Sermoni

Assunto 3: Evangelho da Água e do Espírito

[3-6] A Verdadeira Circuncisão Espiritual (Êxodo 12:43-49)

A Verdadeira Circuncisão Espiritual
(Êxodo 12:43-49)
“Disse mais o SENHOR a Moisés e a Arão: Esta é a ordenança da Páscoa: nenhum estrangeiro comerá dela. Porém todo escravo comprado por dinheiro, depois de o teres circuncidado, comerá dela. O estrangeiro e o assalariado não comerão dela. O cordeiro há de ser comido numa só casa; da sua carne não levareis fora da casa, nem lhe quebrareis osso nenhum. Toda a congregação de Israel o fará. Porém, se algum estrangeiro se hospedar contigo e quiser celebrar a Páscoa do SENHOR, seja-lhe circuncidado todo macho; e, então, se chegará, e a observará, e será como o natural da terra; mas nenhum incircunciso comerá dela. A mesma lei haja para o natural e para o forasteiro que peregrinar entre vós”.
 

Qual era a condição indispensável para os Israelitas se tornarem filhos de Deus no Antigo Testamento?
Eles tinham que ser circuncidados.
 
As Palavras de Deus no Antigo e Novo Testamento são importantes e preciosas para aqueles que creem em Jesus. Nós não podemos negligenciar nem mesmo uma frase daquelas Palavras, porque as Palavras de Deus são as palavras de vida.
A passagem nos fala que todos que querem manter a Páscoa devem ser circuncidados antes. Nós devemos pensar sobre a razão pela qual Deus nos falou isso. Ao menos que uma pessoa seja circuncidada, ela não pode manter a Páscoa.
Se nós cremos em Jesus Cristo, devemos entender o propósito pelo qual Deus nos deu esse edito. A circuncisão é o ato de cortar o prepúcio do homem. Porque Deus falou para Abraão e seus descendentes serem circuncidados? A razão é que Ele havia prometido que apenas aqueles que “cortassem” os seus pecados poderiam se tornar Seu povo.
É por isso que Ele fala para o povo de Israel no Antigo Testamento ser circuncidado. Para tornarem-se o povo de Deus, os israelitas tinham que ser circuncidados. Esta foi a Sua ordem, base da consagração, e Ele se tornou o Deus daqueles que se livraram dos seus pecados, com a fé por meio da circuncisão. E também no Novo Testamento, Ele se torna o Deus daqueles que eliminam os seus pecados com fé.
 


A Páscoa


O que era a Páscoa?
Era o dia em que os Israelitas relembravam e agradeciam a Deus pelo êxodo do Egito.

A data mais importante para o povo de Israel era a Páscoa, era o dia de relembrar e agradecer a Deus pelo Êxodo do Egito, onde os Israelitas viveram como escravos por cerca de 400 anos. Deus trouxe 10 grandes pragas para mover o duro coração do Faraó, assim Ele levou o povo de Israel para fora do Egito, rumo à terra de Canaã.
O povo de Israel foi salvo da morte dos primogênitos, a última praga, por meio do sangue do cordeiro sacrificado e da circuncisão. Então, Deus falou para eles guardarem a páscoa através das suas gerações como uma lembrança da Sua misericórdia.
 

O Que os Israelitas Tinham que Fazer Para Guardar a Páscoa?

O que os Israelitas tinham que fazer para guardar a Páscoa?
Eles tinham que ser circuncidados.

Nós temos que entender que para guardar espiritualmente a Páscoa, devemos ser circuncidados em nossos corações. Mesmo o povo de Israel tinha que ser circuncidado para observar a Páscoa.
Está escrito em Êxodo 12:43-49: “Disse mais o SENHOR a Moisés e a Arão: Esta é a ordenança da Páscoa: nenhum estrangeiro comerá dela. Porém todo escravo comprado por dinheiro, depois de o teres circuncidado, comerá dela. O estrangeiro e o assalariado não comerão dela. O cordeiro há de ser comido numa só casa; da sua carne não levareis fora da casa, nem lhe quebrareis osso nenhum. Toda a congregação de Israel o fará. Porém, se algum estrangeiro se hospedar contigo e quiser celebrar a Páscoa do SENHOR, seja-lhe circuncidado todo macho; e, então, se chegará, e a observará, e será como o natural da terra; mas nenhum incircunciso comerá dela. A mesma lei haja para o natural e para o forasteiro que peregrinar entre vós”. Portanto, Ele disse para os Israelitas guardarem a Páscoa, após serem circuncidados.
Quem eram aqueles que podiam comer a carne do cordeiro Pascoal e guardar a Páscoa? Apenas aqueles que eram circuncidados podiam guardar a Páscoa.
O cordeiro da Páscoa, como todos nós sabemos, é Jesus Cristo, que levou todos os pecados do mundo.
Então, o que é a circuncisão no Antigo e no Novo Testamento? A circuncisão significa cortar o prepúcio do homem. Jesus Cristo também foi circuncidado oito dias após o seu nascimento neste mundo. Deus tinha ordenado que todos que participassem do ritual da Páscoa tinham que ser circuncidados e deixou claro que aqueles que não o fossem não poderiam participar da Páscoa.
Portanto, todos tinham que ser circuncidados assim como Deus ordenou. Se você crê em Jesus, tem que entender o significado da circuncisão no Novo Testamento.
 


O Que Era o Ritual da Circuncisão que Deus Ordenou que Abraão Realizasse?


Como Abraão e seus descendentes puderam se tornar filhos de Deus?
Ao serem circuncidados.
 
Em Gênesis, Deus apareceu para Abraão e fez a Sua Aliança com ele e seus descendentes. No capítulo 15, Deus prometeu que os seus descendentes se multiplicariam como as estrelas no Céu e que Ele daria a eles a terra de Canaã como herança.
E no capítulo 17, Ele disse a Abraão que, se ele e seus descendentes entrassem na Aliança e fossem circuncidados, Ele se tornaria o Deus deles e eles seriam o Seu povo. Esta foi a Aliança de Deus com Abraão e seus descendentes. Deus prometeu que quando cressem em Sua Aliança e fossem circuncidados, se tornariam o Seu povo e Ele certamente seria o Deus deles.
Gênesis 17:7-8 diz: “Estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência no decurso das suas gerações, aliança perpétua, para ser o teu Deus e da tua descendência. Dar-te-ei e à tua descendência a terra das tuas peregrinações, toda a terra de Canaã, em possessão perpétua, e serei o seu Deus”.
A circuncisão era a marca da Aliança de Deus com Abraão e seus descendentes.
 


O Que é a Circuncisão Espiritual?


O que os Israelitas tinham que fazer para guardar a Páscoa?
Eles tinham que ser circuncidados.
 
Porque Abraão creu na Palavra de Deus, Deus o fez justo e o tornou Seu filho. Foi a circuncisão que se tornou a marca da Aliança entre Deus e Abraão.
“Esta é a minha aliança, que guardareis entre mim e vós e a tua descendência: todo macho entre vós será circuncidado”. (Gênesis 17:10).
Circuncisão significa cortar o prepúcio. Também significa passar todos os pecados para Jesus por meio da fé em Seu batismo. Nós somos circuncidados espiritualmente, quando cortamos todos os nossos pecados, aceitando a salvação do batismo de Jesus. A circuncisão no Novo Testamento é cortar todos os pecados por meio do batismo de Jesus.
Portanto, a circuncisão no Antigo Testamento é o batismo de Jesus no Novo Testamento e ambas são as Alianças de Deus, que nos torna o Seu povo. Assim, a circuncisão no Antigo Testamento e o batismo de Jesus no Novo Testamento são a mesma coisa.
Assim, como os descendentes de Abraão se tornavam povo de Deus quando cortavam os seus prepúcios, nós nos tornamos filhos de Deus quando cortamos todos os pecados de nossos corações. Nós fazemos isso crendo que não há pecado no mundo, porque Jesus levou todos quando foi batizado por João Batista.
O batismo de Jesus torna todos os pecadores justos, cortando os seus pecados. Assim, como um pedaço de pele era removido na circuncisão, os pecados da humanidade foram cortados dos corações dos homens quando Jesus foi batizado por João Batista no Rio Jordão. Aqueles que creem nisso podem ser espiritualmente circuncidados e tornam-se povo de Deus, os justos.
 

A Falsa Fé Que Faz o Homem se Afastar de Deus
 
O que fez os Israelitas se afastarem de Deus?
A incircuncisão.
 
