu sua Igreja.