Deus disse a Abraão que todo homem incircunciso deveria ser eliminado do Seu povo. Então, o que é a circuncisão? E o que é a circuncisão espiritual? Se a circuncisão da carne é cortar um pedaço de pele de uma parte do corpo, então a circuncisão espiritual é cortar todo o pecado de nossos corações e transferi-los para Jesus por meio do Seu batismo.
O batismo de Jesus é a circuncisão espiritual da humanidade, pela qual os pecados do mundo foram cortados e transferidos para Jesus. A razão de Jesus ter sido batizado por João batista foi para salvar toda a humanidade por meio da circuncisão espiritual, que levou todos os pecados.
Todos os pecados da humanidade foram transferidos para Jesus. Deus, tornando-se Deus de Abraão, Isaque e Jacó, e de todos os seus descendentes, fez uma Aliança com eles e, então, eles tinham que cortar os seus prepúcios. Portanto, Ele se tornou Deus, o Salvador daqueles que cortam os seus pecados por meio da circuncisão.
O que é a circuncisão que corta fora o pecado? É a Aliança de Deus com Abraão e todos aqueles que são nascidos de novo crendo no batismo de Jesus e na Sua morte na Cruz como a sua salvação. Dessa forma, Ele nos deu o direito de sermos o Seu povo. Assim, Ele é o Deus daqueles que se circuncidaram.
Deus falou a Abraão: “O que tem oito dias será circuncidado entre vós, todo macho nas vossas gerações, tanto o escravo nascido em casa como o comprado a qualquer estrangeiro, que não for da tua estirpe. Com efeito, será circuncidado o nascido em tua casa e o comprado por teu dinheiro; a minha aliança estará na vossa carne e será aliança perpétua. O incircunciso, que não for circuncidado na carne do prepúcio, essa vida será eliminada do seu povo; quebrou a minha aliança”. (Gênesis 17:12-14).
Todos os que tentam vir até Jesus sem a circuncisão espiritual serão cortados do Seu povo. A circuncisão espiritual é o batismo de Jesus no Novo Testamento, por meio do qual todos os pecados do homem foram transferidos para Ele.
Todos que creem em Jesus devem também crer na circuncisão do Antigo Testamento e no batismo de Jesus no Novo Testamento, para que possa receber o Espírito, seja salvo de todo pecado e torne-se filho de Deus. Para nós que cremos em Jesus, a circuncisão no Antigo Testamento e o batismo de Jesus no Novo Testamento são a mesma coisa.
Se nós falhamos ao entender o verdadeiro significado da circuncisão ou não aceitamos em nossos corações a salvação por meio da circuncisão espiritual, que nos permite nascer de novo, nossa fé será em vão. Nós podemos pensar que somos fiéis a Deus, mas na verdade é como se tivéssemos construído as nossas casas na areia.
Deus diz para todos aqueles que creem Nele para serem circuncidados, para crerem na redenção por meio do batismo de Jesus, a circuncisão espiritual. Sem circuncisão, nós não podemos nos tornar o Seu povo. Portanto, Deus ordenou que todos, comprados com dinheiro ou estrangeiros, deveriam ser circuncidados antes de participarem da festa da Páscoa.
Mesmo os naturais de Israel eram cortados do Seu povo sem circuncisão. A Aliança de Deus com o povo de Israel também deve ser aplicada para aqueles que creem em Jesus.
Em Êxodo capítulo 12, o povo de Israel que comia a carne da Páscoa e as ervas amargas já tinha que ter sido circuncidado. O direito de comer a carne da Páscoa foi dado apenas àqueles.
É importante para nós saber que quando o povo de Israel comia a carne da Páscoa e colocava o sangue do cordeiro nas portas das suas casas, eles já eram circuncidados.
Por ordem de Deus, se uma pessoa não era circuncidada, ela tinha que ser eliminada do Seu povo e perder o direito de ser filha de Deus. Isso significa que o pecado da incredulidade na circuncisão espiritual leva o homem à ruína. Apenas aqueles que foram circuncidados espiritualmente por meio do batismo de Jesus podem ser salvos.
“A qual, figurando o batismo, agora também vos salva”. (I Pedro 3:21). Você realmente crê que todos os seus pecados foram passados para Jesus por meio do Seu batismo no Jordão? Se realmente entende e crê na verdade, no batismo de Jesus e no Seu sangue, irá perceber que você foi circuncidado espiritualmente e tornou-se um homem justo. E também terá a fé na verdade espiritual de que o sangue de Jesus na Cruz não teria significado sem o Seu batismo.
Se você fosse crer na Cruz de Jesus sem ser circuncidado espiritualmente por meio da fé no batismo de Jesus, você se encontraria fora da misericórdia de Deus. Descobriria que ainda tem pecado em seu coração.
Nós temos que crer na verdade que a Redenção de Deus começou com o batismo de Jesus Cristo e foi completada com o Seu sangue na Cruz. Para isso, temos que ter em nossos corações as palavras da verdade, o batismo de Jesus e o Seu sangue, como nossa salvação.
Com essa fé, podemos ser libertos do poder das trevas e nos tornar filhos da Luz. Esta fé separa espiritualmente aqueles que realmente nasceram de novo dos crentes comuns.
Nosso Senhor Jesus nos fala para habitarmos Nele. Ele já nos lavou de todos os pecados do mundo com o Seu batismo e Seu sangue, assim, para recebermos a marca de que somos povo de Deus, temos que crer no batismo de Jesus. Se falharmos nisso, somos cortados Dele.
A salvação da redenção não é outra senão o batismo de Jesus no Novo Testamento e a circuncisão no Antigo Testamento. A salvação se torna completa apenas quando nós temos fé no batismo de Jesus (a circuncisão espiritual) e em Seu sangue na Cruz (o sangue do Cordeiro da Páscoa).
A circuncisão da carne no Antigo Testamento é ligada ao batismo de Jesus Cristo no Novo Testamento. Isaías 34:16 nos fala que todas as palavras na Bíblia têm seus pares. “Buscai no livro do SENHOR e lede: Nenhuma destas criaturas falhará, nem uma nem outra faltará; porque a boca do SENHOR o ordenou, e o seu Espírito mesmo as ajuntará”.
Cada palavra no Antigo Testamento está ligada ao Novo Testamento; não falta a nenhuma Palavra de Deus a sua parte correspondente.
 
 
E os Ignorantes que Creem de Forma Incorreta?
 
Quem vai para o inferno entre todos os crentes do mundo?
Aqueles que não creem na circuncisão espiritual.
 
Hoje existem muitos que creem apenas no sangue do Cordeiro da Páscoa. Eles perguntam, “O que você quer dizer com circuncisão? Ela só era aplicada para os Judeus da época do Antigo Testamento”.
É claro que isso é verdade, não estou falando que nós devemos ser circuncidados fisicamente. O Apóstolo Paulo explicou muito claramente a circuncisão espiritual e é sobre essa circuncisão do coração que eu estou falando agora.
Eu não estou falando para você ser fisicamente circuncidado. A circuncisão da carne não tem nenhum significado para nós, mas temos que vir até Jesus e sermos espiritualmente circuncidados, crendo no batismo de Jesus, a fim de sermos salvos de todos os nossos pecados.
A fim de que um homem seja salvo de novo, ele tem que ser espiritualmente circuncidado. Todos os que creem em Jesus devem ser espiritualmente circuncidados. É a única maneira de eliminar todos os nossos pecados, a única maneira de nos tornarmos justos. Apenas depois de nossa circuncisão espiritual somos completamente limpos do pecado. Portanto, temos que aceitar em nossos corações a circuncisão espiritual, crendo no batismo de Jesus.
O Apóstolo Paulo também acreditava na importância da circuncisão espiritual. Ele disse: “E circuncisão, a que é do coração”. (Romanos 2:29). Todos nós devemos ser espiritualmente circuncidados para sermos livres do pecado. 
Os seus pecados realmente foram passados para Jesus depois que foram cortados de você? Mesmo no Novo Testamento, aqueles que creem devem ser circuncidados em seus corações, crendo no batismo de Jesus.
O Apóstolo Paulo esclareceu isso em suas Epístolas. Deus salvou toda a humanidade dos pecados do mundo e os tornou o Seu povo. O povo de Israel tornou-se o povo de Deus removendo os seus prepúcios e nós nos tornamos Seus filhos quando passamos todos os nossos pecados para Jesus, crendo em Seu batismo.
Deus nos aceita como Seu povo quando Ele vê a nossa fé no batismo de Jesus e no Seu sangue na Cruz. Esta fé nos torna espiritualmente circuncisos e nos leva à salvação.
 


A Salvação dos Pecadores Por Meio do Batismo de Jesus e do Seu Sangue


Como Jesus Completou a salvação?
Por meio de Seu batismo e morte na Cruz.
 
A salvação que Jesus Cristo completou por meio da água do Seu batismo e Seu sangue na Cruz é para os pecadores. O sangue do Cordeiro foi o julgamento e o batismo de Jesus foi a circuncisão espiritual, que transferiu todos os nossos pecados para Ele.
As Igrejas cristãs de hoje deveriam dar mais importância a esta circuncisão espiritual. Apesar da circuncisão do Antigo Testamento significar muito pouco atualmente, o batismo de Jesus nunca deve ser ignorado.
Eu disse que todos os seus pecados foram levados pelo batismo de Jesus e este nos salvou de todos eles. Você crê nisso? Se ignorar o batismo de Jesus, você nunca conhecerá o evangelho do novo nascimento, o evangelho da completa redenção por meio do batismo de Jesus.
Como nós podemos ignorar o batismo de Jesus, a circuncisão espiritual da qual Deus nos fala? Se nós lermos a Bíblia, poderemos ver que a circuncisão e o sangue do Cordeiro Pascoal estão intimamente ligados. Este é o segredo da circuncisão espiritual, o batismo de Jesus.
O evangelho pregado pelo Apóstolo João não era outro senão o evangelho do batismo de Jesus e do Seu sangue na Cruz. Em I João 5:6 ele disse: “Este é aquele que veio por meio de água e sangue, Jesus Cristo; não somente com água, mas também com a água e com o sangue”.
Ele disse que Jesus veio pela água, sangue e Espírito. Não só pela água e não só pelo sangue, mas pela água, sangue e Espírito juntos. Estes três, o batismo de Jesus, o sangue de Jesus na Cruz e Sua ressurreição da morte são um, a prova da nossa salvação.
 


Por Que a Bíblia Fala Sobre o Batismo de Jesus e Seu Sangue?


O povo de Israel era salvo apenas pelo sangue de um Cordeiro Pascal?
Não. Eles também eram circuncidados antes de guardarem a Páscoa.
 
O batismo de Jesus e o Seu sangue são os que nos permitem nascer de novo da água e do Espírito. Êxodo capítulo 12 enfaticamente diz: “Peguem um cordeiro, pegue um pouco do sangue e coloque nas ombreiras e na verga da porta de suas casas. Quando eu vir o sangue, eu passarei sobre vós”.
Sabendo disso, é possível que sejamos salvos dos nossos pecados apenas crendo no sangue do Cordeiro Pascal? Então por que tanto se fala sobre o batismo de Jesus no Novo Testamento? Os Apóstolos disseram: “Tendo sido sepultados, juntamente com ele, no batismo”. (Colossenses 2:12). “Porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes”. (Gálatas 3:27). “A qual, figurando o batismo, agora também vos salva”. (I Pedro 3:21).
Os Apóstolos Pedro e Paulo e todos os outros discípulos de Jesus Cristo falavam sobre o batismo de Jesus. É sobre este batismo no Rio Jordão que eles falavam e é a fé nele e no sangue na Cruz que é a verdade do novo nascimento da água e do Espírito.
Para falar a verdade, eu acreditei em Jesus, mas apenas em Seu sangue, por mais de 10 anos, nem mesmo reconhecendo o batismo de Jesus. Mas este conhecimento não havia tirado os pecados do meu coração. Eu cria em Jesus com todo o meu coração, mas ele ainda estava cheio de pecado.
Após 10 anos, eu descobri o significado da circuncisão espiritual (o batismo de Jesus) e assim nasci de novo. Apenas então eu percebi a verdade: A circuncisão no Antigo Testamento simboliza o batismo de Jesus no Novo Testamento. Eu acreditei nisso e continuo crendo.
“No Novo Testamento, a fé correta é crer no sangue e no batismo de Jesus? Minha crença está correta, segundo a Bíblia?”. Após nascer de novo, eu comecei a pensar sobre essas coisas.
Apesar de crer na mensagem do batismo e do sangue de Jesus, eu ainda tinha perguntas. “É certo crer na verdade de que todos os meus pecados foram passados para Jesus quando Ele foi batizado ou é certo crer que Jesus nos salvou apenas através da Sua morte na Cruz? Não é suficiente crer que Jesus é o meu Deus e Salvador?”. Eu ponderava isso enquanto lia Êxodo capítulo 12.
Muitas pessoas hoje leem Êxodo capítulo 12 e não pensam duas vezes ao declarar que Jesus Cristo morreu na Cruz como seu Salvador. Eles pensam que é correto crer no sangue de Cristo e testemunham a verdade das suas convicções. Eles podem crer com convicção e dizer que o Senhor Jesus é Cristo e o Filho de Deus, mas ainda são pecadores. Pensam que se crerem em Jesus Cristo como Salvador, eles serão salvos, mesmo se ainda tiverem pecado em seus corações.
Este tipo de fé não é verdadeiro, pois não pode fazer ninguém nascer de novo. Apenas o batismo de Jesus e o Seu sangue nos tornam justos.
Então, o que Êxodo capítulo 12 significa? Eu olhei para a Bíblia, pensando, “Existe problema em crer apenas no sangue de Jesus e ignorar o Seu batismo?”. Mesmo antes de eu terminar de ler Êxodo, descobri a verdade que a salvação não é só pelo sangue de Cristo, mas também pelo Seu batismo. Por intermédio da Bíblia, tive a certeza de que nós somos circuncidados em nossos corações por meio do batismo de Jesus, bem como pelo Seu sangue na Cruz.

Por que muitos Cristãos ainda são pecadores?
Porque não creem no batismo de Jesus.
 
Eu percebi em Êxodo 12:47-49, que antes de alguém poder comer a carne da Páscoa, tinha que ser circuncidado. É por isso que Deus diz no verso 49: “A mesma lei haja para o natural e para o forasteiro que peregrinar entre vós”. 
Portanto, quem não era circuncidado não podia comer a carne da páscoa. Essa é a verdade que descobri. Da mesma forma, quando cremos em Jesus como nosso Salvador, nós primeiramente temos que aceitar o fato de que todos os nossos pecados foram transferidos para Ele por meio do Seu batismo no Jordão e então aceitar o fato de que Jesus Cristo morreu na Cruz por eles.
Quando percebi que Jesus morreu na Cruz para ser julgado pelos pecados que tomou sobre Si com o batismo, descobri o significado da circuncisão espiritual, que nos salvou dos pecados e transgressões do mundo.
Naquele momento, percebi que todos os meus pecados foram embora. Meu coração se tornou branco como a neve e eu, finalmente, guardei no meu coração o evangelho da água, do sangue e do Espírito.
Percebi que existem duas coisas que nos salvam, a circuncisão e o sangue do Cordeiro no Antigo Testamento, e a transferência de todos os pecados para Jesus por meio do Seu batismo e Sua morte na Cruz no Novo Testamento. A circuncisão no Antigo Testamento e o batismo de Jesus no Novo Testamento são realmente um.
Jesus Cristo foi julgado não porque cometeu pecados, mas porque Ele levou sobre Si todos os pecados do mundo por meio do Seu batismo. Aqueles que creem que João Batista, como representante da humanidade, batizou Jesus e passou para ele todos os pecados do mundo também creem no batismo de Jesus e no Seu sangue na Cruz.
Por que tantas pessoas negam o Seu batismo apesar de ele estar repetidamente descrito na Bíblia? Fazendo isso eles ainda são pecadores, mesmo se creem em Jesus. Eles podem crer em Jesus, mas ainda estão afastados de Deus, por isso são pobres pecadores que irão para o inferno.
Como ainda podem ser pecadores se creem em Jesus? Por que eles vivem como pecadores? Por que estão indo rumo à destruição? É muito triste. Eles irão permanecer pecadores porque não creem no fato de que todos os pecados do mundo foram transferidos para Jesus Cristo, que trouxe eterna salvação para todas as pessoas por meio do Seu batismo espiritual.
As pessoas pensam que são redimidas quando creem no sangue de Jesus, mas esse tipo de fé nunca os tornará completos. Por quê? Porque falharam ao passar os pecados para Jesus!
Nós só podemos ser salvos crendo na água (batismo de Cristo) e no Seu sangue da forma que Deus ordenou: a salvação com circuncisão espiritual. Apenas assim podemos nos tornar filhos de Deus.
Temos que nos perguntar: “Se crermos apenas no sangue de Jesus como circuncisão espiritual, os nossos pecados podem ser completamente lavados?”. Nós temos que olhar profundamente em nossos corações para encontrar a resposta.
No Antigo Testamento, as pessoas eram salvas por meio da circuncisão e do sangue do cordeiro da páscoa, assim como nós ganhamos a salvação por meio do batismo de Jesus e do Seu sangue na Cruz. Dessa forma, fomos salvos do julgamento de Deus e do mundo pecaminoso. Aqueles que creem tornam-se filhos de Deus e Ele torna-se seu Pai.
Um homem é salvo e se torna propriedade de Deus crendo nessas duas coisas: circuncisão e sangue do cordeiro da Páscoa, isto é, no batismo de Jesus e no Seu sangue na Cruz. Esta é a verdade segundo Jesus, isso é ser nascido de novo da água, do sangue e do Espírito.
 


O Que é a Redenção da Água e do Espírito na Bíblia?


Os pecadores podem ser justificados apenas crendo no sangue de Jesus?
Nunca.
 
Jesus abandonou Seu trono no Céu e veio a este mundo, foi batizado por João Batista com 30 anos e levou todos os pecados sobre Si.
O sangue de Jesus na Cruz foi Sua condenação pelos pecados de todos os pecadores do mundo. Ele veio como Salvador a este mundo e salvou todos os pecadores através da água e do sangue.
Nós nascemos de novo só pelo sangue? Não. Nós somos salvos do pecado pelo batismo de Jesus e Seu sangue. Eu gostaria de fazer uma pergunta para aqueles que creem somente no sangue de Jesus. “Os pecadores podem se tornar justos crendo apenas no sangue de Jesus, ou isso se dá através do sangue e do batismo de Jesus? É pela crença que passamos todos os nossos pecados para Jesus por meio do Seu batismo e sangue ou apenas pelo Seu sangue? Qual é a verdade? Eu te pergunto”.
Para sermos verdadeiramente nascidos de novo da água e do Espírito, temos que crer que Jesus veio a este mundo em carne, que levou sobre Si todos os pecados do mundo, com o Seu batismo no Rio Jordão, e foi julgado por eles na Cruz. Crendo em Jesus Cristo, nosso verdadeiro Salvador, dessa forma, realmente podemos nascer de novo.
Eu te pergunto novamente. Qual é a fé que está definida na Bíblia? É a no sangue, ou no batismo e no sangue de Jesus?
A fé no sangue de Jesus é a seguinte: Jesus foi julgado e condenado por todos os pecados do mundo. Porque ele foi moído e ferido por eles, nós fomos salvos de um terrível julgamento. Mas esta não é a verdade completa. Antes de aceitarmos esta doutrina, nós temos que esclarecer um ponto. Porque Jesus teve que ser crucificado na Cruz?
A Bíblia diz claramente que o salário do pecado é a morte. Jesus nunca cometeu nenhum pecado nesse mundo. Ele veio em carne de homem através do corpo de Maria, mas veio como imagem expressa do Seu povo como Filho do Santo Deus e o Salvador dos pecadores. É por isso que Ele tinha que ser batizado por João Batista antes de morrer na Cruz. Quando Ele foi batizado, levou sobre Si todos os nossos pecados. Portanto, sem batismo, Ele não poderia ser sentenciado a derramar o Seu sangue na Cruz.
 

O Sistema Sacrificial no Antigo Testamento
 
Quais eram as condições indispensáveis para se oferecer um sacrifício?
① Um animal vivo sem defeito
② A imposição de mãos
③ O sangue deste animal
 
Vamos analisar esta verdade por intermédio do sistema sacrificial do Tabernáculo. No Antigo Testamento, o pecador ou o Sumo Sacerdote colocava suas mãos sobre o cordeiro ou bode sacrificial para passar os seus pecados, ou os do povo de Israel, para a cabeça do animal. As ofertas eram então mortas e oferecidas diante do altar. O Antigo Testamento foi a sombra do Novo Testamento e Jesus Cristo foi o Cordeiro sacrificial que Deus prometeu que enviaria.
Quando todos passaram os seus pecados para Jesus? Eu quero que você pense e responda essa pergunta. No Antigo Testamento, os israelitas não podiam matar os animais sem impor as mãos (a imposição de mãos na cabeça significa transferir o pecado para a oferta pelo pecado). Antes da oferta pelo pecado ser trazida diante do altar, a imposição de mãos tinha que acontecer para se passar os pecados para os animais sacrificados.
“E porá a mão sobre a cabeça do holocausto, para que seja aceito a favor dele, para a sua expiação”. (Levítico 1:4). Está escrito em Levítico que todas as ofertas precisavam da imposição de mãos, pois colocando as mãos sobre a cabeça do animal, o povo de Israel era capaz de passar os seus pecados para ele, e oferecendo o seu sangue e carne pela fé diante de Deus, podiam ser salvos de todos eles. Os Israelitas também foram salvos pela fé nos tempos do Antigo Testamento.
Quando um holocausto era apresentado diante de Deus, um pecador tinha que colocar suas mãos sobre a cabeça do animal para passar os seus pecados para ele. A oferta era então morta em favor do pecador, seu sangue era espalhado nos quatro chifres do altar e o remanescente era derramado no chão diante do altar. Era assim que eram redimidos.
No Novo Testamento os pecadores podem ser redimidos de todos os seus pecados por meio da fé na água e no sangue de Jesus. I João 5:1-10 diz que um pecador é redimido quando crê no batismo de Jesus e no sangue do Cordeiro (a Cruz).
Assim, qualquer pecador pode ser redimido, se crer no batismo de Jesus e no Seu sangue na Cruz. E isso, juntamente com o Espírito Santo, é indispensável para o novo nascimento da água e do Espírito.
Querido irmão, você pode ser redimido crendo somente no sangue de Jesus Cristo? Aqueles que pensam que podem nascer de novo crendo apenas nisso ainda têm pecados em seus corações, mas nós podemos ser salvos de todos os nossos pecados crendo no batismo de Jesus como a circuncisão espiritual do Novo Testamento, que é o equivalente moderno da circuncisão descrita no Antigo Testamento.
Todas as denominações possuem suas próprias doutrinas e sabemos que elas estão condenadas a irem para o inferno, se não abandonarem suas falsas crenças. A Igreja Presbiteriana coloca ênfase na doutrina da predestinação; a Igreja Metodista ressalta o arminianismo, isto é, humanismo; a Igreja Batista, o batismo; a Igreja da Santidade, a vida santa; todas têm divergido da palavra da verdade.
Mas, o que a palavra da verdade na Bíblia diz sobre ser nascido de novo? A Bíblia diz que a verdade é encontrada no batismo de Jesus e no Seu sangue. Quem crer e seguir a Palavra de Deus e tiver fé no novo nascimento da água e do Espírito encontrará redenção.
 

Qual é o Segredo do Batismo de Jesus?

Qual é a circuncisão espiritual no Novo Testamento?
O batismo de Jesus.
 
O batismo de Jesus foi a circuncisão espiritual. No Antigo Testamento, Deus disse que quem não fosse circuncidado seria cortado do meio do Seu povo.
Nós temos que conhecer e crer que a circuncisão espiritual no Novo Testamento realmente é o batismo de Jesus. Por Jesus ter sido batizado por João Batista no início do Seu ministério público, nós podemos ser espiritualmente circuncidados pela crença neste batismo. Devemos ponderar cuidadosamente as razões pelas quais Jesus tinha que ser batizado por João Batista.
“Por esse tempo, dirigiu-se Jesus da Galileia para o Jordão, a fim de que João o batizasse. Ele, porém, o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim? Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu”. (Mateus 3:13-15).
Jesus foi batizado por João Batista no Jordão, “o rio da morte”. João Batista colocou suas mãos na cabeça de Jesus e Ele foi completamente afundado. Este é o modo correto de ser batizado (Batismo: ser imerso na água). Para Jesus levar todos os pecados do mundo, Ele tinha que ser batizado da mesma forma, com a imposição de mãos, que se refere o Antigo Testamento.
O batismo de Jesus é a circuncisão espiritual para aqueles que creem Nele. “Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça”. (Mateus 3:15). Convinha que Jesus levasse todos os pecados do mundo e se tornasse o nosso Deus e Salvador. Portanto, era conveniente, como estava escrito, que Ele morresse na Cruz com todos os nossos pecados em Sua cabeça.
O batismo de Jesus tem o poder de fazer todos os pecadores nascerem de novo. É o segredo do evangelho da água e do Espírito.
A primeira coisa que Jesus fez, em Seu ministério público, para salvar os pecadores de todos os seus pecados, foi ser batizado por João Batista. Batismo significa “ser lavado, ser enterrado, transferir”.
Sendo batizado da forma ordenada por Deus, Jesus levou todos os pecados do mundo sobre Si. “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”. (João 1:29). O batismo de Jesus significa que todas as pessoas do mundo que crerem Nele são espiritualmente circuncidadas.
Mais tarde, Ele foi para a Cruz como o Cordeiro de Deus que levou todos os pecados do mundo e aceitou o julgamento pelos pecadores. Assim, Ele salvou toda a humanidade do pecado.
Portanto, todos aqueles que crerem no batismo de Jesus Cristo, na circuncisão do Antigo Testamento e no Seu sangue na Cruz, como a sua salvação, são salvos de todos os seus pecados. Jesus Cristo salvou todos os pecadores com o Seu batismo e Seu sangue. Esta é a verdade da circuncisão espiritual.
 

A Salvação Só Vem Pelo Sangue? Não.

Por que meio Jesus veio ao mundo?
Pela água e sangue.
 
I João 5:4-8 diz: “Porque todo o que é nascido de Deus vence o mundo; e esta é a vitória que vence o mundo: a nossa fé. Quem é o que vence o mundo, senão aquele que crê ser Jesus o Filho de Deus? Este é aquele que veio por meio de água e sangue, Jesus Cristo; não somente com água, mas também com a água e com o sangue. E o Espírito é o que dá testemunho, porque o Espírito é a verdade. Pois há três que dão testemunho [no céu: o Pai, a Palavra e o Espírito Santo; e estes três são um. E três são os que testificam na terra]: o Espírito, a água e o sangue, e os três são unânimes num só propósito”.
Queridos Cristãos, qual é o seu testemunho Dele como seu Salvador? Não é nenhum outro senão a fé no Filho de Deus que veio pela água e sangue.
Qual é a vitória que vence o mundo? Não é outra senão o poder da fé na água e no sangue. É Jesus Cristo que veio pela água e sangue e é o Espírito que dá testemunho, pois o Espírito é a verdade.
Existem três coisas que dão testemunho na Terra: a água, o sangue e o Espírito. E estas três concordam como uma. Jesus veio a este mundo em carne, foi batizado e morreu na Cruz para nos salvar da maldição eterna. A prova de que Deus, nosso Criador, tornou-se o Salvador de todos os pecadores está no evangelho da água e do Espírito que nos salva.
É a nossa prova de que Jesus veio a este mundo como Espírito na carne, foi batizado no Jordão, para levar sobre Si todos os nossos pecados, e derramou o Seu sangue na Cruz aceitando, o julgamento por eles. Assim, Ele salvou a todos aqueles que Nele creem. Este é o evangelho original da água e do Espírito.
 

Qual é a Água e o Sangue que dão Testemunho da Salvação de Deus?

O que é equivalente à circuncisão descrita no Antigo Testamento?
O batismo de Jesus.
 
A água se refere ao batismo de Jesus Cristo. No Antigo Testamento, o batismo de Jesus é a circuncisão. O equivalente à circuncisão no Antigo Testamento é o batismo de Jesus no Novo Testamento. A prova de que todos os pecados do mundo foram passados para Jesus está no Seu batismo.
Todo aquele que crê na verdade é capaz de permanecer diante de Deus e dizer com a consciência limpa, “Você é o meu Salvador, meu Senhor, porque eu creio no Seu batismo e Seu sangue, o evangelho da água e do Espírito. Então, não tenho mais pecado. Sou um filho de Deus e Tu és o meu Salvador”. Nós podemos professar isso com uma fé verdadeira, crendo no batismo e no sangue de Jesus.
Qual é a Palavra que nos permite nascer de novo? É o batismo de Jesus e o Seu sangue na Cruz, que são o testemunho de salvação em nossos corações. Este é o evangelho do novo nascimento da água e do Espírito.
Queridos cristãos, eu lhes pergunto de novo, “Um pecador pode ser salvo somente pela crença no sangue de Cristo?”. Não. A Salvação não requer apenas a crença na Sua morte na Cruz, mas crendo na água e no sangue – o evangelho da água e do Espírito – os pecadores podem nascer de novo. Deixe-me agora citar a Bíblia, que fala sobre a água ou, em outras palavras, sobre o batismo de Jesus.
I Pedro 3:21-22 diz: “a qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo; o qual, depois de ir para o céu, está à destra de Deus, ficando-lhe subordinados anjos, e potestades, e poderes.”
O Apóstolo Pedro testifica que o batismo de Jesus foi a figura que nos salva e também foi a prova da salvação do pecado, sendo o equivalente à circuncisão no Antigo Testamento. Assim como as pessoas de Israel creram na Palavra de Deus e cortavam o prepúcio para se tornarem filhos Dele, nos tempos do Antigo Testamento, o batismo de Jesus nos salva de todos os nossos pecados no tempo do Novo Testamento.
Portanto, a circuncisão no Antigo Testamento e o batismo de Jesus no Novo são um. Todos vocês agora creem que o batismo de Jesus realmente é o mesmo que a circuncisão? Como está escrito em I Pedro 3:21, há uma figura que agora no salva, chamada de batismo. Você pode argumentar com a Palavra escrita de Deus?
Por que nós, que vivemos neste mundo, podemos ser libertos do pecado? Somente porque Jesus Cristo foi batizado para cumprir toda a justiça que a salvação dos pecados está disponível para nós. Mateus 3:15 diz: “Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça”.
Todo aquele que Nele crê não tem mais pecado, porque todos os pecados do mundo foram passados para Jesus. Nós todos podemos nos tornar justos aceitando essa verdade, que foi cumprida por meio do Seu batismo. Jesus Cristo levou todos os nossos pecados sobre Si e morreu na Cruz para nos salvar de todo o julgamento.
Queridos amigos, as duas coisas que salvam todos os pecadores de seus pecados são a água e o sangue. A transferência dos pecados e a morte na Cruz por nós são as duas principais coisas que Jesus fez por nós durante seus três anos de ministério público nesse mundo.
João 1:29 diz: “Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!”. Jesus Cristo foi batizado para levar o pecado do mundo e morreu na Cruz para expiar as nossas transgressões. Jesus é o Filho de Deus e, como Criador, Ele cumpriu a Aliança da circuncisão, que Deus fez no Antigo Testamento, levando todos os pecados do mundo.
Todos que creem de coração no evangelho do batismo de Jesus, da água e do sangue, nascerão de novo da água e do Espírito. O Senhor se tornará o Salvador de todos aqueles que creem. Graças a Deus, Aleluia! Jesus cumpriu a nossa salvação, como Deus prometeu, e nos salvou de todos os pecados do mundo.
 

Não é Remoção da Imundícia da Carne

A carne se torna santificada com o tempo?
Não. A carne continua a acumular pecados até o dia em que nós morremos.

I Pedro 3:21 diz: “A qual, figurando o batismo, agora também vos salva, não sendo a remoção da imundícia da carne, mas a indagação de uma boa consciência para com Deus, por meio da ressurreição de Jesus Cristo”.
Quando um homem começa a crer em Jesus Cristo como seu Salvador, isso não significa que ele para de cometer os pecados da carne. Nós podemos continuar a pecar, mas, crendo no batismo de Jesus, podemos passar todos os nossos pecados mundanos para Jesus, que pagou por eles com Seu sangue na Cruz. Crendo nestas duas coisas, como elementos indispensáveis da nossa salvação, somos salvos de todos os nossos pecados.
Ser nascido de novo significa receber Jesus em nossos corações como Salvador da humanidade e o perdão dos pecados também é alcançado. Quando cremos no batismo de Jesus e em Seu sangue na Cruz, nossos corações nascem de novo, mas nós continuamos a cometer pecados e transgressões com a nossa carne. Mas todos os nossos pecados da carne já foram perdoados.
O batismo de Jesus é o testemunho para todos aqueles que foram salvos. Nós nos tornamos pessoas sem pecado quando cremos no perdão dos pecados por meio do batismo de Jesus. Nascemos de novo, quando guardamos em nossos corações a verdade da salvação por meio do batismo de Jesus, e nos tornamos justos por meio do evangelho da água e do Espírito.
Esta é a fé de Abraão no Antigo Testamento, a fé de se tornar justo sobre a qual o Apóstolo Paulo falava, e a figura da salvação da qual o Apóstolo Pedro deu testemunho.
Assim como Abraão ouviu e creu na Palavra de Deus e se tornou justo, nós somos salvos quando cremos no batismo de Jesus e em Sua morte na Cruz.
João 1:12 diz: “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome”. Você aceita Jesus Cristo, o único que nos salvou de todos os nossos pecados, por meio do Seu batismo e sangue, como seu Salvador? Devemos receber a salvação dada para nós através da água e do sangue do Filho de Deus.
A salvação só vem pelo sangue de Jesus Cristo? Não. Ela vem pela água e pelo sangue de Jesus. Na Bíblia, afirma-se claramente que a salvação não é pelo sangue de Jesus apenas. É pelo batismo de Jesus e Seu sangue.
O batismo de Jesus é a circuncisão espiritual do Novo Testamento. É a verdade da salvação que cancela todos os nossos pecados. O fato de que Ele foi julgado por todos os pecados do mundo significa que foi julgado por nós, você e eu.
Recebendo o evangelho do perdão dos pecados, o batismo de Jesus e o Seu sangue, nós somos libertos do julgamento por todos os nossos pecados. Com a nossa fé, somos salvos de todos os pecados cometidos neste mundo. Quando tomamos o batismo de Jesus e o Seu sangue como nossa salvação, os nossos corações são lavados. Você crê nisso? Eu sinceramente espero que vocês possam crer no evangelho da água e do Espírito. Creia e receba a vida eterna.
O Apóstolo Paulo disse: “E circuncisão, a que é do coração”. (Romanos 2:29). Como somos circuncidados de coração? Nós podemos ser espiritualmente circuncidados quando cremos na vinda de Jesus Cristo a esse mundo em carne, no Seu batismo para levar todos os pecados do mundo, em Sua morte na Cruz pelos nossos pecados e na Sua ressurreição da morte.
O Apóstolo Paulo disse que a circuncisão é a de coração, que significa crer no batismo de Jesus e no Seu sangue. Se você quer ser circuncidado de coração, tem que guardar em seu coração o evangelho do batismo de Jesus e do Seu sangue. Então, e apenas assim, você realmente pode se tornar um filho de Deus.
 

João Batista foi Enviado por Deus?

Quem foi João Batista?
Ele foi o representante da humanidade e o último Sumo Sacerdote segundo a linhagem de Arão.
 
Aqui, nós precisamos perguntar quem foi João Batista que batizou Jesus Cristo. Ele foi o representante da humanidade. Mateus 11:11-14 diz: “Em verdade vos digo: entre os nascidos de mulher, ninguém apareceu maior do que João Batista; mas o menor no reino dos céus é maior do que ele. Desde os dias de João Batista até agora, o reino dos céus é tomado por esforço, e os que se esforçam se apoderam dele. Porque todos os Profetas e a Lei profetizaram até João. E, se o quereis reconhecer, ele mesmo é Elias, que estava para vir”.
Queridos cristãos, Jesus diz que não há outro maior que João Batista, a época da Primeira Aliança de Deus, a época do Antigo Testamento tinha acabado. Acabou porque Jesus Cristo, que cumpriria a Aliança de Deus, havia chegado.
Então, quem iria cumprir a Aliança de Deus? Jesus Cristo e João batista. João Batista passou todos os pecados do mundo para Jesus. Quem foi o último Sumo Sacerdote do Antigo Testamento? Quem era o descendente de Arão? O próprio Jesus Cristo testificou que não era outro senão João Batista, ele foi o representante da humanidade, o maior entre os nascidos de mulher.
Vamos pensar sobre os fatos. Moisés, Abraão, Isaque e Jacó foram nascidos de mulher, mas entre as pessoas do Antigo e Novo Testamento, quem foi o maior entre todos os nascidos de mulher? Foi João Batista.
João Batista, como último profeta do Antigo Testamento e descendente de Arão, batizou o Cordeiro de Deus no Novo Testamento, da mesma forma que Arão colocava suas mãos sobre a oferta sacrificial no Dia da Expiação no Antigo Testamento. Ele batizou Jesus Cristo e passou todos os pecados do mundo para Ele. Ele foi um servo de Deus, cumpriu a circuncisão espiritual nos corações de toda a humanidade batizando Jesus Cristo.
Junto com o batismo de Jesus, temos que crer em Seu sangue como testemunho da nossa salvação. Jesus Cristo levou todos os pecados do mundo por meio do Seu batismo e foi julgado por eles; e a única coisa que temos que fazer é crer nisso. É a vontade de Deus que creiamos no que Jesus fez.
Uma vez que você guardar em seu coração o evangelho do novo nascimento da água e do Espírito, poderá se tornar descendente de Abraão e um filho de Deus. Existem poucos que estão em Cristo e muitos que ainda não O aceitaram em seus corações.
O dia está quase acabando e as trevas estão chegando. Creia no batismo de Jesus e permita que Ele entre em seu coração. Sua fé no batismo de Jesus e no Seu sangue te fará abençoado com a salvação espiritual.
Tenha em mente que a unção espiritual vem quando você crê no evangelho da salvação, o evangelho do batismo de Jesus e Seu sangue. Eu quero que saiba que você pode preparar a lâmpada espiritual (Igreja) e o óleo (o Espírito) como virgens sábias (Mateus 25:4), crendo no evangelho do batismo de Jesus e Seu sangue. Aqueles que creem em Jesus vão para a Igreja com o Espírito em seus corações.
 


Por Quem Jesus foi Batizado?


Com que propósito Jesus foi batizado?
Com o propósito de lavar os pecados da humanidade.
 
“Ele, porém, o dissuadia, dizendo: Eu é que preciso ser batizado por ti, e tu vens a mim? Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça. Então, ele o admitiu”. (Mateus 3:14-15).
Jesus foi batizado para lavar todos os pecados da humanidade. Jesus Cristo, o Filho de Deus e nosso Salvador, é o Criador que nos fez. Ele veio pela vontade de Deus, o Pai, para nos fazer Seu povo.
Sobre quem os profetas falavam no Antigo Testamento? Falavam de Jesus Cristo. Todos os profetas do Antigo Testamento falavam sobre a Sua vinda a este mundo para levar todos os nossos pecados e nos libertar do pecado para sempre.
Jesus veio a este mundo, como foi profetizado no Antigo Testamento, e levou todos os pecados da humanidade de Adão a Eva até o último homem na Terra.
Agora, guarde em seu coração a salvação por meio do batismo e do Sangue de Jesus. Você ainda não está certo de que essa é a verdade? Você ainda tem pecado em seu coração? “Deixa por enquanto, porque, assim, nos convém cumprir toda a justiça”. Jesus foi batizado por João Batista para cumprir toda a justiça.
A palavra “batismo” em si, significa “ser lavado”. Jesus foi batizado por João batista na forma da imposição de mãos descrita no Antigo Testamento. Após Ele ter levado todos os pecados da humanidade, foi imerso no Rio Jordão. O Rio significa a morte e o julgamento pelos pecadores e a imersão de Cristo na água simboliza Sua morte na Cruz. Sua saída da água significa a Sua ressurreição, pois ressuscitou no terceiro dia após morrer na Cruz.
Jesus é o nosso Deus e Salvador. O fato de vir a este mundo para ser batizado, derramar o Seu sangue na Cruz, ter ressuscitado no terceiro dia e agora sentar à direita de Deus, é a prova clara de que Ele salvou toda a humanidade da morte. Você crê nisso?
O batismo de Jesus é a circuncisão espiritual do Novo Testamento. “E circuncisão, a que é do coração”. A Circuncisão de coração é completada quando cremos no batismo de Jesus, a verdade sobre a transferência dos nossos pecados para Ele. A circuncisão do coração é o reconhecimento do batismo, por meio do qual passamos todos os nossos pecados para Jesus.
Você já foi circuncidado de coração? Se você crê na circuncisão de coração, seus pecados serão lavados de uma vez por todas. Para isso Jesus cumpriu toda a justiça e assegurou a salvação de todos os pecadores.
Queridos cristãos, guardem essa prova de salvação em seus corações e mentes. Essa é a verdade. Uma vez que guardarem em seus corações a salvação de Jesus, vocês serão libertos de todos os seus pecados. “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber, aos que creem no seu nome”. (João 1:12).
Você pode perceber por que Jesus teve que vir a esse mundo para ser batizado? Você crê nisso agora? Jesus foi batizado para levar todos os pecados da humanidade. Foi o batismo da circuncisão. É por isso que o Apóstolo Paulo nos fala sobre a circuncisão de coração. Jesus nos salvou tão claramente com o Seu batismo e sangue que não temos escolha, senão crer em Deus nos nossos corações. Não é verdade? Você crê nisso?
 
 
Você Aceita Esta Verdade em Seu Coração?

O que temos que fazer antes de adorarmos a Deus?
Nós temos que guardar em nossos corações a verdade da água e do sangue.
 
Quase 2000 anos se passaram desde que Jesus veio a este mundo. Nestes dias da Graça de Deus, nós temos que ter em nossos corações a verdade da água e do sangue de Jesus. Não há nada mais o que fazer.
“E circuncisão, a que é do coração”. Temos que ser circuncidados por meio da fé em nossos corações. Nós só podemos ser salvos por meio da fé. No Antigo Testamento, os Israelitas eram salvos por meio da circuncisão e do sangue da Páscoa, que era colocado nas portas de suas casas.
Aqueles que creem no batismo de Jesus e em Seu sangue, como a sua salvação, não temem o julgamento de Deus, porque passará sobre eles. Mas o julgamento de Deus cairá sobre todos aqueles que não guardarem a verdade em seu coração. Existem muitos que creem em Jesus em vão e ainda são escravos do pecado.
Como eles chegaram nesse estado? Por que ainda sofrem com o pecado? É só porque não conhecem a verdade do batismo e do sangue de Jesus. Eles creem apenas no sangue de Jesus, omitindo o Seu batismo.
A salvação é obtida por meio da simples crença no sangue de Jesus? A Bíblia nos diz isso? O que o Antigo e Novo Testamentos falam sobre isso? Segundo a Bíblia, é apenas pelo sangue do Cordeiro de Deus? Ou é também pelo batismo de Jesus que a salvação é obtida? (I João 5:3-6).
Você acredita somente no sangue de Jesus? Aqueles que pensam assim ainda têm pecados em seus corações. Eles devem superar sua fé incorreta e voltar ao verdadeiro evangelho.
Os incrédulos devem reconhecer agora que eles têm sido guiados por caminhos errados, não sabendo que Jesus levou todos os pecados do mundo por meio do Seu batismo. Devem admitir que estão errados ao negligenciar o batismo de Jesus. Todos devem guardar em seus corações que Jesus levou todos os pecados do mundo por meio do Seu batismo. A salvação está disponível apenas quando cremos em Seu batismo e na Cruz. Em outras palavras, apenas por meio do evangelho da água e do Espírito somos capazes de receber a vida eterna.
Queridos cristãos, vocês estão vivendo até agora dependendo somente da crença no sangue de Jesus? Então, certamente vocês têm pecados em seus corações. Se vocês pecam, então têm pecados em seus corações. Se vocês pensam que estão livres dos pecados quando vivem segundo a Lei de Deus, saibam que isso é só um sentimento que vem das suas emoções. Esta convicção não está de acordo com a Palavra de Deus.
 

Ainda Não é Tarde Demais

Do que a verdade nos liberta?
Da Lei, do pecado e da morte.
 
Ainda não é tarde demais, apenas creia no batismo de Jesus e no Seu sangue e você será circuncidado no seu coração e ficará liberto de todo pecado. Tornar-se livre de todo pecado significa que você é salvo pela crença no evangelho do batismo e do Sangue de Jesus.
Você deseja crer no batismo de Jesus e no Seu sangue para a salvação dos seus pecados? Uma vez você crendo, irá aprender como é a salvação e receberá paz na sua mente. Então, se tornará justo, não por meio das suas obras, mas da sua fé na Palavra de Deus. Se algum de vocês ainda crê que depende apenas do sangue de Jesus para salvação, gostaria de pedir que creia no batismo de Jesus e no Seu sangue.
Queridos cristãos, a salvação completa da humanidade do pecado foi cumprida por meio do evangelho do batismo de Jesus e do Seu sangue. O Espírito é Deus. Deus veio a este mundo em carne humana.
Deus disse, por intermédio dos profetas, que nós deveríamos chamá-Lo de Jesus, porque Ele salvaria o Seu povo dos pecados. Deus disse: “Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho, e ele será chamado pelo nome de Emanuel (que quer dizer: Deus conosco)”. (Mateus 1:23).
Deus veio a este mundo para salvar os pecadores. Ele foi batizado para levar todos os pecados do mundo e, portanto, salvar todos os pecadores. Esta é a verdade e a salvação da água e do sangue. Estou aqui para te dizer isso. Nós fomos salvos somente pelo sangue de Jesus? Claro que não. Fomos salvos pelo batismo e Seu sangue na Cruz.
Existem muitos falsos profetas e hereges hoje que não creem no batismo de Jesus. Jesus disse: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (João 8:32).
Nós devemos conhecer a verdade, devemos saber por que Jesus falou sobre o Seu batismo e por que nós devemos crer Nele. Devemos saber o motivo de Deus ter falado sobre a circuncisão para o povo de Israel, no Antigo Testamento, e sobre o sangue do cordeiro pascal.
Quando conhecemos somente parte da história, não podemos reconhecer a verdade. Jesus disse: “Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer da água e do Espírito não pode entrar no reino de Deus”. (João 3:5).
 

Ser Batizado em Cristo

Como podemos nos unir à morte de Cristo?
Passando os nossos pecados para Jesus, por meio do Seu batismo.
 
A Bíblia testifica sobre o segredo da salvação. Ela só vem pelo sangue de Jesus? Não. É pelo sangue e pelo Seu batismo. O Apóstolo Paulo falou sobre isso com frequência em Romanos, capítulo 6, e mais ainda em suas outras Epístolas.
Vamos ler Romanos 6:3-8: “Ou, porventura, ignorais que todos nós que fomos batizados em Cristo Jesus fomos batizados na sua morte? Fomos, pois, sepultados com ele na morte pelo batismo; para que, como Cristo foi ressuscitado dentre os mortos pela glória do Pai, assim também andemos nós em novidade de vida. Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição, sabendo isto: que foi crucificado com ele o nosso velho homem, para que o corpo do pecado seja destruído, e não sirvamos o pecado como escravos; porquanto quem morreu está justificado do pecado. Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos”.
Vamos ler o verso 5. Ele diz: “Porque, se fomos unidos com ele na semelhança da sua morte, certamente, o seremos também na semelhança da sua ressurreição”.
Sua morte foi a nossa morte, porque todos os nossos pecados foram passados para Ele por meio do Seu batismo. Então o batismo de Jesus liga o Seu sangue na Cruz conosco.
Nossa fé no batismo de Jesus e no Seu sangue nos permite a união com Jesus. “O salário do pecado é a morte”. (Romanos 6:23). Portanto, a morte de Jesus na Cruz foi a nossa morte. Ele foi batizado para levar todos os nossos pecados sobre Si. Crer nesta verdade é se unir com Jesus Cristo, nosso Salvador.
 

Nós Não Devemos Crer em Jesus Como Um Modo Religioso de Vida

O que significa “Ele é fiel e justo?”
Significa que Jesus lavou os nossos pecados de uma vez por todas e salvou a todos que creem na verdade.
 
Muitas pessoas creem em Jesus como um modo religioso de vida, então vão à Igreja e clamam em orações e arrependimentos. Elas confessam os seus pecados e pedem o perdão todos os dias e oram, “Jesus, eu sei e creio que Você morreu na Cruz por mim. Sim, eu creio”.
Claramente não entendem a seguinte passagem. “Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda a injustiça”. (I João 1:9). Essas pessoas dizem que podem ser perdoadas por seus pecados todos os dias, por meio da confissão dos pecados. Mas o pecado na passagem acima não significa os pecados diários. O que a passagem quer dizer é que nós somos perdoados por nossos pecados de uma vez por todas, quando confessamos que ainda não somos salvos.
“E, assim, a fé vem pela pregação, e a pregação, pela palavra de Cristo”. (Romanos 10:17). “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (João 8:32).
Queridos cristãos, a verdade é clara. Se você crer que Jesus morreu na Cruz, sem levar os nossos pecados por meio do batismo no Jordão, sua fé é vã. Se algum cristão quer ser salvo de todos os seus pecados, ele deve crer que os seus pecados foram transferidos para Jesus, por meio do Seu batismo no Jordão, de uma vez por todas, e que Este recebeu o julgamento por todos os nossos pecados na Cruz. Em outras palavras, nós devemos crer no batismo e no sangue de Jesus.
“E não há salvação em nenhum outro; porque abaixo do céu não existe nenhum outro nome, dado entre os homens, pelo qual importa que sejamos salvos”. (Atos 4:12). Jesus Cristo levou todos os nossos pecados por meio do Seu batismo e tornou-se o nosso Salvador. Ele veio pela água e sangue para nos salvar da eterna maldição. “Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação”. (Romanos 10:10). Você é um pecador ou uma pessoa justificada?
Gálatas 3:27 diz: “Porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes”. Este versículo nos fala da verdade de que Jesus foi crucificado, após levar sobre Si todos os pecados do mundo por meio do Seu batismo. Ele ressuscitou da morte três dias depois e agora está sentado à direita de Deus. Ele tornou-se o Senhor da Salvação para todos aqueles que creem Nele.
Se Jesus não tivesse sido batizado e derramado o Seu sangue na Cruz por nós, Ele não seria o nosso Salvador. Nós só podemos ser salvos pelo evangelho da água e do Espírito.
 

Até Mesmo o Filho de Moisés

Por que Deus quis matar Moisés no caminho para o Egito?
Porque ele não havia circuncidado seus filhos.
 
Querido irmão, você está ouvindo o segredo da redenção de todos os pecados através da água e do sangue de Jesus. É uma maravilhosa bênção poder ouvir estas Palavras de Deus. 
É apenas pelo sangue de Jesus? No tempo do Antigo Testamento, as pessoas se tornavam descendentes de Abraão por meio da circuncisão e do sangue do cordeiro pascal. Agora nós nos tornamos povo de Deus crendo no batismo de Jesus e no Seu sangue. Deus nos mostrou a prova disso no Antigo Testamento por meio de Moisés.
Para salvar o povo de Israel, Deus falou com Moisés e disse que ele deveria tirar o Seu povo do Egito. Então, Moisés, com a permissão do seu sogro Jetro, deixou a terra de Midiã e seguiu rumo ao Egito com sua esposa e filhos. Quando ele colocou sua família em uma mula, o Senhor veio ao seu encontro em uma estalagem e queria matá-lo.
Mas, a sua sábia esposa Zípora sabia a razão, assim ela pegou uma pedra afiada e cortou o prepúcio do seu filho e o lançou aos pés de Moisés dizendo, “Sem dúvida, tu és para mim esposo sanguinário”. (Êxodo 4:25). Então Deus deixou ele ir embora.
Esta foi a forma de Deus dizer que mataria qualquer um, até mesmo o filho de Moisés, se não fosse circuncidado. Para o povo de Israel, a circuncisão era o sinal da Aliança com Deus e eles sabiam que Deus certamente eliminaria qualquer um do povo de Israel, até mesmo o filho do líder, se permanecesse incircunciso. Portanto, para não eliminar o seu filho, Deus alertou a Moisés dessa forma.
A Bíblia diz que a razão pela qual Zípora removeu o prepúcio do seu filho e lançou-o aos pés de Moisés dizendo “Tu és para mim esposo sanguinário!”, foi para cumprir o pedido de Deus pela circuncisão. (Êxodo 4:26).
Qualquer um que não era circuncidado entre os Israelitas tinha que ser eliminado do povo. Apenas aqueles que eram circuncidados podiam comer a carne do cordeiro pascal e participar do culto como povo de Deus.
O Apóstolo Paulo era um Hebreu. Ele foi circuncidado oito dias após o seu nascimento, estudou com o Grande rabi, Gamaliel, e entendeu exatamente o porquê de Jesus Cristo ter sido batizado no Rio Jordão e, depois, crucificado. Então o Apóstolo Paulo escreveu sobre o batismo de Jesus em todas as suas Epístolas.
Ele também falava frequentemente sobre o sangue de Jesus como o complemento da nossa salvação. O sangue foi apenas o estágio final da Sua redenção, enquanto a verdadeira circuncisão espiritual foi o batismo de Jesus. Não adianta ressaltar o sangue de Jesus sem o Seu batismo.
O Apóstolo Paulo falava frequentemente sobre a Cruz de Jesus. Por quê? Porque é a prova final da salvação. Se Jesus tivesse levado todos os pecados sobre Si, mas não tivesse derramado o Seu sangue na Cruz, para receber o julgamento por eles, nós não poderíamos ser completamente salvos. É por isso que o Apóstolo Paulo falou sobre a Cruz com tanta frequência. É o passo final para a nossa salvação.
Se a verdade da salvação tivesse sido entregue para esta geração sem distorções, haveria muito mais pessoas sem pecado. Mas, infelizmente, a verdade se perdeu ao longo do tempo e muitas pessoas só conhecem a Cruz, sem perceber o verdadeiro significado do batismo de Jesus.
Porque eles têm fé apenas na superfície vazia do evangelho, permanecem pecadores, não importa quantos anos creiam em Jesus com fervor. Eles continuarão pecadores após 10 anos e mesmo após 50 anos de vida religiosa.
 

Meu Testemunho

Deus considera os pecadores justos?
Não. Ele é justo. Os justos são aqueles que são livres do pecado, tendo passado todos os seus pecados para Jesus por meio do Seu batismo.
 
Eu comecei a crer em Jesus quando eu tinha 20 anos. Antes daquele tempo, eu não tinha ideias de quantos pecados havia cometido na minha vida, porque eu não conhecia a Lei de Deus. Eu tinha vivido do meu jeito, sem conhecer Deus, até aquele tempo.
Então fiquei doente e estava tão doente que pensei que fosse morrer. Decidi que eu deveria pelo menos ser redimido de todos os meus pecados antes da morte. E porque eu havia ouvido que Jesus morreu por pecadores como eu, decidi crer Nele. No início, eu estava cheio de alegria e gratidão.
Mas o sentimento começou a se apagar com o tempo. Após alguns anos, eu não podia evitar cometer pecados todos os dias. Tornei-me cada vez mais um pecador e, após 10 anos, continuava pecador, na verdade pior do que era antes. Eu acreditei em Jesus por 10 anos e o fato de ser um pecador nunca mudava. Eu era um crente e um pecador.
Apesar de eu cantar, “♪O choro não vai me salvar! Minha face estava tão cheia de lágrimas, que eu não podia conter os meus medos, não podia lavar os meus pecados de anos! O choro não vai me salvar! ♪”. Eu chorava toda vez que pecava.
“Querido Deus, por favor, me perdoe por este pecado. Perdoe-me só mais uma vez e nunca mais irei pecar”. Depois que pecava, tinha o costume de orar por três dias. Eu me trancava em um quarto e orava e jejuava nesses dias, porque a minha consciência estava muita pesada, e ali chorava e pedia o perdão de Deus. Após três dias, me sentia melhor e pensava que podia ser readmitido em Sua presença.
“Novamente, eu lavei os meus pecados. Aleluia!”. Então saía e vivia com cuidado por um tempo. Mas, logo pecava de novo e meu desespero crescia. Costumava repetir este processo sombrio muitas vezes. Parecia tão bom crer em Jesus no princípio, mas quanto mais eu acreditava, mais acumulados ficavam os meus pecados, como poeira em um quarto abandonado.
Após 10 anos, eu havia me tornado um pecador pior do que eu era no início. “Por que acreditei em Jesus tão cedo na minha vida? Seria muito mais fácil crer em Jesus se eu tivesse esperado até os 80 anos, pouco antes de morrer. Então, eu não teria consciência do pecado e não precisaria me arrepender todos os dias”. Eu pensei que pudesse viver a vida de acordo com a vontade de Deus, mas era impossível. Eu me senti como se estivesse ficando louco!
Comecei a procurar e procurar por Deus. Gastei muito tempo estudando teologia e, após alguns anos, meu coração se tornou ainda mais estéril. Antes de começar a ler livros ou teorias religiosas, eu costumava dizer que viveria como São Damião, nunca dormindo confortavelmente em uma cama quente. Tinha prometido que nunca iria me importar comigo, pelo contrário, viveria uma vida completamente dedicada aos necessitados.
Quando eu li sobre a vida desse santo, eu fiz um voto de viver como ele e tentei viver uma vida de abstinência. Eu costumava ajoelhar em um chão cheio de sementes duras e orava durante muitas horas. Então, sentia que minha oração tinha mais significado e me sentia melhor.
Mas, após 10 anos, eu não podia mais suportar isso e então orei a Deus. “Querido Deus do Céu, por favor, me salve. Eu creio em Ti de todo o meu coração e sei que eu não mudaria a minha crença, mesmo se alguém colocasse uma faca no meu pescoço. Mas apesar de crer em Ti com todo o meu coração, por que eu ainda me sinto vazio por dentro? Por que estou tão frustrado? Por que eu estou me tornando um pecador pior do que antes? Eu nunca havia pensado muito sobre o pecado. Eu vim a crer em Ti e agora fico pensando por que me tornei um pecador pior do que antes disso. Qual é o problema comigo?”.
Então, descobri a razão. Eu tinha acreditado em Deus sem ser salvo dos meus pecados. Eu não conhecia a verdade, naquele tempo, e isso foi suficiente para me levar à loucura.
Com pecados em meu coração, como eu poderia falar para os outros sobre “a Redenção da Graça de Deus?”. Como poderia falar para os outros crerem em Jesus? Eu orei novamente e outras vezes, “Querido Deus, em breve estarei me formando no seminário e serei ordenado pastor. Mas, se eu me tornar um pastor com pecado, como serei capaz de falar para os pecadores sobre a redenção? Eu sou um pecador e, quando eu leio as Epístolas do Apóstolo Paulo, encontro que se alguém não tem o Espírito de Cristo, não é filho de Deus. Mas não importa o quanto eu busque, o Espírito não está em mim. Pensei que estivesse no início, mas parece que desapareceu. O que aconteceu? Por favor, me diga, Senhor”.
De fato, a razão disso era que eu tinha me enganado ao pensar que eu havia sido redimido por meio da simples crença em Jesus. Eu agonizei com isso por um longo tempo.
Deus prometeu se mostrar para aqueles que O buscassem intensamente e Ele me encontrou na Sua verdade, finalmente. Eu ainda era um pecador 10 anos após ter começado a crer em Jesus, mas quando compreendi o segredo do batismo de Jesus e Seu sangue, quando descobri o significado da circuncisão no Antigo Testamento, quando percebi e cri no segredo da salvação por meio do batismo de Cristo, todo o meu sofrimento acabou. Minha alma se tornou branca como a neve.
Será o mesmo para você. Se crer no evangelho do batismo de Jesus e do Seu sangue, você também se tornará sem pecado. Você pode ainda ser incompleto, mas será justo. Quando você guardar essa verdade em seu coração e a fizer conhecer aos outros, eles também serão salvos e louvarão a Deus, gritando “Aleluia!”.
Eu quero parabenizar todos os irmãos e irmãs que foram redimidos. Eu louvo a Jesus por nos salvar de todos os nossos pecados. Aleluia! Nós temos sido redimidos de todos os nossos pecados.
É uma bênção tão grande que nós somos incapazes de expressar toda a nossa alegria com meras palavras. Vamos cantar juntos uma canção. “♪Seu nome se tornou um segredo, pois nós ainda não proclamamos os segredos para todas as criaturas. Ele foi lançado fora como as pedras que os construtores rejeitaram, mas o Seu nome se tornou como uma joia mais preciosa em meu coração. ♪”.
 


O Batismo de Jesus e o Seu Sangue São Mais do que Suficientes Para Salvar Todos os Pecadores de Seus Pecados


O que remove todo o pecado de nossos corações?
O batismo de Jesus.
 
Jesus Cristo lavou todos os pecados do mundo por meio do Seu batismo e sangue. Ele nos circuncidou espiritualmente e nos fez Seu povo. Ele é o Deus do novo nascimento.
Sempre existe julgamento para o pecado, mas Jesus foi batizado e julgado na Cruz para nos salvar. Com o Seu sangue, Ele nos salvou e ressuscitou após três dias. Foi o Deus Pai que ergueu Jesus da morte.
A vida de Jesus é a nossa vida e a marca da nossa existência como filhos de Deus. Seu batismo levou todos os nossos pecados e o precioso sangue de Jesus na Cruz é a prova de que ele suportou o julgamento em nosso lugar.
Queridos amigos, vocês têm essa prova do batismo e do sangue de Jesus em seus corações? Eu lhes pergunto de novo. A nossa salvação vem somente por meio do sangue de Jesus? Não. Vem por meio do batismo de Jesus e do Seu sangue na Cruz.
 

Quem é Herege?

Quem é herege?
Aquele que se condena não acreditando no batismo de Jesus.

Queridos amigos, vocês ainda são pecadores, apesar de confessarem a sua fé em Jesus todos os dias das suas vidas? Se você ainda é um pecador, apesar de crer em Jesus, então é um herege. Heresia é não crer na verdade de Deus. Tito 3:10-11 fala sobre heresia: “Evita o homem faccioso, depois de admoestá-lo primeira e segunda vez, pois sabes que tal pessoa está pervertida, e vive pecando, e por si mesma está condenada”.
Uma pessoa que se autocondena diz, “Querido Deus! Eu sou um pecador. Creio em ti, mas ainda sou pecador. Não importa o que os outros digam, sou um pecador e sei que isso é verdade”.
Deus diz a ele, “Você ainda é um pecador e não um filho Meu? Então, você é um herege e será lançado no fogo do inferno”.
Se creres em Jesus sem crer no evangelho do batismo de Jesus em seu coração, estas se autocondenando como um pecador e confessando a Deus que a sua alma está com pecados, então você é um herege diante de Deus.
 

Quem São os Verdadeiros Crentes?

Quais são os testemunhos de Deus sobre a salvação?
A água, o sangue e o Espírito.
 
Todos aqueles que creem no evangelho do batismo de Jesus e no Seu sangue, todos que se tornaram povo de Deus e que tiveram os seus pecados lavados são justos. Como você ainda pode ser um pecador quando crê em Jesus? Um pecador não pode entrar no Reino de Deus.
Aqueles que se tornam justos, crendo em Jesus, têm o testemunho de Deus em seus corações. O testemunho é o batismo de Jesus e o Seu sangue. Esta obra da salvação é o que Jesus Cristo fez nesse mundo.
Portanto, quem recusar crer no evangelho do batismo, por meio do qual Jesus levou todos os nossos pecados, será eliminado do Reino de Deus.
Queridos irmãos e irmãs na fé, vocês aceitam em seus corações que o evangelho da salvação dos pecadores não é só o sangue de Jesus, mas também a água, que é o batismo?
Quem crer na obra que Jesus fez nesse mundo e aceitar a água, o sangue e o Espírito, será salvo de todo o pecado. Esta é a verdade e a sabedoria do evangelho da água, do sangue e do Espírito.
Jesus nos limpou completamente por meio do Seu batismo para que toda a humanidade pudesse ser salva através Dele. Agora, se você realmente crê em Jesus, não há como você ser um pecador.
Jesus nos ressuscitou da morte. Ele salvou todas as almas que haviam se afastado e ficado longe da propriedade de Deus, em razão da enganação do diabo. Jesus quer encontrar todas as almas perdidas. Deus trabalha por meio de Jesus com o evangelho da água, do sangue e do Espírito. Ele nos chamou e nós agora podemos ser redimidos e salvos.
Você crê? Eu estou falando para você que salvação não é apenas o sangue, mas o batismo de Jesus e o Seu sangue na Cruz. Aqueles que dizem que já foram salvos apenas pelo sangue devem reconhecer que ainda tem pecado em seus corações.
Nós todos costumávamos pensar que era suficiente para a nossa salvação crer no sangue de Jesus, pensávamos assim antes, mas agora devemos perceber que não é suficiente. Nós fomos salvos e nascemos de novo crendo em Jesus, que veio pela água, sangue e Espírito.
Todos os pecadores podem nascer de novo por meio da fé no batismo de Jesus e no Seu sangue. (I João 5:5-10). Vamos louvar ao Senhor. Aleluia!